Pastor Silas Malafaia diz que “pessoas sem base familiar invertem valores” por não conhecerem a “Lei de Deus”

17

A linha tênue que separa a falta de informação da inversão de valores foi tema de um artigo do pastor Silas Malafaia. De acordo com o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), “além da inclinação natural da carne, o que leva muitas pessoas a inverter valores, a tomar decisões erradas e a praticar pecados terríveis é o fato de elas serem totalmente ignorantes quanto aos princípios que Deus estabeleceu para uma vida saudável, plena e feliz”.

Malafaia contextualiza seu argumento dizendo que algumas pessoas que adotam posturas inadequadas aos olhos de Deus “não tiveram sequer uma boa base familiar que lhes permitisse fazer as distinções básicas entre o certo e o errado, o bem e o mal, o precioso e o vil”.

Para o pastor, essas pessoas “costumam deixar-se levar pelos padrões do grupo social com o qual mais convivem ou identificam-se, relativizando coisas absolutas (como a verdade, a honra, o bem, o justo) e transgredindo leis morais e até civis”, e nesse ciclo, terminam “dominados pela ignorância espiritual e moral” e vivendo “à margem da sociedade, porque não dão importância aos princípios básicos que regem a vida espiritual e as relações humanas”.

Abordando a questão num âmbito menor, Malafaia diz que “no passado, antes de o pleno conhecimento de Deus ser manifestado por intermédio de Jesus, os povos pagãos pecavam por ignorância, cedendo à idolatria e à violência porque não conheciam a Lei do Senhor. Contudo, por Sua infinita misericórdia, Ele levantou porta-vozes (profetas) para anunciar a verdade, chamar os pecadores ao arrependimento e à restauração espiritual e moral”.


A partir dessa introdução à questão, o pastor pontuou que, dentro de sua interpretação, “o propósito de Deus usar de misericórdia para com as pessoas que invertem os valores espirituais, movidas pela ignorância, é dar-lhes tempo para se arrependerem e mudarem de vida”, e acrescentou: “O Senhor não executa Seu juízo sem antes conscientizar o homem de seus erros”.

Em sua conclusão, Malafaia lamenta que mesmo entre os fiéis contemporâneos, ainda exista o que pode ser entendido como ignorância: “Até hoje, mesmo na igreja, existem muitas pessoas que invertem os valores espirituais e morais e cometendo pecado porque ignoraram a Lei de Deus, as boas-novas de salvação que lhes são oferecidas em Cristo, e o destino final daqueles que não se arrependerem: o inferno. Não aja assim”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


17 COMENTÁRIOS

  1. Antes o nosso salvador dizia … “Vai, vende tudo o que tens e dê aos pobres, depois vem e segue-me”. Hoje a hipocrisia reina nos falsos profetas, que não se cansam de dizer… “Vem, dê tudo que tens a nós, mesmo que sejam pobres, depois fiquem”. O que não lhes interessam são pecados aos outros e outros valores maiores que pecam, não. Não desviais do caminho, pois esse não é o meu caminho.

  2. Certissississimo o Pastor Silas Malafaia, corretississimo o Pastor Silas Malafaia, concordo planamante com estas todas palavras do Pastor Silas Malafaia, e verdade que-ponto- tem coisas que não concordo com o Pastor Silas Malafaia, mas neste- ponto- concordo plenamente

      • Estou começando a achar que evangélicos são, realmente, burros. Foi desenterrada uma história do passado sobre minha avó. Ela era semi-analfabeta e ignorante pra caramba. Por causa da idade, começou a ter problemas emocionais (“espirituais” segundo o canalha em questão), de saúde e isolamento social. Ela ouvia o programa do R. R. Soares no rádio e um dia resolveu ir à igreja dele, acompanhada da irmã dela. Logo na entrada, elas foram levadas à uma salinha, onde um “obreiro” ameaçava as pessoas visivelmente fracas emocionalmente com o fogo e o enxofre, maldições e o não cumprimento dos milagres e pedia dinheiro. Ela “sacou” logo de cara e caiu fora. Ficou com tanta vergonha de ter caído nessa que a história só veio a tona agora, quase 20 anos depois, ela já falecida faz tempo. Qualquer pessoa saca.

          • Tô ligado! Aqui nos sites evangélicos, sem querer, as pessoas mostram seu passado torpe. Não é à toa que as igrejas evangélicas estão repletas de “EX” tudo o que não presta, inclusive ex-gays drogados, prostituídos e totalmente perdidos na vida.

    • Ho Roque Santeiro vai pra puta que te pariu Maldito va para os quintos dos infernos vai cuidar desta maldita vida sua seu nojento não tenho satisfação a tidar não te conheço e nem tão pouco tenho interesse em faze-lo otario voce e um babaca de marca maior um ateu safado não me dirija a escrita que não quero papo com um sujeito sem lado como tu, intendeu otario e se voce achou ruim da minha resposta não estou nem ai pra tu seu cagão jebuzado

  3. Concordo com o Pr Silas Malafaia, “errais por não conhecer as escrituras”.
    Agora, não vi um comentário diretamente relacionado ao artigo, só vi ódio nos comentários da maioria. Se nos consideramos Cristãos, ou seja, seguidores de Cristo, novas criaturas, deveríamos ter e propagar o amor e não este ódio que temos visto, afinal somos templo do Espírito Santo e possuímos seus frutos, que são amos,benignidade,longanimidade,etc.

  4. É lamentável que algumas igrejas evangélicas sejam torpes, mas uma coisa lhes afirmo, o Evangelho não é! Se alguém quiser contrariar as ideias do Pr. Silas, então ao menos as refutem com exposições melhores, e não com babaquices. Vocês podem xingar todos os evangélicos, mas se não escreverem algo digno de se ler e que tenha fundamento, tudo o que vocês escrevem perde o valor. De fato, até a ira por causa de algumas igrejas evangélicas e alguns lobos se torna o que alguns já comentaram: “falta de conhecimento e falta de aprendizado de muitos princípios”, pois na maioria das vezes as pessoas são contra os evangélicos e nem conhecem nossas bases. Se ao menos vocês fizessem questão de estudar sobre nós e a influência que o cristianismo tem na sociedade atual, já seria suficiente para nos respeitarem. Não estou dizendo que todos os que se dizem “cristãos” e vão algumas vezes à igreja são santos, mas aquele que busca o conhecimento de Deus e melhoria, encontra. “Aquele que bate, abrir-se-vos-á”. Não se esqueça que a igreja é formada por homens, e todo homem é falho, mas a nossa base é Deus, é perfeita.
    gregoryneves.wordpress.com

  5. Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro. Provérbios 22:1.
    O seu Malafaia conhece bem a Bíblia, só não obedece, pois no passado foi crítico ferrenho da teologia da prosperidade e até tinha um bom conceito no meio evangélico, agora se vendeu ao deus MAMOM, abandonou princípios bíblicos, esquecendo-os, hoje prega um outro evangelho, do qual já nos alertou o Apóstolo Paulo em Gl. 1;8 e 9.
    Vive em conluio com mercenários da fé, seus heróis americanos, Mike Murdock, Morris Cerullo, os quais distorcem a Palavra para atender seus insaciáveis desejos de riquezas terrenas, mas fica o alerta ao Malafaia e seus seguidores, “De nada aproveitam as riquezas no dia da ira, mas a justiça livra da morte”. Provérbios 11:4.
    Se Cristo disse; “As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça”. ( Lucas 9:58), numa clara manifestação de total desapego às riquezas, pq será que os malafaias da vida, são tão ávidos por riquezas terrenas, quando o conselho do Senhor é outro; “E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. – Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam”. (Mateus 6: 19 e 20).
    Embora não seja pecado ser rico de forma honesta, é pecado enriquecer com o engano, explorando a fé do povo, vendendo Bíblia a R$ 900,00, aceitando a prática da numerologia e de profetadas, pedindo que pessoas doem o valor de um aluguel, induzindo-os a crer que fazendo isso irão adquirir casa própria, isso não é pregar o evangelho, isso é praticar o estelionato.
    Concluiu o MALA dizendo; “Até hoje, mesmo na igreja, existem muitas pessoas que invertem os valores espirituais e morais e cometendo pecado porque ignoraram a Lei de Deus, as boas-novas de salvação que lhes são oferecidas em Cristo, e o destino final daqueles que não se arrependerem: o inferno. Não aja assim”.
    Isso é verdade MALA, arrependa-se de suas práticas mercenárias, pois você sabe o destino final.

DEIXE UMA RESPOSTA