Faleceu o pastor e escritor Tim LaHaye, coautor de “Deixados Para Trás”

10

O pastor e escritor Tim LaHaye faleceu na última segunda-feira, 25 de julho, aos 90 anos de idade, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC).

Tim era o coautor da série best-seller “Deixados Para Trás”, ao lado de Jerry B. Jenkins, formada por 16 livros, lançados em 34 idiomas e com mais de 70 milhões de cópias vendidas.

Ao todo, sua obra literária era formada por mais de 60 títulos, com mais de 14 milhões de exemplares vendidos (se considerados os títulos publicados apenas por ele).

Tim LaHaye passou seus últimos dias de vida internado em um hospital de San Diego, Califórnia (EUA). Na página do escritor, sua assessoria deixou um resumo de sua biografia, a maneira como encarava o ministério e seu tempo à frente de uma Igreja Batista.


Ainda em vida, Tim LaHaye foi considerado um dos 25 líderes cristãos norte-americanos mais influentes em seu país.

“Ele está no lugar onde ele sempre quis estar, sua partida deixa um vazio na minha alma. O Tim LaHaye que eu conhecia tinha um coração de pastor e viveu para compartilhar sua fé”, disse seu parceiro Jerry B. Jenkins.

A conversão de Tim ao Evangelho se deu por influência da morte de seu pai, Frank, em 1936, quando ele tinha apenas nove anos de idade. Abalado pela perda, ele ouviu o pastor pregando no culto fúnebre sobre o reencontro com os salvos no arrebatamento: “Este não é o fim de Frank LaHaye, porque ele aceitou Jesus, chegará o dia em que o Senhor vai gritar do céu e descer, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro e depois nós vamos ser arrebatados juntamente para encontrá-lo no ar”, disse o pastor. LaHaye afirmou posteriormente que ao ouvir essa frase, “de repente, havia esperança no meu coração de ver meu pai novamente”.

O arrebatamento e a salvação através do Evangelho influenciaram a vida e obra de Tim LaHaye, como o colega Jenkins e os livros que escreveram juntos evidenciam.

Deixados Para Trás

A série é uma obra ficcional, de temática religiosa, que narra os últimos dias na Terra após o arrebatamento da igreja, a partir da interpretação desenvolvida no século XIX pelo ministro anglicano John Nelson Darby a respeito da narrativa de João em Apocalipse.

A história reúne ficção, ação e suspense, e rendeu três filmes homônimos, além de um derivado, chamado “Apocalipse”, estrelado por Ashley Tisdale, Nicolas Cage e Chad Michael Murray.

10 COMENTÁRIOS

  1. Justiça prende pastor evangélico suspeito de abusar de crianças
    Crime foi em 2001 e das três vítimas, duas são parentes.
    Pastor foi preso em Sorocaba e levado à cadeia de Pilar do Sul (SP).
    O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou a prisão preventiva de um pastor evangélico suspeito de abusar sexualmente de três meninos. O mandado de prisão foi cumprido em Sorocaba na última sexta-feira (22 de julho). Entretanto, dois crimes que aconteceram nas décadas de 80 e 90 prescreveram.
    Segundo a Justiça, foram feitas buscas na residência do pastor, no Jardim Pagliato. A intenção era apreender material de informática que tenha relação com crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes.
    Ainda de acordo com o documento, o pastor é investigado por abusar de três jovens, sendo dois deles sobrinhos do suspeito. Uma das vítimas relatou ter sido estuprada na década de 80 em Araçoiaba da Serra (SP). Já os outros meninos foram abusados nos anos 90 e, em 2001, em Sorocaba (SP). Os rapazes relataram que sofreram abusos quando ainda eram crianças e que sofreram ameaças, por isso, não levaram o caso adiante.
    À Justiça, os jovens disseram que acreditam que o pastor continuava praticando atos de pedofilia até os dias atuais, o que motivou a denúncia. O pastor foi preso pela polícia e encaminhado à cadeia de Pilar do Sul (SP).
    Globo.com

    • Padre é indiciado por abuso sexual de criança em Niterói, no RJ

      A Polícia Civil indiciou um padre da Igreja Católica por estupro de vulnerável de uma menor de idade em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Como informou o Jornal Extra, o caso teria ocorrido há três anos, quando a menina tinha 7 anos, de acordo os depoimentos dados na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) do município.

      Além da menina, Emilson Soares Corrêa, de 56 anos, também é suspeitos de ter se relacionado sexualmente com a irmã dela, de 19 anos e é afilhada do padre, desde quando ela tinha 13 anos, segundo o pai da jovem. Ela contou à família, no entanto, que mantinha relações sexuais com o padre há três anos.

      Depois da confissão, a jovem foi orientada pelo pai a gravar um vídeo do encontro com o padre. A menina então, teria chamado uma amiga de 15 anos, que topou gravar o vídeo. É esta menina que aparece nas imagens em relações sexuais com o padre. A partir de 14 anos, quando não há violência e o sexo é consensual, não configura crime, como esclareceu a delegada Marta Dominguez, da Deam de Niterói.

      O padre, que fora responsável pela paróquia da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no bairro do Cubango, teria sido flagrado fazendo sexo com a adolescente na casa paroquial, mas, segundo a Polícia Civil, o vídeo não foi entregue à delegada que investiga o caso, Marta Dominguez.

      “Em depoimento a jovem disse que às vezes se encontrava com o padre na sua própria casa e outras vezes, na casa paroquial. Ainda não tivemos acesso ao vídeo. Vou dar um prazo de 48 horas para que o pai traga a gravação. Se ele não trouxer, vai responder por desobediência”, disse a delegada.

      Em entrevista à Rádio Globo, o pai das vítimas confirmou a existência do vídeo, gravado por ordem dele. “Esse vídeo é uma prova da pouca vergonha.” A jovem que aparece fazendo sexo com o padre não é a filha dele.

      Emilson Soares confessou ter mantido relações sexuais com a irmã mais velha, mas apenas quando ela completou 18 anos, em 2012. Apesar disso, ele vai responder por estupro de vulnerável, por conta do abuso da mais nova. Com relação ao vídeo com outra menor, a delegada disse que vai investigar e ver era um hábito do religioso se relacionar com menores.

      “O crime de exploração sexual depende da habitualidade do fato. Se isso ocorre com frequência, ele pode responder por isso também”, disse a delegada Marta.

      A menina de 10 anos passou por um exame de corpo de delito que comprovou que ela ainda é virgem. Mas segundo relato da menor, o sacerdote havia tocado suas partes íntimas, o que para a lei já é suficiente para considerar crime. Segundo os agentes, o padre prestou depoimento e negou ter abusado sexualmente da menor.

      De acordo com a delegada Marta Dominguez, a denúncia deverá ser encaminhada à justiça na próxima semana. Além de ver o vídeo, ela pretende ainda ouvir a menor que aparece na gravação. Ela também quer ouvir novamente o pai e a filha dele de 19 anos, sobre o suposto caso de extorsão.

      O padre disse ainda que foi chantageado depois que o vídeo foi gravado. Segundo Emilson, o pai da jovem pediu dinheiro e uma casa para não divulgar as imagens. Ele não concordou e fez uma petição ao Ministério Público, em novembro de 2012, relatando o ocorrido.

      O advogado Roberto Vitagliano, que defende o padre, diz que o religioso admite ter tido um relacionamento com a jovem de 19 anos, somente em 2012, quando ela já era maior. O padre nega ter abusado da irmã dela, hoje com 10 anos.

      “Ele é juridicamente inocente, não cometeu crime algum. A criança foi manipulada pelo pai. Ele assume a responsabilidade de seu ato com a maior, tanto que tomou a iniciativa de ir ao Ministerio Público. Ele foi afastado de suas funções e vai responder por isso perante a Igreja. A Bíblia mesmo diz que a carne é fraca. Ele cometeu um erro e se responsabiliza por isso, mas não cometeu crime algum. Sua postura vai ser julgada pela Igreja. O crime de estupro de vulnerável não tem qualquer fundamento”, disse o advogado, destacando que o padre é uma pessoa simples e que está muito abalado.

      O padre Emilson esteve na Deam nesta terça acompanhado de seu advogado. Ele levou três testemunhas de que estava senso extorquido pelo pai das jovens, sendo uma delas um padre e a outro ao advogado da Arquidiocese. Ele deixou a delegacia por volta das 14h, mas não quis dar nenhuma declaração.

      A Arquidiocese de Niterói informou, por meio de nota, que está apurando o caso e que o padre Emilson Soares Corrêa foi suspenso temporariamente de suas funções. A entidade garantiu que o indiciado não é responsável por nenhuma paróquia. O padre disse estar afastado desde 23 de novembro de 2012, quando deu entrada no Ministério Público, segundo ele quando passou a ser ameaçado pelo pai das meninas.

      Globo.com

  2. Esse herege Muitos fundamentalistas e protestantes evangélicos adotam uma crença conhecida como “O Arrebatamento”. Existem muitas variações desta doutrina herege. A série popular de livros “Deixados para Trás”, escrita por Tim Lahaye e Jerry Jenkins, apresenta apenas uma dessas variações.

    Para defender suas ideias, os partidários do “Arrebatamento” citam alguns versículos genéricos da Bíblia, inclusive 1Tessalonicenses 4,15-17:”Nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares”.

    E também costumam citar 1coríntios 15,51-52:
    “Na verdade, nem todos dormirão, mas todos serão transformados; num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados”.

    Destas mínimas passagens misteriosas resultam predições detalhadas e precisas que preenchem volumes e mais volumes, complementados com calendários, datas, tabelas e gráficos. A versão apresentada nos livros da série “Deixados para Trás” é denominada “dispensionalismo pré-milenarista e pré-tribulacional”. Sua proposta consiste em afirmar que no futuro a terra experimentará um reinado de Jesus que durarão mil anos. Imediatamente antes deste reinado, os “verdadeiros crentes” serão “arrebatados” por Jesus, ascendendo com Ele de maneira secreta e silenciosa, entra as nuvens. Para eles não importa que a Bíblia mencione uma forte voz e uma trombeta… a maioria dos partidários do “arrebatamento” garante que o evento ocorrerá em segredo.Esta interpretação exagerada assegura que aqueles infelizes que serão “deixados” sofrerão um período de sete anos de tribulações – uma espécie de última chance para a fé.

    Ao findar os sete anos, Jesus retornará para uma Segunda Vinda “extra”, desta vez com legiões de fiéis. Juntos, derrotarão o Anticristo e iniciarão os mil anos do reinado de Jesus sobre a terra. A ironia disto tudo é que os protestantes crêem que é a Igreja Católica quem sustenta ensinamentos “antibíblicos” (apontando a doutrina católica sobre Maria como o maior exemplo), muito embora a crença no “arrebatamento” seja aceita sem questionamentos e com pouquíssima substância bíblica. É irônico também que muitos protestantes que acreditam que a Igreja Católica alterou os seus ensinamentos muitas vezes no decorrer dos séculos, admitam hoje o conceito de “arrebatamento”, sendo que tal doutrina nunca é encontrada na História do Cristianismo, pois não aparece nem na literatura católica, nem na protestante até o século XIX, quando surgiram suas primeiras manifestações nas obras de John Nelson Darby, um ministro fundamentalista que posteriormente se converteu em sacerdote anglicano.

    Os ensinamentos da Igreja Católica sobre o fim dos tempos são muito menos detalhados – e ainda muito menos dramáticos – do que os de John Nelson Darby e Tim Lahaye.É certo que a Igreja sustenta a Segunda Vinda de Jesus. Um exemplo conhecido encontra-se na frase do Credo de Nicéia: “E de novo há de vir em sua glória para julgar os vivos e os mortos”; e há outro na afirmação de São Paulo, de que os crentes serão “levados” até o Senhor.

    No entanto, no tocante a data e a natureza destes eventos, a Igreja diz muito pouco, uma vez que há certas coisas que são reservadas por Deus:
    “As coisas ocultas concernem ao Senhor, nosso Deus; porém, as reveladas, são para nós e para os nossos filhos, para que pratiquemos sempre todas as palavas desta Lei” (Deuteronômio 29,29).
    E, como nos adiantou o Senhor Jesus Cristo:
    “Quanto ao dia e a hora, ninguém sabe – nem os anjos dos céu, nem o Filho, mas apenas o Pai” (Mateus 24,36).

  3. O Emanuelle, como você se relaciona mal com a língua portuguesa!!! Precisa voltar à escola e aprender um pouco mais antes de escrever. A sua confusão teológica sobre o Milênio chega a ser um desastre! Afinal, em qual pensamento você está engajada? Pré-milenista? Pré-milenista Dispensasionalista? Pós-Milenista? Pós-milenista histórico? Amilenista? Você é Protestante? Você é Pentecostal? Neo-Pentecostal? Católica Apostólica Romana? Mostra a sua cara! Diga o que você é.

  4. O caso, Emanuelle, é simplesmente um analfabetismo teológico. Saber dialogar com as diversas convicções teológicas não é só uma questão de conhecer, mas é também, uma arte. Vejo uma ausência extrema desses elementos em sua exposição. Um conselho lhe dou: não se envolva com coisas que você não tem fundamento em falar. O país é livre; mas ser anacrônico é catanice. Deus lhe ajude.

  5. O caso, Emanuelle, é simplesmente um analfabetismo teológico. Saber dialogar com as diversas convicções teológicas não é só uma questão de conhecer, mas é também, uma arte. Vejo uma ausência extrema desses elementos em sua exposição. Um conselho lhe dou: não se envolva com coisas que você não tem fundamento em falar. O país é livre; mas ser anacrônico é catanice. Deus lhe ajude.

  6. Emanuelle, ou Manuel (sei lá!!!)de onde vem tanta ira, raiva, ódio…? Mostre-nos sua linha teológica, filosófica ou sei lá no que você é fundamentado. Se é que alguém encontra algum fundamento consistente em tanta besteira que você escreve. Você precisa é conhecer Deus(Amor). Ele irá curá-lo de tanta falta de personalidade. A serpente, no Éden agia igualmente camuflada!

  7. Tim Lahaye escreveu outros livros além da serie citada da matéria, livros que servos verdadeiros devem ler.

    Alguns comentários postados por aqui são impossíveis de se ler,pois tamanha é a ignorância e a soberba que cega o entendimento dos que os publicam.

    Não vou dizer que foi uma grande perda a sua a partida, afinal um servo fiel quando é usado por Deus permanece para sempre:

    Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 2 Timóteo 4:7

    O que é triste não é a partida de um dos servos do Senhor mas a estupideza arrogante dos que ficam que por causa de uma consciência religiosa institucional não conseguem diferenciar a mão esquerda da direita e ainda se acham no direito de julgar oque não entendem.

    quanto aos filmes citados eles são horríveis e completamente destoantes da obra da serie Deixados para trás.

    E deixo um questionamento aos defensores da loucura religiosa institucional, palavras do Senhor:

    Respondeu mais o SENHOR a Jó, dizendo:
    Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a Deus, responda por isso.
    Jó 40:1,2

    Porventura também tornarás tu vão o meu juízo, ou tu me condenarás, para te justificares?
    Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como ele o faz?
    Jó 40:8,9

    Tem muito mais de onde saiu a sabedoria acima mencionada mas para isto o temor do Senhor e necessário, é há muita falta disto por aqui, triste consciência religiosa morta e corrupta.

    Porque, segundo a obra do homem, ele lhe paga; e faz a cada um segundo o seu caminho.
    Também, na verdade, Deus não procede impiamente; nem o Todo-Poderoso perverte o juízo.
    Quem lhe entregou o governo da terra? E quem fez todo o mundo?
    Jó 34:11-13

    Uma reflexão também pode servir aos que estão nas trevas da soberba e da presunção religiosa:

    Ou dir-se-á a um rei: Oh! Vil? Ou aos príncipes: Oh! ímpios?
    Quanto menos àquele, que não faz acepção das pessoas de príncipes, nem estima o rico mais do que o pobre; porque todos são obras de suas mãos.
    Eles num momento morrem; e até à meia-noite os povos são perturbados, e passam, e os poderosos serão tomados não por mão humana.
    Porque os seus olhos estão sobre os caminhos de cada um, e ele vê todos os seus passos.
    Não há trevas nem sombra de morte, onde se escondam os que praticam a iniqüidade.
    Porque Deus não sobrecarrega o homem mais do que é justo, para o fazer ir a juízo diante dele.
    Quebranta aos fortes, sem que se possa inquirir, e põe outros em seu lugar.
    Ele conhece, pois, as suas obras; de noite os transtorna, e ficam moídos.
    Ele os bate como ímpios que são, à vista dos espectadores;
    Porquanto se desviaram dele, e não compreenderam nenhum de seus caminhos,
    Jó 34:18-27

DEIXE UMA RESPOSTA