31 COMENTÁRIOS

    • Um teólogo católico com um discurso IURDIANO:

      “Gosto de ajudar as outras pessoas, mas se estou numa competição, é para ganhar. Não aceito perder.”

    • Você deve ser uns desses fariseus do século XXI (protestantes).

      Os fariseus gostavam de perguntas e comentários ardilosas ; Vestiam roupas ostensivas; Agem com hipocrisia e fazem perjúrio; Ensinam a Lei mas não praticam; Gostam de se vangloriar; Quando eram dizimistas gostam de fazer com que todos saibam (tocavam a trombeta diante de si); gostavam de orar em pé nas sinagogas e nas esquinas da ruas para serem vistos pelos homens; Estudavam muito as escrituras para desprezar e humilhar os ignorantes; etc.

      Qualquer semelhança com os protestante é mera coincidência.rs.

      O cristianismo foi propagando pelo mundo e ao longo dos séculos graças a igreja Católica.

      Ou seja,
      Cristãos = Católicos.
      Fariseus = Protestantes.

  1. depois que stardust se auto declarou cristão.
    ai começou a surgir estas aberrações .
    istardustio e filho legitimo do anti cristo.

    ele não nega isso.
    VEJA O TESTEMUNHO DE ENCONTRO COM DEUS DELE…

    Entrei no quarto orei e senti uma alegria..
    pronto esse foi o testemunho dele..
    MAS QUE COISA SEM SAL, INSIPIDA..

    Não vemos isso na biblia.
    Muito pelo contrario todos que tiveram um encontro com DEUS, tem uma historia para contar e fatos para concretizar o que disse:
    O PRÓPRIO PAULO DISSE: EU CARREGO EM MEU CORPO AS MARCAS DE CRISTO.
    Mas o stardustio carrega as marcas da preguiça.

  2. Pastor processa a Igreja Universal do Reino de Deus e tem vínculo empregatício reconhecido na Justiça

    16/01/15

    O vínculo de emprego entre um pastor e a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) foi reconhecido pela Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A relação trabalhista ficou provada, já que o religioso precisava participar de reuniões, contava com uma folga semanal e era obrigado a aparecer em cultos e programas de rádio e TV. Além disso, a remuneração mensal dele variava de acordo com as metas de arrecadação. Ele recebia prêmios, como automóvel ou casa, de acordo com a produtividade, e era punido se não alcançasse as metas.

    No processo, o pastor disse que era obrigado a prestar contas diariamente, sob ameaças de rebaixamento e transferência, e tinha metas de arrecadação e produção. Sua principal função seria arrecadar, recebendo indicação para pregar capítulos e versículos bíblicos que estimulavam as ofertas e os dízimos dos frequentadores da IURD.

    Inicialmente, o pastor foi contratado na função de obreiro em Curitiba, no Paraná, com salário fixo e mensal. Após dois anos, virou pastor da Igreja Universal, até ser demitido sem justa causa, depois de 14 anos atuando na instituição religiosa. Com a decisão do TST, o processo retornará ao Tribunal Regional de Trabalho da 9ª Região (PR), que será responsável por examinar as verbas decorrentes dessa relação.

    O processo

    O pedido de reconhecimento de vínculo empregatício foi julgado improcedente pelo juízo de primeiro grau, com entendimento de que a atividade era de “cunho estritamente religioso”, motivada por vocação religiosa e visando a propagação da fé. Ele recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), que manteve a sentença. Um dos fundamentos foi o de que o pastor não ingressou na igreja movido por fatores econômicos, pois, em sua ficha pastoral, consta como motivo de sua conversão “desenganado pelos médicos”.

    Para o ministro Alexandre Agra Belmonte, relator do recurso do pastor ao TST, ministrar cultos, por si só, não configura vínculo empregatício, nem o trabalho de atuar na televisão e rádio para disseminar a fé da igreja. Além disso, o recebimento de remuneração, quando não objetiva retribuir o trabalho, mas prover o sustento de quem se vincula a essa atividade movido pela fé, também não configura o vínculo de emprego.

    Entretanto, no caso específico desse pastor da Igreja Universal, o ministro assinalou haver fatos e provas fartas de elementos caracterizadores do vínculo. “Diante desse quadro, a ficha pastoral de ingresso na instituição e de conversão à ideologia da igreja torna-se documento absolutamente irrelevante, uma vez que o seu conteúdo foi descaracterizado pelos depoimentos, sendo o contrato de trabalho um contrato realidade, cuja existência decorre do modo de prestação do trabalho e não da mera declaração formal de vontade”, afirmou.”

    FONTE: extra

  3. Esse sujeito e um treologo tristão gusanão stardustianão, porque Teólogo Cristão, o tal nunca jame, mas como existe hoje os travestidos da palavra Cristão principalmente os stardutianos os quais se encontram em todas as esquinas do engodo, temos que ver ler e ate escutar os tais se dizendo Teólogo Cristão, qua qua qua banana trocha, eu em fui

        • Alexandre,se o homem fosse seguir a Bíblia ao pé da letra,a mulher ainda
          não mostrava nem o rosto.As mulheres conquistaram direitos amparados
          em leis e isso não é pecado.Mas colhem os frutos da desobediência como
          casamentos destruídos,famílias desestruturadas,crianças criadas sem os
          cuidados das mães……Os gays também.É pecado e colhem o que eles
          plantam:Não podem ter filhos,muitos não assumem,outros casam com
          mulheres sem gostar por ser casamentos arranjados……Tudo tem sua dor
          e sua delícia,mas só os fariseus ficam com as dorem.

      • Não me intrometo em seus comentários para lhe dizer quais termos usar, Não se meta em meu espaço. Não tenho nada a declarar sobre a pessoa citada por você e não admito que você me envolva em tal rixa que possa existir entre vocês.. E leviano e o termo que e usei, e este que fica. Alias leviano serve para você também, que poderia simplesmente usar este espaço para comentar a matéria e deixar as tolices de lado. A igreja precisa de pessoas serias e que saibam pensar e não de pessoas que agem somente como agentes provocadores, que não tem nada a oferecer.

  4. o fato de ser um teologo e participar de realit show onde existe todo tipo de pornografia,mentiras,falcatruas,traiçoes,apologia ao alcool,drogas e vicios em geral nao me surpriende, pois o maior teologo o cara que conhece a biblia de cabo a rabo,de tras pra frente chama-se diabo ( GREGO CALUNIADOR) SATANAS (ACUSADOR)
    NO ENTANTO ELE CRER E AINDA E ESTREMECE.
    ENTAO NAO SERIA NOVIDADE ESTE SUJEITO INICIAR O PROGRAMA COMO TEOLOGO
    PARA DAR IBOP, NO MEIO TRAIR O CASAMENTO E NO FINAL ASSUMIR A HOMOSSEXUALIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA