Pastor Pat Robertson diz que homossexuais são terroristas que usam o governo contra os cristãos

24

O ex-pastor da Igreja Batista do Sul, Pat Robertson, utilizou recentemente seu programa de TV The 700 Club, para classificar homossexuais como ‘terroristas’, alegando que eles usam o governo para “forçar” sacerdotes cristãos irem contra sua religião para realizar os casamentos deles.

Falando público diretamente ao seu público, o televangelista de 84 anos de idade, chamou os gays que desejam se casar em cerimônias cristãs de “extremistas”, e disse que era tempo de “pastores se levantarem para lutar contra esta coisa monstruosa”.

– Uma coisa é convencer alguém a acreditar no que você acredita, outra é tomar o braço do governo para forçar alguém a fazer algo que é contra, que é contrário à sua religião, que é o que esses homossexuais estão tentando fazer – afirmou o ex-pastor.

– Eles estão tentando forçar as pessoas que são cristãs a casá-los, com eles terão que enfrentar a prisão mais, a fazer bolos e honrá-los, ou então ir para a cadeia – ressaltou, ressaltando que os cristãos estão enfrentando verdadeiros terroristas, que ele classifica como radicais e extremistas.


Robertson ainda traçou paralelos entre os ativistas homossexuais e a Inquisição Católica, e criticou abertamente a prefeita de Houston, Annise Parker, por causa das intimações para censurar os sermões de pastores contra sua lei de igualdade.

– Se os gays querem sair e fazer sexo gay, isso é uma coisa, mas se eles querem forçá-lo a aceitar isso pelo casamento, é uma questão diferente – acrescentou Pat Robertson.

24 COMENTÁRIOS

  1. muitos tipo de berração esta migrando para o meio evangélico, mas que de santo não tem nada são crentes mas o satanás também é crê treme mas não obedece pode ver que as mentiras homossexual sempre diz sai até com pastores vc acha que pastor que teme a Deus vai se submete a um lixo desse fala pra tua laia o mentiroso do satanás,,

    • Vc conhece as leis americanas ? vc leu que um Juiz abandonou a profissão porque a lei obriga os magistrados a casar o par ? esta imposição não é terrorismo contra a fé dos que pensam que é uma pratica contrária a natureza ? Eu não vejo nem um cristão perseguindo Gays , não vejo nem um evangelico incitando o ódio contra os gays , inclusive neste site todos os gays que comentam são conhecedores da palavra de Deus ,Vejo pelos comentários e vejo tambem o ativismo gay,leio crente aconselhando (falando) para se arrependerem dos pecados e voltarem pra Jesus, pois conhece a verdade,mas ; escolheram irem para a eternidade no inferno ! Enquanto esta vivo ; o Sr Jesus é seu Advogado , mas se morrer nesta condição de pecado ele sera o seu juiz ,Arrependam ! Após a morte não existe advogado que o livra da justiça de Deus . Isto não é perseguir isso é amor ao próximo !

      • SE fosse um padre que estivesse sendo forçado a casar gays em igrejas, eu concordaria. Mas é um JUIZ, casando pessoas no CIVIL. Um juiz tem que garantir o que é direito das pessoas, faz parte de suas obrigações. Imagine um juiz desses, julgando um caso onde cristãos evangélicos fundamentalistas invadem um terreiro de Umbanda ou um centro Espirita pra promover VANDALISMO. Bem capaz dele absolver os criminosos, em nome de suas convicções religiosas.

      • voce deve ser cego então, aqui mesmo no site, os comentários dos evangélicos como elder, luciano, taserto, o josé car alho
        chamam todos de aberrações, de desgraçados, aidéticos , querem mandar todos os gays pra cadeia. . . . . se isso não é preconceito e perseguição , então me diga o que é ??

        Sem falar que voces lutam com todas as forças pra impedir o casamento gay no civil, que não tem nada a ver com o religioso e é um direito que TODOS já possuem, entende-se, não é nenhum privilégio .

        isso não é perseguição ?

  2. Esta notícias levanta questão que não ocorre a todos.
    Se realmente ocorreu algum problema devemos ve-lo sob
    ótica jurídica sem adjetivações em ambos envolvidos.
    Principalmente por aquele chamado ao amor por Nosso Senhor Jesus O Cristo
    vivo. O ataque e cumplicidade com ataques radicais a ambos é anticristianismo

  3. Faz tempo que está acontecendo isto, mas grandes líderes se calam, por conivencia junto ao governo, sei muito bem, quem não se dobra para eles a perseguição é grande, temos uma igreja em uma cidade do sul que só Jesus, desde o alvará até a licensa do bombeiro são intermináveis indas e vindas.

  4. Bom, pras pessoas mal informadas, e ao que me parce é a maioria, união civil não tem nada a ver com união religiosa, e só pra contar, nenhum gay vai a sua porta fazer apologia sobre sua sexualidade, e sim, pagamos nossos impostos e somos cidadãos livres e temos o direito de desfrutar dos mesmos direitos que as outras pessoas, isso inclui união civil.

  5. Meu querido regis , lhe aconselho a levar um desses evanJEGUES que vc tanto critica para sua casa chama sua genitora ,que deve ser uma EGUA razoavel dai cruzam, quem sabe deste cruzamento de um Jegue e uma Égua saia um animal mais criativo.

    • Se existem, se refere a gays que são membros dessas igreja, contribuem com dízimos e ofertas e, portanto, exigem direitos iguais. Mas a maioria dos gays é mais inteligente que a média do povo e não cai nessas arapucas seitárias evangélicas.

  6. Crentes e suas cretinices! Chamar gays de “terroristas” significa, além de cometer monstruosa injustiça e deslavada mentira, brincar com coisa muito séria eajudar a diminuir, no imaginário popular, a representação hedionda e real do terrorismo, pois, se terroristas são como os gays, ou seja, pessoas pacatas, alegres, queridas e que lutam apenas por direitos civis igualitáriios, então quem mais os temerá? Há um mandamento que proibe a mentira e o falso testemunho, e os crentes batem recordes sucessivos em cometer esses pecados. Esse pastor não passa de um velho decrépito e que só falta dançar de fio dental com uma Bíblia gigante pendurada no pescoço para se aparecer um pouco. Fanático rídico, sujeito venal, deveria ser processado e pagar elevada multa pela irresponsabilidade de seu discurso eivado de ódio e delírio fundamentalista!

  7. Os crentes, como não nos vencem no debate civilizado das ideias, outro recurso nã têm senão apelar para injúrias, calúnias e difamações. Como disse Jesus: “raça de víboras!”

  8. Sim concordo que o pastor foi infeliz no seu comentário, porém não podemos atacar todos os evangélicos por isso. Assim como também não podemos generalizar os gays e travestis como sendo iguais aqueles que se prostituem nas ruas ameaçam e usando de violência com quem apenas passa por perto do “local de trabalho” dos mesmos.

DEIXE UMA RESPOSTA