Igreja realiza culto de estudo regado a cerveja e destina arrecadação para implantar filial

17

Uma igreja no Havaí resolveu agir de forma ousada para atrair frequentadores para os cultos e resolveu oferecer cerveja para quem comparecesse às celebrações com estudo da Palavra.

Assim, o pastor da Apologia Church, Marcus Pittman, organizou uma conferência com degustação de cervejas e tatuagens, e disse tratar-se de uma estratégia para aumentar a arrecadação da denominação para custear a implantação de uma filial.

E a ideia de oferecer cerveja, segundo Pittman, foi mais atraente para o público do que a oferta de bolos: “Esta uma forma de arrecadar fundos para a Apologia Church em Kauai. As pessoas da igreja estão doando para que outro membro da igreja faça uma tatuagem. Então eles podem ir para Kauai e nós podemos plantar uma igreja lá”, afirma Pittman.

O evento, chamado ReformCon, atraiu bastante membros e visitantes: “Este ticket permite que você deguste algumas cervejas do Boulders on Broadway. Todos os valores arrecadados serão para plantar nossa igreja em Kauai!”, descreve a página da conferência. “Boulders é um local que oferece comida, cerveja artesanal, passeios de bicicleta, escalada e aventura, com 30 torneiras de chope e 70 garrafas de cerveja artesanal”, acrescenta.


A jornalista Jennifer LeClaire, editora da revista evangélica Charisma News, criticou a iniciativa: “Por que é tão necessário que a igreja e o Evangelho se encaixem na cultura moderna? A cultura moderna não deve ditar as mensagens que pregamos ou os eventos que organizamos. O evangelho de Jesus Cristo não é obrigado a atender uma cultura, quando a cultura é que deveria se curvar a Jesus Cristo”, pontuou.

Para LeClaire, é possível que a essência da mensagem se perca em cultos assim: “No fim das contas, eventos à base de cerveja são realmente edificantes? Estamos realmente levando pessoas à verdadeira salvação depois de uma garrafa de cerveja vazia?”, questionou.

Ao final, a jornalista opinou que permitir o consumo de álcool dentro dos templos é um passo em direção à apostasia: “Promover evangelismo é uma coisa, mas basear a sua estratégia de crescimento em cervejas é outra. Será que algumas estratégias de evangelismo e de crescimento da igreja estão comprometendo o corpo de Cristo com o espírito do mundo?”.


17 COMENTÁRIOS

  1. O GospelMais bem poderia trocar o nome para GolpelMENOS. É uma revistinha que publica notícia de gente famosa do mundo gospel (Gospel?). Se lermos com atenção a matéria com o título Igreja realiza culto de estudo regado a cerveja, Marcus Pittman “pastor” da i-Breja está certo. Sua motivação é aumentar a arrecadação da denominação. Primeiro uma pint, depois, com a cabeça regada à cerveja, o estudo da palavra. São meios mundanos de atrair pessoas carnais que não vão mudar de vida. Ele não é o único. Quem não conhece ou nunca participou de campanhas de arrecadação cuja finalidade é construir templos, adquirir chácaras para retiro “espiritual”, comprar avião etc.?
    A imprensa bem poderia parar de chamar de Evangélicos grupos que não o são. Aliás, nem precisaria publicar matérias inúteis. Vou facilitar: e·van·gé·li·co significa Do Evangelho; conforme manda o Evangelho; que segue a lei de Cristo.

  2. Será que as “igrejas” aqui no Brasil, que tb promovem “eventos”, como “baile gospel”, “funk gospel”, e outras e outras “bizarrices”, dentro dos templos, tb não estão na mesma linha dessa “igreja” em pauta?. Amados chegou a hora de vigiar-mos, pois o “enganador”, esta na terra, fazendo sua propaganda. Abre teu olho “Igreja”.

  3. É lamentável todos estes comentários sem consistência e base! A Igreja Evangélica Brasileira tem a moral fundamentalista! O Cristianismo Protestante Europeu e Americano nunca possuiu tal visão!!!

  4. Menos mal que esse pseudo pastor está bem longe do Brasil. Por aqui já temos enganadores demais. Mas, pior para esses que se deixam enganar e que acorrem a esses encontros regados a cervejas,cigarros, drogas, promessas de milagres, de prosperidade material e se iludem que estão indo ao encontro com o Deus Santo,Santo, Santo! Ao contrário, estão dando as mãos a Satanáz e caminhando para o inferno. Sem volta!

  5. Francisco Ribamar Savino Junior ESSA DOEU NÉ? SE FOSSE DE OUTRO CREDO RELIGIOSO VOCÊS ESTARIAM CAINDO DE PAU, MAS COMO É EVANGÉLICO AÍ NÃO, NÉ? BIZARRICE GOSPEL SIM. QUER VOCÊ QUEIRA, QUER NÃO QUEIRA.

  6. O GospelMais bem poderia trocar o nome para GolpelMENOS. É uma revistinha que publica notícia de gente famosa do mundo gospel (Gospel?). Se lermos com atenção a matéria com o título Igreja realiza culto de estudo regado a cerveja, Marcus Pittman "pastor" da i-Breja está certo. Sua motivação é aumentar a arrecadação da denominação. Primeiro uma pint, depois, com a cabeça regada à cerveja, o estudo da palavra. São meios mundanos de atrair pessoas carnais que não vão mudar de vida. Ele não é o único. Quem não conhece ou nunca participou de campanhas de arrecadação cuja finalidade é construir templos, adquirir chácaras para retiro "espiritual", comprar avião etc.?
    A imprensa bem poderia parar de chamar de Evangélicos grupos que não o são. Aliás, nem precisaria publicar matérias inúteis. Vou facilitar: e·van·gé·li·co significa Do Evangelho; conforme manda o Evangelho; que segue a lei de Cristo.

  7. Será que as "igrejas" aqui no Brasil, que tb promovem "eventos", como "baile gospel", "funk gospel", e outras e outras "bizarrices", dentro dos templos, tb não estão na mesma linha dessa "igreja" em pauta?. Amados chegou a hora de vigiar-mos, pois o "enganador", esta na terra, fazendo sua propaganda. Abre teu olho "Igreja".

DEIXE UMA RESPOSTA