IstoÉ revela que investigado corroborou versão de Malafaia sobre oferta de R$ 100 mil

0

O pastor Silas Malafaia repercutiu em vídeo uma reportagem da revista IstoÉ que reforça os argumentos apresentados por ele contra a acusação de lavagem de dinheiro no escândalo investigado pela Operação Timóteo.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) comemorou a declaração do advogado Jader Alberto Pazinato, acusado de integrar o esquema de corrupção nos royalties da exploração mineral, que pode terminar abolvendo-o.

A jornalista Débora Bergamasco publicou em sua coluna na revista que Pazinato está negociando uma delação premiada com a Procuradoria-Geral da República, oferencendo provas que tem contra funcionários do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), além de três conselheiros do Tribunal de Contas do Pará.

Na negociação de delação premiada, o investigado “não diz nada” sobre Malafaia, informou Bergamasco. “O motivo é que o dinheiro era limpo e, portanto, o pastor não tinha que desconfiar de lavagem alguma, sustentam interlocutores do advogado”, noticiou a jornalista.


O pastor comentou a matéria, dizendo que assim como já havia “descido o bambu” em outras oportunidades, precisava elogiar a postura correta da IstoÉ em divulgar os fatos de maneira ampla e completa.

Quando a Operação Timóteo foi deflagrada, em dezembro de 2016, Malafaia foi alvo de uma ordem de condução coercitiva por parte da Justiça, a pedido da Polícia Federal. O pastor compareceu espontaneamente e prestou depoimento sobre o caso, apresentando sua versão dos acontecimentos e, inclusive, extratos bancários.

+ Jornalista já havia confirmado versão de Malafaia sobre os R$ 100 mil: “Era oferta”

“Isso foi uma bandidagem para me denegrir. Você acha que se fosse lavagem de dinheiro eu depositaria o cheque na minha conta e declararia no imposto de renda?”, questionou, antes de acrescentar que colocou “na mão de Deus” as pessoas que o difamam nas redes sociais e imprensa em geral. Assista:

Assine o Canal

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA