“Foi um grande milagre”, afirma avô de menino encontrado com vida após ser soterrado

0

“Foi um grande milagre”. Essa foi a afirmação do pastor Don Ruel ao receber que seu neto de apenas seis anos de idade havia sido encontrado vivo após passar horas soterrado por 11 metros de areia em uma duna conhecida como Mount Baldy, localizada no parque de Indiana Dunes, na costa do lago Michigan, na região nordeste dos EUA.

– Pare para pensar sobre isso: haver apenas terra, literalmente, por cima da criança, e não sobrar nenhum espaço. Ao final do dia, nós ‘ganhamos na loteria’: a areia não o esmagou e, pela graça de Deus, recebemos o que temos – afirmou o Ruel.

De acordo com o Charisma News, Ruel revelou ainda que, antes do resgate, chegou a aceitar que seu neto havia morrido, e que isso o levou a ter uma visão ainda mais profunda sobre Deus, o Pai, que sentiu dor pela morte de Seu Filho na cruz.

O menino Nathan Woessner surpreendeu até mesmo à equipe de resgate, ao ser encontrado vivo depois de ter passado horas soterrado. O bombeiro Brad Kreighbaum, que participou do resgate do pequeno Nathan, revelou que os primeiros sinais de que o menino continuava vivo só vieram três horas e meia depois do soterramento.


O membro da guarda do parque Bruce Rowe disse que uma das possibilidades para a sobrevivência do menino é que pode ter se formado um milagroso bolsão de ar sob a duna de arreia que o soterrou, e que esse bolsão poderia ter sido criado por uma árvore próxima.

– Talvez o seu tronco tenha apodrecido, criando esse vazio ou esse buraco. Mas, isso ainda é incerto – afirmou Rowe.

Nathan Woessner está internado e respira por aparelhos. Ele já move os braços e pernas, e os médicos esperam que ele tenha uma recuperação completa.

Por Dan Martins, para o Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA