Colunista critica abordagem de igrejas evangélicas sobre o dia das bruxas e lista erros; Confira

14

O dia 31 de outubro é conhecido mundialmente como o dia das bruxas, ou halloween, e as pessoas que costumam celebrá-lo promovem brincadeiras e pegadinhas. Já nas igrejas evangélicas acontece o contrário: muitas denominações aproveitam a época para organizar palestras que alertam para o simbolismo da data.

O colunista Mark Woods, do portal Christian Today, publicou um artigo listando “quatro coisas que os evangélicos entendem errado sobre o halloween”.

No texto, Mark afirma que é melhor valorizar as experiências sociais do que nutrir superstições.

“Todos os anos, nessa época, há um surto de histeria evangélica sobre o halloween. Todas as coisas que envolvem bruxas e fantasmas, e os zumbis ainda mais na moda, não podem ser saudável, não é? Por isso,as igrejas afirmam que a data ‘celebra o mal’, e terminam por fabricar preocupações nas crianças por participarem de brincadeiras terrivelmente alegres. Não há nada de errado nas brincadeiras. Minha própria igreja está fazendo uma”, escreveu o colunista.


Confira nos tópicos abaixo o que Mark Woods acredita que “as igrejas evangélicas têm feito de errado”:

As igrejas estão mergulhando em superstição. 
Se alguém realmente acha que o Diabo está particularmente presente em um par de chifres de plástico e um tridente, ou um conjunto de presas de vampiro destacáveis, ou um tubo de sangue falso, ele tem uma concepção verdadeiramente limitada do poder do mal e deve ler mais. Na minha infância eu não fui uma criança inteiramente inocente, mas como um fantasma convincente eu era provavelmente tão inocente como eu seria ainda hoje se acreditasse nisso.

As igrejas não entendem a ironia.
Repito: não é real. O halloween é uma oportunidade de marketing para as pessoas que vendem abóboras. Ele é baseado em mitos medievais e modernos filmes de terror. Levá-lo a sério como uma espécie de ataque espiritual das forças das trevas é confundir ficção e realidade. O diabo tem coisas melhores para fazer – ou, como ele pode ser, piores – do que perder tempo com histórias tolas.

As igrejas não deixam as crianças imaginarem.
Aprender a rir do escuro é uma valiosa lição de vida. Em geral, não gosto do escuro, uma reação animal que remonta aos tempos primitivos.Mas as histórias infantis sobre escuridão que conhecemos acabam de forma divertida. Os personagens sombrios que conhecemos são nossos colegas usando um parafuso de plástico através do pescoço; globos oculares que saltam fora das paredes, porque eles são realmente feitos de borracha. Todas estas coisas ajudam a nos ensinar sobre a coragem. Insistir que a vida é algodão doce e só algodão doce realmente não ajuda ninguém.

As igrejas não acreditam no poder de Deus. 
Mesmo que o halloween fosse genuinamente assustador e em uma noite os demônios do inferno saíssem para fazer o mal… E daí? Se eu não me engano, Deus nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo (1 Coríntios 15: 57). Não há realmente nada para se preocupar. Brincar no dia das bruxas à maneira antiga nunca nos fez mal nenhum. Preocupar-se demais sobre ele pode ser uma porta de entrada para as más influências.


14 COMENTÁRIOS

    • Halloween significa Dia das Bruxas. Aí alguns podem dizer : mas bruxas/bruxos nao existem!! Engano de muitos, eles sempre estiveram no nosso meio, nao pense nas histórias de contos, de vassoras a voadoras, gato preto, enfim,mas os que controlam o mundo, os senhores do mundo.
      É uma cultura americana e que foi difundido pelo mundo.é um evento relevância satânica, para quem nao sabe, basta pesquisar o assunto.
      É uma celebração dos antigos povos.
      Na verdade é o dia mais esperado dos grupos satanistas.
      Os bruxos (satânico) se reuniam duas vezes por ano durante a mudança das estações: no dia 30 de abril e no dia 31 de outubro.
      Eles participavam de uma festa chefiada pelo próprio Diabo.
      Mistíssimo: é. Nessa data que eles fazem os maiores rituais pagãos.
      E alguns acham que é uma festinha com um tal de nada vê. Se soubessem o q eles vem praticando ao longo de sécs. nao diziam isso.
      Só os que não entendem nada diriam que é uma cultura natural.

  1. Diga-se de passagem que dia 31 é o dia da reforma protestante e dia 1 e/ou 2, é finados…

    Ironias aparte, mas será que foi intencional por parte das igrejas, para manter o povo longe dessas celebrações do “halloween”, instituir estas datas comemorativas? Até para se fazer genocídio religioso pagão no primeiro milênio botaram que Cristo nasceu simbologicamente em 25 de Dez, como forma de puxar e converter outros… não vejo diferença.

    Agora relevar o simbolismo do dia 31, “dia das bruxas” é o mesmo que achar comum um símbolo de um sextante e um compasso desenhado num edifício histórico.

  2. Em 31 de Outubro de 1517, Martinho Lutero publicou suas 95 teses. Pregadas na porta da Catedral da cidade Wittenberg, Alemanha, os argumentos do ex-monge Lutero não pediam que a Igreja se dividisse, mas que passasse por uma reforma teológica, abandonando práticas que contrariavam as Escrituras Sagradas. As demais “comemorações” não interessam. 497 anos de luta dos teólogos sérios contra as heresias religiosas. É tempo de um novo Lutero ser levantado por DEUS, para desmascarar os “papas” das denominações evangélicas! Maranata!

  3. E quem e vc colunista pra aconselhar a Igreja?,nosso conselheiro e a Palavra de Deus,
    1 Corintios versc 12 Tudo me e permitido ,mas nem tudo convém ,Tudo me e permitido ; mas nada me domina.
    Nos não tememos as fantasias mas não convêm a um servo de Deus participar de cultos a demônios,por que e isso que compreendemos,assim como o touro que os Israelitas fizeram no deserto não era um deus senão imagem e mesmo assim Deus não gostou da “brincadeira” ,e de Gênesis a Apocalipse Deus condena fazer festas a todo o tipo de imagem seja ela qual for.
    Leia mais a Bíblia ,pesquise e vc verá a verdadeira vontade de Deus para seus filhos.Nos não vamos a nenhuma festa das bruxas nos impor ,e agora você está incomodado que nossas crianças não participam de suas “festas”?!,não estão felizes?!,nós sentimos por suas crianças participarem mas existe o livre arbítrio e isso não muda em nada as nossas vidas.E compreendendo qualquer que seja ou não nos nunca vamos participar destas festas pagas nem de livre arbítrio muito menos por ordem de lei ou pressão popular,porque está escrito,antes obedecer a Deus do que os homens,e Jesus nos falou se fiel até a morte e dar te ei a coroa da vida.
    Atos 5;29 Mas Pedro e os apóstolos respenderam ” devemos obedecer mais a Deus do que os homens”
    Apocalipse 2;10 Se fiel até a morte e dar-te ei a coroa da vida
    Em Romanos 8 está escrito..,Quem poderá nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus nosso Senhor?!,…
    Nem a morte, nem nada pode nos separar ,mas o Homem pode se separar de Deus por causa da sua desobediência ,afinal Adão foi expulso não porque matou mas porque DESOBEDECEU
    Vá se converter antes de criticar !!

  4. Prezado colunista, tudo o que não glorifica a Deus é pecado ou podemos dizer não faz tanto mau assim, o fato é que nos os cristãos estamos cheios de coisas que são menos contrário que aderir as praticas do halloin mais que prejudicam a espiritualidade das pessoas e muitas outras coisas que vão fazendo com os cristãos vão diminuindo sua fé a té achar que não interessa mais ir na Igreja podendo até se tornar um ateu como já aconteceu com um Pastor, e como isso foi acontecer se não por esses pequenos detalhes?

  5. Acorde povo! Saia da babilônia!

    ¶ E também houve entre o povo falsos profetas, como ENTRE VÓS HAVERÁ também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
    E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
    ¶ E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

    2 Pedro 2:1-3

DEIXE UMA RESPOSTA