Destaque

“Ser insensível ao sofrimento das pessoas não é atitude cristã”, afirma teólogo Jung Mo Sung. Leia na íntegra

Comments (0)
  1. Benjamin Bee disse:

    Demorou pra aparecer uma matéria com sentido cristão. Finalmente! Sabedoria é isso. Não sei até onde ele vai com ela, mas o que está aqui neste pequeno trecho dessa entrevista é muito sugestivo do até onde ele pode chegar.

  2. Cesar Cunha disse:

    Opiniaominha, mas achei heretico.

  3. Uma coisa é se preocupar com o próximo; outra é querer brincar de Deus tentando reconstruir a sociedade humana a partir de ideais abstratos, fundados no materialismo histórico concebido por Marx. Não somos sábios, tampouco virtuosos, o suficiente para tal. A teologia da libertação, cuja versão protestante é a missão integral, tenta levar essa utopia baseada na arrogância para dentro da igreja.

  4. E, outra coisa, Noberto Bobbio diz que há um conflito de valores entre esquerda e direita. A esquerda prefere uma sociedade mais igualitária, e menos libertária. A direita prefere mais liberdade, e menos igualdade. Direita não é a simples aceitação da pobreza. Isso é simplista demais.

  5. Boa matéria. Como o próprio Jung disse, faz as pessoas pensarem e talvez faça algumas agirem. Posso não concordar com tudo que ele disse nos mínimos detalhes, mas é justamente essa postura que tem feito falta no Cristianismo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *