Pastores ousam no evangelismo e realizam culto em clube de strip-tease

5

Uma igreja evangélica resolveu inovar em sua celebração de Páscoa e realizou um culto num clube masculino na cidade de Guelph, em Ontário, Canadá.

O pastor Jack Ninaber, líder da Elora Road Christian Fellowship, e sua esposa, Sharon, organizaram a celebração como forma de levar o Evangelho a pessoas que jamais assistiriam a um culto numa igreja.

“Quando estávamos passando pelo The Manor eu brinquei a Jack que devíamos fazer um culto na casa. Desde então, a ideia nunca saiu da minha cabeça”, revelou Sharon. O pastor confirma, e ainda ressalta que a ideia nunca havia passado pela sua mente: “Se você me dissesse que eu faria isso há seis meses, eu estaria rindo de você e dizendo que você está fora de sua mente,  que era uma loucura”, disse.

Os idealizadores do culto no clube masculino enfrentaram burocracia junto às autoridades municipais para obterem autorização para a realização do culto num local normalmente usado para apresentações de strip-tease. Após a argumentação de que o evento estava mais para um encontro social do que para uma celebração religiosa, os funcionários da prefeitura autorizaram o evento.


“Falando com as pessoas nas áreas adjacentes e os nossos lojistas, todos pensaram que era uma boa ideia. Eles normalmente não vão à igreja por que eles sentiriam-se constrangidos, mas houvesse um culto aqui, disseram que provavelmente iriam aparecer “, afirmou o dono do clube, Sam Cohen.

De acordo com informações da emissora de TV Kitcheber News, aproximadamente metade dos frequentadores usuais do clube compareceram ao culto de Páscoa, e agora, o casal de pastores os aguarda nas próximas edições do evento.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

  1. FORAM LA NA FONTE BUSCAR OS CARAS, HEHEH E QUEM JÁ NÃO ENTROU EM CASAS DE MACUMBA PARA BUSCAR ALMAS, E PODEM TER CERTEZA POR EXEMPLO AQUI É BEM MAIS BARATO IR DE TAXI AO HOSPITAL QUE DE AMBULANCIA, AQUI SE PAGA, CERTAMENTE, AI MANDARAM O MÉDICO AO PACIENTE, SAI BEM MAIS BARATO, UMA BOA IDÉIA…DESDE QUE OS DOENTES NÃO PENSEM QUE NA IGREJA SE FAÇA STRIP-TEASE

DEIXE UMA RESPOSTA