Mulheres são estupradas e mortas a facadas ao sair da igreja para casa

5

A polícia de Macaé, no interior do estado do Rio de Janeiro, está investigando o assassinato de duas amigas que foram encontradas mortas em um matagal no bairro Jardim Franco. Segundo informações do G1, as mulheres, que não tiveram a identidade divulgada, foram atacadas quando voltavam da igreja para casa. Uma das vítimas recebeu 14 golpes de faca.

A polícia ainda não se sabe se elas foram estupradas antes ou depois de mortas, e um detalhe que chamou a atenção dos investigadores é que o autor do crime vestiu os corpos, com as roupas das vítimas trocadas, após a violência sexual.

Ao lado de uma das vítimas a polícia encontrou uma moto de cor preta, o que levou a um homem, que está preso na delegacia da cidade e é apontado como suspeito do crime. O suspeito afirma que teve a moto roubada, mas não efetuou o registro da ocorrência, nem apresentou nenhuma evidência que comprove sua versão dos fatos. Segundo o delegado responsável pelo caso, o depoimento foi marcado por controvérsias.

– O suspeito apresentou algumas versões. Ele foi colocado dentro da viatura e foi levado pelo percurso que disse que fez antes de ser assaltado, mas as informações não batem. Além disso, ele está com um corte na mão, parece ser de faca, mas disse que foi golpeado quando teve a moto roubada. Disse que isso aconteceu quando já não estava mais sobre a moto, mas tem manchas de sangue na moto que encontramos. Então a história que ele apresentou não está batendo – relatou Carmelo Santa Lúcia, delegado adjunto da delegacia de Macaé.


De acordo com o G1, a polícia coletou uma amostra de sangue do suspeito, que foi encaminhada para a capital do estado, junto com a amostra coletada na moto encontrada em um dos locais do crime. Um exame de DNA será realizado seja realizado e a previsão é que o resultado saia entre 15 e 30 dias.


5 COMENTÁRIOS

  1. Se pena de morte resolvesse , nos EUA , não haveria crimes !, o problema da pena de morte , é que os homocidas , ao fazerem seus crimes , serão muito mais cuidadosos , ao faze-los e também o fariam muito mais disfarçadamente ! Também existe outros problemas invisiveis , não vemos os maus médicos que matam por negligencia médica ou abortos , não vemos os que matam por omissoes , sejem profissionais ou sociais , enfim , eu acho , que nós seres humanos estamos pagando , á Deus , a maldade que fazemos , principalmente , com os animais . Outro dia eu discuti , com um padre , que relutou comigo e me disse , que carne , Deus aprovou ser comida , pois S.Pedro ., viu descer , numa visão , todos animais puros ou impuros , e disse que podiam ser comidos ! Aí , eu desafiei o Padre , e disse á ele : – Se o senhor me mostrar na biblia , o dia que Jesus , comeu carne animal , eu serei o primeiro , a se ajoelhar , nos seus pés , e pedir perdão ! Aí o padre , procurou , procurou , e não achou , depois o padre , foi na casa de um pastor , que era perito na biblia , e o pastor também veio me afrontar , disse o mesmo á ele , aí ele passou horas e horas , na biblia , e também não achou. Eu acredito que a solução pros problemas , começa com o amor aos animais e á natureza . Algo que os religiosos , dão pouca enfase

    • kkkk

      quem disse que não resolve?

      NUNCA!!! NUNCA!!! NUNCA!! ouvi dizer que um condenado a pena de morte tenha voltado a cometer qualquer outro crime depois de executada a pena!!

      então resolve sim! kkkk

  2. Diogo Alves, vc mandou super bem!!!! Até parece mais crente que esses aí que se dizem crentes ou cristãos e apoiam a pena de morte…..vivem com a bíblia nas mãos e não a leem, ou se leem, não leram que Jesus ensinou a dar a outra face e nem viram que Ele sendo sacrificado ainda pediu ao Pai perdão para eles….

DEIXE UMA RESPOSTA