Líder religioso mata fiel para ressuscitá-lo em seguida e provar que realizava “milagres”

38

Um líder religioso foi preso por matar um fiel durante um culto para provar que ele poderia trazê-lo de volta à vida com suas preces.

Um porta-voz da Polícia de Punjab disse que o pir Saddar Muhammad Sabir, da aldeia Mubarakabad em Bahawalnagar, ganhou popularidade ao longo dos últimos cinco anos por conta de sua suposta capacidade de realizar “milagres”.

No dia 16 de setembro, uma terça-feira, ele anunciou que ele podia trazer a vida de volta a um homem morto. O pir (título dado a anciãos que exercem liderança religiosa em um segmento do islamismo) estabeleceu como requisito que o voluntário deveria ser casado e ter filhos.

Sabir escolheu Muhammad Niaz, 40 anos, um trabalhador diarista e pais de seis filhos e que havia se candidatado para o “milagre”. Na quarta-feira (17), Niaz foi colocado sobre uma mesa em uma praça, onde foi teve suas mãos e pernas amarrados.


De acordo com a Polícia, Sabir cortou a garganta do voluntário sob o olhar das pessoas. Uma das testemunhas, indignada, ligou para a Polícia e contou sobre o ritual que estava sendo feito em praça pública.

Quando a Polícia chegou ao local, constatou que o voluntário estava morto e não havia ocorrido nenhum “milagre”.

Segundo informações do site Express Tribune, o pir havia proferido algumas palavras para trazer Niaz de volta à vida, mas se deu conta de que o “milagre” não aconteceria e tentou fugir.

Ele foi detido pelos moradores e entregue à Polícia, que constatou que ele costumava pedir ao dono de uma loja de animais para doar aves e cães,para que pudesse salvar os moradores de magia negra.

Samina, irmã da vítima, disse que Niaz havia se sacrificado para ajudar o líder espiritual a provar o “milagre”: “Por que eu deveria chorar quando eu sei que o meu irmão está no céu?”, questionou. “Ele vai ser recompensado por seus serviços para o líder espiritual em vida após a morte”.


38 COMENTÁRIOS

    • Devia ter começado com formigas, depois galinhas, depois burros, depois aí parava, pois se burros e demais conseguirem ressuscitar, bastava esperar alguém morrer e depois ressuscitar, nada de matar e tentar reavê-lo, pois isto é tentar o Senhor nosso Deus, resposta dada por Cristo ao diabo, mas o pessoal não lê, aí da nisso.

    • Não duvido.

      Não duvido mais nada dessa religião fundamentalista que é o evangelismo. Tem grupos lamentáveis dentro dela e que envergonham os que são sensatos e coerentes.

      • Shash,

        Todos os grupos religiosos possuem, quando não deveriam, figuras estranhas, hábitos e ritos incompatíveis.

        Mas tais não ocorrem apenas no evangelismo.

      • Slash,
        O problema é que algumas pessoas com distúrbios psiquiátricos procuram na religião alívio para seus problemas, e, não raro, ascendem ao pastoreio. Os que continuam como fiéis são os mais influenciáveis e se submetem a qualquer novidade buscando encontrar alívio para suas mazelas.
        Se ouvissem a JESUS, abrindo suas mentes e consciências, encontrariam o verdadeiro milagre – o alívio de suas dores.
        “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
        Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
        Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”
        Mateus 11:28-30

        • Mary,

          Não, a culpa é de Cristo que disse que até os loucos encontrariam esse caminho. Tendo algo a reclamar, manda brasa contra o Filho do Homem, a mensagem foi Dele, entendeu?

          • É Levi, e o que eu escrevi acima tb não foram Palavras do Salvador?
            Só que esta matéria não é sobre pastor, mas islamitas, ok? Mas, em alguns casos cabe tb para alguns pastores evangélicos, porque não?

          • por exemplo:(veja o vídeo)
            no complexo do alemão Rio de janeiro
            pa$$tor evanjeg I$aia$$ ressuscitando criança kkk
            KKK
            é pouco ou quer MAIS???? rsrsrsrs kkkk

      • Devia ter começado com formigas, depois galinhas, depois burros, depois aí parava, pois se burros e demais conseguirem ressuscitar, bastava esperar alguém morrer e depois ressuscitar, nada de matar e tentar reavê-lo, pois isto é tentar o Senhor nosso Deus, resposta dada por Cristo ao diabo, mas o pessoal não lê, aí da nisso.

  1. Devia ter começado com formigas, depois galinhas, depois burros, depois aí parava, pois se burros e demais conseguirem ressuscitar, bastava esperar alguém morrer e depois ressuscitar, nada de matar e tentar reavê-lo, pois isto é tentar o Senhor nosso Deus, resposta dada por Cristo ao diabo, mas o pessoal não lê, aí da nisso.

  2. Vai fazer milagre na cadeia bandido,ai ta o perigo das pessoas ser muito religiosas,morrem,matam,sobe escadarias de joelhos,andam 100km de joelhos para pagar alguma promessa e ainda agradece ao santo e não a Deus,é impressionante como pessoas religiosas são suscetíveis há este tipo de coisa.

  3. DO DÍZIMO EM NOSSOS DIAS.

    O DÍZIMO NÃO ERA OBRIGATÓRIO NEM NO VELHO TESTAMENTO.

    DEPOIS O DÍZIMO PASSOU A SER SUGERIDO POR DEUS COMO FORMA DE ALIMENTAR O POVO LEVITA E CONSTATAR A FIDELIDADE DO POVO JUDEU.

    QUANDO DEUS DIZ LÁ EM MALÁQUIAS QUE ROUBAMOS A DEUS. ELE DEUS QUER DIZER OS SACERDOTES DA ÉPOCA, ESTES ROUBAVAM O MELHOR DOS DÍZIMOS DAS 11 TRIBOS E DAVAM O QUE RECEBIAM DE MAIS FRACO. COM ISSO ESTES SACERDOTES ROUBAVAM A DEUS. NOS DÍZIMOS.

    Não existe na bíblia nenhuma referencia mandando pagar o dízimo. Abraão deu o dízimo de tudo a Melquisedeque voluntariamente. Jacó, voluntariamente fez um voto a DEUS no qual ele prometia dar o dízimo de tudo DEUS o abençoasse. Em malaquias, DEUS não está chamando de ladrão quem não paga os dízimos. O dízimo foi instituído por DEUS em levíticos simplesmente por um motivo: Hoje, quando pecamos, temos alguém que morreu em nosso lugar, sobre o qual, mediante arrependimento, lançamos as nossas culpas. ELE morreu uma vez por todas por nossas culpas. Na época do levítico, era diferente, pois JESUS ainda não havia morrido por nossas culpas; então DEUS para expiar nossos pecados, mandou que os homens (ser humano) transferissem a culpa para um animal, o qual era sacrificado em nosso lugar. Só que tinha um problema: Israel tinha aproximadamente 3 milhões de pessoas; então era animais demais para sacrificar, o que tomaria o tempo todo; para resolver o problema, DEUS mandou que Moisés separasse uma quantidade equivalente de pessoas para atender a demanda, sendo então necessário a cada 10 pessoas mais ou menos, tirar um para atendê-los, ou seja, das 12 tribos tirou a de Levi. Para seu sustento, então as 11 tribos trariam o dízimo do que produzissem para os levitas, e dos sacrifícios que eram menos, para os sacerdotes. Eis aí então a instituição dos dízimos. Em Malaquias quando DEUS diz que estão roubando, é porque os sacerdotes estavam pegando os dízimos para eles, o que seria dos Levitas.

    HOJE O QUE DEUS QUER É QUE AJUDEMOS O POBRE DA NOSSA IGREJA PRIMERAMENTE. E O NECESSITADO. NÃO COM DÍZIMO MAIS COM OFERTAS DE AMOR., AMOR., AMOR. E NÃO COM LEI. IMPOSIÇÃO, E MALDIÇÃO.
    DEUS NÃO POE MALDIÇÃO EM NINGUÉM. DEUS É AMOR. AMOR. AMOR.

    ABRAÇOS. JESUS NOS AMA E JÁ PAGOU O PREÇO, NOS LIBERTOU DE TODA A LEI. E SEREMOS JULGADOS PELA GRAÇA E NUNCA MAIS PELA LEI.

    CESAR ALONSO CARRERA. Email. alonsocarrera@hotmail.com

  4. esse ai é burro, nao sabe nada de Deus… pq quem mata é assassino, entao como Deus vai ouvir uma oracao de assassino…. vo te fala. cada uma mesmo.

  5. Isso que acontece ao seguir o que se lê ao pé da Letra…..
    Todo mundo grita e esbraveja que Jesus trouxe tirou Lázaro do mundo dos mortos…. que Lázaro estava morto… isso e aquilo.
    1º que Ressurreição não é a volta de um corpo morto à vida ( isso é impossível observando as leis naturais – e Jesus não iria derrogar as leis de Deus) o termo ressurreição a que se registra na bíblia é a volta do espírito ao mundo espiritual quando da morte do corpo carnal….
    No caso de Lázaro poderíamos dizer que ele se encontrava em estado letárgico ou cataléptico…..

  6. Trata-se de fanatismo religioso aliado a ignorância religiosa . Fui testemunha de um caso semelhante. Na ilha de Outeiro, Distrito de Icoaracy, Belem do Pará uma criança se afogou e seus pais muito religiosos a levaram sem vida até a igreja que frequentavam. Lá o pastor exigiu um valor em oferta acima das possibilidades dos pais para ressuscitar a criança. Como os pais não tinham eles pegaram o cadáver da criança e foram até uma igreja católica, onde perguntaram ao padre quanto ele cobraria para ressuscitar o filho, Explicaram que eram evangélicos, mas que o pastor cobrou pelo serviço um valor acima de suas posses. Como não poderia ser diferente, o padre se limitou a consolar os pais e dizer que a criança continua viva, mas junto de Jesus Nosso Senhor. Aqui na terra sua missão havia encerrado.

  7. levi varela disse: 30 de setembro de 2014 ás 8:05 pm

    “Devia ter começado com formigas, depois galinhas, depois burros, depois aí parava, pois se burros e demais conseguirem ressuscitar, bastava esperar alguém morrer e depois ressuscitar, nada de matar e tentar reavê-lo, pois isto é tentar o Senhor nosso Deus, resposta dada por Cristo ao diabo, mas o pessoal não lê, aí da nisso.”

    ===
    E AÍ “DOUTOR” LEVI DUVIDAS???? KKK

    aconteceu aqui no “BREZIL” numa ” igreja evanjeg.”

    criança morre e jesus ressuscita pa$$tor I$aia$ do Complexo do Alemão

    • Rui,

      Acho que sofro de dislexia, pode explicar melhor?

      O que tem haver a criança que morre e o pastor que ressuscita?

      Pode ser mais claro?

      Gosto de retrucar, e à altura depois de compreender bem, nada de precipitação pra não ficar falando ao vento e sem motivo, cabendo lembrar que nunca ouvi falar desse pastor Isaías.

      Estou esperando.

  8. O VERDADEIRO HOMEM DE DEUS SE AVALIA PELOS FRUTOS (MT.7:15-20), QUE DIZEM RESPEITO AO CARÁTER E NÃO PELOS DONS. DE QUE ADIANTA UM INDIVIDUO REALIZAR MAIS MILAGRES QUE CRISTO SE SEU CORAÇÃO ESTÁ LONGE DE DEUS ?

  9. Rui, a ciência tem explicações para esse “milagre” de ressuscitar mortos. Portanto, eu continuo no meu desafio de alguém me mostrar o milagre de alguém perder um braço (um dedo já serve) e ter esse membro reconstituído sem necessidade de prótese. Isso, sim, é um milagre de verdade, já que todos sabem que membros humanos não se regeneram. Esse negócio de curar ferida braba, dor de cabeça, insônia e outras doenças psicossomáticas não me convence. Eu quero ver um MILAGRE DE VERDADE.
    .

    • José Claudio
      fica zangado não – olha a pressão arterial!!

      não pense você que eu acreditei, na dita “ressurreição”,
      pelo contrário considero CHARLATANISMO(engano da boa fé de incautos)

      – sei que não passa de encenações(já sei que um defensor, que comenta aqui no G+ vai ficar..P.. da vidakkk) quando escrevo que “esse” “ditos” “milagres” são ENCENAÇÕES.


      na pressa escrevi TUDO ERRADO – reconheço
      quis dizer
      que
      (um pa$$tor, chamado I$aia$$- do complexo do alemão no Rio de Janeiro
      em um culto
      ressuscita uma criança – dita “morta”
      PARA MIM NÃO PASSOU DE UMA “ENCENAÇÃO”.

DEIXE UMA RESPOSTA