Pastor oferece dinheiro de dizimista a demônio durante culto e espírito maligno recusa; Assista

173

A doutrina dos dízimos, pregada pela maioria absoluta das igrejas evangélicas, é disseminada de diversas formas. Os sermões sobre o tema variam de abordagem, e vão desde semeadura para colher promessas até alertas sobre um possível “roubo” maligno contra as finanças dos fiéis.

Um vídeo editado de um culto da Igreja Quadrangular Templo dos Anjos, em Belo Horizonte, MG, está chamando atenção nas redes sociais. Na ocasião, o pastor responsável pela igreja, Jerônimo Onofre da Silveira, dialoga com uma mulher supostamente possessa por um espírito maligno e oferece o dinheiro de um dizimista ao demônio, que recusa.

“Ele é mais forte”, diz o demônio, ao recusar a cédula do fiel. O pastor então pede uma nota de alguém que está no culto e não entrega o dízimo na igreja para oferecer ao espírito, que aceita e afirma: “É meu”.

Depois da demonstração, o pastor Jerônimo exorciza a mulher, que volta a si em prantos e é amparada pelos obreiros. Assista:


Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

173 COMENTÁRIOS

  1. veja só aonde chega o desespero dos lideres pelo dinheiro dos dízimos… usar pessoas supostamente endemoniadas para comprovar essa farsa…

    bem que isto está profetizado:

    “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios” (I Timóteo 4:1)

    Esses casos de pessoas que manifestam com demonios, é sabido que quando não é caso de pessoa se fazendo de possessa, devidamente instruida do que vai falar…

    Tem um video na internet, onde um suposto demonio também diz que vai matar quem não dá dízimo, e mulher que usa calça e brinco…

    Exatamente o que o pastor queria ouvir…

    • Stardust: que acusacao mais frajuta cara se voce nao cre e nao quer dar o dizimo problema seu cara,agora acusar os pastores de manipulacao, engano voce esta indo longe demais.

      Os dizimistas sao abencoados por Deus pois eles pagam pela manutencao dos servicos pastorais em todo aspecto.

        • vejam só a manifestação do exu stardust em templo religioso, agora sei porque ele fica doido quando alguem fala que da ou vai dar dízimos…neste ele não toca…caiu mais uma mascara do stardust

          • clamando

            a verdade sobre dízimo está sendo divulgada, e eu sei que vcs, pastores cães gulosos profetizados em isaias 56:11 vão fazer de tudo para não perder essa grana fácil!

            vc não se dispõe nem em vender seu barco em favor dos pobres… que vergonha…

      • Caro, Samuel!

        Sinto te falar, mas você esta engando.
        Não é questão de fé, e questão de interpretação bíblica.
        Nos estamos na GRAÇA, e na Cruz, Nosso Senhor Jesus Cristo, aboliu o Dizimo.
        Na Graça tudo mudou, infelizmente essa é uma questão que os pastores não ensinam.
        Alguns por malandragem, outros por falta de conhecimento ou seja, aprenderam errado ensinam errado.
        Fica com Deus

          • clamando

            quem é amigo dos iurdianos é vc… pq eu usaria um nick de nome macedo e falaria contra dízimo?

            Seu desespero é tão grande, clamando que até se aliar aos iurdianos que vc sempre combateu vc se uniu… tudo por causa do dinheiro…

            vc e seus amigos da iurd estão em PAPAS DE ARANHA com stardust!

        • JESUS Aboliu o dizimo na cruz???

          A ONDE VC VIU ISSO ESCRITO?
          CARACA O QUE QUE AS PESSOAS SÃO CAPAZES DE INVENTAR SÓ PARA NÃO DEVOLVER AS PRIMÍCIAS PARA DEUS….

          VCS SÃO FILHOS DO DIABO E FICAM COLOCANDO PALAVRAS NA BOCA DO PRÓPRIO JESUS E AINDA ADULTERAM A BIBLIA DIZENDO QUE JESUS ABOLIU OS DÍZIMOS…

          não existe um versículo sequer na biblia afirmando que JESUS aboliu o dizimos…

          OS ENDEMONIADOS USAM PASSAGEM QUE JESUS ABOLIU A LEI..

          PORÉM NENHUM CRISTÃO se casa com a própria irmã pois na lei de moisés esta escrito que é pecado..
          Nenhum cristão procura desonrar os seus pais porque esta escrito na lei de moisés que isso é pecado…

          E SE JESUS ABOLIU A LEI…
          Os dízimos não são da lei.. OS DÍZIMOS SÃO DO TEMPO DA GRAÇA, QUANDO DEUS CHAMOU ABRAÃO…

          SE JESUS TIVESSE ABOLIDO OS DÍZIMOS jamais as pessoas estariam ali reunidas na festa do pentecoste, POIS A FESTA DO PENTECOSTE ERA A FESTA DA SEGA DOS PRIMEIROS FRUTOS DA ENTREGA DE DIZIMOS….

          MAS A ONDE ESTÃO OS CRISTÃO QUE NÃO SÃO DIZIMISTAS E SÃO ABENÇOADOS???

          ATÉ HOJE EU NUNCA VI UM CRISTÃO QUE NÃO É DIZIMISTA E É ABENÇOADA….

          TODOS OS CRENTES QUE ROUBAM A DEUS SÃO DOENTES, FRUSTRADOS, VIVEM MAL TEM SUAS FAMILIAS DESTRUIDAS.
          SÃO AMARRADOS COMPLEXADOS…….
          SEM exceção TODOS SÃO AMARRADOS E FRUSTRADOS…..

          VEJA O CASO DA JUSSARASTARDUST:
          FRUSTRADA, COMPLEXADA POR SER GORDA.
          FOI ENGANADA POR UM PASTOR CIGANO, DEPOIS FOI ROUBADA.
          NÃO CONSEGUE ARRUMAR NEM UM HOMEM SEM DENTE..
          TEM A FAMILIA DESTRUÍDA..
          E NÃO CONSEGUE SE RELACIONAR COM NINGUÉM FORA DA NET.

          • arrebentar

            poderia envergonha-lo mais uma vez e demonstrar como vc é fraquinho de interpretação biblica, como faço há meses mas só vou usar uma frase sua como exemplo e confronta-la com a bíblia:

            ARREBENTAR DIZ: “OS DÍZIMOS SÃO DO TEMPO DA GRAÇA, QUANDO DEUS CHAMOU ABRAÃO”

            observação: Abraão viveu no tempo da graça? então pq a bíblia diz que Jesus é que trouxe a graça:

            ” Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.” (João 1:17)

            vc diz que Abraão vivia na graça, mas a bíblia diz claramente que a graça vieram por meio de Jesus…

            E agora… quem está certo? vc ou a bíblia?

            Difícil decidir, não?

          • Vai arrebentar, você mesmo acabou de afirmar que o dízimo não é obrigação.

            Abraão deu o dízimo como gratidão, a graça gera gratidão, e não obrigação. O dízimo só virou mitzvá (mandamento) na Lei dada a Moisés.

            Quando a Lei deixou de ser quesito para a salvação do homem, sendo o pleno cumprimento da Lei, que era impossível para o homem, substituído pela fé na redenção em Jesus Cristo, o dízimo volta a fazer parte da graça, e deixa de ser mitzvá (mandamento).

            Ora, se o dízimo deixa de ser mitzvá (mandamento), e se torna objeto da graça, ele deixa de ser obrigatório. Assim, ninguém é obrigado a dar o dízimo, mas entrega como gratidão, como fez Abraão.

            Abraão só entregou o dízimo uma vez. Se ele vivesse embaixo da Lei, e o dízimo fosse uma mitzvá da Lei, ele seria pecador e condenado pela Lei, ladrão, como vocês gostam de dizer. Mas como Abraão não vivia embaixo da Lei, ele nada transgredia, pois não havia mandamento para transgredir.

            Tal como nós hoje, que não vivemos mais embaixo da Lei, não estamos sujeitos à mitzvá (mandamento) do dízimo, o que não impede de qualquer um entregar o dízimo como Abraão entregou, como gratidão. Entendeu?

            Sobre Petencostes, você acabou de dar um tiro no seu pé. O mesmo vale para o dito acima. Petencostes era uma determinação da Lei. Nada nos impede de celebrar o Petencostes, como os apóstolos estavam celebrando, mas deixou de ser um mandamento (mitzvá). Mas nada te impede de o fazer com alegria, embaixo da graça, e não da Lei. Portanto, quem não celebra o Petencostes, também não se torna transgressor da Lei. Tal como quem não dizima, não se torna transgressor da Lei.

            Mas pelo seu raciocínio Vai arrebentar, devemos ainda celebrar Petencostes, e quem não o fizer, será transgressor da Lei, tal como quem não dizima, afinal, os apóstolos ainda celebravam Petencostes. Mas não só Petencostes, mas todas as outras observações da Lei. Mas vocês só escolhem os pontos da Lei que lhes interessam não é?

          • eduardo nobre

            E engraçado que o dízimo na bíblia sempre foi alimento…

            Os lobos devoradores-cães gulosos o tornaram dinheiro…

            Já perguntei a vários “pastores”… aonde na bíblia o dízimo que era entregue em alimento, passou a ser entregue em dinheiro?

            Os caras percebem que foram pegos na mentira e mudam de assunto…

          • DEMANEIRA NENHUMA O EDUARDO NOBRE NA UNIVERSAL NOS CELEBRAMOS O PENTECOSTES TODO MÊS DO 1º AO SEGUNDO 2º DOMINGO DO MÊS CELEBRAMOS O PENTECOSTES COM A ENTREGA DOS NOSSOS DIZIMOS E A CONSAGRAÇÃO DOS DIZIMISTAS E OFERTANTES, E NOS FAZEMOS ISSO VOLUNTARIAMENTE, ESTOU A 15 ANOS NA IURD, E NUNCA NENHUM PASTOR ME OBRIGOU A DEVOLVER DÍZIMOS…

            EU OS FAÇO COM O MAIOR PRAZER…..

            O PROBLEMA DE VCS É QUE VCS SÃO HIPOCRITAS…
            DIZEM QUE AMAM JESUS, MAS ROUBAM DELE COMO JUDAS..

            VCS ME DÃO NOJO,,,, E PODE TER CERTEZA QUE ATÉ OS ANJOS DE DEUS TEM NOJO DA HIPOCRISIA DE VCS, QUE SE DIZEM DE DEUS, DIZEM QUE AMAM A DEUS, MAS NÃO TEM CORAGEM DE HORAR A ELE…

            COMO ELE MESMO DIZ: O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor? diz o SENHOR dos Exércitos.

            VCS DIZEM QUE VÃO MORAR NO CÉU…
            QUE CÉU? só se for o ceu da boca da onça…

            O PROPRIO JESUS EXPULSOU PESSOALMENTE O LADRÃO DO CÉU SATANAS, VC ACHA QUE ELE VAI LEVAR OUTRO LADRÃO PARA LÁ?

            DEUS ODEIA A INIQUIDADE DO ROUBO.
            E VC ACHA QUE ELE VAI LEVAR OS LADRÕES PARA LÁ…..

            JAMAIS. POIS ESTÁ ESCRITO : OS MEUS OLHOS PROCURARAM OS FIEIS DA TERRA PARA QUE HABITEM COMIGO, OS QUE ANDAM EM RETO CAMINHO ESSE ME SERVIRÁ..

            E AINDA DIS: NÃO HÁ DE FICAR EM MINHA CASA O QUE USA DE FRAUDE(ROUBO)

            AI vc acha que JESUS morreu na cruz para encher o céu dos que roubam de DEUS?

            JESUS EXPULSA O LADRÃO DO CÉU, E DEPOIS MORRE NA CRUZ PARA LEVAR DE VOLTA OS LADRÕES PARA LÁ???

            SE CONVERTE, RAPAZ POIS O DEMONIO STARDUST ESTA MONTADO NAS SUAS COSTAS….

          • arrebentar

            dízimos eram para os levitas e os necessitados (órfãos, viuvas e estrangeiros)

            Se um necessitado bater a porta da iurd, precisando de cesta básica, ou agasalhos, ele será atendido nessa necessidade dele?

            porque vc foge dessa pergunta?

          • NO TEXTO CLÁSSICO DOS DIZIMOS, EM MOMENTO NENHUM DEUS FALA QUE AS PESSOAS ESTAVAM ROUBANDO LEVITAS OU SACERDOTES, OU QUE ERAM PARA DAR DIZIMOS PARA ÓRFÃOS OU VIUVAS…

            EM MALAQUIAS ELE DIZ: COM MALDIÇÃO SOIS AMALDIÇOADOS PORQUE A MIM ME ROUBAIS….

            A onde DEUS esta aqui falando de levitas? ou de sacerdotes?
            SE OS DÍZIMOS FOSSE NA VERDADE DOS LEVITAS E DOS SACERDOTES, ENTÃO PORQUE DEUS ESTA FALANDO QUE O POVO ESTAVAM ROUBANDO DELE?

            OU VC VAI FALAR QUE DEUS AQUI SE ENGANOU?

            E DIZEIS EM QUE TE ROUBAMOS? NOS DIZIMOS E NAS OFERTAS….

            OS DÍZIMOS SÃO DE DEUS, E NÃO DE PASTOR OU LEVITA, OU SACERDOTE…

            ELES SÃO DE DEUS E DEVEM SER DEVOLVIDOS NO LUGAR QUE DEUS FAZ HABITAR O SEU NOME……

            VC ESTA ROUBANDO DE DEUS, VC ROUBA DELE, E POR ISSO É FRUSTRADA, AMARRADA DERROTADA COMPLEXADA,
            E CHEIA DE PROBLEMAS….
            E BIPOLAR. JA MUDOU SEU NICK AQUI CENTENAS DE VEZ.
            PORQUE VC TEM PROBLEMA SERIO DE CABEÇA.
            VC ja postou como jgmix, jussara, jairo, anaclara, simas, afonso, bereiano radical, stardust…

            VEJA SO UMA PESSOA DOIDA FAZ ISSO.
            VC É UMA COITADA….

          • ARREBENTAR

            o dízimo não era dos levitas? então a biblia está errada quando diz:

            “Porque os dízimos dos filhos de Israel, que apresentam ao SENHOR em oferta, dei-os por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel, nenhuma herança tereis.” (Números 18:24)

            quem está certo? vc ou a biblia?

            dificil decidir , não?

        • Marcelo: voce talvez poderia me explicar melhor. Voce vai no banco pagar a conta de agua,energia eletrica,telefone,aluguel etc… E ai o bancario te fala vamos supor $1000 reais por favor…ai voce diz nao tenho mas tenho GRACA….te garanto que voce vai sair sem Graca e com as contas nao pagas

          Moral da estoria pague o DIZIMO e honre a Deus honrando seu pastor com o
          dizimos e ofertas.

          Nao de ouvidos ao demonio do Stardus.

          • samuel josé

            explica pra nós aí… aonde na bíblia está escrito que dízimos e ofertas são para os pastores?

            Estaremos esperando… eu a bíblia!

    • Que rídiculo se achar dono da verdade. Nem conhecedor do sofrimento humano vc é,Stardust, pois possessão demoníaca existe e não é questão de crer ou não, é realidade. Muitas pessoas passam por isso realmente e sofrem,sofrem muito. Se o tempo que vc levou para escrever contra o dízimo e leva tentando macular a imagem de pastores, vc usasse para evangelizar, conheceria pessoas que vivem cativeiros espirituais, aprisionadas pelo maligno. Tenho pena de gente como vc!

    • Aqui é o planeta terra! tudo bem ai? Eu concordo que há exageros, mais nem todos são assim, sobre a matéria: É claro que a entidade maligna não pegaria uma oferta dedicada ao SENHOR ! Eu jamais usaria isto ai para doutrinar a igreja, mas cada um dará contas a Deus por seu atos,não quero ser juiz disto. Mais devo lembrar que nos estamos nos dias finais, isto ai é pouco perto do que veremos. Sobre dizimo eu sou dizimista e ofertante, sou por amor a obra de Deus, se eles roubarão ou não…Ai é entre eles e Deus! O ETERNO trará o justo julgamento, só Ele.

    • STARDUST ”poeira de estrela,a do leste derrubada pelo acanjo Miguel”

      voce pediu para te dar alguns biblicos:

      Velho Testamento antes da Lei de Moises

      E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
      Gênesis 14:20

      E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.
      Gênesis 28:22

      Velho Testamento apos a Lei de Moseis

      No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao Senhor.
      Levítico 27:32

      Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas
      Deuteronômio 14:28

      Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
      E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.Malaquias 3:10-11

      Novo Testamento:
      E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.Hebreus 7:8

      Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina;
      Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.1 Timóteo 5:17-18

      Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.2 Coríntios 9:7

      Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.Lucas 6:38

      Agora este e um lembrete aos inimigos de Deus:

      E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.
      Romanos 16:20

      • samuel josé

        eu pedi textos bíblicos que mostrem cristãos dizimando…

        vc mencionar abrãao, jacó, malaquias 3:10… é só mais do mesmo…

        Vc fez um texto tão grande, só falou falou e não respondeu a minha simples pergunta:

        VOU REPETIR:

        “aonde vemos na bíblia um cristão entregando dízimos”

        É uma pergunta simples que não precisa de um texto longo… é só mencionar algum nome, ou alguma passagem do novo testamento que comprove um cristão dizimando…

        conseguiu entender agora, ou vai continuar interpretando minhas perguntas da mesma forma que vc interpreta a bíblia?

  2. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

    • Quer dizer que o dizimo é só para Israel?????? então pode esquecer salvação por que Jesus veio pra eles tambem! vcs querem participar dos favores mas não querem os deveres???? todo mundo quer ser salvo mas obedecer a palavra ninguem quer né!? Deus não quer seu dinheiro não ô…. não precisa buscar justificativa pra não dizimar, basta falar pra Ele que vc não vai dar e pronto! bocó!

  3. Marcelo frota uma pomba gira personificada, você com certeza ainda vai sofrer por demais por suas afrontas ao Deus único pode ter certeza disso quando o mal vir ate você tu te lembraras de tuas afrontas, você já se tornou aborrecido de Deus a muito tempo mas nas tuas injurias e aberrações tu não sabes pois já a muito es um dominado por hostes satânica maldit, não tenho pena de você como alguns aqui tem não oro por você e nem tenho piedade de te pois tu não merece suas blasfemeas já estão diante de Deus e com certeza sofreras muito

  4. Os dizimos e ofertas ajudam na manutenção de todo o templo, sem falar que ajuda tembém, aos necessitados e aqueles que perdem seus entes queridos na hora de fazer o velorio.

    Como iria se manter a igreja sem os dizimos e ofertas?

    Todos precisam cooperar.

  5. 24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom

    • Evangelista Billy Graham afirma que os evangélicos idolatram o dinheiro e o poder
      Por Dan Martins em 29 de abril de 2012
      Tags: Billy Graham, Teologia da Prosperidade

      O evangelista Billy Graham, que recentemente foi considerado um dos homens mais admirados dos Estados Unidos, afirmou essa semana que os evangélicos adoram a ídolos o dinheiro, o poder e as posses.
      Em resposta à pergunta de uma leitora, em sua coluna no site Chicago Tribune, Graham comparou a idolatria à preocupação contemporânea com dinheiro e bens materiais. “Ambos podem facilmente tornar-se “ídolos” que seguimos servilmente e deixamos de lado as coisas mais importantes em nossas vidas. Em vez de servir a Deus, servimos ao dinheiro e às coisas”, ressaltou, citando em seguida o trecho do evangelho de Mateus no qual Jesus advertiu: “Ninguém pode servir a dois senhores …. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.
      “Não podemos nos curvar aos ídolos feitos de pedra ou de metal, como as pessoas faziam antigamente (e algumas ainda fazem em diferentes partes do mundo). Mas isso não significa que nós [evangélicos] não temos nossos próprios ‘ídolos’ hoje. Ou seja, temo que ainda servimos a coisas com a mesma devoção que eles tinham” afirmou o evangelista.
      Billy Graham prosseguiu listando outras coisas que podem ser consideradas ídolos nos dias de hoje: “Tenho certeza que você pode pensar em várias coisas que se tornaram ídolos para nós. Por exemplo, o prazer, o sexo, o entretenimento, o prestígio social, a beleza ou o poder. Contudo, a verdadeira questão é esta: A que a ídolos servimos? O que temos colocado em nossa vida no lugar que pertence somente a Deus?”
      Aos 92 anos, Graham está afastado das cruzadas evangelísticas que o tornou mundialmente famoso. Ele completou seu texto dizendo: “Certifique-se de seu compromisso com Jesus Cristo, e procure segui-Lo todos os dias. Não se deixe influenciar pelos falsos valores e objetivos deste mundo, mas coloque Cristo e Sua vontade em primeiro lugar em tudo que você faz”.

  6. Evangelista Billy Graham afirma que os evangélicos idolatram o dinheiro e o poder
    Por Dan Martins em 29 de abril de 2012
    Tags: Billy Graham, Teologia da Prosperidade

    O evangelista Billy Graham, que recentemente foi considerado um dos homens mais admirados dos Estados Unidos, afirmou essa semana que os evangélicos adoram a ídolos o dinheiro, o poder e as posses.
    Em resposta à pergunta de uma leitora, em sua coluna no site Chicago Tribune, Graham comparou a idolatria à preocupação contemporânea com dinheiro e bens materiais. “Ambos podem facilmente tornar-se “ídolos” que seguimos servilmente e deixamos de lado as coisas mais importantes em nossas vidas. Em vez de servir a Deus, servimos ao dinheiro e às coisas”, ressaltou, citando em seguida o trecho do evangelho de Mateus no qual Jesus advertiu: “Ninguém pode servir a dois senhores …. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.
    “Não podemos nos curvar aos ídolos feitos de pedra ou de metal, como as pessoas faziam antigamente (e algumas ainda fazem em diferentes partes do mundo). Mas isso não significa que nós [evangélicos] não temos nossos próprios ‘ídolos’ hoje. Ou seja, temo que ainda servimos a coisas com a mesma devoção que eles tinham” afirmou o evangelista.
    Billy Graham prosseguiu listando outras coisas que podem ser consideradas ídolos nos dias de hoje: “Tenho certeza que você pode pensar em várias coisas que se tornaram ídolos para nós. Por exemplo, o prazer, o sexo, o entretenimento, o prestígio social, a beleza ou o poder. Contudo, a verdadeira questão é esta: A que a ídolos servimos? O que temos colocado em nossa vida no lugar que pertence somente a Deus?”
    Aos 92 anos, Graham está afastado das cruzadas evangelísticas que o tornou mundialmente famoso. Ele completou seu texto dizendo: “Certifique-se de seu compromisso com Jesus Cristo, e procure segui-Lo todos os dias. Não se deixe influenciar pelos falsos valores e objetivos deste mundo, mas coloque Cristo e Sua vontade em primeiro lugar em tudo que você faz”.

  7. eu acho quem da o dizimo e crê na benção recebe a benção…. e faz pra gloria
    de DEUS…. quem tbm acha que o dizimo foi abolido e ajuda só com ofertas tbm faz pra gloria de DEUS… então eu acho besteira fica discutindo isso pq quem da o dizimo nunca vai deixar de dar se vc faz pra gloria de DEUS ninguém tem nada com isso

    • Exatamente rosa maria da silva santos. Você falou tudo agora. Quem dá o dízimo, dá para a Glória de Deus. Quem só dá ofertas (que muitas fezes dão muito mais de 10%), faça também para a Glória de Deus. Por isso não podemos julgados.

      Mas quem julga, são os dizimistas, que acusam de ladrões os seus irmãos em Cristo que entendem não viver na obrigação da Lei, mas na obrigação do amor a Deus e ao próximo. Estes, contribuem com a obra, e ajudam os necessitados, não por obrigação da Lei, pois não vivem mais embaixo da Lei, mas da Graça, e ainda são chamados de ladrões.

      Só lembro, que dando o dízimo ou não, todos temos obrigação para com os pobres, as viúvas, os órfãos e todos os necessitados, não só espiritual, mas também de ajudá-los nas suas necessidades físicas.

      • Ser um dizimista e ofertante antes de tudo requer Amor a Obra redentora do Senhor Jesus se e ou não e não importa as igrejas estão com suas portas abertas para levar as boas novas através dos dízimos e ofertas oferecidas pelos membros de cada igreja, as missões evangelísticas em vários lugares da terra obedecendo a grande comissão a que nos foi dada pelo Senhor estão a todo vapor graças ao amor desprendido por vários e vários crentes verdadeiros e fieis ao Deus único Santo e Verdadeiro, acredito eu que sem os dizimistas e ofertantes fieis e verdadeiros a obra estaria estagnada e milhares de Almas avidas por remissão de seus pecados e por Jesus não estariam hoje também a dizimar ofertar e também assim como eu e milhares a defender e a propagar o verdadeiro Evangelho do Senhor Jesus, torno a repetir O ATO DE DIZIMAR E ANTES DE TUDO TER AMOR A E CRER NA OBRA REDENTORA DO SENHOR JESUS E EU DIGO AMEM

  8. DEUS USOU SENHOR JESUS E OS PROFETAS MOISES, MALAQUIAS, E OUTROS PARA FALAR SOBRE DIZIMO, MAS NÃO USO DÊMONIO ,O PAI DA MENTIRA.

    CUIDADO COM OS MERCENARIOS………………………

  9. Engraçado, que esse devorador aí não tinha medo de dinheiro do dízimo não:

    Ladrão que roubava dízimos reage e quase mata policial no Rio

    Anderson Leonardo Santos Aguiar foi preso no último dia 19 pela Polícia Civil por comandar grupo responsável por assaltar o dízimo de fiéis em templos da Igreja Universal do Reino de Deus. Os assaltos aconteciam em São João do Meriti, na baixada fluminense

    Em assalto no começo do ano, Anderson foi flagrado por câmeras da igreja quando tentava assaltar um policial militar. O policial reagiu ao assalto e foi agredido por Anderson, que fugiu levando o dízimo roubado.

    Responsável pelo caso, o delegado Delmir da Silva Gouvêa, titular da 64ª DP, disse que o policial assaltado já reconheceu o assaltante. O delegado pediu a prisão provisória de Anderson e irá responder por latrocínio tentado, quando há roubo com tentativa de morte.

  10. EU TINHA ESCRITO EM UM COMENTÁRIO QUE UM PASTOR DA IURD TINHA FEITO ISSO..

    E Agora eles colocaram um vídeo, de um pastor de outra igreja fez e mesmo assim o demonio se recusou a tocar no dinheiro…

    E COMO EU JA DISSE O DIABO NÃO IMPORTA DAS PESSOAS DAREM OFERTA CONTANDO QUE ELAS NÃO DEEM OS DIZIMOS, PARA ELE ESTA TUDO BEM…

    • Já vi vários relatos no youtube de igrejas-empresas que estão pagando pelo menos R$ 100,00 para pessoas se fingirem de possessas…

      Se o dízimo é coisa de Deus, vc acha que o diabo daria testemunho confirmando isso numa denominação? É obvio que são situações manipuladas…

      Vc conhece alguma dessas pessoas que manifestam nos altares por aí, onde o suposto demonio fala bem daquela denominação e ataca as outras?

      Vc conhece alguma pessoa desses testemunhos de prosperidade?

      Vc, que pertence a uma dessas igrejas que tomam dízimos… já viu algum dizimista que vc conheceu antes e depois ficou rica?

      É pra pensar…

      • É MESMO.?
        QUE ISSO?
        AI VC MANIFESTAVA DE GRAÇA, E AGORA GANHA DINHEIRO PARA MANIFESTAR?

        VC É MUITO ESTÚPIDA INCREDULA ROUBA DE DEUS DESCARADAMENTE…
        É DERROTADA FRACASSADA, COMPLEXADA…

        E AINDA QUER DAR LIÇÃO DE BIBLIA?

        Primeiro vc tem que provar que tem vida para falara da biblia o jussara…

        VC É DERROTADA EM TODOS OS SENTIDOS E QUER QUE AS OUTRAS PESSOAS SEJAM DERROTADAS COMO VC…………..

        • arrebentar

          vc é tão fraco de interpretação biblica, que esses dias atrás até um católico pôs vc pra correr após te dar uma surra de bíblia…

          ficou ainda mais feio pra vc, kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  11. STARDUST, engraçado, desse devorador aí a Universal não foi protegida:

    Acusado de assaltar templos da Igreja Universal é preso em casa

    Apontado como chefe de um bando especializado em assaltar templos da Igreja Universal do Reino de Deus para roubar o dízimo doado por fiéis, Anderson Leonardo Santos de Aguiar, de 32 anos, foi preso na noite de segunda-feira por agentes da 64ª DP (Vilar dos Teles) em casa, no bairro São Mateus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de cometer pelo menos três roubos contra a instituição religiosa. Segundo a polícia, o bandido confessou os crimes após ver vídeos que o flagraram em ação.

  12. Engraçado, desse devorador aí a Universal não foi protegida:

    Acusado de assaltar templos da Igreja Universal é preso em casa

    Apontado como chefe de um bando especializado em assaltar templos da Igreja Universal do Reino de Deus para roubar o dízimo doado por fiéis, Anderson Leonardo Santos de Aguiar, de 32 anos, foi preso na noite de segunda-feira por agentes da 64ª DP (Vilar dos Teles) em casa, no bairro São Mateus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de cometer pelo menos três roubos contra a instituição religiosa. Segundo a polícia, o bandido confessou os crimes após ver vídeos que o flagraram em ação.

  13. comentário do Odair Badan na parte de comentários facebook:

    “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.(Hebreus 7.5)

    Agora na era Cristã, esses versículos abaixo falam dos homens relacionados acima, e que não são pregados como deveriam após o Senhor ter estabelecido um novo pacto como os homens. Vejam:

    De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?(Hebreus 7.11)

    Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.(Hebreus 7.28)

    Na era cristã, ninguem pode se quer afirmar que é sacerdote de Deus, pois isso é contra a ordem de Deus na biblia. Essa gloria é do Senhor Jesus que foi chamado por Deus para este cargo, isso é mais uma prova de que vocês estão sendo enganados por seus bispos, pastores e padres. Veja a prova:

    E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão.
    Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Hoje te gerei (Hebreus 5.4-5)

    Chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.(Hebreus 5.10)

    Devido a imperfeição vista por Deus, ao sacerdócio levitico, na qual Ele ordenou a Moisés, no monte Sinai, para os filhos de levi, que foi Arão e sua descendência , o que aconteceu devido as falhas no serviço sacerdotal?

    Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Hoje te gerei.
    Como também diz, noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.(Hebreus 5.5-6)

    Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.(Hebreus 7.12)

    Agora que mudança é essa na lei, que o apóstolo Paulo estava falando com os Hebreus, na era Cristã, a respeito da mudança do sacerdócio levitico, que foi imperfeito, para o Sacerdocio Imutável, conforme a ordem de Melquisedeque, na qual foi o senhor Jesus Cristo quem assumiu. Qual foi a mudança relatada neste capitulo?

    Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.
    Porque o precedente mandamento é revogado por causa da sua fraqueza e inutilidade (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.(Hebreus 7.17-19)

    Mais uma vez, veremos qual o mandamento que foi revogado, anulado, na qual o apóstolo Paulo estava se referindo neste capítulo 7, de Hebreus e que deve ser obedecido pelos que se dizem servos de Jesus Cristo, pois isso é mandamento de Deus para era Cristã. Vejamos:

    E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que estes também tenham saído dos lombos de Abraão;(Hebreus 7.5)

    Também todas as dízimas da terra, tanto dos cereais do campo como dos frutos das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR. (Levítico 27.30)

    No tocante às dízimas do gado e do rebanho, de tudo o que passar debaixo do bordão do pastor, o dízimo será santo ao SENHOR. (Levítico 27.32)

    São estes os mandamentos que o SENHOR
    ordenou a Moisés, para os filhos de Israel, no monte Sinai.(Levítico 27.34)

    Veja a mudança da lei, que não tem mais ordem de pagar 10%, os dizimos, essa é a nova ordem de Deus na era Cristã através do Senhor Jesus Cristo, para os que realmente obedecem a Deus, basta reconhecerem que o Senhor Jesus é o Sumo sacerdote imutável:

    Ora, quanto à coleta para os santos fazei vós também o mesmo que ordenei às igrejas da Galiléia.
    No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder, conforme tiver prosperado, guardando-o, para que se não façam coletas quando eu chegar.(1 Corintios 16.1-2)

    Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. (2 corintios 9.7)

    Na lei de Moisés, na antiga aliança, os dizimos não eram contribuidos conforme a prosperidade, ou proposto no coração. A ordem as israelitas era de pagar os dizimos. Veja mais uma prova de que era para os israelitas e não para os cristãos:

    E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.(Hebreus 7.9)

    Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. (Malaquias 4.4)

    OBS: Agora analise bem, tem ordem de dar, pagar 10%, de pagar os dizimos para os cristãos? A palavra de Deus contida na bíblia é claro, a diferença é que na lei dada a Moisés, o povo de Israel tinha que pagar os dizimos. Não enxerga quem não quer. Infelizmente o problema de muitas pessoas de bom coração, acreditam muito mais nos seus pastores e bispos, do que na palavra de Deus devida a falta de leitura!

    Se você quiser continuar obedecendo aos seus bispos e pastores, que se dizem sacerdotes de Deus, que ensinam a pagar os dizimo a eles em sua igrejas para amarrar o devorador. Infelizmente você esta sendo enganado, e pior do que isso, Deus deixou através do apóstolo Paulo, a quem revelou esta mesma mudança, uma grave admoestação para os querem pagar os dizimos que foi ordenado ao povo de Israel, e que foi provado neste blog através de estudos diretos na bíblia, sem essa de interpretação própria, pois aonde está que a interpretação do teu pastor está certo, ele pega um versículo da bíblia para falar do dizimo, aqui vc encontra dezenas e centenas de versículos para mostrar que os sacerdotes levantados na lei de Moisés, foram homens sujeitos a fraquezas e que Jesus Cristo é o Sumo sacerdote eternamente e revogou a anterior ordenança que é o dizimo, está claro no capitulo de (Hebreus 7. 1-19). Vejam se você continuar:

    Separados estais de Cristo, vós os que vos

    justificais pela lei; da graça tendes caído.(Galatas 5.4)

    E o pior, é que seus pastores e bispos, equivocados da palavra de Deus, te ensinam a falar com Deus “com intrepidez”, “com ousadia”, “colocando suposta-mente Deus na parede”, porque você pagou seus dizimo e agora Deus “tem que cumprir o que prometeu. Isso é justifica diante de Deus, e muito errado por sinal, então veja o grave pecado que estão cometendo. Vejam:

    Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus? Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? (Romanos 9.20)”

    parabéns, odair! vamos continuar desmascarando essas falsas doutrinas das igrejas-empresas.

  14. Todos os crentes que amam a Deus em espirito e em verdade com certeza e um dizimista fiel, porque sera? ora porque porque os mesmo já estão libertados da prostituição os mesmos já não bebem mais já não frequentam festas mundanas os mesmos pautam pela honestidade os mesmos já não idolatra mais os mesmos tem conhecimento de um so Deus Único Santo e Verdadeiro, Antes de tudo ser um dizimista e ofertante esta o Amor a Obra Redentora do Senhor Jesus, são com eles que missões evangelísticas são levadas por toda a terra são com eles que o genuíno evangelho do Senhor são propagados a todo vapor em varias partes do mundo, foram dizimistas fieis antes de mim por suas fidelidades eu fui alcançado pelo Evangelho e assim como eu milhares no mundo todo e assim como eles estou eu hoje também a dizimar e ofertar para que o evangelho possa continuar a ser levado e Salvar Almas avidas por libertação, creio eu que sem os dizimistas fieis o evangelho estava estagnados entre quatro paredes das congregações, como os antepassados nossos irmãos que viajaram milhares de quilômetros para nos trazer aqui para o brasil o evangelho foi com dizimistas passados que hoje temos o Evangelho a nosso dispor, so não da ouvidos quem não quer, torno a repetir SER UM DIZIMISTA FIEL ESTA NO CAMPO DO AMOR A OBRA REDENTORA DO SENHOR JESUS, E COMO SEM DUVIDAS ANTES DE TUDO AMOR A DEUS E SUA OBRA REDENTORA, mas isto e para quem crer quem não crer jamais entendera este Amor maravilhoso o qual nos e dado pelo próprio DESUS

    • Aprender a escrever Jesus não ensina não??? E , se é como vc diz, que todos os evangélicos pautam pela honestidade,pq os pastores evangélicos eleitos, são os mais processados pela justiça?????

      • Beto Felix, primeiro isto foi escrito para os que se dizem crentes neste site mas por suas falas provam que não são, segundo todos aqui neste site escrevem vez ou outra errado ou seja todos erram, terceiro se você não e um crente ou e um como muitos que vejo aqui isto foi escrito para você agora se não e nenhuma das duas então não escreve para você, se tem pastores desonestos e tem pois isto e notório, o verdadeiro evangelho não perde sua pureza por causa disso estes que são desonesto prestaram contas a Deus e um problema deles com Deus, os crentes verdadeiros em sua maioria são sim honestos, se você não acredita isso não faz diferença alguma sua opinião não muda nada para um crente verdadeiro, se você não tem entendimento de Deus você jamais entendera então não queira opinar no que você não entende,

    • SÓ faltou vc colocar o espaço para OS FILHOS DE DEUS ASSINAR….

      PORQUE TODOS OS FILHOS DE DEUS DEVOLVEM COM PRAZER SUAS PRIMÍCIAS AO SENHOR DOS SENHORES…
      PORQUE SABEM QUE SO ELE É DIGNO DE RECEBER OS PRIMEIROS FRUTOS…

      • se os dízimos são de Deus, então pq só os pastores se beneficiam deles?

        cadê o departamento social em cada iurd? pq os necessitados que vão na iurd pedir cesta básica não são atendidos?

        claramente se vê que o dízimo é só da iurd… e ainda dizem que o dízimo é do Senhor… se se for senhor macedo!

  15. Gente, pastor oferecendo dinheiro a endemoniado? Tremenda palhaçada. Assim cai o prestígio
    e se joga pedra em quem é evangélico. Sou contra o karaoke de pastor metido a besta. (desculpe o trocadilho).

  16. DÍZIMOS NO NOVO TESTAMENTO

    Os dicionários bíblicos assim definem o dízimo: A décima parte, tanto das colheitas como dos animais, que os israelitas ofereciam a Deus (Levíticos 27.30-32 e Hebreus 7.1-10). O dízimo era usado para o sustento dos levitas (Números 18.21-2), dos estrangeiros, dos órfãos e das viúvas (Deuteronômio 14.29).

    Para iniciar o nosso estudo bíblico, já conhecemos que mesmo na vigência da Lei de Moisés, dízimo não era dinheiro (Deuteronômio 14.22-27), mas dez por cento das colheitas de grãos e de animais, e eram destinados à suprir os Levitas que não tinham parte e nem herança na terra prometida.

    No Novo Testamento o dízimo foi citado três vezes, vamos conhecer o porquê e em quais circunstâncias a Palavra se refere a essa ordenança da Lei.

    A primeira vez que o dízimo foi citado no Novo Testamento (Mateus 23.23), Jesus censurou os escribas e fariseus, dizendo-lhes: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé. Deveis, porém, fazer estas coisas e não omitir aquelas.

    Por isso, quando anunciamos que o dízimo é abolido no tempo da graça, os seus patronos e beneficiários imediatamente bradam por Mateus 23.23, e muitos, por não vislumbrar a divisão existente na Palavra entre o Antigo Testamento (feito por leis, cerimônias e rituais) e o Novo Testamento (da graça), ainda trazem nos lombos o pesado fardo da lei, mesmo depois da revogação do precedente mandamento, por causa da sua fraqueza e inutilidade (pois a lei, nenhuma coisa aperfeiçoou), sendo introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus (Hebreus 7.18 e 19), pela aspersão do sangue de Cristo na cruz do Calvário, o qual veio justamente para libertar o homem do jugo da lei, mas o seu sacrifício continua sendo rejeitado.

    Então vamos buscar discernimento espiritual na Palavra, para entendermos o porquê, naquela ocasião Jesus recomendou a manutenção dessa ordenança da lei, dizendo: Deveis, porém, fazer estas coisas e não omitir aquelas.

    Assim afirmou Jesus, porque era um judeu, nascido sob a lei (Gálatas 4.4), e viveu na tutela da lei. Reconhecendo-a, disse dessa forma, pela responsabilidade de cumprir a lei. E para isso, em Mateus 5.17 e 18, Ele disse: Não cuideis que vim abolir a lei e os profetas, mas vim para cumpri-la, e, nem um jota ou til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.

    Jesus assegurou que a lei deveria ser cumprida, mesmo no decorrer do seu ministério, porque qualquer que se violasse a lei, seria apedrejado até a morte. E nesse caso, Ele não iria cumprir a sua missão aqui na terra para libertar o homem que estava morto na maldição do pecado.

    E verdadeiramente Jesus cumpriu a lei. Foi circuncidado aos oito dias, foi apresentado na sinagoga (Lucas 2. 21-24), assumiu o seu sacerdócio aos trinta anos (Lucas 3.23, Números 4.43, 47), e exerceu outras formalidades cerimoniais da lei.

    Observe também, que Jesus curou o leproso (Mateus 8.1-4) e depois o mandou apresentar ao Sacerdote a oferta que Moisés ordenou no capítulo 14 de Levítico. E hoje, alguém oferece ao sacerdote alguma oferta após a graça da libertação das enfermidades?

    Porque a Nova Aliança não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3.22-25 e 4.4, 5), para tanto, Cristo, ao render o seu espírito a Deus (Mateus 27.50,51), o véu do templo rasgou-se de alto a baixo, então passamos a viver pela graça do Senhor Jesus, encerrando-se ali, toda ordenança da lei de Moisés, sendo introduzido o Novo Testamento, o Evangelho da salvação pelo triunfo do Senhor Jesus Cristo na cruz do Calvário.

    O que precisamos entender de vez por todas, que Cristo não veio a ensinar os judeus a viverem bem a Velha Aliança, Ele disse: Um novo mandamento vos dou (João 13.34), e, se a justiça provem da lei, segue-se que Cristo morreu em vão (Gálatas 2.21). E em Mateus 5.20, disse Jesus: Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus.

    Considere que o Senhor Jesus Cristo mandou justamente os escribas e fariseus (os quais o Senhor sempre os tratou por hipócritas, falsos) que cumprissem a lei de Moisés, que ordenava o dízimo. Nós porém, para herdarmos o reino do Céu, não podemos de forma alguma voltar no ritual da lei Mosaica como faziam os escribas e fariseus, mas precisamos exceder essa lei, ainda que abolida. O amor, a graça e a paz do Senhor Jesus excede a lei e todo entendimento humano.

    A Segunda vez que o Senhor Jesus referiu-se ao dízimo, foi na Parábola do Fariseu e do Publicano (Lucas 18.9-14), e outra vez Jesus censurou os dizimistas. Tomou como exemplo um religioso, dizimista fiel, o qual jejuava duas vezes por semana, porém, exaltava a si mesmo e humilhava um pecador que suplicava a misericórdia do Senhor.

    É interessante observar que os fariseus continuam se exaltando e da mesma forma, batem no peito e dizem: Eu sou dizimista fiel. Mas nesta narrativa alegórica, o Senhor Jesus Cristo exemplificou que no Evangelho não há galardão para os dizimistas, ao contrário, Jesus sempre os censurou.

      • Samuel José,
        Isto é o que vc aprendeu e aceitou sem pestanejar. Porque não faz como estes que foram chamados de nobres?
        “Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim. Acts 17:11”

      • samuel josé

        se dízimos foram instituidos antes da lei, então mostre aonde há o mandamento de dízimar antes da lei de moisés…

        pois os dízimos só eram obrigatórios depois de leviticos 27:30-32…

        aonde vc conseguiu ver dízimo obrigatório antes disso?

        • Stardust: em nenhum momento eu falei obrigacao,mandamento,antes da lei eu citei instituido, tanto o pai Abraao quanto Jaco dizimaram espontaneamente.

          E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
          Gênesis 14:20

          E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.
          Gênesis 28:22

          • samuel josé

            vc diz que o dízimo foi instituido antes da lei por abraão…

            vc usou a palavra instituido… vemos ver o significado dessa palavra:

            instituido: Estabelecer, fundar uma coisa nova (FONTE: dicionárioinformal.com.br)

            Ou seja, vc está dizendo que o dízimo foi ESTABELECIDO/FUNDADO antes da lei de moisés…

            Agora eu lhe pergunto… se dízimo já era algo estabelecido, então pq foi novamente ordenado em levíticos 27:30-32?

            Se dízimo era estabelecido antes da lei, aonde está o mandamento para que Abraão dizimasse?

            ah, samuel josé… tá vendo como vc entra em contradição, fácil fácil?

            E eu sempre pego vcs pró-dízimos na contradição sem fazer muito esforço, porque nem vcs conseguem explicar na bíblia aonde dízimo é obrigatório aos cristãos, aonde diz que cristão que não dizima não será salvo, nem aonde dízimo que era alimento se tornou dinheiro…

            DÍZIMO É MENTIRA DOS PASTORES, que querem faturar com o desconhecimento bíblico dos membros das denominações evangélicas.

  17. A ABOLIÇÃO DOS DÍZIMOS

    Hebreus 7.5: E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.

    Medite, a palavra afirma que Moisés deu uma lei ao seu povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações, os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11e 12:

    Hebreus 7.11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se a Jesus Cristo) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7.12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra do Senhor assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7.5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7.11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7.12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade do Senhor Deus enviar outro Sacerdote? A palavra não deixa sombra de dúvida que não só o dízimo, mas toda a lei de Moisés foi por Cristo abolida. Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    E, se voltarmos na lei que fora direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio do Senhor Deus e, se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são sacerdotes levitas. E Jesus afirmou que a lei e os profetas duraram até João (Lucas 16.16), e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz mudança na lei (Hebreus 7.12).

    Portanto amados, apenas esses três versículos (5, 11,12) do capítulo 7 da carta aos Hebreus, seriam suficientes para entendermos a abolição de toda lei, e não falarmos mais em obras mortas, como o dízimo no tempo da Graça do Senhor Jesus.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaríamos de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    • KKKKKKK..
      MAS A ONDE ESTA ESCRITO AI QUE OS DIZIMOS FORAM ABOLIDOS DONA MARY??
      PRECISA DISSO TUDO PARA VC DAR DESCULPA PARA ROUBAR DE DEUS???

      A ONDE ESTA ESCRITO:
      VCS AGORA COMO SEGUIDORES DE CRISTO NÃO PRECISÃO MAIS DEVOLVER DIZIMOS……

      A ONDE QUE ESTA ESCRITO ISSO???
      A ONDE ESTA ESCRITO QUE OS DIZIMOS FORAM ABOLIDOS?

      MOSTRA AI UM VERSÍCULOS DIZENDO: OS DIZIMOS A PARTIR DE AGORA ESTÃO ABOLIDOS…..

      SEUS CRENTES LADÕES E ROUBADORES,,,,
      CRIEM VERGONHA NA SUA CARA…..HIPOCRITAS E DERROTADOS ISSO É QUE VCS SÃO… SO ENDEMONIADOS DARIAM OUVIDOS A VCS….

      • mary

        o arrebentar não consegue nem disfarçar o seu ódio pela verdade sobre dízimos estar sendo divulgada…

        o bicho tá cuspindo fogo contra o monitor… se ele pudesse ele nos mataria de tanta raiva…

        Calma arrebentar… vc vai se libertar… a entidade que te acompanha e te traz esse ódio contra os cristãos vai te deixar e vc será liberto.

        agora põe as suas garras para trás em nome de Jesus!

        • ÓDIO?
          KKKKKKKKKK

          MAS PORQUE EU TERIA ÓDIO DISSO?
          Quando cheguei a eu ja era evangelico a mais de 4 anos, e não sabia a verdade sobre os dizimos, pois nunca me ensinaram…

          EU VIVIA DOENTE, ENDIVIDADO, DESEMPREGADO TINHA MEU NOME SUJO NO SPC, SERASA. ERA DOENTE, VIDA SENTIMENTAL TOTALMENTE DESTRUÍDA, E POR NÃO SABER E NÃO DAR VALOR AO QUE ERA DE DEUS, lembro-me que um dia eu precisava de dinheiro, e como sabia que minha irmã separava dizimos, eu pedi a ela um dinheiro emprestado, e ai ela disse que so tinha o do dizimos, e eu disse a ela. ME EMPRESTA ELE E DEPOIS EU TE DOU OUTRO, OLHA DEUS NÃO VAI SE IMPORTAR, POIS ELE SABE O QUE ESTOU PASSANDO….
          MALDITA hora que toquei no que era de DEUS, pois depois daquilo as coisas pioraram mais ainda, pois até uma bicicleta velha que eu tinha me roubaram….

          PORÉM GRAÇAS A DEUS EU CHEGUEI A IURD, E APRENDI A VERDADE DOS DIZIMOS, É COMO JESUS DISSE: CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ….
          EU DESCOBRI QUE NUNCA PODERIA TOCAR NO QUE ERA DE DEUS, E COMECEI A SER DIZIMISTA….

          CONSEGUI FECHAR ÓTIMOS CONTRATOS DE TRABALHO. EM POUCO TEMPO ESTAVA GANHANDO MAIS DE 2 SALARIOS POR SEMANA, COMPREI VEICULOS NOVO, FUI CURADO, FUI ABENÇOADO NA MINHA VIDA SENTIMENTAL…
          HOJE TENHO UM CASAMENTO MARAVILHOSO, E TUDO QUE COLOCO AS MINHAS MÃOS PROSPERA….
          JA CHEGUEI A RECUSAR GRANDES PROPOSTAS DE TRABALHO EM BRASILIA,

          EU POSSO DIZER DEUS É COMIGO A MINHA VIDA PROVA ISSO….

          EU POSSO DIZER OS DÍZIMOS SÃO DE DEUS A MINHA VIDA PROVA ISSO…

          EU TENHO TESTEMUNHO DE VIDA, E NÃO FICO ESCORADO NAS EXPERIÊNCIAS DAS PESSOAS DO PASSADO RELATADA NA BIBLIA…

          EU NÃO PRECISO CONTAR UMA HISTORIA DO PASSADO PARA FALAR DE JESUS, EU NÃO PRECISO CITAR VERSÍCULOS BIBLICOS PARA FALAR DE JESUS….

          A MINHA VIDA MOSTRA JESUS, EM TODOS OS SENTIDOS, FÍSICO, MATERIAL, ESPIRITUAL, FAMILIAR E SENTIMENTAL…

          EU TENHO PENA DAS PESSOAS QUE ROUBAM A DEUS.
          POIS ALÉM DE VIVEREM UMA VIDA TODA DERROTADA AQUI, AINDA ESTÃO CORRENDO SERIO RISCO DE IREM PARA O INFERNO POR NEGLIGENCIA UM MANDAMENTO DE JESUS….

          • meu testemunho de dizimista na iurd é bem diferente do seu…

            cheguei na iurd, e nunca tinha ouvido falar de dízimos… obviamente, lá aprendi sobre dízimos, pois os pastores falam de dizimos durante pelo menos 10 minutos, toda reunião… ( curioso que sobre batismo, raramente o pastor fala, e quando fala, é um recado rápido que vai ter batismo no fim do mês )

            quem crer e for batizado será salvo…

            nunca vi Jesus dizer, quem crer e dizimar será salvo…

            Dízimo na iurd é muito mais importante do que o batismo, visto que os pastores tem de cumprir as metas financeiras “matar o leão” como é o código interno da iurd…

            Engraçado… pastor que é avaliado pelo quanto arrecada… pensei que era quantos eram salvos ou batizados…

            Agora eu sei pq a iurd insiste tanto no dízimo… a filial precisa faturar não é? tem de dar resultados financeiros…

      • Vai arrebentar,
        Tem um ditado popular que diz: “Para bom entendedor, meia palavra basta!”
        No seu caso, (não sei se é pastor, tudo indica que sim), nota-se que é muito fraquinho, pois não entende nem a palavra inteira, quanto mais meia palavra!
        Esforça-te, meu caro, e tem bom ânimo.
        Que Deus te ilumine.

        • realmente como vc diz MARY EU sou fraquinho….
          MAS MEU CASAMENTO É UMA MARAVILHAAAAAAAAAAAAAAAAAAA….
          TENHO UMA VIDA ABENÇOADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
          TUDO QUE COLOCO AS MÃOS PROSPERAAAAAAAAAAAAAAAA…

          NUNCA NIGUÉM LEU UM COMENTARIO SEQUER MEU AQUI RECLAMANDO DE MINHA VIDA, COM COMPLEXOS, reclamando do meu casamento, como vc sempre fez para o edy, e fazia para o marcelo de barros….

          EU SOU FRAQUINHO de entendimento biblico…

          MAS QUEM TEM UM CASAMENTO FRIO E FRUSTRADO AQUI E VC…
          EU SOU FRAQUINHO.

          MAS QUEM TEM SÉRIOS PROBLEMAS NA FAMÍLIA AQUI E VC…
          EU SOU FRAQUINHO….

          MAS QUEM TEM PROBLEMAS COM DINHEIRO AQUI É VC….

          EU SOU FRAQUINHO, MAS TUDO QUE COLOCO AS MÃOS SE TORNA FORTE E ABENÇOADO…..

          EU SOU fraquinho… MAS NÃO ROUBO A DEUS, E NEM PROCURO NA BIBLIA VERSÍCULOS PARA APOIAR O ROUBO A DEUS….

          EU NÃO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SER DIZIMISTA, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SER OFERTANTE, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SACRIFICAR A DEUS NO ALTAR DA IURD, EU NÃO ME ENVERGONHO DE FAZER VOTOS NO ALTAR……

          E POR ISSO O MEU SENHOR JESUS NÃO ME DEIXA SER ENVERGONHADO… COMO ELE DIZ:

          O MEU POVO JAMAIS SERÁ ENVERGONHADO…

          E a vida de vcs É UMA VERGONHA….

          • Eduardo Nobre disse: 25 de junho de 2013 ás 10:01 am

            Vai arrebentar, eu não conheço o testemunho de STARDUST, mas vou citar alguns testemunhos de pessoas que arrebentaram:

            “Eu vivia uma vida boa, de príncipe, até cometer um crime para salvar alguém do meu povo. Aí virei fugitivo, e encontrei Deus. Ele me nomeou seu representante, e libertei meu povo da opressão, para os conduzir para a terra que Deus nos prometeu. Mas dali para frente foi só reclamação nos meus ouvidos, murmurações, décadas no deserto, guerras que vencemos, e mais reclamações, e eu tive que aguentar esse povo, intercedi por eles e eles ainda se colocavam contra mim, até que perdi a paciência, e depois de tanto andar, de tanto lutar para chegar à terra prometida, de tanto suportar esse povo, por causa do meu pecado Deus me negou esse direito, e só pude ver de longe”. – Moisés.

            “Ele sempre foi justo e bom, sempre deu o seu melhor para Deus, e como recompensa por Deus se agradar dos seus sacrifícios e do seu coração, foi assassinado pelo próprio irmão, sem deixar filhos, descendentes ou herança” – Abel.

            “Ele foi cheio do Espírito Santo desde o ventre da mãe, e desde cedo se dedicou a Deus. Levita e filho de sacerdote, abandonou o privilégio de serviço no templo para pregar no deserto, vestido de peles, comendo gafanhotos e mel silvestre. Foi chamado de profetas por uns, e herege por outros. Mas conheceu o Salvador, e o batizou. Seu final? Passou seus últimos dias na cadeia, e teve a cabeça cortada e servida em uma bandeja”. – João Batista.

            “Ele era cidadão romano, educado aos pés de Gamaliel, um rabã e membro do Sinédrio, fazedor de tendas, ainda jovem, tinha um futuro promissor, defendia sua fé com garras e dentes e tinha autoridade concedida pelo Sinédrio. Mas finalmente encontrou Jesus. A partir daí, começou a pregar o evangelho, converter milhares de pessoas, e fazer prodígios. Mas para ele mesmo, a vida trouxe perseguição, surras, diversas prisões, falsas acusações. Vivia lutando contra um espinho na carne do qual Deus não o livrava. Diferente dos outros apóstolos, não vivia do dinheiro arrecadado, mas trabalhava para o seu sustento, e alguns ainda duvidavam do seu apostolado. Terminou seus dias preso, e foi condenado à morte”. – Paulo

  18. Macedo e Valdemiro

    No depoimento dado à Justiça de Santa Catarina ontem, Edir Macedo foi surpreendido pelo pastor Marcelo Pires, atualmente um dos donos da TV Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Macedo teve que depor em processo que o acusa de forjar um documento para tirar Pires da sociedade e, assim beneficiar, Honorilton Gonçalves (Mais detalhes em No Banco dos reús).

    Pires, que conseguiu retomar recentemente sua participação na sociedade, declarou em juízo seus próximos passos – que, se concretizados, serão uma afronta a Macedo, aliás: Pires quer vender sua parte na emissora para Valdemiro Santiago, hoje o maior rival da Universal.

    Por Lauro Jardim

    FONTE: veja-online

  19. STARDUST ”poeira de estrela,a do leste derrubada pelo acanjo Miguel”

    voce pediu para te dar alguns biblicos:

    Velho Testamento antes da Lei de Moises

    E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
    Gênesis 14:20

    E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.
    Gênesis 28:22

    Velho Testamento apos a Lei de Moseis

    No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao Senhor.
    Levítico 27:32

    Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas
    Deuteronômio 14:28

    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
    E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.Malaquias 3:10-11

    Novo Testamento:
    E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.Hebreus 7:8

    Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina;
    Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.1 Timóteo 5:17-18

    Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.2 Coríntios 9:7

    Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.Lucas 6:38

    Agora este e um lembrete aos inimigos de Deus:

    E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.
    Romanos 16:20

    • samuel josé

      eu pedi textos bíblicos que mostrem cristãos dizimando…

      vc mencionar abrãao, jacó, malaquias 3:10… é só mais do mesmo…

      Vc fez um texto tão grande, só falou falou e não respondeu a minha simples pergunta:

      VOU REPETIR:

      “aonde vemos na bíblia um cristão entregando dízimos”

      É uma pergunta simples que não precisa de um texto longo… é só mencionar algum nome, ou alguma passagem do novo testamento que comprove um cristão dizimando…

      conseguiu entender agora, ou vai continuar interpretando minhas perguntas da mesma forma que vc interpreta a bíblia?

        • samuel josé

          vc citou um monte de texto do velho testamento ( onde não há cristãos ) e alguns soltos do novo testamento, mas não conseguiu mostrar um único cristão dando dízimo…

          vc é fraquinho de biblia hein? não duvido vc ser tão enganado pelos “pastores” cães gulosos por dízimos…

          • Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda
            e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o distribuíam segundo a necessidade de cada um.
            José, um levita de Chipre a quem os apóstolos deram o nome de Barnabé, que significa encorajador,
            vendeu um campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos.

            Atos 4:34-37

            “Não sabeis vós que os que prestam serviços sagrados do próprio templo se alimentam? E quem serve ao altar do altar tira o seu sustento? Assim ordenou também o Senhor aos que pregam o evangelho que vivam do evangelho” (1Co 9. 13-14)

            O texto só foi pra responder sua pergunta… Não sou membro da IURD e não estou nem um pouco interessado em entrar nessas discussoes de meninos de 13 anos. Verifiquem onde vão depositar seus dizimos mas primeiro verifiquem o coração que é o que interessa o Senhor. Todos vocês que gastam tempo escrevendo esses textos astronomicos, se perguntem o que Jesus faria? Sem dúvida Ele oraria 3 vezes ao dia e suaria sangue se visse que está prestes a se separar do PAI (Lucas 22:39-45). Abraços a todos vocês e que o Senhor seja a sabedoria de vocês…

          • cézar augusto

            Se a discussão é de meninos de 13 anos, então porque vc respondeu como um menino de 13 anos?

            aonde nesses textos que vc citou vc viu ao menos um caso de cristão entregando dízimo? vc só citou as passagens de atos, onde os membros da igreja primitiva vendiam as suas propriedades em favor dos necessitados…

            aonde diz que eles ofereciam 10% do valor obtido, à titulo de dízimo? hummm?

            Se vc não entendeu a pergunta, então não passe vergonha na hora de responder.

            Não haja como um menino de 13 anos!

          • rsrsrs ok… o termo 10% não é citado… Como você disse: ” vendiam as suas propriedades em favor dos necessitados…”

            rsrsrs olha que legal … não dê seus 10% mesmo porque “não está na biblia”, venda tudo que você tem porque isso sim é citado na bíblia, inclusive esse aparelho que você usa pra responder a tudo e a todos em favor dos necessitados rsrsrsrs…

            e ai tem coragem de bedecer a isso então??? 10% é pouco neh então dê os outros 80% em favor dos necessitados…

            outra coisa legal que as pessoas falam:

            1- Provem que Deus existe…. 2- Só se você provar que Ele não existe…

            1- Montrem alguem que deu 10% de dizimo na biblia…. 2- Só se você mostrar onde fala que não pode dar 10% de dizimo…

            kkkkk

          • cézar augusto.

            eu não posso vender este aparelho onde estou te desmascarando por um motivo:

            Ele não me pertence.

            E eu não questiono o fato de uma pessoa dar 10% do seu salario numa denominação, pois não há nenhuma proibição biblica quanto a isso.

            O que eu combato é o ensino que isso é obrigatório!

            porque não hhá base biblica para dizer que dízimo é obrigatório… ninguém vai pro inferno pq não dá dizimo e ninguém será vitima do devorador…. isso é tudo mentira dos pastores.

            eu já desafiei vários pastores a provarem que dízimo é obrigatório para cristãos e até hj, nenhum deles conseguiu provar essa heresia…

            Isso os que tentaram responder, pois a maioria muda logo de assunto não é?

          • Me desmascarando kkkkkk mieséricordia irmanzinha… Quem tem mascara se enconde atras de algo… Meu nome realmente é Cézar Augusto, sou de bh/mg e tenho 24 anos ….. qual o seu nome, cidade e idade de verdade?

            agora intendi o que estava falando… a minha primeira resposta foi pra responder sua pergunta… porque mesmo não sendo apenas 10% o pessoal de atos dava quase tudo o que é uma oferta pro senhor…

            realmente o dizimo não é obritorio…

            tanto que na biblia diz que se for dar com necessidade ou peso no coração nem precisa fazer… Deus ama o que dá com alegria…

            Pra mim o dízimo é somente um ato de fidelidade a Deus mostrando que o dinheiro nunca será o deus da nossa vida… além de ser uma contribuição pro reino é claro…

            é a mesma questão do batizmo… muitos por ai pregam que para ser salvo tem que ser batizado… o condenado que morreu do lado de Jesus foi salvo sem ser batizado… o batismo é mais um ato de amor a Deus…

            mas amém que o Senhor te abeçoe querida…

          • eu não disse que é só apertar com a biblia que os fariseus dizimistas confessam que dízimo não é obrigatório?

            a bíblia pesa nessas horas…

  20. O que tem de capeta frequentando cultos evangélicos, não tá no gibi. Porque seria que demônios só aparecem por lá ? Estariam aceitando propinas dos pastores ? O interessante é que satanás, que seria o 2º ser mais poderoso do universo, apanha feio de qualquer pastorzinho medíocre

  21. ÓDIO?
    KKKKKKKKKK

    MAS PORQUE EU TERIA ÓDIO DISSO?
    Quando cheguei a eu ja era evangelico a mais de 4 anos, e não sabia a verdade sobre os dizimos, pois nunca me ensinaram…

    EU VIVIA DOENTE, ENDIVIDADO, DESEMPREGADO TINHA MEU NOME SUJO NO SPC, SERASA. ERA DOENTE, VIDA SENTIMENTAL TOTALMENTE DESTRUÍDA, E POR NÃO SABER E NÃO DAR VALOR AO QUE ERA DE DEUS, lembro-me que um dia eu precisava de dinheiro, e como sabia que minha irmã separava dizimos, eu pedi a ela um dinheiro emprestado, e ai ela disse que so tinha o do dizimos, e eu disse a ela. ME EMPRESTA ELE E DEPOIS EU TE DOU OUTRO, OLHA DEUS NÃO VAI SE IMPORTAR, POIS ELE SABE O QUE ESTOU PASSANDO….
    MALDITA hora que toquei no que era de DEUS, pois depois daquilo as coisas pioraram mais ainda, pois até uma bicicleta velha que eu tinha me roubaram….

    PORÉM GRAÇAS A DEUS EU CHEGUEI A IURD, E APRENDI A VERDADE DOS DIZIMOS, É COMO JESUS DISSE: CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ….
    EU DESCOBRI QUE NUNCA PODERIA TOCAR NO QUE ERA DE DEUS, E COMECEI A SER DIZIMISTA….

    CONSEGUI FECHAR ÓTIMOS CONTRATOS DE TRABALHO. EM POUCO TEMPO ESTAVA GANHANDO MAIS DE 2 SALARIOS POR SEMANA, COMPREI VEICULOS NOVO, FUI CURADO, FUI ABENÇOADO NA MINHA VIDA SENTIMENTAL…
    HOJE TENHO UM CASAMENTO MARAVILHOSO, E TUDO QUE COLOCO AS MINHAS MÃOS PROSPERA….
    JA CHEGUEI A RECUSAR GRANDES PROPOSTAS DE TRABALHO EM BRASILIA,

    EU POSSO DIZER DEUS É COMIGO A MINHA VIDA PROVA ISSO….

    EU POSSO DIZER OS DÍZIMOS SÃO DE DEUS A MINHA VIDA PROVA ISSO…

    EU TENHO TESTEMUNHO DE VIDA, E NÃO FICO ESCORADO NAS EXPERIÊNCIAS DAS PESSOAS DO PASSADO RELATADA NA BIBLIA…

    EU NÃO PRECISO CONTAR UMA HISTORIA DO PASSADO PARA FALAR DE JESUS, EU NÃO PRECISO CITAR VERSÍCULOS BIBLICOS PARA FALAR DE JESUS….

    A MINHA VIDA MOSTRA JESUS, EM TODOS OS SENTIDOS, FÍSICO, MATERIAL, ESPIRITUAL, FAMILIAR E SENTIMENTAL…

    EU TENHO PENA DAS PESSOAS QUE ROUBAM A DEUS.
    POIS ALÉM DE VIVEREM UMA VIDA TODA DERROTADA AQUI, AINDA ESTÃO CORRENDO SERIO RISCO DE IREM PARA O INFERNO POR NEGLIGENCIA UM MANDAMENTO DE JESUS….

    • meu testemunho de dizimista na iurd é bem diferente do seu…

      cheguei na iurd, e nunca tinha ouvido falar de dízimos… obviamente, lá aprendi sobre dízimos, pois os pastores falam de dizimos durante pelo menos 10 minutos, toda reunião… ( curioso que sobre batismo, raramente o pastor fala, e quando fala, é um recado rápido que vai ter batismo no fim do mês )

      quem crer e for batizado será salvo…

      nunca vi Jesus dizer, quem crer e dizimar será salvo…

      Dízimo na iurd é muito mais importante do que o batismo, visto que os pastores tem de cumprir as metas financeiras “matar o leão” como é o código interno da iurd…

      Engraçado… pastor que é avaliado pelo quanto arrecada… pensei que era quantos eram salvos ou batizados…

      Agora eu sei pq a iurd insiste tanto no dízimo… a filial precisa faturar não é?

      • SEU PROBLEMA NÃO É A IURD..
        SEU PROBLEMA É COM DEUS,…
        pois não é só a iurd que recolhe dizimos….
        se vc não gosta do trabalho da iurd..
        então devolva dizimos em outro altar….

        MAS COMO VC É LADRÃO DESCARADA, CONTINUARA DANDO DESCULPA …..

        • muitas denominações tomam dízimos erroneamente dos membros e os ameaçam dizendo que se não derem não serão salvos.

          sei que não é so a iurd que ensina essa heresia.

          Mas essa heresia vai cair, pois o povo já tá tomando conhecimento dessa verdade!

      • Stardust,
        Eu já vi na IURD cenas iguais a essa do vídeo.
        Muitas vezes eu me perguntava, já morei em lugares lúgubres em meio a tanta descrença e pecado e nunca vi tanta possessão como na IURD. Quando eu frequentava uma IURD de bairro tinha uma conhecida que me apresentou o irmão dela que era pastor de uma IEQ em outra cidade. Ela me disse que ele vinha na IURD para aprender algumas campanhas para aplicar na igreja dele. A IURD tá fazendo escola, mesmo! rs…

        • MARY

          teve até cineastas do chile que para fazerem um filme sobre exploração da fé, vieram até o brasil visitar a iurd para fazer “laboratório” para aprender as taticas…

          a iurd tá mesmo dando aula de como explorar a fé dos incautos…

      • Stardust Jussara
        Como bom malicioso que é sempre foi na IURD para ver os defeitos,erros mais você e tão injusta em falar que não se fala em batismo deve ser por que ia nas 2 feira por que se fosse às 4 feiras Domingos principalmente às 18:00 iria ouvir falar de salvação com muito afinco.

        • edy

          eu ia praticamente todos os dias da semana. dízimo é assunto de toda reunião… cerca de 10 a 15 minutos só desse tema. VC SABE QUE É VERDADE!!!

          engraçado, que o apelo para o batismo raramente acontece… e quando acontece é um aviso bem rápido, coisa de 1 minuto… “vai ter batismo após a reunião do proximo domingo”

          só pela diferença do apelo para dizimo em relação ao batismo, vemos o que a iurd prioriza…

          E VC SABE MUITO BEM DISSO!

  22. realmente como vc diz MARY EU sou fraquinho….
    MAS MEU CASAMENTO É UMA MARAVILHAAAAAAAAAAAAAAAAAAA….
    TENHO UMA VIDA ABENÇOADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
    TUDO QUE COLOCO AS MÃOS PROSPERAAAAAAAAAAAAAAAA…

    NUNCA NIGUÉM LEU UM COMENTARIO SEQUER MEU AQUI RECLAMANDO DE MINHA VIDA, COM COMPLEXOS, reclamando do meu casamento, como vc sempre fez para o edy, e fazia para o marcelo de barros….

    EU SOU FRAQUINHO de entendimento biblico…

    MAS QUEM TEM UM CASAMENTO FRIO E FRUSTRADO AQUI E VC…
    EU SOU FRAQUINHO.

    MAS QUEM TEM SÉRIOS PROBLEMAS NA FAMÍLIA AQUI E VC…
    EU SOU FRAQUINHO….

    MAS QUEM TEM PROBLEMAS COM DINHEIRO AQUI É VC….

    EU SOU FRAQUINHO, MAS TUDO QUE COLOCO AS MÃOS SE TORNA FORTE E ABENÇOADO…..

    EU SOU fraquinho… MAS NÃO ROUBO A DEUS, E NEM PROCURO NA BIBLIA VERSÍCULOS PARA APOIAR O ROUBO A DEUS….

    EU NÃO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SER DIZIMISTA, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SER OFERTANTE, EU NÃO ME ENVERGONHO DE SACRIFICAR A DEUS NO ALTAR DA IURD, EU NÃO ME ENVERGONHO DE FAZER VOTOS NO ALTAR……

    E POR ISSO O MEU SENHOR JESUS NÃO ME DEIXA SER ENVERGONHADO… COMO ELE DIZ:

    O MEU POVO JAMAIS SERÁ ENVERGONHADO…

    E a vida de vcs É UMA VERGONHA….

    • Eduardo Nobre disse: 25 de junho de 2013 ás 10:01 am

      Vai arrebentar, eu não conheço o testemunho de STARDUST, mas vou citar alguns testemunhos de pessoas que arrebentaram:

      “Eu vivia uma vida boa, de príncipe, até cometer um crime para salvar alguém do meu povo. Aí virei fugitivo, e encontrei Deus. Ele me nomeou seu representante, e libertei meu povo da opressão, para os conduzir para a terra que Deus nos prometeu. Mas dali para frente foi só reclamação nos meus ouvidos, murmurações, décadas no deserto, guerras que vencemos, e mais reclamações, e eu tive que aguentar esse povo, intercedi por eles e eles ainda se colocavam contra mim, até que perdi a paciência, e depois de tanto andar, de tanto lutar para chegar à terra prometida, de tanto suportar esse povo, por causa do meu pecado Deus me negou esse direito, e só pude ver de longe”. – Moisés.

      “Ele sempre foi justo e bom, sempre deu o seu melhor para Deus, e como recompensa por Deus se agradar dos seus sacrifícios e do seu coração, foi assassinado pelo próprio irmão, sem deixar filhos, descendentes ou herança” – Abel.

      “Ele foi cheio do Espírito Santo desde o ventre da mãe, e desde cedo se dedicou a Deus. Levita e filho de sacerdote, abandonou o privilégio de serviço no templo para pregar no deserto, vestido de peles, comendo gafanhotos e mel silvestre. Foi chamado de profetas por uns, e herege por outros. Mas conheceu o Salvador, e o batizou. Seu final? Passou seus últimos dias na cadeia, e teve a cabeça cortada e servida em uma bandeja”. – João Batista.

      “Ele era cidadão romano, educado aos pés de Gamaliel, um rabã e membro do Sinédrio, fazedor de tendas, ainda jovem, tinha um futuro promissor, defendia sua fé com garras e dentes e tinha autoridade concedida pelo Sinédrio. Mas finalmente encontrou Jesus. A partir daí, começou a pregar o evangelho, converter milhares de pessoas, e fazer prodígios. Mas para ele mesmo, a vida trouxe perseguição, surras, diversas prisões, falsas acusações. Vivia lutando contra um espinho na carne do qual Deus não o livrava. Diferente dos outros apóstolos, não vivia do dinheiro arrecadado, mas trabalhava para o seu sustento, e alguns ainda duvidavam do seu apostolado. Terminou seus dias preso, e foi condenado à morte”. – Paulo

  23. NO TEXTO CLÁSSICO DOS DIZIMOS, EM MOMENTO NENHUM DEUS FALA QUE AS PESSOAS ESTAVAM ROUBANDO LEVITAS OU SACERDOTES, OU QUE ERAM PARA DAR DIZIMOS PARA ÓRFÃOS OU VIUVAS…

    EM MALAQUIAS ELE DIZ: COM MALDIÇÃO SOIS AMALDIÇOADOS PORQUE A MIM ME ROUBAIS….

    A onde DEUS esta aqui falando de levitas? ou de sacerdotes?
    SE OS DÍZIMOS FOSSE NA VERDADE DOS LEVITAS E DOS SACERDOTES, ENTÃO PORQUE DEUS ESTA FALANDO QUE O POVO ESTAVAM ROUBANDO DELE?

    OU VC VAI FALAR QUE DEUS AQUI SE ENGANOU?

    E DIZEIS EM QUE TE ROUBAMOS? NOS DIZIMOS E NAS OFERTAS….

    OS DÍZIMOS SÃO DE DEUS, E NÃO DE PASTOR OU LEVITA, OU SACERDOTE…

    ELES SÃO DE DEUS E DEVEM SER DEVOLVIDOS NO LUGAR QUE DEUS FAZ HABITAR O SEU NOME……

    VC ESTA ROUBANDO DE DEUS, VC ROUBA DELE, E POR ISSO É FRUSTRADA, AMARRADA DERROTADA COMPLEXADA,
    E CHEIA DE PROBLEMAS….
    E BIPOLAR. JA MUDOU SEU NICK AQUI CENTENAS DE VEZ.
    PORQUE VC TEM PROBLEMA SERIO DE CABEÇA.
    VC ja postou como jgmix, jussara, jairo, anaclara, simas, afonso, bereiano radical, stardust…

    VEJA SO UMA PESSOA DOIDA FAZ ISSO.
    VC É UMA COITADA..

    • Se ler o contexto de Malaquias 3, lá pra frente, verás que Deus faz um alerta aos israelitas, aqueles que receberam toda a lei levítica.

      É lógico que Malaquias 3:10 fala com o povo e não com sacerdotes… pois os sacerdotes não davam dízimos, eles recebiam dízimos. Mas é claro em dizer “casa do tesouro”, oras, em qual lugar era dado os dízimos? Nas igrejas? Não… a casa do tesouro mencionada é o Templo de Jerusalém.

      Nem mesmo os judeus, que receberam esta lei, cumprem esta lei mais. Sabe porque? Pois diferente de muitos cristãos, eles são conscientes de que somente os descendentes de Levi, em seu Templo, podiam receber dízimos. Nenhum pastor é levita de sangue _ e somente um levita de sangue podia receber dízimos.

      Se não existe o Templo de Jerusalém, se não existe levitas, e se não existe a lei, logo, receber dízimos é um ROUBO.

      “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.”
      Hebreus 7:5

      “E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.
      Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
      De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
      Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.”
      Hebreus 7:9-12

      “Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar,
      Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.
      E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote,
      Que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível.
      Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.
      Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade”
      Hebreus 7:13-18

      “(Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.”
      Hebreus 7:19

      “De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.
      E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,
      Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
      Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
      Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;
      Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
      Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.”
      Hebreus 7:22-28

    • esse fala a verdade???

      e esse seu guru que disse que JESUS VIVEU DEBAIXO DA LEI?

      KKKKKKKKKKK ESSE AI E MAIS UM PASTOR DE PORCOS QUE ENSINA AS PESSOAS A ROUBAREM A DEUS….

      ESSE AI E SEU PASTOR.
      O PASTOR DE PORCOS…

      • ARREBENTAR

        se Jesus não estivesse debaixo da lei porque Ele precisaria cumpri-la como disse que faria em mateus 5:17-18?

        Jesus não estava debaixo da lei? então porque a bíblia diz:

        “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,” (gálatas 4:4)

        e aí… quem está certo? vc ou a bíblia? difícil decidir não?

  24. Uma grande piada esse vídeo, e tem gente que acredita, porque motivo esse pastor ofereceu dinheiro do dízimo ao diabo, como ele disse, Deus não mandou a gente bater papo com o diabo, fazer algum tipo de negócio, simplesmente vc expulsa o capeta e fim de papo.

  25. Stardust, Mary e outros siga o exemplo de Zaqueu

    E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.
    E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão.

    Lucas 19:8-9

    • samuel josé

      vamos ver o caso de zaqueu:

      “eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens”

      OU SEJA: 50% aos necessitados, PORTANTO nada a ver com 10% para pastores.

      rapaz… vc é fraquinho mesmo de biblia… parece o arrebentar, que vem sido arrebentado há meses aqui, até por católicos… que vergonha hein?

      • Realmente, Antonio Siqueira, desconhecimento total!
        Como podem dizer a quem seguem, se desconhecem a palavra? E o Samuel, me parece, ser adorador de homens. Já viu as suas postagens nas matérias do Marco Feliciano? Amar o próximo,não significa adorar e obedecer acima de tudo!
        “Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.” (Jr 17. 7).

      • Antonio Siqueira e outros que nao entenderam a mensagem de Zaqueu…..

        o que eu quis dizer com esta passagem biblica e a sujeicao de Zaqueu a pessoa de Cristo Jesus, uma pessoa tida como pecador e odiado por todo mundo na cidade Jesus nao precisou dizer a ele o que fazer isto ja foi espontaneo ele ja decidiu dar aos pobres metade do que possuia e indenizar os que havia roubado, ele nao converteu so a mente mas o bolco tambem.

        agora se vcs fazem tanta questao de ficar com os 100% que ganham problema seu,a obra nao vai parar por isso pois muitos sao os que contribuem.

        • eu nunca vi na bíblia Deus pedindo ou exigindo a conversão do bolso… isso é conversa fiada de fariseu dizimista…

          os pastores, lobos devoradores é que gostam desse heresia “conversão do bolso”…

  26. RECADO AOS, Vai arrebentar, ao Ex , ou Edy , ao Clamando, meus queridos amigos esta parte sobre o dizimo já esta superada deixem o stardust de lado sobre este assunto não adianta escrever sobre este assunto com o mesmo, ele tem a mente cauterizada sobre este assunto da não devolução de dízimos, o melhor e deixar isto pra la deixe-o escrever a vontade sobre os dízimos o que ele quiser, porque o que ele escreve não vai mudar em nada o pensamento daqueles que por Amor e gratidão a Deus foram libertos das agruras do mundo e hoje estão felizes e alegres com Jesus, e sabem bem de suas responsabilidades para com suas congregações e para com a propagação do verdadeiro Evangelho do Senhor Jesus

    • TOUR NATRAK

      a verdade sobre o golpe que é esse dízimo ensinado e recolhido hoje nas denominações evangélicas vai ser ensinada, quer vc queira ou não. O fato de vcs não conseguirem contradizer o meu estudo, só prova como esse ensino é coisa de homens que só querem lucrar com o analfabetismo biblico dos crentes, mas Deus tem levantado pessoas para falar a verdade.

      tour natrak… se vc tem tanta certeza que dízimo é mandamento cristão, porque vc não tenta desmentir na bíblia o estudo que desmascara as 10 maiores mentiras sobre a obrigatoriedade do dízimo?

      olha… vou facilitar pra vc… o estudo tem 10 tópicos… tenta contradizer ao menos 1 ok?

      MAS USE A BÍBLIA dessa vez!

      • A minha congregação, a qual eu a construí desde os fundamentos com minhas próprias mãos, e com um cunhado meu isto com muito mas muito sacrifício, e com ajuda de pessoas que nem crente eram mas que ajudaram com mao de obra e com materiais tais como cimentos aço e ate com equipamentos como compactador por exemplo, e com os DIZIMOS E OFERTAS, dos membros da mesma FALAM POR MIM, a qual esta aberta suas portas de toda terça feira aos domingos das 7.30h todos os dias menos a segunda feira que e de descanço e aos domingos das 8.30 da manha ate as 10 h da manha para a escola dominical, A QUAL SEM OS DIZIMOS E OFERTAS jamais estaria edificada, isto inclusive com ajuda de pessoas que não são crentes e sim católicos, portanto não preciso de argumentos A MINHA CONGREGAÇAO EM PE FALA PELOS DIZIMOS E PELAS OFERTAS a qual tem capacidade para 220 pessoas assentadas confortavelmente posso falar com razão de causa pois foi eu juntamente com meus irmãos quem a construiu, e você tem alguma igreja levantada com suas próprias mãos? quantas pessoas foram alcançadas pelo Santo Evangelho de Jesus Cristos construída por você com os dízimos e ofertas?

        • tour natrak

          imaginei que vc fugiria do meu desafio em provar na bíblia que meu estudo que desmascara a farsa dos dízimos… vc sabe né… conheço o ponto fraco dos pró-dízimos… a bíblia!

          bom. vc disse: “e você tem alguma igreja levantada com suas próprias mãos?”

          vc tá querendo saber se eu edifiquei algum templo físico a que vc chama de igreja… ora, porque eu teria de fazer isto, visto estar escrito:

          “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra EDIFICAREI A MINHA IGREJA, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18)

          tour natrak… pq eu teria de edificar uma igreja, se o próprio Senhor Jesus disse que é ELE quem edifica a igreja?

          Eu não sou Jesus…

          tour natrak, vc tem seguido a religião evangélica, que está longe de ser o evangelho simples pregado por Cristo e seus Apóstolos…

          Dízimo, construção de templos físicos, etc… são invencionices de homens… não há mandamento de que nós cristãos fizessemos estas coisas…

          tour natrak… leia a bíblia e medite nela… ou isso é muito difícil pra vc?

          • Bao também, continua na tua que eu vou continuar na minha e que o Senhor em sua infinita misericórdia nos abençoe a todos

          • Bao também, continua na tua que continuarei na minha, e que o Senhor Jesus em sua infinita misericórdia Abençoe a todos

      • Tema que muitos por aí que se dizem pregadores do Evangelho banalizaram, o dízimo, na verdade não é obrigatório nos tempos da graça de Jesus, mas apenas é devolvido pelo fiel.Os pastores profissionais fizeram com que fosse “obrigatório”, pq servem aos seus próprios interesses financeiros, os ajuda a manter um nível muito alto de vida, por isso “brigam” e imprecam maldições aos que não praticam tal ato.
        Quem não pratica o dízimo de maneira nenhuma será condenado, pois o reino de Deus é espiritual e não base financeira.Apenas para mostrar que no NT tem passagens sobre o mesmo, leia :

        Abaixo, algumas passagens do NT onde cita o dízimo:
        “Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. (Lucas 18:12). Aquí o fariseu falando para se justificar diante do Senhor.
        “Dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. (Mateus 23:23).Acima palavras do próprio Senhor.

  27. ATENÇÃO: DEVIDO A REPERCUSSÃO DO ESTUDO QUE DESMASCARA A FARSA DOS DÍZIMOS TER CAUSADO POLÊMICA E ATAQUES FEROZES DOS QUE SE RECUSAM A ACEITAR A VERDADE BÍBLICA SOBRE ESSA DOUTRINA MERCANTILISTA, VAMOS FAZER UM DESAFIO AOS “PRÓ-DÍZIMOS”…

    A falsa doutrina dos dízimos nos dias de hoje, ensina basicamente isso: Que todo cristão tem o mandamento bíblico de separar 10% de sua renda ( salários e ganhos diversos ) e entregar numa denominação evangélica aos cuidados de um suposto homem de Deus (notadamente, um pastor ou similar). A não entrega desse valor, chamado por eles de dízimo, pode acarretar, segundo essa doutrina, a sujeição do cristão aos ataques de um demônio chamado “devorador”, ser espiritual este, segundo ainda esta doutrina o mesmo mencionado em malaquias 3:11. O que não se sujeita a entregar os dízimos conforme especificado acima, também estaria pondo sua própria salvação em risco, pois ainda segundo essa doutrina, quem não dá dízimo é ladrão.

    Agora, porém, em confronto com essa doutrina de dízimos ainda perdurar e segundo eles ser obrigatória aos cristãos, estaremos fazendo 10 perguntas que os pastores que insistem em receber dizimos não conseguem responder:

    1 – Dízimo na bíblia sempre foi alimento (Levíticos 27:30,32 ; Deuteronômio 12:17)… aonde na bíblia ele se tornou dinheiro?

    2 – Dízimo era mandamento do velho testamento somente para os israelitas ( Levíticos 27:30-34) … aonde no novo testamento da bíblia, foi confirmado esse mesmo mandamento aos cristãos?

    3 – Dízimo deveria ser entregue somente aos sacerdotes levitas (Números 18:26, hebreus 7:5)… aonde na bíblia, os pastores de hoje substituiram esses sacerdotes levitas para poderem tomar dízimos?

    4 – Dízimo era destinado ao sustento dos levitas, dos órfãos, estrangeiros e viúvas (Deuteronômio 26:12)… aonde na bíblia ele se tornou exclusivo dos pastores e bispos das denominações evangélicas?

    5 – Se o mandamento do dízimo é anterior a lei de moisés, e abraão é exemplo de “dizimista fiel” antes da lei, então porque Abraão entregou dízimo somente dos despojos da guerra que ele venceu ( genesis 14:20; hebreus 7:4 ), e não de toda a sua riqueza já acumulada? (genesis 13:2 )

    6 – Se ” a césar o que é de césar e a Deus o que é de Deus “, é uma citação de Jesus sendo favorável ao pagamento de impostos desse mundo e da mesma forma pagamento de dízimos à Deus, então porque Jesus mencionou o pagamento do imposto de césar antes do “imposto de Deus”, visto que o dízimo deveria ser a primeira coisa a ser separada? Jesus disse ” a césar o que é de césar” e Jesus deu exemplo disso, ao pagar o imposto de césar (Mateus 17:24-27), para dar o exemplo que se deve pagar o imposto de césar ( impostos desse mundo ) mas se “a Deus o que é de Deus” se refere à dízimo, aonde Jesus devolveu dízimo, para nos esse exemplo, da mesma forma que fez ao pagar o imposto de césar?

    7 – Se devemos dizimar porque Jesus não falou nada contra o dízimo, então devemos nos circuncidar também? visto que Jesus também não falou contra a circuncisão aos israelitas e a circuncisão também é mencionada antes da lei de moisés (genesis 17:10).

    8 – Se quem é dizimista será salvo, então porque o Senhor Jesus precisou vir aqui na terra, cumprir a lei de moisés e morrer pelos nossos pecados? os israelitas já tinham o mandamento de dizimar (levíticos 27:30-32)… não bastava eles somente continuarem dizimando para serem salvos? quem nos dá a salvação? Quem salva é Jesus ou o dízimo ?

    9 – Aonde vemos Jesus e/ou os apóstolos, recebendo dízimos dos cristãos para que a obra de Deus fosse feita? aonde vemos no novo testamento que o dízimo é obrigatório para manutenção de um templo físico ?

    10 – No velho testamento vemos claramente os israelitas recebendo o mandamento de dizimarem e entregando o dízimo ( Levítico 27:30-32; II Crônicas 31:6; Neemias 13:12 ), Mas aonde no novo testamento vemos os cristãos recebendo a ordem de dizimar e um seguidor de Jesus, ou seja, um cristão dizimando?

    CONCLUSÃO: Eu já fiz estas 10 perguntas à vários pastores que insistem no erro de ensinar que dízimos são obrigatórios para os cristãos, mas nunca obtive uma resposta. O que comprova que realmente, essa doutrina mercantilista dos dízimos não passa de doutrina criada por homens, sem embasamento bíblico.

    O Senhor Jesus já advertiu sobre esse tipo de erro: “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Marcos 7:7)

    Mas graças a Deus, cada vez mais as pessoas estão conhecendo a verdade sobre a mentira que é a doutrina do dízimo, e deixando de dizimar por obrigação conforme malaquias 3:10, que era uma advertência que dizia a respeito somente ao povo de israel e passando a ofertar por amor e liberalidade conforme 2 corintios 9:7.

  28. Edir Macedo participa de audiência na Justiça Federal, em Chapecó

    O bispo Edir Macedo, empresário e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, que tem cerca de 8 milhões de fiéis em 170 países, esteve em Chapecó nesta semana para prestar depoimento na 1ª Vara da Justiça Federal. Ele responde a processo por falsidade ideológica na compra da TV Record de Xanxerê.

    A audiência foi às 14h de quarta-feira. Ele chegou acompanhado de advogados e de outras duas pessoas citadas na denúncia, o pastor Marcelo Nascentes Pires e o ex-diretor da TV Record Júlio César Ribeiro. A presença do empresário, que mora em New York (EUA), não gerou estardalhaço na cidade. Segundo servidores da Justiça Federal, do lado de foram ficaram apenas pessoas da segurança do bispo.

    Macedo foi denunciado pelo Ministério Público por suspeita de inserir declaração falsa em documento, crime previsto no artigo 299 do Código Penal, e falsidade ideológica, crime previsto no artigo 304 do Código Penal. Segundo a denúncia do procurador da República Renato de Rezende Gomes, Macedo teria utilizado “laranjas” na compra das cotas de televisão, que depois foram transferidas para seu nome. Marcelo Nascentes Pires figurou como sócio da RCE TV de Xanxerê Ltda., posteriormente Televisão Xanxerê Ltda., afiliada da Rede Record, quando em verdade, o verdadeiro proprietário das cotas em nome de Marcelo era o denunciado Edir Macedo Bezerra, aponta a denúncia.

    Ainda conforme a Ministério Público Federal , Macedo teria utilizado uma procuração para posteriormente transferir as cotas de Marcelo para seu nome. Eles ainda teriam utilizado a procuração falsa no Ministério da Justiça. Os crimes têm penas que podem variar de um a cinco anos de reclusão e multa.

    O juiz Guilherme Gehlen Walcher, que ouviu os denunciados,disse que Edir Macedo não havia estado presente na primeira audiência, marcada há cerca de um mês, mas na quarta-feira compareceu no horário. Ele falou por cerca de 30 minutos, mas a audiência durou duas horas e meia com a defesa dos outros dois suspeitos.

    O juiz declarou sigilo ao depoimento de Macedo para evitar que acabasse vazando, como ocorreu em Itajaí, onde o bispo e empresário também responde a processo relativo à aquisição da rede de televisão local.

    — O que posso dizer é que ele se declarou inocente — informou o magistrado.

    Nos próximos dias, tanto a defesa como o Ministério Público Federal devem fazer suas considerações finais. O juiz deve dar a sentença até o final do ano.

    Depois do depoimento, Macedo foi até um templo da Igreja Universal localizada na rua General Osório. Lá ele apenas conversou com algumas pessoas.

    O Diário Catarinense tentou contado com os advogados de defesa de Macedo, mas apenas conseguiu falar com o escritório de Arthur Lavigne, um dos defensores do bispo. A informação recebida foi de que o profissional já havia deixado o local. Não foi fornecido à reportagem o número do celular de Lavigne. O DC não conseguiu contato com os outros dois suspeitos nem com seus advogados.

    FONTE: Diário Catarinense

  29. Moyses Macedo, filho do bispo bilionário Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da TV Record, assumiu sua homossexualidade nas redes sociais na última segunda-feira, de acordo com o site Gospel. O jovem mora em Manhattan, Nova York, onde leva uma vida modesta e sem qualquer problema quanto à orientação sexual. De acordo com vizinhos, não é novidade para ninguém que ele seja gay.

    Mesmo assim, a saída do armário de Moyses está sendo amplamente divulgada em sites gospel do Brasil.

    Apesar de viver “escondido” por conta de sua rebeldia, o rapaz cresceu nos Estados Unidos e já esteve envolvido em algumas polêmicas absurdas, como uma suposta gravação onde se masturba, joga a Bíblia para o alto e aponta o dedo do meio para o público.

    Moyses Macedo, filho do bispo bilionário Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da TV Record, assumiu sua homossexualidade nas redes sociais na última segunda-feira, de acordo com o site O Fuxico Gospel. O jovem mora em Manhattan, Nova York, onde leva uma vida modesta e sem qualquer problema quanto à orientação sexual. De acordo com vizinhos, não é novidade para ninguém que ele seja gay.

    Mesmo assim, a saída do armário de Moyses está sendo amplamente divulgada em sites gospel do Brasil.

    Apesar de viver “escondido” por conta de sua rebeldia, o rapaz cresceu nos Estados Unidos e já esteve envolvido em algumas polêmicas absurdas, como uma suposta gravação onde se masturba, joga a Bíblia para o alto e aponta o dedo do meio para o público.

    • RPN

      essa notícia que vc trouxe eu já tinha lido em outros sites, agora fica explicado o pq a iurd não prega contra o homossexualismo e adota uma linha de tolerancia a essa prática.

    • Pior é que o vai se arrebentar e outros adeptos da IURd vêm aqui nesse site com a maior cara de pau,e chamam os outros de travesti,endemoniado,espírito de pomba gira,quando o próprio lider deles Edir Macedo tem esse problema na família.Detalhe,não sou e nunca serei a favor da homossexualidade,mas para o Macedo isso é normal.

      • RPN

        a iurd é só hipocrisia e contradição. lá, a palavra de edir macedo vale mais que a de JESUS CRISTO.

        um exemplo… edir macedo criticou Jesus por Ele ter feito o milagre de transformar agua em vinho… e o que o povo da iurd disse depois dessa heresia?

        “amém!”

        por isso deixei essa organização que não é reconhecida como denominação evangélica nem no proprio meio cristão!

  30. Os pastores, apóstolos, etc.., gostam muito de desafios , não é? eu proponho um desafio a eles: fiquem 1 ano sem pregar sobre dízimo e ofertas e creiam que os mesmos vão aumentar…

    • Francisco gostei da sua proposta, mas também te desafio a frequentar minha igreja durante um ano e ver durante este um ano se você vera uma pregação sobre dizimo, mas com uma condição que você dobrara seus joelhos e reconhecera a Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador, tenho plena confiança que você se tornara um crente fiel ao Senhor Jesus Sabe porque? e porque você não vera este tipo de pregação porque nossas pregação estão sempre voltadas para a Salvaçao do ser humano esta e nossa prioridade a SALVAÇAO, quando você se torna um crente salvo você nasce de novo e deixa de ser uma criatura para ser filho adotivo de Deus você passa a ser herdeiro de Deus e cor herdeiro de Jesus Cristo e com o conhecimento sua devolução de dizimo e por amor ao Evangelho não e por uma obrigação mas por Amor a obra Redentora do Senhor Jesus e pela sua gratidão que brotara dentro do seu coração e pela ânsia de ver o Evangelho verdadeiro ser propagado para milhares de ser humano que precisa de ser alcançado pelo verdadeiro Evangelho, temos problemas temos todas as igrejas tem problemas, mas não e por causa de alguns que erram que o Evangelho vai deixar de ser pregado, entendeu gente boa, que o Senhor Jesus te Abençoe

  31. Parabéns Tour Natrak. O dízimo e as ofertas são coisas boas, e devem ser dados de coração e com espírito de gratidão, e não de obrigação. O problema não são pastores como você, mas como o vai arrebentar, que acusam de ladrões os irmãos em Cristo que não dão o dízimo, mesmo que estes ajudem com muito mais do que 10% para a obra de Deus.

    O problema é o dízimo ser obrigatório, tornando ladrão quem não devolve o dízimo. Isso torna o dízimo uma Lei, e não objeto de graça e gratidão. Estes, escolhem o que querem da Torah, e descartam o resto, sendo que a obrigatoriedade do dízimo (mitzvah) não pode ser separada da Lei. Ou se salva pela Lei, ou se salva pela Graça.

    Mas que bom que existem pastores como você, que recebem o dízimo como graça, gratidão dos fiéis.

    • OH Eduardo Nobre quero te agradecer por suas palavras, mas quero te dizer que não sou pastor eu sou um presbítero de minha igreja já fui sim dirigente inclusive de minha congregação, mas não tenho o dom do pastoreio, o Espirito Santo reparte os Dons para um fim proveitoso na igreja, infelizmente não e o que vemos hoje em muitas igrejas que se dizem evangélicas colocam pessoas que não tem dom para o pastoreio na frente de trabalhos somente para denegrir o genuíno Evangelho, quando eu comecei a construir a minha congregação eu era Diacono fiquei na frente dos trabalhos tanto de pastoreio como da construção quando terminei fui graduado a presbítero, hoje não pastoreio mais por causa de minha profissão que não me da espaço para tal mister mas continuo firme na igreja, quase so tenho tempo aos domingos ai as vezes dirijo o culto, apesar de ser ruim no português mas o meu dom e ensinar gosto de ensinar e doutrinar e discernimento estes são os dons que Deus me deu, mas fico deveras agradecido por suas palavras, quero aproveitar esta oportunidade de te dizer se por ventura em algum comentário meu você se sentiu ofendido me perdoa, pois sinceramente não o tenho por inimigo e gosto muito dos seus comentários todos os seus comentários eu os leio, que o Senhor Jesus te Abençoe a você e toda a sua família AMEM

  32. Mateus capitulo 16 verso 18, Também eu te digo que tu es Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela 19 Dar-te-ei as chaves do reino dos céus, o que ligares na terra terá sido ligado nos céus, e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus.—, Esta pedra apesar do jogo de palavras, não e a pessoa de Pedro que e a pedra fundamental da igreja, E Jesus Cristo mesmo, conforme o próprio Pedro diz em 1 Pedro 2.4-8, conforme Mateus 21,42-44, Ate certo ponto, todos os Apostolos são pedras fundamentais, mas so pelo fato de serem porta-vozes e testemunhas do Evangelho, garantindo sua veracidade Ef 2.20, A edificação da igreja–depende–, 1 da revelação de Jesus Cristo por parte de Deus verso 17, e conforme Jo 16.13,–2 de Jesus Cristo ser o fundamento 1Co 3.11, –3 de Jesus Cristo exercer seu poder soberano Mt 28.18.20, 4 dos discípulos confessarem a Jesus Cristo Mt 16.16, At 1.8, 8.4, 5 de levar o ataque ate as portas do hades At 5.29, portas do inferno hades lugar dos mortos condenados, A igreja e construída não apenas sobre a pessoa de Jesus Cristo, mas também na sua obra que o obrigou a morrer e entrar no hades e conquistar a morte através da Ressurreiçao 1 Pe 3.18 a chave do reino, o direito especial concedido ao apostolo Pedro de abrir a porta da Salvaçao para os Judeus At 2 e aos gentios At 10, todo crente ou discípulo que ganha nem que seja uma so Alma para Jesus Cristo exerce o poder das chaves 1 Co 16.9

    • FALA AI TOUR NA TRAK..ME ESCLAREÇA O QUE ACONTECEU COM O DEVORADOR ESTE DEMONIO A QUAL SÓ DEUS TEM PODER PARA REPREENDER , ELE DESAPARECEU? ELE TIROU FÉRIAS,? DEIXOU DE EXISTIR LADRÃO..ME EXPLIQUE…ANTES ENTÃO DEUS ROUBAVA E SE ARREPENDEU? MANDOU O FILHO PARA CONCERTAR SUA FALHA? DEUS MUDOU? O DÍZIMO ANTES DA LEI ..POR FÉ DO PAI ABRAÃO E JACÓ QUE DEIXOU DE SER LADRÃO E ENGANADOR, É SÓ ISTÓRINHA? RAPAZ ACHO QUE VOU BOTAR A BÍBLIA FORA, POIS SEGUNDO JGMIX PAI DAS SAFADESAS MÃE DAS MALANDRAGENS NICK ANA CLARA DE SIMAS O FALECIDO STARDUST DESCOBRI DEUS É FALHO SUA PALAVRA NÃO É DE ETERNIDADE EM ETERNIDADE ELE É MUTAVEL E VAI AO SABOR DO VENTO, REJEITOU SEU POVO…RAPAZ SEGUNDO JGMIX ESTOU INDO PARA O INFERNO, APESAR DE TER GANHO EM 39 ANOS DE MINISTÉRIO MILHARES DE ALMAS PARA JESUS. RAPAZ TO ACHANDO QUE NEM DEUS EXISTE, POIS SE ELE É ASSIM COMO JGMIX DIZ BOTEI MINHA FÉ NO LUGAR ERRADO, MAS QUE VOU FAZER PARA DEVOLVER OS DÍZIMOS E OFERTAS ..QUE ENTROU NA IGREJA, TENHO PENSADO NESTES DIAS E COMECEI A CHAMAR TODOS QUE GANHEI, RAPAZ E SABE O QUE DESCOBRI, FIZ UMA GERAÇÃO DE LADRÕES DE DÍZIMOS, QUE ESTÃO HOJE ATRAS DOS MILHARES QUE ELES GANHARAM PARA JESUS, E A CONTA ESTÁ INDETERMINADA..PRONTO VOU PARA O INFERNO E NÃO VOU SÓZINHO…QUE TRISTE REFLEXÃO…CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE MELHOR SERIA. TER ENTERRADO MEU TALENTO, POIS IRIA PAGAR SÓ PELA MINHA VIDA…AGORA TENHO MILHARES DE VIDAS PARA DAR CONTA…..ME DIGA AI SERÁ QUE VOU PAGAR PELO NUMERO DE ALMAS QUE GANHEI PELA MINHA PREGAÇÃO FRAUDULENTA ..TDTDT TO ROUBADO MANDA AQUECER CEM VEZES MAIS O LAGO

      • Deus não quer que vc tome dízimos dos fiéis… Ele quer que vc venda o barco que vc só usa de vez em quando…

        E aí? Aonde vc vai barco não entra… Pega fogo logo na entrada!

      • O Tour Narak deu um exemplo de uma igreja levantada com base na fé, com fiéis ajudando “voluntariamente” com dízimos e ofertas, sem mentiras, sem ameaças, mas embasados na Graça e com espírito de gratidão. Ele edificou com almas que adoram a Deus em espírito e verdade, e não almas que são ameaçadas com devorador. Deu preza aquele dá com alegria, e não sob ameaça.

        Afinal, clamando, o dízimo é de Abraão (voluntário, expressão de gratidão) ou da Lei (obrigatório)? Vocês estão em um beco sem saída. Se for de Abraão, ele não é obrigatório, e quem não o devolve, não pode ser chamado de ladrão. Se for da Lei, ele foi abolido junto com o resto da Lei, ou se não foi, obriga vocês a seguirem toda a Lei de Moisés. E aí fariseu? O batismo de João é do Céu ou dos homens?

      • Responda você clamando: o dízimo que você cobra, é o de Abraão (voluntário, expressão de gratidão, sem Lei), ou da Lei (obrigatório, passível de punição para o transgressor)?

        Se for o de Abraão, ele não é obrigatório, e quem não o devolve, não transgride lei alguma, não sendo assim ladrão. Se for da Lei, então ou ele foi abolido junto com a Lei, ou temos que cumprir sem hipocrisia todos os itens da Lei.

        Então fariseu, o batismo de João era dos homens ou de Deus?

      • Com certeza neste interpretar eu também e mais milhões estamos condenados, imagina os milhares que através dos dízimos foram de pais em pais de cidade por cidade currutelas por currutelas nestes sertões e cafundó do mundo levando e pregando as boas novas muitos ate passando fome e sede para implantar igrejas nos cafundó onde so ouviam falar de papa e de Maria, coitado de mim alias de todos os que lutam a pensar que eu já preguei a Santa e Gloriosa Palavra de Deus trepado encima de uma arvore para ser ouvido melhor porque nem um megafone não tinha e as praças publicas e eu na esquina de uma rua eu e mais um corajoso como eu mandando brasa a falar do Amor de Jesus e meus ensinos dentros das obras que ate engenheiros na ora do almoço ia assistir, então eu fui mandado embora de uma empresa por ensinar o Evangelho na hora do almoço em vao não precisava eu deveria ter deixado coitado de nos estamos fritos eu nem sei quantos dizimistas tem hoje em igrejas os quais se converteram por causa de meus esforços de ensinar a Palavra quer dizer todos os meus os seus e de mais uns milhares foram debaldados perdemos nosso tempo, como diz o nosso querido irmão o grande Apostolo Paulo somos os mais infelizes homens da terra além de termos abandonado tudo o que tem de bom que o mundo pode oferecer ainda vamos morrer e ir para inferno tamos ferrados vou ter que voltar pra o mundão para aproveitar o pouco que me resta pois faço 59 dia 7 de setembro próximo e agora como vou fazer já ate esquece como dança um xote quadradinho e era o que mais gostava tamos ferrados, mas graças a Deus isso não vai acontecer porque passara os céus e a terra mas a palavra de Deus jamais passara o nosso Deus não mudou e jamais mudara vou morrer devolvendo o dizimo pois com ele sou abençoado ate porque eu sei o valor de uma Alma ganha para Jesus pois cada uma que dobra os Joelhos a festa no ceu com certeza, e eu também sei quem eu era e quem eu sou hoje mesmo que eu desse tudo que tenho para o Senhor seria ínfimo diante de tudo que Deus tem sido para mim e para todos nos que fomos libertos deste mundo maldito eta nois nois e nois e vamo que vamo e GLORIAS A DEUS AMEM

  33. stardust e tour natrak, porque cada um não pega a sua Bíblia e vai ler e orar um pouco.gente que muito discute pontos da Bíblia esquece que a própria é um livro de Fé, vcs vão procurar entendê-la o resto de suas vidas, mas se não houver revelação para cada um de vcs ela continuará a ser o que vcs acham que ela é, um simples livrinho de história.

  34. o demonio nao consseguiu tocar no dinheiro? o dinheiro agora é sagrado?

    “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.”
    Mateus 6:24

    “É-nos lícito dar tributo a César ou não?
    E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais?
    Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César.
    Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.”

    Lucas 20:22-25

  35. O dízimo também pode ser chamado de “abafa consciência!”
    O fiel dá o DÍZIMO, as vezes com muita dificuldade, e depois não tendo recursos nem para suprir as suas necessidades, fecha o coração para ajudar seus familiares mais próximos, tendo a sua mente cauterizada por achar que dando o dízimo já cumpriu a sua OBRIGAÇÃO e está quites com Deus. Eu gostaria de saber quantos dizimistas cuidam de seus pais na velhice e na doença? Quantos ajudam o seu próximo?
    Eu falo isso, porque quando se introjeta o dízimo como obrigação e lei, após o cumprimento vem a sensação de bem estar e dever cumprido e o indivíduo se torna insensível as necessidades alheias. E quando a consciência quer acusar, ele bate no peito e diz: “Eu sou dizimista fiel!”

    • “para vocês todos que ficam digladiando, devemos devolver o dizimo pois não é nosso, e não dar, nem pagar.”

      Esqueci desse DETALHE importante, mas o amigo Marcos aqui acima deflagrou a palavra mágica que AMARRA as pessoas ao DÍZIMO!
      Stardust, a palavra é DEVOLVER!
      Essa palavra consta na bíblia?
      Faça um estudo sobre “O DÍZIMO DEVE SER devolvido?”
      Deus te ajude nessa, amigo!
      Fui……

      • I CRÔNICA 29:14 DIZ QE APENAS DEVOLVEMOS O QUE VEM DE DEUS. EM MATEUS 23:23 CRSTO NOS ENSINA, NÃO A PRIORIZAR O DÍZIMO, MAS ” A JUSTIÇA, A MISERICÓRDIA E A FÉ .” ENTRETANTO, SEM DEIXAR DE DAR O DÍZIMO. DEVOLVER O DÍZIMO, NÃO PARA SER ABENÇOADO, MAS PORQUE JÁ SE FOI ABENÇOADO. AFINAL, QUEM NÃO AJUDA A CASA DO SENHOR PODENDO E NÃO O FAZ É PORQUE É AVARENTO E A AVAREZA É UM FORMA DE IDOLATRIA ( CL. 3:5; EF. 5:5 ). PAULO DIZ QUE OS QUE CUIDAM DA CASA DE DEUS, MERECEM RECEBER O DOBRO ( I TM :17 ), NÃO PARA SER USADO EM SEU DELEITES, MAS NO SERVIÇO A DEUS. REALMENTE EXISTEM PASTORS COMERCIANTES, QUE UTILIZAM DE VERSÍCULOS BÍBLICOS PARA EXPLORAREM O POVO DE DEUS FINANCEIRAMENTE. INCLUSIVE, AQUELES QUE USAM EXODO 23:15 ” . . .NINGUEM APAREÇA DE MÃOS VAZIAS ” . . . VERSÍCULO EXCLUSIVO E ESPECÍFICO ÀQUELA SITUAÇÃO, GENERALIZANDO, DANDO A ENTENDER QUE AS OFERTAS SÃO OBRIGATÓRIAS, O QUE NÃO É ( II COR. 9:7 ).

      • mary

        não há mandamento para que cristãos devolvam o dízimo… isso é facilmente demonstrado no novo testamento, onde não há um relato sequer de um seguidor de Cristo, “devolvendo” 10% de sua renda… seja em alimentos ou em dinheiro…

        aliás, os pastores transformaram o dízimo que era alimento em dinheiro!

        bem que 2 pedro 2:3 fala que fariam comércio dos crentes… o dízimo obrigatório em dinheiro é a maior prova disso.

        • STARDUST: a mulher depositou foi dinheiro no gasofilaco na entrada do templo e nao alimentos.

          E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro;
          E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas;
          E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva;

          Lucas 21:1-3

          • samuel josé

            mais uma vez vc comprova seu ANALFABETISMO BÍBLICO:

            A viuva colocou sim, duas moedas no gazofilácio, mas Jesus testemunhou que aquelas moedas eram TUDO O QUE ELA TINHA.

            TUDO O QUE ELA TINHA = 100%

            DÍZIMO

            obviamente não é um caso de dízimo sendo entregue em dinheiro, pois ela deu tudo o que ela tinha, as suas duas moedas, 100% !

            E no texto diz que Jesus estava observando as OFERTAS ( e não dizimos ) sendo lançadas no gazofilácio.

            ” Lucas 21:1 Jesus, levantando os olhos, viu os ricos deitarem as suas ofertas no cofre;

            Lucas 21:2 viu também uma pobre viúva lançar ali duas moedas;

            Lucas 21:3 e disse: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deu mais do que todos;

            Lucas 21:4 porque todos aqueles deram daquilo que lhes sobrava; mas esta, da sua pobreza, deu tudo o que tinha para o seu sustento.”

            Presta atenção no texto, seu analfabeto bíblico, estude a bíblia, e depois vc vem discutir aqui. pare de passar vergonha, seu fariseu dizimista.

          • Stardust ”poeira estelar”

            Pelo visto voce ja percebeu que a sua teoria de que os pastores trasformaram alimentos em dinheiro caiu por terra pois dinheiro ja era usado para contribuir tambem. leia o texto todo nao seja um petulante arrogante,convencido seu profile me diz que voce e um narcisista barato.

          • samuel jose

            ofertas e votos poderiam ser em dinheiro, mas dízimo sempre foi alimento.

            Jesus testemunha que ela deu 100% do que tinha, portanto trata-se de uma oferta, e não dízimo, pois dízimo é 10%.

            E de alimentos.

            Aonde vc vê Jesus dizendo que as duas moedas era o dízimo dela?

            SAMUEL JOSÉ… VC É FRAQUINHO DE BÍBLIA MEU FILHO… VITIMA PERFEITA PARA OS PASTORES QUE SÓ QUEREM LUCRAR COM A IGNORANCIA BÍBLICA DO POVO.

    • RAPAZ MARY ME CAIU O QUEIXO…PARABENS PELO COMENTÁRIO FELIZ E OPORTUNO, ALEGROU O SITE INTEIRO, QUE NÃO QUER DIZER QUE NÃO VAMOS DIVERGIR EM OUTROS COMENTÁRIOS

  36. para vocês todos que ficam digladiando, devemos devolver o dizimo pois não é nosso, e não dar, nem pagar. para vocês o céu é só um, para mim,Stardust, clamando, vai arrebentar………………e ´so

    • Você é Deus agora?
      Ainda bem que a igreja – construção material – não é o céu, porque lá, meu amigo, nem você, nem líderes aqui da terra podem expulsar ninguém!
      Porque, ANTES, não difundem o DAR pelo AMOR?
      Sem imposições, sem obrigações, sem LEI, e o principal de tudo e que induz as pessoas a serem dizimistas fieis – o MEDO!?
      Chega, cansei de ser água em pedra dura…
      To indo…

  37. O abençoado Stardust fez uma pergunta para os defensores do dízimo, eles citaram muitos versículos, mas, de fato não responde a pergunta, sabe porque? Eles não sabem quando começou o cristianismo. O cristianismo começou no pentecostes. Dai para frente nenhum cristão deu dízimo, oferta sim! Algo voluntário. Ninguém pode ir além do que estar escrito. O fundamento dos apóstolos e profetas que é a base do evangelho, não inclui devolução de dízimo. Quem defende que o dízimo é um preceito da lei mas acentua o termo devolução, ainda não deixou a lei de fato.Desapegue dessa maldição chamada dízimo, ainda não percebeu o mal que esse imposto compulsório estar fazendo ao evangelho? Um pouquinho de fermento leveda toda massa. Não alimente os cães gulosos! Você pode ser cúmplice deles.

    • querido irmao, quando abraao deu o dizimo a Melquisedeque(tipo de cristo ) ainda nao existia a lei, quando Jacó prometeu dar o dizimo deu tudo se tudo fosse bem na vida dele ainda nao existia a lei de moises, ai vem o apostolo paulo e diz em 2corintios cap 9 ele fala quem semeia pouco pouco tambem ceifará e quem semeia muito ,muito tambem ceifará gostaria que meditassem nesta passagem, porque eu nao sei como está a sua vida financeira´mas Deus prometeu repreender o devorador. se voce já é abençoado poderá ser ainda mais abençoado quando a um proposito no seu coraçao.
      Deus nao precisa de dinheiro mas ele que ver qual a intençao do seu coraçao (sentimento,vontade,sinceridade,e intençao).Deus continue te abençoado com a quebra da maldiçao de olhar para tras.nao olhe o que os pastores fazem com o dinheiro ,porque cada um dará conta a Deus dos seus atos.medite querido ,paz seja convosco.

  38. QUEM NÃO ESTUDOU A PALAVRA DE DEUS, DE FORMA RESPONSÁVEL, REGULAR E SISTEMÁTICA, NÃO DEVE PREGAR OU DAR OPINÃO. É COMUM OUVIR “PREGADORES” DIZENDO QUE NÃO SE DEVE JULGAR. USAM MATEUS 7:1. ESSE VERSÍCULO SE REFERE AOS HIPÓCRITAS ( V. 5 ), BEM COMO LC 6:37 : ” NÃO JULGAR E CONDENAR” SE REFERE AOS HIPÓCRITAS ( V.4 ). NÃO SE DEVE, PORTANTO, COLOCAR TODOS SOBRE ESSA PROIBIÇÃO. AFINAL, CRISTO NOS ENSINOU A JULGAR ( JO 7:24 ) E O APÓSTOLO SÃO PAULO NOS ESINOU A CONDENAR ( EF. 5:11). USAR ESSES VERSÍCULOS, FORA DE CONTEXTO, CONTRIBUI PARA QUE SATANÁS “SAPATEIE EM CIMA DO PULPITO ” NUM CLARO CUMPRIMENTO DE EZEQUIEL 44:7-9: “ESTRANGEIRO E INCIRCUNCISOS NA DIREÇÃO DO TEMPLO.” E OS “PREGADORES,” DESSA FORMA, MOSTRAM QUE NÃO TÊM AUTORIDADE SOBRE SATANÁS ALÉM DE USAREM A PRÓPRIA PALAVRA DE DEUS PARA ENGRANDECEREM O REINO DE SATANÁS.

    BACHAREL EM TEOLOGIA E GRADUADO E LETRAS.

  39. E digo isto, que o que semeia pouco, pouco também ceifara, e o que semeia em abundancia , em abundancia também ceifara 2 coríntios 9.6 A lei da semeadura e da colheita e valida tanto para o mundo natuaral como para o espiritual, essa lei funciona, muitos crentes não perceberamainda a importacia desse principio bíblico, especialmente aplicado a área financeira de cada um, sabemos que podemos ter nossas necessidades supridas apenas pela fe na Palavra de Deus, assim como a cura ou outra bençao prometida na bíblia, também e certo que podemos ser abençoados financeiramente por uma manifestação do Espirito Santo assim como ocrreu com a viúva de serepta no antigo testamento Deus falou com ela por intermédio do profeta Elias e embora houvesse fome na região não faltou o azeite na botija nem a farinha na vasilha dela 1 Rs 17.16, mas há uma outra questão sobre fe, na Palavra de Deus em relação ao bem estar do crente o crente não poderá esperar uma colheita natuarl ou sobrenatural, sem que tenha semeado antes, há eu vou colher uns tomates, se você não plantou como colhera, como esperar colher se não plantou, muitos esquecem deste detalhe quando se trata de aplicar a fe no bem estar e colher seus frutos, as pessoas querem que Deus as abençoe com certeza e e maravilhoso como Deus exerce sua misericórdia socorrendo-as muitas vezes , mas frequentemente tentam aplicar os princípios bíblicos de fe para colher sem terem na verdade semeado coisa alguma, Lucas 6.38 Dai, e ser-vos-á dado, boa medida, recalcada, sacudida e transbordante vos darão, porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo, foi Jesus Cristo quem disse isto, 2 coríntios 9.6 E digo isto o que semeia pouco, pouco também ceifara e o que semeia em abundancia, em abundancia também ceifara, se o crente deseja colher com fartura terá de semear de maneira farta, se um crente obedecer a Palavra de DEUS não tem como falhar, E sera que, se ouvires a voz do Senhor, teu Deus tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje e todas estas bençaos virao sobre ti e te alcançarão Dt 28 1a.2a, Deus e o mesmo hoje, ele não mudou nos não temos um Deus no novo testamento diferente do antigo testamento, por isso se Deus desejava que seu povo não mentisse no antigo testamento ele continua desejando que não o façam hoje no novo testamento, os contras dizem ah o bem estar era apenas para o povo do antigo testamento, mas mentir não era era proibido apenas para o povo do antigo testamento, da mesma forma prosperar não e apenas para o povo do antigo testamento, conforme Malaquias 3.10, há leis espirituais assim como a leis naturais quando alguém observa a tais leis e as poe em pratica elas funcionam, então coloca a lei da gravidade a prova se alguém disser a lei da gravidade não funciona mais então suba em um prédio a salta de la para tirar a prova, a lei da gravidade funciona para todos, no mundo espiritual a leis também e quando o crente entra em contato com as mesmas elas funcionam seja fiel onde você esta não importa, desta maneira então eu e milhares estamos ferrados e eu que já ate preguei trepado em cima de uma arvore e os que se converteram por meus ensinamentos e que hoje são dizimistas e o que se converteram através deles uma vez que a coisa e um efeito domino, como iremos fazer iremos todos para o inferno por sermos dizimistas? e os que estão em missões em vários países e que muitos la estão através dos dízimos e das ofertas estão condenados a ir para o inferno? e os nossos antepassados que morreram devolvendo dízimos e que foram convertidos também por outros que também devolviam dízimos estão no inferno? então CLAMANDO NOS ESTAMOS FERRADOS, já pensou que abandonamos tudo eu que gostava de dançar um xote quadradinho era bao no trem deixei tudo este mundo maldito para seguir a Jesus e sempre defende que ser um dizimista fiel esta dentro da graça e do Amor de Deus, então perde meu tempo tou ferrado, MAS NAO DEUS NAO MUDOU DEUS E O MESMO E O SERA PARA TODO O SEMPRE, e aquele que e um dizimista fiel com certeza tem bençaos para ele através das promessas de Deus e quando o devarador querer atacar com certeza ele terá em sua defesa a semeadura e GLORIAS A DEUS POR ISSO

      • Meu ou minha querida ou querido amiga ou amigo, eu sou assembleiano, não tenho nada com Macedo estou dizendo ai o que a Palavra diz se a Palavra de Deus e errada então estou e ando errado a doutrina assembleiana tem muita diferença de doutrinas de outras denominações, nossa prioridade e Pregar a Salvaçao do ser humano se você nunca adentrou dentro de uma assembleia ministério missões te aconselho adentrar para depois você poder nos criticar, tive que escrever tudo isso para mostrar sobre este assunto, um assunto que nem gosto de discutir pois o mesmo não traz edificação alguma, ta bom um forte Abraço

        • TOUR, você está defendendo as ofertas, os iurdianos defendem o dízimo como obrigação e Lei. Lembra que contribuir não é só para igreja, mas também para os pobres, e conforme você propor no seu coração, e não segundo um mandamento da Lei:

          “Cada um contribua segundo PROPÔS NO SEU CORAÇÃO; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria”. 2 Coríntios 9:7

          E desde que esse dinheiro não faça falta aos seus, para pagar as suas contas, e que ele ainda tenha para os pobres:

          “Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel”. 1 Timóteo 5:8

          “Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei”. Romanos 13:7-8.

          As pessoas hoje pensam em dar para a igreja para receber bençãos, como se fossem fazer uma barganha com Deus, e se esquecem da parte dos pobres e necessitados. Nunca devemos nos esquecer deles:

          “Conforme está escrito:Espalhou, deu aos pobres;a sua justiça permanece para sempre”. 2 Coríntios 9:9

          “Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência”. Gálatas 2:10.

          “A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo.” (Tiago 1:27 ).

    • Amigo, Deus não se vende, não caia nessa armadilha, o dizimo ficou no velho testamento, o próprio Jesus destruiu o templo pela 2º vez e não mandou e nem instruiu os discípulos a construirem novamente, agora se quiserem cobrar dizimo o problema é dos pastores que cobram, o que não podem é obrigar o povo e ameaçar como fazem, isso eles irão prestar conta um dia a Deus com certeza. Sou a favor sim de ajudar, agora como você pode e sem estipular valores, foi isso que Jesus disse para os discípulos, doem conforme o que Deus tocar no teu coração, não se engane Deus não se vende como alguns pastores afirmam que se não dar o dizimo o diabo toma aquilo que você já tem, quer dizer se não pagar a Deus ele não te protege, isso é balela, tem que estudar a bíblia e se possível nos escritos originais, ai sim você vai ver que tem muita coisa diferente do que pregam, eu também fui enganado por 5 anos no mínimo, mas graças a Deus hoje eu sei da verdade, porem na igreja jamais vão te dizer isso, você só vai saber da verdade se buscar por conta própria em fontes que não venham de pastores, por que sempre a interesse e não vão dizer toda a verdade, ate porque a maioria aprendeu errado.

  40. Acho engraçado que esses demônios da Universal não tem nada com o Pai da Mentira, só falam a verdade rsrs..

    O demônio não toca no dinheiro do dízimo? Então me expliquem essa reportagem:

    Acusado de assaltar templos da Igreja Universal é preso em casa
    Apontado como chefe de um bando especializado em assaltar templos da Igreja Universal do Reino de Deus para roubar o dízimo doado por fiéis, Anderson Leonardo Santos de Aguiar, de 32 anos, foi preso na noite de segunda-feira por agentes da 64ª DP (Vilar dos Teles) em casa, no bairro São Mateus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de cometer pelo menos três roubos contra a instituição religiosa. Segundo a polícia, o bandido confessou os crimes após ver vídeos que o flagraram em ação.

    “Vamos investigar se há alguém de dentro da igreja que forneça informações para o acusado e seus comparsas, como o valor arrecadado com o dízimo”, disse o delegado Delmir da Silva Gouvêa, titular da 64ª DP.

    Segundo investigadores da distrital, Anderson Leonardo agia com dois comparsas, que ainda não foram identificados. O trio assaltou duas vezes a Universal da Estrada de Botafogo, na Pavuna, Zona Norte do Rio – o primeiro crime foi em dezembro de 2012, e o outro, em março desse ano. Em janeiro, eles agiram no templo de São João de Meriti.

    Neste assalto praticado na Baixada, além de levar o dinheiro da igreja, Anderson Leonardo lutou com um fiel que é policial militar e fugiu carregando a pistola da vítima. A arma do PM ainda não foi encontrada, mas existe a suspeita de que ela esteja no Morro do Chapadão, comunidade da Pavuna onde o tráfico é dominado pela facção Comando Vermelho (CV).

    “Ele já foi reconhecido ontem (segunda-feira) pelo PM que teve a arma roubada”, disse o delegado, acrescentando que, por conta deste crime, foi expedido contra Anderson Leonardo um mandado de prisão temporária de 30 dias por latrocínio tentado (roubo seguido de tentativa de morte).

  41. Irmão com todo respeito, acho que temos que investir na obra mas…

    DESAFIO PARA O Dizimista Fiel!

    Porque o seu Dízimo é de Dinheiro?Se o dizimo NUNCA Foi Dinheiro, nem OURO, nem JÓIAS (II Crônicas 31:5 | II Crônicas 31:6 | I Samuel 8:15)

    Porque você deve dizimar a vida toda?
    Se o Abrão dizimou uma única vez na vida (Gen 14)

    Porque você acredita, quando os Lideres Religiosos dizem que é você quem rouba Deus nos Dízimos?
    Se (Malaquias 3:10) diz que quem Rouba são os Sacerdotes ou seja, os Lideres Religiosos (Malaquias 2:1)

    Me diga, quem deu o direito para o Pastor Protestante, Rabi, Papa, shaman, macumbeiro e afins recolherem o dizimo? Esses homens são Sacerdotes? São da tribo de Levi? São Judeus? Eles fazem parte da Lei de Moisés? Se não são, então porque recolhem? PORQUE AFRONTAM A LEI DADA POR DEUS?
    Se somente os Sacerdotes Levitas poderiam recolher o dizimo das tribos de Israel, (Nm 18:21| Nm 18:24| Nm 18:26| Hb 7:5| Hb 7:9)

    Porque você pratica esse preceito da Lei de Moisés ignora o restante? Quem vive pela Lei de Moisés, deve praticar TUDO OU NADA! ESSA É A REGRA!

    Se o dizimo faz parte da lei de Moisés [que foi Abolida NA morte e RESSURREIÇÃO DE Cristo] (At15:5-12| 1 Cor 9:20-21|2 Cor 3:14| Gl 3:19-27| Gl2:19| Gl 3:10-13| Gl 4:6-7| Gl 5:1 |Ef 2:15-16|Lc 16:16| Rm 3:10-28| Rm 10:4|Hb 7:18| Jo 19:30 |Hb 7:12|Hb 8:13 Hb 9:1| Hb 10:26|Hb 12:24| Rm4:14|Rm 6:14| Rm 7:6 |Rm 8:2| Fl 3:5-9)

    Você é Judeu? Se não, porque ENTÃO Você Dizima?
    Se Jesus deixa bem claro QUE SOMENTE os Escribas e Farizeus (Judeus) devem dar o dizimo para os Sacerdotes Levitas(Mt:23:23) DÍZIMOS FORAM PRA os JUDEUS E NÃO PARA OS CRISTÃOS, ACHE NA BÍBLIA UM CRISTÃO QUE DEU O DIZIMO, JOÃO, PEDRO, ESTEVÃO… E EU VENDO TUDO QUE TENHO E DOU PRA SUA IGREJA!

    • Alexandre, concordo plenamente com seu entendimento. Infelizmente a grande maioria das denominações evangélicas têm essa ‘doutrina’, e os bispos e pastores só enchem o bolso com os dízimos dos fiéis. E se fosse pra seguirem à risca a doutrina do dízimo(além de cumprir toda a lei): dízimo não deveria ser recebido em dinheiro; e toda pessoa que desenvolve alguma atividade na igreja, como porteiro, diácono, obreiro, presbítero, cantores faxineiros/as etc., deveriam receber uma parte, além das viúvas, os órfãos, e outros necessitados – porém não é assim na prática, só se vê pastor com carros importados, mansões, empresas, e propriedades em outras cidades…
      O Senhor Jesus, sendo Filho de Deus, qdo esteve em carne, não tinha onde reclinar a cabeça. Quando teve sua entrada triunfal em Jerusalém, usou um jumentinho emprestado. Não pediu dinheiro a ninguém, até mesmo daquele jovem rico, qdo este perguntou ao Senhor o que ele deveria fazer para herdar a vida eterna, e o Senhor Jesus disse a ele que vendesse os bens e desse aos pobres, Jesus não disse pra ele levar pra sinagoga ou pra entregar pros discípulos.
      Mas é o cumprimento da Palavra, que nos últimos dias iria acontecer como está escrito: Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Mateus 7:15
      E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. 2 Pedro 2:3

    • vc conhece muito bem a palavra de Deus,mas não conhece o verdadeiro Deus,procure conhecer Jesus Cristo ele te ama incondicionalmente,não fique julgando os seus ministros (pastores),mas olhe a sua vida primeiro,use o seu conhecimento p pregação do evangelho. O AMOR AO DINHEIRO E RAIZ DE TODOS OS MALES.

    • Meu caro, o Japão só tem 0,5% de cristãos. A Suécia tem maioria atéia. Os índices do Brasil “cristão” são vergonhosos.

      Ora, sabemos que Jesus é bom. Sabemos que ele é a verdade. O problema não está nele.

      Onde está o problema ?

      Eu não tenho mais pena.

      Se querem sustentar estes pastores com dízimos então que fiquem lisos completamente.

      Antes eu lamentava.

      Mas depois de tanta denúncia, tanto vídeo, tantos relatos e tantos fracassos, não há mais desculpas para burrice.

      E o que me deixa mais indignada é saber que tem gente que ainda defende estes caras.

      E sempre surge um malafaia cara de pau da vida para dizer que não se deve tocar no ungido do Senhor.

      Então, na boa, cada povo tem os gurus e pastores que merece !!!

      Se querem macedo, soares ou santiago, por que vou ter pena destes caras ???

  42. O mundo é dos espertos…e o demônio é esperto,nem ele tem a coragem de pegar dinheiro sujo dos crentes,prefere trabalhar pro pastor fazendo esse teatro e receber o dele honestamente!hahahahha

  43. Mesmo que o dízimo ou coisa que o valha não fosse nem do velho e nem do novo testamento, as igrejas teriam que criar algo para se manter.

    Desonesta é esta discussão de se dizer que biblicamente é obrigatório, pois Deus não nos obriga a nada, temos o livre arbítrio.

    A igreja católica deixou de apelar aos seus quanto ao dízimo, tendo se aprofundado mais a mais nas taxas dos serviços que prestava a ponto de gerar conflitos com o estado secularizado.

    Sequer vi a reportagem acima, mas vejo que aqui aparece figuras pregando contra o dízimo não que são contra, mas por interessar a elas quebrar ao meio a estrutura financeira das igrejas, consequentemente, sem dinheiro, extinguir a pregação, o que ampliará ainda mais o crime, a imoralidade, em síntese, o assentar de vez do inimigo número das almas.

    Vamos vê se vão publicar isso.

      • Pitágoras,

        Foi bom que você tenha trazido à reflexão o que falei, meu caro.

        A principal igreja do cristianismo em nossas terras, a católica, a imprensa tem noticiado da necessidade de mais cem mil padres; não bastasse, ainda se fala da ausência de interesse entre os católicos em se tornarem padres;

        A educação dos nossos filhos é efetuada em cinco níveis praticamente: na família, na escola, na igreja, dos amigos e dos meios de comunicação.

        Os pais estão fragilizados em face deles terem saído de uma ditadura no país e da rigidez de seus pais, portanto amoleceram para com a geração atual; não bastasse há uma ampliação da interferência dos meios de comunicações, seja tv ou internet com programações sem critério; quanto aos amigos, a bebida e as demais drogas imperam e isso ensinam e repassam aos demais; a escola falida…

        Meu caro, todos temos que assumir nossos erros, daí partirmos para um país com menos aberrações.

        Poucos países possuem um perfil tão ruim como o nosso, pois as demais instituições tendem, de certo modo, a funcionarem; e não é apenas funcionar, mas sim todos mudarem suas metas, discursos, enfim, mais praticidade.

        Evangélicos não vão sozinhos dá estabilidade ao país, pois ainda não preparados para assumir as regras como um todo de duzentos milhões. Tentam, brigam, mas impossível, ante a dimensão, daí essa guerra civil que se enfrenta.

        Cada um fica apontando o outro, ninguém se prontifica sequer a discutir, a dar idéias, a se envolver. Ora, assim esse número pode ser ampliado em breve para cinco vezes mais, estamos sem controle.

  44. Mary versão feminina do Stardust,não qto a dizimo,mas de si achar,sabichona,se acha dona da verdade,e nem vem me dar,mal resposta,eu não ligo.ja teve a ousadia de escrever a Daiana,que não havia autorizado ela postar nos comentarios dela,nem o dono do site faria isso..mas ela fez,em vez de Mary devia Marly amada.

    • Nubia,
      Eu não sei o que vc tá falando. Se vc tem certeza e sabe qd houve isso, veja no histórico do site e coloque aqui para eu ler.
      Não sou sabichona, não!
      Quanto a escrever qualquer pessoa pode! Eu sempre gostei muito de ler, talvez por isso eu adquiri facilidade para escrever, mas não quer dizer que eu me acho dona da verdade. Vc nunca notou o quanto que eu apanho aqui?
      Tô aguardando sua resposta.

  45. Estudo disponível em evangelismo.blog.br

    O dízimo, segundo a Bíblia Sagrada.

    “O coração do entendido adquire o conhecimento, e o ouvido dos sábios busca a sabedoria.” (Provérbios 18:15)

    O objetivo desse estudo é mostrar que o dízimo, de acordo com a Palavra de Deus, nunca esteve associado a dinheiro, e que não é ordenança para a igreja, ou seja, as pessoas que fazem parte do corpo de Cristo, as quais podem colaborar com a obra de Deus seguindo critérios bem definidos, que serão abordados no decorrer do texto.

    Antes de efetuar algum juízo antecipado, recomendo a leitura completa desse texto, acompanhando em sua própria Bíblia todas as referências indicadas, para que o seu entendimento possa ser completo.

    A fim de facilitar o estudo, esse texto foi dividido em quatro capítulos distintos: Dízimo antes da lei, Dízimo durante a lei, Dízimo no período da graça e Frases incorretas sobre o dízimo.
    Dízimo antes da lei

    Antes do período da lei, Abrão (mais tarde chamado Abraão) deu os dízimos dos despojos que havia conquistado dos inimigos durante uma batalha (Gênesis 14:16-20). Melquisedeque saiu ao encontro de Abrão porque era rei de Salém, e recebeu o tributo, que lhe era devido. Não há outro registro informando que Abrão tenha dizimado novamente, apesar de ter vivido 175 anos (Gênesis 25:7).

    Além de Abraão, sabemos que Jacó prometeu dar a Deus dízimos de tudo que recebesse (Gênesis 28:22). A Bíblia não relata se essa promessa foi cumprida e com qual frequência.
    Dízimo durante o período da lei

    Quando a Palavra de Deus começou a ser escrita (por volta do ano 1500 antes de Cristo), o dinheiro (em hebraico כסף) já existia, como vemos em Gênesis 17:12, Deuteronômio 14:25, Êxodo 12-44, Números 3:49, 1 Reis 21:2, etc. Apesar disso, a lei de Deus determinava que o povo deveria dizimar apenas dos rebanhos e cereais, conforme Deuteronômio 14:22, Levítico 27:30, Êxodo 34:2; 26, 1 Samuel 8:17, etc.

    “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” (Levítico 27:30)

    Em razão disso, as pessoas que exerciam outras profissões, tais como artesãos (Êxodo 31:3-5), copeiros e padeiros (Gênesis 40:1-2), carpinteiros e pedreiros (II Samuel 5:11), músicos (I Reis 10:12), alfaiates (Êxodo 28:3), mestres-de-obras (I Reis 5:16), ourives, pescadores, mercadores, coletores de impostos, guardas, cozinheiros, não poderiam ser dizimistas, pois não eram pessoas do campo.

    Apesar de não serem dizimistas, essas pessoas poderiam ofertar voluntariamente ao Senhor (Esdras 3:5;7, Deuteronômio 16:10, Êxodo 35:29, 1 Crônicas 29:5-9). O dízimo era obrigatório; as ofertas, porém, voluntárias, pelo menos a maioria delas.

    “E o povo se alegrou porque contribuíram voluntariamente; porque, com coração perfeito, voluntariamente deram ao Senhor; e também o rei Davi se alegrou com grande alegria.” (1 Crônicas 29:9)

    “E disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas santas que se trouxer à casa do Senhor, a saber, o dinheiro daquele que passa o arrolamento, o dinheiro de cada uma das pessoas, segundo a sua avaliação, e todo o dinheiro que trouxer cada um voluntariamente para a casa do Senhor” (2 Reis 12:4)

    Além do dinheiro, as pessoas poderiam ofertar alimentos, incenso, utensílios (Neemias 13:5). Algumas ofertas, no entanto, deveriam ser feitas obrigatoriamente em dinheiro, como a do arrolamento citado na referência acima (2 Reis 12:4), em obediência ao escrito em Êxodo 30:13-16.

    Depois de ler a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, perceberá que não há registros de que alguém tenha dizimado em dinheiro. Eles poderiam ofertar voluntariamente, ou entregar os dízimos dos grãos e animais. Nem todos os dízimos eram entregues, mas alguns eram comidos pelos próprios dizimistas. Observe:

    “Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente. Comam o dízimo do cereal, do vinho novo e do azeite, e a primeira cria de todos os seus rebanhos na presença do Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher como habitação do seu Nome, para que aprendam a temer sempre o Senhor, o seu Deus. Mas, se o local for longe demais e vocês tiverem sido abençoados pelo Senhor, pelo seu Deus, e não puderem carregar o dízimo, pois o local escolhido pelo Senhor para ali pôr o seu Nome é longe demais, troquem o dízimo por prata, e levem a prata ao local que o Senhor, o seu Deus, tiver escolhido. Com prata comprem o que quiserem: bois, ovelhas, vinho ou outra bebida fermentada, ou qualquer outra coisa que desejarem. Então juntamente com suas famílias comam e alegrem-se ali, na presença do Senhor, do seu Deus.” (Deuteronômio 14:22-26)

    A orientação é clara: Deus não aceitaria a prata no lugar do dízimo, ou seja, o dinheiro no lugar dos frutos do campo, mas permitiria, por causa de uma longa distância, a troca do dízimo por prata, por ser fácil de transportar, mas com a condição de o dizimista (homem do campo), já no local indicado por Deus, comprar o que quiser para ali “comer do seu dízimo” e se alegrar na presença do Senhor Deus, o nosso mantenedor.

    No Novo Testamento, mas ainda durante o período da lei, a palavra dízimo aparece no evangelho. Observe

    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” (Mateus 23:23)

    Teria o Senhor Jesus Cristo ordenado à igreja a observância desta prática?

    Em primeiro lugar, Jesus está se dirigindo aos escribas e fariseus, e não à igreja. Nessa passagem, o Senhor repreendeu duramente os escribas e os fariseus por se preocuparem com as coisas mínimas, como dizimar do endro, do cominho e da hortelã, mas desprezarem as que importavam mais: o juízo, a misericórdia e a fé.

    Jesus disse que eles não poderiam omitir aquelas coisas, ou seja, ser omissos na separação do dízimo para Deus. Observe, porém, que o dízimo era constituído apenas de produtos do campo. O Senhor Jesus não incluiu o dinheiro na relação, apesar de haver grande circulação de moedas romanas naquele tempo (Mateus 22:19-21).

    O dízimo realmente era uma obrigação, no período da lei, mas o dízimo dos frutos da terra; jamais do dinheiro.

    Lembre-se de que o período da graça, no qual estamos agora (Efésios 2:8, Atos 15:11), iniciou apenas após a morte e ressurreição corpórea de Jesus Cristo, quando finalmente os apóstolos foram cheios do Espírito Santo (Atos 2:4) e puderam testemunhar acerca do Senhor Jesus Cristo até os confins da terra (Atos 1:8), e não apenas em Israel (Mateus 10:6).

    Considerando que o dízimo só poderia ser dado por agricultores e criadores de rebanhos, que o dízimo só poderia ser recebido por sacerdotes pertencentes à tribo de Levi (Hebreus 7:5), e que o Senhor Jesus Cristo cumpriu toda a lei com perfeição, sem cometer qualquer tipo de pecado, é fácil concluir que Jesus não dizimou no templo e nem recebeu dízimos de qualquer pessoa por dois motivos muito simples: o primeiro é porque Ele exerceu o ofício de carpinteiro (Marcos 6:3), e não de produtor rural; o segundo é porque não pertenceu à tribo de Levi, mas a de Judá.

    “Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.” (Hebreus 7:14)
    Dízimo no período da graça

    Não existe qualquer mandamento para a igreja no sentido de arrecadar dízimos e muito menos que esses dízimos sejam devolvidos em dinheiro.

    Ao observarmos o livro de Atos, que registra, entre outros assuntos, as ações dos apóstolos durante o período da igreja primitiva, não encontraremos qualquer indício de que os membros dizimassem, nem em frutos do campo e muito menos em dinheiro, como acontece agora.

    A igreja, em seu princípio, funcionava assim:

    “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.” (Atos 2:42-45)

    Quando chegava um novo convertido, este vendia suas herdades, apresentava o valor diante dos apóstolos e dos demais e imediatamente o valor era dividido entre todos, inclusive entre os membros, de acordo com a necessidade de cada um, o que justifica o fato de não haver necessitado na igreja, naquele período (Atos 4:34). Isso é muito diferente do modelo atual.

    Nas Cartas aos Coríntios, estão definidas as regras para quem vai colaborar com a obra de Deus. A escolha da contribuição é de foro íntimo, ou seja, decisão pessoal (2 Coríntios 9:7), conforme a renda (1 Coríntios 16:2), liberal (2 Coríntios 9:5) e, por mais incrível que pareça, dentro das possibilidades financeiras (2 Coríntios 8:12), a fim de que não se sobrecarregue financeiramente (2 Coríntios 8:13).

    Para sustentar a arrecadação por pagamento de dízimos, alguns pregadores insistem em dizer que essas regras se aplicam às ofertas e que os dízimos ainda devem ser pagos pelos crentes, embora isso esteja flagrantemente em desacordo com as Escrituras Sagradas, pois, conforme Deuteronômio 14:22-26, e as outras referências citadas nesse estudo, o próprio Deus Altíssimo não concordou com o fato de receber dinheiro no lugar dos dízimos (frutos do campo).

    Na atual dispensação, período da graça, todos podemos colaborar com a obra de Deus e com o ministério em que congregamos. Esses recursos podem ajudar a alimentar e vestir os mais carentes, primeiramente dentro da congregação (Gálatas 6:10), adquirir e distribuir exemplares da Bíblia e mensagens de evangelismo, possibilitar a pregação da Palavra de Deus nos locais mais distantes, permitir o funcionamento dos locais de reunião (limpeza, água, luz, aluguel), custear a vida sem extravagâncias de obreiros (Mateus 10:10; 1 Timóteo 5:18) que se dediquem integralmente à obra de Deus.

    Se o obreiro já possui emprego, e a renda já é suficiente, não há que se falar em prebenda para esse pastor. Há recomendação bíblica para que ele não sobrecarregue a igreja, mas a abençoe (2 Coríntios 12:14). Tudo deve ser feito com muita transparência e temor a Deus.

    O dízimo no período da graça foi instituído pela Igreja Católica em 567 d.C. Em 585 d.C., no Concílio de Mâcon, a Igreja Católica resolveu ameaçar com excomunhão as pessoas que não dessem dízimos. É importante lembrar que a igreja evangélica surgiu da católica, o que justifica o fato de esse procedimento ter sido preservado em muitas denominações evangélicas.

    No Brasil, é fácil encontrar uma congregação que inclua entre os seus ensinamentos o pagamento de dízimos em dinheiro (copiando o exemplo da Igreja Católica), MAS ISSO NÃO É MOTIVO PARA NÃO CONGREGAR.

    No entanto, evite congregar em locais onde o dinheiro é o tema principal da pregação e a Palavra é usada para fins lucrativos, onde os “maiores dizimistas” recebem tratamento diferenciado, onde ocorrem vendas de oração, de bênçãos, de produtos ungidos, onde os valores das ofertas são predeterminados, onde o púlpito é utilizado para fazer campanha política, onde se encontra de tudo (estacionamento amplo, seguranças, elevador, telão, ar-condicionado, poltronas acolchoadas), menos a real presença de DEUS.

    Essa congregação tem tudo para ser uma igreja igual a de Laodicéia:

    “Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te.” (Apocalipse 3:14-19)

    Antes de encerrar esse estudo, é importante apontar alguns erros comuns, cometidos, muitas vezes, por falta de conhecimento das Escrituras Sagradas. Existem paradigmas difíceis de serem quebrados, mas a melhor arma para combater o engano é a verdade. Como bem disse o Senhor Jesus Cristo:

    “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32).

    Frases incorretas sobre o dízimo

    1 – “O DÍZIMO NÃO ERA DADO EM DINHEIRO PORQUE AINDA NÃO EXISTIA O DINHEIRO”:

    O dinheiro é mais antigo do que as Escrituras Sagradas, que começaram a ser registradas por Moisés.

    “Passando, pois, os mercadores midianitas, tiraram e alçaram a José da cova, e venderam José por vinte moedas de prata, aos ismaelitas, os quais levaram José ao Egito.” (Gênesis 37:28)

    A Bíblia não associa o dízimo ao dinheiro, mas com a parte que cabia a Deus, das novidades do campo. Em Cristo, nós temos liberdade para dar mais ou menos que 10% de nossa renda, conforme a nossa capacidade e segundo aquilo que estiver proposto no coração, lembrando sempre que a nossa confiança não pode estar no dinheiro, mas em Deus.

    2– “O DEVORADOR É UM DEMÔNIO”:

    O devorador não é um demônio, como pensam alguns, mas sim uma espécie de gafanhoto. Por isso, o profeta Malaquias afirmou que o devorador não destruiria os frutos da terra. Como sabemos, dependendo da quantidade, o gafanhoto pode ser uma praga terrível até mesmo para uma enorme plantação.

    “E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.” (Malaquias 3:11)

    “O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o gafanhoto devorador comeu.” (Joel 1:4) Nova Versão Internacional.

    3 – “QUEM NÃO DÁ DÍZIMOS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”:

    Algumas pessoas acreditam que podem ser amaldiçoadas se não destinarem 10% da renda a uma denominação. Isso, além de ser um engano, é uma grande demonstração de ingratidão para com o Senhor, que morreu justamente para nos salvar, e nos livrar da maldição da lei:

    “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;” (Gálatas 3:13)

    De fato o devorador (gafanhoto) era uma maldição terrível que acometia a nação de Israel por causa da desobediência. Porém, com a morte de Cristo, segundo a Palavra de Deus, todas as maldições já foram desfeitas, pelo menos para quem permanece em Cristo.

    Quando o crente ainda deseja se justificar pelo cumprimento das obras da lei, o tal permanece sob efeito da maldição:

    “Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.” (Gálatas 3:10)

    Isso explica o fato de o dizimista sofrer uma série de tribulações na área financeira, quando falha na entrega do dízimo. Isso é uma evidência de que essa pessoa não desfruta da graça de Cristo, mas está presa ao rigor da lei, ficando assim debaixo da maldição.

    Se a pessoa está presa a uma maldição, é porque aniquilou a graça de Deus, e isso significa que Cristo morreu debalde para essa pessoa, ou seja, em vão:

    “Não aniquilo a graça de Deus; porque se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde.” (Gálatas 2:21)

    4–“QUEM NÃO DÁ DÍZIMOS ESTÁ ROUBANDO A DEUS”:

    Acreditar nessa falsa declaração é dar um passo para trás na fé.

    Isso só seria possível se alguns requisitos fossem cumpridos, dentre os quais destacam-se:

    – Pertencer à nação de Israel, pois o dízimo não foi ordenança aos demais povos, mas apenas a nação de Israel, quando diz:

    “Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.” (Malaquias 3:9)

    – Ser homem do campo, produtor rural, pois nunca houve dízimo da prata, do ouro e do dinheiro; (Deuteronômio 14:22)

    – Viver sob o jugo da lei, como no antigo concerto; (Gálatas 3:12)

    5 – “PASTOR PODE PEDIR OU RECEBER O PAGAMENTO DE DÍZIMOS”:

    De acordo com Escrituras Sagradas, somente quem tem legitimidade para receber dízimos do povo são alguns dos integrantes da tribo de Levi.

    “E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.” (Hebreus 7:5)

    Atualmente nenhum ser humano em todo o mundo tem autorização de Deus, segundo a lei, para tomar dízimos do povo. Nem mesmo entre os judeus legalistas em Israel, pois não há mais templo e consequentemente levitas servindo como sacerdotes.

    Os sacerdotes são os homens responsáveis por, dentre outras coisas, fazer interação entre o povo e Deus e Deus e o povo, como Arão, irmão de Moisés. O sacerdote é escolhido por Deus para esse ofício.

    O capítulo 7 de Hebreus discorre sobre Melquisedeque e sobre a semelhança do sacerdócio de Jesus Cristo com o dele. Nesse capítulo, há informação de que Abraão foi ao encontro de Melquisedeque e deu os dízimos de tudo (despojos de guerra), porque Melquisedeque era rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo.

    De acordo com Hebreus 7:17, Jesus Cristo é sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque. Então, por uma questão lógica, Jesus também pode receber o dízimo de tudo. Mas a Palavra não fala sobre homens recebendo o dízimo de tudo no lugar do Senhor Jesus Cristo.

    Mas como dar algo ao Senhor Jesus Cristo?

    “Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.” (Mateus 25:34-40)

    Sempre que alguém ajuda as pessoas, seja doando alimentos, roupas, atenção para os doentes, visitando os presos, na verdade essa pessoa está fazendo algo para o Senhor Jesus Cristo.

    Por tudo isso, jamais encontraremos na Bíblia qualquer registro de que os apóstolos arrecadaram dízimos da igreja primitiva.

    Porém isso não proíbe o cristão de contribuir voluntariamente, de acordo com os critérios definidos para a igreja, já no período da graça.

    6– “O DIZIMISTA ENRIQUECE”:

    As Escrituras Sagradas nos alertam para a possibilidade de passarmos por algumas dificuldades, inclusive financeiras. Na prática, isso aconteceu na vida do apóstolo Paulo, que escreveu:

    “porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.” (Filipenses 4:11-12)

    O motivo disso é que o profeta Malaquias jamais se dirigiu à igreja, quando disse que Deus abriria as janelas do céu para que viesse a maior abastança (Malaquias 3:10), caso o povo entregasse os dízimos dos frutos do campo.

    Não há harmonia entre a promessa de Deus a Israel, naquele contexto, e a ordem direta de Jesus: “Não ajunteis tesouros na terra (…)” (Mateus 6:19), para tristeza daqueles que defendem a falsa teologia da prosperidade.

    Além disso, a casa do tesouro, citada em Malaquias 3:10, não pode ser confundida com igreja (que somos nós, pessoas) nem com o salão (alugado ou próprio), em que as pessoas se reúnem para adorar a Deus.

    “Nós somos loucos por amor de Cristo, e vós sábios em Cristo; nós fracos, e vós fortes; vós ilustres, e nós vis. Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa, e nos afadigamos, trabalhando com nossas próprias mãos. Somos injuriados, e bendizemos; somos perseguidos, e sofremos; somos blasfemados, e rogamos; até ao presente temos chegado a ser como o lixo deste mundo, e como a escória de todos.” (1 Coríntios 4:10-13)

    Pedro não era um homem rico, apesar de ser uma das colunas da igreja (Gálatas 2:9). O motivo disso é que Ele obedeceu a seguinte ordem de Jesus:

    “não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos” (Mateus 10:9).

    Mais tarde, Pedro nos mostrou que foi obediente à ordem de Jesus:

    “E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.” (Atos 3:6)
    Considerações finais

    Quem vai a Cristo esperando receber DELE apenas prosperidade nesse mundo vil está perdendo tempo. A maior riqueza que Jesus pode nos dar é o perdão dos pecados e a vida eterna no reino dos céus. Ele pode enriquecer ou empobrecer aqueles que se aproximam DELE, mas isso depende da perfeita e, algumas vezes, incompreensível vontade de Deus (1 Samuel 2:7, Romanos 11:34).

    O dízimo, de acordo com as Escrituras Sagradas, era anual (Neemias 10:35), dos frutos do campo (Levítico 27:30) e poderia ser comido pelo próprio dizimista (Deuteronômio 14:22-26).

    Se você é verdadeiramente servo de Deus, então faça pelo Senhor o que você puder. Porém lembre-se de que Ele não exige sacrifício, mas misericórdia, conforme Oséias 6:6 e Mateus 12:7.

    O objetivo desse texto é libertar as pessoas do falso ensino de que estamos sujeitos a maldição do devorador, caso não entreguemos 10% da renda em uma determinada denominação.

    “Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que haverá sobre a terra.” (Eclesiastes 11:2)

    “manda aos ricos mal deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a sua esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que nos concede abundantemente todas as coisas para delas gozarmos;”(1 Timóteo 6:17)

    Que Deus continue acrescentando mais conhecimento acerca da Palavra, para usar a sua vida, de modo que muitos outros venham a se render ao amor do Senhor e Salvador Jesus Cristo.

    Amém!

DEIXE UMA RESPOSTA