Internacional

Extremistas muçulmanos do Boko Haram matam 59 alunos de escola cristã na Nigéria

Comments (3)
  1. Sandro disse:

    Segundo a lógica com que os cristãos fundamentalistas tratam os gays, poderíamos dizer que os radicais islâmicos não são contra os cristãos, mas apenas contra as práticas cristãs. Que monstruosidades como essa de que trata o texto sirvam para mostrar que não podemos prescindir de um estado laico, democrático que garanta as liberdades de crença, expressão e culto, bem como as liberdades civis e individuais para todos os cidadãos e independentemente de religião e orientação sexual, por exemplo.

    1. Do contra... do contra-baixo disse:

      Se fossem apenas contra as práticas cristãs, respeitariam os cristãos. Seriam proselitistas, mas não atentariam contra a vida de qualquer cristão. Uma coisa é afirmar uma crença, outra é impô-la à força, algo que a Boko Haram tem feito. Então, não compare a posição da igreja acerca do homossexualismo com a posição da Boko Haram acerca do cristianismo; são duas coisas comprovadamente distintas.

    2. MOZART disse:

      os cristãos brasileiros nunca usaram de violência contra praticas religiosas ou comportamentos de qualquer natureza…discordar não é violência!!!

  2. Pitagoras disse:

    Nem vou falar mais para que servem a maioria das religiões, todo mundo sabe

  3. Adriana disse:

    só divulgam o que convêm pra eles…!…..misericórdia Deus dessas familias ! e que possamos valorizar mais a liberdade que temos de cultuar ao Senhor!

  4. PEDRO disse:

    A tristeza maior é saber que o Brasil ainda mantem relações diplomáticas com um país igual a este.
    Este ano tem eleição. Presta atenção. Não chorem depois pelo leite derramado.

  5. Gilberto Ribeiro Guimarães disse:

    Existem fontes para esta notícia?

    Ou sai apenas em sites cristãos?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *