Família decide demolir casa após ser aterrorizada por supostos fenômenos sobrenaturais

14

Uma família decidiu demolir sua casa, localizada na zona rural de um município do Rio Grande do Sul, após fenômenos estranhos tirarem o sossego dos moradores do local. De acordo com o G1, os moradores relatam que ouviam barulhos de socos nas paredes, e que pedras caem no telhado e dentro da casa, mesmo com as portas e janelas fechadas. Até mesmo um ritual de exorcismo foi feito no local, mas nada surtiu efeito.

Na casa morava um casal com três filhos, um menino de 8 anos e duas meninas, de 11 e 15 anos. Quando os estranhos fenômenos começaram a acontecer na casa, a família acionou a Brigada Militar.

– Jogavam pedras na casa, como uma chuva. A gente chamava a polícia. Ela vinha, olhava por tudo e não enxergava nada. A casa [estava] toda fechada e enchia de pedra dentro. Depois que acalmou um pouco as pedras, começaram a virar os roupeiros – conta o casal, que preferiu não ser identificado.

Além das pedras, a filha mais velha do casal começou a apresentar um comportamento estranho e, segundo a família, estaria sob influência de algum espírito.


– Um dia, o espírito levou ela para cima da casa, jogou-a para baixo e quebrou a telha – disse a mãe.

Indo ao local, os policiais não teriam conseguido encontrar nenhuma explicação para o caso. Eles afirmam ter presenciado os fenômenos e afirmaram estar espantados com o ocorrido.

– Vimos pedras sendo jogadas ou caindo em cima do telhado da casa, nas paredes. O detalhe é que não quebrava a telha. Nas paredes, não ficava sinal nenhum dessas pedras – relatou o Sargento João Aquino.

Os fenômenos assustaram também os vizinhos da família. Segundo reportagem do Teledomingo, pessoas próximas da família tentaram levá-los para outros lugares, mas os estranhos fenômenos teriam acontecido também nesses lugares.

– Todo mundo está com receio. Deu para ver vários fenômenos, como pedras aparecendo sem ninguém jogar e objetos dentro de casa se movendo sem ninguém tocar. Utensílios domésticos saíram de um lugar para o outro. A gente procurou socorrer a família de várias maneiras. O fenômeno acabou acontecendo lá também conta o agricultor Valdir Antônio Marquioro, que vive perto da casa onde os estranhos fatos aconteceram.

Os estranhos acontecimentos chegaram ao conhecimento da assistência social do município, que designou uma equipe para tentar ajudar a família. A psicóloga Ariane dos Santos afirma que se trata de um problema psíquico na família, mas ressaltou que ela e sua equipe não iram comentar sobre os relatos de pedras voando na residência.

– Nós até teríamos uma explicação técnica e científica. Não vamos falar a respeito de fatos, de pedras voando. O que pode estar acontecendo é no âmbito psíquico. A partir daí, estamos voltando o tratamento para essa família – explicou a psicóloga.

O caso chegou também ao conhecimento do médium Nelson Júnior Paz, que afirma ter exorcizado a filha mais velha do casal, que segundo sua mãe estaria sob algum tipo de influência espiritual.

– O espírito se afastava da menina quando a gente chegava perto da casa. Então, eu me retirei para que ele baixasse nela e eu pudesse fazer o exorcismo. Também perguntei por que ele estava perturbando aquela menina, o que acontecia. A todo momento, ele dizia que queria a vida dela ou a propriedade de volta – afirmou o médium.

Após o ritual de exorcismo, o casal decidiu se mudar do local, e demolir a casa onde os estranhos fenômenos teriam aterrorizado sua família. O pai afirmou que foi a primeira vez em toda sua vida que viu algo do tipo, e declarou que ele e sua família só querem paz.

A família está agora sob os cuidados da assistência social do município, e a Federação Espírita do Rio Grande do Sul também está acompanhando o caso.


14 COMENTÁRIOS

  1. Comentário acusador foi parar em outra matéria. Quanto a “não ter aparecido nenhum pastor ungido”, a reportagem deixa claro que as “autoridades” (como têm feito os “psicólogos”) CHAMARAM “um médium”. Por quê? Porque não chamaram um PASTOR, autêntico? Porque as novelas têm catequizado o povo para que creiam em santos, espíritos, imagens, em qualquer coisa. Menos no DEUS criador que age por meio DO NOME DE JESUS, da sua Palavra, NA BOCA DE UM FILHO AUTÊNTICO, não necessitando que seja um “pastor ungido”, como disse o crítico. Basta ser um FIEL à “Palavra que prevalece”, como outrora ocorreu comigo, em diversas situações de possessão de pessoas.

  2. Isso é um caso claro de disturbio mental, a menina tá gritando por socorro e atenção, dentro do deliro dela. Olha a maneira neandertal como foi tratada, com macumba cristã-espírita.
    Se os caipiras lá dessa cidade tivessem acesso a educação de qualidade, saberiam que casos de transtorno mental assim já foram muito bem documentados, estudados, diagnosticados e tratados. As vezes até curados.
    Mas preferem recorrer à superstição neolítica…. Dá pena. Da adolescente que tá sofrendo, da família ignorante, dos cidadãos preocupados sem saber o que fazer.
    E o pior é que a Globo/RBSTV explora essa tragédia pessoal/familiar fazendo uma reportagem com música macabra e seleção de entrevistas que favorecem sua visão espírita kardecista. Pura divulgação visando só audiência. Reporters dfa capital provavelmente entendem o que tá acontecendo e não ajudam em nada. A psicóloga da Assistência Social nem tem chance contra o charlatonismo místico.
    Uma vergonha que em pleno 2014 hajam pessoas que creem em sobrenatural, demônios e poltergeist….

  3. Olha só como esse povo tem falta de entendimento.
    O demônios estão fazendo a festa e eles chamam os espíritas para socorrê-los.
    Como é que alguém que invoca demônios podem expulsá-los?

    Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra ele próprio. Como poderá então subsistir o seu reino? (Mateus 12:26)

    Não adianta demolir a casa se o problema é espiritual.
    Chamem um pastor alguém com entendimento da palavra de Deus para expulsar esses demônios em nome de Jesus e exortar essa família para aceitarem a Cristo para que esses demônios não voltem.

    • Nos tempos idos Jesus foi acusado pelos sacerdotes e “doutores” da lei de agir sob a tutela do tal satanás….
      Estamos no século XXI e muitos ainda se mantem com pensamento acorrentado à épocas medievais. No caso da reportagem Preconceito e Fanatismo não ajudam em nada…..
      ” O Amor Cobre a Multidão de Pecados”
      Assim como a família., o Espírito necessita de preces(orações) e não de ódio….

  4. GENTE , SE TEM ALGUÉM DO RIO GRANDE DO SUL , OU TENHA CONTATO , PEDE PARA UM PASTOR VISITAR ESSA FAMÍLIA , QUE DEUS ABENÇOE , NÃO É HORA DE DISCUTIR RELIGIÃO AQUI , VAMOS NOS FOCAR EM DEUS , E PEDIR A DEUS POR ESSA FAMÍLIA , QUE DEUS MANDE UM ANJO PARA SOCORRE-LOS , POIS PRECISAM DE LIBERTAÇÃO , O PROBLEMA É ESPIRITUAL E SÓ JESUS PODE SALVA-LOS E QUEBRAR ESSE MAL NA VIDA DELES.

  5. VAMOS ORAR , FAZER UMA CORRENTE DE ORAÇÃO POR ESSA FAMÍLIA , DEVEMOS FAZER NOSSA PARTE COMO VERDADEIROS CRISTÃOS; JESUS VAI ALCANÇA-LOS E VAI HAVER LIBERTAÇÃO.

  6. Deve ser os ‘espíritos’ do Edir Macedo, Malafaia, Valdemiro, RR Soares e outros falsos profetas que está atormentando essa família. Jesus os chamou de “falsos profetas, ministros de satanás” 2Cor. 11:12-15

  7. Esse médium citado é 171…..
    A doutrina Espírita não realiza exorcismos…..( isso é uma ação medieval)
    Outro detalhe: Os fenômenos ocorrem porquê a menina em si é médium inconsciente.

    O ideal seria essa família ser orientada a fazer o culto do evangelho no lar., manter o pensamento elevado e em harmonia.

  8. situaçao que vai se tornar cada vez mais normal,podem se preparar,ou nao depende,se quiserem dar ouvidos a piscologos arrogantes como a criaturinha da materia,que culpou a familia,e para ajudar chamaram um espirita,isso explica alguma coisa,tem gente que sabe o que estou falando.Nao adianta limpar a casa o homem forte e expulso e se nao colocar oque e certo dentro ele volta e tras mais sete piores que ele.Vejam a casa que me refiro nao foi a que demoliram.Quem le entenda.A coisa esta piorando rapidamente e a igreja dorme.

DEIXE UMA RESPOSTA