Manobra do PT tira chance de Jair Bolsonaro presidir Comissão de Direitos Humanos; Marco Feliciano minimiza: “Era jogo de cena”

21

Apesar de contar com o apoio da bancada evangélica para assumir a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) não poderá assumir o posto por conta de um acordo entre seu partido e o PT.

Os parlamentares temiam que Bolsonaro – conhecido por suas declarações polêmicas e contrárias à prática homossexual – assumisse a pasta logo após a saída do pastor Marco Feliciano (PSC-SP), que foi amplamente contestado pelos petistas, ativistas gays e feministas.

Numa reunião na última terça-feira, 18 de fevereiro, ficou definido que o PT cederia as comissões de Trabalho e Transporte ao PP e PDT em troca da CDHM. Estiveram presentes na reunião os deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara, e os líderes partidários, de acordo com informações do jornal O Globo.

O PSC, que através de Feliciano presidia a CDHM, assumirá a partir de agora a Comissão de Legislação Participativa, de acordo com a Agência Câmara.


No Twitter, o pastor Marco Feliciano minimizou o fato de o PT (partido do qual se tornou inimigo público) vá assumir a comissão que ele presidia, e afirmou que a bancada evangélica estará atenta às manobras que serão feitas na CDHM.

“Aos que acompanham o imbróglio com expectativa fiquem tranquilos! Esvaziamos a CDHM dos projetos polêmicos. E enquanto brigam pela CDHM já articulamos com os deputados evangélicos as comissões que estrategicamente devem ocupar e tudo isto sem abandonar a CDHM. Está tudo pela ordem. Mais engraçado ainda é ver um Porta dos Fundos fazer abaixo assinado contra Bolsonaro. Isso mostra que é um ignorante político! Rs. Não sabe o que é jogo de cena, ou sabe e faz o que sempre me acusou de fazer: quer aparecer”, disse o pastor, dando a entender que o apoio a Bolsonaro por parte da bancada evangélica seria na verdade, uma estratégia para que o PT abrisse mão de comissões mais importantes.

Já o deputado e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) criticou a postura do PT de só optar pela CDHM diante das barganhas políticas entre os partidos representados na Câmara: “O líder do PT soube também da pressão externa e avaliou que perder a CDHM para fascistas ou fundamentalistas seria um enorme desgaste… O líder do PT avaliou que perder a CDH seria um desgaste para o partido em ano eleitoral; Então, decidiu negociar com o PTB e fez a troca. A CDHM volta a ser presidida pelo PT (Maravilha! E digo isso apenas levando em conta o trabalho dos amigos Erika, Nilmário, Luiz e Tom). Mas é lamentável que a CDHM não seja a primeira escolha de qualquer partido. Uma pena o PSOL não ter bancada suficiente para participar da escolha das presidências das comissões!”, lamentou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

21 COMENTÁRIOS

  1. A bancada evangélica vai sempre apoiar quem for homofóbico, não importando se a pessoa for evangélica ou não. O cara pode ser católico, espírita, ímpio ou bandido. Basta ser homofóbico que os evangélicos vão apoiar.

    • Luciano,nem todo crente é homofóbico,fanático ou falso crente.No meio existe o joio e o
      trigo,isso é bíblico.O problema é que os fundamentalistas cristãos – os crentes, atacam os
      gays porque estão envolvidos no lamaçal da política e querem votos dos homofóbicos e
      da família em geral.Tem gente que não é crente e é homofóbico.Cada um tem seus pro-
      blermas e dramas pessoais. Os fundamentalistas cristãos imitam os fundamentalistas is-
      lâmicos.Lá eles tiveram apoio e vivem no fundo do poço da miséria.Aqui, esses crentes
      fanáticos são rejeitados até pelos próprios crentes moderados e liberais.

    • Ñ MEU CARO AS VEZES NÓS PENSAMOS Q ALGUEM ESTA TENTANDO CONTRA NÓS MAS Ñ VERDADE Ñ CONHEÇO SUA OPÇAO SEXUAL MAS É PURAMENTE TERRIVEL VER NOSSOS FILHOS VEREM O Q SEMPRE FOI PROIBIDO POR DEUS E PELO PROPRIO HOMEM DE CARATER ,ESPIRITA EVANGELICO OU ETC Ñ IMPORTA O Q IMPORTA É A EDUCAÇAÕ DOS NOSSOS FILHOS E SE FOSSE ABENÇOADA A UNIAO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO DEUS FARIA ADÃO E VIADÃO E Ñ ADÃO E EVA ,ACHO Q A LIBERDADE DE EXPRESSÃO JÁ ESTA VIRANDO BAGUNÇA PORQUE O ESTADO ESTA PERMITINDO ISSO ,SOU PAI ACIMA DE TUDO IIMAGINE VC SEU FILHO CHEGANDO EM CASA COM O NAMORADO DE 40 ANOS E ELE COM 16 FICARIA VC ALEGRE OU Ñ PENSE DIREITINHO,

  2. Enquanto não cortar a cabeça da serpente (PT ) esta comissão não tera o mandato que merece!

    Essa cambada de LGBT’s estão achando que tudo vai voltar a ser como antes do Pr Feliciano, estão enganados o colegiado será de maioria evangélica! Estamos de olho!

  3. Lembram do Marcelo Dourado? Um cara drogado, violento, bad boy, machista, agressor de animais, etc. Só por ele ser homofóbico, teve o apoio dos evangélicos, mesmo eles sendo contra o estilo de vida dele. Os evangélicos têm a palavra “homofóbico” tatuada na testa deles. Eles são homofóbicos descarados.

  4. Os evangélicos iriam adorar se a homossexualidade se tornasse crime aqui no Brasil. Alguns delinquentes evangélicos parecem estar lutando para que isso aconteça. Depois se dizem gente de bem e pregadores do amor.

DEIXE UMA RESPOSTA