Igreja cria culto na madrugada para que funcionários de restaurantes possam participar

0

A ideia de comunidade é o que dá sentido à existência de uma igreja, e por isso, uma denominação resolveu flexibilizar seus horários de culto para que trabalhadores de restaurantes na região pudessem participar das celebrações.

A Sunset Avenue Baptist Church, em Rocky Mount, cidade com pouco mais de 56 mil habitantes no estado da Carolina do Norte (EUA), resolveu iniciar um culto na madrugada de domingo para segunda, feito para garçons, cozinheiros, seguranças e outros profissionais que atuam nos restaurantes da região.

Os primeiros a serem beneficiados são os funcionários de um restaurante chinês na própria cidade. A ideia surgiu depois que um grupo internacional chamado Amigos dos Funcionários de Restaurantes (FIRE, na sigla em inglês) sugeriu uma ação nesse sentido.

O FIRE é um ministério iniciado pelo pastor Kewen Dong, da Igreja Chinesa Americana, segundo informações do Christian Telegraph. “Existe 1 milhão de trabalhadores de restaurantes chineses que vivem nos Estados Unidos. Muitos deles vivem em pequenas cidades onde não têm uma comunidade ou igreja chinesa. Essas pessoas vivem em condições muito, muito isoladas”, comentou Dong.


Sua iniciativa para ajudar seus compatriotas começou em 2006, na Virgínia, e quatro anos depois ele iniciou o mesmo trabalho na Carolina do Norte, em uma parceria com as igrejas batistas. Além do culto, Dong ministra estudos bíblicos mensais e vem expandindo esse projeto para outras cidades do estado.

Dong revelou que na China, foi obrigado pelas autoridades a deixar sua família para trabalhar na roça. Esse distanciamento da família durou anos, mas serviu para aprofundar sua fé em Deus. Quando o governo resolveu convocá-lo para estudar medicina, ele conseguiu chegar aos Estados Unidos, onde abandonou os estudos, conseguiu asilo e passou a dedicar-se ao ministério pastoral.

“Quando olho para trás eu vejo como Deus tem estado comigo em todos os meus caminhos”, concluiu Dong, explicando o motivo de sua dedicação em manter a comunidade chinesa nos EUA unida e espiritualmente alimentada.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA