Agenor Duque quer que fiéis doem R$ 3 milhões mensais por tempo indeterminado para continuar na TV

0

Agenor Duque tem se dedicado à expansão da presença da Igreja Plenitude do Trono de Deus na televisão e pediu que três mil fiéis doem, mensalmente, mil reais, por tempo indeterminado, para custear os programas da denominação.

O líder neopentecostal, afeito a polêmicas teológicas e embates com opositores, quer os valores para que a Plenitude se expanda. Atualmente, a igreja tem programas na Rede do Bem TV, que transmite em UHF pelo canal 14, mas também está presente em operadoras de TV por assinatura.

A informação foi adiantada pelo portal Uol: “Duque repete a estratégia utilizada no ano passado pelo líder da Igreja Mundial, de onde ele, Duque, se desgarrou em 2006 para fundar sua própria igreja […] Os R$ 3 milhões mensais que o líder da Plenitude pretende arrecadar se destinam a bancar não só a TV, mas também o espaço em rádios”, informou o jornalista Ricardo Feltrin.
“Em fevereiro do ano passado, por falta de dinheiro, a igreja perdeu seu espaço na TV RBI (Rede Brasil), onde estreou em janeiro de 2015 […] Devido à concorrência de outras igrejas, que eleva o preço do “aluguel” de horários, Duque não tem conseguido entrar na TV aberta comercial”, comentou Feltrin, especialista em televisão.

Adepto do uso de técnicas teatrais em suas pregações, Agenor Duque não costuma reagir com tranquilidade aos questionamentos. Com seu temperamento explosivo, já chegou, inclusive, a amaldiçoar fiéis que encontraram – e denunciaram – discrepâncias entre seu discurso e a Bíblia Sagrada.


Sua denominação vem crescendo em espaços dominados por igrejas como a Universal do Reino de Deus (onde Duque já foi pastor) e Mundial do Poder de Deus (onde já foi bispo).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA