Pastor evangélico é baleado pela polícia por portar arma de ar comprimido, que usava para caçar ratos

7

Na última semana o pastor evangélico Henoch Pereira Martins, de 33 anos, foi baleado por policiais militares em Manaus (AM) enquanto caçava ratos no bairro Petrópolis, na Zona Sul da cidade. Martins estava acompanhado do montador Célio Douglas da Silva Campos, 30, e do mecânico Fernando Alves Furtado, 42, que também foram baleados.

De acordo com o UOL, o pastor e os outros dois homens estavam usando armas de ar comprimido para caçar os animais quando foram abordados pelos policiais, que já chegaram atirando. Fernando Alves relatou que os policiais chegaram ao local atirando, mesmo com pessoas ao redor gritando que as armas eram “de pressão”. Ele afirma ainda que três crianças estavam no local na hora do ocorrido.

Os policiais da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local após uma denúncia de que três homens armados estavam andando nas proximidades. Apesar de os homens estarem portando armas de ar comprimidos, testemunhas afirmam que isso só foi verificado pelos policiais após eles já terem efetuado sete disparos contra o grupo.

Pastor foi atingido com tiros nos dois pés, e Célio Campos foi atingido na perna. Os dois foram encaminhados ao Hospital Pronto-socorro 28 de Agosto, de onde Martins já obteve alta e Campos permanece internado. Fernando Furtado não foi atingido pelos disparos, mas teve ferimentos leves por causa de estilhaços das balas que atingiram os amigos.


O comandante da 3ª Cicom, Márcio Lima, afirmou que uma sindicância interna será instaurada na Polícia Militar para investigar a ação dos policiais envolvidos no caso. Ele informou que os policiais tiveram suas armas recolhidas para que sejam submetidas à perícia e que eles cumprirão funções de natureza administrativa até a conclusão da sindicância.


7 COMENTÁRIOS

  1. Os policiais são profissionais armados,e a prova disto é que eles podem usar armas de fogo,e caso outros cidadãos esteja em posse de uma: eles atiram primeiro e perguntão depois! É cada coisa que acontece neste pais.

  2. Venho, externar o meu repúdio a este fato ocorrido com abordagem, truculenta, arbitrária, desastrosa, covardes, preconceituosa, e criminosa, reacendeu a discussão pelos Policias Militares da 3º Companhia Interativa Comunitária(CICOM) de Manaus(AM),balearam um Pastor evangélico Henoch Martins, de 23 anos Outrossim, vem a público mostrando o que eles fazem, e que a sociedade não tem conhecimento. Com o Governador, Secretario de Segurança Pública, Ministério Público, Secretaria Estadual de Promoção à Igualdade Racial e Comandante-Geral da Polícia Militar da Bahia, a sociedade confia e espera uma punição severa, seja ele policiais militares ou civis submetendo uma reciclagem. Esperamos que a sociedade pudesse acompanha o observatório que juntos podermos fazer avaliação. Quem sabe, ficaremos livres destes maus policiais, e a sociedades deixe de ser refém e venha confiar, mas nestes policiais que e pagos para nos dar segurança e não insegurança, é e notório que eles abusam de autoridades, espancam matão, fazem prisões arbitrárias, agride verbalmente envaide residências sem mandado judicial, sem falar nos crimes cometidos pelos mesmos que não e noticiados e não são apurados e ficam impunes. O comandante da 3ª Cicom, Márcio Lima, afirmou que uma sindicância interna será instaurada na Polícia Militar para investigar a ação dos policiais envolvidos no caso. Ele informou que os policiais tiveram suas armas recolhidas para que sejam submetidas à perícia e que eles cumprirão funções de natureza administrativa até a conclusão da sindicância. A sociedade esta cansados destas conversas que “eles cumprirão funções de natureza administrativa até a conclusão da sindicância” quando será esta conclusão Comandante MÁRCIO LIMA?????!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA