Monte vira local de peregrinação de evangélicos à busca de curas e milagres

20

A tradição evangélica pentecostal de ir ao monte orar ganhou destaque essa semana com o caso do “Monte da Cordinha”, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, onde fiéis vão ao local nas madrugadas em busca de curas.

Localizado à beira da rodovia Cândido Portinari, o monte ficou conhecido por esse nome devido a uma corda amarrada às árvores que improvisa um corrimão e ajuda os fiéis que vão ao local “encontrar Deus” a escalar o terreno íngreme.

Ao todo, existem 12 clareiras abertas ao longo do monte. Nestes espaços, bancos improvisados com pedras, madeira e bambu acolhem os fiéis que se organizam para orar, ler a Bíblia Sagrada e conversar sobre a fé cristã.

O jornal Folha de S. Paulo publicou uma reportagem sobre essa tradição evangélica pentecostal e destacou que muitos fiéis levam sacos de dormir e passam dias e noites no local orando por curas e milagres.


“Quando fui, tinham medo que eu pudesse cair e despencar de lá, mas fui com um propósito e cheguei”, contou Francine de Arruda da Silva, 38 anos, enfermeira que há dez anos convivia com o diagnóstico de síndrome do pânico.

Tomando medicação controlada, Francine vivia contrariada com sua rotina, pois os remédios a deixavam com tontura: “Não queria ficar viciada em remédio. Então, resolvi ir ao monte pedir pela minha saúde e desci curada”, testemunha a fiel.

Um dos pastores que costumam reunir grupos para as vigílias no monte é Givaldo Lima. À reportagem da Folha, o pastor afirmou que o “Monte da Cordinha é abençoado”. A fama do local tem atraído cada vez mais fiéis de diversas denominações pentecostais.

O professor Edin Sued Abu Manssur, que leciona Sociologia da Teologia na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, afirmou que a prática religiosa de ir orar nos montes “é comum entre os pentecostais e tem raízes bíblicas”, e afirmou que esses locais não são raros: “Há vários locais desse tipo na região do ABC paulista, por exemplo”, descreveu.


20 COMENTÁRIOS

  1. Interessante esse caso, mas conheci pessoas que iam ao monte orar e ficavam admiradas de verem gravetos iluminados dizendo que aquilo era uma manifestação divina. Mas, por outro lado, tb conheci um grupo, místico, tb, que costumava subir nos montes para o avistamento de ovnis, e eles tb costumavam ver gravetos iluminados!
    Acho que tudo isso vai do interesse de quem procura, e não é, necessariamente, a revelação de Deus para nós, humanos! O diferencial, agora, vai ser a ida ao Templo de Salomão, já tem gente divulgando cura, enquanto, outro tanto de gente, que nem cristãos evangélicos são, interessadíssimos em visitar o tal Templo! O misticismo corre solto, mas sempre é bom lembrar que Jesus não se comportou misticamente, nem nos ensinou tais práticas!

    • Para mim o “monte”, é o meu quarto!

      “E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa.
      Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará.
      E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos.”

      Mateus 6:5-7

  2. Isso eh valido quando queremos realmente um encontro com Deus…pode ser feito em qualquer
    lugar…no quarto…na sala…no Monte….como esta escrito…O Senhor esta atento as nossas Oracoes…I Praseid The Lorde

  3. E otimo ir ao monte fui muitas vezes com minha esposa que na epoca era namorada e varios irmaos e irmas e MARAVILHOSO, va e veja e sinta a presenca de DEUS bem pertinho

  4. Que coisa sem fundamento,haa mais jesus subiu ao monte,israel é rodiado de montes e jesus simplesmente procurava um lugar de paz para orar,não quer dizer que aquele monte ao subir nele Deus vai fazer milagres.
    O propio senhor jesus sugeriu que não orassem ou pregassem nas praças públicas e sim no quarto de sua casa,jesus disse:tudo que pedires ao meu pai em meu nome recebereis,isto independe do local onde você estar,Deus vai te abençoar segundo a sua vontade, independentimente se você ora no monte ou numa caverna.

    • É uma bizarrice sem proporção essa coisa de se orar no monte.
      Muitos fazem isso achando que Jesus ia no monte pra orar.
      Esquecem-se que a topografia de Jerusalém como também daquela região é de muitos montes.
      Para onde se queira ir, passa-se por montes.
      O Templo de Jerusalém é num monte.
      Os montes eram interessantes por aquelas épocas no sentido de seguranças com torres de observação aos inimigos que vinham planícies ou vales.

  5. Sempre que o site publica matéria de valor dogmático, esbarramos sempre no mesmo questionamento. Qual a forma correta? Quem está certo?
    Não existe o certo ou errado, quando o que está em analise não agride a doutrina bíblica. O apostolo Paulo ensina Rm14:17. “Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” Paulo estava tratando de uma duvida que existia na igreja de roma e que provavelmente gerava desgaste entre os irmãos daquela comunidade, Uns achavam que era melhor de um jeito e alguns de outro.O apostolo afirma que os que fazia do jeito “a” o faziam para Cristo da mesma forma que os da jeito “b”. Então amados irmãos eu vejo a questão do monte da seguinte forma: Quem está subindo o monte foi justificado pelo sangue do Cordeiro no dia que aceitou a Cristo como senhor, encontrou a paz com Deus, pois, antes como diz a escritura todos eramos aborrecidos de Deus, afastados, inimigos de Deus e se hoje o que fazemos é pela alegria gerada pelo Espirito Santo que habita em nos. Quer seja orar no quarto ou no monte, Comer carne de porco ou não, Usar tal roupa ou não. O que importa é que tudo deve ser a luz da escrituras, não compromete a santidade, não fere a Trindade e não nega a Bíblia. É como o nosso Senhor falou a samaritana: Hoje não aqui e nem lá, mas, é individual, de cada um, da maneira que se sente melhor, pois, o que para Deus importa não é lugar e sim o coração. Um grande abraço e que Deus nos ajude a sermos fieis, no monte, no quarto, na sala, na cozinha ou onde cada um achar melhor!

  6. ola amados a paz seja convosco vendo aqui alguns comentarios sobre subida ao monte não estou fazendo critica e com respeito que deixo minha opinião o monte e um otimo lugar pra se orar em grupos ou so de uma pessoa o melhor lugar pra mim e em meu quarto so eu e Deus mas para exercicio da fé todo local e bom

  7. Mas, para quem crê, deus não está em todo lugar? Outra coisa que eu não entendo é as pessoas orarem olhando para cima, que nem galinha tomando água.

    .

  8. Subí no monté não e um sacrificio , todas as vez es que Jesús subió não para fazer sacrificio, o monte e onde nos recolhemos nos afastamos das coisas mundanas para falar com Deus , o que é sacrificio para uns e prazeroso para outros .

    • “o monte e onde nos recolhemos nos afastamos das coisas mundanas para falar com Deus”

      Tolice.

      Há muitos e não poucos que sobem o monte com o mundo dentro dos seus corações.

  9. Deus habita nos altos céus e no coração do contrito e abatido de espírito (Isaías). Jesus orava nos montes, com certeza, procurando estar só com o Pai. Desse jeito, logo. logo haverá a Aparecida dos evangélicos, ou será Meca, ou outro lugar de peregrinação como Juazeiro no Ceará? Até onde vai o sincretismo religioso dos evangélicos? Sou pentecostal, viu?

  10. Na verdade o monte não é milagroso, podemos receber as bênçãos do Senhor em qualquer lugar desde que tenhamos fé. Pode ser no monte, no vale, no mar, nas núvens, em casa, no templo, etc… Deus é onipresente e onde quer que estejamos e clamarmos a Ele com fé, certamente seremos ouvidos.

  11. Na verdade o monte não é milagroso, podemos receber as bênçãos do Senhor em qualquer lugar desde que tenhamos fé. Pode ser no monte, no vale, no mar, nas núvens, em casa, no templo, etc… Deus é onipresente e onde quer que estejamos e clamarmos a Ele com fé, certamente seremos ouvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA