Com nova lei, cristãos podem ser mutilados e apedrejados até a morte em Brunei; entenda

17

O sultão de Brunei anunciou recentemente uma nova lei, baseada em punições criminais islâmicos, que vem sendo criticada por funcionários da ONU e representantes de outros grupos de direitos humanos.

Brunei é um pequeno país, de pouco mais de 420 mil habitantes, situado no sudeste da Ásia, e já vem praticando as leis islâmicas para regular assuntos civis, como as questões pessoais e familiares; mas agora as leis serão estendidas para cobrir infracções penais.

As novas penalidades da lei islâmica serão introduzidas ao longo do tempo, em um ou dois anos, e acabarão por incluir punições corporais graves, tais como: flagelação por adultério, amputação de membros por roubo, e apedrejamento até a morte por estupro e sodomia.

A primeira fase inclui leis por crimes como comer ou beber em público durante o mês de jejum do islã, que serão puníveis com multas e prisão. Leis que também se aplicam aos não-muçulmanos.


Em fevereiro, os especialistas em lei sharia do Ministério de Assuntos Religiosos anunciaram que os não-muçulmanos podem ser punidos por crimes como usar roupas indecentes que “envergonham o Islã”. O infrator pode ser preso por até seis meses, multado em até BN 2.000 (1,6 mil dólares), ou ambos.

Mesmo agora, é obrigatório para as mulheres de todas as religiões, incluindo cristãs usar um hijab (cobertura para a cabeça), se elas trabalham para o governo ou estão freqüentando locais públicos. No entanto, agora que o código penal baseado na sharia será promulgado, uma violação contra estas instruções religiosas serão criminalizadas.

O novo código penal cita também que os não-muçulmanos não podem mais compartilhar sua fé com muçulmanos e ateus. Os infratores correm o risco de ser multados em até BN 20.000 ($ 15.600), enviados para a prisão por até cinco anos, ou ambos. Essa regra cris um grande problema para as poucas escolas cristãs do país.

Outra restrição inclui uma lei que proíbe qualquer pai muçulmano de deixar não-muçulmanos cuidarem de seu filho. O ato é punível com uma pena de prisão de até cinco anos, uma multa de até BN 20.000 (15.600 dólares americanos), ou ambos.

Consequentemente, as pessoas que se convertem ao cristianismom pode perder a custódia de seu filho se sua nova fé for revelada.

– Todos os direitos dos pais são concedidos ao pai muçulmano, se uma criança nasce com os pais de fés diferentes, e os pais não-muçulmano não é reconhecido em qualquer documento oficial, incluindo certidão de nascimento da criança – criticou o Departamento de Estado dos EUA no Relatório Internacional sobre Liberdade Religiosa.

A implantação da lei tem sido vista com o um retrocesso por defensores dos direitos humanos, que afirmam de tratar de “punições medievais”, incompatíveis com o mundo moderno.

– A decisão de Brunei em implementar a lei sharia criminal é um enorme retrocesso para os direitos humanos no país. Constitui um movimento autoritário para implantar punições medievais brutais que não têm lugar no mundo moderno, do século 21, afirmou Phil Robertson, vice-diretor do divisão da Ásia da Human Rights Watch.

O país está na posição 24 entre os 50 países que mais perseguem cristãos em todo o mundo.

Por Dan Martins, para o Gospel+

17 COMENTÁRIOS

  1. A grande tribulação já começou em muitos lugares, só quem não vê são os crentes de países como o Brasil, onde a democracia ainda da direitos, mas logo chega aqui.

    • Gilberto,eles são fundamentalistas,fanáticos e lunáticos,iguais aos crentes fundamentalistas
      daqui do Brasil.É que por aqui ele não mandam em nada e não apitam em nada.Se tivessem poder,seriam piores contra os gays, contgra igrejas e seitas porque temem e não
      aceitam concorrência.Uns demônios em forma de gente lunática.

  2. É esse o belo legado deixado pela igreja católica, agora sendo copiado na mesma proporção pelos muçulmanos.

    A igreja católica que até hoje ainda determina a bata para os padres e freires, as cruzes nos pescoços, o sinal das cruzes ante igrejas, santuários católicos, cemitérios.

    Que porcaria de mundo é este, só aprendem e copiam o que não presta, deveria a igreja católica procurar esses países pedir desculpas e dizer que erraram e que não gostariam de assistir ao próximo fazendo as mesmas idiotices cometidas por ela.

    Porcaria, repito, de mundo.

  3. As vezes eu fico pensando o tamanho do poder que tem as igrejas tanto catolica quanto evangelicas.de certa forma oque pode acontecer com tantas riqueza arrecadada.por enqunto o nosso pais e livre quando se fala de religiao.mas se as igrejas interferir de uma forma minunciosa oque pode acontecer? Aqueles que nao seguir uma religia ou uma so religiao no caso evangelica.oque pode acontecer?
    Bom mas assunto e sobre a repercusao das novas lei no islam.
    Creio que a os fins dos tempos esta chegando nos temos que seguir o correto e esperar a vinda de cristo.pois tudoo isso k tah acontecendo e manifestaçao de satanais ..

  4. Jesus disse na parábola da figueira , Mateus 24; versículo 32 , 33 .

    Aprendei pois a parábola da figueira:
    32; Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que esta próximo o verão.
    33; Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabeis que está próximo as portas .
    .
    Estamos assistindo diariamente as profecias se cumprindo, a perseguição esta aumentando muito em todo o mundo.
    Isso é só o princípio das dores , SE PREPAREM .

  5. Vejam os senhores o que pode fazer um pensamento defeituoso. Existe doença fisica e doença mental, a doença física nos conhecemos e a doença mental ainda é pouco conhecida. Existem espíritos defeituosos que só pensam em roubar, matar e destruir, esses moradores desta republiqueta são doentes mentais. Sultão de Brunei, era só o que faltava???
    Pois bem, e quanto a parada Gay, trata-se de uma doença espiritual, o espírito responsável por esta doença é o espírito de prostituição, veja como ele é dissimulado? Existem pessoas que dizem que os gays foram violentados quando criança, não, não é nada disso, existem homens e mulheres que foram usados quando crianças e nem por isso se tornaram gays ou prostitutas. É uma doença espiritual, é por isso que a Bíblia propõe tratar essa doença. (Rm.01:27)

    • Prezado pr. Trajano,

      Você, como pastor, deveria ser mais prudente em suas colocações, buscando o correto entendimento das Escrituras. Sobre “espíritos defeituosos que só pensam em roubar, matar e destruir”, espero que não esteja fazendo qualquer menção a João 10:10, pois uma simples olhada no versículo 8 nos mostra que o texto asserta sobre falsos pastores e não sobre espíritos demoníacos – temos que parar de alegorizar tudo que está nas escrituras, mas sim prezar pela Sua correta interpretação.

      Você também mencionou acerca de “espírito de prostituição”. Onde na Bíblia diz que a prostituição é um espírito? Encontrei 60 menções acerca de prostituição na Bíblia, e em nenhum caso vi qualquer relação com possessão demoníaca, mas sim como um comportamento humano consciente.

      Temos que parar de divulgar essas heresias que teimam em perpetuarem em meio aos púlpitos e às pregações. São pontos sem fundamento Bíblico, mas embasados em um falho “senso-comum gospel”, jogando para o diabo e seus demônios a responsabilidade de atos que, na verdade, é de quem os pratica. Estou ciente do real teor de Efésios 6:12, mas não podemos negligenciar a responsabilidade humana no ato do pecado, pois nem tudo de ruim que acontece conosco é por conta de espíritos malignos. Se assim fosse, bastaria expulsá-los, no nome de nosso Senhor Jesus Cristo, e tudo estaria resolvido, mas sabemos que não é bem assim. Não se deixa a prostituição através de um trabalho de libertação ou quebra de maldições, mas sim pela consciência do pecado, arrependimento, mudança de atitude, busca a Deus em oração, jejum e meditação na Sua palavra e plena devoção à vontade de Cristo para nós.

    • sugiro ao Pastor Trajano ir pessoalmente levar a Palavra ao Sultão de Brunei, é uma alma para ganhar para Cristo e nós estaremos aqui orando para que Deus aceitei tua alma lá embaixo e que tenha um local be quentinho para receber tua alma.

  6. As punições não são para cristãos, mas para todos.
    Basta não violar a lei do pais que se encontra
    flagelação por adultério, então deixe para cometer adultério aqui, amputação de membros por roubo, então deixe para roubar aqui, e apedrejamento até a morte por estupro e sodomia(bom aqui estão fazendo isto também veja a mulher inocente que foi linchada por fanáticos que acreditavam em magia negra em Guarijá).

    A primeira fase inclui leis por crimes como comer ou beber em público durante o mês de jejum do islã, que serão puníveis com multas e prisão. Leis que também se aplicam aos não-muçulmanos. PRINCIPALEMNTE AOS ESFOMEADOS QUE NÃO RESPEITAM OS COSTUMES LOCAIS.

DEIXE UMA RESPOSTA