Cristãos em todo mundo irão orar simultaneamente contra a fome. Saiba como se juntar a essa corrente de oração

25

A pobreza é uma injustiça – algo que não podemos ignorar”. Pensando nisso, a organização humanitária cristã britânica Tearfund está convidando as igrejas brasileiras a participarem de um evento mundial de oração contra a pobreza. Durante uma semana, de 1º a 7 de março, milhares de cristãos ao redor do mundo estarão orando simultaneamente sobre este tema e pelas pessoas que sofrem por não terem casa, comida, saúde, educação, saneamento, enfim, que sentem na pele a dor da injustiça social. O lema da campanha é: “Uma Voz. Um Povo. Uma Oração”.

O representante nacional da Tearfund para o Brasil, João Martinez da Cruz, orienta que a metodologia poderá incluir: 1. dedicar toda uma reunião ou culto para abordar temas de pobreza e justiça e orar sobre eles; 2. dedicar apenas uns 10 minutos para divulgar os materiais da Semana de Oração e motivar as pessoas a participarem. 3. sugerir que os grupos familiares ou os diferentes ministérios da sua igreja usem os materiais da Semana de Oração; 4. acrescentar o seu pedido de oração ao mural online de oração, enviando um email para onevoice@tearfund.org com o seu nome, o nome da sua igreja ou grupo e o da sua cidade.

A Lista de Pedidos de Oração relaciona e detalha os elevados alvos da campanha de oração da Tearfund, buscando combater injustiças que trazem consequências terríveis para a vida das pessoas e suas famílias. Veja alguns tópicos, mas não deixe de ler os pedidos específicos que cada um deles contém, baixando a lista na íntegra: “Orando sobre o impacto das mudanças climáticas; Orando sobre o impacto do HIV; Orando sobre questões de insegurança alimentar; Orando pelas crianças em situação de risco; Pedidos de oração pela República Democrática do Congo; Orando pela África Ocidental; Orando pela Ásia; Orando pela América Latina e Caribe; Orando pela África Meridional; Orando pela África Central e Oriental”.

Leia o convite da Tearfund aos cristãos brasileiros para a semana de oração: “Levante a sua voz em oração e louvor ao nosso Deus de amor, esperança e transformação. Faça parte de um movimento mundial de pessoas que buscam a Deus – orando e agindo por justiça, misericórdia e um fim à pobreza. Março de 2010. Igrejas locais, igrejas em pequenos vilarejos, igrejas nos lares, pequenos grupos, indivíduos – a igreja em todo o mundo vai orar em uma só voz, de 1 a 7 de março. Faça com que a sua voz seja ouvida e faça parte deste movimento mundial de oração! Essa iniciativa cria uma oportunidade para nos conectarmos com o nosso Deus Todo-Poderoso e uns com os outros através da oração, ouvindo a Deus quando buscamos a justiça, a misericórdia e o fim da pobreza. A iniciativa “Uma Voz” nos leva a orar por mudanças e sermos um instrumento de mudanças. “Da multidão dos que creram, uma era a mente e um o coração” – Atos 4:32.”


E para não ficar apenas na semana e na campanha, a convocação da Tearfund se estende e amplia através da proposta de continuidade da oração no restante do ano e com o convite à mobilização e à ação direta nas comunidades: “Quando oramos, as coisas começam a mudar. A oração leva à ação. As nossas orações e ações não devem ser restritas a apenas uma semana. Como cristãos, elas devem ser uma parte integral das nossas vidas. Por causa disto, estamos convidando as pessoas a responderem a esta iniciativa: continuando a orar, participando em campanhas por justiça e, através das nossas próprias igrejas, fazendo a diferença em nossas comunidades locais”, concluem os organizadores.

