Pastor Silas Malafaia diz que cristãos devem se envolver na política para o bem da sociedade: “Não podemos enclausurar-nos na igreja”

22

O envolvimento de cristãos com a política é fonte de discussões eternas e intensas, pois há quem entenda que este tema não deve ser misturado com a fé, e quem defenda que, mesmo os mais religiosos são cidadãos num contexto social e, por isso, devem estar atentos a tudo que acontece na sociedade, manifestando-se e ajudando na tomada de decisões.

O pastor Silas Malafaia publicou artigo sobre o tema e afirmou que, apesar da cultura evangélica ter sido de alienação do assunto por muitos anos, ele tem se empenhado em mudar essa visão.

“Muitos evangélicos já me criticaram por causa de minha postura diante de questões políticas. A maior parte das críticas dizia que cristão não podia envolver-se com política. No entanto, todos os que fazem parte da Igreja de Cristo precisam entender que pertencem a um contexto social. A Bíblia apresenta o ser humano como um ser biológico, psicológico, sociológico e espiritual, mas a maioria dos evangélicos se limita a pensar sobre questões espirituais. Para estes digo que não podemos espiritualizar tudo e pensar que somos anjos e ainda não herdamos o céu”, argumentou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Segundo o pastor, outros líderes que antecederam a geração atual são os responsáveis pela visão de separação das igrejas e seus membros da sociedade e suas demandas: “Lamentavelmente, cresci ouvindo muitos dizerem que política é coisa do diabo. Mas isso não é culpa dos cristãos, e sim dos pastores que não ensinaram ao seu rebanho a importância de exercerem a cidadania. Por causa disso, todos que estão em evidência, os ministros, os políticos, os professores, os filósofos, a mídia e os artistas, podem influenciar o povo a respeito das eleições. Mas o pastor não, porque isso seria um equívoco”.


Usando sua postura como ilustração, Malafaia ressaltou a importância de dar atenção a temas que envolvam de forma mais direta os conceitos bíblicos: “Sempre fiz questão de acompanhar projetos que estão diretamente ligados à família, à liberdade de religião e de expressão e à saúde pública. Por diversas vezes, participei de audiências públicas no Congresso Nacional. Em uma delas, somei forças para ajudar a derrotar projetos que sancionavam o aborto e presenciei a discussão sobre o estatuto da família, que realizou amplo debate a respeito de um projeto de lei que favorece os homossexuais (o PL 122)”, exemplificou.

O pastor afirmou ainda que participar da política nacional é “um privilégio, visto que muitas nações não respeitam a democracia”, e que por isso, é importante que cristãos estejam presentes na política.

“É também de suma importância termos pessoas que professam a nossa fé em cargos políticos, para expor nossa necessidade, defender nossa posição a respeito dos assuntos em pauta e defender leis que estejam em harmonia com a Lei de Deus. Graças ao Senhor, os evangélicos começaram a compreender que não vivem isolados na terra, e despertaram para o exercício da cidadania. Afinal, existem questões para as quais não basta orar; é preciso também agir. Usufruamos, então, da democracia, para debater ideias até chegar a um consenso”, escreveu Malafaia.

Lembrando que as diversas correntes evangélicas do país possuem inúmeras diferenças, Silas Malafaia pondera que é importante politizar os fiéis, mesmo que isso não traga homogeneidade ao grupo: “Claro que não alcançaremos a unanimidade. Nem mesmo Jesus, com Sua surpreendente sabedoria e Seu senso de justiça, agradou a todos. Mas, o que não podemos fazer é enclausurar-nos na igreja e pensar que as decisões políticas não nos atingirão”, e conclui: “Já que podemos discutir e expressar nossa opinião, vamos apoiar as causas que defendem os princípios cristãos e, principalmente, zelar pelo voto consciente durante os pleitos eleitorais. Essa atitude significa sair da posição ‘isso não é comigo’ e praticar a cidadania”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


22 COMENTÁRIOS

  1. oba sou candidato a deputado votem em mim e farei uma revolução, kkkkkkkkkkkkkkk, brincadeira, o Paulo tem mais cache pra ser deputado e ai Paulo topa, o luiz vai ser seu cabo eleitoral, eu sou o tesoureiro, tou precisando interar uma grana pra comprar uma carreta nova qui tal kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk brincadeira Paulo

  2. Esse Silas e perturbado mesmo..e ensina os fieis a ser perturbado Se política e ruim como possoo mandar pessoas pra lá, ou então a política e boa e o Silas tem de mudar o discurso

  3. Dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus. Jesus deixou bem claro que as minhas obrigações com Deus não me tiram as obrigações como cidadão, empresário,…
    Devemos influenciar democraticamente, pois o mal já faz isso todos os dias. Somos cabeça e não cauda! Como pode o crente se deixar manipular por esses que querem aliená-lo da política! Para deixar a educação nas escolas na mão dos ativistas homossexuais! Depois se teu filho aprender várias coisas contrárias a Palavra, não vai poder reclamar! Talvez será tarde! Logicamente que política é uma coisa e religião é outra, mas uma não impede a outra. Tanto é que todo cristão possui um título eleitoral , não estamos desobrigados a votar!! Acordem crentes!!! Parabéns ao pastor Silas Malafaia.

    • Meu querido está na blíblia este mundo não é vosso,portanto NÃO SE OCUPE COM AS COISAS DO MUNDO….ESTÁ BEM CLARO,SÓ QUEM ESTÁ REALMENTE CEGO ESPIRITUALMENTE NÃO CONSEGUE VER.

    • Meu querido está na blíblia este mundo não é vosso,portanto não se ocupe com as coisas do mundo e sim com as coisas espirituais,só mesmo quem está cego espiritualmente não consegue ver.cuidado o Deus deste século cega o vosso entendimento.

  4. 1Toda a alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridades que não venha de Deus; e as autoridade que há foram ordenadas por Deus.(Romanos)
    2Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.Sujeitai-vos, pois, a toda a ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior;(Pedro)
    14Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem. Agora sabichão olha a referência biblica que eu tomo por base já que você contrariou dizendo que quem não ora a respeito da politica não é afligido. “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;( 1 TIMOTEO)
    2PELOS REIS, E POR TODOS QUE ESTÃO EM EMINÊNCIA, para que tenhamos UMA VIDA QUIETA E SOSSEGADA em toda a piedade e honestidade; CONCLUINDO SE OS CRENTES SÓ CRITICAM OS POLITICOS NÃO ORAM, NÃO VOTAM CERTO, NÃO TERÃO SOSSEGO, NÃO TERÃO VIDA QUIETA,NÃO TERÃO HONESTIDADE, MAS TERÃO QUE ACEITAR CASAMENTO GAY, TERÃO QUE ACEITAR A LEGALIZAÇÃO DO PECADO ETC. e DAQUI A POUCO TBÉM TERÃO QUE FICAR CALADO POIS VEM UMA LEI DIZENDO QUE QUEM QUIZER CONTRARIAR O OUTRO EM MATERIA DE CRENÇA É PROCESSADO POR PRECONCEITO…

  5. A Biblia em momento algum condena alguém ser politico militar,cobrador de impostos, etc. Não convém em alguns casos, é necessário que haja um chamado especifico de Deus, aí sim podemos ser fieis a ele na politica . Daniel e José foram politicos e naquela época a politica era tão corrompida como hoje. E Daniel foi tão fiel a Deus que seu nome foi citado no tempo de Jeremias ao lado de Jó e Noé. José todos nós conhecemos sua história de fidelidade..Meus queridos Deus quer que nós sejamos crentes, porém bons cidadãos que honram seus compromissos na terra pagando impostos, respeitando leis e não jogando fora nosso voto. E eu creio que se orarmos Deus sempre vai nos dar uma direção de voto. Eu tenho orado e Deus tem me direcionado a votar em candidatos crentes. Pois Deus tem usado alguns deles para impedir a legalização do pecado. Entenda o que diz no salmo 94.20 sobre a legalização do pecado e depois a maldição que vem sobre a Terra que legaliza pecado.Em alguns casos vem aflições pq os crentes não oram,tem visão curta então precisam ser afligidos para que venham despertar a buscar ao senhor. A Biblia diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Porém Deus não quer que sejamos obrigados a casar homossexuais dentro da nossas igrejas,e outras coisas semelhantes, isto só vai acontecer se não orarmos, se não votarmos com direção de Deus ou ficarmos apáticos a tudo isso. muitas vezes pensando que é melhor votar no satanista, no espirita, no ateu, votar nulo ou em branco. do que votar naquele que professa a mesma fé ainda que ele seja menos crente que nós na nossa interpretação..Não com certeza se nós orarmos Deus mostrará qual cristão ele está chamando para ser candidato.

  6. Todos nós votamos e todos nós temos direitos. Porém não vejo nesse homem, um pastor mas sim um político fanático, não que seja um crime mas entra em contradição em relação a crença que ele segue, já que pra ele é tudo business,

  7. Gostaria que você que estiver lendo este comentário, ao ler, também consultasse as referidas passagens na Bíblia, pois elas tem mais autoridade do que minhas palavras, e é nelas que devemos pautar nossa conduta de vida, se queremos servir e seguir a Jesus. Entre ficar com a postura do Malafaia e obedecer a Bíblia, fico com a Palavra de Deus, Jesus exerceu sua cidadania obedecendo as leis e o governo de seu tempo. Pagou impostos, cumpriu a lei religiosa e a civil, mostrou a todos que o seguiam, como deveriam se comportar frente as autoridades civis, quando de frente com Pilatos deixou claro a ele de onde vinha sua autoridade. Mostrou a todos, com uma moeda na mão, o que Cesar queria das pessoas e o que Deus quer de cada um de nós, sem deixar a menor sombra de dúvida. Em sua terceira tentação (Mt. 4:8-11), Jesus nos mostrou quem comanda o mundo (sistema político e econômico) e deixou bem claro que seu Reino não era deste mundo. Afirmou a cada um que o aceitou que somos sal e luz neste mundo de trevas (Mt. 5:13-16). Na parábola do semeador (Mt.13:18-23) ele mostra o que acontece com pessoas que se preocupam mais com os cuidados deste mundo, ou buscam riquezas nele. Em MT. 16:26 ele afirma o que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma. Em MT. 24:14, ele afirma que seu evangelho será pregado em todo mundo, esta é a nossa função, e não exercemos nossa cidadania humana. Em Mc 16:15 ele nos manda pregar o evangelho em todo o mundo. Malafaia precisa reler Mc. 12:22-34, para lembrar de quem cuida de nós neste mundo. E a promessa que Jesus nos faz em Lc. 18:24-30, o Senhor nos desestimula o tempo todo a não buscarmos os bens deste mundo, o que aliás Ele não só ensinou mas praticou, tanto ele como seus discípulos. Em Jo. 3:19 João nos mostra o que o mundo quer com o Salvador. O Senhor diz o que acontece com quem ama sua vida neste mundo em Jo. 23:25, e quem é o príncipe deste mundo (Jo. 12:31 e 14:30). Jesus afirmou que o mundo nos odiaria (Jo. 15:18), e nos alertou em João 15:19 que não somos deste mundo. Em João 16:33 ele afirmou que teríamos aflições neste mundo, mas que ele nos ajudaria a vencer. Jesus não nos mandou definitivamente buscar as coisas deste mundo. Somos cidadãos é DO CÉU e não deste mundo. Cidadania é buscar os interesses daqui, não vemos o Senhor ou seus apóstolos nos incitando a buscá-los. Não existe na Bíblia, Jesus ou os apóstolos separando uns para representá-lo junto ao senado ou o governo Romano. O nosso papel enquanto cidadãos do Céu aqui neste mundo está bem delineado nos seguintes textos. E é neles que devemos pautar nossa conduta enquanto estivermos vivos nesta Terra. Jr. 29:4-7; ! Tm. 2:1-3; 1 Pe. 2:13-15,17; Tito 3:1. Finalizando gostaria de deixar a referência de II Co. 5:20 onde Paulo afirma que somos “embaixadores” de Cristo enquanto estivermos aqui neste mundo.

  8. Em alguns aspectos, eu até concordo, mas infelizmente o discurso do Pr. Silas é incoerente com a sua prática. Na ADVEC, seu feudo, a forma como ele conduz o rebanho e administra é totalmente autocrático, não aceita opinião contrária á dele, pois, é excomunhão certa! o membro vai para o limbo, isso se não for alijado do rol de membros como qualquer coisa descartável. Lá ele age com mão de ferro, até pq é muito dinheiro que entra, então tem que ter um “controle” rígido. Liberdade de expresão!? só da porta da igreja para fora, é assim que ele pensa e age!
    Na realidade, esses temas que ele coloca como sendo fundamentais para justificar sua posição política na sociedade, como defensor da família e dos valores cristãos, é apenas um pretexto para ter um domínio aos cativos de pensamento e usá-los como moeda de troca com políticos, principalmente em época de eleição, a fim de obter vantagens, não se enganem!!!
    A propósito, o céu lindo céu para desfrutar da eternidade, não é mais o seu objetivo como pastor e sim a prosperidade que o dinheiro e o poder podem lhe proporcionar aqui na terra, uma vida nababesca que todo “abençoado” deve almejar. Se compararmos bem, tudo que ele prega, em relação à prosperidade, está totalmente em desacordo com o exemplo de Jesus quando rejeitou exposição, riqueza e poder ao ser tentado pélo diabo. Como cidadão sei muito bem fazer juizo de valor e tomar as minhas decisões, conforme a minha convicção cristã.

  9. Os católicos mandam aqui há quinhentos anos e nada mudou, diferente de outros países.

    Então, quem sabe, se os católicos passarem a votar nos evangélicos talvez mude, talvez o gigante acorde.

    Agora pior que católico ou protestante no poder, é a inércia quando a coisa não está dando certo.

    Ruas sem esgoto, sem calçamento, sem iluminação, sem sem saúde, sem segurança, sem educação, mas como? Ora, o dinheiro foi roubado.

    Espere aí, se evangélico nunca governou o país, então a culpa é deles agora?

    Tem que mudar.

  10. A verdadeira igrejae para ser luz e pregar o “evangelho do REINO DE DEUS” e nao mudar o omundo mas sim resgatar almas do mundo para que entrem no REINO DE DEUS.Mas como ser luz se nao ha separaçao,se envolver com as coisas que no mundo ha e criar sombras e com DEUS isto nao existe.Dsicursos como o deste individu de carater duvidoso e açoes mais duvidosas ainda,nao passam de manipulaçao atraves de palavras enganosas so para conseguirem mais poder e riquezas.Acorda povo este tasi lideres sao hipocritas nao vivem o que falam e so se interessam em dominar,sao ladroes,lobos vorazes,raça ruim.Jesus nos chamou a liberdade e nao a escravidao que o mundo coloca sobre os que estao nas trevas.Porque no mundo so existe concupscencia da carne,concupscencia dos olhos e soberba da vida.Estes tasi lideres fazem de DEUS mentiroso pregando um evangelho heretico por isso que a igreja empresa nao tem poder do alto,e confia tanto no poder corrupto do mundo.Acorda povo ja passou da hora estamos numa era de grande escuridao.A situaçao piora a cada dia e nao e um bando de pseudos cristaos politicos que vao ajudar contra as trevas.LUGAR DE CRISTAO E SIM NA IGREJA REUNIDOS ORANDO ATE SEREM REVESTIDOS DE PODER DO ALTO AI MEUS QUERIDOS VOCES VAO VER DIFERENÇA ENTRE LUZ E TREVAS.UM SERVO FIEL,HUMILDE E OBEDIENTE A DEUS PODE MAIS QUE MIL PODEROSOS DO MUNDO.

  11. os contras estao preculpado com o pastor silas e por isso que eu adimiro cada dia mais pela sua coragem de fala a verdade no meio dessa sociedade sem moral tenho certeza que breve estamos colocando um presidente cristao que tenha a coragem do silas e do marcos feliciano para muda esse pais sem moral marcos feliciano vc me representa tou com vc pra presidente desse pais

  12. meu querido pastor Malafaia, eu louvo sua atitude de se envolver profundamente na politica,isso é muito bom, Deus é politico; o que me admira muuuiiiito é que exite um mandamento uma ordem uma instrução, que proibe terminantemente o povo de Israel votar em um ímpio ou seja um estranho ao meio do povo e nao podemos esquecer que fomos enxertado no povo do dono deste mandamento. Não sei se o senhor não sabe, o que eu não acredito,pois o senhor é um homen que tem a bíblia na mente; por tanto, quero aqui enviar a passagem onde está este MANDAMETO.Dt 17: 15. esperamos que o Sr meu querido irmão use o espaço que o dono deste mandamento te ha dado, para ensinar ás ovelhas que te ouvem em todo o Brasil esse mandamento: é claro que para ensinar alguém e ter exito en se tratando da palavra de Deus é indispensável que se pratique primeiro.Estou indignado com a ignorancia do povo de Deus relativa a essa poderosa instrução,a qual se praticada poderemos desfrutar da benção que está disponivel para nós na palavra, fomos feitos para estar na cabeça e não na calda. eu pergunto.como pode fluir as bençãos dos céus para a nação brasileira ou para um estado ou para uma cidade que tem um governo de natureza invertida? prcisamos agir rápido levando essa luz para o povo de Deus.senão as trevas seguirá dominando essa nação.

  13. Cada ser tem sua opinião sua visão de ver as coisas o que eu disse ou outra falar comentar sempre vai ter gente concordando e descordando normal mas uma coisa é certa no meu ponto de vista: se realmente Deus deu o dom e o homem teve um chamado de Deus para pastorear jamais ele pode se envolver com a política, só pelo fato de se envolver esta indo contra princípios de Deus!!! Quero ver um pastor ir para a política e dizer todo o salário que eu receber através dela vai ser destinado a ajudar pessoas…Tem algum assim? Entram por interesse no $!!!

DEIXE UMA RESPOSTA