Atriz bissexual invade templo de igreja evangélica para gravar vídeo pornográfico

9

O templo da polêmica Igreja Batista de Westboro tornou-se palco de um vídeo pornográfico na última segunda-feira, 30 de setembro.

A atriz e musicista Laura Lush, assumidamente bissexual e editora de um site de filmes adultos, foi ao local e contou com a ajuda de amigos para filmar sua masturbação no jardim em frente à igreja.

A ação foi em protesto às ideias defendidas pela denominação, que é considerada fundamentalista.

Em sua página no Facebook, Laura Lush afirma que o que “a Igreja Batista de Westboro faz é espalhar o ódio e causar polêmica”, e que “como uma mulher bissexual e baixista de uma banda punk, eu queria abrir minhas pernas e causar controvérsia”.


Segundo o Huffington Post, o vídeo tem uma breve introdução, que mostra Laura a caminho do templo e dizendo: “Estou muito animada. É um dia lindo e vai ser muito divertido”.

Essa não é a primeira vez que protestam contra a igreja através do sexo. Em julho, integrantes homossexuais de uma seita satânica de Nova York foram ao túmulo da mãe do fundador da Igreja Batista de Westboro, Fred Phelps, e praticaram sexo no local, com o objetivo de “torná-la lésbica por toda a eternidade”.

Em resposta, a Igreja Batista de Westboro publicou em seu Twitter a frase: “E vocês ainda perguntam o porquê protestamos nas escolas?”

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


9 COMENTÁRIOS

    • Que e isso Diogo, quem o mal faz pra se o faz, não fale assim profanar uma igreja seja ela o que for não foi, não e, e nem nunca sera uma boa coisa, pense que la existe pessoas boas pais de famílias responsáveis, crianças jovens adultos casados e solteiros, imagina se alguém entrar em sua casa e profanar o seu lar, a igreja e uma extensão de nossa casa um lugar onde se vai para os irmãos se reunirem em comum acordo e no intento de adorar a Deus, você não e de falar estas coisas o que esta acontecendo?

DEIXE UMA RESPOSTA