Fonte: Agência Soma / Gospel+
Via: Creio

25 COMENTÁRIOS

  1. Não adianta só orar. Vamos orar sim, e trabalhar.
    Que o Senhor desperte as igrejas para se unir nesse sentido, e possa destinar parte se sua arrecadação para ajudar os que precisam, não só dando comida, mais ensinando profissões, pois é interesante matar a fome, porém é importante ensinar como pescar, pois nem sempre temos suficiente para dá.
    Existe muitas profissões que podem ser ensinadas e que não precisam ir a faculdade para aprender. O povo tambem tem que aprender a ir a luta. Todo trabalho é honroso, desde que exercido com honestidade.
    Já fiz muita coisa e Deus me ajudou. Já vendi papel recliclado, balde, tonél, estrado de madeira usado, resta de madeira, e hoje estou bem graças a Deus.

    Vamos a luta meus irmãos que com certeza Deus vai em nossa frente.

  2. Não adianta só orar. Vamos orar sim, e trabalhar.
    Que o Senhor desperte as igrejas para se unir nesse sentido, e possa destinar parte se sua arrecadação para ajudar os que precisam, não só dando comida, mais ensinando profissões, pois é interesante matar a fome, porém é importante ensinar como pescar, pois nem sempre temos suficiente para dá.
    Existe muitas profissões que podem ser ensinadas e que não precisam ir a faculdade para aprender. O povo tambem tem que aprender a ir a luta. Todo trabalho é honroso, desde que exercido com honestidade.
    Já fiz muita coisa e Deus me ajudou. Já vendi papel recliclado, balde, tonél, estrado de madeira usado, resto de madeira, e hoje estou bem graças a Deus.

    Vamos a luta meus irmãos que com certeza Deus vai em nossa frente.

  3. Irmão Torquato da Silva,

    É louvavél seu pensamento querido mas, a realidade é que já está tão difícil as pessoas começarem pelo básico, a oração, que se torna, hoje, quase que impossível os cristãos ajudá-las com seus bens, com seus talentos. Acho que a oração é um bom começo. Pois se as pessoas despertarem para a necessidade desta e ,realmente, orarem, automaricamente o Espirito Santo convencerá da necessidade de algo a mais.

  4. Não estou aqui para criticar, longe disso !
    Mas quero ser homem o sufuciente para assumir minha posição !
    Or-ação é muito além do que marcar um dia para oração, oração é um processo continuo, diario e não depende do lugar e marcar alguma data. Oração é ter um coração grato a todo instante e estar on-line com Deus em todos os minutos, dias e horas da vida !
    Esse é o problema da vida “devocional” errada. Marcamos um lugar, uma hora, vamos lá, buscamos a Deus, dai saimos e não levamos para a vida aquilo que vivemos naquele “momento marcado” ou “lugar marcado” e dai marcamos outra data, quem sabe o próximo domingo..rss..e assim vamos, caminhando de solavancos !
    ORAÇÃO´DEVE SER UMA COISA NATURAL DO RELACIONAMENTO COM DEUS, E PONTO !
    Pensem nisto !

  5. Lopes,
    Estou de pleno acordo com você! Oração é um ato contínuo, É RELACIONAMENTO!
    Marcar data, hora e local, só se for para arregaçar as mangas e TRABALHAR!
    Abraço,
    Sarah.

  6. Lopes
    eu entendo seu ponto de vista, mas a situação aqui vai além de nossa vida diaria de oração.Concordo que a pratica de oraçõa é um ato continuo em nossa vida que não depende de ora nem momento, pois a própria palavra nos diz:

    Efésios 6:18 Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,

    Mas há orações específicas, assim como no jejum, quando pedimos por algo peculiar.Neste caso, faz-se entender a necessidade coletiva de orar por determinado tema que tem afligido o mundo como foi no caso dos Judeus no reinado de Assuero, como consta no livro de Ester em que a mesma solicitou oração e jejum coletivo para que Deus entrasse de providência e encontrasse complacência diante do rei ao entrar no pátio real para rogar misericórdia.

    Deus abençoe este projeto!!!! Pois já é um bom começo!!!

  7. corrigindo:

    Lopes
    eu entendo seu ponto de vista, mas a situação aqui vai além de nossa vida diaria de oração.Concordo que a pratica de oração é um ato contínuo em nossa vida que não depende de hora ,nem momento, pois a própria palavra nos diz:

    Efésios 6:18 Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,

    Mas há orações específicas, assim como no jejum, quando pedimos por algo peculiar.Neste caso, faz-se entender a necessidade coletiva de orar por determinado tema que tem afligido o mundo, como foi no caso dos Judeus no reinado de Assuero, como consta no livro de Ester ,em que, a mesma, solicitou oração e jejum coletivo para que Deus entrasse de providência e encontrasse complacência diante do rei ao entrar no pátio real para rogar misericórdia.

    Deus abençoe este projeto!!!! Pois já é um bom começo!!!

  8. nada contra a oração,pelo contrario,acho que devemos orar todos os dias pela fome,mas reflita comigo:
    se cada um que esta empenhado nessa oração desse pelo menos 1 real para se distribuir aos pobres com certeza a fome ia embora por uns dias,porisso faço um proposito com vc que esta lendo esse comentario:
    que tal se vc doar a um pobre uma quantia que propor no seu coração,assim como vc tem ofertado na sua igreja?
    que Deus abençõe a todos que assim agir…

  9. Não é necessario que todos os cristãos orem ao mesmo tempo, basta que nossos representantes (políticos) criem vergonha na cara e em vez de desviar o dinheiro público diretamente para suas meias, cuecas etc, dêem o destino correto a ele. Até mesmo o dinheiro que está sendo doado ao Haiti está sendo desviado. O ser humano é podre!

  10. Oração é algo do relacionamento com Deus, concordo plenamente…Mas, até Jesus fez orações específicas como antes de escolher os 12 apóstolos e antes da ressurreição de Lázaro! Creio que Deus ao despertar um de seus servos a levantar um clamor dessa proporção é porque tem algo maravilhoso a realizar! Trabalho com uma oscip e estou começando um trabalho na minha comunidade…Como é difícil…como barreiras se levantam, então quando li essa notícia me senti extremamente feliz, pois vou colocar o meu pedido na lista e creio que Deus receberá em seu trono de Glória cada clamor que será levantado. Que possamos nos preparar como o povo que durante sete dias cercou as muralhas de Jericó para obter vitória! E falaremos como o salmista: “Bendito seja Deus que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça.” SL 66:20

    Gostaria de saber onde posso baixar a lista completa!

  11. Conclusao…
    Gente…é claro que vamos orar ….mas o que eu quero dizer é…

    NAO ADIANTA DATAS MARCADAS….é claro que podemos orar juntos e é bom….mas estamos vivendo em “campanha”, “datas”, “feriados religiosos” (por exemplo os evangélicos estao comemorando o DIA DOS EVANGELICOS, onde fazemos aquela MARCHA PARA JESUS”) e por ai a fora…temos é que VIVER diariamente, constantemente, continuamente EM ORAÇAO.
    Nossa luta nao é contra carne e sangue, mas contra o mal…ese tem uma coisa que o mal (diabo;satanas;serpente, seja la o que for) NAO SUPORTA é quando um povo VIVE EM AMOR !

  12. Nobre pastor e colega;quero deixar um pequeno comentário sobre o tema, Oração contra a fome mundial.A princípio, a colocação da palavra dá a entender de problema político; “ORAÇÃO CONTRA A FOME MUNDIAL”, no entanto,nobre colega, quero me parear com a Bíblia e a palavra prfeira por Nosso Senhor Jesus Cristo no Cap. 24, vers.6 e 7.Acreditao que a frase certa seria;oração pelas familias que estão sendo atingidas pela fome; porque, fome sempre houve desde os tempos remotos, como é do conhecimento de todos os que lêm a biblia.Orar contra a fome mundar, seria orar contra o cumprimento das palavras proferidas por Cristo.Desejo sucessos no trabalho desempenhado por esta missão que Deus confiou em tuas mãos.Estamos juntos nesta pelela contra o mal.Estamos no presene momento em uma campanha de 21 dias de oração pela nação brasileira;pela igreja e por israel.Vamos chegar lar com a vitória na mão.Deus seja contigo meu pastor. Pastor jose Claudino Firmino.

  13. Lopes meu querido irmão,

    Eu sei amado que temos que ter uma vida constante de oração e de maor. Te entendo.Porém o que eu quero dizer é que a situações específicas, causas específicas, em que a igreja pode sim marcar uma data , um momento para que todos orem na precisa data e na precisa hora.Isto tem uma repercursão no mundo Espiritual sem precedentes. Quando Pedro estava preso, a igreja estava congregada e orava por ele e Deus concedeu livramento:
    Atos 12:
    7 Eis, porém, que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz iluminou a prisão; e, tocando ele o lado de Pedro, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa! Então, as cadeias caíram-lhe das mãos.
    8 Disse-lhe o anjo: Cinge-te e calça as sandálias. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Põe a capa e segue-me.
    9 Então, saindo, o seguia, não sabendo que era real o que se fazia por meio do anjo; parecia-lhe, antes, uma visão.
    10 Depois de terem passado a primeira e a segunda sentinela, chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade, o qual se lhes abriu automaticamente; e, saindo, enveredaram por uma rua, e logo adiante o anjo se apartou dele.
    11 Então, Pedro, caindo em si, disse: Agora, sei, verdadeiramente, que o Senhor enviou o seu anjo e me livrou da mão de Herodes e de toda a expectativa do povo judaico.
    12 Considerando ele a sua situação, resolveu ir à casa de Maria, mãe de João, cognominado Marcos, onde muitas pessoas estavam congregadas e oravam.

    Não é que temos que orar somente em datas marcadas , ou esperar tal evento para orarmos.Mas há casos ou temas, como disse, específicos que requer uma concentração particular, uma chamada fazendo necessário , sim, tirar um dia para que todos a uma só voz levantem seu clamor aos céus.Se um sozinho orando, Deus já opera, faça idéia uma multidão.

    Glória A TI JESUS!!!!

  14. Joeline, irma

    Voce é uma pessoa que escreve inteligentemente e sem agredir, parabéns !

    Eu tambem entendo voce…rss…de verdade e concoedo !

    Mas o que eu quero, aqui PROTESTAR é que paremos de “nos concentrar” em ir de frente ao mal e agir !

    O mau, é mau, nele não há bem, visto que é mau ! e o que eu quero dizer é…PAREMOS DE SÓ VIVER EM CAMPANHAS ou QUANDO A CHAPA ESQUENTA e paremos de ACEITAR “feriados religiosos” (DIA DO EVANGELICO), grande coisa isso, eu nao quero esse ‘DIA DO EVANGELICO`, nao aceito isso como “trinfo contra as trevas”, pois Jesus nunca aceitou POMPAS !
    Só vamos começar a realmente a mostrar ao mundo o Sr Jesus quando nossa vida “for uma oraçao”….por enquanto estamos agindo atacando as consequencias !!!!

    Nota; estes dias eu estava lendo e ouvindo sobre os crescimento dos “evangélicos” no Brasil, porém tambem está crescendo a debandada para as festas, orgias, boates da vida, etc..

    Dai ficamos felizes e nos enchemos de orgulho porque os “evangélicos” cresceram ( em numeros ), mas ta brabo de ver o amor e servir nas igrejas !

    Dai o irmao diz…”nossa, o senhor me abençoou, tenho 4 casas, 5 carros, 1 milhao no banco guardado…e o vizinho ( as vezes crente ) nao tem o que comer ! É hora de vermos e pararmos de querer apenas “orar”, mas ser OR-AÇAO !

    abraços minha querida, Deus te abençoe ! continue nesta fé

  15. irmao vamos pensa numa coisa a onu, ela tem um centro de pesquisa e esse centro de pesquisa da onu o nome dela e FAO ela vez uma pesquisa eu nao me lembro o ano mais foi no seculo xxi e ela revelou que em 15 segundos morre uma crianca em algun lugar do mundo isso mesmo em apenas 15 segundos morre uma crianca em algun lugar do planeta e elas morre por causa da fome, e ela revelou tambem que em 4 minutos morre uma pessoa no mundo por falta da vitamina A.poxa vamos ser uma pessoa solidaria vamos ajudar o nosso proximo.

    eu tenho, que dizer que eu escrevi esse meu comentario com lacrimas nos olhos.

    a biblia diz que nos temos que ajudar o nosso proximo.

    paulo gustavo de souza correa

    paulo83@hotmail.com.br
    paullopg@hotmail.com

  16. Gente é o seguinte, estão orando errado.
    Devemos orar sim para Deus salvar as almas que estão indo pro inferno.
    Fome, vai haver sempre e aumentará, é biblico; não adianta fazer campanha contra a fome, contra a destruição do meio, contra comunidades homofobicas, ou algo que contrarie os mandamentos de Deus. Pois vai aumentar estamos no final do tempo.
    Devemos sim levar a palavra para que o Espírito Santo possa convecê-los para a salvação.
    – Lembrem-se sem Deus o homem caminha para sua destruição e não adianta reclamar, vai direto pro capiroto.

    Agora que tal marcar um dia para evangelização em massa. Há esqueci vocês não tem coragem pra isso.

    Fiquem com Deus e que Ele conseda sabedoria.

    Ass Reinaldo

  17. A DISTÂNCIA ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA

    “Há alguns que se fazem de ricos, e não têm coisa nenhuma, e outros que se fazem de pobres e têm muitas riquezas” – Provérbios 13:7

    A matéria sobre a “UNIDADE” dos cristãos em todo o mundo para clamarem contra a fome, à primeira vista pode parecer algo EXTRAORDINÁRIO, mas basta uma lida rápida em alguns textos das Escrituras para percebermos que esta atitude não passa de mera religiosidade e de oportunismo. Aos olhos dos ímpios parece ser uma expressão de unidade, de fé e de afinidade entre os cristãos no mundo, mas o tema exige uma avaliação mais profunda e detalhada. Há um abismo profundo entre “TEORIA” e “PRÁTICA” nos meios religiosos hoje. Os IMPÉRIOS DA FÉ estão ai para comprovar o que afirmo, os MAGNATAS DO CRISTIANISMOS fingem fazer algo, mas no fundo defendem os seus interesses e os de suas Emprejas S/A, e não conheço uma denominação ou um líder que tenha a altivez de abrir mão de um centavo para resolver o problema de alguém. Paliativos temos aos montes, formas mágicas que iludem os crentes sobram, esmolas todo mundo dá, mas e fazer como os cristãos primitivos, quem se dispõe? Por favor, me informe se você conhecer alguém!!!

    Examinando as Escrituras encontrei registros perturbadores, textos que põem em xeque ações desta natureza, quando o assunto é atender aos anseios daqueles que são considerados pobres. Á luz da Bíblia, não encontramos respaldo para tal, pelo contrário, os cristãos do primeiro século não faziam “VIGÍLIAS”, não marcavam data nem horário para buscarem a Deus para resolver o problema da pobreza naquele tempo, eles vendiam o que possuíam e tinham, como cristãos, tudo em comum. Quer conferir, leia então II Coríntios 8: 14 e 15. Ao que parece, orar é muito mais fácil e cômodo do que abrir mão de alguma coisa em favor dos menos favorecidos, mesmo que os tratemos como irmãos. Muitos, inclusive, oram por obrigação e não por convencimento dos efeitos desta ferramenta na vida do crente.

    Não duvido da oração, duvido de movimentos especulativos, que usam este instrumento como forma de externar algo que de fato, não vai no coração e nem tão pouco na alma da pessoa. Duvido de líderes que buscam em momentos como este, usarem os cristãos para alicerçarem os seus planos e os seus projetos econômicos de religiosidade.

    “Nossa vaidade latente prefere seu ego iludido por falsos elogios, do que poder se beneficiar de alguma forma, com críticas sinceras”, assim, preferimos sermos elogiados pelo erro, do que criticado por eventuais acertos que poderíamos ter produzido se soubéssemos direcionar as nossas ações para algo mais real, verdadeiro e produtivo para o Reino de Deus. Veja o que disse Jesus: “Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; E vem, e segue-me” – Mateus 19:21. Alguém tem a coragem de assumir esta postura hoje? N ã o, n ã o há absolutamente ninguém que queira fazer isto no mundo evangélico hoje.

    O dinheiro não é tudo na vida. A Bíblia diz: “Há quem se faça rico, não tendo coisa alguma, e quem se faça pobre, tendo grande riqueza. O resgate da vida do homem são as suas riquezas, mas o pobre não tem meio de se resgatar” – Provérbios 13:7 e 8. Ainda que o mundo honre os ricos, não se surpreenda com o fato de que Deus honra os pobres. A Bíblia afirma meus amados irmãos: “Não escolheu Deus os que são pobres quanto ao mundo para fazê-los ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?” – Tiago 2:5.

    Devemos ajudar os pobres com diligência. A Bíblia diz ainda: “Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres; o que também procurei fazer com diligência” – Gálatas 2:10. É pecado ignorar os necessitados. A Bíblia diz: “Pois sei que são muitas as vossas transgressões, e graves os vossos pecados; afligis o justo, aceitais peitas, e na porta negais o direito aos necessitados” – Amós 5:12. Deus abençoa os que ajudam os pobres. A Bíblia diz: “Bem-aventurado é aquele que considera o pobre; o Senhor o livrará no dia do mal” – Salmos 41:1. Honramos a Deus quando cuidamos dos pobres. A Bíblia diz mais: “O que oprime ao pobre insulta ao seu Criador; mas honra-o aquele que se compadece do necessitado” – Provérbios 14:31.

    Deus promete recompensar os que ajudam os pobres. O povo estava preocupado com o jejum, mas Isaías diz: “…Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres desamparados? Que vendo o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne? Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti; E a glória do Senhor será a tua retaguarda. Então clamarás, e o Senhor te responderá; Gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente; E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares o aflito; Então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio dia. O Senhor te guiará continuamente, e te fartará até em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; Serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca falham” – Isaías 58:7 a 11.

    O sábio Salomão diz: “O que oprime o pobre, insulta aquele que o criou” – Provérbios 14:31. Tem mais: “O que oprime o pobre para se engrandecer a si, ou o que dá ao rico, certamente empobrecerá” – Provérbios 22:16. Mas o texto mais inquietante é este: “Quem pois, tiver bens no mundo, e vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar suas entranhas, como estará nele o amor de Deus” – I João 3:17. Este texto encerra qualquer possibilidade de iniciativas como movimentar os crentes no mundo para orar pelo fim da pobreza, ORAÇÃO SEM AÇÃO não muda absolutamente nada, apenas massageia o ego. Se todos os evangélicos abrissem mão de, pelo menos 50% de seus bens, se deixassem de gastar rios de dinheiro com animais de estimação, se deixassem de fazer “CRUZEIROS GOSPEL”, se andassem de carros populares, se morassem em casas simples, se deixassem as marcas de roupas e calçados, se não construíssem verdadeiros palácios, com certeza resolveríamos boa parte de nossos problemas de pobreza entre os cristão, pelo menos. O salmista nos dá uma lição de altruísmo quando diz: “Eu sou pobre e necessitado, porém o Senhor cuida de mim; Tu és meu amparo e o meu libertador; Não te detenhas, ó Deus meu!” – Salmo 40:17. Só para pensar: “Quanto você gasta com coca-cola em um mês?”

    Portanto, fica aqui o desafio aos crentes de nosso tempo, vamos orar, mas vamos também doar de verdade e fazer a diferença? Vamos aliar a teoria à prática?

    “O mal de quase todos nós é que preferimos ser arruinados pelo elogio a ser salvos pela crítica”

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  18. AO MOVIMENTO FEMINISTA:

    Na realidade se está dificíl começar pela palavra, então devemos esquecer que o Apostolo Tiago diz que a fé sem as obras é morta, Tiago 2:18,20 e Eclesiastes 11:1-2, que diz:

    1 LANÇA o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.
    2 Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.

    É necessário orar sim, mais também ação. Isto é fé e obras.
    Uma completa a outra na vida do cristão e da igreja.

    Graça e Paz.

  19. A DISTÂNCIA ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA

    O nome da igreja “BOLA DE NEVE” é extremamente sugestivo para uma Escola de Samba que queira fazer sucesso na avenida, e se aliar a ela um bom mercenário da fé, carnavalesco doente, que tem o “SAMBA” no coração e o no sangue, com certeza ele vai levantar o publico na Sapucaí. Envergonha-me ver como a imoralidade religiosa anda sorrateiramente ocupando espaços e fazendo estragos ao cristianismo, pior, com o aval de líderes corruptos, inescrupulosos, interesseiros, enganadores, mentirosos e sem qualquer compromisso com os ensinos de Jesus. São os CRENTES MUNDERNOS e suas aberrações e as suas frustrações tentando iludir os menos desprovidos de conhecimento das Escrituras que um desfile na avenida é plenamente aprovado por Deus. Afinal, ninguém é de ferro, e as belezas das musas da avenida não podem passar sem um espiadinha…

    A falta de motivos para as pessoas freqüentarem as nossas igrejas, a pobreza de nossas mensagens, o baixíssimo nível do testemunho e a falta de credibilidade dos evangélicos têm contribuído de forma espantosa para que aberrações como estas sejam praticadas em nome de Deus. Parece que as recomendações de Paulo não fazem sentido para os nossos dias e que o que vale é fazer do evangelho uma diversão e não um instrumento para anunciarmos as Boas Novas de salvação. Os pilantras, sabendo que há vazios no meio cristão que não são preenchidos pelo Espírito Santo, criam atividades que, fundamentadas em argumentos perversos e fraudulentos, levam as pessoas a acreditarem que Deus é que está à frente de toda esta bandalheira religiosa.

    “Não vos conformeis com este mundo” é a recomendação de Paulo, mas parece que participar ativamente de um carnaval não tem nenhuma relação com conformidade com as imoralidades e com os pecados da festa satânica. “Fugi da aparência do mal” também não faz sentido para os “CRENTES MUNDERNOS”, eles querem mesmo é se divertir na avenida até porque ninguém é de ferro e exercitar o corpo faz bem para a alma!!! O que dirá Davi vendo o Salmos primeiro, escrito por ele, sendo abandonado e trocado pela verdadeira “RODA DOS ESCARNECEDORES”? Que dia ele vendo os CRENTINOS andando exatamente no caminho dos pecadores? O prazer na Lei do Senhor foi desprezado, agora o que vale são os prazeres da carne, obviamente com a desculpa esfarrapada de que vale tudo para pregar o Evangelho.

    Esta tal “BOLA DE PODRIDÃO” é mais uma das vergonhas para os cristãos do século XXI, é a religiosidade de vale tudo e para isto pouco importa o que a Bíblia recomenda como modelo de prática cristã.

    Mas me responda:

    Qual foi a Escola de Samba que Jesus desfilou nela?
    Qual foi a Escola de Samba ou Bloco Caricato que ele fundou?
    Qual foi a escola que os grande servos de Deus do passado desfilaram nelas?
    O que pensa Martinho Lutero sobre esta imoralidade e este crime contra a fé e a crença de nosso povo?
    Que desfile de foliões é relatado nas Escrituras?
    Onde na Bíblia encontramos o termo “FOLIA”?

    “Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso á vaidade, e fizeram-nos tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que andassem por veredas não aplainadas” Isaías 18:15.

    Deus parece ser apenas mais um figurante nesta orgia religiosa, o que as pessoas querem é justificar os seus pecados usando textos isolados da Bíblia e principalmente o avanço e as mudanças implantadas no mundo nos últimos tempos. Não creio que estes cidadãos tenham a mesma capacidade de afirmar como Paulo: “Agora já não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim, e a vida que agora vivo, vivo-a na fé do filho de Deus…” Os chiqueiros continuam lotados de porcos que se acham novas criaturas, mas que de novo não possuem absolutamente nada, tenta viver uma religiosidade dúbia, numa relação promiscua com os prazeres efêmeros deste mundo. È uma vela para Deus e milhares para o Diabo, e tome samba no pé…

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA