Igrejas evangélicas organizam trabalho voluntário para auxiliar candidatos do Enem

2

Durante as provas do Enem neste fim de semana, algumas igrejas evangélicas organizaram grupos de trabalho voluntário para auxiliar os candidatos dessa que é uma das principais provas da vida de grande parte dos estudantes brasileiros.

Na cidade de Divinópolis, em Minas Gerais, uma turma de voluntários da Igreja Batista Vale das Bênçãos distribuiu abraços e fez orações com os candidatos, para ajudá-los a controlar o nervosismo. A ação aconteceu em frente ao campus da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), onde milhares de estudantes se reuniram para fazer a prova.

– Um abraço e uma oração podem ajudar na hora da prova, pela graça – explicou o voluntário Paulo Henrique Costa.

A ação foi bem recebida pelos estudantes, que aprovaram o carinho oferecido pelos voluntários da igreja evangélica.


– É muito bom, principalmente por causa da concentração e por fazer lembrar de Deus, que é o principal – comentou a assistente social, Isaura Dutra.

Em Macaé, no interior do Rio de Janeiro, os candidatos que chegaram aos locais de prova receberam um kit com caneta, biscoito e água de um grupo de jovens e adolescentes da Igreja Presbiteriana da cidade, que integram o grupo Juventude+1.

Com a participação de 60 voluntários, o grupo distribuiu 3.500 kits para os candidatos. O kit é formado por caneta esferográfica, um biscoito de água e sal, um copo de água mineral, um marcador de página e um livro do novo testamento, todos dentro de uma sacola com a logomarca do grupo.

– Além dos kits, que é um material útil a quem vai fazer a prova, buscamos encorajá-los com uma mensagem de confiança, através das faixas, e demostrar o amor de Cristo através de uma ação sem segundas intenções – comentou Israel Alves, coordenador geral do Juventude+1, segundo o G1.

Os voluntários da Igreja Presbiteriana se reuniram na Cidade Universitária, Castelo, IFF, Estácio de Sá, Luiz Reid, Matias Neto, Claudio Moacyr, Irene Meireles e 1º de Maio, os principais locais de provas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Proselitistas ao ponto de encher o saco, esses fundamentalistas não perdem a chance de torrar a paciência das pessoas. Em um país onde há uma igreja em cada esquina, essa gente insiste em fazer seu proselitismo até na rua. Ô povinho chato!!!

    • Caro amigo, tenha cuidado que a cristianofobia pode te fazer morrer de uma para cardiaca, enquanto você perde o seu tempo jogando todo o ódio que você tem em cima de nós, poderia canha-lo ajudando a alguem que precisa de uma palavra amiga para ter mais força para enfrentar os problemas da vida !

    • Caro amigo, tenha cuidado que a cristianofobia pode te fazer morrer de uma para cardiaca, enquanto você perde o seu tempo jogando todo o ódio que você tem em cima de nós, poderia ganha-lo ajudando a alguem que precisa de uma palavra amiga para ter mais força para enfrentar os problemas da vida !

DEIXE UMA RESPOSTA