Comissão de Direitos Humanos aprova projetos contrários ao casamento gay; Jean Wyllys ataca o pastor Marco Feliciano: “Vendilhão incompetente”

29

Uma nova polêmica em torno do casamento gay foi iniciada nesta quarta-feira, 20 de novembro, com a aprovação de dois projetos na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) contrários às decisões tomadas pela Justiça em relação à união civil de duas pessoas do mesmo sexo.

Um dos projetos, de autoria do deputado André Zacharow (PMDB-PR), com relatoria de Marcos Rogério (PDT-RO), propõe anular a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que legalizou a união civil homossexual e submeter o assunto a um plebiscito, onde a população decide se deseja que o casamento gay seja legalizado ou não.

O outro, proposto pelo deputado Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e revisado pelo deputado Pastor Eurico (PSB-PE), quer anular através de um decreto legislativo a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – presidido pelo ministro Joaquim Barbosa – que obriga cartórios do país inteiro a registrar casamentos homossexuais.

A aprovação na CDHM é apenas uma das etapas que os projetos devem percorrer. Antes de serem votados em plenário, os textos deverão ser aprovados em outras comissões.


Uma terceira proposta, que tinha como objetivo estender aos companheiros homossexuais de servidores e beneficiários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) o direito à pensão, foi rejeitado pela CDHM. O parecer do relator, deputado Pastor Eurico, foi contrário, o que levou os integrantes da comissão a votarem contra.

Questionado, o presidente da CDHM, pastor Marco Feliciano, afirmou que não se importa com as críticas que poderão ser feitas contra ele: “Meu papel é simplesmente votar. Não tenho medo do enfrentamento, não tenho medo do que escreve a mídia, o jornal de hoje embrulha o peixe de amanhã”, afirmou, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

O deputado federal e ativista gay, Jean Wyllys (PSOL-RJ), comentou o assunto em sua conta no Twitter, e fez ataques ao pastor Marco Feliciano, criticando sua atuação à frente da CDHM e classificando a votação como estratégia para atrair atenções.

“No dia da Consciência Negra, o presidente da CDHM não fez qualquer menção à data e aprovou em meia hora (!) 3 projetos contra LGBTs. Ora, é óbvio que a intenção do presidente da CDHM é ganhar espaço na imprensa e atrair a atenção nas redes sociais. Inoperante, incompetente e improdutivo, o presidente da CDHM só pode mesmo apelar para o teatro dos vampiros. Recusei-me a falar com a imprensa sobre a aprovação porque não vou jogar mais holofotes sobre o vendilhão e a comissão que ele preside. A comissão que o vendilhão preside, hoje é deslegitimada e desrespeitada aqui dentro da Câmara dos Deputados e fora dela. A tal CDHM hoje é uma igreja de fundamentalistas. Nada que venha de lá deve ser levado a sério”, escreveu.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


29 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente, acho o deputado Jean Willys muito inteligente, correto e competente.

    Tenho plena consciência que se ele deixasse um pouco a causa gay de lado e desse mais atenção aquilo que realmente importa para o povo brasileiro, teríamos ideias brilhantes saindo de sua cabeça.

    É uma pena ele estar preocupado apenas com a causa gay.

  2. Não quer jogar na mídia, assim como não querem plebiscito, porque são ratos DE PORÃO esses ativistas gays, covardes que só sabem agir por debaixo dos panos, não suportam confrontos de idéias, eles vão fazer todo tipo de falcatruas para não acontecer o plebiscito (que é um ato democrático com participação da sociedade) pois sabem que a esmagadora maioria da população vai dizer um NÃAAOOOOO bem alto as pretensões DITADORAS, IMORAIS E DEPRAVADAS dessas escórias da sociedade. Aliás ele(ou ela sei lá que trem é esse) Jean Willis já prestou contas do dinheiro público desviado pelo PSOL e que ele foi beneficiado para campanha política deles á justiça ? Claro que não, pois o lixo de governo que temos no momento(PT) e a imprensa podre são cúmplices de todo tipo de imoralidade, roubalheira, enganação, mar-de-lama, que está acorrendo nesse país.

    • Bancada Nazista evangelica, não querem dar aos gays direitos que eles tem na lei Caó 7716/89

      De acordo com a Lei Caó (número 7.716), a pena para intolerância religiosa pode variar de um a três anos.

      Mas, no caso de uso da mídia para difundir a intolerância, pode chegar de três a cinco anos.

      Por que os prezados senhores, desta digníssima bancada, não pede a retirada dos religiosos desta lei???
      A PL122 atual é para incluir os gays, idosos e deficientes na Lei Caó

      • Numa Democracia, os direitos são iguais para maioria e minorias, por isto vcs(crentes), os espiritas, budistas, tem proteção na Lei cáo.. numa democracia a maioria não decide a vida da minoria.. todos pagam os mesmo impostos, direitos e deveres iguais

        • Paulo, este povo burro, nem sabe o que é DEMOCRACIA.
          Para eles, maioria mandar é democracia, como acontece em paises Islâmicos onde a “maioria” enforca, tanto gays como crentes’,
          Em uma democracia, a maioria tem de garantir os direitos da minoria, pois estas, é óbvio por ser minoria, não ha consegue pelo poder de voto ou político.
          Povo burro e despreparado estes fundamentalistas, ou realmente são hipócritas e negam a verdade em proveito próprio com o Feliciano.

        • Isto é você quem diz. Mas nem todos, a maioria, concorda. Querer tratar questão de casamento que sempre foi considerado na união entre homem e mulher como um direito diante de relações entre pessoas de mesmo. Sendo que apresenta discordâncias na sociedade não é algo procedente para querer-se acusar pessoas de preconceito por opinião. Se falar+se em união marital ou estável sem com isso querer-se o termo casamento é algo a se pensar. Bem como direitos de herança. Mas a contrariedade a união entre pessoas de mesmo seco continuará existindo.

  3. Bancada Nazista evangelica, não querem dar aos gays direitos que eles tem na lei Caó 7716/89

    De acordo com a Lei Caó (número 7.716), a pena para intolerância religiosa pode variar de um a três anos.

    Mas, no caso de uso da mídia para difundir a intolerância, pode chegar de três a cinco anos.

    Por que os prezados senhores, desta digníssima bancada, não pede a retirada dos religiosos desta lei???
    A PL122 atual é para incluir os gays, idosos e deficientes na Lei Caó

  4. Isso Mesmo Pastor Marcos Feliciano, precisamos combater essa praga de homossexualismo, pois isso fere a constituição Divina ou seja fere os principios da Criação do DEUS ETERNO, PERFEITO, MARAVILHOSO que fez o homem e a mulher. Louvado seja DEUS!!!

  5. Isso Mesmo Pastor Marcos Feliciano, precisamos combater essa praga de homossexualismo, pois isso fere a constituição Divina ou seja fere os principios da Criação do DEUS ETERNO, PERFEITO, MARAVILHOSO que fez o homem e a mulher. Louvado seja DEUS!!!

  6. Algum evangélico pode me explicar o porque de tentar tirar o direitos dos homossexuais? Isso afeta a quem? Isso só diz respeito as pessoas que buscam o direito. O gentalha que não o que fazer, só quer midia já que não serão aprovados mesmo!v

    • posso sim Diogo, não é tira o direito do homossexuais, se eles que tá que ter, mais entre quatro parede. eles não quer direito mais sim privilegio, tira o direito deve é fazer uma lei falado quem for homossexuais vai para cadeia, isso sim é tira o direito deles; eles querer casar é uma coisa mais obriga um pastor fazer o casamento deles é outra coisa, a ter o direito do pastor em não querer realiza o casamento, isso sim qui é essa lei.

      • Mateus, quem falou em casamento religioso? O que o Nobre e homem de verdade, Ministro Joaquim Barbosa condeceu aos homossexuais, é o direito “CIVIL” de casamento civil amigo. ( a Constituição garante a todos igualdade de direitos, e os homossexsuais eram rivados do direito civil do casamento), E é este direito que está pessoa vil feliciano, que tirar.de uma nimoria.
        Ningem quer se casar em suas igrejas homofóbicas querido fica tranquilo, mesmo porque podem se quiserem a casar em igrejas inclusivas e buditas.
        Tente se informar Mateus, e deixe de ser voto de cabresto.

        Quem é o oprimido?? Nesta história, pois Sabemos que DEUS faz justiça ao oprimido.
        Quem leva pedrada na rua, é espancado, expulso de casa, abandonado pelos pais, dificilmente consegue emprego e serve de chacota, e tudo por sua condição de sexual, a qua é não de sua escolha é uma condição humana dada por DEUS em seu íntimo, e isto DEUS faz, em toda sua criação pois indivíduos homoafetivos existem em todos os seres criados por ELE.
        Então quem é o oprimido???
        Aquele que quer continuar com seu direito de utilizar o homossexual como chacota e trampolim para o poder??
        Ou o homossexual, que tem de passar toda sua vida sem o direito de se casar, ser feliz, e ter seus direitos de cidadão, sendo respeitados??
        DEUS fará justiça ao oprimido, pena que neste intervalo de tempo muitas, crianças, e jovens homossexuais estão sofrendo, e muitos muito cedo, cometem suícidio, como acontecia a séculos atraz com outras minorias, como negros, e deficientes, que hoje com muita luta e muito sangue conseguiram seus direitos.
        DEUS fará justiça, e os bodes fundamentalistas, prestaram contas a Cristo de cada alma que afastaram de seu amor.

        • Parabéns pelo comentário André, e eu acredito mesmo que DEUS é maior do que esses homens com sua justiça que para Ele, são como trapos de imundície.

          Acredito que Deus não se calou diante do pranto de muitos gays, do sofrimento e da opressão que vem sofrendo, principalmente por aqueles que se dizem cristãos.

          Espero pela justiça de Deus mais do que tudo nessa vida!!

          • Karini, bom ver que neste site, existe pessoas que conhecem a Cristo verdadeiramente, como você.
            Que DEUS continua, a inundar teu coração de amor pelo oprimido, pois foi por estes que Ele, estendeu as mãos e a eles, Jesus fará justiça, não espero nada do nosso governo humano (deputados), pois este governo pertence ao inimigo.
            Espero somente a JUSTIÇA de CRISTO.

        • Quanto drama! E quem aqui esta apregoando expulsão de homossexuais da casa de suas famílias? Ou apoiando agressão e violencia contra homossexuais? Deus criou homem e mulher e orientou claramente que o homem se una a uma mulher. Jesus ensinou que o homem deixe pai e mãe e se una a sua mulher e se torbem um só em união pelo casamento. Foi isto que Jesus ensinou e não outra coisa.Se questão homossexualidade fosse condição a ciência daria provas claras que se nasce homossexual. Mas isto não ocorre.

        • Olha Andre, como tu queres uma lei para os homosexuais aprovada, se esse movimento gay e recente, e um movimento resultado da solidao, do excesso de entertetimentos nocivo a vida humana, libertinagem de pensamentos, relativismo.O pstor marcos feliciano defende uma causa justa e natural

      • Mateus, acho que você tem problemas de interpretação, a questão é sobre porque “tentar” anular os direitos a união CIVIL sendo que isso ñ é um privilégio mas somente se iguala ao direito CIVIL de um casal heterossexual?

  7. Os verdadeiros homens e mulheres devem se lembrar também destes: deputados André Zacharow (PMDB-PR), com relatoria de Marcos Rogério (PDT-RO), vocês representam a família brasileira, juntamente com o Pr. Marco Feliciano!!!

  8. Como evangélico, temo pelo futuro da igreja por estar fomentando o discurso do ódio. Evangélicos sérios e comprometidos com a democracia já deveriam estar, a exemplo da Convenção Batista Nacional mobilizados para indisporem contra estes despautérios teológicos e histéricos de Feliciano e de sua corja nojenta. Estes elementos não são cristãos. Estão fazendo panfletarismo de um assunto específico para se promoverem politicamente. Lembre-se de que ódio atrai ódio e este não é o propósito da doutrina cristã.

  9. Parabéns pastor Marco Feliciano! O senhor antes de ser pastor, cantor, conferencista, deputado o senhor é um pai de família por esse motivo é que esse grupinho te odeia.
    Não temas o SENHOR é contigo.
    Deus continue agindo através da vida do pai de família pastor Marco Feliciano em Nome de Jesus.

  10. Eu me pergunto como existem pessoas tão desinformadas e anarquistas, se o Pastor Marcos Feliciano defende a moral e a familia tradicional, porque ele é tão bombardeado assim, porque não atacam o Papa Francisco que tem os mesmos princípios quanto a homossexualidade? Amar o próximo não é aceitar tudo o que o próximo quer fazer ou faz, mas sim respeitá-lo em suas opiniões e escolhas. Pra mim os que se tem mostrado mais intolerantes são os ditos”homossexuais”, que não aceitam a opinião contrária as suas práticas anti-naturais segundo a ciência! A anatomia feminina se encaixa uniformemente na masculina, e a para gerar descendentes a natureza nos fez assim macho e fêmea, para se procriarem, de outra forma a raça humana já teria entrado em extinção, pensem nisso e deixem de atacar tanto o Marcos Feliciano que não tem nada de homofóbico, simplesmente defende seu ponto de vista!

  11. Os contrários aos homossexuais dizem que Deus criou o homem e a mulher mas esses mesmos é que usam o feminino de forma pejorativa, ao falar que o deputado jean Wills rasgou calcinha usa um acessório feminino de forma desrespeitosa, alias a Mulher é outro ser discriminado por essa sociedade.

  12. Esse mateus deve ser um retardado. aonde que os gays querem casar no religioso? eles querem casar no civil para terem total direito comparado aos heteros sexuais.e outra se casamento no religioso fosse o conto de fadas veriamos muitos heteros felizes mais o que vemos é totalmente o contrario.

  13. Temos que jogar bosta neste cristãos políticos pois isto é mínimo que eles nos dão todo dia, juntamente com nossos assassinatos, ordenados pela bíblia, por mais de milênios, e que vemos toda semana se executar através de pedradas e tijoladas até a morte em homossexuais em cidades de interior de maioria religiosa cristã no Brasil. Liberdade de expressão não é liberdade de agressão!

    • pelo visto o seu jumento alias andre,vc entende tão bem de religião que acho melhor vc fica mesmo é com a bosta que disso vc entende mesmo por que chama o islamismo de cristianismo é um jumento de pasto não um estudante, vá se burro assim numa cocheira analfabeto va procura mulçumano radical e não cristão o tapado me poupem de tanta asneira…

  14. Sr igor pelo visto vc não distingue uma mosca de uma barata, direitos humanos sim, não direitos imorais por que chama essa imoralidade que vcs chamam de festa a tal parada, isso pra mim pessoas que admiram isso são pessoas que nasceram em uma zn,e sabe que meu imposto contra minha vontade,destina se a esse promiscuidade, enquanto trabalhador morre a mingua em centros médicos por falta de aparelhos, remédios e outras necessidades..

    • Mas vc não entende que não é nisso que o Feliciabno está se focalizando?médicos,aparelhos e remédios?Ele ganha um cargo e a primeira coisa que ele faz é guerrinha com os gays ahhh pelo amor de Deus só não vê quem é cego de cabeça mesmo, esse cara não tem consciência!

  15. Muita gente diz que os evangélicos tem preconceito, eu quero dizer que não temos preconceitos nenhum, com nenhum tipo de raça ou religião, pois tenho muitos amigos que são gays e eu a respeito muitos, tanto que na minha empresa tenho funcionários gays tbm e muitos deles não concodam com o casamento do mesmo sexo. Tiram isso da cabeça de vcs que nós somos preconceituosos, assim como vcs defendem os seus direitos, nós defenderemos o nosso como familia. Cuidado no que vcs dizem pois tem muitas familias evangélicas que não precisam ouvir e ver no que vcs falam, pois eles não merecem pelo chingamento de vcs, pois nenhum momento agredimos vcs e tbm não agredimos os gays e lesbicas.

  16. Parabéns Marco Feliciano, direitos humanos é uma coisa, baixaria de casamento do mesmo sexo é outra, não dá nem pra imaginar uma coisa porca dessas, totalmente antibiblico.

DEIXE UMA RESPOSTA