Deputado evangélico Anderson Ferreira usa brecha no regimento da Câmara e anuncia nova versão do projeto apelidado de “cura gay”

16

Na tarde dessa quarta-feira (03), o deputado federal Anderson Ferreira (PR-PE) protocolou na Câmara um projeto de lei com teor idêntico à proposta do anteriormente feita pelo deputado João Campos (PSDB-GO) e que ficou conhecida como “cura gay”. O PDC 234/2011, de autoria de Campos foi arquivado nessa terça feira (02) a pedido do próprio autor.

Evangélico, Ferreira afirma que existe uma “brecha” no regimento da Câmara que permitiria que a proposta voltasse à votação. As regras da Câmara impedem que proposta igual seja reapresentada no mesmo ano, “salvo deliberação do plenário”.

– Existe essa brecha no regimento, que deixa a decisão para o plenário. Se a Mesa Diretora não deixar o texto tramitar, vou recorrer para o plenário – explicou Ferreira, afirmando ainda que, se a Mesa Diretora decidir barrar a tramitação da proposta, irá recorrer para que o plenário da Casa tome a decisão final.

Anderson Ferreira justificou sua iniciativa afirmando que o projeto proposto por João Campos foi “rotulado pejorativamente pela mídia” como preconceituoso, segundo o G1.


– Tentaram sepultar o projeto ontem [terça]. Mas, na verdade, a decisão do Conselho Federal de Psicologia de proibir o atendimento de homossexuais que procuram psicólogos é um lixo, foi legislar. Restringe a autonomia do psicólogo – argumentou o deputado.

O deputado federal e pastor Marco Feliciano, considerado um dos maiores defensores do PDC 234/2011, comentou, através do Twitter, a reapresentação do projeto, enfatizando que essa manobra política não é de sua autoria, e classificando a atitude de Ferreira como “inapropriada”.

– Gostaria de informar q a reapresentação do PDC 234 apelidado de ‘cura gay’ não é de minha iniciativa e neste momento é inapropriada. Regimentalmente como ele ñ foi arquivado, poderá ser reapresentado no próximo ano. Em conversa com o @depjoaocampos só voltaria em 2015 – afirmou Marco Feliciano pela rede social.

– A iniciativa é do dep @federalanserson a quem respeito muito, todavia acredito q o presidente não aceitará o projeto. E faço aqui este comentário pq a imprensa cita a matéria e ao invés de colocar só a foto do deputado q reapresentou o PDC colocam a minha – completou Feliciano, enfatizando não ter nenhuma relação com a reapresentação do projeto.
O deputado federal e ativista gay Jean Wyllys também comentou a reapresentação do projeto, afirmando ter sido uma “busca por holofotes” de Anderson Ferreira, mas que acabou como um “tiro no pé”.

– O presidente da Câmara, Henrique Alves, acabou de garantir que projeto de “cura gay”, nessa legislatura, não entrará em pauta. Ou seja, o deputado que representou o projeto de “cura gay”, jogado ontem no lixo, para ganhar holofotes acabou dando um tiro no pé… – declarou o deputado, em publicações no Twitter.

– A maioria da sociedade já se colocou contra essa estupidez chamada “cura gay” e a Câmara não tem outra saída que não ouvi-la. Ou seja, nada a temer; só a fazer: esquecer o medo e continuar lutando! Abraços a tod@s! – finalizou Wyllys.

Por Dan Martins, para o Gospel+


16 COMENTÁRIOS

  1. um mais esse cara acima e um boco –sera que ele não sabe que aqueles políticos barbudo la do oriente médio e muito melhor do que os da fifa e da çuecia aqueles políticos barbudos da de des nos da fifa –porque os da fifa e da çuecia tem a bunda branquela –e a madia la da geys e assim uns 1000 po cento então se tiver de importar políticos tem que trazer os barbudos do oriente médio -pois os mesmos e mais tolerantes com estes tipo de gente chamado gey

  2. LUIZ CARLOS ce ta disovano –onde já se viu importar políticos padrão fifa e çuecos –eles são eles são tudo bunda branquela –credo aquelas bunda branca e muito feias –ate mesmo porque aqueles políticos tipo fifa e cu-ecia -eles são assim uma pequena media de 1000 por cento bichonas então e muito melhor importar aqueles políticos barbudos do oriente médio eles são assim mais morenos -e eles adoram esse pessoal que o povo chama de -viados-geys travecos efeminados-frescarine-frutas e borboletas e cia ltda aqueles políticos do oriente médio -gosta demais desse povo então eles vai ser bem protegidos –entendeu – kiko

  3. REINALDO JUVENCIO A SUA CEGUEIRA ESPIRITUAL E MUITO GRANDE TUDO ESTAR LIGADO O ESPIRITUAL E O MUNDO REAL HUMANO A LUTA CONTRA OS ATIVISTAS GAYS NÃO E CONTRA PESSOAS E SIM CONTRA OS OS DEMONIOS QUE ESTÃO POR TRAZ DISTO QUERO TE DA EXEMPLOS A EUROPA TODA ELA TEM APROVADO O CASAMENTO GAY E ELES JÁ DOMINAM TUDO E PERSEGUEM OS EVANGÉLICOS VEJA COMO ESTAR A ECONOMIA DELES OS AMERICANOS COMEÇARAM A APROVAR O CASAMENTO GAY VEJA COMO ESTAR SUA ECONOMIA O BRASIL APROVOR O CASAMENTO GAY VERÁ COMO ESTAR A ECONOMIA EM DECADÊNCIA POIS MALDIÇÃO ENTRO EM CADA PAIS DESTE A COISA E UMA LUTA DE DEUS E O DIABO VOCÊ ACREDITE OU NÃO QUE CONHECE A BIBLIA SABE TODA A NOSSA ECONOMIA SAÚDE E EDUCAÇÃO DEPENDE DE NOS DEVEMOS ESCOLHER A BENÇÃO OU MULDIÇÃO

  4. ELES JÁ DOMINAM TUDO E PERSEGUEM OS EVANGÉLICOS VEJA COMO ESTAR A ECONOMIA DELES OS AMERICANOS COMEÇARAM A APROVAR O CASAMENTO GAY VEJA COMO ESTAR SUA ECONOMIA O BRASIL APROVOR O CASAMENTO GAY VERÁ COMO ESTAR A ECONOMIA EM DECADÊNCIA POIS MALDIÇÃO ENTRO EM CADA PAIS DESTE A COISA E UMA LUTA DE DEUS E O DIABO VOCÊ ACREDITE OU NÃO QUE CONHECE A BIBLIA SABE TODA A NOSSA ECONOMIA SAÚDE E EDUCAÇÃO DEPENDE DE NOS DEVEMOS ESCOLHER A BENÇÃO OU MULDIÇÃO

  5. ESTE BABACA ESTÁ ATRÁS DE MÍDIA. TANTA COISA PARA ELE SE PREOCUPAR NO SEU ESTADO NATAL, E ELE PREOCUPADO COM O FIO-O-FÓ ALHEIO. AS ESTRADAS, A SAÚDE PÚBLICA, A SEGURANÇA PÚBLICA E A EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARANÁ DEVEM ESTAR A NÍVEL DE PRIMEIRO MUNDO, NÉ SR. DEPUTADO?

  6. A participação dos cristão na grande mídia está gigantesca, no oglobo, folha, G1, estadão parabéns a todos pelo empenho em destituir essa tentativa de impor no país uma ditadura lgbt tal qual foi instalada em parte da Europa.

    • Não existe projeto que prevê a cura gay. Isso é uma fantasia do jornalismo militante. O projeto susta dois trechos de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia. O que dizem os trechos que seriam sustados ?

      Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.” Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.

      Art. 4° – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.

      Não existe evidências de resolução parecida em nenhum lugar do mundo. O governo da Califórnia, , proibiu a terapia forçada de “cura” da homossexualidade em adolescentes. É coisa muito diferente do que fez o conselho no Brasil. Países que prezam a liberdade de expressão e que não querem usar o discurso da liberdade para solapar a própria liberdade não se dão a desfrutes dessa natureza.

      • Mauro você está por fora a Disney é e sempre foi um meio de proclamar o reino das trevas com desenhos cheios de mensagens subliminares, com fundos pornográficos, e ocultismo…pesquise no google sobre mensagens subliminares e veja.. no filme do rei leão quando ele faz poeira forma a palavra sexo,branca de neve fazendo sinal com os dedos e assim por diante, não é de hoje, vários pastores já trouxeram a luz os ensinos perniciosos da Disney. Sendo que a grande maioria dos funcionários da Disney é de homossexuais.Sem querer ser exagerado mas não existe um só desenho ou filme da Disney que não tenha uma mensagem explicita ou subliminar de ocultismo,homossexualismo,pornografia etc..pesquise e veja com seus próprios olhos..Um abraço

  7. UM ALERTA AOS CRISTÃOS !!!

    Você tem filhos que curtem filmes e desenhos da Disney? Leia isso!

    +++++++++++++++++++++++++++++++++++

    A eterna produtora familiar e entretenimento Disney muda de gênero e, pela primeira vez, incluirá um casal de lésbicas em uma das suas séries. O fato ocorrerá em um capítulo televisivo da “Boa sorte, Charlie!“, que começará a rodar em breve e em cuja história aparece um menino com duas mães em uma festa para bebês.

    O capítulo irá ao ar, segundo a produtora, em seu canal Disney Channel. Argumentam que esta temática polêmica será abordada depois de terem consultado especialistas em educação e responsáveis de organizações gays.

    Apesar de tentarem apresentar a questão com cautela, porque nenhum homossexual havia aparecido antes em seus produtos audiovisuais, a companhia decidiu adotar uma posição contrária à concepção tradicional de casamento e família – o que era um dos seus sinais distintivos desde que foi criada pelo gênio da animação, Walt Disney.

    O primeiro indício de mudança no gigante dos produtos audiovisuais (familiares?) foi dado há pouco mais de um ano pela PIxar, propriedade da Disney, quando seus responsáveis pediram respeito e compreensão diante de outras opções sexuais. Até aí, tudo bem.

    Mas o que vemos agora no horizonte é que os filmes da Disney já não serão como antes e exigirão um maior compromisso dos pais de acompanhar seus filhos na tarefa educativa, cada vez mais complicada no atual contexto relativista, mas, ao mesmo tempo, mais apaixonante, porque despertará em todos uma maior inteligência para transmitir e dar razões da própria fé.

    São muitos os que aplaudem publicamente o gesto de “abertura” da Disney ao mundo gay. Inclusive alertam contra possíveis pressões da Igreja para interromper o experimento audiovisual. Sublinham, assim, seu amor paradoxal pela liberdade, ou melhor, um tipo de liberdade progressista, que não deve ser contestada.

    Apoiando esta abordagem, encontra-se o lobby gay, ao qual a Disney recorreu para ser assessorada, e que leva a produtora a afirmar: “Como toda a programação do Disney Channel, esta abordagem foi desenvolvida para ser relevante às crianças e famílias do mundo inteiro, e para refletir temas de diversidade e inclusão”.

    A companhia de Mickey Mouse ainda não revelou quem serão as atrizes que interpretarão as integrantes do seu primeiro casal gay no seriado. Mas algumas celebridades já começaram a expressar seu apoio à ideia.

    É o caso de Miley Cyrus, que durante muitos anos foi uma das estrelas do canal, como Hannah Montana, afirmando: “Dou os parabéns à Disney por dar este passo, à luz desta geração. Eles controlam muito do que as crianças pensam! A vida não é feita somente de sets brilhantes e crianças que se tornam celebridades. Isso é inspirador!”.

    Até agora, assistir a um filme da Disney significava relaxar e desfrutar em família diante da tela. Desde os primeiros momentos de recriação de contos, como “Branca de Neve e os sete anões”, “O livro da selva” e “Cinderela”, até chegar aos projetos mais recentes, como “O rei leão”, “Ratatouille”, “Toy story”, “Os incríveis” e “Procurando Nemo”, entre outros, sempre ressaltaram valores como a amizade, o sacrifício, a generosidade e muitos outros, que favoreciam a educação de pequenos e grandes.

    A partir de agora, já não será assim. Os pais deverão monitorar mais o que seus filhos veem, porque a marca Disney poderá não garantir muitos dos valores com os quais antes se identificava.

    A Disney já não é mais sinônimo de family friendly.

    Fonte: w-w-w.aufeminin.com/societe/disney-met-a-l-ecran-son-premier-couple-homosexuel-s72842.html

    ++++++++++++++++++

    A ditadura gay avança sobre nossas familias, precisamos fazer valer a união dos cristãos no próximo pleito.

    • Mauro você está por fora a Disney é e sempre foi um meio de proclamar o reino das trevas com desenhos cheios de mensagens subliminares, com fundos pornográficos, e ocultismo…pesquise no google sobre mensagens subliminares e veja.. no filme do rei leão quando ele faz poeira forma a palavra sexo,branca de neve fazendo sinal com os dedos e assim por diante, não é de hoje, vários pastores já trouxeram a luz os ensinos perniciosos da Disney. Sendo que a grande maioria dos funcionários da Disney é de homossexuais.Sem querer ser exagerado mas não existe um só desenho ou filme da Disney que não tenha uma mensagem explicita ou subliminar de ocultismo,homossexualismo,pornografia etc..pesquise e veja com seus próprios olhos..Um abraço

  8. Pessoal, boa noite!

    É muito importante que os deputados (e nós) exijamos que tais PLs – como tmb o PLC 122 e a ´´Lei da Palmada´´ DEIXEM DE SER ´BATIZADOS´ pela mídia tendenciosa com estes nomes pejorativos, pois o projeto NÃO VISA ´´cura´´ daquilo que não é doença! Pois com isso, a opinião popular acirra brigas raivosas e DETURPA E DESVIA O PONTO CENTRAL de tais projetos!\

    Paz!

DEIXE UMA RESPOSTA