Brasil

Culto em Lavras vira caso de polícia enquanto cresce debate sobre ruído produzido por igrejas e liberdade religiosa

Comments (0)
  1. Marco Antonio disse:

    Liberdade de culto sim, para todas as crenças. Barulho incômodo e perturbador não, para a paz de todos os vizinhos. Afinal, Deus não é surdo, pois não?

    1. Porém, vale ressaltar que as mesmas medidas tomadas contra ou a favor de templos religiosos deve valer para casas de shows, eventos, carros de som, moradias e até veículos. Do contrário não passa de perseguição religiosa e preconceito. A Lei deve ser para todos!

    2. o marco antonio, eu tambem nao sou surdo, pq as musicas do carnaval, nao pode ser mais baixa, pq os bares ou cabares melhor dizendo , nao pode colocar o som mais baixo, pq nos tb nao somos surdos , afinal acho , que a palavra de DEUS ou baixa incomoda muita gente.

    3. Silvina Reis disse:

      mas nao è todos k tem ouvido…pra espulsar satanas..tem k ser tambem no grito…quem tem OUVIDO ouça,oque o Espirito dizz

    4. Marco Antonio disse:

      A lei do silêncio não privilegia "a" ou "b", é para todos, sempre foi assim. Quem sentir-se prejudicado, incomodado que busque o seu direito…

    5. Silvina Reis disse:

      foi uma ordem de Deus!Ele disse tocai a trombeta…cantai em alta vozz..

    6. Marco Antonio disse:

      Hudson Jorge Ribeiro Jorge – Sentiu-se molestado, procure seu direito; contra boates, carnaval, bares, cabarets; contra o que desejar. A "palavra" no volume baixo não incomoda ninguém, se é o que queres saber, somente aos elefantes…

    7. Marco Antonio disse:

      Silvina Reis – Prezada, nobre e presumo, evangélica Silvana – onde lestes na bíblia que Cristo e ou Paulo expulsaram satanás no grito? E o Espírito nada tem a ver com isto, já que, o diabo, é expulso "em nome" de Jesus. Lembras: "Se em meu nome" de Jesus, claro…

    8. Marco Antonio disse:

      Silvina Reis – Linda você entende o que lê? Volte e releia Joel, outra vez; ali está no sentido de "ANUNCIAR" "DESPERTAR" o povo que estava distante dos juizos de Deus, tenha a santa paciência!…

    9. Marco Antonio disse:

      Silvina Reis – Observando-se o contexto histórico, geográfico podemos dizer que cantar "em alta voz" não incomodaria, no caso, a ninguém, já que, aquele cantar era ouvido pelo próprio povo que buscava a Deus e estava em Israel, no território israelita; portanto, a quem poderia incomodar?

    10. Silvina Reis disse:

      o louvor e a oraçao incomoda (sò) o diabo.

    11. Marco Antonio disse:

      Silvana Reis – O louvor berrado – repito Deus não é surdo – incomoda também e muito ao evangélico, ao crente racional, aquele que não usa somente os sentidos para louvar…

    12. Marco Antonio disse:

      Silvina Reis – Como Paulo disse: Mas faça-se tudo decentemente e com ordem. ORDEM.

    13. Gilberto fico no meio termo dos seus argumentos, são claros, mas gostaria de pensar junto com você se a velha ICAR, não estou falando só das Sés, mas das pequenas igrejas de diversos "santos", não produzem tais ruídos a ponto de virar "escandalo" ou caso de justiça, discutamos! Não sou católico romano!

  2. Quando as pessoas ligam o som do carro a toda altura, e ainda abrem a trazeira do veículo para expor a sua música preferida, a igreja não reclama, nem o crente se opõem, mais a perseguição contra o louvor e culto a DEUS é combatido e perseguido em todo momento. As mesmas pessoas que reclamam dos cultos da igreja deveriam fazer o mesmo com os outros.

    1. Felipe Benoit disse:

      Não é questão de ser crente para se opor a música alta do carro, irmão. Nós crentes temos o direito de reclamar, e se não o fazemos é por comodismo. Os mundanos tem pleno direito de reclamar do nosso barulho, sim. É uma questão de civilidade, pois temos que saber não incomodar o espaço público também. A paz.

    2. Felipe Benoit disse:

      Falo de fatos.

  3. Acredito que líderes religiosos de maneira geral devem ter o bom senso e procurarem diminuir o máximo o ruído (barulho) dos cultos; ganha todo mundo, os fiéis (saúde auditiva) e os vizinhos. Existem várias maneiras de melhorar a acústica de um prédio e diminuir o barulho a baixos custos, e não é necessário fazer de uma vez só! É programar-se e mãos a obra. Porém, vale ressaltar que as mesmas medidas tomadas contra ou a favor de templos religiosos deve valer para casas de shows, eventos, carros de som, moradias e até veículos. Do contrário não passa de perseguição religiosa e preconceito. A Lei deve ser para todos!

    1. Marco Antonio disse:

      Gilberto… – A lei é para todos, se molestado tem que provocar a autoridade competente, simples. Agora esta conversa de perseguição religiosa, vamos parar com isto, já que tal desculpa, fica bem para pastoreco cara de pau pego com di heiro dentro da bíblia, por evasão de divisas, ou surperendido em outra falcatrua qualquer

  4. engraçado, nao vejo estas fiscalizaçoes , no carnaval, nos bares , e qdo estamos sendo incomodados por algum vizinho com som alto, dificilmente policia vem fazer uma ocorrencia, mas qdo se trata de culto religioso, ai a conversa é outra , perseguiçao, liga pra policia e diga que tem um culto incomodando pra vc ver, vem ate o bope, esquecem que os evangelicos tem feito um papel importante , na ajuda a transformaçao de vida, mas fazer o que ne? so cego nao ve.

  5. Fico pensando onde anda o "amor cristão" desses "crentes"… Precisar de Lei para impor o respeito ao espaço do outro e ainda justificar isso com "ah, os bares também fazem barulho" não é algo digno de um religioso. Nosso Senhor diz: "Amai o próximo como a ti mesmo", como podemos "amar o próximo" se não respeitamos os seus direitos? Na verdade, a vergonha e o contra-testemunho dado prejudica os próprios crentes. Nada tem a ver com "perseguição religiosa". É como certos malucos que ficam "pregando" em ônibus, fazendo barulho e perturbando os passageiros.

  6. O que me indigna é que, as outras pessoas podem colocar seus carros de som a todo vapor, seus paredões com musicas duplo sentido, outras com imoralidade sem nenhuma maquiagem nem disfarce, musicas que encentivam nossas crianças a descobrir e demonstrar toda a sensualidade, despertando até mesmo a maldade dos pedofilos, colocam aquelas atrizes nuas, com casos desmoralizando a familia e a igreja não pode nem tem o direito de dizer nada, pq é preconceituosa e etc. E temos que nos submeter a leis que nos constrangem, nos oprime, das quais não podemos nem tocar o nosso culto sem sermos recriminados. ME POLPA TÁ. e vcs crentes que ficam dizendo não precisa disso tudo…. vão orar,…

  7. Será que o Senhor Jesus é surdo?

  8. Fonseca Janu disse:

    O QUE MAS CHAMA A ATENÇÃO, É QUE NINGUÉM RECLAMA QUANDO AH SHOWS DE DIVERSOS SEGMENTOS E NINGUÉM SE MANIFESTA, É PRECISO RESPEITAR? NÃO HÁ DÚVIDA, MAS NÃO SE PODE USAR ISSO COMO FORMA DE DENEGRIR A IMAGEM DESSE OU DAQUELE SEGUIMENTO.

  9. Silvina Reis disse:

    vai..vai atras dos traficantes …e assassinos..k o Brasil ta dando medo!

    1. Marco Antonio disse:

      Silvina – Perdeu o rumo foi?…

  10. Baile ate tarde com som alto ninguem reclama. Visite um blog diferente mas muito abençoado http://saladecinemagospel.blogspot.com.br/

  11. Junior Biell disse:

    Sera que essas igrejas nao podem fazer uma vaquinha e colocar um isolamento acustico na igreja nao? Todo barulho alto atrapalha po, sou cristao e nao gosto dessas gritarias, mas tambem nao acho certo proibir, o que tem que fazer eh isolamento acustico e pronto, resolve o problema, so pegar uma vaquinha e podem gritar em paz.

  12. Bom dia a todos sou Pr João Carlos Couto Rocha, e tenho 26 anos e moro em Cabo Frio/RJ, e sou da Igreja Evenagelica Assembleia de Deus Ministério Pedra Viva em aquários e não entendo como ainda estamos esperando um mundo melhor sendo que a biblia diz e afirma que estamos nos ultimos dias sofreriamos perseguições mas que deveriamos ter bom animo mas esta questão do "SOM" deixa que Deus o Senhor vai entra com providência e o dia do vingador Deus vira e todos os que não estão escritos no livro da vida estão vora do reino eterno de Deus devemos fica atentos pois Jesus está voltando e isso sera breve e isso devemos cuida pois sera como um ladão que ninguem sabe como e nem quando vira pois se o pai de familia soubesse quando o ladrão viria guardaria sua casa pra não ser minada mas estas coisas e proprio pois o melhor de Deus para a igreja ainda esta por vir se na verdade falarmos das imoralidades do senado da presidencia do brasil e outros quantos politicos esta pagina não iria suporta quanta injustiça é aprovada nas camaras em brasilia e muito mas mas existe um Deus que vai trata com os governates e duro sera os ai de Deus se cumpriram o que temos que fazer é cuida bem das nossas vidas e orarmos para sermos guardados do dia do Senhor para não ter que presta contas a ninguem mas vive uma vida fiel a Deus.

    Queridos cuidado com as brigas de reino terreno pois a nosso pratria é celestial e não terena Deus abençoe todos vocês.

    Pastor João Carlos Rocha
    Cel: (22) 8126-8495

    1. Bom dia joão carlos, a conversação aqui é pontual, sobre a questão do barulho provocado pela igreja, é questão de organização da denominação, é necessário pensar em não produzir sons que possam ser contestados na justiça(o som alto do rapaz foi uma arbitrariedade dele, e ignorância por não se ajustar ao que a lei permite ou não), no municipio que é regido por lei que vereadores como legisladores peticionam e o executivo aprova ou não está o famoso e já citado acima Termo de Ajustamento de Conduta, como a Lei Orgânica do Município em outros assuntos pertinentes a lei e a ordem para a municipalidade que vive em sociedade, abro um parentêse porque há tantos políticos e pretendes a políticos evangélicos imiscuidos nestes assuntos na guerra de interesses que os próprios abraçaram e querem ter sua representatividade no Executivo, legislativo, etc, cumprido todos os requisitos da lei e se a arbitrariedade não passar apenas de um individuo mas sim de uma coletividade raivosa, daí sim será preconceito seguido de perseguição e banimento como acontece com as igrejas cristas na Africa e Oriente.

  13. eu nen quero ler os comentarios.sõ sei d uma coisa os cristao ten é q tocar a busina en siao e perturbar os moradores da térra.dentro da ligalidade é claro entao fica asin monos .quen nao quer ouvir q tanpe os ouvidos ou saia de perto. porque os crentes d hoje estao é muito medrosos ten medo d seren punidos por cualquer coisa.e o q ta acontesendo é o pecado ganhando terreno e o diabo tendo vantaije.a uma grande diferensa entre a igreja atual.e a pentecostal do passado .ou estou erado fogo no diabo.d cabesa aos pés.é minha opiniao.un abrs

  14. Renato M Veras disse:

    Essas autoridades do município precisam rever seus conceitos; e o cidadão que tenta atrapalhar o culto por não gostar do som, por quê esse pilantra não está preso? lugar de arruaceiro é na cadeia.

    Aqui no Brasil, a Igreja passa pelos mais variados abusos, outdoors pichados por ativistas violentos, tentam prender pastores, criam leis municipais para barrar o trabalho das igrejas, outras leis são criadas para impedir a liberdade de expressão e a liberdade de crença, sem falar que evangélicos são alvo de piadas infames a toda hora, e os hipócritas que exigem respeito permanecem calados.

  15. É simplesmente interessante como se trata com os templos evangélicos na questão de som. Sei que tudo deve ser feito com decência e ordem, porém na época da política o que não falta e som fora de controle, em horário e volume inconveniente, e quando é festas populares nem se fala, pois são tratadas como cultura, ai o volume do som vai as alturas e ninguém reclama.

  16. Temos que praticar a boa vizinhança , respeite para ser respeitado , nós crentes temos de ser exemplos . Deus não se importa com altura de som e SIM pela adoração que vem do coração e NÃO pela altura de som, DEUS não é surdo meus irmãos , parem de dar brecha para o mal testemunho , VAMOS DAR O BOM EXEMPLO .
    E logico que temos o livre direito de culto , ninguém pode atrapalhar pois é crime , mas temos de respeitar os vizinhos e traze-los para junto de nos .

    GRATO : IRMÃO GARCIA.

  17. A hipocrisia rola solta por parte dos sacerdotes.

    A lei vale – aliás, tem que valer – para TODOS.

    NINGUÉM, seja igreja, bar, show, comício, louco da cabeça, inferno a quatro tem o direito de incomodar ou perturbar sossego alheio.

    PO! Eu tenho discos de heavy metal e de música erudita – não ponho alto para incomodar os outros.

    Minha tia tem disco LP gospel, dos bem antigos, não coloca no volume máximo pra encher o saco de quem não quer ouvir.

    Cada um tem seu espaço e tem que respeitar espaço alheio.

    Igrejas não são exceção (seja a denominação que for).

  18. O apóstolo Paulo ensinou:
    "Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, MANSIDÃO e DOMÍNIO PRÓPRIO. Contra essas coisas não há lei" Gálatas 5:22 e 23
    "Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, GRITARIA e calúnia, bem como de toda maldade" Efésios 4:31

  19. Liberdade de expressão e liberdade religiosa NÃO SIGNIFICAM liberdade de BARULHO e altos volumes.
    Quer gritar? Faça um bom tratamento acústico em sua igreja e grite a vontade. Não deixe o som SAIR. Ninguém é obrigado a escutar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *