Pastor gay afirma que “Deus é transgênero” em protesto da comunidade LGBT

Durante manifestação da comunidade LGBTQ, um "pastor transgênero" afirmou que se fomos criados à imagem de Deus, é porque Deus também é "transgênero"

0

Desde que o Massachussetts Family Institute (“instituto da família do Massachussetts”, em tradução livre – MFI) fez a denúncia de que o ex-presidente Barack Obama aprovou uma lei para que todas as escolas públicas dos Estados Unidos tivessem banheiros transgêneros, no ano passado, o Estado do Texas, juntamente com diversas igrejas evangélicas tem travado uma briga para revogar a medida.

Dessa vez, porém, durante um protesto da comunidade LGBT, um “pastor transgênero” veio à público para dizer que até “Deus é transgênero”.

Segundo informações do site The Christian Post, o militante LGBT S. David Wynn protestou ao lado de vários outros ativistas, contra a governador do Texas, Dan Patrick, que semana passada convocou uma reunião com pastores para conseguir aprovar a lei conhecida como SB6, que visa suspender o efeito normativo da medida imposta no governo Obama, obrigando até igrejas a terem banheiros transgêneros.

S. David Wynn, por sua vez, da igreja inclusiva ‘Agape Metropolitan Community’, em Fort Worth, Texas, é contra a medida, e para justificar seu pensamento usou a passagem de gêneses 1:27: “‘No princípio, Deus criou a humanidade à imagem de Deus’ […] Então Deus é transgênero. Somos todos criados à imagem do que é santo, divino e sagrado, e todos nós devemos ser tratados dessa maneira”, disse ele, sob aplausos.


A passagem do Gênesis “versão Wynn”, no entanto, é diferente da versão bíblica, porque nela além dos sexos estarem bem especificados, informa também o principal motivo da sua diferença; a união matrimonial e a multiplicação da humanidade.

“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra…” -Gênesis 1:27,28.

A mesma passagem de Gênesis é confirmada por Jesus Cristo, no evangelho de Mateus, quando reconhece a validade do relato criacionista referente aos dois sexos, sem deixar qualquer dúvida quanto ao seu propósito explícito de união (matrimônio) e procriação, como está escrito:

“Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez,
E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Mateus 19:4,5

Em todo caso, o discurso de Wynn sobre um “Deus transgênero” não convenceu os pastores e parlamentares favoráveis à lei SB6, que votaram em 7-1 na última quarta-feira, fazendo com que o projeto vá para a Câmara, onde já possui o apoio da maioria conservadora.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA