Evangélico é preso por fazer protesto contra pastores durante o Gideões 2013: “Jesus vem com chicote”

71

Quem foi para Camburiú em Santa Catarina para ver o 31º Congresso de Gideões Missionários da Última Hora não viu apenas uma grande quantidade de evangélicos, jornalistas e pastores, mas também reparou em uma figura que se destacou no meio dos fiéis: o Professor Valentim, mais conhecido como “Gaucho Solitário”, devido aos protestos que realiza nas ruas da cidade desde 1976, quando foi eleito vereador pela primeira vez. Hoje, com 79 anos, é ex-professor de filosofia, psicologia e história e ex-prefeito de Bagé.

Valentim Antunes Casalli, seu nome completo, entrou no ginásio Irineu Bornhausen no último domingo, 28 de Abril, não para assistir as pregações dos pastores, mas para protestar contra eles. O “Gaucho Solitário” afirma que, por ser evangélico se sentiu ofendido pelo conteúdo do que era pregado no Gideões 2013 e levou duas faixas para o ginásio. Em uma se lia “alô vendilhos do templo, mercadores da fé. Jesus vem com chicote” e na outra apenas “Jesus, cadê o chicote?”. O professor acabou expulso do local e preso pela Polícia Miliar por crime “ultraje a culto e pertubação de culto religioso”, de acordo com o jornal local Linha Popular.

Após assinar um termo circuncidado para ser solto, o “Gaucho Solitário” afirmou ao jornal Diarinho que sua intenção era protestar apenas contra os pastores que pediam dinheiro no púlpito durante o Gideões. Ele conta que antes de tudo chegou a ir para o evento como qualquer outro evangélico mas após presenciar um dos pastores pedindo R$50 mil em ofertas, decidiu ir “para casa, e no domingo voltei com um cartaz para protestar contra os dirigentes, pois eles fizeram jus à manifestação de vendilhões do templo e mercadores da fé”, disse ele antes de completar, “Jesus vai vir com um chicote”.

O professor Valentim foi enquadrado no artigo 208 do Código Penal brasileiro que pune quem “escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”. Se condenado ele pode ter que cumprir de um mês à um ano de prisão ou multa.


O Congresso de Gideões Missionários da Última Hora é um dos maiores eventos religiosos do Brasil e reúne diversos pastores e pregadores para levantar ofertas para financiar o trabalho missionário evangélico em diversos países pelo mundo.

Por Renato Cavallera, para o Gospel+

71 COMENTÁRIOS

  1. o evangelho hj no brasil parece uma mistura de judaismo e porções do cristianismo… os pastores cães gulosos odeiam os que falam a verdade, são os vendilhões do templo, os fariseus do seculo 21…

    Esse senhor foi expulso para que se cumprisse a profecia:

    “Eles vos expulsarão das sinagogas; mas vem a hora em que todo o que vos matar julgará com isso tributar culto a Deus” (João 16:2)

  2. Engraçado: pra condenar a homossexualidade e “laborar” em favor da “família”, os evangélicos abrem a boca e estendem os dedos pra comentar matérias…
    Alguém falou bem do gaúcho??? Alguém, além dele, tá lendo a Bíblia???
    Bando de hipócritas e gananciosos, isso é o que são!

  3. Pessoal : Não entrem nesta roubada de notícia escandalosa. Eu moro em Itajaí-SC a 15 km do Gideões Missionários. Neste evento vi várias pessoas sendo curadas de surdez, um deles de nascença, curados de cegueira e paralisia, mas os jornais aqui da região não deram a mínima para isso, mas este pobre coitado e infeliz por falta de sabedoria que usou este cartaz insano saiu nos jornais. Alem dele infringir a lei da terra terá que prestar conta a Deus, pois disse Jesus: E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos. Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe. Lucas 17:1-3. Todos nós sabemos que o Gideões promove estes encontro com o intuito principal de angariar fundos para manter suas obras sociais e mais de 1.200 famílias de missionários enviados para diversos países. E ninguém iria até lá não houvesse pregadores e cantores de renome. Se não fossem as ofertas não existiria missões através do Gideões Missionários, ou voces acham que o governo enviaria dinheiro público para manter esta obra. Quanto a venda de CD’s e diversos produtos, a cidade é aberta para todo o comércio, pois estes produtos é vendido fora do ginásio por quem quiser, basta alugar uma sala e colocar os produtos a venda, aproveitando os mais de 200 mil visitantes que ali comparecem. Até vendedores da 25 de março de São Paulo montam barracas ali, é só pagar o alvará na prefeitura. Este pobre Senhor que fez isso não deve ter ouvido o que aconteceu com o Pr Abílio Santana que alguns anos atrás criticou o Pr. Cesino (presidente do Gideôes) e foi parar no hospital com um problema de saúde e só foi curado quando Deus revelou para o Pr. Cesino ligar no hospital e orar pelo Pr. Abílio Santana, na qual foi curado na hora. Fizeram as pazes e agora voltou a pregar no Gideões. Veja vídeo do perdão: http://www.youtube.com/watch?v=4z6xprgnZss

  4. que isso quer dizer que o pastor não pode pedir ofertas?

    kkkkkkkkkk
    o diabo odeia a oferta principalmente quando ela provém de sacrifício.

    queria saber qual o tipo de dizer iria ter no cartaz dele se ele estivesse na reunião em que a viuva deu todo o seu sustendo.

    o que estaria escrito no cartas dele se ele estivesse ao lado de moisés quando DEUS lhe ordenou que pedisse, ofertas de ouro prata e bronze?

    esses fariseus querem que o evangelho seja pregado a custa de magica.
    ele tem que procurar o genio da lampada, por que JESUS não faz magica.

    ele é criador, e não magico.
    ele é multiplicador.

    MAS ESSES CRENTES DERROTADOS ODEIAM QUANDO SE FALA DE OFERTAS.

      • e verdade nos ungimos a lampada, ungimos peça de roupa, ungimos a chave de casa etc.

        e dai qual o problema?

        mas não ficamos esperando que as coisas caiam do ceu.
        e nem colocamos a culpa de coisas que acontece contrario em DEUS.

        JA vc e um coitado que nem testemunho de vida tem.
        so sabe papagaiar a bilia e mais nada.

        CRENTE DERROTADO IGUAL A VC O MUNDO ESTA CHEIO.

        • Ex Iurdiano disse: 25 de janeiro de 2013 ás 3:58 pm

          E SE JESUS FOSSE DA IURD?

          Se Jesus fosse da IURD, veja como seria

          Jesus reúne os 12 apóstolos e os manda sair pelas cidades e pregar o evangelho, mas impõe uma condição: – Cada um de vocês tem uma meta, tem que conseguir 50 denários, quem não cumprir essa meta deixa de ser apóstolo. Depois de vários dias os apóstolos retornam.

          Jesus diz: “Muito bem, vamos ver se vocês cumpriram suas metas. Começando com você Mateus”.

          Mateus diz: – “Senhor; consegui os 50 denários, fiz duas famílias venderem seus bois e ovelhas e entregarem como oferta””. Jesus responde: “Muito bem Mateus, servo bom e fiel. E você Pedro?”

          Pedro diz: “Senhor, eu ultrapassei minha meta, o senhor pediu 50 e eu consegui 100 denários, convenci cinco famílias a venderem todos os seus bens e darem de oferta”. Jesus responde: “Parabéns Pedro, você arrebentou. Como prêmio vou te nomear o primeiro Papa”. Jesus se volta para João e pergunta:

          “E você João? Cumpriu sua meta?” João baixa a cabeça e diz: “Senhor, só consegui 45 denários. Eu vi uma família que tinha uma pequena vaca, mas não tive coragem de pedir, pois era a única vaca que eles tinham e se eu pedisse eles iriam passar fome”. Jesus fica com raiva e diz: “O quê João? Você não cumpriu a sua meta? Seu frouxo, seu endemoninhado. Você não é digno de ser apóstolo, fora daqui; vou chamar Paulo para ficar no seu lugar”.

          Jesus se volta para os 11 e diz: “Esse João está muito mole, não está no espírito, não está na guerra, se vocês seguirem o exemplo dele vão ser todos uns fracassados, não vão crescer na obra”.

          Caso 2

          E perguntou-lhe um certo jovem, dizendo: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna? Jesus lhe disse: Sabes os mandamentos: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe. E disse ele: Todas essas coisas tenho observado desde a minha mocidade. E quando Jesus ouviu isto, disse-lhe: Ainda te falta uma coisa; vende tudo quanto tens, entrega ao meu tesoureiro Judas; vem, e segue-me. Mas, ouvindo ele isto, ficou muito triste, porque era muito rico. Jesus o chamou de volta: Ei rapaz, volte aqui. Jesus lhe disse: Porque está indo embora? Você não tem fé? Não quer dar o seu tudo? Se você der o seu tudo será ricamente abençoado, terá tudo em dobro. Depois de muita insistência, o jovem rico resolveu vender todos os seus bens e entregá-los a Judas. Algum tempo depois o jovem vai ter com Jesus: Senhor, eu fiz como o senhor mandou; entreguei tudo que tinha para Judas e nada aconteceu. Agora estou pobre, onde estão as bênçãos que o senhor me prometeu?Jesus lhe respondeu: É que você não fez o perfeito sacrifício, deu tudo na emoção, a fé não tem emoção. O jovem disse: Mas eu dei tudo e agora estou passando necessidade. Jesus lhe disse: Você deve cobrar de Deus às promessas dele. Tem que usar a sua revolta. E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: Quão dificilmente serão abençoados os que entregam suas riquezas na emoção, sem usar a fé sobrenatural! Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico que exerce uma fé emotiva ser abençoado com seus votos.

          Caso 3

          “Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto ao caminho, mendigando. E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar e a dizer: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim!”

          Disse JESUS aos discipulos tá vendo esse cego? Vive na miseria, derrotado vão lá passe o espirito tal de virar o jogo pra ele, ele quer que eu tenha compaixão dele mas aqui não meu Caro, sem sentimento sou o Jesus da Iurd, sem emoção comigo, dá o envelope da fogueira santa pra ele e diz que pra ele sair dessa miseria e ser prospero tem que se lançar no altar. E ele chegou na hora certa porque o proposito termina no proximo domingo.Pedro diz: Mas mestre acho que ele não quer ser rico, ele quer apenas enxergar.

          Jesus diz: Ele diz isso porque ele pensa pequeno por causa dos encostos, pois foi feito um trabalho pra amarrar a vida dele. Lucas vá você e fala com o cego porque o Pedro tá mole demais, temos que trabalhar com a Fé é tudo ou nada. Ou dá ou desce. Ou é ou não é. Ou eu irei cura-lo e tira-lo da mendigância se ele cumprir o voto ou eu vou mata-lo mas desse jeito a vida dele não vai ficar

          Lucas diz: Vai arrebentar Rabi, que traduzido quer dizer Mestre.

          Lucas foi até o cego e passou o “espirito” e Perguntou: O Que você quer conquistar de Deus? O cego diz: Quero Ver! Lucas diz: Pois pegue esse envelope na fé e no “espirito”. Vende o que você tiver, Vende bolo, chocolate, bala, esses trapos que você tem, eu não sei…se vira. Porque aí Deus vai te honrar!O Cego entao saiu apalpando as coisas ao seu redor e se foi determinado a cumprir o voto e crendo que ia dar tristemunho da vitória.

          Porém com passar do feito continuou cego…

          CONCLUSÃO:

          Ex Iurdiano disse:

          O Jgmix detonou o vai arrebentar rsrs…Eu também era assim defendia com unhas e dentes a Iurd onde existe um povo sincero que amo e o Edir Macedo mas lendo a biblia é notavel a deturpação que eles fazem e existe videos que sinceramente NÃO TEM COMO DEFENDER O MACEDO, ficamos sem base biblica contra esses fatos. Fora o fato da maior Abominação da terra está sendo erguida que é o TEMPLO DE SALOMÃO pOxa é triste o povo não tem noção do que representa ele está no Brasil. Vai arrebentar olha cuidado cara, o Edir está enganando a maioria, medite na Palavra e verás.

          • ha ha ha ha um papagaio que nem vida tem.
            so sabe falar bla bla bla .
            nem uma namoradinha ele arruma , kkkkkk
            cara vc deve ser mais feio do que bater em cego, e brigar com os irmãos por causa da mistura. kkkkkkkkkkkk

            nem uma sem dente vc arruma kkkkkkkkkkkkkkkk

            pra vc so sobrou o gaúcho solitário kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

            JJ VC E O MAIS FRACO DE TODOS QUE JA VI FALAR MAL DA IURD
            KKKKKKKKKKKK

            VC GASTA TODO SEU TEMPO FALANDO MAL DA IURD.
            E não consegue nada.

            KKKKKKKKKKKKKK até o jocapane erá melhor do que vc .

            vc e muito ruiiiiiiiiiiii.
            nem pensamento proprio vc tem.
            VC ACHA QUE O MUNDO ESTA TE OUVINDO KKKKKKKKKKKKKK

            100 pessoas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            e na maioria das vezes são menos ainda, e sempre as mesmas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

            PRA VC FICAR RUIM VC TEM QUE MELHORAR MUIIIIIIIIITO.

            AI marca um encontro com o gaucho solitario KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

          • VAI ARREBENTAR

            ontem eu expliquei a uma pessoa sobre a verdade sobre dízimos…

            mostrei as passagens que desmascaram a mentira que é esses 10 % que os pastores gananciosos gostam de receber…

            A pessoa falou: ” puxa… do jeito que vc explica, e mostra ainda por cima na bíblia, dá pra ver que esse negócio de dizimo não tem nada a ver com o que falam por aí”

            Graças a Deus, mais um incauto foi liberto dessa doutrina farisaica de dizimos!

            Ao Senhor Jesus seja toda glória!

          • Excelente ! Você relatou com muita clareza o que anda acontecendo hoje em dia. É isto realmente o que acontece não somente nas IURDs mas na maioria das igrejas, principalmente as neo petencostais. Peço permissão para fazer cópia deste seu texto. É excelente alerta contra pessoas inocentes e incautas! Meus parabéns! .

