Funkeiro Naldo Benny revela que compõe músicas gospel e diz que tem “muita vontade de ser pastor”

10

Naldo Benny, antes conhecido como MC Naldo, afirmou que tem “muita vontade de ser pastor”. A ligação com a religião vem de família, que é evangélica e membro da Assembleia de Deus, e sempre é mencionada pelo cantor.

Funkeiro, conhecido por letras de temática explicitamente sexuais, Naldo Benny diz saber que o sucesso como artista pode passar e que toma cuidado para não sucumbir à vaidade.

“Eu sei que acima de mim tem um Deus muito maior do que essa onda de popstar, milhões de pessoas me seguindo. Curto muito isso, não vou negar. É maneiro, ralei pra caramba pra chegar nisso. É ótimo poder ajudar minha família financeiramente, poder comprar as roupas e os perfumes que acho legais… Mas só Deus é a potência máxima. Brincar com a vaidade é muito perigoso. Ouvir toda hora “Você é f…” me leva pra esse caminho, só que eu não me deixo perder. Se eu não me dedicar, o sucesso acaba”, declarou o cantor, durante uma entrevista ao site do jornal Extra.

Questionado a respeito das letras polêmicas, Naldo Benny diz que sabe que muitos reprovam suas músicas, e se justifica dizendo que esse é o seu trabalho: “Sou sexual por natureza, é meu jeito de ser. Herdei a religiosidade dos meus pais (que são guardiões da Assembleia de Deus) e tenho amigos que são pastores. Fora a minha mãe, que pediu pra eu mudar um pouquinho alguns versos, eles não me recriminam, não. Sabem que é o meu trabalho, que estou conseguindo o meu sustento com o suor do meu rosto. Isso é bíblico, isso é de Deus. Minha crença é o Evangelho. Pouca gente sabe, mas também componho músicas gospel…”, revelou.


O cantor diz que ainda não gravou músicas de temática cristã por uma questão de agenda: “Penso nisso. É só falta de tempo mesmo… Compor dentro dessa temática me faz muito bem. Não puxo para o lado da religião, porque cada um tem a sua, mas é sempre bom valorizar a família. Música é algo mágico […] Se amanhã eu não quiser mais cantar e for me dedicar à igreja, como meu pai, minha mãe, minha irmã e meu cunhado, pode ser que aconteça. Tenho muita vontade de ser pastor. O dom da palavra é um lance que necessita de estudo, mas acho bom falar de Deus através da música”, afirmou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


10 COMENTÁRIOS

  1. Naldo, Deus não quer, nem precisa que vc cante pra ele ou “vire” pastor!!!!!! Ele quer que vc se arrependa de seus pecados e fuja dos enganos desse mundo cujo deus cegou o entendimento dos incrédulos. Ah, esse deus a que me referi é o mesmo que inspira suas músicas e que te mantém cativo a ele. Conheça ao Verdadeiro Deus e Ele te libertará dessa vida imunda que vc leva. Basta arrependimento sincero que Ele está pronto a te perdoar e salvar a sua alma do inferno!!!!!

  2. Pelo amor de Deus… Está tudo profanado, banalizado… Esse daí ñ sabe a diferença de Santidade p/ Safadeza. E o pior: Vai ter crente q vai comprar o lixo q ele pretende produzir… Para mundo, q eu quero descer…

  3. Bem, do jeito que a coisa vai, não duvido que ele seja pastor, hoje em dia tá fácil ser pastor, principalmente se a pessoa é famosa, existem pastores, bispos, apóstolos etc etc, para todos gostos, uma verdadeira farra.

  4. Se ele tiver grana ele pode comprar esse título em qualquer igreja neo pentecostal,
    não precisa nem fazer curso, o que importa é a grana, deve ser interessante ver
    ver os anúncios “funk de jesus” ou funk evangélico ou funk gospel.
    E ainda se diz ser de raiz evangélica, eu já vi muita árvore caída porque a raiz apodreceu.

DEIXE UMA RESPOSTA