Pastor “anti-gay” é preso por agarrar o órgão sexual de um homem em estacionamento

77

Um pastor conhecido por se pronunciar abertamente contra a homossexualidade foi preso na última semana após tentar agarrar genitais de um homem e tentar fazer sexo oral com ele. Gaylard Williams, de 59 anos, é acusado de ter abordado um homem de 27 anos de idade, que estava em um estacionamento nas proximidades de um lago na cidade de Seymour, em Indiana (EUA).

A vítima relata que havia abaixado a janela de seu carro para falar com Williams, quando ele apertou seus órgãos genitais e pediu por sexo oral. Segundo o canal de notícias norte americano WLKY, vítima disse que falou com o pastor que ele estava “latindo para a árvore errada”. O rapaz conta que Willians fugiu quando ele disse que iria pegar uma arma.

A polícia foi acionada e prendeu Williams, que admitiu ter pornografia gay em seu carro. Porém, ele alegou que a pornografia pertencia a outra pessoa. Ele também disse que ele estava no lago apenas para procurar um amigo que tinha ido pescar nas proximidades.

Williams é pastor na igreja Praise Cathedral Church of God, que se apresenta com uma série de dogmas contra a homossexualidade. Entre as “regras” de pureza sexual da igreja está a afirmação de que “práticas pecaminosas que são condenados nas escrituras incluem a homossexualidade, adultério, atitudes mundanas (tais como o ódio, a inveja, o ciúme), comunicação corrompida (como fofoca, explosões de raiva, palavras sujas), roubo, assassinato, embriaguez e bruxaria”.



77 COMENTÁRIOS

  1. Todos Pastor raivoso contra os direitos homossexuais no fundo é um frustrado, um gay enrustido com raiva de não poder ter vivido feliz de forma que foi feito pelo Criador, estes estão em um casamento arranjado, com uma mulher ao seu lado que teve a duras custas de aturar e ver pelas ruas homens lindos, deve ser terrível mesmo.
    Homofobia é doença de enrustidos, bissexuais religiosos e claro gente muito ignorante.

    • André
      Agora entendi porque você fez o comentário de acusação.
      Você é alguém que esta vivendo no sob mundo gay, e pra tentar aliviar sua culpa fica acusando e blasfemando os servos de DEUS.
      Não existe essa de pastor raivoso contra os direitos dos homossexuais viverem como quiserem. O que eles defendem é o que a Bíblia defende. Cada um é livre pra escolher o que quer fazer de sua vida e seu sexo, mas ninguém pode obrigar o outro a aceitar suas praticas abomináveis.
      Entenda, DEUS ama a todos os pecadores, mas rejeita a todos os seus pecados. Isso serve par os pecados homossexuais, para os heterossexuais, para os vícios e qualquer outro pecado mortal.
      A diferença entre o povo cirstão e o povo do mundo lgbtt, é que o cristão pelo menos reconhece seu erro e esta buscando se consertar diante de DEUS.
      Então, por favor assuma seu erro e sua culpa e se quiser DEUS esta te aguardando para te perdoar e te restaurar.
      Ficar acusando os outros, não vai aliviar a tua barra no dia do juízo final.
      Cada um dará contas de si a DEUS ok.
      Abraços

      • Querido, seu discurso de ódio não me atinge tenho intimidade com DEUS,e amo a Cristo e ao meu próximo e torço para que a lei anti homofobia saia e pessoas deixem de morrer e de ser humilhadas no trabalho escolas e igrejas, agora gente fundamentalista como você, não digo cristão porque nem todo cristão é contra os direitos LGBT, mas sim fundamentalista como você só quer ver sangue derramado e o crescente número de homicídios onde o Brasil é campeão, se trem um lado que gente como você está é o do Diabo e não de DEUS, com certeza Jesus seria a favor da lei que criminaliza a homofobia.
        Cristo pedirá a você conta de todo sangue inocente que seus políticos fundamentalistas e corruptos tem travado para que a criminalização da homofobia não saia, vocês são mais que cúmplices, são coautores dessas mortes.

  2. A igreja evangélica é o maior covil de enrustidos que existe, basta ver tem irmão que se veste melhor que a esposa, alguns são afeminados, os grupos de louvores em media metade é homo ou bissexual, gay tem dom natural para as artes, música, dança e teatro. Pior que todos casam em relacionamentos heteroafetivos, e ficam belos banheiros públicos e shoppings traindo esposa e esposa com pessoas do mesmo sexo, conheço muitos mas muitos mesmo.
    E Silas e Feliciano? Com implantes de cabelos, botox, máscaras de ouro e muitos tratamentos estéticos bem gay. Tratamentos de beleza que a maioria das irmãs da Assembleia nunca sonharam em fazer.
    Bonecas gospel.

      • Nem todos, querido alguns são ignorantes como você, cegos e mortos pela letra.
        Minha mente é pura, sou lavando pelo sangue do Cordeiro, aquele que você conhece só pela letra.

          • Não, muito pelo contrário!

            Apenas acho engraçado, pra não dizer, ilário, ver como funcionam as mentes de gays paranóicos como você!

            Quanto a sua mente “pura”, o que você considera pureza, eu chamo de falta de vergonha!

          • Irmão André,
            Isso que fazes esta parecendo mais acusação do que revelação.

            Você é líder espiritual de alguém na igreja?? Se for, você tem autoridade sobre essa vida. No mais você não tem direito de acusar e confrontar a pessoa sem que DEUS te levante para isso. Da forma como fazes aqui é uma acusação que só serve para causar mais preconceito e discriminação ainda.
            Eu sei que ocorre isso nas comunidades cristãs do mundo todo, afinal eles foram resgatados do mundo, e lá viviam essas práticas mesmo antes de se converter.

            O que precisa ser feito na igreja é um estudo aberto sobre o tema para quebrar o tabú, e depois um confronto pessoal para as pessoas, a fim de que elas assumam e confessem seus erros e pecados encobertos. Para então receberem a restauração da identidade sexual e a cura da alma.
            Eu sei porque já passei pelo processo de restauração.
            DEUS ama a todos os homossexuais como ama as demais pessoas, pois ELE não faz acepção.
            É isso que a igreja precisa aprender a fazer, amar e não julgar e condenar a pessoa.
            E cuidado ao falar de Silas e Feliciano. O fato deles se cuidarem esteticamente não quer dizer que eles estejam envolvidos com praticas homossexuais.
            Já ouviu a frase: Enquanto você aponta um dedo para alguém, tem quatro dedos apontando para você.
            Você acha que é blindado conta os pecados sexuais??
            Ou você pensa que se vier a cair em pecado com uma irmã, você é menos pecador que um homossexual??
            Cuidado, pois quem esta em é cuide para que não caia. Afinal a Bíblia diz: não julgueis para que não sejais julgados. Pois com a medida com que julgardes,vos medirão também.
            Abraço e fique na paz.

  3. Este SIT realmente usa de dois pesos de duas medidas, as ameaças de morte de delldellfhone eles publicam, mas qualquer uma que fale de Silas e Feliciano, vocês apagão dos comentários.

  4. Você pode achar o que quiser amigo, mas o que me interessa é o que DEUS acha de mim, eu sei que Ele me ama, como Ele me fez, independente do que gente, com bíblias com traduções alteradas, os quais criam palavras que antes não existiam, e com interpretações superficiais, que até menos de 100 anos condenavam os negros ao inferno, gente que vive da Letra alterada e morta como você não me atinge, realmente sou lavado pelo sangue do Cordeiro.
    Já você seu único foco de discurso são os direitos homoafetivos, amor ao próximo e tolerância, é algo que você desconhece, você está a muito pouco de se tornar um delldellfhone.

      • André:

        Pra quem se julga “lavado pelo sangue do Cordeiro”, Afirmar que:

        “A igreja evangélica é o maior covil de enrustidos que existe”, creio que você está bem longe, mas muito longe mesmo de agradar a Deus! E falo isso independente de qual seja sua religião, se é que você possue uma.

        Fazendo pre julgamentos de pessoas das quais você não conhece, ou, se conhece, julga de uma forma generalizada as pessoas, por uma minoria, você simplesmente mostra sua verdadeira face: A de um GAY metido a santo(?), que pouco se importa com os ensinamentos de Cristo, a não ser quando eles realmente lhe sejam convenientes!

        Então meu chapa, seu discursinho de gay metido a “santo” não engena a ninguém, acho que nem a você mesmo!!!

        • Eu agradeço suas orações André, mas eu NUNCA incentivei a violência e muito a morte de homossexuais. Faço críticas, e bem pesada as vezes, por considerar essa uma prática pecaminosa.

          • Felipe

            Pode ser, sou pecador e consequentemente imperfeito. Mas, falar verdades para viadinhos histéricos como você não significa julgar.

            Agora só falta você dizer que estou julgando porque te chamei de viado. Ou você tem vergonha de sua condição? Espero que sim, pois isso realmente é vergonhoso!

  5. ENTÃO É ASSIM QUE FUNCIONA… BOBO ou inocente É QUEM ACREDITA NESTA GENTE. Lembro que quando era criança, eles metiam o pau em uma porção de coisas que hoje eles usam, bebem e desfrutam. À medida que o rebanho e a conta dos pa$tores engordaram, o cabresto ficou mais largo. Santa incoerência?

    A verdade é que a “IGREJA EVANGÉLICA” é uma grande “FÁBRICA DE HIPÓCRITAS” !

    • O QUE PA$TORES FAZEM POR DINHEIRO, PODER E PRESTÍGIO É ESCANDALOSO! O pior é que as ovelhas “extorquidas” só enxergam podridão nas pessoas não pertencentes à igreja. Metem o pau nos outros como se eles (os evangélicos) fossem perfeitos. Só os de fora são indignos e merecem ser apedrejados. BOBO É QUEM ACREDITA NESTA GENTE LEVIana.

    • q q isso…… não fale assim dos ungidos de deus…. ( com d minúsculo mesmo) – todos serão salvos…. todos já garantiram seu lugarzinho no paraíso em suaves prestações….. esse pastor ai estava com demonho….e já foi convidado a comparecer na sessão de descarrego…

  6. Querido, a todo tempo vocês não só nos apontam a dedo, como querem nos cercear de nossos direitos humanos, agora o que eu mencionei você como líder sabe que é uma verdade, mas com o bom fariseu que é NEGA.
    É tão verdade que os fatos estão ai estampados, agora você já passou pela tal “CURA GAY”, pode continuar sua vida usando máscaras, e acreditando que é hétero mesmo que seus desejos e sentimentos a todo momento digam o contrário todo homem seja hétero ou gay, é você que se engana. Agora você pode ser um bissexual que no momento pela fé só está se relacionando com mulheres ou uma só mulher caso esteja casado. Mas sempre terá desejo por homens está em seu DNA, DNA masculino, mas alterado pelos hormônios de sua mãe em sua gestação, lei sobre epigenética querido.
    Gente como você que vivem uma mentira contrariando a forma que DEUS te fez e criou e não aceitando sua homossexualidade ou bissexualidade, é que contaminam os fariseus a pontos de muito possuirem vontade até de matar homossexuais como o tal DELLDEllFHONE.

  7. Do ponto de vista evolutivo, o fato de a homossexualidade ser algo bastante comum na sociedade humana, ocorrendo em cerca de 5% da população mundial, é intrigante. Como homossexuais produzem menos prole do que heterossexuais, uma possível variação genética relacionada à homossexualidade dificilmente seria mantida ao longo das gerações. “Isso é muito enigmático a partir de uma perspectiva evolucionária: como a homossexualidade pode existir em uma frequência tão alta a despeito do processo de seleção natural?”, diz em entrevista ao site de VEJA Urban Friberg, do departamento de Biologia Evolutiva da Universidade de Uppsala, na Suécia. Friberg, ao lado de William Rice, da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, e Sergey Gavrilets, da Universidade do Tennessee, ambas nos Estados Unidos, pode ter encontrado uma resposta: o fator biológico ligado à homossexualidade não estaria na genética propriamente dita, e sim em um conceito conhecido por epigenética. Os resultados foram publicados nesta terça-feira no periódico científico The Quarterly Review of Biology.

    A epigenética trata de modificações no DNA que sinalizam aos genes se eles devem se expressar ou não. Esses marcadores não chegam a alterar nossa genética, mas deixam uma marca permanente ao ditar o destino do gene: se um gene não se expressa, é como se ele não existisse.

    CONHEÇA A PESQUISA

    Título original: Homosexuality as a Consequence of Epigenetically Canalized Sexual Development.

    Onde foi divulgada: The Quarterly Review of Biology

    Quem fez: William Rice, Urban Friberg e Sergey Gavrilets

    Instituição: Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, Universidade de Uppsala e Universidade do Tennessee.

    Resultado: O artigo estudou um possível componente hereditário para, a partir de um ponto de vista evolutivo, explicar a homossexualidade. Os três autores montaram um modelo segundo o qual uma marca epigenética (epimarca), que regula a sensibilidade à testosterona em fetos, pode ser transmitida de mãe para filho e de pai para filha e influenciar na orientação sexual.

    Essa nova teoria vai ao encontro de outra tese mais antiga, a de que a homossexualidade é definida, ao menos em parte, por um componente hereditário. Pelo menos quatro grandes estudos, publicados em 2000, 2010 e 2011, nos periódicos Behavior Genetics, Archives of Sexual Behavior e PLoS ONE, apontam para esse fator na origem da orientação sexual, a partir de estudos com gêmeos monozigóticos (também chamados de idênticos ou univitelinos, produtos da fertilização de um único óvulo) e dizigóticos (também chamados de fraternos ou bivitelinos, produtos da fertilização de dois óvulos diferentes).

    Epigenética — Imagine o material genético humano como um manual de instruções. Os genes formariam o conteúdo do livro, enquanto as epimarcas ditariam como esse texto deveria ser lido. “A epigenética altera e regula a forma como os genes se expressam”, explica a geneticista Mayana Zatz, do departamento de Genética e Biologia Evolutiva da Universidade de São Paulo (USP). É por meio dos comandos epigenéticos, por exemplo, que o pâncreas fabrica apenas insulina, apesar de as células nesse órgão terem genes para a produção de muitos outros hormônios.

    Acreditava-se que os traços da epigenética não eram hereditários, sendo apagados e recriados a cada passagem de geração. Como pesquisas nas últimas décadas mostraram que uma fração de epimarcas é, sim, passada de pais para filhos, Friberg, Rice e Gavrilets julgaram ter encontrado a peça que faltava para montar o quebra-cabeça.

    Sensibilidade – Os três criaram um modelo segundo o qual uma dessas epimarcas transmitidas hereditariamente é o marcador responsável por regular a sensibilidade à testosterona de fetos no útero materno. Ao longo da gestação, tanto fetos masculinos quanto femininos são expostos a quantidades variadas do hormônio, sendo que o fator epigenético estudado no artigo torna o cérebro dos meninos mais sensíveis à testosterona quando os níveis estão abaixo do normal. Isso acontece para preservar características masculinas, podendo inclusive influir na orientação sexual. O mesmo ocorre, mas inversamente, com as meninas. Quando a testosterona está acima do normal, a epimarca funciona como uma barreira, diminuindo sua sensibilidade ao hormônio.

    A partir desse modelo, a homossexualidade poderia ser explicada pela transmissão de epimarcas sexualmente antagônicas. Ou seja: quando o pai transmite seus marcadores, que tiveram a função de torná-lo mais sensível à testosterona, para uma filha. De igual maneira, esse material hereditário pode ser passado de uma mãe para um filho, tornando-o menos sensível à testosterona.

    “Quando os efeitos desse mecanismos (que regulam a sensibilidade à testosterona) não são apagados entre as gerações, eles se expressam na prole do sexo oposto. Isso pode resultar em indivíduos que desenvolvem preferências sexuais pelo mesmo sexo”, explica Friberg, da Universidade de Uppsala. “O que fizemos foi colocar pela primeira vez o conceito da transmissibilidade epigenética no contexto de desenvolvimento sexual.”

    O pesquisador faz questão de ressaltar que ainda não se pode provar que a epimarca específica da sensibilidade à testosterona é hereditária. Para tanto, testes específicos precisarão ser realizados. “Uma grande solidez do nosso estudo é que o modelo epigenético para a homossexualidade faz predições que são testáveis com tecnologia já existente. Se o nosso modelo estiver errado, pode ser rapidamente descartado”, escrevem os autores no artigo do The Quarterly Review of Biology.

    Outro pesquisador envolvido, Sergey Gavrilets, da Universidade do Tennessee, afirma que mesmo que a teoria da hereditariedade seja respaldada por futuros estudos, o debate está longe de acabar. “A hereditariedade explica apenas parte da variação na preferência sexual. As razões, que podem ser sociais, culturais e do ambiente, permanecerão como um tópico de intensa discussão.”

    “Estudo positivo” – Carmita Abdo é coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Ela destaca que a nova pesquisa é positiva, uma vez que contribui para a melhor compreensão dos fatores biológicos envolvidos na ocorrência da homossexualidade. “O trabalho é importante porque reforça uma ideia cada vez mais prevalente: a de que a genética — no caso a epigenética — tem influência sobre a orientação sexual.”

    Essa compreensão científica tem sido importante, segundo Carmita, no combate a mitos que envolveram o tema e que alimentaram interpretações preconceituosas. “Até pouco tempo atrás, achava-se que a orientação sexual era proveniente de uma escolha, como se deliberadamente o indivíduo optasse por ser homossexual. Muito do preconceito contra os homossexuais advém daí”, afirma, lembrando que até o início dos anos 90 a homossexualidade era tratada como um transtorno de preferência, e não como uma característica. “Observar um fenômeno pelas lentes da ciência muda a compreensão e ajuda a deixar de lado certas discriminações. Nesse caso em particular, você remove da equação a ideia de que o homossexual é responsável por uma opção que muitos veem como negativa, pejorativa.”

    Ela ressalva, entretanto, que ainda existe muita incerteza no campo e que a orientação sexual precisa ser encarada como produto de vários fatores. “O estudo reforça a ideia segundo a qual existe uma predisposição que vai ser confirmada ou não a partir de uma serie de influências que vão ocorrer ao longo da vida, algumas delas de ordem cultural, educacional e social. Ele não consagra uma interpretação determinista, nem diz que tudo depende dos genes”

    “Nosso objetivo é entender como as preferências sexuais se desenvolvem e evoluem”

    Urban Friberg
    Professor do Departamento de Biologia Evolutiva da Universidade de Uppsala, na Suécia

    Qual o principal objetivo da pesquisa?

    Assume-se que indivíduos homossexuais produzem menos prole do que heterossexuais. Qualquer codificação genética para homossexuais deveria, portanto, ser rapidamente removida no processo de seleção natural. Apesar disso, a homossexualidade é relativamente comum entre humanos (cerca de 5%). Além do mais, os melhores estudos disponíveis mostram que há um componente hereditário na homossexualidade. Isso tudo é muito intrigante de uma perspectiva evolucionária: como a homossexualidade pode existir em frequências tão significativas apesar da seleção contra ela? O objetivo da nossa pesquisa foi simplesmente tentar resolver esse enigma, o que nos ajuda a entender como as preferências sexuais se desenvolvem e evoluem.

    Como a mudança de foco de genética para a epigenética pode ser explicada?

    Nossa principal contribuição é trazer uma explicação lógica para o porquê de a homossexualidade ser algo tão frequente – e para tanto nós mudamos o foco, como causa da homossexualidade, de genes para epimarcas. Nossa teoria sugere que a homossexualidade é resultado de um mecanismo que ajuda as pessoas a desenvolver a preferência por indivíduos do sexo oposto. Quando os efeitos desses mecanismos (epimarcas) não são apagados entre as gerações, eles se expressam na prole do sexo oposto. Isso pode resultar em indivíduos que desenvolvem preferências sexuais pelo mesmo sexo.

    Como a comunidade científica lida com genética e homossexualidade?

    Houve diversos estudos nos quais os pesquisadores tentaram encontrar genes associados com a homossexualidade. Tais estudos falharam e nenhum gene foi identificado. O resultado disso tudo é intrigante, uma vez que a homossexualidade tem um componente hereditário. Nossa teoria, porém, é capaz de explicar por que a homossexualidade é tão comum e tem um componente hereditário, sem nenhuma codificação genética para esse traço.

    Encontrar uma possível explicação biológica ajuda a combater o preconceito?

    Atualmente, algumas pessoas acreditam que a homossexualidade é uma escolha pessoal e que indivíduos homossexuais podem ser ensinados a escolher de forma diferente a sua orientação sexual. Eu acredito que encontrar as raízes da preferência sexual mina tais mitos e ajuda as pessoas a melhor entender e aceitar a homossexualidade.

    • Eu continuo achando que pessoas como você se preocupam muito com a homossexualidade, como se fosse o único pecado da bíblia. Que tal volver sues olhos para a roubalheira e extorsão que acontece a olhos vistos dentro dessas seitas evangélicas? Isso também é pecado, sabia? Se, em vez de se preocupar com os gays, vocês fizessem uma faxina rigorosa dentro dessas igrejas, não teriam tanto trabalho em converter as pessoas. Afinal, para trazer as borboletas não precisa captura-las, basta cuidar do jardim.
      .
      .

    • José Carvalho,cristãs sinceros não teme aos gays e nem a nada,só a DEUS.Não temem
      aos gays porque eles trilham no reto caminho do Senhor conforme as santas escrituras
      e gays não tem moral para envergonhar cristãos sinceros.Já uma podridão como você e
      seus asseclas,por si mesmos já são desmoralizados.Precisam se converterem a JESUS CRISTO.Uma sugestão:Paulo de Tarso é o modelo perfeito de cristão.É só você e seus
      asseclas seguirem exemplo dele.José carvalho e clamando é a mesma pessoa.Os
      asseclas são estes assembleianos seguidores dos malacraias, dos infeliciânus e outros
      fariseus das ideologias religiosas por misturar religião com politica.

      • Não passa de um velho negro viúvo e assanhado. Mesmo assim, como todos os outros ativistas evangélicos da sua estirpe, posa de bastião da moral e dos bons costumes. Pelo que ele declara, duvido que se uma cabritinha nova desse sopa ele dispensaria. E mesmo assim ainda condena os gays. Homossexualidade não é crime, pedofilia é.

        .

        • MARCELO
          SÓ ERROU NO VELHO, AGORA NEGÃO E ASSANHADO ESTOU MESMO LOUCO PARA DEIXAR DA CONDIÇÃO DE VIÚVO E VIRAR CASADO, VÊ RAPAZ ATÉ A JANETE SE NÃO FOSSE A MULHER CÃO, SABE AQUELA QUE VAI GERAR O ANTI-CRISTO EU PEGAVA. KKKK TA VENDO CARA HÉTERO É ISTO, NÃO SUPORTA GAY MAS MULHER É COISA LINDA

          • Os teores dos seus comentários demonstram que o senhor sofre de sérios problemas de autoafirmação. Vai ver é do mesmo time do pastor Gaylard Williams, citado na matéria.

            .

          • ACHO DIFICIL ALGUMA MULHER QUERER UM IDIOTA COMO VOCE
            VAI CONTINUAR VIUVO E SOZINHO

            TEM MUITA GENTE QUE NÃO SUPORTA CARAS RETARDADOS COMO VOCE, QUE SÓ FALA BESTEIRA, E FICA PAGANDO DE CERTINHO,

            VOCE É RIDICULO, só isso

          • quer me ver pelado, com certeza vai achar atributo que te fará mudar de opinião, que o diga a falecida, morreu agradecendo a

          • quer me ver pelado, com certeza vai achar atributo que te fará mudar de opinião, que o diga a falecida, morreu agradecendo a Deus, pelo seu marido e família.

  8. Essa preocupação excessiva com a homossexualidade, gays e afins só está contribuindo para adoecer, ainda mais, pessoas que já tem crise de identidade instalada em seu ser.
    Não sou a favor da política da negação, o evangelho não foi revelado a nós, sob a égide do “não pode” e do pecado sexual. É claro que a pornografia tem adoecido muita gente, dentro e fora das igrejas, mas o poder de decisão e o livre arbítrio é de cada um, porque esse é um vício solitário, por isso mesmo, mais fácil de ser realizado.
    Não podemos jogar pedras porque se trata de um pastor. Devemos nos alertar, isto sim, com o que pode causar a repressão e a hipocrisia, que devem ser combatidas, pois causaram a esse homem um descontrole tal, que seu vício/pecado, outrora secreto, agora exposto, lhe causa vexame e vergonha.

    • MARY
      Quero entender melhor quando diz , n~qo ser a favor da negação, por acaso vc. acha que a homossexualidade é o que na verdade genero genes doença depravação os demonio, para não ser a favor da negação estas dizendo que é normal ou natural explica ai.

        • JANIOMARY
          NÃO RESPONDEU O QUESTIONAMENTO ASSIM COMO TEU MENTOR STARDUSTCAIOIFABIOADULTEROIDOLATRAECASAMENTEIRODEFILHOGAY
          FUGIU E NÃO RESPONDEU
          Quero entender melhor quando diz , não ser a favor da negação, por acaso vc.. acha que a homossexualidade é o que na verdade gênero genes doença depravação os demônio, para não ser a favor da negação estas dizendo que é normal ou natural explica ai.

    • boa tarde a palavra de deus condena o homossexualismo em todas as suas vertentes e digo mais como evangelico a biblia condena realmente a pratica homossexual e digo mais os que estao em tais praticas nao vai pro ceu,ou seja efeminados e sodomitas ficarao fora do reino dos ceus ou seja deus nao aceita o homossexualismo.

  9. JOSÉ CARVALHO

    Ah, então você é negro? Muito me admira um descendente da maldição que Noé lançou sobre Cã discriminar viados. Sabia que há menos de 200 anos essa mesma religião que você tanto defende pregava que os negros não tinham alma? Pois é. Os tempos mudaram, os negros já tem alma e muitos hoje se veem no direito de discriminar outras classes. Se eu pego essa princesa Isabel…
    .

    • Já que ele é negro, com certeza já sentiu na pele e na alma o peso do preconceito e da discriminação. No entanto, pelo teor dos seus comentários de ódio contra os gays, parece que a idade avançada não lhe trouxe experiência de vida suficiente. A mesma postura adotam muitos judeus com relação aos gays. E assim caminha a humanidade.
      .

      • Não sei se é viado (talvez seja que nem o pastor da matéria), mas burro com certeza. Em que momento eu disse que sou racista? Só relatei a interpretação bíblica que Marco Feliciano e outros imbecis fazem a respeito da origem da raça negra. Se você se sentiu ofendido, pense antes de chamar os gays de abominações. Afinal, você também é uma abominação, afinal, é descendente de africanos, que, por sua vez, “são descendentes de ancestral amaldiçoado por Noé”.

        http://www.ofuxicogospel.com/2013/03/marco-feliciano-e-maldicao-africana.html

      • Não sei se é viado (talvez seja que nem o pastor da matéria), mas burro com certeza. Em que momento eu disse que sou racista? Só relatei a interpretação bíblica que Marco Feliciano e outros imbecis fazem a respeito da origem da raça negra. Se você se sentiu ofendido, pense antes de chamar os gays de abominações. Afinal, você também é uma abominação, pois é descendente de africanos, que, por sua vez, “são descendentes de ancestral amaldiçoado por Noé”.
        .

DEIXE UMA RESPOSTA