No Agora é Tarde, pastor que foi ator de filmes adultos diz que recebeu “proposta indecente” de apresentador de TV

13

Giuliano Ferreira, ex-ator pornô e agora pastor evangélico, concedeu uma entrevista falando sobre seu livro e afirmou que já recebeu propostas indecentes de um famoso apresentador de televisão.

O livro “Luz, Câmera, Ação e Transformação” relata a história de vida do ex-ator que usava o pseudônimo Juliano Vidal, seu emprego na indústria pornográfica e seu testemunho de conversão ao Evangelho.

Na entrevista concedida a Rafinha Bastos, apresentador do Agora é Tarde, na Band, o pastor Giuliano Ferreira disse ter recebido uma “proposta indecente” de um apresentador, mas pontuou que não revelaria o nome: “Não fica bem dizer quem é. Só não posso mentir”.

Perspicaz, Rafinha insistiu no assunto e questionou o pastor sobre a identidade do sujeito sugerindo o nome de um bem-sucedido apresentador dominical. “Então só me diga uma coisa: você só não transou porque ele tinha um ‘pintinho amarelinho’?”, questionou Rafinha Bastos.


Com um sorriso e demonstrando bastante desconforto, o ex-ator disse que preferia encerrar o assunto. “Posso considerar sua risada como um sim?”, tentou novamente Rafinha, sem sucesso, porém.

Para descontrair a tensão gerada pelas perguntas, Rafinha contou ao pastor Giuliano Ferreira que é casado há 10 anos e gosta de assistir filmes adultos: “Eu sou fã de filmes pornôs”.

Assista à íntegra da entrevista:

Assine o Canal

Mudança de vida

Giuliano diz ter abandonado a carreira como ator na indústria pornográfica há mais de 10 anos, e é casado há 12 com a ex-secretária da escola em que seu filho estudava. Depois de abandonar a profissão, onde chegava a ganhar até R$ 12 mil mensais, Giuliano omitiu seu passado por muito tempo, com o intuito de proteger a família: “Por causa do meu filho e do meu enteado, hoje com 17 anos, escondi minha história de ator pornô. Para que eles não sofressem bullying na escola. Mas agora é o momento de contar tudo. Com o livro, quero mostrar que a pessoa tem direito a ter a vida que quer e que também pode escolher um novo recomeço”, disse o pastor, numa entrevista recente.

13 COMENTÁRIOS

  1. Toda pessoa tem o direito de mudar de vida. Também não tenho nada contra aos astros do pornô, respeito muito e admiro o trabalho deles, só sinto por não serem valorizados, uma vez que a esmagadora maioria da população consome o trabalho/produto que eles fazem. Poucos conseguem fazer um pé de meia e terem uma velhice com dignidade. Mas tenho muito mais respeito por eles do que por qualquer político,

    Quanto aos vídeos que ele fez (e ainda postaram links nos comentários, rss), não tem nada ali para se envergonhar, desempenho excelente! E digo mais: c*mer mulher é fácil, agora pra pegar b*nda cabeluda de macho tem que ser HERÓI mesmo! Parabéns!

    Preconteito pra mim é invejinha incubada. Prontofaleisenãogostouentranafila!

  2. Por que a utilização do eufemismo “filmes adultos”? Ele foi ator pornô, mesmo, no senido próprio da palavra. E atuava tanto como hetero quanto como gay (ativo e passivo). Ele nasceu pra isso mesmo. Pelos filmes que eu vi, basta tocar e o instrumento de trabalho já esta pronto para entrar em ação. Esses convertidos…

    .

DEIXE UMA RESPOSTA