          • MARCOS

            esse texto originalmente não pertence a mim, e sim a uma pessoa que se intitula ” ex-iurdiano”… no texto original, que vc pode ver no artigo: “Igreja Universal promove “Duelo dos deuses” na Bahia e atrai mais de 12 mil pessoas” neste mesmo site e lá, o autor escreveu:

            “Assim é na IURD, se gostou divulguem:-)”

            portanto ele mesmo autorizou e incentivou a reprodução e divulgação.

            Mas se vc procurar pela internet, no google ” e se Jesus fosse da iurd “, vc encontra mais textos parecidos!

          • E SE JESUS FOSSE DA IURD?

            CASO 4

            E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se,
            aproximaram-se dele os seus discípulos;

            E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:

            Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

            Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

            Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

            Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles
            serão fartos;

            Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão
            misericórdia;

            Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

            Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

            Nesse momento, um senhor aparece no meio da multidão gritando:

            Jesus chama Pedro e João num canto e diz: “Pedro, João; esse
            senhor desgraçado está atrapalhando meu sermão da montanha. Dêemum jeito nele”.

            Pedro e João pegam o senhor, sem que o povo perceba e o levam para um matagal perto do monte; dão uma surra nele e o deixam sangrando,deitado no chão:

            “isso é para você aprender a não perturbar o culto do mestre”.

            OBSERVAÇÃO: vejam um caso similar, ocorrido na iurd:

            http://youtu.be/PLU5FPIUVE4

          • E SE JESUS FOSSE DA IURD?

            CASO 5:

            E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro;

            E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; Jesus disse a seus discípulos:

            Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva; mas não serviu de nada. Com essas duas moedas não dá para encher a bolsa do meu tesoureiro Judas. Se vocês vierem para mim com essa ninharia é porque não estão no espírito e são frouxos na fé.

            CASO 6:

            E, tendo Jesus entrado em Jericó, ia passando. E eis que havia ali um homem chamado Zaqueu; e era este um chefe dos publicanos, e era rico.

            E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão,pois era de pequena estatura. E, correndo adiante, subiu a um sicômoro bravo para o ver; porque havia de passar por ali. E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa.

            E, apressando-se, desceu, e recebeu-o alegremente. E, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador. E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.

            E disse-lhe Jesus da iurd: Zaqueu, você ficou doido? Dar tudo aos pobres? Porque os pobres sempre os tendem convosco; mas a mim nem sempre me tendes. Vai e entrega tudo ao meu servo Judas.

            E o Jesus da iurd arremata ensinando: Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

            CASO 7:

            E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo.

            Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada. E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo:

            Este Templo que os Fariseus exploram não é nada perto do que eu planejei. Vamos arrecadar dízimos e ofertas para construir o maior Templo que Israel já viu. Será todo de ouro e pedras preciosas.

            E Pedro perguntou: Senhor, como será construído esse Templo?

            E Jesus lhe respondeu: vamos fazer uma campanha de sacrifícios e convocar todo mundo para participar. Montaremos um altar de sacrifícios e todos devem trazer tudo que tiverem; vender seus bens, suas terras, seus animais e se jogar de corpo e alma. Já pensei num
            nome para causar impacto:

            Fogueira Santa de Israel.

            CASO 8

            A mulher hemorrágica

            A biblia disse que durante doze anos, gastou tudo que tinha, por causa da hemorrágia que tinha, e foi ver e Jesus e disse e apenas tocá- lo ela seria curada, como foi.

            MAS E SE FOSSE COM O JESUS DA IURD? COMO SERIA ?

            Quando ela chegasse em Jesus e tocasse nele, sem dinheiro porque gastou tudo durante os 12 anos da doença, o Jesus (fosse da Iurd) você vai me tocar mais nada vai acontecer, você quer ser curada, então vai lá e me faz um sacrificio, ela responde:

            – Mestre, não tenho mais nada, já gastei tudo.

            Jesus (fosse da Iurd) responderia:

            – Alguma coisa você tem pra vender, tomar emprestado, vender suas roupas, faça alguma coisa, dá seus pulos…

            Ela dá um jeito e faz o tal sacrificio e nada acontece, ela continua com hemorrágia, ela vai até Jesus(fosse da Iurd) e le responde para ela:

            -Você não fez uma sacrificio perfeito, não sentiu a dor do sacrificio, você tem que ter perseverança, senão aconteceu agora, vai acontecer quando você fizer o próximo sacrificio.

            Nada aconteceu e além da doença a mulher ficou endividada.

            E quando o seu caso chega ao conhecimento dos membros da iurd, o pastor se justifica dizendo… essa perturbada, endemoniada fez o sacrificio na emoção, no sentimento…

            ESSE JESUS DA IURD É MESMO DIFERENTE DO DESCRITO NA BÍBLIA…

          • Ele: Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; ……..Eu : Malditos sejam os ricos de espírito porque deles é o fogo do inferno

            Ele : Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Eu: Malditos sejam os alegres pois não precisam serem consolados

            Ele : Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Eu: Malditos sejam os que têm atitude pois herdarão o inferno

            Ele: Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles
            serão fartos; Eu : Malditos sejam os que não foram injustiçados e que não precisam de precisaram de justiça

            Eu :Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão
            misericórdia; Malditos sejam os que não dão a outra face, pois não receberão a outra face para bater

            Eu :Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Eu: Malditos sejam as criaturas imperfeitas de um criador perfeito que não se resigna de sua imperfeição castigando suas próprias criaturas.

            Ele: Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Eu: Malditos sejam os que se defendem com bravura pois serão chamados os filhos do satanás

            Este é verdadeiro horror do cristianismo, ele cria subespécie, categorias e gêneros de humanos, classificando-os como gado, onde alguns vão para o abate e outros para a engorda.

          • MAIS UM TESTEMUNHO DE UMA PESSOA QUE CONHECE BASTIDORES DA IURD:

            “O Bp. macedo comprou a RECORD e a programação ta pior que a globo que ele tanto criticava, quem é mais antigo na igreja e não segue placa viu e começaram a enxergar tal fruto,
            e procurar outras igrejas pois a universal começava a se corromper.

            Sei pois minha cunhada é esposa de um pastor e sei a vida que levam é nada a ver com que pregam no altar, a suposta vida de sacrificio…

            Acredito que 90 % da população mundial gostaria de viver esta vida de “sacrificio” dos pastores da IURD o restante 10 % são os ricos….”

          • tadinho desse jgmix.

            ele não sabe fazer outra coisa a não ser falar da iurd.

            enquanto isso nos estamos crescendo e crescendo.
            e ele so esta desfalecendo . ALÉM DO LADRÃO ENTRAR NA CASA DELE E ROUBAR DELE.

            ainda sofre com uma vida sentimental e familiar fracassada.

            TAMBÉM O QUE SE VAI ESPERAR DE ALGUÉM QUE ROUBA A DEUS?

            COM MALDIÇÃO SOIS AMALDIÇOADOS.
            além de não conseguir niguém, ainda é roubado.
            pois o ladrão mora dentro da casa dele, e dentro dele.

            KKKKKKK JJ VC E MUIIIIIII TO FRACO,

            também um cara que é bastardo e não filho.
            DEUS NÃO TEM NENHUMA OBRIGAÇÃO EM DEFENDER OS BASTARDOS.

          • se eu sou fraco então pq vc se preocupa tanto com o que eu digo? Pela sua própria forma de agir todo mundo vê que vc não acredita no que fala. Iurdiano fugindo em 3…2…1…

          • vai arrebentar,
            ele é gordo cabeludo e vive pela fé nas custas da mamãe, vai arrumar namorada como, heheh é dificil, mas olhando na net vi um comentario hoje do seu papai , o tal pai das safadesas heheh ele prometeu que vai ajeitar a vida do jgmix, heheheh é rouibar da nisto, bom o que dizer de um crente que retirou quase toda a bíblia fora , pois não é judeu , nem romano, nem de corintios, de efasos de fipepe de colossos nem da tessalonica, enfim ele não é é cristão, mas como todo desviado que tem tempo para vagar e rodear pela net, assim como seu pai faz pela terra, procurando alguém pára tragar, e bom conhecedor de palavras, assim como a serpente fez com eva , deturpou as palavras do senhor , adulterou a verdade em mentira, assim também jgmix , seguindo os passos de seu pai, deturpa e adultera a santa palavra, bom o que esperar,…… mas notei yuma coisa seu pai nunca mais fez promessas para ele…………………….

          • onde está a credibilidade do “pastor presidente” clamando? Quem leva a sério o que o fariseu clamando fala? Se uniu aos iurdianos e mesmo assim foi desmascarado pelo JGMIX. Tá ruim de amigo hein clamando? Vai voltar a confiar no seu pai o pai da mentira? Clamando fugindo em 3…2…1…

          • as minhas esta em centenas de pessoas que confiam , e depositam na verdade bíblica conferida dia após dia em noissas igrejas, onde tem suas vidas restauradas, passam a prosperar não só financeiramente , mas também como seres humanos, se relacionando pessoal e espiritual, como pessoas ricas, bem diferente do ladrão jgmix que vive as custas da mamãe, me mostre a tua fé sem obras, que eu mostro a minha rodeada de muitas testemunhas, de obras de fé e verdade, onde o milagre acontece, heheh mas uma vez jgmixz foige com o reabo entre as pernas clamando por seu pai o pai das safadesas, herhheeheheheheheheh por falar niustom quando vai ser a estyréia da novela do carrasco, onde vais ser a heroina , heheh, não respóndeu minha pergunta, tudo9 certinho jgmix?

          • clamando… Qdo vc vai vender aquele barco seu e ofertar aos pobres? Pq foges desta pergunta? Vc age como o jovem rico… Que se retirou triste… Em 3…2…1…

  5. ATENÇÃO! ALERTA IMPORTANTE:

    Um audio de um “bispo” da iurd orientando os pastores da iurd a como tirar o máximo de dinheiro das pessoas vazou. A iurd através de seus advogados tirou esse audio do youtube, mas o audio foi recolocado lá por um usado por Deus. Ouça atentamente as táticas desse “bispo” da iurd , ensinando um “esquema” (no minuto 1:36 do video abaixo) ensinando a plantar envelopes ( no minuto 2:00 do video abaixo), a ” pegar ” todas as pessoas e usar de apelo emocional !!! ele mesmo fala que tem que pegar as pessoas ( no minuto 1:55 ) e usar apelo emocional ( no minuto 2:20 ) e chamar todo mundo pra vir na frente chorar ( no minuto 2:31 ) ! ouça atentamente o audio e veja se a iurd se preocupa com as pessoas ou com o dinheiro das pessoas:

    http://youtu.be/qAPju1-POlY

        • a palavra de DEUS cumpriu na vida desse jgmix.
          pois o ladrão entrou na casa dele e roubou dele.

          mas esta escrito que DEUS faria a maldição entrar na casa do ladrão.
          e foi o que aconteceu.

          • foi vc mesmo que disse em um comentario em outro post .

            que um ladrão entrou em sua casa e lhe roubou.
            vc rouba de DEUS. vc acha que ele vai lhe proteger?

            e rui em.

            vc esta a propria sorte.

          • Agora entendi.

            realmente eu disse que um ladrão entrou em meu quarto e roubou algumas coisas minhas…

            mas o que vc não mencionou é que eu disse que eu era dizimista na iurd nessa época…

            mesmo sendo dizimista fiel, fui vitima do “devorador” que os pastores que recebem dizimos dizem que não pode tocar nada de quem dizima…

            mais uma prova que a doutrina de dizimos é uma armadilha pra arrecadar dinheiro…

        • A imensa maioria dos membros da iurd são pobres e passam sufoco, ora, eu fui um iurdiano e digo por experiencia própria.

          Entre numa iurd qualquer e pesquise, entre os membros com mais de um ano quantos ali são prosperos, tem vida regalada?

          Poucos, muito poucos mesmo, isso se houver algum.

          Eu mesmo no meu tempo de iurd percebia isso. E nem por isso, ouso dizer que o povo da iurd por ser humilde tem algum demonio ou etc.

          Mas eles vivem acorrentados a campanhas que começam e terminam e nada ou pouco muda, e aí vem uma fogueira santa que detona tudo de vez… e qdo o membro reclama, os pastores já tem a desculpa ensaiada…

          ” vc não tem fé… não deu seu tudo…”

          mas é como o Senhor Jesus disse:

          ” Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus” ( Mateus 22:29 )
          sou ex-iurd, e digo com toda certeza, que a imensa maioria da iurd é de pessoas simples. infelizmente lá eles põe na cabeça do povo com versículos soltos da bíblia ( geralmente do velho testamento) de que Deus é rico então os filhhos tem de ser ricos tb, tem de ser cabeça e não cauda etc.

          Infelizmente o povo da iurd não é estimulado a ler a bíblia, ficam só lendo a biblia quando a liderança quer pescar algum propósito para pedir dinheiro.

          fiquei quase um ano lá, e lendo a bíblia, meu olhos começaram a ver o que estava oculto, que Deus não cobra pelas bençãos.

          ” Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente” ( I Coríntios 2:12 )

          ” Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” ( Romanos 8:32 )

          quando descobri isso, tive de decidir… ou ficar naquele leilão de bençãos ou viver na graça.

          A iurd prega sobre sacrificios… financeiros é claro, porém Jesus disse:

          ” Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.
          Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. ( mateus 11:29,30)

          Mas essa ganancia da liderança da iurd já foi profetizada:

          ” Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” ( Mateus 7:15 )

          ” também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme” ( II Pedro 2:3 )

        • mas segundo o unico codigo existente, para julgar o unico ladrão e voce, quem diz é DEUS, ao contrario não tem nada que diga que no novo testamento ele perdeu sua verdade ou seja ladrão no passado , ladrão no presente, e no futuro ladrão no lago de fogo, hehehe
          como vai jgmix, tudo certinho?

          • CLAMANDO

            Dizimo não é obrigação dos cristãos, então igrejas que pedem dízimo não seguem Jesus?

            Muitos usam Malaquias para justificarem o dízimo,mas esquecem que Malaquias falava aos Israelitas e também para a verdadeira função do dízimo que eram aos Levitas que não receberam Herança de terra, para os estrangeiros, órfãos e viuvas ou seja o dizimo tinha caráter de caridade e não de enriquecimento das igrejas e nem dos sacerdotes.

            Vejamos essa passagem do livro de Hebreus 7.5: “E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.”

            Vejam quem são os únicos com direito e ordem de receberem o dízimo, prestem atenção na palavra que diz que só os Levitas tem ordem para recolher o dízimo, agora pergunto essas igrejas evangélicas são das tribos de Levi, esses pastores são levitas, esses fieis dizimistas são israelitas vivem sobre a lei de Moisés ou sobre a Graça? Então porque pedem e exigem o dízimos ?

            Jesus disse que devemos ir e pregar os evangelhos, ele não exigiu templos para isso,mas nos orientou a dar as boas novas sempre, em casa, no serviço, reuniões com amigos e em tantos lugares,mas dar as boas novas não é converter pessoas em religiões e principalmente nessas religiões de engano que buscam bens materiais usando Deus e o Cristo para esses fins.

            Dizimo é Lei de Moisés e se refere ao Israelita, Jesus é a lei universal e esse nos ensinou
            muitas coisas e uma delas é buscar os necessitados e que nós somos o templo de Deus e não espaço físico.

            Vejam como os evangélicos se contradizem no que professam, dizem ai todos que não é obrigação,mas afirmam se não darem estão roubando de Deus, senão é obrigação como então podem dizer que quem não dar roubam de Deus, meio sem lógica, pena que pessoas amam mais o templo físico do que o Cristo.

            Nós somos o templo hj – “Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós” (I Coríntios 3:9)

            Ou seja, o que eu deveria dar de dízimo em favor desses “templos” físicos hj que os incautos chamam de igreja, onde os pastores cães gulosos insistem em receber dízimos, eu converto para investir no verdadeiro templo cristão.

            As pessoas!

            “Observai os corvos, os quais não semeiam, nem ceifam, não têm despensa nem celeiros; todavia, Deus os sustenta. Quanto mais valeis do que as aves!” (Lucas 12:24)

            Ou seja, Deus se preocupa é com a vida humana!

            Deus nunca exigiu que cristãos dizimassem em favor da manutenção de templos físicos!

            Deus quer que o cristão se compadeça do pobre, do necessitado!

            “recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também me esforcei por fazer” (Gálatas 2:10)

            ” Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano, e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso?” ( tiago 2:15-16 )

            Ajudar aos necessitados… a essencia do verdadeiro evangelho!

            ” A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo ” ( tiago 1:27 )

            poderia para tentar contradizer, mostrar ao menos 1 versículo, onde os cristãos são ordenados a dizimar??? por favor não fuja como vem fazendo há 3 meses!

            clamando fugindo em 3…2…1…

          • realmente não é obrigação, e fé e amor, as duas maiores virtudes e mandamentos, sem fé impossivel agradar a DEUS e sem amor é mentiroso, então ,m jgmix voce esta fora do texto e contexto bíblico

          • sem fé é impossivel agradar a Deus… Mas clamando o pastor presidente ensina que sem dízimo é impossível agradar a Deus… Clamando fugindo em 3…2…1…

    • Cuidado, Irmão, com os Lobos Famintos por Dízimo!

      Um dos muitos problemas na Igreja Protestante, nos dias atuais, é, sem dúvida alguma, o Dízimo. Se alguém pensa que o seu dinheiro (Dízimo ou oferta) está sendo biblicamente usado, pense duas vezes. Pode estar sendo uma trágica vítima de um falso ensino e, ao mesmo tempo, pode até estar roubando Deus, ao contribuir para a sua igreja.

      A diferença entre um genuíno pregador cristão e um assalariado (mercenário, legionário, ambicioso, profissional e autônomo impiedoso, lobo faminto por dízimo) está, provavelmente, na maneira como ele usa o dinheiro dos contribuintes.

      Para início de conversa, mantenha distância de um pregador que “pregue” mais do que o normal a respeito de dinheiro.

      Esses assalariados sectários são especialistas na tática de extrair dinheiro dos bolsos dos seus membros, usando um estratagema NÃO bíblico (aprendido no seminário ou copiado de outros que o praticam). São métodos inescrupulosos, que as vítimas só descobrem muito tempo depois de terem perdido a maior parte de suas genuínas ofertas (além do seu discernimento espiritual), as quais deveriam ter sido usadas para a glória de Deus, segundo as Escrituras. (Ora, os Nazarenos da África do Sul, onde vivo, já não possuem as Escrituras verdadeiras, mas apenas uma imitação cosmética do tipo NVI, de modo que encontraram uma desculpa para o malfeito de roubar os seus membros, usando Malaquias 3).

      Coletar ofertas, antes ou depois do sermão, não é bíblico. Vocês acham correto passar a bandeja ou a sacola das ofertas pela igreja, quando há novatos ou visitantes ali, até mesmo antes que seja pronunciada a primeira frase do sermão? Pois é o que temos presenciado muitas vezes. É demais!

      [A tradutora deste artigo ganhava, em 1998, o equivalente a US$ 1.800 e entregava US$ 200 à igreja. Foi então que uma de suas fontes de renda secou (aluguel de um galpão) e, em seguida, sua mãe (89 anos) teve um AVC. Ela deixou de entregar o Dízimo, a fim de pagar um plano de saúde para a mãe, que agora tem 95 anos e tem sido bem cuidada. Antes de tomar essa decisão ela consultou Marcos 7:7-13 e garante que jamais foi tão abençoada na vida, como nestes últimos anos.].

      OBSERVAÇÃO: marcos 7:7-13 diz: ” Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição. Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá. Vós, porém, dizeis: Se um homem disser ao pai ou à mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor; Nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe, Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas ”

      Os que entram na igreja pela primeira vez certamente ficam embaraçados diante da bandeja (ou sacola) das ofertas, antes de terem escutado o evangelho no púlpito. [Quem gosta de pagar antecipadamente por um serviço, que às vezes nem será bem feito?] Contudo, os ministros estão de tal modo habituados a esse tipo de insulto, que até o acham bonito, apropriado e sagrado.

      Se eles tentassem coletar os Dízimos e as ofertas DEPOIS do sermão, alguns dos convidados mais inteligentes iriam ofertar na proporção do valor do mesmo, ou seja, ¼ do que haviam pretendido ofertar antes. [Se fosse numa dessas igrejas neopentecostais, cujos pastores, aqui no Brasil, em geral são semi-analfabetos na Bíblia e no vernáculo, esses visitantes não se animariam a ofertar um centavo sequer!]

      [Uma grande amiga da tradutora quase perdeu o apartamento e o carro nas mãos desses vigaristas do evangelho, os quais tentaram convencê-la de que Deus só poderia abençoá-la, se ela fizesse aquele “sacrifício” pela obra de Deus, etc…. Que vergonha! Noto que esses “corvos” em geral levam vida dupla, pois têm a consciência endurecida pelo pecado da ambição.].

      Nem os ministros nem os “esquentadores de bancos” querem se envolver na luta, a fim de livrar a igreja dessa gangrena prejudicial.

      Os próprios ministros estão mais inclinados a exigir que os convidados/visitantes se adiantem no pagamento do que lhes será entregue no púlpito, mesmo que isso não seja escriturístico.

      [Aliás, hoje em dia, quase somente baboseiras são ali entregues às pobres vítimas, com o rótulo de evangelho verdadeiro, sandices essas, disfarçadas com nomes pomposos, como “evangelho da fé”, “evangelho da prosperidade”, etc. Certo pastor de uma igreja “neo” leu na 1 Coríntios 16:9: “…uma porta grande e eficaz se me abriu…” Em seguida, respirou fundo e completou: “Isso quer dizer que quem estiver desempregado e der tudo que tem na carteira, vai ter aberta uma porta para trabalhar num bom emprego.”]

      Os ministros sabem muito bem que estão pregando um ERRO, mas estão de tal modo habituados ao mesmo, que isso já não mais lhes fere a consciência endurecida.

      O Dízimo era uma disciplina praticada no VT, a fim de sustentar os levitas, aos quais fora confiada a tarefa de cuidar do Tabernáculo, não tendo estes recebido uma porção de terra para nela habitar.

      Deus ordenou isso a Moisés, o qual escreveu tudo em detalhes, na Lei Mosaica. Certo dia, toda aquela ordenança caiu por terra, como cascalho imprestável, quando os israelitas foram dispersos pelo mundo, como castigo por terem desobedecido a Lei e renegado o Senhor. E então, terminou a vigência desse albatroz chamado Dízimo. Em nenhuma parte do NT ele pode ser detectado, nem mesmo com luz infravermelha para ser aplicado à Igreja do Senhor.

      E se ele ainda estivesse em vigor, o que seria do saldo de noventa por cento ordenado por Deus a ser retido pelos israelitas? Acreditem que eu jamais escutei um pregador falar desses 90%. Contudo, é racional que sendo forçado a entregar 10%, o membro deva ficar com esses 90%.

      [Será que depois de pagar aluguel, condomínio, IPTU, INSS, IR e dezenas de outros impostos obrigatórios neste país, o membro de igreja continua retendo para si os 90% ordenados pelo Senhor, quando os pastores sempre exigem dez por cento da renda bruta?]

      Prosseguindo nesse erro exasperador, o pastor continua insistindo em que o membro da igreja deve contribuir com o Dízimo, usando para isso o ultrapassado texto de Malaquias 3:8.

      Por favor, leiam todo o capítulo 3 de Malaquias, e vejam se a igreja está incluída nesse contexto. Vejam que o verso 9 se refere à nação de Israel. E que o verso 10 se refere ao alimento na casa do Senhor. Notem que não existe a menor inferência à compra de imóveis e outras propriedades.

      Contudo, muitas denominações, passando por cima das Escrituras, acharam por bem ressuscitar esse monstro e sem qualquer senso de vergonha ou arrependimento, têm empurrado essa porção amarga pela garganta dos seus membros.

      Regularmente esse empecilho espiritual é pregado no púlpito, na classe bíblica e na literatura “evangélica”, através dos pastores mal intencionados. O resultado é que as pobres vítimas sucumbem ao assalto e à lavagem cerebral, entregando-lhes o seu discernimento espiritual e se deixando espoliar, sem um gemido sequer.

      As ilustrações que acompanham os sermões sobre o Dízimo são inacreditáveis! Pertencem à mesma linha dos milagres dos santos católicos, aureoladas por uma boa dose de ocultismo religioso.

      [Certo dia ouvi um pastor neo-pentecostal falando: “Deus ama a quem dá com alegria. Portanto, joguem na bandeja seus óculos, seus relógios, seus objetos de ouro e seu dinheiro, SORRINDO, e eu garanto que Deus vai dar muito mais do que isso a todos vocês!”]

      Eles fazem tudo isso, tentando provar que Deus só abençoa o membro dizimista e que todos devem obedecer, a fim de não incorrerem em pecado.

      Não é pecado sonegar e RETER o Dízimo, deixando de entregá-lo nas mãos desses assalariados de educação precária. Guardemos a nossa oferta para fins mais importantes. As denominações ROUBAM suas assembléias, pregando essa falsidade chamada Dízimo.

      A igreja apóstata dos dias atuais tem sempre agido desse modo. O dinheiro é coletado para, em seguida, ser desperdiçado aos milhões. Contudo, ela deveria considerar a maldição contida no verso 9 de Malaquias 3, se quiser aplicar essa passagem a si mesma.

      Como cristãos, nós devemos ser caridosos com os nossos irmãos carentes, inclusive, é claro, o pastor, caso ele não seja um mercenário ou um charlatão, princípio esse bem estabelecido na 2 Coríntios 8 e 9. Irmãos, dêem 10, 20, ou mesmo menos de 1%, mas dêem com alegria (2 Coríntios 9:7).

      Evitem os grupos que gastam dinheiro em propriedades e na construção de templos suntuosos. Essa é uma atividade pecadora.

      Evitem os pastores que dirigem carros de luxo e residem em mansões.

      Evitem os pastores que exibem orçamentos em suas igrejas antes da oferta chegar.

      Evitem os ministros que ameaçam os membros com Malaquias 3:8.

      FONTE: baseado em artigo do site adventistas.com

  6. Alguém postou ontém dois videos no meu canal youtube; o 1° fala da similaridade do bezerro de ouro com o Valdomiro Santiago; e o 2° fala da abertura de igrejas por estes pastores com o nítido objetivo de arrecardar dinheiro e ficarem ricos. No primeiro video, o abençoado orava por volta do meio dia e derrepente veio na sua mente um hino da harpa cristã nº 18, e quando ele começou a cantar foi apresentado numa visão o altar da IMPD, e ali no altar estava o apóstolo Valdomiro Santiago numa luz encandescente, e enquanto ele admirava aquela sena uma voz falou com ele: Tá vendo aí meu servo? O diabo transforma os seus mensageiros em anjos de luz! Esse é tão adorado como é,a parecida dos Católicos; ele viu Valdomiro transformado numa estátua de ouro e o povo idolatrando. Fiquei achando que isso tudo era besteira, e não passava de profetada; no mesmo dia, o 2º video foi postado com um assunto bem parecido. O Dr David OWUOR, também teve uma visão em que a verdadeira Igreja de Deus estava vazia, e, que as igrejas que aí estão, estão seguindo outro deus, o deus da prosperidade, e pontua: Estão pisando o filho de Deus, e profanando o sangue da aliança, e pisando o Espirito da Graça. Quando eles invocam o livro de Malquias 3:8-10 para pedi dízimo do povo, se transformam em malditos e transgressores da lei imediatamente, conforme Gálatas 3:10; e o pior: Segundo o Dr David, os que contribuem com esses homens são tão culpados quanto eles.
    Amados! Vejam o que voces estão fazendo! Orem a Deus, peçam para ele lhes revelar a verdadeira identidade desses que se intitulam apóstolos e mestres, e fiquem surpresos com o que vão ver. Geça e Paz a todos!

  7. Um cristão autêntico e sensato que não faz parte do “Farisaísmo evangélico”. Saí também deste farisaísmo e sou 10000000000000000 % + o meu ser inteiro e completo de YESHUA HA MASCHIACH. YESHUA quebrou as maldições da LEI na cruz. A religião judaica antes da vinda de YESHUA era um modo de disciplinar as pessoas para conhecer DEUS, quando YESHUA veio Ele mesmo afirmou ser o caminho. Os judeus até hoje não perceberam isto e se prendem a religião deles.

    Na verdade as mentes deles se fecharam, pois até hoje o mesmo véu permanece quando é lida a antiga aliança. Não foi retirado, porque é somente em Cristo que ele é removido.
    2 Coríntios 3:14

    Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;
    João 5:39

    Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim
    João 14:6

  8. Não há dúvidas, vivemos tempos de verdadeiras apostasias. E os responsáveis por este tempo de heresias, são os falsos pastores, que se encontram à serviço do diabo dentro da igreja, escravizando as mentes incautas de muitos cristãos que não tem apreço pela meditação na Palavra de Deus. Onde primam pela mentira materalista com falsas promessas de bênçãos, a fim de roubarem o povo já tão sofrido com governos corruptos.
    Mas, este caso mostra que ao povo cristão falta a sabedoria do Espírito Santo. Para exercerem sabiamente apologia a fé cristã, sem ser instrumento do diabo para trazer escândalos sobre a igreja. BIBLIA amados!

  9. Está escrito: De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. (Ec 12:13)Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau (Ec 12:14)E quanto a vós, ó ovelhas minhas, assim diz o Senhor Deus: Eis que eu julgarei entre ovelhas e ovelhas, entre carneiros e bodes. (Ez 34:17)E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. (Ap 22:12) MARANATA, MARANATA, MARANATA . . .

  10. Pedir ajuda para missões tudo bem. Agora, embolsar este dimdim que é o que a maioria faz: lembram-se do caso da fábrica dada para cristãos assembleianos e que pastores passaram raspando o dinheiro dos templos no Brasil e logo em seguida veio um misssionario de la agradecendo e contando a benção que o governo de lá DEU de graça? Cade o dimdim que foi raspado dos templos? QUE DEUS NOS DÉFENDA

  11. Muito bom jgmix esse e o retrato falado da iurd;sem falar na fisionomia dos obreiros antigos que tem visto o que acontecendo e não concordam mais tem medo de sair e ser amaldiçoado.Quando eu sai de obrira; pra não dizer todos só 1 obreiro continuou falando direito com agente para os outros parece que tínhamos uma (doença) contagiosa.E para esses defensores da iurd(macedo) também já fui assim hoje só quero defender a causa do evangélico de Cristo eles dizem que o evangelio está sendo pregador em 200 país mentira pois o evangelio genuíno não e a igreja Perseguida na Coreia do norte na índia em Marrocos… Enfim esses sim vivem o evangelio genuíno passando privações ,apanhado,sendo até mortos por causa de JESUS.eles precisam ler Hebreus 11 Heróis da fé 36 a 40

  12. Está escrito: Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem! (Mt 18:7)Deixaria eu de castigar por estas coisas, diz o Senhor, ou não se vingaria a minha alma de uma nação como esta? (Jr 5:9)

  13. EU QUERIA ESTÁ LÁ PRA AJUDAR ESSE VERDADEIRO PROFETA… PARECE ATÉ COM JOÃO BATISTA, QUE FALOU A VERDADE PRA HERODES… NA VERDADE ESSES MERCENÁRIOS QUE SE DIZEM PASTORES, SÃO OS VERDADEIROS VENDILHOES DA FÉ E DEVEM SER DESMASCARADOS PELOS VERDADEIROS CRENTES COMO ESSE CIDADÃO. PARABÉNS. Valentim Antunes DEUS CONTA COM HOMENS CORAJOSOS COMO O SENHOR.

  14. Gostei de seu esclarecimento…profundo e verdadeiro…vou republica-lo em meu face, remover o nome da IURD para nao denegrir…mas eh muito interessante esse ensino…

  15. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

    • Muito bem explicado; é uma pena que á segueira religiosa somado a preguiça de muitos de ler a Bíblia, suporte esses cães gulosos transgressores da lei(GL 3:10) no comércio da fé. O que dizer daqueles que afirmam categoricamente,” que quem não dar o dízimo perde a salvação?” È o que dizem os pastores da Igreja internacional da graça, inclusive o missionário RR Soares, O apóstolo Valdomiro Santiago, Bispo Macedo e os outros mais… Isto não é pisar no filho de Deus, profanar o Sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça? (Heb 10:28,29). Será que esses cães gulosos não sabem disto?

    • Quero que me responda:quem sustentava Jesus e seus dicípulos enquanto pregavam o evangelho?Sim,porque alguns dicípulos eram pescadores e quando foram chamados por Jesus,largaram as redes e o seguiram.Mateus era cobrador de impostos,e ao ser chamado,largou seu ofício,e o seguiu.Os 12 tinha na maioria famílias pra sustentar e impostos à pagar etc.,me diga quem os manteve durante o tempo em que seguia a Jesus(3 anos e meio)quem sustentou suas famílias?Não está escrito que mulheres piedosas sustentava a Jesus e seu ministério com suas fazendas(Lucas cap.8)?O que é mais fácil remeter aos missionários que estão no campo pregando aos perdidos:DINHEIRO OU ALIMENTOS,ROUPAS,REMÉDIOS ETC?Não confunda as coisas nem generalize,se vc não faz a obra não critique quem faz.Quantas horas vc passa em orações por dia pelos perdidos?O QUE VC FAZ PARA DIMINUIR AS TREVAS?Eu conheço missionários dos gideões que se mantem c/ 1 salário minimo no interior da selva amazônica,sem conforto nenhum por amor as almas.São recursos desse evento que vcs criticam tanto que ajudam a anunciar a palavra de Deus em lugares remotos.Não vi nas margem dos rios amazônicos igrejas da congregação cristã,da metodista,presbiteriana,ev.quadrangular,ig.universal,internacional da graça,do poder de Deus e muitas outras.São denominações como Assembléia de Deus que tem levado a palavra nestes lugares.Que tal vc viajá e pregar o evangelho a sua própria custa?Cuidado!JESUS está mais perto de voltar do que vc pensa;e toda palavra frívola que o homem pronunciar,ele dará conta!O próprio apostolo Paulo,disse que Pedro e os irmãos do Senhor eram assistidos(sustentados) pela igreja.Conheço inúmeros pastores que tem empregos seculares e que ainda ajudam finançeiramente a obra de Deus!Depois que surgiram essas denominações que pregam a teoria da prosperidade,é que o evangelho de Cristo no Brasil tem sido motivo de tantos escândalos.

      • socorro azevedo

        em nenhum momento o estudo fala contra ofertas voluntárias, que são bíblicas, e sim sobre a extorsão que ocorre dentro das igrejas que insistem em tomar dízimos dos membros, usando artifícios torpes.

        O assunto dízimo em seu comentário sequer é mencionado, o que prova que vc biblicamente não está apta a questionar esse ensino erroneo de dízimos.

        O estudo é um alerta contra a exploração de dízimos e nunca falou contra o assistencialismo ou obra missionária.

        por favor, da próxima vez que for questionar um texto, leia-o e entenda-o em sua totalidade e não interprete conforme suas convicções. Pois se vc não é capaz sequer de entender este estudo, como acha que pode entender a bíblia?

        Recomendo a vc, um curso rápido de interpretação de textos, em lingua portuguesa. quando vc fizer este curso e principalmente aprender, sinta-se livre para voltar e questionar o real conteudo deste estudo.

      • A obra de Deus e feita com amor, o dizimo tem que ser entregue com amor, se e que vc ama a Deus. no inicio do cristianismo eles vendia suas fazendas e lancavam aos pes dos apostolos por amor e tudo era comum, e a obra ia crescendo.como nao existia naquela epoca cristaos em outros paises ou lugares longicos. entao nao tinha de se preocupar em enviar os alimentos para missionarios. hoje e diferente muita coisa mudou entre nos, precisamos ganhar almas para o Reino de Deus, e devemos usar as melhores formas conforme a biblia no intuito de grangear almas para Jesus, o meu maior tesouro e ganhar almas, e outra coisa tudo vai ficar aqui nimguem leva nada, entao nao se preocupe com isso faca sua parte no reino pois eu e vc nao somos juizes, so ha um juiz que e Deus. Deus te abencoe e faca a obra.

  16. RELIGIÃO, para àqueles que precisam da intimidação e ameaça do fogo do inferno, para que sejam virtuosos, para àqueles que precisam de algo em troca para que sejam virtuosos (vida eterna). Ego disfarçado de humildade:

    SÓ JESUS SALVA – RENASCI EM CRISTO – JESUS É ÚNICO SENHOR E SALVADOR – observem a sociopatia embutida nestas frases. Os ateus, os muçulmanos, os indus, os budistas, os que viveram antes deste tal Jesus, queimarão na fornalha do inferno para aquecer os corações destas deturpadas mentes, que se intitulam especiais e iluminados dentre tantos. Este é o verdadeiro horror das religiões, transformar um ser perfeitamente são e decente, em lunático narcisista, com total desapego pelo bem estar de seus semelhantes.

  17. AS PESSOAS ESTA ESQUECENDO DO MILAGRE DE DEUS ,ESQUECENDO DO GRANDE SACRIFICIO DE JESUS NA CRUZ ,SE ESCANDALIZANDO COM TAO POUCO. TEMOS QUE ORAR POR ESSA PESSOAS

  18. Se alguem te obriga a andar uma milha, vai com ele duas. Ficaram incomodados com o professor por inteferir em seus interesses pessoais e com os fariseus aconteceu o mesmo. Cristo não mandou prender ninguem. Tratava ou trata com amor. É cena do tribunal do santo ofício da Idade Média.

  19. esse professor devia era apanhar por fazer uma palhaçada dessas. Pr. Cesino bernardino e Reuel seu filho tem hoje cerca de 1.300 missionários no campo para sustentar. Esse congresso é exatamente para arrecadar fundos para o sustento destes que fazem a obra de Deus. Se o governo investisse em obras sociais sérias não haveria a necessidade de fazer tais congressos. Mas preferem investir em estádios superfaturados, em ONGs como Afroregaae e por aí vai. Tinha é que ter vergonha um louco desses.

    • Pr Cesino agora tem é um compromisso com o capeta. Já morreu e foi tarde, mas deixou o legado para seu filho, o reizinho para administrar o dinheiro dado por um monte de bahbaca.

    • meu amigo esses missionários foi levantados por Deus, para pregar o evangelhio as pessoas do mundo e especialmente voce, que disse está gastando dinheiro com esses aí , esses aí são pessoas que desidiram trabalhar pra levar a mensagem que não é do homem mas de Deus, para poder ter o privilégio de ir morar no céu mas se não quer, ninguem fará nada . o salario do pecado é a mmorte mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna. aceite a jesus e srá salvo tu e a tua casa

  20. concordo com o JGMIX
    o salvador não mandou abrir templos! pelo contrario disse que não restaria pedra sobre pedra!
    o titulo pastor é so do salvador!
    e quando o salvador subiu ao PAI, Ele deixou um consolador! e hoje nosso pastor é o ESPIRITO SANTO!
    ninguem pode ser chamado de pastor! so nosso ETERNO SENHOR!
    nem de apostolos porque so foram os 12 e depois paulo de tarso que foi intitulado pela vontade de Yaohushua!
    somos todos apenas irmãos! e se quisermos agradar ao Mestre, temos apenas que pregar a salvação de graça! dai de graça o que recebestes de graça!
    dizimo nunca foi e nunca sera dinheiro!
    na antiga aliança, pacto, testamento… dizimo era alimento para os necessitados e quem ficava encarregado de recolher era so os levitas e não esses chefes de sinagogas!
    templo de DEUS é cada um de nós, quando recebemos o salvador em nossos corações! igreja é 2 ou mais reunidos em nome de CRISTO!
    essas sinagogas que existem são apenas paredes da divisão! pode se ver a briga por ovelhas e tanta desunião entre placas!
    quando o salvador vier ele vai separar as ovelhas ( salvos ) dos bodes ( condenados )
    por isso o verdadeiro evangelho é: adore ao eterno sobre todas as coisas ame a teu proximo como a ti mesmo e prege a VERDADE QUE É JESUS!

  21. Apenas p.dar um reforço:os levitas recebiam os dÍzimos e os sacerdotes recebiam os dízimos dos dízimos e a nação era uma teocracia,no entanto,não perdiam nenhuma guerra,quando respeitavam ao SENHOR.

  22. Nestes dias “os pastores e líderes”estão desviando as ovelhas do aprisco do Eterno com outros evangelho e não pregam o evangelho do reino. Eis o caráter deles:Os 4:6;Is56:9-12;MT 7:15;Is1:13;Ez34:1-10;Ez22:26. Ademais recebem dízimos de:Dt23:18 dinheiro imundo de toda sorte de origem e profana e ilícitas. Quem ler as escrituras sabe que o dízimo era para o povo hebreu hoje judeus e tinha finalidade de sustento da casa Do Eterno cf DT 26:12-13 ; Ml 3:10.Bem os pastores oferece o que satanás ofereceu ao Cristo: O reino do mundo o pecado a carnalidade Show business devido a manipulação das massas e seus engodos; furtam a salvação em troca de emoções vazias. Enganam a igreja para acumular fortunas e ter mancoes em boca Raton;aviões: Yates; viagens para Israel com supostas busca de unção e bênção para o povo e assim arrancam o coro e a lã das ovelhas. Para os goyim povo não judeu ou seja a igreja não há mais dízimos cf 2°Co 9:7 o evangelho da graça. Conclusão; Ap20:14-15;Ap22:14.-15.

  23. Apoio com um grande orgulho o professor que fez esse protesto, pois se já houve um pagamento de todas as despesas do evento, pra que pedir mais dinheiro , a bíblia diz que a gente deve dar de graça o que recebeu de graça, se lá houvesse algum irmão que necessitasse de alguma coisa que se levantasse uma oferta para custear até a volta de um ou mais obreiros ,mas eu aprovo a atitude do professor , pois nas igrejas que só sabem pedir ,muitas não fazem nada pelas ovelhas, e estão cheias de fiéis que queriam falar e não tem coragem, o Espírito Santo está aí vendo a atitude de cada obreiro que age incorretamente e não faz o que a palavra de Deus exige

DEIXE UMA RESPOSTA