Vídeo com ameaças de Agenor Duque a pastores da Plenitude por desvio de dízimos vaza; Confira

0

As polêmicas em torno de Agenor Duque, líder da igreja Plenitude do Trono de Deus, se acumulam. A mais recente envolve um vídeo interno da denominação, dirigido aos pastores e bispos, com recomendações e ameaças.

No vídeo, Agenor Duque orienta os pastores a não “desprezarem” os fiéis que não puderem dar ofertas altas, já que a “conjuntura do país” torna uma oferta de R$ 500 um “sacrifício”. Acompanhado da diretoria da Plenitude, o líder neopentecostal transmite orientações sobre como a tesouraria de cada filial deve proceder a respeito de ofertas especiais.

O tom de ameaça surge quando Agenor Duque expressa sua desconfiança de que alguns pastores estão desviando os dízimos e ofertas dos fiéis, e diz que desligará um que teria comprado um carro: “Eu não consigo entender, a igreja tá toda endividada… então como pastor tá comprando carro? É muito estranho. Com esse salário que ele ganha?”, questiona.

Duque frisa que está mandando pessoas de confiança às igrejas, com cédulas marcadas, para ofertar em uma campanha específica, para flagrar o desvio das ofertas: “Eu vou ressaltar que eu tenho três pessoas enviadas por mim, e pela bispa [Ingrid Duque, sua esposa], que vão ‘rodar’ as igrejas, disfarçadas de membros. E vão entregar o voto [oferta] na sua mão”, alertou.


Um auxiliar do líder da denominação avisa, ainda, que se as notas marcadas não voltarem para a sede da Igreja Plenitude, o responsável pela filial será denunciado: “Você não vai ser só excluído, não, você vai pra delegacia […] como um vagabundo”, declarou um assistente do pastor.

“Você sabe que eu tô na tua cola e o próprio espírito de Deus, mesmo que ele já se apartou de ti, ele avisou que tua casa ia cair”, concluiu Duque. Assista:


Agenor Duque ameaça pastores que desviam dízimos por gospelmais

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA