Filme é criticado por mostrar grupo de amigos manipulando fiéis de uma igreja para arrecadar dinheiro

43

Em setembro irá estrear nos cinemas norte-americanos o filme “Belive Me” (Acredite em Mim, em tradução livre), uma produção que tem como tema central um grupo de amigos que utilizam técnicas de persuasão usadas por pastores famosos na TV para manipular uma igreja e arrecadar dinheiro para uso próprio.

A trama do filme gira em torno de quatro amigos de faculdade que criam uma instituição de caridade cristã falsa e se baseiam no poder de persuasão demonstrado por pastores famosos na TV para arrecadar dinheiro.

O personagem principal, Sam Atwell, interpretado pelo ator Alex Russell, está endividado e precisa conseguir dinheiro em três semanas para pagar sua faculdade. Então, ao perceber que as pessoas se sentem bem em doar, pensando que estão fazendo caridade, ele junta um grupo de amigos para explorar essas pessoas, e ficarem ricos.

Mesmo sem acreditar em nada do que prega, Atwell se passa por um líder cristão, e usa diversas técnicas de persuasão para atingir enganar os fiéis e atingir seus objetivos financeiros. Mesmo antes de seu lançamento, o filme já está sendo alvo de críticas por parte de vários ministérios cristãos.


Diante das críticas que tem recebido, o diretor Will Bakke afirma que o filme é uma obra de ficção, e que sua intenção com a produção e a de gerar risos na audiência, brincando com assuntos sérios. Ele afirma ainda que o filme é uma crítica ao “poder das plataformas” e uma tentativa de “segurar um espelho” para os religiosos de hoje.

O diretor destaca ainda que não é um ateu com o objetivo de denegrir a religião. Ele explica que esse não é um filme cristão e que seu objetivo é lançar para seu público o questionamento: “por que você acredita no que diz que acredita?”.

Assista ao trailer do filme

Assine o Canal

43 COMENTÁRIOS

  1. Vejam o diabo trabalhando firme, o que ele está dizendo, não se aproxime de nenhuma igreja eles vão te roubar, se isto não é o diabo trabalhando para afastar as pessoas da salvação o que é? e vejam o que diz as pessoas gostam de doar, claro que gostam só os avarentos não gostam, mas também não entram no céu.

        • A teologia da prosperidade que foi importada da América, expandiu-se pela África e América Latina, fêz portentosos senhores feudais e que todos se debruçam sobre suas metodologias e vidas cheias de riquezas em detrimento de muitos, que por medo, ganância ou outro sentimento compram de tudo o que se prega sem verificarem a veracidade, se sentindo reconfortados por estarem colaborando com o despotismo a troco de aliviarem suas consciências, não atentando para o que realmente são as boas novas do Evangelho que foi o grande e único sacrifício verdadeiro a morte na carne de Jesus e que é realmente sua crença e aceitação e andar em conformidade com seus preceitos que realmente leva a ser um habitante dos céus de um Jesus ressureto, dedes que sejamos fiéis até o fim. Creio que voce nem se deu conta de ver o último vídeo, pois eu percebí isto de sua parte e fiz minha falação, e te digo, fomos feitos do pó, e o pó habita o universo, voce também querendo ou não é uma poeirinha cósmica, antes, durante e depois, hoje teu reino é animal, amnhão mineral também. KKKK
          by by, solong, very well.

          • Devagar perdes a vergonha e o medo de ser desmascarado e apela. rsrsr. mas diga lá onde está tua igreja neste lugar

          • É isso mesmo Jairo.

            No vídeo 1:58, a parte do versículo que o Apostolo Paulo diz é uma grande verdade.
            A moria que segue a teologia da prosperidade contribui por necessidade por interesse de enriquecer, ter algum beneficio com a contribuição, ninguém dar liberalmente. Se eu dou meu carro, casa, todo o dinheiro da conta bancaria, não é um contribuição sem interesse e sim buscando riqueza da parte de Deus. Alguma promessa mirabolante de prosperidade que esses bispos e pastores enfiam na cabeça do fiel.
            Mas o que vermos é só lideres enriquecendo,se tornando bilionários.

    • NÃO é o diabo trabalhando não

      é apenas um diretor de cinema mostrando toda a verdade por traz da sua religião

      iditotas sustentando os parasitas
      é só isso

        • Amigo do poeirinha, porque vcs. não constroem um templo lá, ou como dizem vão la de casa em casa congreguem na rua nas salas mostrem que a teoria impraticavel pode dar certo.

          • Agora não entendi, os abestados dizem que não precisa de dinheiro,k que pedir oferta e dízimo é roubar que são cães gulosos, e agora diz que não tem dinheiro, o que é que pregam então, como faram para atingir as almas, é só critica mesmo, fazer algo pelo reino só fazem pelo de satanás

          • A VERDADE QUE A RELIGIÃO EVANGÉLICA ESCONDE DOS MEMBROS:

            No novo testamento, a igreja primitiva a partir do livro de atos não há relatos ou sequer menção de que os seguidores de Cristo devessem dizimar… não era mandamento do cristianismo a entrega de dízimo, muito menos em dinheiro.

            ofertas sim, são observadas, mas sempre com um propósito: ajudar os menos favorecidos.

            Nunca se vê no novo testamento pedidos de dízimos e/ou ofertas para que o evangelho fosse pregado. Jesus mesmo quando enviou os discipulos em dois para missão, ainda adverte que eles não deveriam levar alforjes. “de graça recebestes, de graça dai “.

            A pregação do evangelho nunca dependeu de dízimos, o dízimo era mandamento para os judeus exclusivamente. Não há na bíblia um relato sequer de cristão dando dízimo. Jesus jamais tomou dízimo, ou ordenou que se tomasse dízimo em Seu Nome.

            infelizmente, a religião evangélica distorceu elementos do judaísmo, como dízimo, altar, casa de Deus, templo etc, omitindo que em Jesus a lei de moisés foi abolida.

            dizem que quem não dá dízimo não será salvo (mas aonde na bíblia diz isso?) diz que quem não dá dízimo será vitima do devorador, um suposto demonio que ataca as finanças (novamente, aonde na bíblia vemos isso???)

            A verdade é que 15 dizimistas fiéis foram assaltadas dentro da iurd por um ladrão… agora como pode os dizimistas serem vitimas do devorador em plena “casa do tesouro” ?

            (uma pergunta que os pró-dízimos fogem de responder há um mês…)

            Por isso, amparado pela bíblia e pelo que temos visto acontecendo no arraial evangélico, pode-se afirmar com certeza:

            dízimo, a maior mentira da religião evangélica!!!

            (e o silêncio dos pró-dízimos significa: “amém” !!!)

          • Apenas me mostre a tua fé sem obras que te mostra a minha com as obras.
            Sabes bem fé sem obras é morta, espero ver vc. provar aos cristãos nova era que é possível abrir igrejas la.
            Indo vc. mesmo pregar de casa em casa, e claro mate a fome espiritual, e também a humana.
            Estou louco para ver o resultado.
            Claro todos os crentes já sabem o final desta história é só blá blá blá na hora de mostrar tua realidade vira poeira.rsrsrs

          • A VERDADE QUE STARDUST NÃO QUER QUE VC. CONHEÇA.
            Um estudo realizado nos Estados Unidos pelo State of the Plate, apontou que as pessoas que os dizimistas têm um maior controle de sua vida financeira do que as pessoas que não adotam a prática. O objetivo do estudo foi lançar um olhar mais atento sobre as práticas financeiras, espirituais e práticas de doação de pessoas que dão 10 por cento ou mais do seu rendimento para igrejas e instituições de caridade a cada ano.

            Os resultados foram classificados como ‘sem precedentes’ por seus organizadores, que compararam dizimistas com não-dizimistas através de nove indicadores de saúde financeira, descobrindo que os dizimistas apresentavam resultados melhores em cada uma das categorias.

            Entre os indicadores medidos pelo estudo, foi constatado que entre os dizimistas 80 por cento não têm contas de cartão de crédito não pagos, 74 por cento não devem nada em seus carros, 48 por cento possuem sua casa própria e 28 por cento estão livre da dívida.

            – O estranho é, um dizimista olha para aquilo e diz para si mesmo: ‘Bem, eu estou melhor porque eu dou.’ O não-dizimista olha para aquilo e diz, ‘Oh, eles dão porque estão melhores”, disse Brian Kluth, responsável pelo estudo.

            – Nunca antes este grupo foi estudado, e acho que para cada pastor e líder da igreja e líder eclesiásticos seria útil se eles entendem isso – afirmou Kluth ao The Christian Post.

            – Estamos no meio de um declínio de 40 anos no percentual que os cristãos dão, e precisamos ver um movimento de generosidade nos Estados Unidos, que os cristãos abracem novamente a generosidade como um valor espiritual, mas não por causa do orçamento igreja, mas por causa da Bíblia. As igrejas tornaram o dar em torno do orçamento, e não se trata de orçamento, se trata da Bíblia. – completou.

            A pesquisa, que foi conduzida pela “Generosidade Máxima”, entidade fundada por Kluth, e co-patrocinada por ECFA, Christianity Today and Evangelical Christian Credit Union, gerou um relatório completo de 27 páginas, intitulado “20 Verdades sobre dizimistas”, que mostrou também que entre os cristãos que não dizimam e têm dificuldade em dar, 38 por cento dizem que é porque eles não podem pagar, 33 por cento dizem que tem muita dívida e 18 por cento dizem que o seu cônjuge não concorda com o dízimo.

            Outro dado levantado pelo estudo foi que 70 por cento fazem suas doações com base em sua renda bruta ao invés de seus rendimentos líquidos, e 77 por cento dão mais do que os 10 por cento tradicional.

          • A VERDADE QUE O CLAMANDO NÃO QUER QUE VC CONHEÇA SENÃO ELE VAI TER QUE COMEÇAR A TRABALHAR:

            um levantamento feito pela revista forbes elencou os 5 religiosos mais ricos do Brasil. Em comum, todos são evangélicos e recebem dízimos.

            edir macedo, valdemiro, silas malafaia, rr soares, casal hernandez.

            enquanto isso 15 membros são assaltados em plena iurd… o devorador fez a festa e levou tudo dos dizimistas fiéis em plena “casa do tesouro”.

            Dízimo, a maior mentira da religião evangélica.

  2. O diabo nao precisa fazer com que as igrejas aqui na terrinha maravilhosa se envergonhem,ja tem bastante falsos pastores,apostolos,missionarios e profetas,fazendo isto.Sao exercitados na ganancia,avareza e mentira,dao mal testemunho toda hora,principalmente agora em epoca de eleiçoes,agem como um bando de hienas.Sem falar do tal povo,que fez a opçao de enfiar a cabeça na terra e entregar al iberdade nas maos dos mercenarios da fe,que sao tantos que nem da para listar aqui.Mas quem tem discernimento sabe do que falo.

  3. Uma demonstração realística do que acontece diariamente nos mais diversos templos que os falsos profetas chamam de ‘casa de deus’ A bíblia diz que Deus não mora em “templos feito pelas mãos dos homens” e que Jesus de tão pobre “não tinha nem onde dormir” (Mateus 6:6,7; 8:19-22). Só a pessoa sendo MUUUIIIIITO IDIOTA para pegar o que é seu e doar a esses estelionatários da fé. ACOOOOOOOOOORDEM!!!!

  4. Todo mundo sabe que é assim que funciona essas igrejas. Primeiro os seus interesses e depois os seus interesses. São uns dos maiores milionários do mundo. Tem gente que acredita que tudo é pela fé e amor ao nosso Deus.

  5. Testemunho de “Meire” Rosy

    Lamentável, mas já não me espanto com nada que venha deste homem, que se intitula bispo e seus soldadinhos robóticos que se intitulam de pastores ou bispos; Cada vez mais me enojo diante de tanta arrogancia e hipocrisia vinda destes lobos.
    É incrível,mas verídico o fato deles desejarem e torcerem ardentemente que a pessoa se lasque toda na vida só por que ela deixou de frequentar, ou como no meu caso, deixou de ser escrava(obreira), de lobos enganadores na pseudo-igreja.Foram 17 anos me aprofundando naquele lugar,onde mais de 7 foram de pura servidão, porém na época tudo que eu fazia, desde cuidar do suposto altar á lavar o banheiro,ou orar por alguém, fazia tudo com amor e inteireza de coração;Mas com o tempo tudo começa a ser vaidade, devido á doutrina ensinada e a convivencia passamos a nos sentir altivos,prepotentes arrogantes,intolerantes,materialistas,tanto quanto nossos lideres,e ai de quem não entrar nesse ²espírito²; Depois nos tornamos hipócritas frustrados devido a ilusão da tal teologia da prosperidade, que nunca acontece na vida dos obreiros ou do povo, só prospera mesmo é a corja de lobos; Mas quando ousamos á perguntar porque nada acontece se foi feito tuudo conforme eles mandaram,ou seja, colocamos tuudo,todo nossos recursos financeiros dentro do maldito envelope da maldita ²fogueira santa² e o ²milagre² não aconteceu, anos após anos a resposta é sempre a mesma:²deus não falha então voce é que não fez direito o perfeito sacrificio, voce falhou, ve se na próxima faça um sacrificio perfeito, voce terá 6 meses p/ preparar(pq lá a disgraça toda que era de ano em ano deu tanto lucro que resolveram fazer a cada 6 meses, e ai dáquele que não entregar tudinho mesmo,não pode deixar nem do pão ou do leite do filho,pq se assim o fizer, voce não confiou em deus²!!
    Pela misericordia de Deus fui resgatada dáquele covil e cairam-me as escamas dos olhos e aberto meu entendimento ao Verdadeiro e puro Evangelho da Graça,pois o que eu conhecia era o ²evangelio da barganha c/ deus²
    Agradeço todos os dias por tão grande salvação, eu era cega agora vejo!Glória á Deus!

  6. A VERDADE QUE A RELIGIÃO EVANGÉLICA ESCONDE DOS MEMBROS:

    No novo testamento, a igreja primitiva a partir do livro de atos não há relatos ou sequer menção de que os seguidores de Cristo devessem dizimar… não era mandamento do cristianismo a entrega de dízimo, muito menos em dinheiro.

    ofertas sim, são observadas, mas sempre com um propósito: ajudar os menos favorecidos.

    Nunca se vê no novo testamento pedidos de dízimos e/ou ofertas para que o evangelho fosse pregado. Jesus mesmo quando enviou os discipulos em dois para missão, ainda adverte que eles não deveriam levar alforjes. “de graça recebestes, de graça dai “.

    A pregação do evangelho nunca dependeu de dízimos, o dízimo era mandamento para os judeus exclusivamente. Não há na bíblia um relato sequer de cristão dando dízimo. Jesus jamais tomou dízimo, ou ordenou que se tomasse dízimo em Seu Nome.

    infelizmente, a religião evangélica distorceu elementos do judaísmo, como dízimo, altar, casa de Deus, templo etc, omitindo que em Jesus a lei de moisés foi abolida.

    dizem que quem não dá dízimo não será salvo (mas aonde na bíblia diz isso?) diz que quem não dá dízimo será vitima do devorador, um suposto demonio que ataca as finanças (novamente, aonde na bíblia vemos isso???)

    A verdade é que 15 dizimistas fiéis foram assaltadas dentro da iurd por um ladrão… agora como pode os dizimistas serem vitimas do devorador em plena “casa do tesouro” ?

    (uma pergunta que os pró-dízimos fogem de responder há um mês…)

    Por isso, amparado pela bíblia e pelo que temos visto acontecendo no arraial evangélico, pode-se afirmar com certeza:

    dízimo, a maior mentira da religião evangélica!!!

    (e o silêncio dos pró-dízimos significa: “amém” !!!)

    • clamando disse: 23 de maio de 2013 ás 6:25 pm
      contra fatos a argumentação a textualização, as bravatas e mentiras do pai das safadesas mãe das malandragens e de simas, esperneiam usam de tudo que é tipo de bravatas joguetes difamações, mas a verdade é só uma, eles são ateus e desviados com vidas destruidas sem emprego vivem as custas de outros não produzem nada, não tem nada, são um zero a esquerda

      • um levantamento feito pela revista forbes elencou os 5 religiosos mais ricos do Brasil. Em comum, todos são evangélicos e recebem dízimos.

        edir macedo, valdemiro, silas malafaia, rr soares, casal hernandez.

        enquanto isso 15 membros são assaltados em plena iurd… o devorador fez a festa e levou tudo dos dizimistas fiéis em plena “casa do tesouro”.

        Dízimo, a maior mentira da religião evangélica.

  7. Um estudo realizado nos Estados Unidos pelo State of the Plate, apontou que as pessoas que os dizimistas têm um maior controle de sua vida financeira do que as pessoas que não adotam a prática. O objetivo do estudo foi lançar um olhar mais atento sobre as práticas financeiras, espirituais e práticas de doação de pessoas que dão 10 por cento ou mais do seu rendimento para igrejas e instituições de caridade a cada ano.

    Os resultados foram classificados como ‘sem precedentes’ por seus organizadores, que compararam dizimistas com não-dizimistas através de nove indicadores de saúde financeira, descobrindo que os dizimistas apresentavam resultados melhores em cada uma das categorias.

    Entre os indicadores medidos pelo estudo, foi constatado que entre os dizimistas 80 por cento não têm contas de cartão de crédito não pagos, 74 por cento não devem nada em seus carros, 48 por cento possuem sua casa própria e 28 por cento estão livre da dívida.

    – O estranho é, um dizimista olha para aquilo e diz para si mesmo: ‘Bem, eu estou melhor porque eu dou.’ O não-dizimista olha para aquilo e diz, ‘Oh, eles dão porque estão melhores”, disse Brian Kluth, responsável pelo estudo.

    – Nunca antes este grupo foi estudado, e acho que para cada pastor e líder da igreja e líder eclesiásticos seria útil se eles entendem isso – afirmou Kluth ao The Christian Post.

    – Estamos no meio de um declínio de 40 anos no percentual que os cristãos dão, e precisamos ver um movimento de generosidade nos Estados Unidos, que os cristãos abracem novamente a generosidade como um valor espiritual, mas não por causa do orçamento igreja, mas por causa da Bíblia. As igrejas tornaram o dar em torno do orçamento, e não se trata de orçamento, se trata da Bíblia. – completou.

    A pesquisa, que foi conduzida pela “Generosidade Máxima”, entidade fundada por Kluth, e co-patrocinada por ECFA, Christianity Today and Evangelical Christian Credit Union, gerou um relatório completo de 27 páginas, intitulado “20 Verdades sobre dizimistas”, que mostrou também que entre os cristãos que não dizimam e têm dificuldade em dar, 38 por cento dizem que é porque eles não podem pagar, 33 por cento dizem que tem muita dívida e 18 por cento dizem que o seu cônjuge não concorda com o dízimo.

    Outro dado levantado pelo estudo foi que 70 por cento fazem suas doações com base em sua renda bruta ao invés de seus rendimentos líquidos, e 77 por cento dão mais do que os 10 por cento tradicional.

    • um levantamento feito pela revista forbes elencou os 5 religiosos mais ricos do Brasil. Em comum, todos são evangélicos e recebem dízimos.

      edir macedo, valdemiro, silas malafaia, rr soares, casal hernandez.

      enquanto isso 15 membros são assaltados em plena iurd… o devorador fez a festa e levou tudo dos dizimistas fiéis em plena “casa do tesouro”.

      Dízimo, a maior mentira da religião evangélica.

DEIXE UMA RESPOSTA