Ativista gay Jean Wyllys diz que namoraria mulheres porque “o amor faz coisas que até Deus duvida”

29

O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) é conhecido por sua luta pela causa LGBT e por seus constantes embates contra a bancada evangélica no Congresso. Conhecido nacionalmente por ser o primeiro homossexual assumido no Congresso Nacional, o parlamentar concedeu recentemente uma entrevista onde revelou que não descarta a possibilidade de namorar uma mulher no futuro, que quer ser pai e que sente falta de ter um amor.

Durante uma entrevista à Revista Marie Claire, Wyllys comentou sobre seu trabalho como deputado, que tem foco principal na defesa dos direitos LGBT e outras minorias, e também tem forte apelo em bandeiras feministas Ele falou também sobre sua trajetória de vida, lembrando-se das dificuldades que passou na infância e sobre como se descobriu como homossexual.

Ao falar de sua relação com mulheres, ele afirma que sempre “fica” com mulheres em festas, mas que isso não faz com que ele seja heterossexual. O deputado afirma que, na adolescência, namorou duas mulheres que sabiam que ele era gay, e que não descarta a possibilidade de namorar outra mulher no futuro porque, segundo ele, “o amor faz coisas que até mesmo Deus duvida”.

– Namorei duas na adolescência e elas sabiam que eu era gay. Uma delas foi depois de me assumir, aos 16 anos, e a outra antes da minha primeira relação com homem, aos 19. Depois tive mais relações com mulheres, o que não faz de mim um heterossexual. A sexualidade é fluida. Sempre fiquei com mulheres em festas. A gente dança, conversa, abraça, beija e [estala os dedos] transa. Mas ciente da identidade de cada um. E não descarto a possibilidade de, no futuro, ficar com uma mulher porque o amor faz coisas que até mesmo Deus duvida – afirmou Jean Wyllys, ao falar de sua sexualidade.


Wyllys afirmou ainda estar solteiro porque até mesmo homossexuais assumidos não querem se relacionar com uma pessoa pública como ele. Ele afirma que compensa a solidão com relações sexuais sem compromisso e com masturbação.

Outro assunto abordado na entrevista foi a vontade de Wyllys de ser pai. Ele conta que tinha planos de ter um filho com uma amiga, mas que ela hoje é casada e constituiu família com outro homem. Ele afirma que hoje está na fila para adoção e que quando conseguir adotar uma criança irá dar uma pausa em sua vida atribulada para se dedicar a ela.

Sobre sua espiritualidade, Jean Wyllys afirmou que chegou a flertar com o ateísmo após deixar a igreja católica, mas que não conseguiu viver num “deserto de crença”. Ele afirma que exerce sua espiritualidade retirando “a face bélica e masculina do Deus judaico-cristão” e através do contato com o budismo e com religiões de matriz africana, sobretudo o candomblé.


29 COMENTÁRIOS

      • Regis, você tem toda razão. Eu já fui muito paquerado por mulheres, apesar de deixar claro que eu não curto. Uma, no carnaval, insistiu até em pagar as despesas do motel. Eu deixei claro para ela que, se me quisesse como amigo, teria uma amizade sincera. Somos amigos até hoje.

        .

          • Quem te disse que eu não posso procriar, seu idiota. Muito pelo contrário, fiz testes e sei que sou muito fértil. Portanto, dentro da sua linha de raciocínio de pessoas descendentes de Adão (que não pensam), aberrações são os heteros que sonham com filhos mas não podem gerá-los. Tomara que algum esteja lendo meu comentário.

            .

    • regis essa aberração gay como você reprsenta o lado podre do brasil, a pedofilia, a desgraça da sociedade, a vergonha das familias, representa o delclinio da humanidade.

      • janio a bichona frustrada que rebola na rua com a calcinha da mãe. olha o tipo de ser que você admira. jean dst willys . aberração gay como você inutil só pode admirar esses lixos como você. pare com isso vai devolver a calcinha da sua mãe porque vc tem pipi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Próximos projetos de JEAN WILLYS – o BOM SAMARITANO DE JESUS CRISTO: Ressossializar os presos através de oportunidades de empregos para diminuir a criminalidade; ressossializar moradores de ruas,albergados e
          pessoas em situações de rua na integração social;ajudar as pessoas criadas
          em albergues que,ao completarem 18 anos saem pelas ruas sem emprego
          esem um lugar fixo para morar e sem poder contar com ajuda de ninguém,
          só de DEUS e dos BONS SAMARITANOS DE JESUS ; e projetos para facilitar a adoção de crianças abandonadas.

          • Quanto as crianças abandonadas,uma sugestão que agrada a JESUS
            CRISTO: Que os líderes das igrejas façam campanhas e incentivem
            seus seguidores para que adotem crianças.Até a data de hoje são
            46 mil crianças em todo o Brasil vivendo em orfanatos e em busca de
            uma família.As igrejas tem poder,sim,para mudar essa terrivel situação de sofrimento e dor,´é só imitar JESUS CRISTO nas obras
            praticando o bem.É por aí o caminho do amor.

  1. Esse retardado disse que namoraria mulheres, mas imagino que na lista de futuros namorados(as) desse infeliz também deva constar cachorros, bodes, galinhas, bicho preguiça… Enfim, pra quem apoia a pedofilia, creio que zoofilia deva ser “café pequeno”!!!!!

  2. mas qual mulher no juizo perfeito namoraria uma aberração gay como esse tal jean? ah claro uma aberração gay sapatona , gorda , com bigode, mal amada, mal comida, frutrada ou seja . a mãe dele kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    • Idiota é quem posta este absurdo, davi teve muitas mulheres, e um grande amigo, amou com o amor de Deus ágape e não amor eros, de promiscuidade, deixqa de ser gay, seu idiota, pois até teu representante gay Jean diz …AMOR SÓ ENTRE HOMEM E MULHER.

  3. Esta noticia não tem nada a ver com a entrevista original que ele deu a revista Marie Claire. Deturparam e alteraram totalmente as falas e comentários dele. Onde esta o jornalismo sério e a ética profissional deste site? Mentir, em todas as religiões e culturas é errado e vergonhoso.

DEIXE UMA RESPOSTA