Brasil

Empresário e vereador evangélicos são investigados por envolvimento em esquema de prostituição infantil

Comentários (61)
  1. Lopes disse:

    Levianooooooooooo ., clamannndoooooo., elderzinhaaaaam cade. Vascaínas safadooooossss.,

  2. Lopes disse:

    E as estatísticas confirmam , o número de pastorecos pedófilos está aumentando assustadoramente a cada dia., sem contar q estão passando o ferro nas mulheres dos fiéis.,

    1. Ta Serto disse:

      Q nada… o papa é que esta escondendo mais a pedofilia do publico…

      A proposito, tem visto seu filho, Lopes?

    2. Souza disse:

      Vc ta com inveja das mulheres dos fieis né ??????

      1. Lopes disse:

        Não quem TA com inveja e o touro,

    3. emanuelle disse:

      1. PEDOFILIA É 2 X MAIOR EM IGREJAS PROTESTANTES, segundo pesquisa americana
      Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor / Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor / 5 de abril de 2002. Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica. A maioria das denúncias de pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor /
      Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
      Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor /
      5 de abril de 2002.
      Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
      Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry
      Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
      Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
      Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
      As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias
      de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
      Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados
      a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas
      preventivas pelas igrejas.
      “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”,
      diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros
      sobre abusos na igreja.
      Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas
      romanas.
      Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
      Atualizar: MISTER R – isso mesmo, o nosso querido PAPA admite que até em nosso grupo há pessoas com essa doença. E os protestantes empurram pra debaixo do tapete e apontam o dedão pros outros.
      1. Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes (FONTE PROTESTANTE)
      Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
      Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor
      Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
      Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
      Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
      Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
      As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
      Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas preventivas pelas igrejas.
      “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”, diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros sobre abusos na igreja.
      Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas romanas.
      Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
      Desde 1993, em média, cerca de 1 % das igrejas pesquisadas relataram denuncias de abusos anualmente.
      isso significa que, em média, cerca de 3.500 denúncias por ano, ou quase 70 por entre o grupo predominantemente protestante, diz Cobble.
      www. csmonitor. com /2002/ 0405/ p01s01 -ussc.html
      www. csmonitor. Com /2002/ 0405/ p01s01- ussc.html /(page)/2
      fonte: CAI A FARSA

  3. Studebaker disse:

    Engraçado ver catulico fajuto querer dar uma de joãozinho sem braço, ate porque ponto e virgula, primeiro se os caras erraram cadeia neles e não se importa se e ou não evangelico, segundo, os maiores bandidos em todas as suas dimenções são catulicos, os maiores corruptos no mundo em 90 por cento são catulicos, os maiores frequentadores em 90 por cento nos cabares são catulicos, em 90 por cento dos frequentadores de centro espiritas e centro de macunbas são catulicos, 90 por cento dos gays no brasil são catulicos, os politicos corruptos no brasil em 90 por cento são catulicos, os governos presidenciais do primeiro Prudente de Morais ate Janio Quadros eram catulicos maçons ou maçons catulicos, os maiores pedofilos em 90 por cento no mundo são catulicos, nas cadeias do brasil e domundo presos de estupradores ladrões de todas as especies de galinha a assaltante de bancos e, 90 por cento professam se e que pode chamar de fé a tal fé catulica, os primeiros ladrões piratas assassinos bandidos de toda especie que vieram de portugal para povoar o brasil colonia eram em 90 por cento catulicos, porque foram perdoados justamente em troca de virem para o brasil, todos os papas sem vergonhas e safados verdadeiros crapulas e assassinos da era negra da catulica eram em 1000 por centos catulicos, todos od bispos e padres sem vergonhas safados vagabundos ordinarios corruptos pedofilos e viados do seculo 3 pra ca são em 1000 por cento catulicos todos os papas bispos padres mariolatricos idolatras e macunbolicos no mundo ou melhor em todo o universo são em 1000 por cento catulicos, afora os vadios ordinarios safados sem vergonhas mentirosos xibungos cabras da pestes que ficam fazendo as vontades do tambem sem vergonha do satanas dos quintos do inferno aqui neste sitio são tambem catulicos, os beijadores a adoradores de madeira ferro bronze ferro aluminio nipotono antimonio barro branco barro preto barro vermelho plastoco e ate papel com zoios nariz boca braços pernas unbigo mama e mortos são em 1000 por cento catulicos, os adoradores e rezadores para os mortos que milhares deles estão nos quintos do inferno são tambem em 1000 por cento catulicos, —– e ai que moral os infelizes destes tem para falar ou escrever arguna coisa sobre alguem que errou teria por ventura moral para falar escrever arguna cousa os gusanos xinbungos como estes? não de forma arguna eles tem arguna moral para falar ou escrever, ate porque os Verdadeiros Crentes de Sobre a Face da Terra não conpactua com erros de ninguem seja ele quem for, se os tais erraram que paguem pelos seus erros essa e a lei, há e tenho dito

    1. Studebeker,não sei que significa xibungo.Deve ser viado.Corno conformado.Não sei
      mesmo.kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Slash disse:

    Uns 85% dos evangélicos deste país não tem moral alguma. São maus, intolerantes, teocratas, fanáticos, iludidos, explorados e estúpidos.

    Os 15% que não fazem parte dessa gentalha, são tão minoria quanto qualquer outro segmento nesse país e infelizmente são silenciados por essa corja de crentinos.

    1. Servo disse:

      Melhore seus comentarios, demonstrando conteudo, e conhecimento em varios aspectos das criticas que faz.Opine com propriedade ,jamais com analfabetismo,principalmente biblico pois se conhecesses a biblia, saberia o que ela diz sobre os lobos e travestidos de fe crista, nestes ultimos dias.E ja que vc nao sabe,vou lhe dizer para nao perder seu tempo,vai piorar muito.

      1. Slash disse:

        Note que eu não generalizei. Apenas vejo muito evangélico apoiando coisa errada, como a homofobia, a discriminação aos descrentes, a intolerância com pessoas de outros credos e a políticas teocráticas que vão nos transformar em uma ditadura religiosa.

        Os que não fazem parte disso ai, são poucos.

    2. emanuelle disse:

      Os evangélicos não são honestos e fingem não conhecer a verdade para perseguir a Igreja Católica.
      “A imprensa tem reproduzido nos últimos dias, em todo o mundo, notícias veiculadas por grandes jornais dos Estados Unidos e da Europa que associam alguns padres católicos ao repugnante crime da pedofilia. Além disso, a maior parte das notícias se impregna de uma ferocidade cega e avança com insinuações malévolas e acusações infamantes contra a Igreja Católica e o Papa Bento XVI.
      O jornalismo, praticado muitas vezes de forma ligeira, preguiçosa e inconsequente, buscando o sensacionalismo não procura se aprofundar na análise do problema. Casos ocorridos há dez, vinte ou trinta anos são resgatados com fortes cores de escândalo como se fossem ocorrências recentes. Denúncias são tornadas públicas de forma leviana contra o Sumo Pontífice para tentar incriminá-lo, como se fosse ele o responsável por tais atos vergonhosos ou aos culpados oferecesse o apoio da Igreja Católica.
      A pedofilia é um crime ignominioso e inaceitável em qualquer circunstância. É uma conduta indesculpável, parta de quem partir ou ocorra onde e quando ocorrer. Mas o que fazem as numerosas reportagens veiculadas nos últimos dias, quando tratam dos crimes trazidos recentemente à tona na Europa se não confundir e vilipendiar o Papa Bento XVI? Quem acompanhou o noticiário ficou com a dolorosa impressão – se católico – de que a Igreja agiu de forma a desculpar e justificar tais atos.
      Um jornalismo mais sério e responsável, ao contrário, deveria saudar a atitude do Santo Padre, que não hesitou em escrever uma carta plena de coragem e dignidade ao clero irlandês,
      condenando os abusadores naquele país, pedindo perdão às vítimas e esperando que a justiça cumpra o seu papel. A atitude corajosa do Sumo Pontífice nem de longe tem sido acompanhada pela maior parte dos jornalistas e dos críticos, incapazes de separar a histeria anticatólica da verdade criminal.
      Para ilustrar esse raciocínio segue um dado interessante, tanto mais que restrito ao país do cardeal Ratzinger. Na Alemanha foi comprovado que houve , desde 1995, 210 mil denúncias de abusos a menores. Dessas 210 mil, 300 envolveram de alguma forma padres católicos. Ou seja, menos de 0,2%. Isso significa que, por serem poucos, esses casos devem ser minimizados? Longe disso. Já disse e repito: um único caso que seja de pedofilia é sempre vergonho e imperdoável.
      O problema é que se está procurando partir de casos isolados para engrossar uma campanha de descrédito e de infâmia contra a Igreja Católica e seus dignitários, tornando mais profundo o difuso anticatolicismo ocidental que já vai se tornando um dos inexplicáveis fenômenos do nosso tempo.
      Nos Estados Unidos, onde as estatísticas têm mais credibilidade, já se constatou que a presença de pedófilos, é de duas a dez vezes mais alta entre os pastores protestantes do que entre os padres católicos. De qualquer forma, muito maior que o envolvimento de líderes religiosos (católicos ou protestantes) é, por exemplo, o de professores de ginástica e treinadores de equipes esportivas juvenis, muitos deles casados.
      Da mesma forma, relatórios periódicos do governo norte-americano indicam que cerca de dois terços dos abusos sexuais contra crianças não vêm de estranhos ou de educadores, sejam eles padres ou pastores, mas de familiares – padrinhos, tios, primos, irmãos e, infelizmente, até pais, muitos deles também casados.
      Esses dados vêm derrubar a opinião de alguns anticatólicos, que tentam atribuir ao celibato a causa do problema. Uma atitude mais séria e responsável recomendaria um estudo mais profundo para lhe descobrir as origens e criar no seio da sociedade os mecanismos capazes de preveni-lo. Exatamente o contrário do que tem sido feito, buscando-se cobrir de desonra a Igreja Católica, cuja doutrina abraça os melhores valores da nossa civilização.”
      Fonte:
      Rodrigues, João Augusto – Jornal O Liberal – Belém – “Pedófilos, quem?”
      MONTFORT Associação Cultural
      www. montfort. org. BR /index. php? secao= imprensa &subseção =ultimas &artigo= pedofilos- quem & Lang =bra
      Online, 22/04/2015 às 10:08h

    3. emanuelle disse:

      Quanto à pedofilia, a imprensa dá muito mais visibilidade aos casos de padres pedófilos, do que de pastores, rabinos e outros líderes religiosos, como se as vítimas dos padres fossem mais importantes. O caso repercute pela cobertura dos grandes jornais, portais e TVs e tudo vira uma novela. Já vi casos em que a notícia estava em todos os canais abertos da televisão, sendo necessário um programa especial só para abordar o mesmo tema. Quando acontece em igrejas protestantes ninguém se interessa, talvez não dê ibope (vocês tem essa sorte!).
      Estou sempre fazendo pesquisas na internet sobre casos de pedofilia em igrejas evangélicas e protestantes, é muito fácil encontrar. Quando encontro, entro em contato com a Rede Globo para saber se tem interesse na notícia para eu poder informar onde encontrar, mas a resposta é sempre a mesma: “aguarde, se for de nosso interesse, entraremos em contato com você”, mas nunca entraram em contato comigo e quase sempre a notícia não é publicada. Isso é revoltante! Procure você mesmos notícias de abusos sexuais cometido por pastores na internet e então ficarão impressionados.
      A imprensa gosta de perseguir a Igreja Católica, porque ela é uma instituição séria, sobretudo porque é a Igreja de Jesus. Repito: a única fundada por Jesus, a autêntica, mesmo que não queiram admitir isso! Mas deixa pra lá. O assunto é pedofilia.

      Se não fosse o noticiário da internet, principalmente de sites de pequenas cidades, não se saberia da existência de tantos pastores evangélicos suspeitos de abusar de crianças e de abusos cometidos. Geralmente, as vítimas são de famílias pobres e ingênuas e desestruturadas como a dessa menina, ou de crianças que acreditam que massagens de pastor podem expulsar o Satanás do corpo e em sessões de oração de “cura interior” e em diversas situações. Muitos pastores lobos como Silas Malafaia ainda pedem para não denunciarem os seus “ungidos”, mas “quem poupa o lobo, sacrifica a ovelha” ( Victor Hugo). Acredito que há casos de pedofilia nas seitas evangélicas e protestantes, bem mais do que imaginamos. Talvez as vítimas e seus familiares não queiram expor as suas próprias imagens e nem de seus líderes.

      Não é possível dizer que existem proporcionalmente mais pastores pedófilos do que padres. Para isso, haveria a necessidade de um estudo aprofundado, que levasse em conta, por exemplo, a quantidade de pastores e de padres.

      É claro os líderes evangélicos, provavelmente por causa de grande pulverização das denominações, (que nasce e morre como ervas daninhas e crescem como cânceres), não têm manifestado preocupação com a pedofilia de seus pastores, diferentemente do que ocorre em relação à Igreja Católica.
      Talvez os evangélicos e protestantes passem a enxergar os seus pedófilos, (se tornarem mais espertos!) e não só os da Igreja Católica, quando a imprensa os descobrir para que possam pagar pelos seus crimes.
      (Leia mais em http: // www. paulopes. Com .br /2011 /07/ no- noticiario- casos -de- pastores. Html #ixzz 2rmr A4Uri )
      O Papa teve a coragem e a humildade de denunciar a pedofilia e expulsar os criminosos para sempre, e vocês o que fazem? Não fazem nada com os pastores pedófilos, eles nunca são expulsos da igreja e quando são, fundam outras seitas. A Igreja Católica é santa porque o seu fundador (Jesus) é Santo e a igreja é o corpo místico de Jesus. É pecadora porque somos pecadores. E a sua igreja? Santa não é, porque não foi instituída por Jesus e Jesus não autorizou a ninguém inventar outra para substituir a sua igreja. Prefiro ficar na Igreja de Jesus, pois ela é santa e seus membros são pecadores, ao contrário, as seitas evangélicas são somente pecadoras, pois não tem o sopro do Espírito Santos, não são assistidas pelo Espírito Santo.
      A verdade é que Hoje no Brasil, o protestantismo sangra dividido em numerosas seitas pentecostais de proprietários rivais, a desafiar o próprio Jesus Cristo que ensinava: “Todo o reino dividido contra si mesmo será destruído e seus edifícios cairão uns sobre os outros ( Lc 11,17 ).

  5. luciano disse:

    Abuso sexual de menores por membros da Igreja CatólicaEditarVigiar esta página

    O abuso sexual de menores por membros da Igreja Católica refere-se aos actos de abuso sexual de criançaspor clérigos (cerca de 2% a 4% dos clérigos nos EUA foram acusados)[1] [2]da Igreja Católica. Foram feitas denúncias de abuso sexual de menores em muitas partes do mundo, com os casos mais notórios a chegarem às primeiras páginas no Brasil,[3] [4]Portugal,[5] Alemanha[6] , Austrália,[7]Espanha,[8] Bélgica,[9] França,[10] Reino Unido,[11] Irlanda,[12] Canadá[13] eEstados Unidos da América.[14] [15]

    Os escândalos sucessivos levaram, em março de 2010, o próprio Papa Bento XVI a proferir respostas como a de que Deus guiará “no caminho da coragem que precisamos para não nos deixarmos intimidar pelas fofoquinhas da opinião dominante e nos dar coragem e paciência para apoiar os outros”, enquanto em Londres católicos se juntavam na frente da Abadia de Westminster pedindo a sua saída, e para que “não feche os olhos”. NaSuíça, na mesma época, a presidenteDoris Leuthard defendeu a criação de um “cadastro de padres pedófilos”, como medida cautelar e, nos EUA, o jornal The New York Times acusava o Papa de ter diretamente se omitido nos casos de pedofilia ocorridos naquele país e na Alemanha, na década de 1980.[16]

    1. Fabio disse:

      CONGREGAÇÃO CRISTA NO BRASIL ESTARIA EM CRISE DEVIDO A ESCÂNDALOS

      Há pelo menos 11 anos Couri segue na DIREÇÃO da CCB e enfrenta acusações de desvio de verbas – algo em torno de 20 milhões -, ACOBERTAMENTO DE ANCIÕES e falsidade ideológica. Juntamente com Jeremias Guido e Sergio Anísio Soares Alves (o motorista), Couri é alvo de um processo impetrado na 8º Delegacia de São Paulo – IP 343/2008, com acusações de estelionato e crime contra a honra. Dois anos antes, o comerciante e membro da CCB de Piedade, José Aparecido da Cruz, foi acusado pelo Ministério Público de ter desviado dinheiro do setor de assistência social da Igreja. CASOS COMO ESSE DEMONSTRAM QUE A CORRUPÇÃO SAIU DO ALTO ESCALÃO DA CCB PARA SE ALASTRAR PELAS CONGREGAÇÕES, havendo até mesmo denúncias de estelionato envolvendo anciões do Japão e em outros países onde a instituição se faz presente (algo em torno de 80).

      noticias.gospelmais.com.br/congregacao-crista-brasil-crise-dissidencias-19318.html

      1. emanuelle disse:

        Fábio,
        Parabéns pelo seu comentário, crise é pouco para os protestontos. O protestantismo não tem o sopro de Deus porque são seitas que perseguem a Igreja de Jesus, eis o motivo de tamanha decadência.

        1. Flaviana disse:

          Essa cacólica hipocrita fanatica dessa ema nu ele tem algum problema mental,sou evangélica e reconheço todos os erros da minha “igreja”,agora vim em um site colar reportagem atras de reportagem fazendo parte de uma coisa suja,porca,mal cheirosa como a igreja catolica pra falar da sujeira evangélica só pode ser doença mental

      2. Viu,lucianta,a moral da sua seita sendo jogada no lixo,e você vai junto.Não seja
        avestruz.

      3. luciano disse:

        Acusações são simplesmente acusações,qualquer um pode sofrer acusações,A tua igreja então tem milhares delas e 90% são fatos veridicos,não é a toa que a igreja catolica vem pagando milhões de dolares em indenização para vitimas de abusos cometidos por sacerdotes da tua ”santa igreja”isso somente no século passado e nem quero me prolongar muito em escrever sobre idade média etc…ta bom pra você chupeta de urso e cheirador de saco de padre?

        1. Lopes disse:

          Lucianta babuína., costeira de pastorecos safados., vão tudo pro infernos estas pestes.,

  6. Vanessa disse:

    Em todos os segmentos da sociedade existem pessoas boas e pessoas ruins, o que não podemos fazer é generalizar.

  7. luciano disse:

    Casos de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica

    AFP – Agence France-Presse

    Publicação: 05/02/2014 15:27 Atualização:

    Muitos casos de pedofilia cometidos por membros do clero, muitas vezes acobertados por sua hierarquia, já foram denunciados. Foto: Joe Klamar/AFP PhotoMuitos casos de pedofilia cometidos por membros do clero, muitas vezes acobertados por sua hierarquia, foram denunciados no passado. O Comitê de Direitos da Criança da ONU exigiu nesta quarta-feira que o Vaticano denuncie os culpados.

    – CANADÁ: No final dos anos 1980, as revelações de abusos de crianças em um orfanato em Newfoundland (leste) nos anos de 1950 e 1960 provocaram um enorme escândalo. A hierarquia religiosa também foi acusada de não ter denunciado os casos de pedofilia em suas fileiras.

    – ESTADOS UNIDOS: Em 2004, uma investigação contabilizou 4.400 padres pedófilos e 11.000 crianças vítimas de abusos entre 1950 e 2002.

    Um dos casos mais notórios envolveu o arcebispo de Boston, o cardeal Bernard Law, que foi forçado a renunciar em 2002 por ter protegido padres pedófilos.

    Em 2007, a Arquidiocese de Los Angeles, então liderada pelo cardeal Roger Mahony, concordou em pagar 660 milhões dólares para 500 supostas vítimas.

    Mahony, acusado de acobertar os padres pedófilos, foi demitido de seu cargo no início de 2013.

    – IRLANDA: Nos anos 2000, acusações de abusos sexuais cometidos durante décadas coloca em xeque a credibilidade das instituições católicas. Mais de 14.500 crianças teriam sido vítimas. Vários bispos e padres, acusados %u200B%u200Bde esconder esses atos, foram punidos.

    – ALEMANHA: Desde o início de 2010, centenas de casos de abusos sexuais de crianças e adolescentes em instituições religiosas foram revelados. Um dos casos mais divulgados foi o do colégio jesuíta Canisius em Berlim  envolvendo cerca de vinte crianças.

    No final de 2012, um relatório indicou pelo menos 66 nomes de religiosos envolvidos em casos de pedofilia por um período de 10 anos.

    – ÁUSTRIA: Após uma série de revelações no início de 2010 de casos de abusos sexuais e maus tratos por sacerdotes entre as décadas de 1960 e 1980, uma comissão de inquérito é criada pela Igreja.

    Cerca de 800 casos foram identificados e 8 milhões de euros concedidos às vítimas.

    – BÉLGICA: Em 2010, o bispo de Bruges, Roger Vangheluwe, renunciou após admitir ter abusado sexualmente de dois de seus sobrinhos.

    Na sequência, milhares de testemunhos relataram casos de abuso sexual por monges belgas. Acusada de permanecer em silêncio, a hierarquia católica é atualmente alvo de um vasto inquérito judicial.

    – HOLANDA: No final de 2011, um relatório revelou o caso de “dezenas de milhares de crianças” abusadas sexualmente dentro da Igreja católica holandesa entre 1945 e 2010. Cerca de 800 supostos autores foram identificados.

    – AUSTRÁLIA: Em abril de 2013, é aberto uma investigação pública sobre o abuso sexual de crianças em associações religiosas e instituições públicas.

    Cinco mil supostas vítimas devem ser entrevistadas.

    – POLÔNIA: Em agosto de 2013, o polonês Jozef Wesolowski, núncio na República Dominicana, foi destituído, e uma investigação foi instaurada no âmbito de outro padre polonês suspeito de crimes contra menores de idade.

    1. Lucianta,essas publicações de mais de 10 anos que você copia não vale,seu burro.Enquanto isso,os laias e lacraias evanjegues como você continuam aumentando
      os dados oficiais na delegacias de polícia.Os evangélicos pedófilos batem todos os recordes.Enquanto um padre abusa de um menor de idade,99 pastores já comenteram
      abusos.Então,o sujo não pode falar do mal lavado.

      1. Servo disse:

        Janio,o papa esta sugerindo moderacao na sua linguagem catolica.Ele esta ficando vermelho de vergonha la no Vaticano.Com estas palavras,ficara dificil abracar a causa catolica.Eu nao quero lembra-lo de uma coisa dolorosa;que para ser catolico basta afirmar.Nao deve ser verdade ne?

        1. leandro disse:

          Servo

          Continua na linha do Leviano ao taxar e generalizar erros cometidos por catolicos como praxis e defeito de todos os catolicos e da Igreja em sua totalidade. Se o modo de falar do Lopes e do Janio reflete um “linguajar catolico” então vou nivelar vcs pelos comentários do Elder, do Cesar 7, do Leviano.

          Para ser catolico tem que ser batizado e seguir as regras de Fé. O mesmo vale pra vcs.

        2. emanuelle disse:

          ESCÂNDALOS – Uma das principais características das seitas é utilizar dois pesos e duas medidas em seus julgamentos . Quando há um escândalo ou uma notícia sobre homens católicos, toda a sorte de acusações é lançada sobre a Santa Igreja. Expressões como pedófilos, assassinos, antro, romanistas, sistema podre, idólatras, mariólatras, entre tantas outras, são repetidas exaustivamente.
          Registra-se o fato de que estatísticamente existem mais casos de pedofilia entre pastores protestantes do que no clero católico. Nem por isto iremos dizer que o protestantismo é uma religião que favorece a pedofilia. Pelo contrário. Por certo o protestantismo combate a pedofilia. Não temos dúvida disto. Os pedófilos são doentes e religião para estes por certo é apenas um meio de acessar crianças indefesas. Os pedófilos devem ser tratados com o rigor da lei, sejam católicos ou não.
          Entretanto, quando um homem evangélico se vê envolvido em qualquer confusão, os julgamentos proferidos por seus membros e sectários encontram outros tipos de confissões:
          “Ai de quem toca no ungido do Senhor” ,“Deixa que ele está fazendo a obra de DEUS”, “Não toca no escolhido por DEUS”, “A emissora de TV tal tem ódio dos evangélicos”, “O diabo está com raiva porque estamos fazendo a obra de DEUS.”

        3. Servo,mas eu só tenho linguajar agressivo e chulo para evangélicos tipinho
          ta serto,clamando,zeze,lucianta,cessar7,dias,dell aberração e outros.Com
          os evangélicos sérios,uso a linguagem coloquial ou culta.Fanático não consegue debater por se achar o dono da verdade.Como estou aqui prestando um grande serviço às boas novas de JESUS,tenho que combater
          os fariseus fanáticos que sujam e corrompem os evangelhos de JESUS.E
          fanáticos só se combate sem medo e firmeza.

        4. Servo a igreja católica não me incentiva a nada.Leia o que estes fariseus
          fanáticos falam à meu respeito.Não tenho papas na língua mesmo,mas eu
          posso.Posso poque sigo o livre arbítrio e não tenho pacto de fé com nenhum líder.

    2. Fabio disse:

      CCB: FIEL É ESTUPRADA POR LÍDER DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO BRASIL.

      Fiel evangélica da Igreja Congregação Cristã em Teresina no Piaui procurou a Delegacia da Mulher e formulou denuncia contra um líder colaborador da igreja que em culto após ser possuído por espíritos, a agrediu e teve relação sexual com ela e a gravidou.

      Uma mulher acusa um líder colaborador da Congregação Cristã do Brasil de tê-la estuprado dentro do banheiro da igreja do bairro Lourival Parente, zona Sul de Teresina. A denunciante afirma estar grávida do líder religioso e prestou queixa na Delegacia da Mulher nesta terça-feira (9).

      De acordo com a delegada Vilma Alves, a evangélica foi convidada por duas outras mulheres da igreja a “consolar” o líder, que estaria possuído por um espírito. “Lá o líder endiabrado disse que queria ter um filho e bateu na vítima, até que ela acabou cedendo”, acrescentou a delegada.

      A denunciante contou que ao chegar na igreja para conversar com o denunciado, percebeu que ele estava estranho. Ela diz ainda que ao se negar a ter relações com ele, foi agredida e jogada no chão.

      “Ele botou a cabeça no meu ombro e quis me forçar a ter relação. Ele começou a me agredir, apertar meu braço, meu pescoço. Depois ele me deu um soco, me jogou no chão, me perguntou se eu queria fazer sexo, eu disse que não. Aí, ele com muita força, me levou para o banheiro e me pressionou. E eu aceitei”, narrou a fiel da igreja.

      A evangélica destacou que está grávida de cinco meses e que o marido e os filhos estão sendo constantemente ameaçados pelo líder. “Ele quis bater no meu marido dentro da igreja e eu tive que interferir. Já mandou até homens armados para minha casa. Minha família está assustada. Meu marido está falando em matar ele se eu não denunciasse”.

      A delegada Vilma disse que este é o primeiro caso desta natureza em sua delegacia e que já intimou o líder da igreja denunciado para prestar depoimento. “Isso é um absurdo. A igreja é para unir, não para estuprar, matar. Temos que investigar porque a vítima disse que isso é algo que acontece muito lá dentro”.

      Jornal do Piaui – pelo repórter Joelson Giordani/Teresina-PI

      1. luciano disse:

        Você pode achar meia duzia de gato pingado sobre a ccb mais não tem nem comparação entre a ccb e os mlhares de casos da tua ”santa igreja”lembrando que esse caso nada foi comprovado ainda,E se foi ele também tenho certeza que nunca mais ele vai pregar na ccb,la não tem segunda chance.

        1. emanuelle disse:

          Ao se escutar um protestante falar, se pode pensar que cada sacerdote católico é um pedófilo. Se somente verificassem os fatos, descobririam que o número ascende aproximadamente a 1,8 % de sacerdotes católicos acusados de abuso sexual e dessa porcentagem, menos da metade é acusado de pedofilia (cerca de 0,3 %). Vale lembrar que ser acusado não é ser culpado. Pareceria de qualquer forma que bastaria um sacerdote ser acusado para que automaticamente o julgassem culpado enquanto não provassem sua inocência. Tem-se provado que muitos sacerdotes têm sido falsamente acusados por pessoas sem escrúpulos, buscando simplesmente uma alta soma de dinheiro e suas falsas denúncias têm sido descartadas. Não somente isso, também muitas das acusações ocorreram há 30 anos ou mais e muitos dos sacerdotes indiciados já até faleceram.
          “Jesus disse também a seus discípulos: É impossível que não haja escândalos, MAS AI DAQUELES POR QUEM ELES VÊM!” (Lucas 17,1)
          Por acaso Jesus não disse: “Quem de vocês estiver livre de pecado, que atire a primeira pedra…”?
          Pois bem. Se os protestantes dessem uma olhada em seus próprios jardins, descobririam que a porcentagem de seus ministros acusados pelos mesmos abusos sexuais é muito mais alto do que entre os sacerdotes católicos. De qualquer forma, não se escutam muitos desses casos, visto que os meios de comunicação sempre têm prioritariamente enfatizado humilhar a Igreja Católica em tudo o que podem.
          Recordemos os tremendos escândalos perpetrados por Jimmy Swaggart, James Baker, Jim Jones e Jesse Jackson, somente para nomear algumas figuras protestantes involucradas.

        2. Dennis disse:

          será mesmo Luciana ???
          a igreja evanjeca tem um bocado de podres

          acho que voce é bem alienado

    3. emanuelle disse:

      1. PEDOFILIA É 2 X MAIOR EM IGREJAS PROTESTANTES, segundo pesquisa americana
      Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor / Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor / 5 de abril de 2002. Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica. A maioria das denúncias de pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes diz o jornal : staff do The Christian Science Monitor /
      Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
      Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor /
      5 de abril de 2002.
      Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
      Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry
      Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
      Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
      Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
      As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias
      de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
      Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados
      a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas
      preventivas pelas igrejas.
      “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”,
      diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros
      sobre abusos na igreja.
      Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas
      romanas.
      Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
      Atualizar: MISTER R – isso mesmo, o nosso querido PAPA admite que até em nosso grupo há pessoas com essa doença. E os protestantes empurram pra debaixo do tapete e apontam o dedão pros outros.
      1. Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes (FONTE PROTESTANTE)
      Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
      Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor
      Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
      Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
      Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
      Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
      As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
      Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas preventivas pelas igrejas.
      “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”, diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros sobre abusos na igreja.
      Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas romanas.
      Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
      Desde 1993, em média, cerca de 1 % das igrejas pesquisadas relataram denuncias de abusos anualmente.
      isso significa que, em média, cerca de 3.500 denúncias por ano, ou quase 70 por entre o grupo predominantemente protestante, diz Cobble.
      www. csmonitor. com /2002/ 0405/ p01s01 -ussc.html
      www. csmonitor. Com /2002/ 0405/ p01s01- ussc.html /(page)/2
      fonte: CAI A FARSA

    4. emanuelle disse:

      Pedofilia é maior nas Igrejas Protestantes (FONTE PROTESTANTE)
      Abuso sexual abrange todo espectro de igrejas
      Por Mark Clayton , escritor do staff do The Christian Science Monitor
      Apesar das manchetes enfocando o problema de padres pedófilos na Igreja Católica Romana, a maioria das igrejas americanas sendo atingidas com denuncias de abuso sexual de crianças são Protestantes, e a maioria dos abusadores denunciados não são clero ou funcionários , mas os voluntários da igreja.
      Estes são os resultados das pesquisas nacionais feitas por Christian Ministry Resources (CMR), um conselho fiscal e editor legal servindo mais de 75.000 congregações e 1.000 agências denominacionais por todo o país.
      Pesquisas anuais do CMR de cerca de 1.000 igrejas em todo o país têm perguntado sobre o abuso sexual desde 1993.
      Elas são uma janela notável sobre um problema que se escondia nas sombras, em grande parte da opinião pública até que os escândalos católicos surgiram.
      As pesquisas sugerem que, durante a última década, o ritmo das denuncias de abuso infantil contra igrejas americanas foi, em média 70 por semana.
      Os inquéritos registraram uma ligeira tendência de queda nos abusos relatados a partir de 1997, possivelmente em resultado da introdução de medidas preventivas pelas igrejas.
      “Eu acho que os números do CMR são impressionantes , mas bastante razoável”, diz Anson Shupe, um professor da Universidade de Indiana que escreveu livros sobre abusos na igreja.
      Das 350.000 igrejas nos Estados Unidos , 19500 – 5 por cento – são católicas romanas.
      Igrejas católicas representam ligeiramente uma pequena minoria de igrejas nas pesquisas CMR que não são cientificamente aleatórias, mas “representativas” amostras demográficas das igrejas, explica Dr. Cobble.
      Desde 1993, em média, cerca de 1 % das igrejas pesquisadas relataram denuncias de abusos anualmente.
      isso significa que, em média, cerca de 3.500 denúncias por ano, ou quase 70 por entre o grupo predominantemente protestante, diz Cobble.

      www. csmonitor. com /2002/ 0405/ p01s01 -ussc.html

      www. csmonitor. Com /2002/ 0405/ p01s01- ussc.html /(page)/2
      fonte: CAI A FARSA

  8. Lopes disse:

    Os pastorecos estão passando o cajado de jaco., nas mulheres dos fiéis., e corno q não acaba mais., kkkkkk

    1. clamando disse:

      TEU PAI CERTAMENTE CONGREGOU POR AQUI E PASSARAM FOI O CAJADO EM TI

      1. Marcelo disse:

        clamando, eu já falei aqui várias vezes a minha opinião sobre esses tais convertidos. A zebra jamais perde as suas listras. Nasce com elas e morre com elas. Gente que não presta jamais se converte e gente que presta não precisa de conversão.

        .

        1. clamando disse:

          sera apóstolo paulo matou centenas e me parece bem convertido, o ladrão na cruz me parece bem convertido, alias entrou no paraíso no mesmo dia, maria madalena me parece bem convertida, o eunuco e tantos outros que perderam as listras

          1. Marcelo disse:

            Você conheceu algum desses para declarar essa conversão. Silas Malafaia é convertido? Magno Malta é convertido? Por que, então, ele não volta para a mulher de quem se divorciou? Por que Malafaia não se desapega do dinheiro, sua verdadeira razão de viver?

            .

  9. emanuelle disse:

    1. O que mais me impressiona é que os evangélicos não são honestos e fingem não conhecer a verdade para perseguir a Igreja Católica.
    “A imprensa tem reproduzido nos últimos dias, em todo o mundo, notícias veiculadas por grandes jornais dos Estados Unidos e da Europa que associam alguns padres católicos ao repugnante crime da pedofilia. Além disso, a maior parte das notícias se impregna de uma ferocidade cega e avança com insinuações malévolas e acusações infamantes contra a Igreja Católica e o Papa Bento XVI.
    O jornalismo, praticado muitas vezes de forma ligeira, preguiçosa e inconsequente, buscando o sensacionalismo não procura se aprofundar na análise do problema. Casos ocorridos há dez, vinte ou trinta anos são resgatados com fortes cores de escândalo como se fossem ocorrências recentes. Denúncias são tornadas públicas de forma leviana contra o Sumo Pontífice para tentar incriminá-lo, como se fosse ele o responsável por tais atos vergonhosos ou aos culpados oferecesse o apoio da Igreja Católica.
    A pedofilia é um crime ignominioso e inaceitável em qualquer circunstância. É uma conduta indesculpável, parta de quem partir ou ocorra onde e quando ocorrer. Mas o que fazem as numerosas reportagens veiculadas nos últimos dias, quando tratam dos crimes trazidos recentemente à tona na Europa se não confundir e vilipendiar o Papa Bento XVI? Quem acompanhou o noticiário ficou com a dolorosa impressão – se católico – de que a Igreja agiu de forma a desculpar e justificar tais atos.
    Um jornalismo mais sério e responsável, ao contrário, deveria saudar a atitude do Santo Padre, que não hesitou em escrever uma carta plena de coragem e dignidade ao clero irlandês,
    condenando os abusadores naquele país, pedindo perdão às vítimas e esperando que a justiça cumpra o seu papel. A atitude corajosa do Sumo Pontífice nem de longe tem sido acompanhada pela maior parte dos jornalistas e dos críticos, incapazes de separar a histeria anticatólica da verdade criminal.
    Para ilustrar esse raciocínio segue um dado interessante, tanto mais que restrito ao país do cardeal Ratzinger. Na Alemanha foi comprovado que houve , desde 1995, 210 mil denúncias de abusos a menores. Dessas 210 mil, 300 envolveram de alguma forma padres católicos. Ou seja, menos de 0,2%. Isso significa que, por serem poucos, esses casos devem ser minimizados? Longe disso. Já disse e repito: um único caso que seja de pedofilia é sempre vergonho e imperdoável.
    O problema é que se está procurando partir de casos isolados para engrossar uma campanha de descrédito e de infâmia contra a Igreja Católica e seus dignitários, tornando mais profundo o difuso anticatolicismo ocidental que já vai se tornando um dos inexplicáveis fenômenos do nosso tempo.
    Nos Estados Unidos, onde as estatísticas têm mais credibilidade, já se constatou que a presença de pedófilos, é de duas a dez vezes mais alta entre os pastores protestantes do que entre os padres católicos. De qualquer forma, muito maior que o envolvimento de líderes religiosos (católicos ou protestantes) é, por exemplo, o de professores de ginástica e treinadores de equipes esportivas juvenis, muitos deles casados.
    Da mesma forma, relatórios periódicos do governo norte-americano indicam que cerca de dois terços dos abusos sexuais contra crianças não vêm de estranhos ou de educadores, sejam eles padres ou pastores, mas de familiares – padrinhos, tios, primos, irmãos e, infelizmente, até pais, muitos deles também casados.
    Esses dados vêm derrubar a opinião de alguns anticatólicos, que tentam atribuir ao celibato a causa do problema. Uma atitude mais séria e responsável recomendaria um estudo mais profundo para lhe descobrir as origens e criar no seio da sociedade os mecanismos capazes de preveni-lo. Exatamente o contrário do que tem sido feito, buscando-se cobrir de desonra a Igreja Católica, cuja doutrina abraça os melhores valores da nossa civilização.”
    Fonte:
    Rodrigues, João Augusto – Jornal O Liberal – Belém – “Pedófilos, quem?”
    MONTFORT Associação Cultural
    www. montfort. org. BR /index. php? secao= imprensa &subseção =ultimas &artigo= pedofilos- quem & Lang =bra
    Online, 22/04/2015 às 10:08h

  10. emanuelle disse:

    Lider da seita religiosa (seita evangélica) que matou sete policias foi preso no Huambo

    Sete agentes da Polícia Nacional morreram e outros dois estão em estado grave depois de terem sido atingidos a tiro na última quinta-feira, na província do Huambo, por alegados membros da seita Cristã do Sétimo Dia a Luz do Mundo, de acordo com o Club-k, o líder da seita teria sido preso pela Policia Nacional.

    A Polícia Nacional deteve o líder seita Cristã do Sétimo Dia a Luz do Mundo, vulgarmente conhecida por “Kalupeteca”, juntamente com o seu filho e outros crentes, quando tentavam abandonar a província do Huambo. Os mesmos encontram-se detidos na Direção Provincial de Investigação Criminal do Huambo.

    José Kalupeteca incentiva os fies a venderem as suas casas e a pararem de estudar alegando que Jesus Cristo não estudou !

    O pastor alega ainda que o mundo irá acabar no próximo dia 31 de Dezembro do ano em curso.

    O psicólogo Alberto Praia Chinhama em entrevista a Angop, comparou ontem na cidade do Huambo, a atitude do auto-denominado profeta José, com a de um autêntico psicopata.

    “Do ponto de vista psicológico estamos diante de um comportamento altamente patológico, próprio de um psicopata. José Kalupeteka demonstra insensibilidade, falta de discernimento entre o bem e o mal, além de agir cegamente, pondo de parte a sua capacidade mental”, descreveu.

    Com ramificações em várias províncias do país, sobretudo no centro e sul, a seita religiosa Adventista do 7º Dia Luz do Mundo foi fundada por José Kalupeteca, de 52 anos de idade, no começo da década 2000, na província do Huambo.

    Entre os anos 2010 e 2011, José Kalupeteka foi acusado de destruir o patrimonio histórico e cultural da província do Huambo e de espancar diversos sobas que o contrariavam.

    Em 2014 a mesma denominação religiosa foi encerrada, todavia as suas atividades continuaram, de forma clandestina, com a realização de cultos e reuniões confusas e contraditórias com a lei nacional, os hábitos, costumes e tradição do povo.

    Com recurso à sua astúcia, José Kalupeteka, cujo alvo eram cidadãos das zonas rurais, facilmente conseguia atrair centenas de seguidores, que além de venderem suas casas e outros bens, renunciavam tudo em trocada de um possível arrebatamento para os céus.

    Com fins ainda inconfessos, em 2012 a seita Adventista do 7º Dia Luz do Mundo tentou, sem sucesso, inviabilizar a campanha de vacinação contra a poliomielite nas zonas onde residem os seus seguidores, ordenando que estes impeçam os vacinadores trabalharem.

    Em 2014, José Kalupeteka voltou a criar constrangimentos ao Censo Geral da População e Habitação, ao levar os seus seguidores às montanhas para evitar que estes tenham contacto com os recenseadores.

    Ango Russia

    1. Rui disse:

      evanjeg nas paginas policiais?? kkk
      JÁ NÃO È NOVIDADE kkkk]

      já perdi a conta de quantas notícias já foram publicadas aqui no G+

      SEM CONTAR AS NÃO PUBLICADAS NO G+ rsrsrsrs

  11. Dennis disse:

    cade a debil mental da Vanessa ??
    não vai vir comentar a favor dos evanjecas pedófilos amigos dela ??

    1. Lopes disse:

      Dennis a tiazona deve ta escondida atrás do pulpito…kkkk

  12. Leno disse:

    Assim como tem católicos só de nome também tem evangélicos que jamais foram convertidos, mais os evangelicos sao a luz do mundo se esta luz se apaga traz trevas ao sagrado evangelho, denegrindo e trazendo escândalos, porque quando é um católico, espírita, etc que faz estas coisas nem mesmo é citada sua religião, porquê o diabo tem isso como próprio das suas obras.

    1. Lopes disse:

      Tbm o que esperar os evanjegues criaram swing gospel., sex shop gospel., entre outras aberracoes., eta povo ligado ao sexo sem freio.,

      1. levi varela disse:

        Aprenderam com os padres do vaticano que faziam tudo no tocante a sexo.

      2. Ta Serto disse:

        “sexo sem freio” ?

        Descreveu seu filho dando ré pro padre…

        1. Lopes disse:

          Ta serto., vc é o babuino de lutero 2 kkkk analfa gospel

    2. leandro disse:

      leno a primeira coisa que sites como este falam é que é pedofilo por ser padre celibatario ou porque está numa igreja falsa ou sem Esp Santo. Ai arrematam: “se fossem um evangelico não seria assim, não andaria nas trevas.”

      Tem muito protestante que usa pesos e medidas diferentes na hora de julgar os pecados.

  13. Rui disse:

    evanjeg nas páginas POLICIAIS!!!! ??? kkk

    NÃO É NOVIDADE MESSSSMO!

  14. levi varela disse:

    Esses católicos foram mandados pra dentro da igreja protestante na tentativa de implodi-la.

    Mandar esse tipo de gente pra igreja deles, a católica, a que aceita e faz tudo.

    1. Janete disse:

      QUEM ANDA ACEITANDO TUDO, E SOBRETUDO FAZENDO TUDO É A IGREJA EVANGÉLICA. ESQUECEU-SE QUE EXISTEM IGREJAS EVANGÉLICAS GAYS, IGREJAS EVANGÉLICAS LÉSBICAS, IGREJAS EVANG. PARA SURFISTAS,ROQUEIROS,MACONHEIROS,FUNKEIROS,ETC….PENSE NO NOSSO IMENSO TELHADO DE VIDRO, ANTES DE ACUSAR OUTRAS IGREJAS, SEU EVANJEGUE DE 5ª CATEGORIA.

      1. levi varela disse:

        Janete,

        Mas é justamente isso que eu estou dizendo. São as pragas mandadas pela católica, Antes as evangélicas não eram assim.

        Deva ter sido uma decisão do vaticano, Tem que ser.

        As protestantes começaram a crescer, aí a católica convidou os agentes secretos dela e despachou para fazer o mal nas protestantes.

        Tem problema não, eles todos os vão se converter de verdade, e é logo.

        Vão voltar para catequizar os índios, digo, católicos. Aí será o grande julgamento. Onde a verdadeira igreja de Cristo vai brilhar, e a falsa, esta vai se ajeitar, começando com o regramento para impedir a pedofilia. Se bem que a bíblia fala em destruição, o fim dela, dizendo sai dela, povo meu!

        1. Janete disse:

          Leviano, vc só pode estar esclerosado. S´fala m*rda. Em matéria de pedofilia nossas igrejas evangélicas estão dando de 10×0 na católica também.

    2. Lopes disse:

      To achando que este pastoreco passou a mandioca na mãe do leviano ., kkkkk por isto que ele ta defendendo o peste, coisa de família trapo., é um bosta protestante , vergonha para a sociedade. Tbm o que esperar desta raca safada de evanjegue., só aberracao , nada mais

      1. levi varela disse:

        Lopes,

        tenha calma, o povo das protestantes não é igual ao da tua, sem jeito, sem cura, sem salvação, sem confiar, sem esperança, sem amor, sem vida, todos mortos pelo pecado. Cometendo sérios crimes e indo pra cadeia, Pregue pro seus irmãos de fé. Não tem cadeia pra manter presos a tanto assim. O dinheiro do brasil todinho pra sustentar essa cambada de presos, por falta de orientação católica, o evangelho.

    3. Lopes disse:

      Leviano babuino de lutero., o cara vai passar nesta vida como herege , lamentavel

      1. levi varela disse:

        Lopes,

        A igreja católica abarrotada de heresias. Eu não posso ser também um herege não? Só vocês católicos que podem? Vocês são há 1700 anos hereges, eu agora.

    4. Lopes disse:

      Cala sua bocarra babuino gospel., vai pagar dízimo.,se quiser ir pro céu., pechonhento

  15. marcos alexandre disse:

    oi amados q se dizem cristãos…
    eu vi todos os comentarios ah cima e eu afirmo a voces isso nao e d Deus…
    envangelicos e católicos voces q comentaram nesse brog estao todos perdidos arrependan-se em quanto ha tempo d se arrepender …
    um verdadeiro cristão nao fala mal e nem julga o irmao …
    amados conserteja o Diabo ta confundindo todos vos..
    a biblia nos ensina amai uns aos outros ..
    nao se pertube com essas coisas mundanas pois as coisas desse mundo nao eh nosso mas sim do Diabo ele ta nesse mundo pra enganar e destruir ah todos…
    na biblia diz ..vós-tendes por pai ao diabo ,e quereis sastifazer os desejos de vosso pai. ele foi homicida desde o princípio , e nao se firmou na verdade , por que nao há verdade nele. quando ele profere mentira , fala do que lhe é próprio , por que é mentiroso , pai da mentira ..João 8: 44.
    amados se seu irmao comete algo errado q nao eh Deus assim como vcs estao fazendo agora nesses comentarios orem por eles assim como eu vou orar por voces…
    e conhecereis a verdade , e a verdade vos libertará.. João 8: 32…
    quem quiser algun conselho bíblico me chame no meu whatsapp 091992419057.. eu nao sou um santo ou um anjo mas juntos aprenderemos alguma coisa fiquem na paz do nosso senhor Jesus Cristo amem…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO