Hackers invadem Twitter da Igreja Universal e publicam mensagens de apologia ao homossexualismo

10

O ativismo gay resolveu agir de forma intensa também na internet, e na última quarta-feira, 17 de junho, hackers invadiram o perfil da Igreja Universal do Reino de Deus no Twitter e publicaram mensagens de apologia à homossexualidade.

Uma das publicações pedia que os seguidores da igreja no Twitter demonstrassem amor pelos homossexuais: “Amem as travestis. Amem os gays. Amem todos”, dizia o tweet.

Os hackers ativistas gays também publicaram uma mensagem em referência à empresa de cosméticos O Boticário, que recentemente veiculou um comercial sobre o Dia dos Namorados em que casais heterossexuais e homossexuais trocavam presentes.

“O Boticário mostrou um amor que incomodou a muitos homens. Mas não incomodou a Deus. Isso é amor”, dizia a publicação, fazendo referência às críticas do pastor Silas Malafaia à empresa.


À época, o líder evangélico publicou um vídeo em seu canal no YouTube pedindo que os evangélicos boicotassem a empresa por causa da promoção da ideologia gay em uma grande mídia de massa, que é a televisão.

O comercial, veiculado pela empresa também na internet, vinha dividindo opiniões até a manifestação de Malafaia. Porém, após o pedido de boicote, a aprovação ao comercial aumentou substancialmente, e a ação do pastor foi considerada um tiro no pé.

Ainda dentro do mesmo contexto, o site do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi invadido por hackers no domingo 07 de junho, dia da realização da Parada Gay em São Paulo. Na página principal, foi colocada uma imagem com as cores da bandeira do ativismo gay e uma montagem de um Jesus Cristo com o rosto de um ator negro.

A Igreja Universal do Reino de Deus se manifestou através da assessoria de imprensa e afirmou que “já foram tomadas as providências cabíveis para o restabelecimento do controle da conta” da denominação no Twitter.

twitter igreja universal


10 COMENTÁRIOS

  1. Há tempos atrás quando não existia internet, as pessoas viviam melhores dentro das suas passividades e respeito, hoje, com esse meio de comunicação tão maravilhoso, onde todos dizem o que querem, nos parece ter inflamado uma guerra eletrônica. Que Deus em nome de Jesus, tenha misericórdia do nosso povo.

      • Amem Amem e Amem e Aleluias Também
        que coisa não, mas isto na verdade é merecido por quem apoia a o aborto, para quem se cala quando toda uma sociedade luta para manter o país como sociedade hetera e familar com regras de fé e de moral e bons costumes, a unifernal deixa claro seu negócio é um negócio só deles é arrecadar.

  2. Isso tudo não levará a nada, absolutamente nada.
    Como diz o velho ditado, “enquanto os cães ladram, a caravana passa.”
    Ambos que estão nessa guerrinha idiota e quer ser o vencedor, aquietai.
    Melhor maneira de ser superior é se afastando do local que se encontra carregado de energia negativa, com a finalidade de evitar o pior. Demonstrando uma prova de superioridade e não de covardia.
    Quem desses tiver um pouco de inteligência, cala-se. Use a arma do amor para derrotar o ódio.

  3. Do site pragmatismopolítico, trancrevo o texto contendo as duras palavras de Boechat ao Silas Malafaia. As palavras foram tiradas do vídeo que segue abaixo:

    “Ô, Malafaia, vai procurar uma rola, vai. Não me enche o saco. Você é um idiota, um paspalhão, um pilantra, tomador de grana de fiel, explorador da fé alheia. E agora vai querer me processar pelo que eu acabei de falar, porque é isso que você faz. Você gosta muito de palanque, e eu não vou te dar palanque porque você é um otário”, afirmou.

    A resposta do apresentador não parou por aí. “Em nenhum momento – é pegar as minhas falas que estão todas gravadas – eu disse qualquer coisa que generalizasse esse comentário. Até porque, diferente de você, não sou um idiota. Você é homofóbico, uma figura execrável, horrorosa, e que toma dinheiro das pessoas a partir da fé”, adicionou.

    “Eu não sou rico porque tomei dinheiro das pessoas pregando salvação depois da morte. O meu salário, meus bens, meus patrimônios vieram do meu suor, não do suor alheio”, completou Boechat. “Você é um charlatão, cara, que usa o nome de deus, de cristo para tomar dinheiro de fieis. Você é tomador de grana, você e muito outros.”

    Para finalizar, o âncora do Jornal da Band garantiu não temer represálias orquestradas por Malafaia. “Não tenho medo de você não, seu otário. Vai procurar uma rola, repetindo em português bem claro.”



    Assine o Canal
  4. Tratando-se de hacker, obviamente que não dá para afirmar que foi um gay, quanto mais um ativista gay. Pode ter sido qualquer um, inclusive algum homofóbico agindo no intuito de expor os gays e representá-los mal diante dos crentes ou até mesmo um adolescente hétero que resolveu defender os gays dessa forma, digamos, não convencional.

    • Representa-los mal diante dos Crentes? tá saltando corguinho alias corguinho não rio mesmo, qual e jacare, e e evidente que são os tais que fizeram isto, pois os tais escumam suas bocas de raiva dos Crentes por sermos em um milhão de por cento contra suas praticas mais que pecaminosas, apesar de que, ,mesmo nesta tão tenebrosa trevas existe pessoas com comportamentos muito mas muito alem destas pestes da tal parada cor de rosa, por encrivel que pareça, tem muitos com carater e indole boas, mas isto tira um em dez, a porcentagem e baichissima com ch, a tal parada cor de rosa os apresenta mal e muito mal perante os Crentes,

  5. Mas o cristão verdadeiro tem que amar os homosexuais mesmo! Concordar não mas amar sim. A Bíblia diz que devemos amar o próximo como a nós mesmos, que devemos orar pelos que nos perseguem. Vamos orar, evangelizar e amar ao invés de ficar nessas guerra.

DEIXE UMA RESPOSTA