Brasil

Igrejas arrecadam R$ 39,1 milhões por dia em dízimos e ofertas, revela Receita Federal

Comments (236)
  1. ovelha disse:

    Jesus é a pedra angular.

  2. Jorge Vinicius disse:

    ESTE DINHEIRO DARIA PARA ACABAR COM A FOME NO MUNDO. MAS OS ”CRISTÃOS” PREFEREM ENGORDAR AS CONTAS BANCÁRIAS DOS ”ÔMI DE DEUS”.

    1. dayana disse:

      Vc julga um lado e esquece o outro!

      Todas igrejas tem despesas com agua,aluguel, luz faxineira com missões e etc!

      1. Edson Souza disse:

        Dayana como vc é inocente.
        Pagar água das piscinas das mansões,pagar luz pra iluminar a mansão de campos do Jordão, pagar segurança particular pq tem medo de serem roubados, sequestrados pq tem muita grana no bouço esses lideres.Não confiam em Deus verdadeiro, mais em um cara armados esses lideres hipócritas confiam.Depois esses mercenários ficam pregando para o povo.
        Vcs confiam em Deus sim ou não!?
        Então se vc confia, de seu tudo aqui no altar agora.
        E coitado do fiel entrega tudo e se lasca depois.
        Depois do culto o bispo vai de carro blindados com seus seguranças em volta, enquanto o trouxa do fiel vai de pé pq deu tudo que tinha da carteira.

      2. Anny disse:

        O dinheiro que essas $eitas arrecadam da pra comprar a usina de itaipu!da quase pra comprar o oceano.E se vc não sabe( não sei se são todas)mais as faxineiras trabalham de graça, A despesa das igrejas é quase zero!

        1. souza disse:

          Anny
          Como vc vai ser a favor do dízimo e ofertas na igreja , se vc é contra a igreja contra Deus !pode até ser uma satanista ou atéia , quem sabe né ! O dízimo e oferta fez a igreja se sustentar até agora e vai continuar sustentando quer vc queira ou não , pra nós, dizimistas e ofertante na igreja, não faz a menor diferença ; se vc gosta ou não pra nós vc é problerma seu ! ta Bom !

  3. dayana disse:

    Quando esses dizimos e ofertas são usados para a missão ou caridade e despesas da igreja é tranquilo!

    Infelismente há muitas igrejas que não usam esse dinheiro para algo de caridade!
    Não vou citar nomes por que não sou Deus pra julgar, pos só Ele sabe oq fazem com esses dinheiros!

    Na minha antiga igreja, eram paga por mês 40 mil de luz, e tinha vigilantes, uma rádio e assim vai as despesas que são muitas! e Também meu pastor ajudava um grupo de louvor(VOZ DE MUITAS AGUAS) que são missionários em Israel, onde passavam dificuldades financeiras para realizarem a obra de Deus!

    1. dayana disse:

      Escrevi errado a palavra “Infelizmente”

  4. luiz moreno disse:

    E o Edson Souza
    Pirrrrrraaaaaaaaa*!!!!!!
    Na batatinha.

  5. vai arrebentar disse:

    Qual o real interesse de site em divulgar isso?

    COM CERTEZA NÃO É BOM O INTERESSE.

    TAMBÉM UM SITE DE PESSOAS QUE NÃO SÃO CRISTÃS.
    E usa o nome gospel para atrair visitantes, vai esperar o que?

    1. Edson Souza disse:

      TAMBÉM UM SITE DE PESSOAS QUE NÃO SÃO CRISTÃS.
      E usa o nome gospel para atrair visitantes, vai esperar o que?

      Parece teu mestre sr Burns Macedo, pra enganar o povo, usando o nome do Filho de Deus, fazendo promessas mentirosas, enganando o povo a dar tudo que tem em nome de deus e que ficaram ricos.

      1. vai arrebentar disse:

        O edson as promessas são para os que creem.
        POIS AS ESCRITURAS DIZEM:
        QUEM CREU EM NOSSA PREGAÇÃO? E A QUEM FOI REVELADO O BRAÇO DO SENHOR?

        As promessas da biblia so acontecem na vida dos que creem.
        e que culpa tem DEUS ou os pastores se vc é UM INCRÉDULO E MALICIOSO?
        DAI O RESULTADO UMA VIDA DE FRACASSO QUE VC VIVE.
        QUERENDO COLOCAR A CULPA NOS OUTROS PELA SUA INCREDULIDADE.

  6. Edson Souza disse:

    Olha, o cara vem pedi perdão com uma atitudes dessas.
    Fracamente.

    Te chamo pelo teu no verdadeiro seu mentiroso safado!!!!!!!!!!!

    Edson Souza disse: 21 de novembro de 2013 ás 1:36 am
    Edson Aguiar, vc não tem moral nenhuma pra falar do Stardust ou de qualquer um aqui seu pilantra mentiroso.

    Responder Comentar
    ex. disse: 21 de novembro de 2013 ás 4:53 pm
    Vai se ferrar otário.
    E me chame como você quiser.

  7. Paulo disse:

    Uau!!! é dinheiro pelo ladrão.. por isso que o clamando tá agarrado ao osso e não larga por nada hahahaha

  8. Anny disse:

    A guarda do sábado, a circuncisão, o sacrifício de animais assim como o Dízimo são quesitos que ocorreram antes de serem incluídos como obrigação da lei dada á Moises, porém todos esses itens ficaram confirmados oficialmente como preceitos a serem seguidos na lei. Portanto ensinar a doutrina do Sábado é tão errado quanto ensinar a doutrina do Dizimo

    1. vai arrebentar disse:

      O anny a circuncisão, e quardar o sabado foi algo que DEUS mandou fazer era lei.

      O DIZIMO PARTIL DA DECISÃO VOLUNTARIA DE ABRAÃO, DEUS NUNCA MANDOU ABRAÃO DEVOLVER DIZIMOS, Mas ele fés por fé.

      SENDO ASSIM OS DIZIMISTAS DÃO POR FÉ, E NÃO POR OBRIGAÇÃO.

      E qual a sua preocupação? porque vc esta preocupada com dinheiro que não é seu?
      CADA UM QUE GANHA SEU DINHEIRO TEM O DIREITO DE FAZER O QUE QUISER DELE.
      Seja comprar drogas ou devolver o dizimo…

      E PORQUE VC ESTA TÃO PREOCUPADA COM OS QUE RESOLVERAM DEVOLVER DÍZIMOS?

      1. Anny disse:

        O que Abraão deu foi completamente voluntário. Ninguém disse a ele que ele tinha que dar um décimo das pilhagens. Ele fez isso de forma absolutamente voluntária. Em contraste, o dízimo é obrigatório, algo que você tem que fazer, independente de se você realmente deseja ou não!

        1. Edson Souza disse:

          A Anny te quebrou no meio em Vai se lascar?
          E olha que é ateu em? kkkkk

          1. Edson Souza disse:

            Se vc vai se arrebentar se baseia em Abraão, vc se arrebentou agora.

            Pq vc mesmo confessou que Abraão deu o dizimo voluntariamente, ao contrario de seu mestre Macedo que obrigam os fieis a darem, senão estão roubando a Deus.
            Decide logo seu jumento.
            É obrigado ou não é dar dizimo?

            Se for seguir a linha de Abraão é voluntário, se for seguir a Lei é obrigatório.(como a lei foi comprida por Cristo, não é mais valida pelo cristianismo)

            Vá estudar vai se arrebentar!!!

        2. vai arrebentar disse:

          pois é dona annny
          EU ESOU A 15 ANOS NA UNIVERSAL,
          E NUNCA FUI OBRIGADO A DEVOLVER DIZIMOS,
          NUNCA E JAMAIS SEREI OBRIGADO PORQUE EU FAÇO DE LIVRE E ESPONTÂNEA VONTADE.

          Com respeito a vc o edsom souza.
          NÃO É O BISPO QUEM DIZ, É A PALAVRA DE DEUS QUE DISSE:
          PORQUE A MIM ME ROUBAIS, MAS VÓS DIZEIS EM QUE TE ROUBAMOS?
          NOS DÍZIMOS E NAS OFERTAS.

          VEJA QUE É A BIBLIA QUEM DISSE ISSO, E PARA FICAR CLARO QUE ISSO VALERIA POR TODAS AS EPOCAS, DEUS INICIA ESSE TESTO DIZENDO.

          EU O SENHOR NÃO MUDO.
          Será que vc sabe o que significa isso?

          ANTES DELE SE REFERIR AOS ROUBOS DE DIZIMOS, ELE DISSE EU NÃO MUDO…

          Bom mas como vc é incredulo ai vc quer que ele tenha mudado.
          O FATO DE JESUS TER MORRIDO NA CRUZ, NÃO MUDOU OS PENSAMENTOS DE DEUS COM RESPEITO AOS DIZIMOS E OFERTAS.
          Tanto é que JESUS DISSE: FAZEI ESTAS COISAS SEM OMITIR AQUELAS…

          MAS o ladrão sempre vai arrumar uma desculpa para roubar a DEUS não é sra edson.

          DIZIMO É VOLUNTARIO, PORÉM NÃO DEIXOU DE SER ROUBO A DEUS…

          NIGUÉM OBRIGA O LADRÃO QUE ESTA ROUBANDO NAS RUAS A ROUBAR. Porém ele continua roubando mesmo sabendo que uma hora sera preso..
          Assim é vcs mesmo estando preso em uma vida fracassada continuam roubando…

          1. Ateu e atoa disse:

            é isso mesmo VAI ARREBENTEAR.

            o carinha lá se phudeu na cruz, agora vcs tem que pagar ele uai. nada mais justo.

            agora o cara se lasca todo na cruz e vcs não querem pagar pelo sacrificio do ômi?

            bando de ladrões esse povo que fala mal dos 10%, não sabe que tem que pagar pelo sacrificio do omi?

            que coisa.

          2. Ana Clara disse:

            Não foi obrigado a devolver o dizimo,mas foi induzido a dar ,atravez de um ensino distorcido sobre ele,alias a Universal,distorce toda a biblia,é dizimo,bugigangas ungidas,troca de anjo..gente ker agradar Jesus,vai ajudar teu próximo,amar seu próximo,falar da salvaçao pra teu próximo,vcs não estao agradando a Deus por enriquecer esses”pastores”

          3. Anny disse:

            kkkkkkkkkkkkkkk vc nunca foi obrigado a pagar,vc só tem medo de ir para o inferno!!!mais continue,vcs se merecem,fazem parte da mesma quadrilha!!!enquanto tiver pessoas como vc o Brasil caminhará pra tras!continue sustentando os vagabundos e familias!quem sabe vc ganha um lugar no céu!

  9. Diogo disse:

    Imagino o numero de zeros que tem nas contas dos pastores.

  10. STARDUST disse:

    ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos utilizar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento da parte de Deus de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo dos despojos da guerra quando resgatou seu sobrinho Ló e Jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas Abraão e até Moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90% do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado José de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, (Deuteronômio 14:22-26) administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

    1. STARDUST disse:

      PASTOR SINCERO FALA A VERDADE SOBRE O DÍZIMO:

      http://youtu.be/ftc9xFJJIcY

      1. cesarr7 disse:

        A CASA DO TESOURO, E A CASA DE DEUS.

        Muitos, mesmo se dizendo evangélicos, se posicionam contra a devolução dos dízimos, Mas e neles que vemos o cuidado, e o zelo que DEUS tem para com o seu povo. No texto relacionado aos dízimos mais conhecido, encontramos a seguinte orientação divina: Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto se Eu não voz abrir as janelas do céu e não derramar sobre voz benção sem medida. (Ml: 3-10) . Existe algo maravilhoso nesse texto, ele nos revela o quanto DEUS deseja cuidar de nos. Notamos que Deus nos manda levar os dízimos a casa to tesouro. E a onde é essa casa do tesouro? Ora o maior tesouro de DEUS, aqui na terra são as almas que se entregam ao Senhor JESUS, e a casa do tesouro, ou seja, o lugar onde se reúne esse tesouro é a igreja, então devemos devolver nossos dízimos na igreja. E a casa de DEUS onde fica? Muitos dizem ser a igreja também, mas DEUS faz uma distinção clara entre os dois lugares, A CASA DO TESOURO, E A MINHA CASA. Deus deixa claro em atos 7:48 Entretanto não habita o altíssimo em casas feitas por mãos humanas; como diz o profeta. O apostolo Paulo usado pelo Espírito Santo deixou claro; Não sabeis vós que sois santuário de DEUS, e que o Espírito de DEUS habita em voz. ( 1cor: 3-16). Assim fica mais fácil entender o quanto DEUS quer o nosso bem através da devolução dos dízimos, pois quando devolvemos os nossos dízimos na igreja (casa do tesouro) DEUS vai fazer com que haja mantimentos em sua casa (nosso corpo é a verdadeira casa de DEUS), esses mantimentos são paz, alegria, saúde, felicidade, amor,prosperidade etc, esses são alguns dos mantimentos que DEUS traz para sua casa, ou seja, nosso corpo. Pois habitaria DEUS, em um lugar cheio de tristezas, angustias frustrações, depressão, magoas e odio? Quando tomamos a atitude de sermos dizimistas fieis, devolvendo os dízimos na casa do tesouro, DEUS começa imediatamente um trabalho de limpeza em nosso corpo que será então sua morada. Respondeu JESUS: se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada. (Jo; 14-23). Quando nos tornamos dizimistas fieis, DEUS faz de nós seu tesouro particular, (ML:3-17) e morada santuário do seu Espírito.

        O convite de DEUS ainda esta de pé: TORNAI VOS PARA MIM, E EU ME TORNAREI PARA VOS OUTROS, DIZ O SENHOR DOS EXÉRCITOS. (ML: 3-7 b)

        1. STARDUST disse:

          CONHEÇA A VERDADE SOBRE DÍZIMO:

          http://youtu.be/uzDZB8k-dVk

        2. vai arrebentar disse:

          pocha vida cesar
          essa palavra ai detonou o estudosinho do stardust.
          QUE PAULADA KKKKKKKKKK
          SE eu fosse ele sumia de novo por um bom tempo..

          1. STARDUST disse:

            TESTEMUNHO REAL DE DIZIMISTA… SEM MAQUIAGEM E SEM ROTEIRO PARA SER LIDO:

            http://youtu.be/BuBgEMfq1gg

  11. Justino disse:

    …Bando de avarentos!!!!!!!!!!!!!!!!!O coração de voces estão no dinheiro,e não em CRISTO!

  12. LUCIANO SILVA disse:

    EU SOU ABENÇOADO POR OBEDIÊNCIA A ESTA PALAVRA!!
    Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.
    Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.
    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
    E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.
    E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos.

    Malaquias 3:8-12

  13. cesarr7 disse:

    A CASA DO TESOURO, E A CASA DE DEUS.

    Muitos, mesmo se dizendo evangélicos, se posicionam contra a devolução dos dízimos, Mas e neles que vemos o cuidado, e o zelo que DEUS tem para com o seu povo. No texto relacionado aos dízimos mais conhecido, encontramos a seguinte orientação divina: Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto se Eu não voz abrir as janelas do céu e não derramar sobre voz benção sem medida. (Ml: 3-10) . Existe algo maravilhoso nesse texto, ele nos revela o quanto DEUS deseja cuidar de nos. Notamos que Deus nos manda levar os dízimos a casa to tesouro. E a onde é essa casa do tesouro? Ora o maior tesouro de DEUS, aqui na terra são as almas que se entregam ao Senhor JESUS, e a casa do tesouro, ou seja, o lugar onde se reúne esse tesouro é a igreja, então devemos devolver nossos dízimos na igreja. E a casa de DEUS onde fica? Muitos dizem ser a igreja também, mas DEUS faz uma distinção clara entre os dois lugares, A CASA DO TESOURO, E A MINHA CASA. Deus deixa claro em atos 7:48 Entretanto não habita o altíssimo em casas feitas por mãos humanas; como diz o profeta. O apostolo Paulo usado pelo Espírito Santo deixou claro; Não sabeis vós que sois santuário de DEUS, e que o Espírito de DEUS habita em voz. ( 1cor: 3-16). Assim fica mais fácil entender o quanto DEUS quer o nosso bem através da devolução dos dízimos, pois quando devolvemos os nossos dízimos na igreja (casa do tesouro) DEUS vai fazer com que haja mantimentos em sua casa (nosso corpo é a verdadeira casa de DEUS), esses mantimentos são paz, alegria, saúde, felicidade, amor,prosperidade etc, esses são alguns dos mantimentos que DEUS traz para sua casa, ou seja, nosso corpo. Pois habitaria DEUS, em um lugar cheio de tristezas, angustias frustrações, depressão, magoas e odio? Quando tomamos a atitude de sermos dizimistas fieis, devolvendo os dízimos na casa do tesouro, DEUS começa imediatamente um trabalho de limpeza em nosso corpo que será então sua morada. Respondeu JESUS: se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada. (Jo; 14-23). Quando nos tornamos dizimistas fieis, DEUS faz de nós seu tesouro particular, (ML:3-17) e morada santuário do seu Espírito.

    O convite de DEUS ainda esta de pé: TORNAI VOS PARA MIM, E EU ME TORNAREI PARA VOS OUTROS, DIZ O SENHOR DOS EXÉRCITOS. (ML: 3-7 b)

  14. STARDUST disse:

    O dízimo era um mandamento da lei de moisés (Levítico 27:32), e era obrigatório somente ao povo de israel (Números 18:26)

    Nós, cristãos não seguimos a lei de moisés (Romanos 6:14) e o dízimo era reconhecidamente um mandamento da lei de moisés, o Próprio Senhor Jesus reconhece que o dízimo era inerente a lei de moisés:

    ” porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas” ( mateus 23:23 )

    Repare que neste versículo o Próprio Senhor reconheceu que o dízimo era parte da lei, assim como a justiça, a misericórdia e a fé, mas os fariseus cumpriam a lei de moisés na parte de entregar os dízimos, (sendo nessa parte extremente zelosos, pois davam dízimo até das coisas minimas, como hortelã, endro e cominho ) e desprezavam o mais importante da lei, ou seja, a justiça, a misericórdia e a fé.

    logo, comprovadamente dízimo era apenas mais um dos diversas observações da lei de moisés, inclusive Jesus deixa isso bem claro.Jesus mandou aos fariseus entregarem o dízimo porque enquanto Jesus exercia o seu ministério terreno, Jesus e todos de israel ainda estavam sob a lei de moisés, pois o Senhor mesmo disse:

    “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir” (Mateus 5:17)

    E a própria bíblia confirma que o Senhor Jesus estava debaixo da lei de moisés:

    ” vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, NASCIDO SOB A LEI” (gálatas 4:4)

    Jesus veio para cumprir a lei de moisés, portanto não poderia ser contra a entrega do dízimo que era um mandamento da lei de moisés antes de seu cumprimento na Sua morte na cruz. Lembre-se que Quando Jesus foi crucificado Ele disse:

    ” ESTÁ CONSUMADO! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito” (João 19:30)

    Quer dizer que a lei de moisés foi consumada, ( cumprida ), ou seja abolida:

    “Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê” (Romanos 10:4 )

    Então, naquele momento ainda, antes da morte de Jesus todos de israel deviam sim entregar o dízimo e obedecer a todos os preceitos da lei de moisés pois a Graça que hoje se estende a todos que recebem a Jesus como seu Salvador só iniciou de fato após o sacrifício de Jesus e sua morte física.

    Malaquias 3:10-11, tão utilizado para forçar os membros a darem dízimo, se refere somente aos de ISRAEL, e portanto nada tem a ver conosco, os cristãos. Isso é facilmente comprovado quando lemos todo o livro de malaquias e não somente malaquias 3:8-11! O livro de malaquias inclusive começa informando a quem se dirigia aquelas advertencias:

    “Peso da palavra do SENHOR CONTRA ISRAEL, por intermédio de Malaquias” (malaquias 1:1).

    E malaquias 4:4 também confirma que aquela admoestação sobre dízimo e outros mandamentos era somente aos de ISRAEL.

    Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe PARA TODO O ISRAEL, a saber, estatutos e juízos. (malaquias 4:4)

    Mas o incauto religioso que foi ensinado a dar dízimos ainda argumenta:

    ” Mas no novo testamento tem um versículo que diz: “”Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive.” (Hebreus 7:8)

    Resposta: É muito curioso os religiosos citarem hebreus 7:8, um versículo por sí só fora de contexto, e não convidar-nos a ler TODO O CAPITULO 7 DE HEBREUS.

    todos os que exigem dízimos evitam estudar esse capítulo todo com sua membresia… e não é a toa, pois se assim o fizesse, entenderiam melhor ainda que o dízimo era somente para os de israel e somente os levitas poderiam cobrar das outras 11 tribos de israel:

    Vamos examinar o versículo 5 de hebreus 7:

    ” Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (Hebreus 7:5)

    veja que somente os filhos de levi (os levitas), tem mandamento de recolher DE ACORDO COM A LEI ( de moisés ), os dízimos do povo OU SEJA DE SEUS IRMÃOS ( quem são os irmãos dos levitas? ora, são as outras 11 tribos de ISRAEL! )

    Nós não somos de nenhuma tribo de israel ( somos os que a bíblia chama de gentios, que nunca na história da humanidade esteve debaixo da lei de moisés, nem quando ela vigorava em israel ), e nem estamos debaixo da lei de moisés.

    Isso é facilmente comprovado examinando a bíblia e verificando que não há relato de uma pessoa sequer, que não fosse de Israel, entregando dízimo. A bíblia menciona vários povos além dos israelitas, mas nenhum deles além dos israelitas entregava dízimo e pq? pq o mandamento de dizimar era somente aos de israel.

    O capitulo 7 de hebreus realmente menciona o dízimo, mas o versículo 18 deixa bem claro que o dízimo não tem lugar na nova aliança em Cristo:

    ” Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade ” (hebreus 7:18)

    outro fato interessante é que dízimo NUNCA ERA PAGO EM DINHEIRO!

    Na lei de moisés dízimo somente era em produtos agrícolas e animais (Deuteronômio 14:22-23, Neemias 13:12) pois dízimo era alimento!

    E naquela época já existia dinheiro, veja Gênesis 17:23, Gênesis 33:19, Êxodo 22:17, Deuteronômio 23:19 entre outras diversas..

    E no tempo de Jesus, o dinheiro também já fazia parte da vida deles…

    As duas moedas da viúva pobre (Marcos 12:42), Judas traiu Jesus por 30 moedas (Mateus 26:15) entre outras…

    Portanto essa conversa de que dízimo não era entregue em dinheiro nos tempos bíblicos pq o dinheiro não existia e somente se fazia comércio na base de troca de produtos e bens não tem fundamento bíblico. dinheiro fazia parte da vida deles, e é mencionado em diversas partes da bíblia, inclusive em genesis, o primeiro livro dela!!!

    Conclusão: além do dízimo não ser obrigatório hoje para os cristãos, está sendo ensinado totalmente errado até mesmo do tempo em que era obrigatório!!!

    Os desavisados pagam dízimos porque a religião evangélica ensina que quem não dá dízimo rouba à Deus,e ladrões não herdarão o reino dos céus, mas os que crêem no sacrifício do Senhor Jesus compreende que Ele já pagou o preço:

    “Por preço fostes comprados; não vos torneis escravos de homens.” (I Coríntios 7:23)

    Por isso, sacrifícios de animais e devolução de dízimos de alimentos que a religião evangélica por ganancia transformou em dinheiro não são necessários!

    Aliás, a ganancia desses lideres religiosos evangélicos já foi profetizada:

    “disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro” (I Timóteo 6:5)

    ” também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias…” (II Pedro 2:3)

    Deus abençoe a todos!

  15. STARDUST disse:

    PASTOR SINCERO FALA A VERDADE SOBRE DÍZIMO:

    http://youtu.be/fNxLLUyWeA0

      1. STARDUST disse:

        BISPO HITLER É INFORMADO QUE O POVO TÁ LENDO A BÍBLIA E DESCOBRINDO QUE DÍZIMO É UM ENGANO… BISPO HITLER FICOU FURIOSO!!!

        http://youtu.be/LwEixXM_FCE

    1. pula nàgua disse:

      Stardust :- Os defensores dos dízimos citam até a “Cabala Judaica” quando tratam de defender sua “veia monetária”, com meias verdades para defender seus vencimentos.
      http://www.youtube.com/watch?v=WtT65KWkN2o&feature=player_detailpage

      1. pula nàgua disse:

        Quando o Apostolo Paulo escreveu a carta aos Coríntios especificamente para nós o texto que o autor deste vídeo se refere não se tratava de investimento em dinheiro no Reino de Deus, mas nos frutos virtuosos seus produzindo frutos virtuosos para o Reino de Deus, traduz um sofisma para os leigos, confundindo-os, enganando-os.

  16. TOUR NATRAK disse:

    EU SOU DIZIMISTA E TENHO PRAZER EM DEVOLVER O DIZIMO E OFERTAS NA MINHA IGREJA NUNCA ME FEZ FALTA ALGUMA PELO CONTRARIO DEUS TEM SEMPRE ME ABENÇOADO, e ai Clamado vamos comer um bodo assado domingo? vou comer um bode assadinho no ponto em Caiçara do rio dos ventos rio grande do norte esta servido, bora eta Caiçara to chegando to chegando, e ai CLAMANDO vai um bodo assado ai, tem direito de tomar uma dose de onça braba, mas so uma dose, se não o Papai do ceu não acha bom, Falou Amigao um Bom Fim de semana para você e que o Senhor Jesus Te abençoe mais e mais ricamente a você e a toda a sua família Abraços meu querido irmão

    1. Anny disse:

      Se vc se sente bem,sustentando o luxo dos pa$tore$$ ,quem somos nós para recriminá-lo?

      1. TOUR NATRAK disse:

        La vem você escrevendo como sempre pelas beiradas por ventura você conhece o meu Pastor? por ventura você conhece a minha congregação? por ventura você conhece e sabe mesmo a doutrina de minha igreja? por ventura você sabe se eu sou um Pastor ou não? por ventura você conhece o tesoureiro de minha congregação? por ventura você sabe ou não se meu Pastor dirigente Trabalha se ele tem profissão definida? por ventura você já esteve ou já foi membra de minha igreja? por ventura você realmente sabe onde e aplicado os dízimos e ofertas de minha congregação, por ventura você sabe realmente a Índole do meu Pastor presidente do campo? por ventura você sabe realmente a Índole do meu Pastor dirigente, por ventura você sabe se eu fui ou sou um pastor dirigente, por ventura você sabe realmente sobre minha Índole, por ventura você conhece a todos os dirigentes os que detem cargos em minha congregação e suas famílias suas responsabilidades seus dia a dia se trabalham ou não se são honestos ou não se são zeladores de boas obras ou não, por ventura você tem realmente conhecimento de Deus de Jesus Cristo e do Espirito Santo do Deus vivo e tem um grande discernimento Espiritual para saber de coisa as quais você não conhece não sabe e nem nunca viu? você sempre escreve pelas beiradas, quem conhece minha igreja minha congregação e as Indoles dos meus, você tem que se preocupar e com você mesma com seus filhos se tiver com seu marido se tiver com seus familiares faça isso pois os dias são maus e o tempo urge

        1. Anny disse:

          Pra mim ,são todos farinha do mesmo saco!tanta faz se A ou se é B! são todos ladrões, safados ,espertalhões,exploradores de pobres,vendilhões do templo,covil de ladrões!pra mim tanto faz se vc é pa$tor ou um fiel idiota que se mata de trabalhar pra bancar esses ordinarios!!se vc é pa$tor vc é tão pilantra quanto todos os outros!!!eu não sei da sua vida e nem quero saber!

          1. TOUR NATRAK disse:

            idem igualmente estou pouco me lixando não te conheço e nem tenho interesse algum e ladrão e seu pai satanás ao qual você adora quero mais e que você e todos os contras vao pra o inferno bem ligeiro

  17. Edson Souza disse:

    cesarr7 só se manifesta quando fala em tirar os dizimos do mestre dele.kkkk

  18. leonardo disse:

    Conteste a este estudo, se puder honestamente.

    O que os lideres das igreja deveria ensinar sobre o dízimo, mas faz questão de esconder?

    que O dizimar não é uma doutrina cristã

    Um ensaio por Russell Earl Kelly, Ph.D. Doutorado em teologia.

    Pastor da igreja batista. Estados unidos das Américas.

    INTRODUÇÃO:

    O seguinte estudo é apenas um resumo do livro, do Doutor Russel Kely “Tem a Igreja o direito de cobrar o Dizimo?” As conclusões de um teólogo no tocante a uma doutrina tabu. O livro em si é uma versão maior de minha tese de doutorado e cátedra Ph.D. desafio aos educadores bíblicos a serem honestos, que abram seus níveis de investigação em seus seminários e promovam estudos sobre este tema nos níveis de magistério, doutorado e catedrático. Esta doutrina falsa e exploradora, é demasiado importante para passá-la por verdadeira. Sendo uma mentira conveniente,

    Em todas as igrejas de hoje a falsa doutrina do dízimo se converteu em todo um escândalo. Por um lado, a maioria dos livros de texto a nível de seminário referentes à teologia sistêmica e a hermenêutica escritos por eruditos de muita preparação omitem o tema do dízimo, e por outro lado, a prática rapidamente está a se converter num requisito para ser membro nas mesmas denominações que dizem fazer questão de doutrinas fundamentadas na Bíblia, neste caso, existe uma demagogia clara, Também há mais e mais provas de que leigos que questionam a legitimidade de dizimar sob o Novo testamento, são criticados e desprezados como polemistas ou cristãos fracos. Líderes cristãos sinceros sempre devem estar dispostos a um diálogo aberto em torno da Palavra de Deus. A recusa em tratar o assunto so mostram que enganam o povo do senhor, intencionalmente de ma fé…

    O Dízimo Moderno Fundamenta-se Sobre Muitas Falsas Premissas

    O que ensinam todas as denominações que cobram dízimo se resume na declaração de certa denominação quanto à mordomia. Diz que “o dízimo é a mínima norma bíblica e que o ponto de partida estabelecido por Deus não deve ser substituído ou comprometido por nenhuma outra norma.” Acrescenta que o dízimo é do ganho líquido pago à igreja antes que se calcule o imposto público sobre o ganho.

    Os seguintes itens neste estudo delineiam um contraste entre os falsos ensinos que se utilizam para apoiar o dízimo com o que a Palavra de Deus diz verdadeiramente.

    Item #1: Os Princípios da doação voluntaria em 2ª coríntios 8 e 9 não Têm nada a Ver Com o Dízimo. No novo testamento não se cobrava nenhuma espécie de taxa fixa,(Dizimo) mas so voluntario. Com respeito à igreja, claro…

    O falso ensino é que o dízimo é uma expectativa divina obrigatória a qual sempre precede a oferta de livre vontade.

    A oferta de livre vontade existia dantes do dízimo. Os seguintes princípios do Novo Pacto no tocante à doação de livre vontade encontram-se em 2 Coríntios, capítulos 8 e 9:

    (1) A oferta é uma “graça.” Estes capítulos usam a palavra grega para “graça” oito vezes em torno da ajuda para os santos pobres.

    (2) Primeiro há que fazer a dádiva de um mesmo a Deus (8:5).

    (3) Há que se dar a conhecer a vontade de Deus (8:5).

    (4) Há que dar em resposta ao dom de Deus (8:9).

    (5) Há que dar por razão de um desejo sincero (8:8, 10, 12; 9:7).

    (6) Não há que dar porque o manda algum mandamento (8:8, 10; 9:7).

    (7) Há que dar mais do que se possa para ajudar aos pobres (8:3, 11, 12).

    (8) Há que dar para produzir igualdade. Isto quer dizer que os que têm mais devem dar mais a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar tanto (8:12-14).

    (9) Dar com gozo (8:2).

    (10) Há que dar pelo desejo de crescer mais espiritualmente (9:8, 10, 11).

    (11) Há que se dar porque se está a escutar a pregação do evangelho (9:13).

    Item # 2: Na Palavra de Deus o Dízimo Sempre foi em Alimento! No período que ele foi exigido, hoje nem isso é.

    O falso ensino é que os dízimos bíblicos incluia TODO tipo de ganho.

    Utilize a Palavra de Deus para definir o que é “o dízimo.” Não utilize um dicionário secular! Abra uma concordância bíblica completa e descobrirá que a definição que usam os promotores do dízimo está equivocada. Na Palavra de Deus o “dízimo” não aparece por si só de forma alguma. mesmo que já o dinheiro existisse antes do dízimo, a forma original do dízimo de Deus nunca foi em dinheiro. Era o “dízimo de alimento.” Isto é muito importante: O verdadeiro dízimo bíblico sempre foi somente em forma de alimento da terra e das manadas somente dos israelitas, quem viviam somente dentro da Terra Santa de Deus, dentro da fronteira nacional de Israel. O aumento recolhia-se do que Deus tinha produzido e não pela habilidade ou perícia humana.

    Há 15 versículos tomados de 11 capítulos e 8 livros, desde Levítico 27 até Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais (reafirmo), jamais incluiu dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa que não fosse alimentos tomados dentro de Israel! No entanto, a definição equivocada do “dízimo” é a que se segue pregando como o maior erro tocante ao dízimo hoje! (Veja-se Lev. 27:30, 32; Núm. 18:27, 28; Deut. 12:17; 14:22, 23; 26:12; 2ª Crô. 31:5, 6; Nee. 10:37; 13:5; Mal. 3:10; Mat. 23:23; Luc. 11: 42).

    Item #3: O Dinheiro Era um valor muito utilizado, porem Não Dizimado, nem aceito por Deus, como dizimo.

    A falsa premissa é que o escambo de alimentos geralmente substituía o dinheiro.

    Um argumento a favor de dizimar com bens não alimentícios é que o dinheiro não era universalmente disponível e para a maioria dos intercâmbios se usava a escambo de alimentos. Este argumento não é bíblico. Gênesis, por si só, utiliza a palavra “dinheiro” em 32 textos e a palavra ocorre 44 vezes antes que se mencione o dízimo pela primeira vez em Levítico 27. A palavra shekel também aparece com freqüência desde o Gênesis até Deuteronômio.

    De fato, séculos antes que Israel entrasse em Canaã e começasse a dizimar os alimentos da terra santa de Deus, o dinheiro era um bem indispensável diariamente. Por exemplo, havia dinheiro em forma de shekels para o pagamento por escravos (Gên. 17:12+); terra (Gên 23:9+); liberdade (Êxo. 23:11); multas judiciais (Êxo. 21; 22); resgates do santuário (Êxo. 30:12+); votos (Lev. 27:3-7); impostos do censo (Núm. 3:47+), bebidas alcoólicas (Deut. 14:26) e dote matrimonial (Deut. 22:29).

    De acordo com Gênesis 47:15-17 o alimento se usava em escambo somente depois que se tinha esgotado o dinheiro. A palavra de Deus em Levítico define leis bancárias e de usura ainda antes do dízimo. Portanto, o argumento de que o dinheiro não prevalecia o suficiente para o uso diário é falso. No entanto, o dízimo, em si, nunca incluía dinheiro em efetivo de bens não alimentícios, como outros produtos e negócios.

    Item #4: O Dízimo de Abraão a Melquisedeque Manifestava Uma Tradição Pagã. Prova histórica para comprovar segue a baixo.

    A historia dos dízimos

    Havia muitos costumes praticados pelos povos da antiguidade, povos este que habitavam a regiao da mesopotâmia, como por exemplo: o levirato, acircuncisao, a libaçao, e a pratica do dizimo. com o dízimo não era diferente! Já falamos no início dessa matéria, que Abraão não deu algo desconhecido a Melquisedeque. Muitos povos antigos, como gregos e chineses, viviam conviventes com a prática do dízimo. Na grécia por exemplo, vemos os dízimos incluídos nos escritos de Heródoto. Esse homem, conhecido como o pai da história, foi um historiador grego que viveu de 484 aC até 420 aC. Em seus escritos, Heródoto narrou acontecimentos envolvendo povos como gregos, egípcios, fenícios entre muitos outros. Os dízimos citados por Heródoto, era muito semelhante ao de Abraão, visto que se tratava de despojos de guerra. Logo abaixo estão 2 trechos dos escritos desse historiador:

    Heródoto 1.89- “…exijam de tuas tropas os despojos, sob o pretexto de que é preciso consagrar a décima parte a Júpiter.”

    Heródoto 9-80 Calíope- “A décima parte desses despojos foi destinada aos deuses…Separada a décima parte dos despojos, foi o resto distribuído aos guerreiros, a cada um segundo o seu merecimento… A Pausânias coube também uma décima parte dos despojos, incluindo mulheres, cavalos, dinheiro (talentos), camelos e várias outras preciosidades.”

    Fenícios e cartagineses também tinham a prática de dizimar. Na antiga Grécia, mercadores, davam os dízimos de seus lucros a Hércules (imagem ao lado). Hércules era um deus da mitologia grega, suposto filho de Zeus e da humana Alcmena. Persas e babilónios também davam dízimos. Fenícios do século 14 a.C, também dizimavam, pois em Ungarit na Felícia foi achado relatos dessa prática. Na Mesopotâmia no período sumério, dizimistas davam dízimos nos templos. Egípcios e romanos também davam dízimos. Os dízimos dos egípcios, não tem a ver com a quinta parte exigida em Gênesis 47.24: “Das colheitas dareis o quinto a Faraó, e as quatro partes serão vossas, para semente do campo, e para o vosso mantimento e dos que estão em vossas casas, e para que comam as vossas crianças.”.

    A estela famine (estela da fome), é um monumento egípcio em pedra, datada de 380 a.C. (foto ao lado). Composta de 32 colunas gravadas, nela está registrado o dízimo sendo cobrado na cidade portuária de Naukratis. Dois dos textos escritos revelam o seguinte:

    “Todos os pescadores, os caçadores, que capturam pássaros, peixes e armadilhas e todos os tipos de jogo, e todos os que Iions armadilha no deserto, eu lhes exata de um décimo do exame de todos estes, e todos os animais jovens nascidos do fêmeas nestas milhas [em sua totalidade].

    “Um dará os animais marcados para todos os holocaustos e sacrifícios diários, e um deles deve dar um décimo de ouro, marfim, ébano, madeira alfarrobeira, ocre… todos os tipos de madeira…”

    Evidências dos dízimos entre povos antigos são inquestionáveis. Quase em toda sua totalidade de relatos, sempre se tratando de alimentos e produções agrícolas, como é também em toda a bíblia sagrada.

    A bíblia nos mostra que Abraão deu o dízimo dos despojos: “Considerai, pois, como era grande esse a quem Abraão, o patriarca, pagou o dízimo tirado dos melhores despojos.” (Hebreus 7.4). Era uma prática usada por outros povos, que Abraão tomou para honrar o Deus verdadeiro. Geralmente, seria entregue a algum sacerdote em um templo, assim como as outras nações. Tudo que a bíblia explica, é que Melquisedeque, era sacerdote do Deus verdadeiro, como vemos em Gênesis 14.18: “Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo;”.

    Muitos pastores e lideres de igrejas, sem saberem nada a respeito do verdadeiro dízimo, usam da artimanha, de que Abraão teria sido tocado por Deus para dar o dízimo. A verdade, é que mesmo antes da lei, nossos patriarcas seguiam uma lei vigente na sua época. Posteriormente, muitas dessas leis tornara-se leis mosaicas. Uma coisa que temos mais certeza ainda, é que o dízimo imposto em Israel, nada tem a ver, com o que vemos nas igrejas cristãs, que a grande maioria das pessoas chamam de dízimo. A verdade do dízimo dado por Abraão, é que foi dado apenas uma vez na vida, e não dos bens que ele possuia, mas sim dos despojos da guerra. Interessante é que se você continuar lendo a passagem de Gênesis, em que narra esse fato, logo após Abraão dar o dízimo a Melquisedeque, o rei de Sodoma pede as pessoas capturadas por Abraão na guerra, e sabe o que Abraão faz? Abraão tira apenas a alimentação dos homens que foram com ele, e dá tudo para o rei se Sodoma, ou seja, 90% dos despojos foi para o rei de sodoma.(Gn 14.21-23…)

    O falso ensino é que Abraão dava livremente de seus dízimos porque era a vontade de Deus.

    Pelas seguintes razões não se pode usar a Gênesis 14:20 como um exemplo para que os cristãos dizimem:

    (1) A Bíblia não diz que Abraão deu “livremente” este dízimo.

    (2) A dádiva de Abraão NÃO foi um dízimo santo da terra santa de Deus recolhido pelo povo santo de Deus de acordo ao santo pactuo antigo de Deus.

    (3) O dízimo de Abraão foi somente do despojos da guerra e era de rigor em muitas nações, ele não foi o inventor do dizimo, mas era uma tradição idolatra.

    (4) Em Números 31, Deus somente exigiu 1% do despojos da guerra.

    (5) O dízimo de Abraão a Melquisedeque foi um evento que se registrou somente uma vez.

    (6) O dízimo de Abraão não foi de seus bens pessoais.

    (7) Abraão não guardou nada para si mesmo; ele devolveu tudo.

    (8) O dízimo de Abraão não se usa como exemplo em nenhum lugar da Bíblia em apoio do dízimo.

    (9) Gênesis 14, versículo 21 é o texto chave. Já que a maioria dos comentários bíblicos explica o versículo 21 como um exemplo de uma tradição árabe pagã, é uma contradição explicar 90% do versículo 21 como pagão, e ao mesmo tempo insistir que os 10% do versículo 20 era a vontade de Deus.

    (10) Se Abraão é um exemplo para que os cristãos lhe dêem 10% a Deus, então também deve ser exemplo aos cristãos para que lhe dêem os outros 90% a Satanás, ou ao rei de Sodoma!

    (11) Já que eles mesmos eram sacerdotes, nem Abraão nem Jacó tinham que manter um sacerdócio levítico; portanto provavelmente deixavam alimentos para os pobres em seus altares.

    Item #5: O Primeiro Dízimo Chegava às Mãos dos Servos dos Sacerdotes.

    O falso ensino é que os sacerdotes do Antigo Testamento recebiam tudo do primeiro dízimo. Mentira, quem recebia era os levitas.

    O povo não levavam nenhum dizimo para o templo, pra casa do tesouro, mas em suas cidades onde plantavam e colhiam é que eram entregue aos levitas que ali moravam. Pois os levitas receberam 48 cidades espalhadas em todas as tribos. Nm 35 v 1-8, Js 21 v 33-41. E era la nas cidades onde os levitas residiam que recolhiam os dízimos anualmente, um representante dos sacerdotes compareceria para pegar a parte que a eles era destinadas e levar à casa do tesouro. Nem 10 v 37-38b.

    O dízimo “inteiro”, o primeiro dízimo, de jeito nenhum chegava aos sacerdotes. De acordo com Números 18:21-24 e Neemias 10:37b, ia aos servos dos sacerdotes, os levitas. E de acordo com Números 18:25-28 e Neemias 10:38, os levitas davam o melhor “dízimo deste dízimo” (10%) do que recebiam aos sacerdotes que ministravam o holocausto pelo pecado e serviam nos lugares santos. Os sacerdotes não dizimavam.

    Também é importante se dar conta que, por causa do recebimento destes dízimos, tanto os levitas como os sacerdotes renunciavam a todo direito de receber terras por herança dentro de Israel (Núm. 18:20-26; Deut. 12:12; 14:27, 29; 18:1, 2; Jos. 13:14, 33; 14:3; 18:7; Eze. 44:28). Ainda, se no novo testamento existissem os dízimos semelhante ao velho testamento primeiramente iriam aos diáconos que representam melhor (levitas) entao eles entregariam 10% o dizimo dos dizimos aos pastores e para a manutenção dos edifícios. Mas não existe este mandamento hoje.

    Item #6: “Será Santo ao Senhor” Não Designa ao Dízimo Como Uma Norma Moral Eterna.

    O falso ensino é que Levítico 27:30-33 comprova que o dízimo é uma “norma moral eterna” porque “é santo ao Senhor.”

    As frases “será santo ao Senhor” e “será santíssimo ao Senhor” são de uso comum em Levítico. No entanto, o uso destas mesmas duas frases em Levítico foi descartado pelos cristãos desde há muito tempo. Estas frases se usavam para descrever todos os dias de festas, as oferendas dos holocaustos, os alimentos limpos, os sacerdotes do pacto antigo e o santuário do pacto antigo. Se a frase “santo ao senhor” torna o Dizimo valido para hoje, as demais coisas precedidas da mesma frase, também o será. Leiam-se particularmente os versículos 28 e 29 do mesmo capítulo. Pegar a questão dos dízimos e recusar os outros é uma hipocrisia grosseira.

    Ainda que o “dízimo do dízimo” (10%) que era entregue aos sacerdotes era o “melhor” do que recebiam os levitas, o dízimo que recebiam os levitas era somente “uma décima parte” e não era do “melhor” (Lev. 27:32,33).

    Item #7: As Primícias Não São o Mesmo Que os Dízimos

    A falsa premissa é que os dízimos são o mesmo que as primícias.

    As primícias eram uma quantidade muito pequena da primeira colheita e o primogênito era o primeiro nascido dos animais. As primícias eram tão pequenas que cabiam dentro de um canastro de mão (Deut. 26:1-4, 10; Lev. 23:17; Núm. 18:13-17; 2º Crô. 31:5a).

    As primícias e a oferta do primogênito iam diretamente ao templo para o consumo único dos sacerdotes que tinham a obrigação de consumi-las em sua totalidade dentro do templo (Nee. 10:35-37a; Ex. 23:19; 34:26; Deut. 18:4).

    Todo o dízimo levítico ia primeiro às cidades dos levitas, não iam para o templo ou tenda, e certas porções iam ao templo para alimentar tanto aos levitas como aos sacerdotes que ministravam ali por turno (Nee. 10:37b-39; 12:27-29, 44-47; Núm. 18:21-28; 2º Crô. 31:5b). Ainda que os levitas alimentavam-se com o dízimo, os sacerdotes podiam comer também das primícias, das oferendas do primogênito e outras oferendas. Os levitas tinham as funções de: porteiros, guardas, cantores, servidores do templo, tesoureiros, escrivão, entre outras. Ne 10 v39. Ed 2v70 1° Cr v20 e 29. E se eram eles que recebiam os dízimos, quem melhor os representariam hoje? Não seriam os diáconos por direito? Mas não há este mandamento para a igreja de cristo.

    Item #8: A Bíblia Descreve Quatro Diferentes Tipos de Dízimos. Mas as instituições por conveniência so adotaram parte de um, o religioso e que vai para o bolso dos seus lideres.

    A falsa doutrina ignora todos os outros dízimos e enfoca-se numa interpretação errônea do primeiro dízimo religioso. hipocrisia conveniente não é?

    O primeiro dízimo religioso, chamado o “dízimo levítico” tinha duas partes. Novamente, o primeiro dízimo, por inteiro, entregava-se aos levitas que eram somente os servos dos sacerdotes (Núm. 18:21-24; Nee. 10:37). Os levitas, por sua vez, davam uma décima parte de todo o dízimo aos sacerdotes (Núm. 18:25-28; Nee. 10:38). De acordo com Deuteronômio 12 e 14, o segundo dízimo religioso, chamado o “dízimo da festa,” era consumido pelos adoradores nas ruas de Jerusalém durante os três festivais anuais (Deut. 12:1-19; 14:22-26). E de acordo com Deuteronômio 14 e 26, um terceiro dízimo, chamado o “dízimo para os pobres”, guardava-se nos lares em cada terceiro ano para alimentar aos pobres (Deut. 14:28,29; 26:12,13). Mas os cobradores de dízimos nem de longe fazem referencia a este não é? Um Quarto. Ademais, de acordo com 1º Samuel 8:14-17, o governante recolhia o primeiro e o melhor dez por cento para o uso político. Durante o tempo de Jesus Roma recolhia o primeiro dez por cento (10%) de quase todo o alimento e o vinte por cento (20%) do fruto das colheitas como seus despojos de vencedor. Alguém pode perguntar-se que vem a ser o que as igrejas estão a tratar de esconder quando escolhem o dízimo religioso que mais lhes convém para seus fins e descartam os outros dois dízimos religiosos importantes.

    Item #9: Jesus, Pedro, Paulo e os Pobres Não Dizimavam! E nenhum outro cristão também não.

    O falso ensino é que todo mundo no Antigo Testamento tinha a obrigação de dar a Deus os dízimos, mentira!!!…

    Os pobres não tinham obrigação alguma de dizimar!hoje Nem pobres nem ricos tem este mandamento. Nenhum dos apóstolos o ensinaram.

    nem ninguém é obrigado por mandamento bíblico a dizimar hoje. e também não se dizimava dos resultados da mão de obra do trabalhador, artesão ou por habilidade alguma. Somente os agricultores e pecuaristas recolhiam o dízimo do que Deus produzia em aumento. Jesus era um carpinteiro; Paulo era um fabricante de tendas e Pedro era um pescador. Nenhum destes labores os qualificava para dizimar porque não cultivavam a terra nem cuidavam do gado para subsistir. Portanto, é incorreto ensinar que todos pagavam rigorosamente ao menos o dízimo e, todavia, que no Novo Pacto os cristãos têm a obrigação de, ao menos, começar com o mínimo do que davam os israelitas no Pacto Antigo. Esta falsa doutrina se repete muito com freqüência e desconhece por completo a definição tão clara do dízimo como alimento recolhido dos produtos do aumento da semeadura ou do aumento do gado.

    Também é um erro ensinar que os pobres de Israel tinham a obrigação de pagar o dízimo. De fato, eles mesmos recebiam o dízimo! Uma grande parte do dízimo da segunda festa e todo o dízimo especial do terceiro ano era para os pobres!e hoje? Cadê os dízimos para os pobres?

    Tinha muitas leis que protegiam aos pobres de abuso e de sacrifícios custosos que não podiam custear (veja-se também Lev. 14:21; 25:6, 25-28, 35, 36; 27:8; Deu. 12:1-19; 14:23, 28, 29; 15:7, 8, 11; 24:12, 14, 15, 19, 20; 26:11-13; Mal. 3:5; Mat. 12:1, 2; Marcos 2:23, 24; Lucas 2:22-24; 6:1, 2; 2ª Cor. 8:12-14; 1 Tim. 5:8; Tiago 1:27).hoje são os pobres que são mais explorados. Os trabalhadores que ganham um salário mínimo, e tem que sustentar a família e pagar água luz as vezes aluguel e ainda tem que pagar para ser crente, e ser considerado fiel, e não ser chamado de ladrão, também as viúvas e aposentados. E nenhuma ajuda recebem destas instituições “filantropicas” entidades capitalistas que tiram dos pobres em nome de Deus, para enriquecer mais os seus ricos, milionários “pastores” lideres. Seriam estes os gananciosos que Pedro se referiu? 2°Pd 2v3, que fariam dos crentes do senhor um comércio. Serão estes também mercenários Jo 10 v 12. O que é um mercenário?…falando em mercenários, me lembrei também dos astros pregadores e cantores, que de congresso em congresso, de igreja em igreja estão enchendo suas contas bancarias com o dinheiro dos pobres fiéis. Ai eu me lembro de Miq 3 v 11. ( os teus chefes dão as sentenças por suborno, os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus “profetas” (pregadores e cantores) profetizam por dinheiro.e ainda se apóiam no senhor! Dizendo: o senhor esta conosco.

    Item #10: Com Freqüência o Dízimo Usava-se Como Um Imposto Político.

    O falso ensino é que os dízimos nunca se podem comparar aos impostos ou à taxação.

    Na economia hebraica, o dízimo se usava de uma maneira totalmente diferente do que se prega hoje. Outra vez, os levitas que recebiam todo o dízimo nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eram somente os servos dos sacerdotes! Números, capítulo 3 descreve os levitas como carpinteiros, operários em metalúrgica, curtidores e artesãos que cuidavam da manutenção do pequeno santuário. E de acordo com 1º das Crônicas, capítulos 23-26, durante o tempo do rei Davi e do rei Salomão os levitas ainda eram exímios artesãos encarregados da inspeção para dar o visto bom a toda a obra do templo: 24.000 trabalhavam no templo como operários e capatazes; 6.000 eram oficiais e juízes; 4.000 eram guardas e 4.000 eram músicos. Como representantes oficiais do rei, os levitas usavam seus rendimentos do dízimo para cumprir como oficiais, juízes, cobradores de impostos, tesoureiros, guardas do templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1º Crô. 12:23, 26; 23:2-5; 26:29-32; 27:5). A razão pela qual estas formas do uso dos rendimentos do dízimo não se usam como exemplos hoje para a igreja é óbvia.

    Também é importante saber que os dízimos do Pacto Antigo jamais foram usados para a evangelização dos que não eram israelitas. Pois não tinham este objetivo! Veja-se Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais foram recursos para que os levitas ou sacerdotes do Pacto Antigo estabelecessem missão alguma ou movessem a um gentil que fosse a se converter em israelense (Êxo. 23:32; 34:12, 15; Deut. 7:2). O dízimo do Antigo Pacto foi motivado e dado por mandato da lei, e não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel os oráculos de Deus foram os profetas – e não os levitas e sacerdotes que viviam do dízimo.

    Item #11: Os Dízimos Levíticos em Geral Eram Levados às Cidades dos Levitas.

    Falsos mestres querem que pensemos que, tal qual no Antigo Testamento, os dízimos que se levavam ao templo agora devem ser levados para os edifícios da igreja”. E encaminhados aos bolsos dos pastores de pequenas congregações e matrizes das mesmas, como altos salários e outras regalias caras.

    O dízimo “inteiro” NUNCA se levava ao templo! Em realidade, a grande parte dos dízimos levíticos jamais chegava ao templo! Os que ensinam outra coisa ignoram as 48 cidades levíticas e as 24 classes dos levitas e sacerdotes. De acordo com Números 35, Josué 20, 21 e 1º das Crônicas 6, os levitas e sacerdotes viviam em terra emprestada como Jericó e Hebrom que rodeavam as cidades levíticas onde eles lavravam as terras e criavam gado (dizimado). Também é claro, a partir de 2º das Crônicas 31:15-19 e Neemias 10:37, que as pessoas do povo tinham que levar seus dízimos às cidades levíticas. Por quê? Porque ali é onde vivia os 98% dos levitas e sacerdotes com suas famílias a maior parte do tempo. Veja-se também a Josué 20, 21; Núm. 35; 1º das Crônicas 6:48-80; 2º Crônicas 11:13-14; Nee. 12:27-29; 13:10 e Mal. 1:14 para as cidades levíticas.

    Item #12: O Texto do Dízimo Que É Mais Abusado propositalmente é Malaquias 3v10.

    O falso ensino dos dízimos a partir de Malaquias 3 ignora cinco fatos bíblicos importantes: Malaquias cap. 1 v 1, deixa claro que sua mensagem se dirigia ao povo Judeu. E nem sequer a igreja de cristo existia ainda.

    (1) Malaquias está no contexto do Pacto Antigo e jamais se cita no Novo Pacto para abonar o dízimo (Lev. 27:34; Nee. 10:28, 29; Mal. 3:7; 4:4).

    (2) Em 1:6; 2:1 e 3:1-5 Malaquias claramente dirige-se aos sacerdotes que não têm honradez senão estão sob maldição devido a que tinham roubado as melhores ofertas de Deus.

    (3) Deve-se considerar que os levitas não residiam em Jerusalém onde estava o templo, no entanto o dizimo não ia para o templo, mas para as suas cidades. os

    Levitas viviam em suas cidades e Jerusalém não era uma cidade levítica (Josué 20, 21). O ensino de que os 100% do dízimo eram trazidos ao templo não faz sentido porque a maioria dos levitas e sacerdotes não vivia em Jerusalém. E os dízimos eram para os levitas.

    (4) Em Mal. 3:10-11 os dízimos ainda têm a forma de alimentos (Lev. 27:30-35).

    (5) As 24 classes de levitas e sacerdotes também devem ser levadas em conta. Começando com o rei Davi e Salomão, dividiam-se em 24 famílias. Estas divisões seguiam vigentes durante o tempo de Malaquias segundo o requerido por Esdras e Neemias. Já que só uma família servia no templo por só numa semana ao mesmo tempo, não tinha razão alguma para enviar TODO o dízimo ao templo quando o 98% tinha como finalidade a alimentação dos que ficavam nas cidades levíticas (para as classes se veja 1º das Crôn. capítulos 23-26; 28:13, 21; 2 Crô. 8:14; 23:8; 31:2, 15-19; 35:4, 5, 10; Esdras 6:18; Nee. 11:19, 30; 12:24; 13:9, 10; Lucas 1:5).

    Portanto, ao analisar o contexto das cidades levíticas, as 24 famílias de sacerdotes, os meninos menores de idade, as esposas, Números 18:20-28, 2º das Crônicas 31:15-19, Neemias 10-13, e todo Malaquias, somente como 2% do dízimo normalmente se requeria no templo de Jerusalém. À casa do tesouro, que serviam par alimentar tanto os sacerdotes que ministravam por seu turno, como também aos levitas porteiros guardas cantores, e de demais função. Daí a famosa frase: para que haja mantimento na minha casa..\

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11 esteve em vigência até que o Pacto Antigo caducou na cruz.e não diz respeito à igreja. Os que escutaram a Malaquias por vontade própria reafirmaram o Pacto Antigo (Nee. 10:28,29). “Maldito o que não confirme as palavras desta lei, pondo-as por obra.” E todo o povo dirá: “Amém.” (Deu. 27:26 citado em Gál. 3:10). Mas Jesus pôs fim à maldição. “Cristo isentou-nos da maldição da lei, feito por nós maldição; (porque está escrito: Maldito qualquer que é pendurado em madeiro)” (Gál. 3:13).

    Hoje as pessoas com rendimentos mais baixos são os que pagam o dizimo em maior quantidade às instituições captalistas( Ministérios) agências rentáveis, as quais tem levados seus lideres adquirirem muita riqueza pessoal. No entanto a maioria dos dizimistas segue na pobreza. pagar o dízimo não é a resposta mágica que substitui a educação, determinação e o árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 deveras funcionasse para os cristãos do Novo Pacto, então os milhões de cristãos pobres que pagam o dízimo talvez já tivessem escapado da pobreza e já seria o grupo mais endinheirado do mundo, em vez de seguir entre o grupo mais pobre. Fora claro os que recebem o dizimo, e com este vivem uma vida regalada recebendo altos salários, que chegam a ser maior que o salário do presidente da republica brasileira,e adquirem muito patrimônio pessoal, Não há prova alguma que a maioria das pessoas pobres que “pagam o dízimo” recebe bênção financeira resultado de pagar o dízimo. As bênçãos do Pacto Antigo não são as bênçãos do Novo Pacto (Heb. 7:18, 19; 8:6-8, 13).

    Item #13: O Novo Testamento Não Ensina o Dízimo. Por isso os defensores da falsa doutrina não usa nenhuma das cartas dos apóstolos, já observaram?…

    A falsa doutrina é que Jesus ensinou o dízimo em Mateus 23:23, o qual segundo dizem eles, é evidente no Novo Testamento.

    O Novo Pacto não começou quando Jesus nasceu, senão quando Ele morreu (Gál. 3:19, 24, 25; 4:4, 5). O dízimo não é ensino para a igreja após a cruz! Quando Jesus falou do dízimo em Mateus 23:23, o “vocês” se referia à obediência judaica à lei do Pacto Antigo o qual o apoiou e endossou até a cruz (veja-se “da lei” em 23:23). Em Mateus 23:v2 (o contexto de 23:23) Jesus disse a seus seguidores judeus que obedecessem aos escribas e fariseus “porque se sentam na cadeira de Moisés”. No entanto, ele não mandou que os gentios que ele curou se apresentassem aos sacerdotes e que obedecessem à lei de Moisés (compare-se com M\at. 5:23, 24 e 8.4). E as igrejas de hoje não arrecadam dízimos das ervas das hortaliças tal como Jesus ordenasse.

    Após a cruz não há nem um texto bíblico que seja, no Novo Testamento, que ensina o dízimo – Ponto! Atos 2:42-47 e 4:32-35 não dão o exemplo do dízimo para o sustento dos líderes da igreja. De acordo com Atos 2:46 os cristãos judeus seguiam adorando no templo. E de acordo a 2:44 e 4:33,34 os dirigentes da igreja compartilhavam por igual com os fiéis do que recebiam (o que não se faz hoje). Finalmente Atos 21:20-25 comprova que os cristãos judeus seguiam observando zelosamente a lei mosaica 30 anos depois – e isso deve ter incluído o dízimo. De outra maneira não os teriam permitido entrar ao templo para adorar. Portanto, qualquer dízimo recolhido pelos primeiros cristãos judeus chegava ao templo e não ia para o apoio da igreja.

    Item #14: O Sacerdócio Limitado do Antigo Pacto Foi Substituído Pelo Sacerdócio de Todos os Crentes.

    O falso ensino é que os bispos e pastores do Novo Testamento seguem a mesma linha do sacerdócio do Velho Testamento, merecendo o dízimo. Mentira! No novo testamento, todos os cristãos são sacerdotes.

    Compare-se Êxodo 19:5,6 com 1ª Pedro 2:9,10. Antes do incidente do bezerro de ouro, a intenção de Deus tinha sido que cada israelita fosse um sacerdote de tal modo que o dízimo jamais se tivesse estabelecido. Os sacerdotes não dizimavam, mas recebiam uma décima parte do primeiro dízimo (Núm. 18:26-28; Nee. 10:37,38).

    A função e o propósito do sacerdócio do Pacto Antigo foram substituídos, não pelos bispos e pastores, senão pelo sacerdócio de todos os crentes. Igualmente a todos os regulamentos da lei, o dízimo era tão só uma sombra provisória até que chegasse Cristo (Efé. 2:14-16; Col. 2:13-17; Heb. 10:1). No Novo Pacto cada crente é feito um sacerdote para com Deus (1 Ped. 2:9, 10; Apo. 1:6; 5:10). E como sacerdote, cada crente oferece sacrifícios a Deus (Heb. 4:16; 10:19-22; 13:15, 16). Portanto, cada ordem que previamente sustentava relação com o antigo sacerdócio foi apagada na cruz. Já que Jesus também não era da tribo de Levi, até ele mesmo não qualificou. Assim, o propósito original do dízimo já não existe (Heb. 7:12-19; Gal. 3:19, 24, 25; 2ª Cor. 3:10-18).

    Item #15: A Igreja do Novo Pacto Nem é Um Edifício Nem é Um Armazém.

    O falso ensino é que no cristianismo os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos” substituem o templo do Antigo Testamento como a morada de Deus. Mentira!!…

    A palavra de Deus jamais designa às igrejas do Novo Pacto como “tabernáculos”, “templos” ou “edifícios” nos quais mora Deus! A igreja de Deus, a morada de Deus, está dentro dos crentes. Os crentes “não vão à igreja” – senão que os crentes se “congregam para adorar”. Ademais, já que os sacerdotes do Antigo Testamento não pagavam o dízimo, então não é lógico seguir com essa prática. Portanto, é um erro chamar a um edifício “o armazém de Deus” para os dízimos. (1ª Cor. 3:16, 17; 6:19, 20; Efé. 1:22, 23; 2:21; 4:12-16; Apo. 3:12). Para “o armazém” ou “minha casa” compare-se 1ª Coríntios 16:2 com 2ª Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos, após o calvário, os cristãos nem tinham seus próprios edifícios (para chamá-los armazém) já que o cristianismo era uma religião proibida.

    Item #16: A Igreja Cresce à Medida Que Exerce os Princípios do Novo Pacto.

    O falso ensino implica que os princípios da graça não são tão bons como os princípios da lei no antigo testamento.

    No Novo Pacto:

    (1) De acordo com Gálatas 5:16-23, não há nenhuma lei física que controle o fruto do Espírito.

    (2) 2ª Coríntios 3:10 diz que o Pacto Antigo “não tem glória” quando se compara com a “superabundante” glória e liberdade do Espírito.

    (3) Hebreus 7 é a única menção do dízimo após o calvário e explica a razão pela qual o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o primeiro era débil e infrutuoso. Ao estudar Hebreus 7 nota-se uma progressão desde o versículo 5 ao versículo 12 e até ao 19.

    (4) A maneira como se ensina o dízimo hoje manifesta a falência da igreja em crer e atuar sobre os melhores princípios do amor, da graça e da fé. As normas de dar por obrigação não podem, não resultaram e não prosperarão à igreja mais que os princípios guiados pelo amor a Cristo e às almas perdidas (2 Cor. 8:7,8).

    Item #17: A Preferência do Apóstolo Paulo Foi Que os Líderes da Igreja Tivessem Sustento Próprio. Não é honroso trabalhar.

    Não é vergonhoso fazer da obra de Deus uma profiçao?

    O falso ensino é que Paulo ensinou e praticou o dízimo. Mentira descarada.

    Como rabino judeu,e mestre dos gentios, Paulo se contava entre os que persistiam em trabalhar para seu próprio sustento (Atos 18:3; 1ª Tes. 2:9, 10; 2ª Tes. 3:8-14). Ainda que Paulo não condene aos que podem receber todo o apoio, também não ensina que o apoio financeiro total é a vontade de Deus obrigatória para o avanço do evangelho (1ª Cor. 9:12). De fato, duas vezes, em Atos 20:29-35 como também em 2ª Coríntios 12:14, Paulo urge aos bispos da igreja que trabalhem para prestar apoio aos crentes necessitados da igreja.

    Para Paulo, “viver o evangelho” significava “viver pelos princípios do evangelho de fé, amor e graça” (1ª Cor. 9:14). Ainda que Paulo entendesse que ele tinha certo “direito” a algum apoio, ele concluiu que sua “liberdade” ou o sentir-se livre de pregar sem impedimentos era-lhe mais importante no cumprimento de seu apelo para com Deus (1ª Cor. 9:12, 15; 2ª Cor. 11:7-13; 12:13, 14; 1ª Tes. 2:5, 6). Enquanto trabalhava fabricando tendas, Paulo aceitou um apoio limitado, mas se jactava que seu pagamento ou salário era que ele podia pregar o evangelho voluntariamente, sem ser ônus para outros (1ª Cor. 9:16-19).

    Item #18: O Dízimo Não se tornou mandamento Para a Igreja Até 777 a.D. sendo a igreja católica romana mãe das heresias que o aplicou como mandamento, cristo não o aprova.

    1.2 – Do século VI à Revolução Francesa (1789)
    A praxe de contribuir para cobrir as necessidades da Igreja ia se difundindo no Ocidente. Havia, porém, exceções da parte dos contribuintes.
    Em vista disto, os Concílios foram intervindo nesse setor. O Sínodo Regional de Tours (Gália), em 567, promulgou, por exemplo, a seguinte determinação: “ Instantemente exortamos os fiéis a que, seguindo o exemplo de Abraão, não hesitem em dar a Deus a décima parte de tudo aquilo que possuam, a fim de que não venha a cair na miséria aquele que, por ganância, se recuse a dar pequenas oferendas… Por conseguinte, se alguém quer chegar ao seio de Abraão, não contradiga o exemplo do Patriarca, e ofereça a sua esmola, preparando-se para reinar com Cristo”.
    Esta é a primeira recomendação de dízimo feita pelos bispos, já não como pregadores ou doutores, mas como legisladores. Contudo, note-se que não impuseram sanção aos transgressores. A justificativa apresentada pelo referido Concílio de Tours em favor dos dízimos, era a necessidade de expiar os pecados da população, sobre a qual pesavam guerras e calamidades.
    Mais um passo foi dado no Concílio de Macon (Gália), em 585, quando os padres conciliares houveram por bem impor a excomunhão a quem se furtasse a pagar sua contribuição à comunidade eclesial. O dever moral torna-se também obrigação jurídica. A evolução se explica através das difíceis condições em que se achava o povo cristão (clero e fiéis) na Europa do séc. VI: as invasões bárbaras, a queda do Império Romano havia acarretado o caos e a insegurança entre as populações. Daí a necessidade de que os bispos despertassem mais vivamente os fiéis para participarem dos interesses de subsistência das suas comunidades. Em Macon, notam os historiadores que não houve apenas a recomendação de um costume antigo, mas uma autêntica inovação.
    A legislação das diversas províncias eclesiásticas nos séculos subseqüentes repetiu várias vezes a determinação do Concílio de Macon.
    O poder civil havia de apoiar cerca de dois séculos mais tarde, sob Carlos Magno, a legislação eclesiástica, confirmando-a com uma sanção civil. Com efeito, a lei capitular dita “de Heristal”, em 779, manda aos cidadãos franceses pagar o dízimo à Igreja, ficando o bispo encarregado de o administrar; os contraventores sofreriam a sanção imposta aos infratores das leis civis, ou seja, provavelmente a multa de 60 soldos. Em 780 e 801 a ordem foi reiterada.
    Nos séculso seguintes, encontram-se numerosos documentos eclesiásticos e civis das diversas regiões da Europa que visam regulamentar a praxe dos dízimos e estipulam qual deva ser:

    – a matéria sujeita a dízimos (frutos da terra, produtos de animais…);
    – quais as pessoas sujeitas a dízimos (mosteiros foram isentos);
    – quais as pessoas a quem caberia o direito de cobrar o dízimo (os párocos, os bispos…);
    – quais as aplicações do dízimos (sustento do culto, manutenção do clero ou “côngrua”, atendimento aos pobres);
    – quais os modos de perceber ou cobrar dízimos.

    1.3 – A partir da Revolução Francesa (1789).
    No século XVIII, o dízimo havia caído no franco desagrado dos fiéis cristãos. Já quase não preenchia as suas finalidades. Com efeito, destinado a atender as paróquias e ao seu clero, os dízimos, em sua maior parte, iam beneficiar o alto clero e instituições estranhas ao serviço paroquial. Os grandes arrecadadores de dízimos eram prósperos (havia bispos e prelados diversos comandatários, ou seja, leigos que traziam títulos eclesiásticos quase exclusivamente para se beneficiar dos rendimentos materiais respectivos), ao passo que vultoso número de presbíteros recebiam uma “côngrua” insuficiente. Em suma, as quantias arrecadadas não eram devidamente aplicadas aos fins estipulados pela legislação eclesiástica e civil.
    Por sua parte, os economistas do século XVIII eram hostis ao dízimo, porque não era calculado sobre a produção líquida; Adam Smith o condenou por não corresponder ao seu conceito de imposto; este deveria ser determinado e não arbitrário; a quantia a ser paga e a época do pagamento deveria ser pré-estabelecidas.
    Voltaire e os filósofos pretendiam demonstrar que o dízimo não era de direito divino. Os magistrados, o baixo clero e os agricultores eram infensos a este tipo de imposto. Em conseqüência, numerosos libelos foram enviados ao parlamento francês, pedindo ou a reforma ou a supressão dos dízimos.
    A Assembléia Constituinte de França resolveu finalmente extinguir esse uso. Na noite de 4 de agosto de 1789, os deputados do clero renunciaram aos seus privilégios e, em particular, aos dízimos. Aos 21 de setembro de 1789, o rei Luis XVI promulgou o decreto que declarava extinta a praxe dos dízimos.
    A nova legislação francesa estendeu-se às demais nações européias, de sorte que até 1848 foi abolida em todo o continente europeu, a cobrança dos dízimos; ficou apenas uma pequena porção da Itália sujeita a esse regime, até 1887.
    A moção abolidora foi, em parte, inspirada pelo espírito anticlerical, mesmo anti-eclesial, que se implantou em numerosos países nos séculos XVIII e XIX, nos setores sociais e industriais.
    Levem-se em conta, igualmente, os abusos e as distorções por que passou a prática do dízimo, tornando-a muitas vezes antipática ao povo de Deus. Por último, é de notar a contribuição que o espírito capitalista deve ter dado ao

    descrédito e ao declínio do sistema de dízimos.

    O falso ensino é que a Igreja sempre ensinou o dízimo.(mentira!)

    As primeiras congregações cristãs se formaram seguindo o padrão das sinagogas judaicas dirigidas pelos rabinos que, semelhantes a Paulo, negavam-se a receber rendimentos da pregação e do ensino da Palavra de Deus. Há muitos livros em torno da vida social dos judeus que explicam este detalhe.

    Desde a morte de Cristo até que o cristianismo chegou a ser uma religião com reconhecimento legal, 300 anos depois, a maioria dos grandes líderes da igreja se impôs votos de pobreza. Este é um fato histórico com apoio em documentos históricos! Tomaram literalmente as palavras de Jesus ao jovem rico em Lucas 18:22 “vende tudo o que tens, e dá á os pobres, e terás tesouro no céu; e vem, segue-me”. A maioria dos historiadores da igreja está de acordo que estes primeiros líderes da igreja ao menos pelos primeiros 200 anos trabalhavam em sustento próprio. Um líder cristão não podia dizer a um oficial do censo romano que seu trabalho era de tempo integral na pregação de uma religião “proibida”.

    Clemente de Roma (c95), Justino, o Mártir (c150), Irineu (c150-200) e Tertuliano (c150-200), todos se opunham ao dízimo por ser estritamente uma lei do velho testamento, sendo assim exclusivamente judaica. O Didaquê (c150-200) sancionava aos apóstolos itinerantes que ficavam mais de três dias e depois pediam dinheiro. Os viajantes que decidiam se combinar com eles viam-se obrigados de aprender um ofício. Os que ensinam o dízimo não citam as declarações destes pais da igreja que se opunham ao dízimo.

    Cipriano (200-258) fracassou quando tentou impor o dízimo em Cartago, África do norte, ao redor do 250 a.D. No entanto, quando se converteu, Cipriano entregou sua grande riqueza pessoal aos pobres e tomou um voto de pobreza. E – devemos recordar – suas idéias do dízimo não foram adotadas.

    Quando os mestres do dízimo citam a Ambrósio, Crisóstomo e Agostinho, como os assim chamados “pais da igreja”, por pura conveniência não incluem os primeiros 200 anos da história da igreja. Ainda, depois que o cristianismo foi legalizado, no século quarto, muitos dos grandes líderes espirituais tomaram votos de suma pobreza preferindo viver vida de solteiros em monastérios. Se é que vão citar a estes mestres do dízimo, então a igreja também deve observar o tipo de vida que eles viviam.

    Ainda que estejam em desacordo com seus próprios teólogos, a maioria dos historiadores da igreja escreve que o dízimo não chegou a ser uma doutrina aceita na igreja por mais de 700 anos após a cruz. De acordo com os melhores historiadores e enciclopédias, não foi senão até após 500 anos que o concílio local da igreja de Macón, na França, no ano 585, tentou, sem sucesso, impor dízimo sobre seus membros. Não foi senão a partir do ano 777 que Carlos Magno permitiu que a igreja católica romana, por aval de lei, pudesse recolher os dízimos.

    O mesmo nos informa, amigos, que esta é a história do dízimo segundo a Enciclopédia Britânica, a Enciclopédia Americana e a Enciclopédia Católica Romana para que todos a leiam. Estes fatos históricos devem servir como prova para qualquer pessoa.

    CONCLUSÃO:

    Na palavra de Deus, o “dízimo” não aparece por si sozinho. É o dízimo dos “ALIMENTOS”. O dízimo bíblico foi limitado dentro de um marco estreito pelo mesmo Deus. O verdadeiro dízimo bíblico sempre teve estas características:

    (1) Somente o que era alimento ou comida;

    (2) Somente da atividade agrícola e pecuária;

    (3) Dado somente por israelitas;

    (4) Por quem somente vivia dentro da terra santa, dentro da fronteira de Israel;

    (5) Somente de acordo com as condições do Pacto Antigo; e

    (6) O aumento somente se podia recolher daquilo que Deus tinha produzido;

    Portanto,

    (1) Objetos que não eram alimento não podiam ser dizimados;

    (2) Animais de caça silvestre e de pesca não podiam ser dizimados;

    (3) Os que não eram israelitas não podiam dizimar;

    (4) Alimento que não fosse da terra santa de Deus não podia ser dizimado;

    (5) Quando já não havia sacerdócio levítico não havia lei, em rigor, que obrigasse o dízimo; e

    (6) O dízimo não provinha do que tinha produzido a mão do homem ou capturado por suas próprias mãos na pesca ou na caçada.

    Sendo assim, esta provado que a lei do dizimo não é um mandamento para a Igreja do senhor, que os que insistem em afirmar que é, esta mentindo, ou equivocado, porem não inocente, afirmo categoricamente que os que aproveitam da ignorância dos servos do senhor, estão pecando contra cristo, ao aproveitar-se dos fiéis leigos, e que incorrerão em juízo. 2 Pd 2 v 3, e Ap 22 v 15. Deus não terá por inocente o culpado. Olhem por suas riquezas e patrimônios, eles testemuinharao contra vocês no dia do julgamento.

  19. Paulo disse:

    Só o fato de unirmos na mesma frase Deus e dinheiro já denuncia a heresia da coisa. Essa discussão de vcs é mais inútil do que tetas em homem. A indústria religiosa precisa do dízimo para a sua subsistência e irá defender essa idéia até o último fôlego.

    1. vai arrebentar disse:

      KKKKKK SO PODIA SER O PAULETE KKKKKKK

      ASSIM DIZ O SENHOR: MINHA É A PRATA E MEU É O OURO DIZ O SENHOR DOS EXÉRCITOS…

      KKKKKKKK TODO OURO E PRATA JA E DE DEUS, ENTÃO NINGUÉM ESTA UNINDO A FRASE DEUS E DINHEIRO….

      E QUEM NÃO DEVOLVE O DIZIMO ESTA ROUBANDO A DEUS, POIS TODO OURO E PRATA JA E DELE, E SÓ TEM PERMISSÃO PARA USA-LO QUEM DE FATO E DIZIMISTA.
      E QUEM NÃO É ESTA USANDO DE FORMA INDEVIDA, POR ISSO O DIABO DEITA E ROLA NA VIDA DE VCS.

      1. Anny disse:

        Pare de ler os livros do exú morcego e comece a ler a biblia !!Usa-se trechos da biblia de forma distorcida, para se arrecadar dízimos para fins altamente questionaveis.

        A mensagem de Malaquias 3.8-10, era para os sacerdotes, e não para nós, como relata o contexto, Malaquias 2.1 ” AGORA, ó sacerdotes, este mandamento é para vós. ”

        Nada tem a ver com os cristãos, mas sim com os sacerdotes infiéis.

        Entretanto, mesmo que toda a nação estivesse roubando a Deus, não pagando dízimos, a responsabilidade ainda era dos sacerdotes conforme declarado no verso 8 do capítulo 2 : “Mas vós vos desviastes do caminho, a muitos fizestes tropeçar na lei”.

        1. vai arrebentar disse:

          KKKKKKKKK
          PARA sacerdotes kkkkkkkkkkk

          PORQUE A MIM ME ROUBAIS VOS A NAÇÃO TODA.

          LEIA DE NOVO — VÓS A NAÇÃO TODA.
          Ele não disse vos todos os sacerdotes.
          ELE DISSE VÓS A NAÇÃO TODA…

          O anny . ue mas vc não era ateia?
          A SIM MANIFESTOU O STARDUST POR TRAZ DO NICK ANNY.

          Vou escrever de novo para vc o stardustanny.
          PORQUE A MIM ME ROUBAIS VÓS A NAÇÃO TODA…

          QUER QUE EU FAÇA UM VIDEO?

          1. Anny disse:

            faça um video mostrando como os pa$totres da iurd ,enganam os trouxas!!apesar de que ja tem varios!!Mais ta bom!continue lendo o livreco do seu pape soberano ,roubir mais cedo!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!! vou mandar pra vc um versículo do livro que eu mais gosto da biblia!! Ensinar o imbecil é como emendar cacos, ou acordar alguém que dorme sono profundo.
            8. Falar ao imbecil é como falar a quem está dormindo; no fim ele pergunta: “O que é que foi mesmo?”
            9. Chore pelo morto, porque ele perdeu a luz; chore pelo imbecil, porque ele perdeu o bom-senso!

          2. vai arrebentar disse:

            Engasgou em annystardust engasgou KKKKKKKKKK

            VÓS A NAÇÃO TODA….

          3. STARDUST disse:

            A nação toda estava negligenciando a entrega do dízimo, conforme malaquias 3:9

            ” Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, vós, a nação toda.”

            Mas repare que a repreensão de Deus se referia a nação… que nação era essa? a nação de israel, a única que tinha o mandamento de dizimar:

            ” Também falarás aos levitas e lhes dirás: Quando receberdes OS DÍZIMOS DA PARTE DOS FILHOS DE ISRAEL, que vos dei por vossa herança, deles apresentareis uma oferta ao SENHOR: o dízimo dos dízimos.” (Números 18:26)

            E ainda, o próprio profeta malaquias confirma que aquelas advertencias se referiam somente à nação de israel:

            ” Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe PARA TODO O ISRAEL, a saber, estatutos e juízos.” (Malaquias 4:4)

            Agora, volto na pergunta da qual vc fugiu no outro artigo… vc já viu alguém que não seja de israel dando dízimo na bíblia???

            não vai fugir de novo não.

          4. vai arrebentar disse:

            O demonio stardust eu ja te respondi isso.

            MAS VC É UM INFIEL .
            E a hora que a rebordose aperta para vc ai vc fica com tamto medo de ir para o inferno , porque vc sabe que é para lá que vc esta indo pois esta sempre roubando a DEUS,…

            AI VC SE DESESPERA E VEM PEDINDO PERDÃO PARA TODO MUNDO.
            Até para o valdemiro vc pediu perdão.
            olha nem eu sabio que o que eu tinha falado tinha acontecido tão rapido…..

            O QUE ADIANTA VC PEDIR PERDÃO PRA TODO MUNDO E ROUBAR A DEUS?

            NÃO ADIANTA VC QUERER ARRUMAR UMA DESCULPA.

            JESUS DISSE : FAZEI ESTAS COISAS SEM OMITIR AQUELAS.
            SE vc não aceita o dizimo e porque vc nunca aceitou A JESUS DE VERDADE…

            ACORDA VC ESTA INDO PARA O INFERNO…
            Não adianta aceitar JESUS e continuar roubando ele descaradamente…
            ESTA ESCRITO: EU ODEIO A INIQUIDADE DO ROUBO….
            LEIA DE NOVO: ELE DISSE: EU ODEIO A INIQUIDADE DO ROUBO…

          5. STARDUST disse:

            Arrebentar

            Eu não roubo de Deus, porque sei ( assim como muita gente ), que isso que vcs tão ensinando de dar 10% na mão de um pastor, nada tem a ver com o dízimo bíblico.

            Na bíblia dízimo nunca foi dinheiro, nunca foi dado por quem não fosse de israel e nunca foi entregue por um cristão.

            aliás, minhas perguntas no outro artigo vc enrolou enrolou enrolou e não respondeu…

            VC SABE QUE DÍZIMO É ENGANO, MAS POR VC ESTAR NO SISTEMA RELIGIOSO VAI FAZER DE TUDO PARA NÃO DEIXAR DE RECEBER ESSA GRANA FÁCIL.

          6. STARDUST disse:

            A PERGUNTA QUE O ARREBENTAR FOGE DE RESPONDER:

            ” se dízimo é obrigatório para os cristãos, aonde na bíblia vemos um cristão dando dízimo?”

            Num outro artigo fiz essa pergunta diversas vezes, ele enrola, enrola, enrola, faz mais acusações e finalmente foge… uma pena…

  20. Mary disse:

    Dinheiro, pra que dinheiro
    Se ele não me dá bola?
    Em igreja de mercenário
    O que fala alto é o dólar!

    1. vai arrebentar disse:

      Pronto manifestou o espirito da vô conga nela.

  21. STARDUST disse:

    CONHEÇA A VERDADE SOBRE O ENGANO DO DÍZIMO:

    http://youtu.be/d_WZWUFMHUc

    1. STARDUST disse:

      Pr. Rosalvo A. Santana 21-08-2011 00:56

      Infelismente ,os santos evangélicos teem dificuldades de compriendere m que a salvação independe de qualquer outra coisa senão únicamente do sangue de Cristo. E que o dizimo foi um artificio ou elemento que fazia parte da justificação dos israelitas na era da velha aliança, cuja aliança foi por Cristo abolida, chamo a atençao do leitor para ler 2ª cor.3: vs 4 a 15, os vs 5,e 6 diz que Deus nos capacitou para sermos ministos de um novo testamento, se voce meu querido ministra o malaquias 3 para a igreja! vove é um transgressor ,pois a palavra ao profeta malaquias! não foi especificame nte para cobrar os dizimos, no vs 7 Deus cobra primeiro a guarda dos estatutos se israel os guardassem, assim estaria voltando para Deus e Deus para Israel, primeiro é a volta aos estatutos e depois o vs 10 fala do dizimo, PORQUE OS MINISTROS SÓ FOCAM OS VS 8,9 E10? E ANULAM O 7? Não se envergonha de ministrar a maldição da lei utilizando o v 8? será que a lei tem poder sobre o sangue de Cristo? O N.T. Não diz em Rm.8:1 que agora nenhuma condenação há para os que estão em cristo? E os demais vs de 2ª cor 3 não diz que todas as ordenanças da velha aliança era da condenação e da morte? Os vs 14 e 15 diz que Cristo aboliu o velho testameto, e que todas as vezes que se ler o velho testamento,e stará colocando o véu novamente em seus corações, este véu tipifica a lei. quando Jesus morreu o tal véu foi rasgado de alto a baixo. Mt. 27:50,51, aplicar Malaquias, é aplicar a lei, e são transgressor es pois da lei só ensinam o que lhes interessam, no caso conseguiram transformar o mandamento da lei do dizimo que sempre foi douações em alimentos para as viuvas, e os pobres, e estrangeiros ! CONVERTERAM EM DINHEIRO, foi ai que entrou a ganancia no meio evangélico, pois estes pastores pensam que vão ficar inpunes, pois assim como eles ameaçam com maldições aos seus seguidores! eles devem dar uma olhadinha no mesmo cap. 3 de malaquias v 5 diz que o senhor virá como uma testemunha veloz contra os que pevertem os direitos das viuvas, dos orfão e dos estrangeiros , os dizimos eram para estas passoas, voce está obedecendo este estatuto da lei pastor? se não lamento dizer que ou voce adere o novo testamento, e deixa de contar com seu salário basiando-se na lei do dizimo, do contrario voce tem que pregar tudo o que estar no velho testamento. Veja gal.3: 10a 13, diz que os que são das obras da lei estão debaixo da maldição e que será maldito aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei para fazelas, e tem mais o dizimo é obra da lei, em Gal.5:4 diz que os que são das obras da lei estão caidos da graça. vejamos que O ESPIRITO DE CRISTO TESTIFICA EM HEBREUS 10: 6 A 9, é uma súplica ao PAI para tirar o 1º testamento para ELE estabelecer o 2º. É vergonhoso o homen por regras aos que querem ser salvos, tem denominaçãoe s que só batiza um cristão se o mesmo em profissão de fé fizer voto de ser dizemista, isto é uma berração contra ao sangue de CRISTO, pois em Hb.10:14 diz que com um só sacrificio Cristo nos justificou para sempre. Este evangélho de prosperidade é engano, por traz dele está uma mafia gananciosa tentando tirar tudo que as pessoas teem, em 1ª Tm. 6: 7 a 11 diz que nada trouxemos para este mudo, nada dele vamos levar, o v 10 diz que o amor pelo dinheiro é a raiz de todo mal. EU FAÇO UM DESAFIO, SE HOJE A PREGAÇÃO DO EVANGÉLHO FOSSE POR AMOR HAVERIA TANTOS BILIONÁRIOS A CUSTOS DO EVANGÉLHO? SERÁ QUE ESTA CONCORRENCIA PRA SER PASTOR SERIA MESMO CHAMADO? OU AMOR PELA VIDA FACIL? SÃO POUCOS OS PASTORES QUE SE ENTRAGAM A SERVIR SEM RECEBER SALÁRIOS, OS APOSTOLOS MOSTRAVAM SUAS MÃOS DIZENDO QUE TRABALHAVAM NOITE E DIA PARA NÃO NÃO SEREM PESADOS A IGREJA, 1ª TESS.2:9.

      ananias 25-06-2013 19:17

      Obrigado pastor por este belo comentário, tirou um peso do meu coração pois achava que somente eu, não podia compreender a lei do dízimo quando eu lia Malaquias eu verifiquei que fora escrito para o povo de Israel e, não para nós cristão veja Malaquias 1.1 e, 4.4 . Tenho pedido para Deus iluminar os pastores com a luz do evangelho de Cristo porque eles impedem de muita almas sejam salvas por causa da cobiça e da avareza; o apostolo Pedro e também o apostolo Paulo faz advertência à respeito desses falsos apóstolos 2 Pedro 2.3 e Romanos16.18. Pastor, à 36 anos que me rendi aos pés do meu amado salvador Jesus, já fui dizimista por 18 anos e, só tive uma vida de derrota mas, quando descobri que ainda estava fazendo as coisas da lei e, anulando as benção que era da graça e, de graça a minha vida mudou radicalmente mas não posso ajudar as pessoas porque eles tem a mente cauterizados com a doutrina do dízimo eu tambem fui assim.Mande-me um estudo completo à respeito do dízimo se for possível , desde já agradeço sua atenção e colaboração. Pastor, eu preciso de um conselho, nunca ocupei nenhum cargo eclesiástico mas agora estou sendo cogitado à ser ungiungido mas estou relutante em aceitar porque não sou dizimista isso vai trazer um impácto muito grande no meio da membresia e, no meio dos pastores que conselho o senhor me daria , aceito ou não aceito. Obrigado.Ananias Loveira

      fernando 04-01-2013 16:07

      Fiz essa prova, vi minhas dividas crescendo, nao tive nenhuma ajuda financeira da igreja. Nao sou dizimista, fiz um estudo sobre dizimos, me libertei da escraviao da lei e adivinha: fazendo como diz em 2romanos 9:7, entreguei o que podia, mas de coraçao, pois Deus se agrada de quem contribui com alegria, vc nem imagina o retorno, foi quase 30 vezes, ofertando de coraçao do que entregando dizimo.

      fonte: MIDIAGOSPEL.COM.BR

  22. marinho passos disse:

    pastor vc e um mecenario disimo nao e salvacao disimo e promesa nem uma igreja seria pregam essas erezias que vc ta falando o senhor e mecenario

    1. vai arrebentar disse:

      será que um pessoa que realmente entendeu o sacrificio de JESUS no calvario.
      E QUE DEUS DEU O QUE MAIS VALIOSO ELE TINHA PARA NOS SALVAR.

      SERÁ QUE UMA PESSOA QUE REALMENTE ENTENDEU ISSO NEGARIA A JESUS 10% DE SUA RENDA PARA A SUA OBRA?
      VEJA O QUE FIZERAM, ZAQUEU, BARNABE, MARIA, A VIUVA, PEDRO, JOÃO, PAULO ENFIM TODOS OS QUE DE FATO CRERAM EM JESUS DERAM MUITO MAIS DO QUE 10%

      E O cristão falsos de hoje não aceitam dar nem 10%.

      ESSES são falsos crentes filhos da perdição.

      1. Mary disse:

        Porque entendemos o sacrifício de Jesus e O respeitamos não ousamos fazer barganhas com o Seu Nome!
        Porque sabemos que o mandamento que temos em nossos corações é o do Amor, e porque sabemos que só o amor nos salvará, pois é através dessa manifestação amorosa que obedecemos o Mandamento Prime de JESUS – o AMOR!
        E hj vivemos na Nova Aliança, o véu está rasgado, somos filhos e amigos de JESUS! Não estamos mais presos ao velho arquétipo da lei, o dízimo não é IMPOSTO! Aprenda isto de uma vez por todas!

      2. Rodrigo disse:

        Meu querido.
        Zaqueu, restituiu o que roubou e deu metade dos seus bens aos POBRES.
        Barnabé Dividiu com os irmãos de modo que todos tinham de IGUAL modo, não o pastor tinha mais que os outros.
        A viúva, o que Jesus elogiou foi a atitude, pois se for pela Lei, ela é quem deveria de receber ajuda, então concluímos que o negócio estava ao contrário.
        Pedro e João, simplesmente abandonaram tudo ou repartiram entre os pobres.
        Paulo dedicou sua vida apenas a missão.

        MAS NENHUM DELES DERAM DINHEIRO PARA CONSTRUIR TEMPLOS OU ENRRIQUECER PASTORES. Sempre a questão é a ajuda aos necessitados. O estímulo a prática do Amor. E a obediência a Deus e não aos homens que se dizem representante de Deus.

        E se quem não concorda estar debaixo da doutrina de uma igreja institucionalizada é um rebelde e herege e não prática a fé, então todos tem que voltar para a Igreja católica, pois ela foi a primeira igreja institucionalizada que houve na terra e, quem está fora dela, é um herege e rebelde que não pratica a fé

      3. STARDUST disse:

        Esses “testemunhos” da tv são todos parecidos…

        Há uma produção prévia por trás deles: segue o roteiro: Uma dona, sentada numa poltrona chique, roupas bonitas, cabelos escovados, maquiagem…

        Agora, pq quando entramos nessa organização, e conversamos informalmente com os membros, a maioria dos que dão dízimos não tem nada de benção para contar?

        Se pegarmos todos os que dão dízimos, será que a maioria vai falar de ao menos alguma benção, e mais importante, conseguir provar que recebeu essa benção?

        Em todas as denominações que recebem esse dízimo, a maioria dos dizimistas não tem nenhum testemunho pra contar… a maior prova é que mesmo sendo dizimistas, fazem essas campanhas financeiras de sacrificios de dinheiro para levar os pedidos a israel.

        Ora… segundo eles, o dízimo não abre “as portas do céu” ???

        então pq apesar de entregarem dízimos, e dizerem que recebem bençãos por isso precisam mesmo assim fazer a “fogueira santa” ???

        O simples fato de serem “dizimistas fieis” não seria já suficiente para que recebam “bençãos sem medida?”

        Responde essa ao menos, vai arrebentar, ou vai se fazer de desentendido como sempre?

  23. vai arrebentar disse:

    O que vale mais?
    UM ESTUDO OU UM RESULTADO?
    http://www.youtube.com/watch?v=taYR-zn7GmM

    1. vai arrebentar disse:

      OBVIAMENTE O RESULTADO POIS JESUS DISSE:
      A SABEDORIA É JUSTIFICADA PELAS OBRAS.

      1. STARDUST disse:

        Esses “testemunhos” da tv são todos parecidos…

        Há uma produção prévia por trás deles: segue o roteiro: Uma dona, sentada numa poltrona chique, roupas bonitas, cabelos escovados, maquiagem…

        Agora, pq quando entramos nessa organização, e conversamos informalmente com os membros, a maioria dos que dão dízimos não tem nada de benção para contar?

        Se pegarmos todos os que dão dízimos, será que a maioria vai falar de ao menos alguma benção, e mais importante, conseguir provar que recebeu essa benção?

        Em todas as denominações que recebem esse dízimo, a maioria dos dizimistas não tem nenhum testemunho pra contar… a maior prova é que mesmo sendo dizimistas, fazem essas campanhas financeiras de sacrificios de dinheiro para levar os pedidos a israel.

        Ora… segundo eles, o dízimo não abre “as portas do céu” ???

        então pq apesar de entregarem dízimos, e dizerem que recebem bençãos por isso precisam mesmo assim fazer a “fogueira santa” ???

        O simples fato de serem “dizimistas fieis” não seria já suficiente para que recebam “bençãos sem medida?”

        Responde essa ao menos, vai arrebentar, ou vai se fazer de desentendido como sempre?

  24. Ana Clara disse:

    Esse Vai Arrebentar no minimo deve sobreviver dos dizimos,puxa saco do Edir.

        1. Edson Souza disse:

          kkkkk essas dos lideres em cima da grana é cômico huahauhua

      1. Ana Clara disse:

        Vai Arrebentar se der um tiro no s@c* do Edir ,com certeza ti acerta kkkkk,falta de dignidade,usar o nome de Jesus,pra arrancar dinheiro dos outros…vai uma troca de anjo aí kkk pedi pra trocar por um ke bote vergonha nessa cara de vcs,ke lhes mostre o ke é dignidade..se querem prosperidade vão trabalhar..e nem vem com essa ke trabalha ,pq tem um negocio,pq muitos negocios sao abertos com dinheiro de dizimos,farizeus..vcs nao se comparam aos farizeus..sao piores

        1. Edson Souza disse:

          Vai Arrebentar se der um tiro no s@c* do Edir ,com certeza ti acerta

          Ana Clara to rindo até agora do seu comentário. kkkkkkk

          1. Ana Clara disse:

            Mas é verdade,pq ele puxa saco demais do Edir rsrs

  25. Mary disse:

    Informação importante!
    Não assisto nenhum desses vídeos!

    1. vai arrebentar disse:

      KKKKKKK
      Resposta importante .

      E LOGICO O ENCOSTO QUE ESTA NA SUA VIDA NÃO DEIXA.

    2. Mary disse:

      Manifestou Mamon por aqui, vai arrebentar é o seu marqueteiro!

      1. Edson Souza disse:

        É isso ai Anny, é pra onde vai os dizimos e as ofertas dos fieis da universal.

        ´Promover a safadeza.

    1. Edson Souza disse:

      Alienação e manipulação o que descreve esses videos da universal.

      Ninguém é mais trouxa vai se arrebentar.

  26. STARDUST disse:

    Esses “testemunhos” da tv são todos parecidos…

    Há uma produção prévia por trás deles: segue o roteiro: Uma dona, sentada numa poltrona chique, roupas bonitas, cabelos escovados, maquiagem…

    Agora, pq quando entramos nessa organização, e conversamos informalmente com os membros, a maioria dos que dão dízimos não tem nada de benção para contar?

    Se pegarmos todos os que dão dízimos, será que a maioria vai falar de ao menos alguma benção, e mais importante, conseguir provar que recebeu essa benção?

    Em todas as denominações que recebem esse dízimo, a maioria dos dizimistas não tem nenhum testemunho pra contar… a maior prova é que mesmo sendo dizimistas, fazem essas campanhas financeiras de sacrificios de dinheiro para levar os pedidos a israel.

    Ora… segundo eles, o dízimo não abre “as portas do céu” ???

    então pq apesar de entregarem dízimos, e dizerem que recebem bençãos por isso precisam mesmo assim fazer a “fogueira santa” ???

    O simples fato de serem “dizimistas fieis” não seria já suficiente para que recebam “bençãos sem medida?”

    Responde essa ao menos, vai arrebentar, ou vai se fazer de desentendido como sempre?

  27. clamando disse:

    quem sera os ganhadores deste debate, onde muitos postam que dar dízimo e ofertas é roubo, é falcatrua, ou daqueles que dizem que pela fé e amor a igreja o fazem, seguindo o exemplo de JESUS que também pagou o dízimo, e impostos da sua época difícil dizer.
    mas se olharmos com atenção as obras de cada um, talvez possamos ver a realidade , a verdade.
    sim existem muitos que recebem dízimos e ofertas e que enriquecem junto com ele, macedo rr valdemiro silas feliciano terra nova e mais alguns sem muita expressão , mas também tem aqueles que recebem e aplicam no reino de DEUS e não enriquecem junto com ele, mas ambos de alguma maneira devolvem algo para DEUS tanto o que enriquece como aquele que não enriquece, vemos missões esplhadas p-elo mundo , por lugares inatingíveis pelo evangelho, por causa de muitas circunstancias desfavoraveis , em países mulçumanos, na africa na india, na russia que até bem poucos anos atras mandava missionarios pregadores para morrer na sibéria,e hoje evangelizada, foi o unico pais totalmente contra o casamento gay, por causa de sua fé, vemos ajuda humanitária, por lugares impossíveis de entrar de outros países, e estas igrejas fazem, isto, aqui mesmo, saem muitas noticias de muçulmanos, que iriam se matar ou matavam outras pessoas, e agora convertidos pelos missionários enviados por estas igrejas que recebem dízimos e ofertas, …quanto valeria ou qual o valor de uma alma para que se possa pagar? quem poderá falar contra a salvação, ou quem, poderá reclamar do dinheiro dado nestas igrejas? será que quem da o dízimo reclama? wsera que quem da o dízimo vem para os sites reclamar, de como é gasto seu dízimo? sera que quem da o dízimo nestas igrejas está preocupado como vive seu pastor ou lider? esta é minha resposta, mas creio que muitos outros vão postar, não não conheço ninguém que de o dízimo e venha reclamar
    em contra partida, temos a turma que diz que não se deve dar dízimo por varios motivos, mas o principal é que é lei e esta não existe para os cristão nos dias de hoje, escrevem textos longos em defesa desta tese, debatem apresentam enormes listas, e não vemos quase ninguém apoia-los, a não ser ateus gays e afins, também qiuando indagados sobre suas obras em favor do reino de DEUS, se postam claramente contra a igrejas templos, dizendo não serem necessários, que podem se reunir em casa mesmo, se postam contra missões dizem que não precisa, sim pois para fazer missões é necessário dinheiro, e eles nunca apresentam projeto para tal acontecer, não apresentam solução para o problema financeiro,l são contra pastores dizendo só existir um pastor e este JESUS , mas o próprio diz que deixou uns para evangelista e outros para pastores, perguntado sobre as almas que ganharam, postam com grande orgulho alguns , bem poucos que desviaram da igreja tradicional, e conseguiram tirar para não darem dízimos…..se olharmos com atenção…e não precisa muito, fica facil dizer onde o senhor está e onde ele passa longe
    Agora falando do estado de direito democrático perguntar sobre o mal empregado nosso impostos em politicos evang. e impios e de todas as seitas, que nos roubam descaradamente recebendo salarios para não fazer nada em troca, onde só no primeiro semestre foram gastos mais de 2 bilhões e 800 milhões com eles, onde eles estão quando financiamos mais de 1300 ongs estrangeiras só dentro da amazonia, estão roubando tecnologia brasileira educando os indios para serem armas de guerra contra nossa nação, sim pois nas deles foram dízimados, sem falar nas ongs que todos os dias roubam a nação, dinheiro para financiar grupos gays contra a própria igreja, sim é muito dinheiro quando somado junto, mas dividam, entre milhares de igrejas, e veram que é pouco, e em contra partida, nós os cristãos recuperamos vidas drogados do alcool do grac da maconha da cocaina pesoas que estavam perdidas no fundo do poço, sem esperança um peso para o governo que deixa milhares morrer todos os dias, dinheiro gasto com internações com remédios com hospitais, e ainda com dinheiro pago pela previdencia, para encostar, sim recebem beneficio, seus filhos jogados na rua, problema social enorme , precisa de agentes do conselo tutelar indas e vindas de orfanatos de casas de recuperação, agora tirados da rua não dão mais despesas para o governo,.
    por fim transformados agora não só se tornam cidadãos exemplares bem como começam a produzir e pagar impostos a este mesmop governo que fala das igrejas…então aq2ui ateus governo gays são contra os dízimos…e a favor a igreja que trabalha e apresenta frutos……POR ISTO EU DIGO CONTINUEM A ATIRAR PEDRAS….SEU DESTINO ESTÁ SELADO, SIM POIS QUEM DÁ NÃO COMETE PECADO, POIS FAZ POR FÉ E AMOR, MAS QUEM NÃO DA E NÃO FAZ NADA, NÃO DA FRUTOS, E A ESTES CRISTO É BEM CLARO LANÇAI A ESTES LA FORA ONDE A CHORO E RANGER DE DENTES….

    1. STARDUST disse:

      É interessante que quem faz parte do sistema religioso corrompido, defende com unhas a obrigatoriedade do dízimo, nem que para isso precise distorcer a palavra de Deus:

      clamando diz: “seguindo o exemplo de JESUS que também pagou o dízimo”

      Fica a pergunta… em que parte dos evangelhos, vemos o Senhor Jesus dando dízimo?

      Mais uma pergunta…Aonde missões são feitas com dízimos??? quando o Senhor Jesus enviou os discípulos em missões e foi claro ao dizer:

      ” Nada leveis convosco para o caminho, nem bordões, NEM ALFORJE, nem pão, NEM DINHEIRO; nem tenhais duas túnicas.” (Lucas 9:3)

      Repare que Jesus não mandou eles recolherem dízimos, mesmo os enviando em missão… e será que faltou a eles alguma coisa? a própria palavra de Deus responde:

      “A seguir, Jesus lhes perguntou: Quando vos mandei sem bolsa, sem alforje e sem sandálias, faltou-vos, porventura, alguma coisa? Nada, disseram eles.” (Lucas 22:35)

      Portanto, mais uma mentira sobre dízimo cai por terra, quando examinamos a palavra de Deus… a mentira de que dízimos são necessários para a pregação do evangelho.

      Agora, vamos ver um relato do autor desse texto distorcido, o clamando, onde ele confessa não poder ir contra o sistema religioso exatamente por se beneficiar dele:

      “clamando disse: 8 de novembro de 2013 ás 8:54 am

      é verdade, alguns irmãos que são da minha relação pessoal me ligaram este dia , pedindo conselho de que fazer, imagine se dizer sai fora dela filho meu, seria como agredir a mim mesmo que COMI NESTA MESA POR 18 ANOS, dizer para ficar e se sujeitar, minha consciência me acusa, pedi uns dias mas ainda não respondi, estou sem saber o que fazer”

      o próprio clamando confessa que comeu na mesa e por isso não pode ir contra o sistema religioso… e depois fica nervoso quando a própria palavra de Deus afirma:

      “Tais cães SÃO GULOSOS, nunca se fartam; SÃO PASTORES que nada compreendem, e todos se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção.” (isaias 56:11)

      Deus abençoe a todos.

      1. clamando disse:

        podemos ver bem aqui nesta pergunta onde dizes, onde diz que jesus pagou dízimos, como és neofito e teus textos são apenas colações, ora se o senhor não desse o dízimo que era obrigatório, nunca que teria pregado dentro do templo…e se ele fez está la, outra coisaMateus 23:23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; DEVEIS, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.O que Cristo falou para os fariseus e escribas é que eles deviam FAZER ESTAS COISAS
        ( dizimar) mas não omitir O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ.

        1. STARDUST disse:

          Clamando

          Os israelitas tinham obrigatoriamente de dar o dízimo… mas dízimo era alimento, mais precisamente, frutos da terra (leviticos 27:30) e animais (levitico 27:32).

          Ou seja, os israelitas que tinham colheitas, ou que nasciam animais tinham de dizimar deles em favor dos levitas (Números 18:24)… portanto, se a pessoa era de israel, porém não tinha plantação, nem criação de animais, estava isento de pagar dízimo.

          Isso porque dízimo era dado somente de colheita e dos animais que nasciam… Jesus não era agricultor, nem tinha criação de animais… Ele era carpinteiro (Marcos 6:3), e filho de carpinteiro (Mateus 13:55), e recebia em dinheiro que já existia naquela época.

          Afinal, sabemos por causa da própria bíblia que cada dia de trabalho era pago com um denário (Mateus 20:2).

          Jesus nunca deu dízimo pq não era agricultor, nem criador de animais… sua profissão até os 30 anos foi a mesma de José… carpinteiro.

          E sobre mateus 23:23, Jesus mandou os FARISEUS ( que eram israelitas ) darem o dízimo conforme eles já vinham fazendo conforme a lei de moisés… dízimo até das coisas minimas, como hortelã, o endro e o cominho ( repare que eles davam dízimo de alimentos, e não de dinheiro, que já existia naquela época ).

          Vc já viu Jesus mandar algum seguidor Dele dar dízimo? Ele mandou os FARISEUS darem dízimo, pois eles eram obrigados pela lei de moisés a fazer isso!

          Por isso que somente os FARISEUS RELIGIOSOS de hj em dia é que querem tomar dízimos… dizem que Jesus os mandou, há 2000 anos atrás eles fazerem isso…

          Vc já viu alguém de fora de israel dando dízimo???

          Não somos israelitas, somos o que a bíblia chama de gentios… os de fora de Israel… mesmo no tempo que a lei de moisés vigorava, nunca tivemos de dízimar, pois dízimo era um tributo a ser dado SOMENTE EM ISRAEL e era oferecido somente das colheitas e animais a serem dados aos levitas ( hebreus 7:5 ).

          Graças a Deus, os incautos estão aprendendo que foram enganados nesse assunto dízimo por muito tempo, mas agora essa doutrina mercantilista está caindo por terra.

          1. clamando disse:

            apenas responda, oque foi perguntado Mateus 23:23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; DEVEIS, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.O que Cristo falou para os fariseus e escribas é que eles deviam FAZER ESTAS COISAS
            ( dizimar) mas não omitir O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ.a unica coisa que vejo é Cristo mandando dar o dízimo, me mostre onde ele diz para não dar, uma vez que aparece ele mandando dar, e não fale em lei judaica, pois o dízimo é anterior a lei, é por fé de abraão e de jacó, citado também por paulo em hebreus,,, mostre-me onde ele manda não dar mais o dízimo

          2. STARDUST disse:

            clamando

            O dízimo é sim da lei. o próprio Senhor Jesus afirmou isso:

            “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho E TENDES NEGLIGENCIADO OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” (mateus 23:23)

            É nitido que o Senhor afirma que o dízimo é da lei, pois Ele próprio afirma que os fariseus davam dízimo ( de hortelã, de endro e cominho, ou seja alimentos, e não de dinheiro ) mas eles NEGLIGENCIAVAM O MAIS IMPORTANTE DA LEI… a fé, justiça e a misericórdia.

            portanto, Jesus comprova que o dízimo é da lei, assim como a fé, a justiça e a misericórdia!

            Abrãao não deu 10% de sua riqueza, e sim do que tomou na guerra (hebreus 7:4).

            E sobre Jesus não mandar parar de dar dízimo… se for seguir essa mesma lógica sua, então devemos nos circuncidar, pois Jesus também não proibiu essa prática.

    2. Anny disse:

      Ex pastor Diego Ribeiro denuncia esquema da fogueira santa de israel realizado dentro da Universal, em que o dinheiro arrecadado pela igreja serve para sustentar os programas da Rede Record e ainda Segundo o ex- Pastor, a igreja Universal está usando o dinheiro da Fogueira Santa, para a construção do Templo “Maçônico” de Salomão.

  28. Edson Souza disse:

    Vejam como funciona a mafia da Igreja Universal do Reino de Deus?
    O q vcs acham disso?

    O sucesso
    “As minhas metas sempre eram alcançadas. Edir me dizia: ‘Agora a meta é US$ 4 mil’, eu fazia 4 mil. ‘Agora é US$ 5 mil’, eu fazia US$ 5 mil. E, a cada mês que eu alcançava minha meta, eu ganhava mais crédito, até o ponto de o bispo Macedo falar: ‘Você não é pastor para essa igreja, você é pastor para uma igreja melhor. Vou te colocar numa igreja maior, onde a meta já não é US$ 5 mil, a meta é US$ 30 mil’. Fiquei seis meses em Utica e fui para a igreja de Bedford. Vinham umas 400 pessoas, e a meta mensal era de US$ 25 mil. Alcancei todas as metas outra vez. Peguei a igreja com US$ 25 mil e deixei com quase US$ 40 mil de doações mensais. Aprendi a extorquir o povo, tenho até vergonha de falar. Uma vez coloquei uma piscina de plástico no altar por 15 dias, cheia de água. Disse que aquela era uma água do Rio Jordão, onde Jesus foi batizado. Eu dizia que as pessoas iam ser batizadas na mesma água que Jesus, desde que dessem uma oferta. E era água de torneira. Uma vez consegui fazer os fiéis doar três carros. Eles iam embora e me deixavam as chaves e o documento. A igreja vendia para fazer dinheiro. Entre os pastores, a conversa sempre era: ‘E aí, já pegou o mês?’. ‘Pegar o mês’ significava cumprir a meta. Eu chegava para um pastor que tinha uma igreja melhor que a minha e perguntava: ‘Já pegou o mês?’. ‘Já, fiz US$ 80 mil’, ele dizia. Eu respondia: ‘Olha, meu mês está em US$ 50 mil, mas vou fazer uma loucura, vou passar o teu mês e vou pegar tua igreja, hein?!’.”

    As gratificações
    “Quanto mais eu ganhava para a igreja, mais privilégios eu tinha. O meu pior carro foi um Toyota Corolla, era o primeiro carro de todo pastor. Do Corolla, passei para um Ford Focus, zero-quilômetro. Do Focus, tive um Honda Civic, do ano. Do Civic, fui para um Honda Accord. Nos Estados Unidos, morei em três casas diferentes. Conforme cumpria a meta, as casas aumentavam de tamanho, melhoravam de localização. O bispo Macedo pegava o relatório do mês, via a progressão de rendimentos e te perguntava: ‘Você está morando onde? E vai para a igreja com que carro? Faz o seguinte: fala com o bispo responsável para ele te mudar para tal casa’. Ele olhava em uma relação de pastores os bens que cada um estava usando e dizia: ‘Esse carro aí que você tem, dê para o pastor Álvaro e pega o carro do pastor Álvaro para você’. Era frequente essa troca de carros e casas entre os pastores. Como a gente não podia comprar mobília nem bens, só coisas pessoais, roupas, a mudança era bem rápida. Pastor não pode ter nada em seu nome, todos os carros que eu tive e casas em que morei estavam no nome da Universal.”
    Additional Details
    Galera , só corrigindo aqui! Essa história não sobre mim não, e sim de um ex pastor da IURD , q fundou a Universal junto com o Edir Macedo.Essa denúncia dele, saiu na revista ÉPOCA de 21/09/2009. Obrigado

  29. Apenas Servo disse:

    A verdade sobre o dizimo.

    Não entendo pq essa guerra entre pessoas, pelo fato da igreja A ou B arrecadar dizimos.

    1) Há cristãos que dizimam esperando que “AS JANELAS DOS CÉUS” se abram, e dão seus dizimos com promessas que receberão 100 vezes mais. ( isso se chama barganhar com Deus)

    2) Hã cristãos que não dizimam, pq são avarentos e amam demais o dinheiro, e então na verdade procuram “desculpas” para não ofertar, ( eu disse ofertar ). Ora, o apóstolo Paulo diz que a avareza é tbm idolatria.

    3) Há cristãos que dizimam por amor a Cristo, pq querem ver o reino de Deus crescer, e não sejamos tolos, a ponto de dizer que Deus não precisa de dinheiro. Deus realmente não precisa, mas a obra de Deus na terra sim precisa, pois a cadeira que sentamos para cultuar custa, energia, aluguel, salario de funcionários, missões, etc…

    Em qual desses 3 pontos vc se encaixa? Responda pra vc mesmo!

    O QUE EU ENTENDO NAS ESCRITURAS SOBRE DIZIMO?

    Na verdade, no N.T não existe uma doutrina especifica sobre o dizimo, ou seja, uma obrigatoriedade do dizimo.
    Porém, Jesus faz apenas uma citação sobre o dízimo.

    Mateus 23:23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; DEVEIS, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

    Jesus criticou os escribas e fariseus pq esses desprezavam o mais importante da lei, que era o “JUIZO, A MISERICÓRDIA E A FÉ” .
    O que Cristo falou para os fariseus e escribas é que eles deviam FAZER ESTAS COISAS
    ( dizimar) mas não omitir O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ.

    Mesmo na graça, Jesus não combateu contra o dizimo como combateu contra a guarda do sabado,

    Porém NÃO EXISTE na nova aliança a OBRIGATORIEDADE do dizimo, porém é claro que Jesus recebia ofertas para manter seu ministério terreno, e o apóstolo Paulo tambem fala sobre arrecadação de ofertas.

    II Corintios 9:6 – E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
    Paulo nesse texto, já não FALA DA OBRIGATORIEDADE, mas sim fala da VOLUNTARIEDADE, é só examinar o restante do versiculos.

    COMO O CRISTÃO DEVE CONTRIBUIR? ( Obrigatoriedade ou voluntariedade)

    II Corintios 9:7 – Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

    “Cada um contribua segundo propôs no seu coração” – Não mais 10% ( obrigatoriedade) , mas tambem pode ser mais de 10%, pois é “segundo propôs no seu coração” ( voluntariedade), ou seja, pode ser 5,10,20, 30%.

    Se 10% te causa tristeza, contribua com 5%, uma vez que não existe mais obrigatoriedade dos 10%, porem a biblia não diz que vc não deva ofertar, e essa oferta pode ser bem maior que 10%.

    Paulo disse que não devemos contribuir ou ofertar com TRISTEZA ou por NECESSIDADE.
    Se ofertar traz tristeza, então é melhor não contribuir com nada, POIS DEUS AMA AO QUE DÁ com ALEGRIA.

    Então mesmo não existindo mais a doutrina da obrigatoriedade do dizimo, o cristão não está isento de ofertar, e lembrando que esta oferta pode ser de 2%, 5% , 10% ou até mais que isso, a LEI do NT é: “Cada um contribua segundo o que propos no seu coração”.

    O QUE ME ENTRISTECE

    1) Me entristece ver essa guerra entre cristãos na questão sobre ofertar ou dizimar.
    2) Me entristece a forma com que algumas igrejas exploram o povo na questão do dizimo
    3) Me entristece ver cristãos dizimando somente para barganhar, não com amor, ou com alegria, mas esperando algo em troca.
    4) Me entristece ver lideres ensinando errado a questão do Ofertar, somente para enriquecimento ilicito.

    UMA OUTRA VERDADE

    As igrejas tradicionais ( Batista, Presbiteriana) usam como forma de contribuição o dizimo, mas a minha pergunta é: Pq somente os pentecostais e neo-pentecostais são acusados de ladrões, sendo que as tradicionais tbm usam o dizimo como forma de oferta?

    Isso é uma forma desonesta de atacar pentecostais e neos, uma vez que as mesmas usam a mesma forma de arrecadação, ou alguem já viu alguma matéria atacando igrejas tradicionais por estas arrecadarem dizimos?

    A IPCUSA ( sigla para presbiteriana nos USA) essa mesmo é riquissima, dona de bancos e muitos investimentos.

    Tanto batistas e presbiterianos usam a obrigatoriedade dos dizimos, mas os que sofrem ataques são somente os pentecostais e neo-pentecostais, e isso para mim é uma DESLEALDADE.
    Crucificam um grupo, e absolvem outro, injusto isso não é?

    II Corintios 9:7 – Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

    Shalom Adonai

    1. Batistas, presbiterianos e muitos outros não fazem palhaçadas, não se infiltram como bandidos na política e proporcionam vários meios e empreendimentos de utilidade publica que são fixos e contínuos, mas não eventuais e cínicos!

      Dízimo não é verba para sustentar mídias, campanhas políticas e coisas macabras!

      1. Apenas Servo disse:

        Almanakut Brasil

        Obrigado pelo seu comentário!

        Eu não estou aqui para defender pentecostais, neo-pentecostais, ou tradicionais, simplesmente fiz uma exposição acerca da obrigatoriedade e da voluntariedade.

        Há um erro muito grande quando vc diz que batistas e presbiterianos não se infiltram na politica como bandidos ( essa expressão sua é errada), haja vista que existem muitos deputados federais, estaduais, senadores, vereadores, que são de igrejas tradicionais, e minha pergunta é: Deveriam ser chamados de bandidos infiltrados na politica tambem?

        Graça e paz!

      2. Apenas Servo disse:

        Seu comentário aguarda moderação. Em breve aparecerá a todos usuários.
        Almanakut Brasil

        Obrigado pelo seu comentário!

        Eu não estou aqui para defender pentecostais, neo-pentecostais, ou tradicionais, simplesmente fiz uma exposição acerca da obrigatoriedade e da voluntariedade.

        Há um erro muito grande quando vc diz que batistas e presbiterianos não se infiltram na politica como bandidos ( essa expressão sua é errada), haja vista que existem muitos deputados federais, estaduais, senadores, vereadores, que são de igrejas tradicionais, e minha pergunta é: Deveriam ser chamados de bandidos infiltrados na politica tambem?

        Graça e paz!

  30. jairo disse:

    O dízimo voando aos céus, com o “pastorcionio” de edir Macedo. KKKKKKK Publicado em 14/04/2013

    Todo domingo é a mesma coisa o helicóptero pousa na Igreja Universal que fica na Av. Ana Costa e leva uma caixa com dinheiro, pq seria feio um Carro Forte entrar na igreja né? Helicóptero é + barato
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=YZBHPoN9SuU

  31. pula nàgua disse:

    O mensalão dos dízimos serão julgados pelo Supremo Tribunal do Céu.

  32. RPN disse:

    E agora não podem nem dizer que é perseguição da rede esgoto,pois quem está fazendo a denuncia é a BAND.

  33. vai arrebentar disse:

    COMO E BOM SER FIEL AO MEU DEUS.
    http://www.youtube.com/watch?v=kxxB0PQx83I

  34. STARDUST disse:

    Vamos examinar o versículo 5 de hebreus 7:

    ” Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (Hebreus 7:5)

    veja que somente os filhos de levi (os levitas), tem mandamento de recolher DE ACORDO COM A LEI ( de moisés ), os dízimos do povo OU SEJA DE SEUS IRMÃOS ( quem são os irmãos dos levitas? ora, são as outras 11 tribos de ISRAEL! )

    Nós não somos de nenhuma tribo de israel ( somos os que a bíblia chama de gentios, que nunca na história da humanidade esteve debaixo da lei de moisés, nem quando ela vigorava em israel ), e nem estamos debaixo da lei de moisés.

    Isso é facilmente comprovado examinando a bíblia e verificando que não há relato de uma pessoa sequer, que não fosse de Israel, entregando dízimo. A bíblia menciona vários povos além dos israelitas, mas nenhum deles além dos israelitas entregava dízimo e pq? pq o mandamento de dizimar era somente aos de israel.

    O capitulo 7 de hebreus realmente menciona o dízimo, mas o versículo 18 deixa bem claro que o dízimo não tem lugar na nova aliança em Cristo:

    ” Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade ” (hebreus 7:18)

    outro fato interessante é que dízimo NUNCA ERA PAGO EM DINHEIRO!

    Na lei de moisés dízimo somente era em produtos agrícolas e animais (Deuteronômio 14:22-23, Neemias 13:12) pois dízimo era alimento!

    E naquela época já existia dinheiro, veja Gênesis 17:23, Gênesis 33:19, Êxodo 22:17, Deuteronômio 23:19 entre outras diversas..

    E no tempo de Jesus, o dinheiro também já fazia parte da vida deles…

    As duas moedas da viúva pobre (Marcos 12:42), Judas traiu Jesus por 30 moedas (Mateus 26:15) entre outras…

    Portanto essa conversa de que dízimo não era entregue em dinheiro nos tempos bíblicos pq o dinheiro não existia e somente se fazia comércio na base de troca de produtos e bens não tem fundamento bíblico. dinheiro fazia parte da vida deles, e é mencionado em diversas partes da bíblia, inclusive em genesis, o primeiro livro dela!!!

    Conclusão: além do dízimo não ser obrigatório hoje para os cristãos, está sendo ensinado totalmente errado até mesmo do tempo em que era obrigatório!!!

    Os desavisados pagam dízimos porque a religião evangélica ensina que quem não dá dízimo rouba à Deus,e ladrões não herdarão o reino dos céus, mas os que crêem no sacrifício do Senhor Jesus compreende que Ele já pagou o preço:

    “Por preço fostes comprados; não vos torneis escravos de homens.” (I Coríntios 7:23)

    Por isso, sacrifícios de animais e devolução de dízimos de alimentos que a religião evangélica por ganancia transformou em dinheiro não são necessários!

    Aliás, a ganancia desses lideres religiosos evangélicos já foi profetizada:

    “disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro” (I Timóteo 6:5)

    ” também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias…” (II Pedro 2:3)

    Deus abençoe a todos!

  35. STARDUST disse:

    SAIBA A VERDADE SOBRE DÍZIMO:

    Muitos saem em defesa do dízimo afirmando: Mas o Dízimo é bíblico (Número 18.21 a 26). Certamente, como também é bíblico: a circuncisão (Gênesis 17.23 a 27), o sacrifício de animais em holocausto (Levíticos Capítulos do 1 até 6.8 a 13), a santificação do sábado (Levíticos 23.3), o apedrejar adúlteros (Levíticos 20.10 e Deuteronômio 22.22), etc. É bíblico, mas pela ordenança da lei que Moisés introduziu ao povo.

    Então porque hoje não cumprem a lei na sua totalidade, ao invés de optarem exclusivamente pelo dízimo? Querem o dízimo porque é a garantia de renda líquida e certa todos os meses nos cofres das igrejas.

    O que também é bíblico, e o homem ainda não se conscientizou, é uma grande divisão existente na palavra, separando a Velha Aliança do Novo Mandamento do Senhor Jesus; o qual testifica a doutrina para salvação (I Coríntios 15.1, 2). Porém hoje, qualquer esforço para voltar a lei de Moisés que Cristo desfez na cruz, é anular o sacrifício do cordeiro de Deus e reconstruir o muro por Ele derrubado (Efésios 2.13 a 15).

    1. Anny disse:

      É STARDUST,a macumba do homem foi forte,depois de tudo que nós mostramos e ele ainda continuar defendendo o macumbeiro Ma$cedo ja da tirarmos nossas conclusões;;;ou ele é um fanatico daqueles que se for preciso morrer pra defender o macumbeiro,ele morre!ou ele ganha muito dinheiro dessa facção criminosa!Ele é do tipo que se o ma$cedo mandar ele matar qualquer pessoa ele mata e se ma$cedo mandar ele beber veneno ele bebe!!o macumbeiro ma$cedo ja comeu todo o cerebro dele!

      1. STARDUST disse:

        Anny

        Realmente tem gente que diz ser “servo do Senhor”, mas na realidade é seguidor de homem…

        Não importa o que o senhor Jesus fala ou fez… o que vale é o que lider religioso fala e faz… realmente triste, pois tal pessoa engana-se a si mesma.

    2. vai arrebentar disse:

      ANNY E STARDUST A MESMA PESSOAS E UM DEMONIO SÓ.

      Mas graças a DEUS que eu tenho a oportunidade de ser abençoado, e toda vez que SOU ABENÇOADO A PRIMEIRA COISA QUE FAÇO E RETIRAR AS MINHAS PRIMICIAS E DEVOLVER AO MEU SENHOR JESUS.

      E os demonios não suportam isso.
      POR ISSO A ANNYSTARDUST FICA REVOLTADAAAAAAAAAAAAAAAAA.

      VOU COLOCAR MAIS TESTEMUNHOS FORTES ,

  36. Anny disse:

    TOUR NATRAK,,,o inferno não tem vaga para ateus,os evangelicos inclusive vc e sua familia ja estão com as vagas todas reservadas!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vão pra lá bando de salafrarios!

    1. vai arrebentar disse:

      StardustANNY desce dai sua mascara ja caiu de novo …

      UE MAS A STARDUSTANNY NÃO ERA ATEIAAAAAAA.
      PORQUE ELA ESTA TÃO PREOCUPADA COM DIZIMO?

      Mas e porque a anny e o stardust são os mesmos.

      UE mas a anny não disse que era casada e tinha filhos???
      MEU DEUS que nogera é a casa dessa pessoa, a noite e dia discutindo na net.
      OS FILHOS DEVEM ESTAR COMO PORQUINHOS, E O MARIDO JA ESTA NOS BRAÇOS DE OUTRA.

      Mas a tal anny e o mesmo stadust jussara, solteira e frustrada.

      1. Anny disse:

        Vai explodir enxofre!!veja bem!!eu sou casada tenho um filho de 7 anos,sou ateia !!e não estou preocupada com o dizimo!!estou preocupada é com a enganação que tem por tras dessa maldita teologia da prosperidade,onde quem prospera é só o dono da seitas e os puxa sacos que fazem parte da quadrinha e tbm os pastores corruptos que eles(vcs) elegem!para deputados!Eu nunca conheci ninguem que tenha ficado rico pagando dizimo!!ao contario,conheço dizimistas com nome no spc,dizistas com agua e luz cortada,dizimistas desempregados,dizimistas desabrigados das enchentes esses sim eu ja vi!inclusive da iurd!e tem mais não adianta me mandar para o inferno .pq não acredito em inferno,nem no diabo ,nem em deus, nem em anjos enfim em nenhuma divindade!! Eu só alertar as pessoas que as religiões(todas) são uma tremenda farsa!!

    1. Edson Souza disse:

      Ta manjado esses videos vai se arrebentar, essa tática não cola mais.

      1. STARDUST disse:

        Pergunta:

        Alguém aqui assiste esses videos que o arrebentar posta?

        Eu nunca assisti nenhum. Nem perco meu tempo, pois já me falaram como é a produção desses “testemunhos”… repare que todos são parecidos, seguem um roteiro, há uma produção prévia…

        Vá nessas denominações que exigem dízimos, e pergunte informalmente, após pegar a confiança da pessoa, se a vida dela mudou financeiramente… a maioria não. Eu mesmo no meu tempo nesse engano, nunca vi nenhum amigo, ou sequer um conhecido na denominação dar testemunho de prosperidade depois de dar dízimo.

        prosperidade não tem nada a ver com entrega de 10% de sua renda numa organização evangélica… quer prosperar? trabalhe muito!

        Conheço um homem, que não é de nenhuma religião, que é bom em fazer pintura de casa… ele tem mais de 20 anos de profissão, já fez o nome no mercado e se vc for precisar do serviço dele, vai ter de esperar, pois já tem outros na frente.

        Ele é prospero, financeiramente falando… não entrega dízimo, mas trabalha muito e é bom no que faz.

        Como os que exigem dízimo, explicam isso???

        1. vai arrebentar disse:

          kkkkkkk como vc é tola mesmo KKKKKKKKK
          Primeiro diz que não assiste os testemunhos que coloco.
          DEPOIS DESCREVE COMO SÃO TODOS ELES kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          HA HA HA HA HA HA HA .

          COMO PODE ALGUÉM SER TÃO TÃO TÃO ASSIM kkkkkkkkkkk

          1. STARDUST disse:

            arrebentar

            Eu conheço como são os testemunhos pois eles são repetitivos… ainda na época que eu tava no engano da religião universal, eu já assistia eles na tv em casa… mesmo com o passar do tempo, eles não mudaram.

            Eu não preciso assistir seu video pra saber como começa e como termina… a iurd sempre será glorificada neles.

            Será que além da água vão economizar também na produção dos videos? pode ser… depois que o povo tá descobrindo a verdade sobre dízimos e que sacrificios não são necessários muito menos em dinheiro, a ordem é economizar…

            Aqui mesmo tiraram o bebedouro! E antes já tinham reduzido as 5 reuniões de domingo para apenas 3…

  37. RPN disse:

    Hoje é dia do lixeiro passar aqui no Bairro onde moro,curioso que essa tal prosperidade que se prega na IURd não chega até a grande maioria,pois tem um obreiro aqui que vira e mexe fica fuçando as lixeiras a procura de latinha de alumínio para vender no ferro velho.E aí quem se habilita a explicar.

    1. vai arrebentar disse:

      Mas quem foi que falou para vc que ser obreiro e chave para prosperidade?
      QUE EU SAIBA A BIBLIA DIZ:
      AQUELE QUE SEMEIA POUCO POUCO CEIFARÁ , E O QUE SEMEIA COM FARTURA COM ABUNDANCIA CEIFARÁ…
      ACORDA O RMP ACORDA. DEIXA DE SER INCREDULO.

      PEDRO QUANDO ENCONTROU JESUS ESTAVA PASSANDO POR UM momento muito dificil em que tendo trabalhado a noite toda não tinha apanhado nada, e pedro era um empresario da pesca e tinha joão como seu sócio. e naquele dia em que ele obedeceu a palavra de JESUS ele obteve uma pesca maravilhosa. que certamente resolveria todos os seus problemas financeiros…
      ENTÃO PEDRO COMEÇOU A SEGUIR JESUS SE TORNOU SEU DISCÍPULO E APOSTOLO,
      ALGO MUITO ACIMA DE UM OBREIRO.
      E depois de 3 anos seguindo JESUS, LOGO APÓS JESUS TER RESSUSCITADO ELE,
      ELE apareceu aos discipulos na praia, e CURIOSAMENTE PEDRO ESTAVA ENFRENTANDO A MESMA DIFICULDADE DO INICIO,, Tinham trabalhado a noite toda e nada tinham apanhado.
      E NOVAMENTE ELE USOU A FÉ NA PALAVRA DE JESUS E TEVE RESULTADO..
      Então os resultados não vinha na vida dele por ele ser apóstolo.
      MAS SIM POR USAR A FÉ NA PALAVRA DE JESUS.
      Assim também é nos dias de HOJE , existem milhares de crentes com suas vidas derrotadas, inclusive vc é um deles.

      MAS O QUE ADIANTA SABER A BIBLIA TER UM CARGO SE NÃO MANIFESTAR A FÉ?
      POIS SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS…

    2. Edson Souza disse:

      RPN A teologia da prosperidade é uma farsa.
      Só prospera Edir Macedo,sua família e os da Elite.
      Vc já viu pobre de periferia conquistar mansão, carro importado,jatinho,helicóptero, fazendas,yates,e todas essas regalias que os bispos tem?
      NÃO!!!!!

      O que a teologia da prosperidade cria?
      E milhares de revoltados culpado Deus e seu filho Jesus por causa desses mercenários com essa teologia maldita!

    3. pula nàgua disse:

      É perfeitamente explicável, o lixeiro esta fazendo “fundos” para pagar a fogueira santa, assim como as mulheres fazem doces de chocolate e as mulheres dos pastores vendem parte de seus penduricalhos na igreja para todos verem e comprarem e testemunhar de como ela é zelosa quanto a cumprir votos na fogueira santa, o cachorrinho ela mantem em casa, afinal quando o pastor não está em casa, alguém tem que trabalhar, né!

    4. RPN disse:

      Minha vida é derrotada vai arrebentar?kkkkkkkk Não vou nem falar o que possuo para vc não ficar com olho gordo e querer me arrebanhar a força para que eu contribua com a suas mordomias e seus cupinchas gananciosos,abutres da fé.Esses testemunhos que vcs postam quem já foi da IURd sabe como acontecem,existem muitos desses que recorrem a empréstimos bancarios e até a agiotas para deixar transparecer uma coisa que na verdade não são,e depois não conseguem saldar dividas com os credores e sofrem até ameaças de morte.E como vc explica o fato de terem diversos fies das IURds espalhadas pelo Brasil que sacrifacam,que dão o seu tudo e continuam morando nos morros e nas favelas?

      1. Anny disse:

        RPN,Paulo,STARDUST,Edson;;;vcs ja repararm que os testemunhos montado pela seita IURD,da pra ver claramente que essas pessoas são pagas pra fingir prosperidade!!ja repararam que são só pessoas brancas e de boa aparencia!!e tudo mundo sabe que a maioria dos iurdemonios são da raça negra e vivem em favelas !!algums nem tem dentes,como explicam isso?

        1. STARDUST disse:

          Anny

          Repito a vc o que eu disse. Enquanto estive lá, nunca vi nenhum amigo ou ao menos um conhecido dando testemunho de prosperidade… testemunhos assim eu só via quando tava em casa e ligava a televisão, com essas pessoas dando esses testemunhos mas pessoas essas que eu nunca vi na vida.

          Que há uma produção prévia, isso há, não é qualquer pessoa que dá esses depoimentos na tv não… é feito uma triagem, e nem tudo vc pode falar no testemunho. É só o que eles deixam.

          A idéia é atrair pessoas desavisadas com esses testemunhos de bençãos para a denominação, pois lá estarão ouvindo o que não se ouve na tv… ensinos de que dízimo é obrigatório e se vc não der o devorador toma tudo que é seu, que as bençãos só se conquistam através da fé, mas que a fé é provada através de ofertas generosas e que os sonhos só se realizam com sacrifícios financeiros…

          Eu mesmo já vi várias vezes eles pedindo dinheiro 4 vezes durante o culto. A primeira era o dízimo, depois de um tempo, pediam ofertas, depois de um tempo, distribuiam envelopes para serem enchidos de dinheiro, vc tinha de “dar o seu tudo” com a promessa de levarem os pedidos à israel, e por fim, uma “oferta” pelo jornal… quem não dá a oferta do jornal não recebe, portanto, o jornal na vdd é vendido.

          ou seja, numa reunião de 1 hora e 40 minutos, eram 4 momentos em que vc tinha de ouvir que tinha de dar dinheiro…

          Mas isso não pode mostrar na tv, senão espanta os incautos, então os testemunhos só falam que a pessoa foi na denominação e depois passou a ser prospera…

          infelizmente, o marketing chegou na religião evangélica…

  38. Mary disse:

    TESTEMUNHO DA RECORD!

    A Rede Record pode surpreender o público cristão ao exibir a série “Spartacus” recém adquirida pela emissora de Edir Macedo. A produção tem muita violência e ainda cenas de sexo, incluindo relações homossexuais.

    “Spartacus” é uma série do canal americano Starz que tem apenas duas temporadas. O roteiro gira em torno de um famoso escravo que se tornou gladiador e vai enfrentar muitos homens para tentar recuperar sua esposa. Para continuar vivo e tentar reencontrá-la ele terá que se submeter a ordens de seu novo Dominus.

    Por conta das cenas de nudez e sexo a série é indicada apenas para o público adulto, por esse motivo a Record pode exibi-la apenas no final da noite, antes dos programas religiosos.

    O jornalista Flavio Ricco acredita que a compra dessa série possa representar “uma nova Record” disposta a mostrar cenas fortes que vão contra os ensinamentos dos donos da emissora. Outra aposta que o colunista do UOL faz é que o canal corte as cenas de sexo e de violência extrema.

    1. Edson Souza disse:

      Já assistir a 1 temporada e confesso é muito perturbador.
      Me arrependi tanto que não tenho o pingo de vontade de assistir o 2.
      Se quiser passar essa seria vai ter cortar cenas todo momento,pq a serie retrata a perversão, luxuria e sede de sangue nas arenas povo romano daquela época

      E essa serie é tão amaldiçoada que o diabo levou o ator principal Andy Whitfield, de ‘Spartacus’, morre vítima de linfoma aos 37anos de idade.

    2. vai arrebentar disse:

      Poxa que bacana.
      essa serie vai fazer juntar todo tipo de pessoa mundana para assisti la.
      e depois entra logo em seguida pegando só as pessoas que estão no mundo, entra a programação, como a rede de pesca, pronta para pescar os homens desse mundo.

      1. STARDUST disse:

        Errado.

        Quem está assistindo um programa, seja em que emissora for, quando esse programa acaba, e vai começar o próximo, caso não seja do agrado da pessoa, ela muda de canal.

        É a coisa mais simples. O controle remoto tá na mão.

        Vc pode pegar o ibope e comparar… quando tá na programação mundana da record, o ibope é 5, 6 ou 7 pontos… quando termina esse programa e começa a programação da iurd, o ibope cai para 1 no máximo 2 pontos… isso quando não dá traço ( audiencia tão baixa que não alcança 1 ponto ).

        Essa conversa de que ” temos de ter programação mundana para atrair os do mundo e depois entrar com a programação de Deus” não se comprova ao vermos o ibope… isso é desculpa esfarrrapada.

        O missionário RR soares tem a RIT… a RIT notoriamente só tem programas evangelisticos, e um pouco de jornalismo ( obrigatório pela lei de consessão de emissoras ) ele já disse, que no dia que a emissora dele, tiver de passar programas mundanos ou contra o evangelho, ele prefere perder a emissora.

        E ele tem razão!

        1. vai arrebentar disse:

          KKKKKKKK.
          Stardust isso só prova que vc não entende de coisa nenhuma, POR ISSO é uma pessoa frustrada.
          TODOS SABEM QUE QUANDO SE ESTA ASSISTINDO Uma programação.
          NA HORA DO INTERVALO COMERCIAL, 99% DAS pessoas mundão de canal
          por não gostar de ficar assistido comerciais, e para dar uma espiada no que esta passando em outros canais.
          E NEM POR ISSO OS INVESTIDORES DEIXAM DE INVESTIR PESADO EM PROPAGANDAS, Mesmo sabendo que a maioria das pessoas iram mudar de canal em meio a propaganda. E 30 SEGUNDO DE UMA PROPAGANDA NO horario nobre em rede nacional e quase 500 mil reais.
          e mesmo assim ele investem será por que em?

          VEJA QUE VC NÃO ENTENDE DE NADA.
          a unica coisa que vc sabe fazer, e falar mau das coisas de DEUS, e usar nicks diferenciados para atacar o evangelho…

          VC NÃO ENTENDE NADA DE TELEVISÃO, NEM MUITO MENOS DO EVANGELHO, E MUITO MENOS DE GANHAR ALMAS.

          Por isso vc não conseguiu nenhuma pessoa que suportasse ficar perto de vc, em um relacionamento….
          DEVE SER MUITO DIFÍCIL SER FRUSTRADA COMO VC.

          1. STARDUST disse:

            arrebentar

            Essa desculpa esfarrapada sua não cola… Se atrair audiencia para os programas da madrugada da iurd é a intenção da record, então não é mais fácil e barato exibir os programas da iurd no horário nobre?

            Ah, é… o melhor horário é para as coisas do mundo não é? e o pior horário, o da madrugada que ninguém quer anunciar, deixa pro evangelho não é?

            Aí que vemos a contradição… na iurd se bate muito na tecla de que temos de dar o melhor para Deus, mas curiosamente, a própria emissora da iurd não segue esse conselho… o melhor horário, o horário nobre, é pra novelas, reality shows e mundanices mais… e o horário que sobra, que resta, o da madrugada que ninguém quer anunciar, oferece para Deus…

            Bem que o Senhor Jesus disse: ” ai de vós fariseus hipócritas…”

      2. Paulo disse:

        As defesas que vai se arrebentar faz do conglomerado de empresas do Edir Macedo se tornam cada vez mais patéticas.. seja qual for a próxima vai difícil superar essa última

      3. Paulo disse:

        “e depois entra logo em seguida pegando só as pessoas que estão no mundo, entra a programação, como a rede de pesca, pronta para pescar os homens desse mundo.”

        É assim que vcs pescam? Então o Caio Fábio estava certo.

  39. STARDUST disse:

    Esses “testemunhos” da tv são todos parecidos…

    Há uma produção prévia por trás deles: segue o roteiro: Uma dona, sentada numa poltrona chique, roupas bonitas, cabelos escovados, maquiagem…

    Agora, pq quando entramos nessa organização, e conversamos informalmente com os membros, a maioria dos que dão dízimos não tem nada de benção para contar?

    Se pegarmos todos os que dão dízimos, será que a maioria vai falar de ao menos alguma benção, e mais importante, conseguir provar que recebeu essa benção?

    Em todas as denominações que recebem esse dízimo, a maioria dos dizimistas não tem nenhum testemunho pra contar… a maior prova é que mesmo sendo dizimistas, fazem essas campanhas financeiras de sacrificios de dinheiro para levar os pedidos a israel.

    Ora… segundo eles, o dízimo não abre “as portas do céu” ???

    então pq apesar de entregarem dízimos, e dizerem que recebem bençãos por isso precisam mesmo assim fazer a “fogueira santa” ???

    O simples fato de serem “dizimistas fieis” não seria já suficiente para que recebam “bençãos sem medida?”

    Responde essa ao menos, vai arrebentar, ou vai se fazer de desentendido como sempre?

    1. Paulo disse:

      “Esses ‘testemunhos’ da tv são todos parecidos… Há uma produção prévia por trás deles: segue o roteiro: Uma dona, sentada numa poltrona chique, roupas bonitas, cabelos escovados, maquiagem”

      Sim! Com iluminação especial, contra-regras e assistentes de câmera deitados no chão buscando os melhores ângulos dos “testemunhos”, tudo gravado em lentes de ultima geração em alta definição para encher os olhos do pobretão do subúrbio que se for convencido só virá a somar com seu dízimo e com seu voto. Nada a perder, tudo a ganhar.

    2. RPN disse:

      Na verdade esses “testemunhos” não passam de uma jogada de marketing para arrebanhar mais e mais incautos,porque não vão lá na favela da Rocinha e pega um membro de lá para testemunhar que mora bem e está com a vida financeira abençoada?

    3. vai arrebentar disse:

      MAIS uma prova o stardustjussaraannyfrustrada, que vc não conhece nada do evangelho e muito menos das escrituras…

      ORA Com respeito a produção das pessoas kkkkk.
      VC acha que as pessoas deveriam aparecer, mal trapilho? sentadas em um toco? no escuro?
      CARA VC E MESMO UM SEM VISÃO MESMO…

      E com respeito aos DIZIMISTAS KKKKKKK AI E QUE VC SE MOSTRA MAIS TOLO AINDA.
      POIS NO QUE SE REFERE A DIZIMOS DEUS DISSE: PROVAI-ME NISTO SE EU NÃO VÓS ABRIR AS JANELAS DO CEU E NÃO DERRAMAR BENÇÃO SEM MEDIDAS…

      Veja que DEUS deixa claro que se por ventura os que lhe devolve o dizimo não estiver vendo o resultado esperado, o que ele deve fazer…
      ELE DISSE: PROVAI ME NISTO SE EU NÃO VOS ABRIR AS JANELAS DO CÉU…

      Ou seja se eu sou dizimista e não vejo as janelas do céu aberta o que devo fazer?
      ELE DEIXA CLARO: PROVAI ME…
      Ele manda prova-lo, essa é a unica situação que DEUS aceita ser provado pelo homem.
      E como se faz uma prova com DEUS?
      e só olhar como fez élias, em um tempo que nem água descia e ele queria fogo.
      Pois na prova e que se caracteriza a fé.
      POIS A MUITOS QUE DEVOLVEM DÍZIMOS, POR OBRIGAÇÃO, OUTROS POR PRATICA RELIGIOSA, OUTROS POR MEDO DO DEVORADORES, OUTROS SIMPLESMENTE POR INTERESSE FINANCEIRO…
      E desse nenhum serão abençoados, pois suas atitudes não provém de fé, e sem fé é impossível agradar a DEUS.
      Ora se DEUS trata a questão dízimos como roubo, então quando eu coloco ele no altar,
      eu estou apenas devolvendo a DEUS o que já é dele. sendo assim porque ele deveria de imediato derramar bençãos sobre minha vida?
      SE EU PEGO ALGO COM UMA PESSOA E DEPOIS EU DEVOLVO A ELA, por ventura tenho que esperar dessa pessoa alguma recompensa? só porque devolvi a ela algo que ja era dela, ela tem que me recompensar por isso? é logico que não.
      porém se eu devolvo a ela o que eu tinha em mãos que era dela, posso ter certeza que as portas com aquela pessoa estarão abertas para mim e terei dela a confiança.
      E EXATAMENTE ISSO QUE ACONTECE COM A PESSOA QUE SE TORNA DIZIMISTA.
      Ela passa a ter as janelas abertas sobre ela, ai cabe a ela decidir o quanto deseja ser abençoada, é isso se faz com a oferta , por isso paulo ensina: QUEM SEMEIA POUCO POUCO TAMBÉM CEIFARA, E QUEM SEMEIA COM FARTURA COM ABUNDÂNCIA CEIFARA. Sendo assim o que determina uma pessoa mais abençoada do que a outra, são suas ofertas, sacrifícios e desafios…

      LOGICAMENTE UMA PESSOAS Que começa a ser dizimista da maneira correta, notará uma mudança pequena em sua vida pois os espíritos, imundos que agem na vida dela será repreendido como DEUS prometeu.
      E COMO descobrir que um vizinho esta lhe roubando energia, e vc vai e corta os fios, isso significa que no mês seguinte sua energia vira menor, o seu salario não aumentou, mas lhe sobrará um pouco mais de dinheiro, visto que vc cortou o mal que estava lhe roubando energia.
      ASSIM ACONTECE NA VIDA DE UM DIZIMISTA FIEL, ele passará a ver uma melhora pelo fato desse espirito ser repreendido.
      E NÃO SE ESTA FALANDO DE UM DEMONINHO QUALQUER, Quando a bíblia fala de devorador, ELA ESTA SE REFERINDO A UM PRINCIPADO, A um chefe de uma legião de demônios que agem em diversas partes da vida das pessoas infiéis.
      E ESSE PRINCIPADO E SÓ DEUS QUE O REPREENDE, Por isso o anjo quando viu esse principado ao lado de josue disse: O SENHOR TE REPREENDA.
      SER FIEL A DEUS NOS DÍZIMOS SIMPLESMENTE DA DIREITO DE ACESSO LIVRE AS COISAS DELE.

      Imagine duas pessoas tendo a chave para entrar em uma dispensa.
      UMA ENTRA NA DISPENSA COM uma sacola pequena e depois de um tempo sai com aquela sacola pequena mas cheia.
      E OUTRA PESSOA ENTRA COM UMA SACOLA O TRIPLO MAIOR E DEPOIS saem com todas as suas sacolas cheias…
      ORA TODAS DUAS TEM AS CHAVES PARA ENTRAR A HORA QUE QUISER.
      Porque que uma saiu com mais do que a outra? seria o dono da dispensa injusto?
      é logico que não, elas levaram cada uma corresponde as suas sacolas que entraram na dispensa…

      É ASSIM QUE FUNCIONA: O DIZIMO É SIMPLESMENTE ESSA CHAVE QUE ABRE A PORTA DESSA DISPENSA(JANELA DO CÉU)
      A sacolas é a oferta que cada um apresenta.
      como diz o apostolo paulo: aquele que semeou mais colheu mais, e o que semeou menos colheu menos.
      TODOS OS DIZIMISTAS FIEIS TEM O MESMO DIREITO, O QUE DISTINGUE UM DO OUTRO SÃO SUAS OFERTAS E SACRIFÍCIOS.

      AGORA quem não é dizimista fiel, ou devolve por interesse, ou por obrigação, não possuem essa chave ou essa confiança da parte de DEUS, sendo assim ficam com suas vidas amarradas e são crentes frustrados. COMO A MAIORIA DAS PESSOAS…

      1. STARDUST disse:

        arrebentar

        Essa desculpa esfarrapada sua não cola… Se atrair audiencia para os programas da madrugada da iurd é a intenção da record, então não é mais fácil e barato exibir os programas da iurd no horário nobre?

        Ah, é… o melhor horário é para as coisas do mundo não é? e o pior horário, o da madrugada que ninguém quer anunciar, deixa pro evangelho não é?

        Aí que vemos a contradição… na iurd se bate muito na tecla de que temos de dar o melhor para Deus, mas curiosamente, a própria emissora da iurd não segue esse conselho… o melhor horário, o horário nobre, é pra novelas, reality shows e mundanices mais… e o horário que sobra, que resta, o da madrugada que ninguém quer anunciar, oferece para Deus…

        Bem que o Senhor Jesus disse: ” ai de vós fariseus hipócritas…”

  40. Carlos Fiel disse:

    Não existe Leis e não existe homens que criam leis para impedir o cidadão a devolver os seus Dízimos e suas ofertas por que é voluntários a casa de Deus , e si estão devolvendo é por que Deus está no controle de todas estas coisas ,a casa é de Deus ,é Dele e ninguém vai impedir,(Lembre-se povo de Deus o que está escrito no livro de Daniel Cap.6:12 Porventura não assinaste o edito pelo qual todo homem que fizer uma petição a qualquer outro deus ou qualquer homem , por espaço de trinta dias , e não a ti ó rei seria lançado na cova dos leões) lembre-se que Daniel não obedeceu esta lei por ela ser de obra humana ,e Daniel foi livre da boca dos leis, isto quer dizer que Deus varre e destrói quaisquer edito e leis que não for de Suas natureza…

    1. Anny disse:

      Muitas igrejas pregam que o dízimo é necessário hoje, e sugerem que aqueles que não dão 10% não serão abençoados por Deus. Eles deixam de fazer a distinção que Jesus e os apóstolos fizeram entre o Velho e o Novo Testamento. O dízimo era parte da Lei de Moisés, dada por Deus aos israelitas. Passagens tais como Malaquias 3:10, que é usada freqüentemente para exigir o dízimo atualmente, foram escritas para os judeus alguns séculos antes que Cristo morresse para completar essa lei. Não estamos sob essa lei (Gálatas 3:23-25; 5:1-4; Romanos 7:6). Não há uma única passagem no Novo Testamento que autorize as igrejas a exigir dízimo.

      1. STARDUST disse:

        Anny

        Meus parabéns. Mesmo vc sendo declaradamente atéia, vc conhece melhor a bíblia do que a maioria dos evangélicos… a que ponto chegamos… uma atéia ensinando bíblia para os crentes!

        Realmente os evangélicos em sua maioria não conhecem a bíblia por completo… só sabem algumas passagens soltas… pesquisas já comprovaram que 80% dos evangélicos nunca leram a bíblia toda… uma vergonha!

        ” Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.” (Mateus 22:29)

  41. vai arrebentar disse:

    MAIS uma prova o stardustjussaraannyfrustrada, que vc não conhece nada do evangelho e muito menos das escrituras…

    ORA Com respeito a produção das pessoas kkkkk.
    VC acha que as pessoas deveriam aparecer, mal trapilho? sentadas em um toco? no escuro?
    CARA VC E MESMO UM SEM VISÃO MESMO…

    E com respeito aos DIZIMISTAS KKKKKKK AI E QUE VC SE MOSTRA MAIS TOLO AINDA.
    POIS NO QUE SE REFERE A DIZIMOS DEUS DISSE: PROVAI-ME NISTO SE EU NÃO VÓS ABRIR AS JANELAS DO CEU E NÃO DERRAMAR BENÇÃO SEM MEDIDAS…

    Veja que DEUS deixa claro que se por ventura os que lhe devolve o dizimo não estiver vendo o resultado esperado, o que ele deve fazer…
    ELE DISSE: PROVAI ME NISTO SE EU NÃO VOS ABRIR AS JANELAS DO CÉU…

    Ou seja se eu sou dizimista e não vejo as janelas do céu aberta o que devo fazer?
    ELE DEIXA CLARO: PROVAI ME…
    Ele manda prova-lo, essa é a unica situação que DEUS aceita ser provado pelo homem.
    E como se faz uma prova com DEUS?
    e só olhar como fez élias, em um tempo que nem água descia e ele queria fogo.
    Pois na prova e que se caracteriza a fé.
    POIS A MUITOS QUE DEVOLVEM DÍZIMOS, POR OBRIGAÇÃO, OUTROS POR PRATICA RELIGIOSA, OUTROS POR MEDO DO DEVORADORES, OUTROS SIMPLESMENTE POR INTERESSE FINANCEIRO…
    E desse nenhum serão abençoados, pois suas atitudes não provém de fé, e sem fé é impossível agradar a DEUS.
    Ora se DEUS trata a questão dízimos como roubo, então quando eu coloco ele no altar,
    eu estou apenas devolvendo a DEUS o que já é dele. sendo assim porque ele deveria de imediato derramar bençãos sobre minha vida?
    SE EU PEGO ALGO COM UMA PESSOA E DEPOIS EU DEVOLVO A ELA, por ventura tenho que esperar dessa pessoa alguma recompensa? só porque devolvi a ela algo que ja era dela, ela tem que me recompensar por isso? é logico que não.
    porém se eu devolvo a ela o que eu tinha em mãos que era dela, posso ter certeza que as portas com aquela pessoa estarão abertas para mim e terei dela a confiança.
    E EXATAMENTE ISSO QUE ACONTECE COM A PESSOA QUE SE TORNA DIZIMISTA.
    Ela passa a ter as janelas abertas sobre ela, ai cabe a ela decidir o quanto deseja ser abençoada, é isso se faz com a oferta , por isso paulo ensina: QUEM SEMEIA POUCO POUCO TAMBÉM CEIFARA, E QUEM SEMEIA COM FARTURA COM ABUNDÂNCIA CEIFARA. Sendo assim o que determina uma pessoa mais abençoada do que a outra, são suas ofertas, sacrifícios e desafios…

    LOGICAMENTE UMA PESSOAS Que começa a ser dizimista da maneira correta, notará uma mudança pequena em sua vida pois os espíritos, imundos que agem na vida dela será repreendido como DEUS prometeu.
    E COMO descobrir que um vizinho esta lhe roubando energia, e vc vai e corta os fios, isso significa que no mês seguinte sua energia vira menor, o seu salario não aumentou, mas lhe sobrará um pouco mais de dinheiro, visto que vc cortou o mal que estava lhe roubando energia.
    ASSIM ACONTECE NA VIDA DE UM DIZIMISTA FIEL, ele passará a ver uma melhora pelo fato desse espirito ser repreendido.
    E NÃO SE ESTA FALANDO DE UM DEMONINHO QUALQUER, Quando a bíblia fala de devorador, ELA ESTA SE REFERINDO A UM PRINCIPADO, A um chefe de uma legião de demônios que agem em diversas partes da vida das pessoas infiéis.
    E ESSE PRINCIPADO E SÓ DEUS QUE O REPREENDE, Por isso o anjo quando viu esse principado ao lado de josue disse: O SENHOR TE REPREENDA.
    SER FIEL A DEUS NOS DÍZIMOS SIMPLESMENTE DA DIREITO DE ACESSO LIVRE AS COISAS DELE.

    Imagine duas pessoas tendo a chave para entrar em uma dispensa.
    UMA ENTRA NA DISPENSA COM uma sacola pequena e depois de um tempo sai com aquela sacola pequena mas cheia.
    E OUTRA PESSOA ENTRA COM UMA SACOLA O TRIPLO MAIOR E DEPOIS saem com todas as suas sacolas cheias…
    ORA TODAS DUAS TEM AS CHAVES PARA ENTRAR A HORA QUE QUISER.
    Porque que uma saiu com mais do que a outra? seria o dono da dispensa injusto?
    é logico que não, elas levaram cada uma corresponde as suas sacolas que entraram na dispensa…

    É ASSIM QUE FUNCIONA: O DIZIMO É SIMPLESMENTE ESSA CHAVE QUE ABRE A PORTA DESSA DISPENSA(JANELA DO CÉU)
    A sacolas é a oferta que cada um apresenta.
    como diz o apostolo paulo: aquele que semeou mais colheu mais, e o que semeou menos colheu menos.
    TODOS OS DIZIMISTAS FIEIS TEM O MESMO DIREITO, O QUE DISTINGUE UM DO OUTRO SÃO SUAS OFERTAS E SACRIFÍCIOS.

    AGORA quem não é dizimista fiel, ou devolve por interesse, ou por obrigação, não possuem essa chave ou essa confiança da parte de DEUS, sendo assim ficam com suas vidas amarradas e são crentes frustrados. COMO A MAIORIA DAS PESSOAS…

    1. STARDUST disse:

      Muitos saem em defesa do dízimo afirmando: Mas o Dízimo é bíblico (Número 18.21 a 26). Certamente, como também é bíblico: a circuncisão (Gênesis 17.23 a 27), o sacrifício de animais em holocausto (Levíticos Capítulos do 1 até 6.8 a 13), a santificação do sábado (Levíticos 23.3), o apedrejar adúlteros (Levíticos 20.10 e Deuteronômio 22.22), etc. É bíblico, mas pela ordenança da lei que Moisés introduziu ao povo.

      Então porque hoje não cumprem a lei na sua totalidade, ao invés de optarem exclusivamente pelo dízimo? Querem o dízimo porque é a garantia de renda líquida e certa todos os meses nos cofres das igrejas.

      O que também é bíblico, e o homem ainda não se conscientizou, é uma grande divisão existente na palavra, separando a Velha Aliança do Novo Mandamento do Senhor Jesus; o qual testifica a doutrina para salvação (I Coríntios 15.1, 2). Porém hoje, qualquer esforço para voltar a lei de Moisés que Cristo desfez na cruz, é anular o sacrifício do cordeiro de Deus e reconstruir o muro por Ele derrubado (Efésios 2.13 a 15).

      1. vai arrebentar disse:

        MAS O DIZIMO NÃO É DA LEI .
        O dizimo e da graça , quando abraão vivia debaixo da graça de DEUS ele tomou a atitude voluntaria de ser dizimista…

        DIZIMO SE DEVOLVE COMO ABRAÃO DEVOLVEU, DE FORMA VOLUNTARIA, E RECONHECENDO QUE DEUS ESTA ACIMA DE TUDO.

        Mas o diabo odeia o dizimo por isso ele se esforça para impedir que os dizimistas seja cada dia mais fieis.
        PORÉM GRAÇAS A DEUS A CADA DIA AUMENTA MAIS E MAIS O Nº DE DIZIMISTA FIEL…

        O DIABO ODEIA O DIZIMO, POIS ele faz com que as ofertas seja justa.
        Pois uma vez que a pessoa ja separou o que é de DEUS então sua oferta se torna justa e derrota os demonios…
        ja quando a pessoa da uma oferta e não tirou o dizimo, sua oferta é injusta pois ela esta roubando a DEUS, como o ladrão que morreu também crucificado, porém sua morte não fez nenhuma diferença para o diabo.

        A SR STARDUST alem de roubar a DEUS descaradamente,,.COMO CONSEQUÊNCIA NÃO TEM PALAVRA, TAMBÉM PUDERA , COMO UMA PESSOA INFIEL A DEUS VAI CUMPRIR COM SUA PALAVRA?

        O stardust diz a poucos dias..
        QUANDO ELE VIU A SUA VÔ PELA GRETA.

        STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 12:22 pm
        COMUNICADO IMPORTANTE:

        Venho através deste comunicado informar que estou deixando de comentar no G+. Nada contra o site, que é fonte de informação, mas é uma decisão pessoal após orar e pedir direção a Deus. O Espírito Santo me mostrou a minha falha aqui. Levei um puxão de orelha “santo”. Peço perdão pela precipitação. Sei que todos somos falhos. E eu não vou esconder os meus erros. Não vou negar que cometi um erro, vários aliás. Peço perdão a todos que em maior ou menor grau se sentiram ofendidos com algo que eu disse.

        Peço perdão a todos que comentam aqui e em especial o clamando, edy ( ex ) e o vai arrebentar. Peço perdão a outros que não consigo lembrar. Peço que me perdoem pois eu pequei, errei. Peço que relevem. Não levem a sério. Eu errei e assumo publicamente meu erro.

        Peço perdão também a edir macedo, valdemiro santiago, marco feliciano, valdemiro santiago, silas malafaia e outros líderes religiosos que não consigo lembrar. Pequei contra vcs. Peço que igualmente me perdoem por tudo. Eu estou me retratando aqui que não agi corretamente com vcs também. E que Deus abençoe vcs e seus respectivos ministérios.

        Ao povo da iurd e outras denominações. Peço perdão. sim, pequei contra vcs também.

        A todos que não consigo lembrar, sejam comentaristas do site, ou pessoas do meio evangélico que se sentiram ofendidos com algo que eu disse, novamente peço perdão. Deixo a todos a seguinte mensagem de Cristo:

        ” [Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas.]” (Marcos 11:26)

        Estou pedindo perdão a todos. Os que me perdoarem, também terão seus pecado perdoados, pois todos somos pecadores.

        Agradeço aos que amigos que fiz aqui. Deus os abençoe da mesma forma que aos que estou pedindo perdão.

        Estou deixando o G+, e peço aos que comentam aqui que eu pedi perdão, que me perdoem. Vcs podem me responder?

        clamando, vc me perdoa? edy vc me perdoa? vai arrebentar vc me perdoa? E todos que se sentiram ofendidos comigo, vcs me perdoam?

        Aguardo as respostas.

        Porém como ela não tem palavras voltou a fazer tudo de novo…
        VC NÃO TEM HONRA POIS NÃO HONRA O QUE FALA.

        1. STARDUST disse:

          O dízimo é sim da lei. o próprio Senhor Jesus afirmou isso:

          “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho E TENDES NEGLIGENCIADO OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” (mateus 23:23)

          É nitido que o Senhor afirma que o dízimo é da lei, pois Ele próprio afirma que os fariseus davam dízimo ( de hortelã, de endro e cominho, ou seja alimentos, e não de dinheiro ) mas eles NEGLIGENCIAVAM O MAIS IMPORTANTE DA LEI… a fé, justiça e a misericórdia.

          portanto, Jesus comprova que o dízimo é da lei, assim como a fé, a justiça e a misericórdia!

          Abrãao não deu 10% de sua riqueza, e sim do que tomou na guerra (hebreus 7:4).

          E eu sei que vc está desesperado pq muita gente tá descobrindo a verdade sobre dízimos… por isso sei que vc ficou feliz da vida quando eu disse que deixaria de comentar aqui, pois vc sabe que não consegue provar que dízimo é isso que vcs ensinam, mas por causa das mentiras do edy mancebo contra a minha pessoa precisei voltar.

          Graças a Deus cada vez mais pessoas estão descobrindo o que foi o dízimo… uma lei para israelitas…

          aliás, minhas perguntas vc não respondeu… aonde na bíblia vemos um cristão dando dízimo? aonde vemos alguém de fora de israel dando dízimo? vai continuar se fazendo de desentendido ?

          1. vai arrebentar disse:

            Ora então estamos na lei..
            PORQUE SE JESUS DISSE QUE OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI, É
            A MISERICÓRDIA,
            A JUSTIÇA
            E A FÉ.
            Então vc esta dizendo que estamos na lei.
            POIS PARA A PESSOA SER SALVA ELA PRECISA DA FÉ.
            QUE segundo vc é preceito importante da lei.
            ENTÃO SE USAMOS DE MISERICÓRDIA , ESTAMOS praticando um preceito importante da lei.
            e se andamos na justiça também estamos praticando um preceito importante da lei.
            SENDO ASSIM TEMOS QUE FAZER POR COMPLETO COMO DISSE JESUS: PRATICAR A JUSTIÇA, A MISERICÓRDIA, A FÉ E NÃO OMITIR OU DEIXAR DE DAR O DIZIMO.

            Isso é um ensinamento claro do senhor JESUS, que se os LADRÕES E INFIÉIS PODE CEM APAGARIAM DA BÍBLIA.

            Mas como eu ja disse, O DIABO NÃO SUPORTA VER UM CRISTÃO SENDO DIZIMISTA FIEL, POIS ELE SABE QUE TAL CRISTÃO ESTARÁ HORANDO O PAI NO FILHO, E SENDO DIRIGIDO PELO ESPIRITO DA FÉ.

  42. Mary disse:

    O dinheiro não é um mal, mas o amor ao dinheiro, sim. Pois por amor ao dinheiro o ser humano é capaz de fazer qualquer coisa.

    Na raiz do apego ao dinheiro existe o instinto de sobrevivência. De fato, ninguém vive sem comida e água, mas a vida não é só preservar o corpo. O objetivo da vida é a evolução do nosso espírito.

    Para não sermos influenciados pelo dinheiro precisaríamos ser 100% espirituais. Quem precisa de dinheiro é a nossa carne e quanto mais carnal é a pessoa, mais é influenciada e apegada ao dinheiro.

    O excesso de dinheiro pode funcionar como uma droga: quanto mais se tem, mais se deseja e maior se torna o apego ao dinheiro. Por causa do dinheiro muitas pessoas abandonam os seus propósitos de vida e desperdiçam a chance de uma vida inteira ( de crescer espiritualmente).

    No mundo em que vivemos, dinheiro representa poder. O poder corrompe e o dinheiro também pode. Talvez seja por isso que todos os grandes ditadores sejam tão parecidos entre si, eles só mudam de endereço e nacionalidade.

    O dinheiro pode revelar o pior lado do ser humano, pois o poder econômico faz aumentar os nosso defeitos (orgulho, avareza, cobiça, maldade, egoísmo) e faz diminuir as nossas virtudes (caridade, humildade, bondade). E quanto mais apegada ao dinheiro, maior é o estrago que o dinheiro produz na pessoa, podendo induzi-la a cometer muitos erros.

  43. vai arrebentar disse:

    A SR STARDUST alem de roubar a DEUS descaradamente,,.COMO CONSEQUÊNCIA NÃO TEM PALAVRA, TAMBÉM PUDERA , COMO UMA PESSOA INFIEL A DEUS VAI CUMPRIR COM SUA PALAVRA?

    O stardust diz a poucos dias..
    QUANDO ELE VIU A SUA VÔ PELA GRETA.

    STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 12:22 pm
    COMUNICADO IMPORTANTE:

    Venho através deste comunicado informar que estou deixando de comentar no G+. Nada contra o site, que é fonte de informação, mas é uma decisão pessoal após orar e pedir direção a Deus. O Espírito Santo me mostrou a minha falha aqui. Levei um puxão de orelha “santo”. Peço perdão pela precipitação. Sei que todos somos falhos. E eu não vou esconder os meus erros. Não vou negar que cometi um erro, vários aliás. Peço perdão a todos que em maior ou menor grau se sentiram ofendidos com algo que eu disse.

    Peço perdão a todos que comentam aqui e em especial o clamando, edy ( ex ) e o vai arrebentar. Peço perdão a outros que não consigo lembrar. Peço que me perdoem pois eu pequei, errei. Peço que relevem. Não levem a sério. Eu errei e assumo publicamente meu erro.

    Peço perdão também a edir macedo, valdemiro santiago, marco feliciano, valdemiro santiago, silas malafaia e outros líderes religiosos que não consigo lembrar. Pequei contra vcs. Peço que igualmente me perdoem por tudo. Eu estou me retratando aqui que não agi corretamente com vcs também. E que Deus abençoe vcs e seus respectivos ministérios.

    Ao povo da iurd e outras denominações. Peço perdão. sim, pequei contra vcs também.

    A todos que não consigo lembrar, sejam comentaristas do site, ou pessoas do meio evangélico que se sentiram ofendidos com algo que eu disse, novamente peço perdão. Deixo a todos a seguinte mensagem de Cristo:

    ” [Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas.]” (Marcos 11:26)

    Estou pedindo perdão a todos. Os que me perdoarem, também terão seus pecado perdoados, pois todos somos pecadores.

    Agradeço aos que amigos que fiz aqui. Deus os abençoe da mesma forma que aos que estou pedindo perdão.

    Estou deixando o G+, e peço aos que comentam aqui que eu pedi perdão, que me perdoem. Vcs podem me responder?

    clamando, vc me perdoa? edy vc me perdoa? vai arrebentar vc me perdoa? E todos que se sentiram ofendidos comigo, vcs me perdoam?

    Aguardo as respostas.

    Porém como ela não tem palavras voltou a fazer tudo de novo…
    VC NÃO TEM HONRA POIS NÃO HONRA O QUE FALA.

    1. vai arrebentar disse:

      COISA PARA ELA ESTAVA TÃO FEIA QUE CHEGOU A ESSE PONTO.

      STARDUST disse: 1 de outubro de 2013 ás 1:46 pm
      Carta de Retratação Pública

      Eu, STARDUST, Venho com o devido respeito apresentar minha retratação à todas as pessoas, instituições e organizações e a todos os comentaristas deste site, em especial os que assinam pelo nick de Edy (ou ex ), clamando, vai arrebentar, e outros tantos que infelizmente não consigo lembrar no momento e da mesma forma aos senhores Edir macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares, Silas Malafaia e todos as outras pessoas que possuem cargos eclesiásticos nas respectivas denominações desses líderes dos comentários feitos de minha parte, sejam ofensivos, ou de pré-julgamento, ou que de qualquer forma não foram favoráveis à imagem publica dessas pessoas tendo em vista a manifestação de cunho pessoal realizada pela minha pessoa durante minha participação neste referido site.

      Infelizmente, errei por deixar minha condição de pessoa falha preponderar sobre minha condição de pessoa cristã, o que não pode e não deve ser interpretado como uma justificativa para meu erro, o qual, desde já, humildemente procuro retratar, através desta carta, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas com esta situação, sejam de forma direta ou indireta. Peço a todos os lideres dessas denominações e os comentaristas deste site desculpas e igualmente o meu pedido de perdão.

      Peço novamente desculpas e retrato-me aos membros da IURD, IMPD, IIGD, AD e outras denominações cristãs pois o ato em si não teve, em absoluto, a intenção de atingir pessoalmente a ninguém que congrega em qualquer uma dessas denominações, tão pouco prejudicar o debate cristão em nivel teológico. É notório que estas denominações também ajudam cada uma com sua forma que pessoas venham conhecer o evangelho, e prestando relevante ajuda à sociedade. Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência de que atos como estes não mais se repetirão.

      Sem mais,

      STARDUST.

      VEJA COMO ESSA PESSOA NÃO TEM PALAVRAS.

      Gostaria de reiterar minha retratação pública com a consciência de que atos como estes não mais se repetirão.

      1. ex. disse:

        E vai arrebentar
        É por que o demônio que usava ela voltou com mais 7.
        O que podemos esperar destas pessoas,por isso que não levo a sério.
        Nada do que eles falam.

        1. Edson Souza disse:

          Mais endemoniado que vc aqui Edson Aguiar não existe.

          Vc é muito cara de pau e hipócrita vindo aqui atacar o Stardust.

          1. luiz moreno disse:

            Edson Sousa
            Você é a fêmea deste stardust?
            Veio correndo defender seu macho?
            Aí ex.homem.

          2. Edson Souza disse:

            Luiza morena tá com ciume?
            Tu és um Nego feio dos inferno, ai se veste de mulher, usa batom vermelho e peruca loira. (Imagina a cena ai) kkkkkk

            Eu e Stardust somos machos, não gostamos de biba cai fora pombinha negra. hauhauhauha

      2. Paulo disse:

        Vai se arrebentar, não seja calhorda.. Só os idiotas não mudam de opinião.

        1. JEANN disse:

          Não é questão de opinião Paulo, se o Espírito Santo fala conosco, acho que a “opinião” dele vale mais que a nossa própria, certo ?

      3. STARDUST disse:

        O dízimo é sim da lei. o próprio Senhor Jesus afirmou isso:

        “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho E TENDES NEGLIGENCIADO OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” (mateus 23:23)

        É nitido que o Senhor afirma que o dízimo é da lei, pois Ele próprio afirma que os fariseus davam dízimo ( de hortelã, de endro e cominho, ou seja alimentos, e não de dinheiro ) mas eles NEGLIGENCIAVAM O MAIS IMPORTANTE DA LEI… a fé, justiça e a misericórdia.

        portanto, Jesus comprova que o dízimo é da lei, assim como a fé, a justiça e a misericórdia!

        Abrãao não deu 10% de sua riqueza, e sim do que tomou na guerra (hebreus 7:4).

        E eu sei que vc está desesperado pq muita gente tá descobrindo a verdade sobre dízimos… por isso sei que vc ficou feliz da vida quando eu disse que deixaria de comentar aqui, pois vc sabe que não consegue provar que dízimo é isso que vcs ensinam, mas por causa das mentiras do edy mancebo contra a minha pessoa precisei voltar.

        Graças a Deus cada vez mais pessoas estão descobrindo o que foi o dízimo… uma lei para israelitas…

        aliás, minhas perguntas vc não respondeu… aonde na bíblia vemos um cristão dando dízimo? aonde vemos alguém de fora de israel dando dízimo? vai continuar se fazendo de desentendido ?

    2. STARDUST disse:

      O dízimo é sim da lei. o próprio Senhor Jesus afirmou isso:

      “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho E TENDES NEGLIGENCIADO OS PRECEITOS MAIS IMPORTANTES DA LEI: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” (mateus 23:23)

      É nitido que o Senhor afirma que o dízimo é da lei, pois Ele próprio afirma que os fariseus davam dízimo ( de hortelã, de endro e cominho, ou seja alimentos, e não de dinheiro ) mas eles NEGLIGENCIAVAM O MAIS IMPORTANTE DA LEI… a fé, justiça e a misericórdia.

      portanto, Jesus comprova que o dízimo é da lei, assim como a fé, a justiça e a misericórdia!

      Abrãao não deu 10% de sua riqueza, e sim do que tomou na guerra (hebreus 7:4).

      E eu sei que vc está desesperado pq muita gente tá descobrindo a verdade sobre dízimos… por isso sei que vc ficou feliz da vida quando eu disse que deixaria de comentar aqui, pois vc sabe que não consegue provar que dízimo é isso que vcs ensinam, mas por causa das mentiras do edy mancebo contra a minha pessoa precisei voltar.

      Graças a Deus cada vez mais pessoas estão descobrindo o que foi o dízimo… uma lei para israelitas…

      aliás, minhas perguntas vc não respondeu… aonde na bíblia vemos um cristão dando dízimo? aonde vemos alguém de fora de israel dando dízimo? vai continuar se fazendo de desentendido ?

  44. Edson Souza disse:

    “vai arrebentar disse: 24 de novembro de 2013 ás 1:31 am
    Poxa que bacana.
    essa serie vai fazer juntar todo tipo de pessoa mundana para assisti la.
    e depois entra logo em seguida pegando só as pessoas que estão no mundo, entra a programação, como a rede de pesca, pronta para pescar os homens desse mundo.”

    Que gente mais doente.

    Macedo dono da record pagando uma serie profana e imoral cheio de perversão para depois ganhar alma pra Jesus?
    Isso não existe.
    Só um puxa saco do sr Burns pra aceitar um negocio desse.

    O seu deus vai se arrebentar com certeza não é nosso Deus verdadeiro.

  45. clamando disse:

    quem sera os ganhadores deste debate, onde muitos postam que dar dízimo e ofertas é roubo, é falcatrua, ou daqueles que dizem que pela fé e amor a igreja o fazem, seguindo o exemplo de JESUS que também pagou o dízimo, e impostos da sua época difícil dizer.
    mas se olharmos com atenção as obras de cada um, talvez possamos ver a realidade , a verdade.
    sim existem muitos que recebem dízimos e ofertas e que enriquecem junto com ele, macedo rr valdemiro silas feliciano terra nova e mais alguns sem muita expressão , mas também tem aqueles que recebem e aplicam no reino de DEUS e não enriquecem junto com ele, mas ambos de alguma maneira devolvem algo para DEUS tanto o que enriquece como aquele que não enriquece, vemos missões esplhadas p-elo mundo , por lugares inatingíveis pelo evangelho, por causa de muitas circunstancias desfavoraveis , em países mulçumanos, na africa na india, na russia que até bem poucos anos atras mandava missionarios pregadores para morrer na sibéria,e hoje evangelizada, foi o unico pais totalmente contra o casamento gay, por causa de sua fé, vemos ajuda humanitária, por lugares impossíveis de entrar de outros países, e estas igrejas fazem, isto, aqui mesmo, saem muitas noticias de muçulmanos, que iriam se matar ou matavam outras pessoas, e agora convertidos pelos missionários enviados por estas igrejas que recebem dízimos e ofertas, …quanto valeria ou qual o valor de uma alma para que se possa pagar? quem poderá falar contra a salvação, ou quem, poderá reclamar do dinheiro dado nestas igrejas? será que quem da o dízimo reclama? wsera que quem da o dízimo vem para os sites reclamar, de como é gasto seu dízimo? sera que quem da o dízimo nestas igrejas está preocupado como vive seu pastor ou lider? esta é minha resposta, mas creio que muitos outros vão postar, não não conheço ninguém que de o dízimo e venha reclamar
    em contra partida, temos a turma que diz que não se deve dar dízimo por varios motivos, mas o principal é que é lei e esta não existe para os cristão nos dias de hoje, escrevem textos longos em defesa desta tese, debatem apresentam enormes listas, e não vemos quase ninguém apoia-los, a não ser ateus gays e afins, também qiuando indagados sobre suas obras em favor do reino de DEUS, se postam claramente contra a igrejas templos, dizendo não serem necessários, que podem se reunir em casa mesmo, se postam contra missões dizem que não precisa, sim pois para fazer missões é necessário dinheiro, e eles nunca apresentam projeto para tal acontecer, não apresentam solução para o problema financeiro,l são contra pastores dizendo só existir um pastor e este JESUS , mas o próprio diz que deixou uns para evangelista e outros para pastores, perguntado sobre as almas que ganharam, postam com grande orgulho alguns , bem poucos que desviaram da igreja tradicional, e conseguiram tirar para não darem dízimos…..se olharmos com atenção…e não precisa muito, fica facil dizer onde o senhor está e onde ele passa longe
    Agora falando do estado de direito democrático perguntar sobre o mal empregado nosso impostos em politicos evang. e impios e de todas as seitas, que nos roubam descaradamente recebendo salarios para não fazer nada em troca, onde só no primeiro semestre foram gastos mais de 2 bilhões e 800 milhões com eles, onde eles estão quando financiamos mais de 1300 ongs estrangeiras só dentro da amazonia, estão roubando tecnologia brasileira educando os indios para serem armas de guerra contra nossa nação, sim pois nas deles foram dízimados, sem falar nas ongs que todos os dias roubam a nação, dinheiro para financiar grupos gays contra a própria igreja, sim é muito dinheiro quando somado junto, mas dividam, entre milhares de igrejas, e veram que é pouco, e em contra partida, nós os cristãos recuperamos vidas drogados do alcool do grac da maconha da cocaina pesoas que estavam perdidas no fundo do poço, sem esperança um peso para o governo que deixa milhares morrer todos os dias, dinheiro gasto com internações com remédios com hospitais, e ainda com dinheiro pago pela previdencia, para encostar, sim recebem beneficio, seus filhos jogados na rua, problema social enorme , precisa de agentes do conselo tutelar indas e vindas de orfanatos de casas de recuperação, agora tirados da rua não dão mais despesas para o governo,.
    por fim transformados agora não só se tornam cidadãos exemplares bem como começam a produzir e pagar impostos a este mesmop governo que fala das igrejas…então aq2ui ateus governo gays são contra os dízimos…e a favor a igreja que trabalha e apresenta frutos……POR ISTO EU DIGO CONTINUEM A ATIRAR PEDRAS….SEU DESTINO ESTÁ SELADO, SIM POIS QUEM DÁ NÃO COMETE PECADO, POIS FAZ POR FÉ E AMOR, MAS QUEM NÃO DA E NÃO FAZ NADA, NÃO DA FRUTOS, E A ESTES CRISTO É BEM CLARO LANÇAI A ESTES LA FORA ONDE A CHORO E RANGER DE DENTES….

    1. Anny disse:

      E, se voltarmos na lei que fora direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio do Senhor Deus e, se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são sacerdotes levitas. E Jesus afirmou que a lei e os profetas duraram até João (Lucas 16.16), e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz mudança na lei (Hebreus 7.12).

      Portanto amados, apenas esses três versículos (5, 11,12) do capítulo 7 da carta aos Hebreus, seriam suficientes para entendermos a abolição de toda lei, e não falarmos mais em obras mortas, como o dízimo no tempo da Graça do Senhor Jesus.

      1. STARDUST disse:

        Anny

        novamente meus parabéns. Mesmo sendo ateia está dando uma aula de bíblia nos que querem tomar 10% da nossa renda e usar a conversa de que isso é o dízimo mencionado em leviticos 27 e malaquias 3…

        Até os ateus sabem responder biblicamente o que FOI o dízimo… a décima parte de frutos da terra e animais a serem entregues somente pelos israelitas em favor dos levitas.

      2. levi varela disse:

        Anny,

        Minha cara, a bíblia fala que o mau professor responderá pelo mau caminho ensinado.

        Vejo em você uma mestre a qual, em razão disso, quero segui-la.

        Tenho como certo que você destacou e bem o que deveria ser, mas quero firmeza para mudança de rumo como o sacerdócio também o foi, então me diga, se a lei de Moisés foi extirpada com Cristo, tenho como certo, até porque quero fazer tudo isso, que os dez mandamentos não mais existem.

        Ou seja, posso agora matar, roubar, adulterar, adorar outros deuses, faltar com a verdade? Pergunto pelo fato de que essas leis somente vieram a partir de Moisés, mas você disse que tudo foi apagado, Cristo apagou o que tudo o que Deus fez no passado,

        Responda logo que eu quero cair na gandaia, tem uns diabinhos aqui no meu ouvido mandando eu fazer as coisas, se bem que se você confirmar, aí não são diabinhos, sim anginhos querendo me libertar. Rápido, rápido, rápido na resposta.

  46. Edson Souza disse:

    A PERGUNTA QUE O ARREBENTAR FOGE DE RESPONDER:

    se dízimo é obrigatório para os cristãos, aonde na bíblia vemos um cristão dando dízimo?

    1. levi varela disse:

      Edson,

      Responda esta também.

      Onde no novo testamento você aponta um texto apenas em que condene as doações na forma de ofertas, dízimos e cem por cento? Qual o cristão que condenou?

      Responda que em passo pro seu lado e do stardoid.

      1. Anny disse:

        , PREGAI, DIZENDO: É CHEGADO O REINO DOS CÉUS.
        8- CURAI OS ENFERMOS, LIMPAI OS LEPROSOS, RESSUSCITAI OS MORTOS, EXPULSAI OS DEMÔNIOS: DE GRAÇA RECEBESTES DE GRAÇA DAÍ.
        9- NÃO POSSUAIS OURO, NEM PRATA, NEM COBRE, EM VOSSOS CINTOS,
        NESSES TRÊS VERSÍCULOS, O SENHOR JESUS FOI BEM CLARO COM SEUS DISCIPULOS DIZENDO QUE A PREGAÇÃO DA GRAÇA E DO EVANGELHO SERIA DE GRAÇA E NÃO DEVERIAM COBRAR POR ISSO, ELE DISSE ‘DE GRAÇA RECEBESTES, DE GRAÇA DAÍ’. E DEPOIS DISSE A ELES ‘NÃO POSSUAIS OURO’

        1. STARDUST disse:

          Anny

          A palavra de Deus diz: “” de graça recebestes, de graça dai””…

          Mas eles só querem receber… começa com 10%… depois é o seu tudo!!!

        2. levi varela disse:

          Anny,

          As passagens que você descreve são referentes à palavra, curas e demais coisas.

          Nas igrejas que frequentei e na que meu pai era pastor, nunca se cobrou por pregação, por curas, por batismos.

          Nunca encontrei evangélico algum dizendo: eu fui expulso da igreja por não ter pago a taxa da mensagem de hoje, o batismo com espírito santo, a cura, muito menos vi crente algum dizendo que foi expulso da igreja por nunca ter ofertado, por nunca ter dado o dízimo.

          Ora, até mesmo esses pastores que evangelizam pedindo dinheiro nunca vi dizendo que expulsariam os crentes e que quem não desse seria amaldiçoado por eles também não.

          Ligue aí para stardoid, que você precisa de uma vaga também, pois a esquizofrenia está braba, está trocando as bolas.

    2. vai arrebentar disse:

      O esdon vc e o stardoid
      são dois doidos mesmo
      EU JA RESPONDI ISSO UMA PORÇÃO DE VEZ.
      EU JA DISSE QUE JESUS CUMPRIU TODA OBRIGAÇÃO(LEI) NA CRUZ DO CALVÁRIO.
      Sendo assim todas as nossas atitudes com respeito a DEUS tem que ser por fé, de maneira voluntaria, até o perdão tem que ser voluntario.

      SEJA OFERTA, SEJA DIZIMO, SEJA LOUVOR, SEJA PERDÃO SEJA QUAL FOR A ATITUDE COM RESPEITO A DEUS, ESSAS TEM QUE SER MOVIDAS PELA FÉ VOLUNTARIA.
      Por isso JESUS disse: QUEM QUISER, VIR APÓS MIM, NEGUE SE A SI MESMO TOME A SUA CRUZ E SIGA-ME.
      O apostolo paulo disse: TUDO QUE SE FAZ SEM FÉ É PECADO…

      VÊ SE VC ENTENDE DE VEZ. DIZIMO ASSIM COMO OFERTA E UMA QUESTÃO DE FÉ, ELE NÃO É OBRIGATÓRIO.
      Porém isso não inseta de ser roubo.quando não é devolvido.
      pois DEUS disse: MINHA É A PRATA E MEU É O OURO.

      E outra não é so evangelicos que deveriam devolver dizimo , mas todos os seres humanos.
      POIS JESUS COMPROU TODAS AS ALMAS COM SEU SANGUE.

      Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá…

      JESUS É DONO DE TODAS AS ALMAS, Sendo assim ele tem o direito de receber as primicias de todas, porém como o seu amor é infinito, ELE NOS DEIXA LIVRE PARA SERVI-LO DE LIVRE E ESPONTÂNEA VONTADE.

      1. STARDUST disse:

        arrebentar

        chega deses textos longos e sem nexo e responda logo a simples pergunta:

        ” se dízimo é para os cristãos, aonde vemos na bíblia um seguidor de Cristo dando dízimo?”

        1. vai arrebentar disse:

          VC REALMENTE É UM STARDOIDO.

          EU JA RESPONDI ISSO MIL VEZES PARA VC SEU INERGUMINO.

          No dia de pentecostes todos que ali estavam tinham devolvido a DEUS suas primicias pois ninguém poderia estar ali de mãos vazias…

          1. STARDUST disse:

            aonde tá escrito isso que vc disse na bíblia?

        2. levi varela disse:

          Stardoid,

          Nem precisou ser seguidor de Cristo, Ele mostrou a viúva pobre dando dez por cento, em verdade não foi apenas isso, sim cem por cento. E olha que Cristo elogiou, meu caro, e disse que aquele era o exemplo, não dez porcento que você se nega a dar, veja o que eu disse, “a dar”.

          1. STARDUST disse:

            levi

            dízimo era 10% de colheitas e animais… dízimo nunca foi dinheiro.

            A viúva pobre de lucas 21, deu 2 moedas, ou seja 100% do que tinha. Isso foi uma oferta.

            e nenhum lugar da bíblia diz que aquela senhora deu dízimo.

          2. levi varela disse:

            Stardoid,,

            Será que as moedinhas dela eram da pensão?

            Meu caro, ela deve ter feito algum serviço na agricultura, vendido algum peixe decorrente da pesca, aí correu e entregou tudo, 100% à igreja.

            Se era doação, então por quê Cristo comparou com o dízimo do fariseu?

            Meu caro, se você fosse juiz, teria que ser um juiz ao pé da letra nos moldes de um personagem do humor brasileiro que

            “QUERIA AS COISAS NOS MÍNIMOS DETALHES”

            Eu não sei, mas se um dia teu médico recomendar que não tome mais café, ao certo somente vai almoçar, pois aqui no Brasil o desjejum se chama café.

            EU SOU BIRUTAaaaaaaaaaaaaaaa

  47. levi varela disse:

    Stardoid,

    Meu caro, somente agora li a coluna.

    Concito a você mudar de estratégia. O povo não está dando ouvidos à sua pregação.

    Ou você é um mal comunicador, ou você está usando uma ferramenta equivocada.

    Se bem que pode ser o seguinte. Os evangélicos vendo que tem muita gente se corroendo de rancor contra a parte financeira, passaram a ter o entendimento de que é este o ponto que abala o diabo e seus anjos. Aí passam a dar mais, os que não doaram ainda, passam a doar. Sei não, eu sugiro que faça uma reunião com pitágoras no intuito de minerar novas fontes de posturas.

    Você disse que havia convencido algumas pessoas de não mais doar, aí veio a receita e peremptoriamente o desmentiu, mas será que você está com a razão, a Receita, não?

    Com a palavra!!!

    1. vai arrebentar disse:

      KKKKKKKKKK
      Essa gostei o levi
      KKKKKKKK

      STARDOID
      KKKKKKKKKKKK

    2. STARDUST disse:

      levi varela

      realmente a receita afirma que as denominações arrecadam 39 milhões por dia, um valor consideravel, mas pode ter certeza que esse valor já foi maior.

      Pois muitos já aprenderam o que foi o dizimo na vdd e se libertaram desse engano. E estão ofertando no que realmente vale a pena investir… pessoas!

      Dê suas ofertas diretamente aos pobres, se quiser ajudar sua denominação, ajude, mas a prioridade são os necessitados.

      1. levi varela disse:

        Stardoid mesmo, olhe o que você falou acima:

        …ofertando no que realmente vale a pena investir… pessoas!

        Investir, meu caro?

        Na linguagem mundana, investimento é coisa que se espera retorno na mesma moeda.

        Cristo fala em dar, nunca em investir, pois você estaria fazendo Deus uma casa da moeda, aliás essas palavras são muito usadas por você.

        Reveja o que você falou, pois quem faz algo pelas pessoas não pode e nem deve esperar nem dela e nem de Deus retorno, pois seria uma situação de intercâmbio, tá vendo como eu aprendi com você? Mas somente retive o que edifica, pois até do mal a gente tira coisas boas.

  48. STARDUST disse:

    A VERDADE SOBRE OS DÍZIMOS

    OBSERVAÇÃO: Sugerimos aos amados em Cristo, a ler o texto até o fim, preferencialmente acompanhado da sua bíblia, para que tenham fundamento bíblico para formar uma opinião consistente.

    O que é dízimo?

    Imediatamente você poderá imaginar: Dez por cento dos meus rendimentos para os cofres da igreja. Mas, será que Deus ainda exige que pratiquemos alguma ordenança da lei do Antigo Testamento (da qual foi instituído o dízimo), mesmo depois do sacrifício do Senhor Jesus para remir o homem do pecado? Vamos conhecer a verdade que envolve esse MITO chamado dízimo, o qual está sendo levado aos fieis de forma desvirtuada, por muitos pregadores.

    Porém, antes de iniciarmos o nosso estudo, vamos à consulta aos dicionários da língua portuguesa, sobre o nosso assunto:

    Dízimo: A décima parte.

    Dízima: Contribuição ou imposto equivalente a décima parte dos rendimentos.

    Como podemos observar, dízimo é a décima parte (de qualquer coisa) menos dos seus rendimentos. Porque a fração equivalente a dez por cento dos rendimentos chama-se dízima. Porque então os pregadores pedem dízimo? A confusão começa por aí, porque na lei de Moisés, a qual foi por Cristo abolida (Hebreus 7.12,18,19), o dízimo nunca foi dinheiro para os cofres das igrejas.

    Os dízimos aos levitas eram dez por cento das colheitas dos grãos, dos frutos das árvores e da procriação de animais que nasciam no campo em um determinado período. Resumindo: O dízimo era alimento destinado a suprir as necessidades dos levitas que não tinham parte nem herança na terra prometida. Vejamos:

    Deuteronômio 14.24-27: E quando o lugar que escolher o Senhor teu Deus para fazer habitar o seu nome, for tão longe que não os possa levar, vende-os e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o Senhor teu Deus e compre tudo o que a tua alma desejar, e come ali perante o Senhor teu Deus, e alegre tu e tua casa. Porém, não desamparará ao levita que está dentro das tuas portas e não tem parte e nem herança contigo.

    Considere a profundidade do texto bíblico onde o Senhor evidencia que, se o lugar que escolheu o Senhor teu Deus, para levar o seu dízimo, for tão longe que não os possa levar, Ele instruiu, que o seu dízimo deveria ser vendido, e o dinheiro atado na tua mão, (observe que não é na mão de nenhuma outra pessoa), ir ao lugar que escolheu o Senhor, e comprar o que a tua alma desejar, para ali fazer habitar o nome do Senhor Deus.

    Portanto, se o dízimo fosse dinheiro, o Senhor não iria mandar vender o que já era espécie.

    O dízimo na lei de Moisés nunca foi oferecido da forma como está sendo feito hoje, porque o dízimo foi destinado para suprir as necessidades dos levitas, mas hoje, não há mais a personagem representativa do levita entre nós.

    Porém, alguém poderá apontar para Malaquias 3.10 tentando justificar que fora ordenado ao dízimo, ser levado para casa do tesouro. No entanto se meditarmos nos livros de II Crônicas 31.5-12 e Neemias 12.44-47 vamos entender melhor o porquê Malaquias mandou levar o dízimo a casa do tesouro. Disse o Senhor: Para que haja mantimento na minha casa. E o que é mantimento?

    Aquilo que mantém, provisão, sustento, comida, dispêndio, gênero alimentício, etc. Leia o estudo A REVELAÇÃO DO CAPÍTULO 3 DE MALAQUIAS para discernimento espiritual sobre a Palavra do Senhor texto.

    Ainda em II Crônicas 31.13-19, a lei menciona que o dízimo era partilhado às comunidades dos levitas que trabalhavam nas tendas das congregações, segundo o ministério que cada um recebera do Senhor.

    Hoje o dízimo está sendo direcionado para o líder ou para o dono da igreja, como também a cúpula de organizações religiosas, onde ninguém mais sabe a que fim se destina esse montante. Enfim, o dízimo não foi criado para assalariar o dirigente da igreja ou para prover as despesas pessoais desses, nem tão pouco para realizar obras missionárias ou para construir templos.

    OS DÍZIMOS ANTES DA LEI

    O DÍZIMO DE ABRAÃO – Gênesis 14.18-20: Abraão deu o dízimo dos despojos da guerra ao Rei Melquisedeque, sacerdote do Deus altíssimo, e foi por ele abençoado.

    O DÍZIMO DE JACÓ – Gênesis 28.20-22: Jacó fez um voto ao Senhor, prometendo dizimar tudo quanto ganhasse, se em sua jornada fosse por Ele protegido e abençoado.

    Em ambos acontecimentos, não há registro na palavra que tenha havido ordenanças para que se dizimassem. Especificamente nesses casos, os dízimos foram oferecidos de forma voluntária, espontânea, ou por voto, em retribuição e agradecimento, honra e glória ao Senhor Deus, pelas bênçãos recebidas e pelas vitórias conquistadas.

    Assim sendo, hoje não se pode tomar como exemplo os dízimos de Abraão e Jacó, como fundamento para implantá-los como regra geral de doutrina na igreja, com o propósito de receber bênçãos e salvação, em nome de uma lei que fora por Cristo abolida.

    O DÍZIMO PELA LEI

    Números 18.21-26: O pagamento do dízimo foi ordenado pela lei do Antigo Testamento, e tinha caráter de caridade, pois a sua principal finalidade era suprir as necessidades dos Levitas que não tinham parte nem herança na terra prometida, e também dos estrangeiros, órfãos e viúvas.

    Deuteronômio 14.29: Então virá o levita (pois nem parte nem herança têm contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda a obra das tuas mãos que fizeres.

    Está na palavra, o dízimo foi criado por Deus, com a finalidade exclusiva de caridade aos necessitados, hoje é empregado para outros fins diversos daquele que o Senhor ordenou.

    Mas, ainda que os dirigentes das igrejas revertessem todo tributo dos dízimos e ofertas em obras sociais, ainda não estavam em conformidade com a palavra do Senhor, pois além do dízimo ter sido abolido (Hebreus 7.5-12), a caridade ou amor ao próximo, é algo muito profundo, é individual e intransferível, é uma obra entre você e o Senhor teu Deus (Mateus 6.1-4).

    Outro detalhe interessante que precisamos conhecer, quando o dízimo foi instituído pela lei (Números 18.20 a 24) com a finalidade de manter os filhos de Levi que administravam o ministério nas tendas das congregações, os quais não receberam parte nem herança na terra prometida, (Números 18.24”b”), o Senhor declarou que os filhos de Levi não teriam nenhuma herança no meio dos filhos de Israel.

    Como também fora ordenado as demais tribos de Israel, que dizimassem aos Levitas, o necessário para a manutenção cotidiana, porque não possuíam nenhuma herdade. Hoje, a situação está a revés da Palavra, os trabalhadores, a maioria deles assalariados, ofertam o dízimo para os que vivem sem trabalhar, e em abundância de bens.

    O DÍZIMO NO EVANGELHO DE CRISTO

    No Evangelho de Marcos 16. 15, 16, disse Jesus: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado.

    Observem que o Senhor Jesus mandou pregar o Evangelho, para que crendo, recebamos a salvação (I Coríntios 15.1, 2). Esse foi o propósito do Senhor ao oferecer o seu sangue em sacrifício vivo. E onde está a ordenança para o dízimo, senão no Antigo Testamento? Porque então o homem persiste em pregar e manter as ordenanças da lei, as quais foram por Cristo, abolidas? Pregar a velha aliança é exumar uma lei sucumbida e mutilar o Evangelho de Cristo, sobrecarregando as ovelhas do pesado fardo que Cristo levou sobre si.

    No Evangelho de Cristo Ele nos ensina fazer caridade, nos ensina a orar, a jejuar (Mateus 6.1 a 18), e uma infinidade de outros ensinamentos, porém nas duas únicas vezes que Ele referiu-se aos dízimos, foi com censura. Vejamos:

    Mateus 23.23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas e não omitir aquelas.

    Alguém poderá considerar que Jesus ordenou que se dizimássemos, porque Ele disse: Deveis fazer estas coisas. Vamos buscar o entendimento espiritual na palavra do Mestre:

    Jesus era um judeu, nascido sob a lei (Gálatas 4.4). Portanto, viveu Jesus na tutela da lei de Moisés, reconhecendo-a, e disse dessa forma, pela responsabilidade de cumprir a lei. Vejamos:

    Mateus 5.17,18: Disse Jesus: Não cuideis que vim abolir a lei e os profetas, mas vim para cumpri-la, e, nem um jota ou til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.

    E verdadeiramente Ele cumpriu a lei. Foi circuncidado aos oito dias, foi apresentado na sinagoga (Lucas 2. 21-24), assumiu o seu sacerdócio aos trinta anos (Lucas 3.23, Números 4.43, 47), curou o leproso e depois o mandou apresentar ao Sacerdote a oferta que Moisés ordenou (Mateus 8.4, Levíticos 14.1…), e cumpriu outras formalidades cerimoniais da lei.

    Porém, quando Cristo rendeu o seu espírito a Deus (Mateus 27.50,51), o véu do templo rasgou-se de alto a baixo, então passamos a viver pela graça do Senhor Jesus, encerrando-se ali, toda ordenança da lei de Moisés, sendo introduzido o Novo Testamento, o Evangelho da salvação do Senhor Jesus Cristo.

    O que precisamos entender de vez por todas, que Cristo não veio a ensinar os Judeus a viverem bem a Velha Aliança, Ele disse: Um novo mandamento vos dou (João 13.34)e, se a justiça provem da lei, segue-se que Cristo morreu em vão (Gálatas 2.21).

    Em Mateus 5.20 disse Jesus à multidão e aos seus discípulos: Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus.

    Observem que o Senhor Jesus Cristo mandou justamente os escribas e fariseus (os quais o Senhor sempre os tratava por hipócritas, falsos) que cumprissem a lei de Moisés, lei que ordenava o dízimo. Nós porém, para herdarmos o reino dos céus, não podemos de forma alguma voltar no ritual da lei Mosaica como faziam os escribas e fariseus, com hipocrisia, mas precisamos exceder essa lei, a qual foi por Cristo abolida. O amor, a graça e a paz do Senhor Jesus excede a lei de Moisés e todo entendimento humano.

    A Segunda vez que o Senhor Jesus referiu-se ao dízimo, foi na Parábola do Fariseu e do Publicano (Lucas 18.9 a 14) e outra vez censurou os dizimistas. Tomou como exemplo um homem religioso, que jejuava duas vezes por semana e dizia ser dizimista fiel, porém, exaltava a si mesmo e humilhava um pecador que suplicava a misericórdia do Senhor.

    Isso acontece hoje exatamente da mesma forma, muitos ainda exaltam-se dizendo: “Eu sou dizimista fiel”, mas nesta narrativa alegórica, o Senhor Jesus Cristo exemplificou que no Evangelho não há galardão para os dizimistas fieis, ao contrário, Jesus sempre os censurou.

    1. vai arrebentar disse:

      JESUS CENSUROU?
      ORA FOI JESUS QUEM DISSE:
      FAZEI ESTAS COISAS SEM OMITIR AQUELAS…
      E Ainda disse: dai a DEUS O QUE É DE DEUS E DAI A CESAR O QUE É DE CESAR…

      1. STARDUST disse:

        Essa passagem de ” ao césar e a Deus ” não fala sobre dar imposto ao “césar” e dízimos a Deus… vamos examinar as escrituras, coisa que os que recebem dizimos tem pavor que os membros façam:

        A passagem que eles distorcem é essa:

        “Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (Lucas 20:25, Marcos 12:17 e Mateus 22:21)

        E dizem que Jesus se referia ao dízimo, mas vamos estudar essa passagem e verificar se procede tal ensino:

        Quem estava cobrando o imposto do povo era o César, cuja moeda tinha sua imagem (Marcos12:16). Quando o Senhor Jesus mandou dar a César o que era de César, o Senhor Jesus mandou pagar o imposto a César, porque era o César que estava cobrando o imposto do povo.

        “Dai a Deus o que é de Deus” (Marcos 12:17). Aqui o Senhor Jesus não esta cobrando o dizimo e nenhum outro tipo de imposto em dinheiro. Onde há , no novo Testamento, alguma passagem em que o Senhor Jesus e o Apóstolo Paulo (nosso apóstolo, a luz nossa- Atos 13:47. Atos 9:15), onde Eles mandam pagar o dízimo ou se Eles mandam pagarem algum tipo de imposto para Deus, mas sim, darmos aos pobres e necessitados. Então, o Que é de Deus e o que temos que dar a Deus? Temos que dar: o LOUVOR, A HONRA E A GLORIA à Deus (1Pedro 1:7-8), são essas coisas que são de Deus e que Deus quer dos seus filhos, o reconhecimento que Ele é tudo acima de todos!

        Vamos relembrar: Dai o imposto a César, porque era o César que estava cobrando o imposto do povo e Dai: O LOUVOR, A HONRA E A GLORIA A DEUS (o reconhecimento que Ele é Deus). É impossível esta citação de Jesus se referir ao dízimo porque além do mais o dízimo era sempre alimentos (animais e produtos agrícolas) e portanto nunca era pago em dinheiro. Portanto quando alguém usa essa passagem: “Dai a César o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus”, para cobrar o dizimo dos fiéis, tal pessoa (pastores, lideres religiosos) está sem entendimento ou está falsificando a palavra do Senhor Jesus, conforme Paulo falou em: 2Corintios 2:17, 2Corintios 11:13, 1Timoteo 6:5, 1Timóteo 1:7, portanto apartai dos tais e dê aos pobres com as tuas próprias mãos, você estará dando ao Senhor Jesus e estará a sua direita para ir ao céu (Mateus 25:33-46).

        Agora, aos que ainda insistem em dizer que Jesus mandou dar o imposto ao “césar” e o dízimo que segundo eles seria o imposto de Deus, para Deus ( obviamente devendo ser entregue na mão dos pastores ), vamos ver uma passagem ignorada pelos defensores dessa passagem:

        ” Mateus 17:24 – Tendo eles chegado a Cafarnaum, dirigiram-se a Pedro os que cobravam o imposto das duas dracmas e perguntaram: Não paga o vosso Mestre as duas dracmas?

        Mateus 17:25 – Sim, respondeu ele. Ao entrar Pedro em casa, Jesus se lhe antecipou, dizendo: Simão, que te parece? De quem cobram os reis da terra impostos ou tributo: dos seus filhos ou dos estranhos?

        Mateus 17:26 – Respondendo Pedro: Dos estranhos, Jesus lhe disse: Logo, estão isentos os filhos.

        Mateus 17:27 – Mas, para que não os escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, e o primeiro peixe que fisgar, tira-o; e, abrindo-lhe a boca, acharás um estáter. Toma-o e entrega-lhes por mim e por ti ”

        Vemos nessa passagem. claramente Jesus ordenando a Pedro que pescasse, e o peixe que pegasse da boca dele tirasse um estáter ( moeda de prata que valia 4 dias de trabalho ) e pagasse o imposto de césar… mas não vemos Jesus mandando pagar o dízimo… ou seja, Jesus mandou pedro dar o imposto de césar, mas não mandou pedro dar o dízimo da mesma forma…

        portanto, a própria biblia desmente essa lenda de que Jesus mandou dar o imposto de césar e pagar o dízimo ( imposto de Deus ) para Deus…

        É só ler a bíblia que esses lobos devoradores ( mateus 7:15 ) que exigem dízimos são desmascarados!

        1. vai arrebentar disse:

          OLHA SÓ como a falta de discernimento espiritual, impede da pessoa entender as coisas de DEUS, e ainda a deixa cega…

          O stardoid.
          Quando Eles cobraram imposto de JESUS ele logo ensina algo muito importante para pedro, mostrando para ele e logico para seus discípulos futuros como seria o sustento de sua obra…
          1º JESUS e cobrado pelo imposto.
          ASSIM COMO A IGREJA HOJE É COBRADA PELA energia que usa, pelo agua que usa, pelo espaço que utiliza, alugueis etc.
          COMO RESOLVER ISSO? Pra que a igreja não viva endividada e escandalizada?
          JESUS ENSINOU PARA PEDRO. VÁ AO MAR( a bíblia quando se refere ao mar se refere também as nações e povos do mundo) Lança o ANZOL e o primeiro peixe que pescar abre lhe a boca e tira o estáter e de por mim e por ti.

          VEJA SÓ QUE quando a biblia se refere a peixes esta se referindo a almas,
          tanto é que JESUS disse a pedro que faria dele pescador de homens.

          ele deveria retirar de dentro do peixe um estáter, e primeiro da por JESUS( por mim) e depois por pedro ( por ti) E assim seria resolvido o problema financeiro deles…

          QUANDO se pesca uma alma(peixe) do mundo(mar) a primeira coisa que deve ensinar a ela é o dizimo( a moeda na boca do peixe é o dizimo da alma que vem do mundo) e com essa primícia que JESUS disse que 1º deve ser usado para pagar o imposto referente a ele ou a obra. nos dias de hoje= agua luz aluguel etc o dizimo deve ser ensinado para que se pague primeiro todas as despesas da obra.
          E DEPOIS POR TI.
          Quer dizer somente depois de primeiro devolver o que é para as despesas da obra que se vai usar por ela mesmo…

          JESUS NA VERDADE NÃO MANDOU DEVOLVER O DIZIMO DO ESTÁTER PARA OS SACERDOTES, MAS MANDOU DAR PRIMEIRO( Significando as primícias ) POR ELE .
          MOSTRANDO QUE OS DÍZIMOS DEVERIA SER USADO PARA SUSTENTO DA OBRA DELE..

          Ou vc acha que os dízimos são para ficar guardado em bancos?
          NÃO, SEGUNDO O ENSINAMENTO DE JESUS NESSA PASSAGEM PRIMEIRO DEVE SE PAGAR AS DESPESAS DA OBRA.

          TODA ALMA QUE É TRAZIDA DO MUNDO ELA TRÁS CONSIGO UM ESTATER EM SUA BOCA, PARA PAGAR AS DESPESAS DA OBRA PARA QUE A IGREJA NÃO FIQUE ESCANDALIZADA COM DIVIDAS.

          1. STARDUST disse:

            Arrebentar

            Esse seu texto grande aí só enrola no assunto… o que a bíblia afirma é isto… Jesus mandou pedro pescar um peixe, e da boca dele tirar uma moeda para PAGAR O IMPOSTO DE CÉSAR.

            ora, se dízimo fosse dinheiro e ” dar a Deus o que é de Deus” fosse menção ao dízimo, pq Jesus não mandou pedro primeiramente ir até o templo e dar o dízimo daquela moeda???

            A moeda foi usada inteiramente no pagamento do imposto de césar. E dízimo nem se ouve falar. Portanto mais uma prova que dízimo nunca foi dinheiro!

            Jesus não dou dízimo daquela moeda… será que Ele roubou a Deus, arrebentar? pois até falar que o Senhor Jesus fez um milagre injusto e que não beneficiou ninguém vcs já tão falando…

            quem será que está certo? vcs ou o Senhor Jesus? difícil decidir, não é?

  49. Edson Souza disse:

    “dízimos”

    Resposta: Hebreus 7:12 “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei.”
    versículo 18 “Portanto, por um lado, se revoga a anterior ordenança, por causa de sua fraqueza e inutilidade”. (a lei de Moisés foi revogada.)

    Então, tudo o que Moisés fez, tudo o que Arão fez, tudo que os Levitas fizeram, a Bíblia diz que foi revogado, foi mudado. Por quê? Porque era fraco e inútil.

    “Ofertas”
    Resposta:Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.2 Coríntios 9:7

    “cem por cento.”
    Resposta: Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o AOS POBRES, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.Mateus 19:21
    E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.
    Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.
    E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.Atos 4:33-35

    Em outras palavras Levi pode sim dar 100% como faziam nos tempos dos apóstolos pq era para dar AOS POBRES e não para enriquecer Macedo e seus paxtoris.

    Levi Valera
    Seja bem vindo companheiro. kkkkkkk

    1. vai arrebentar disse:

      pois é e por isso que JESUS disse:
      SE SOIS FILHOS DE ABRAÃO PRATICAI AS OBRAS DE ABRAÃO…

      Sendo assim dizimos nada tem haver com moises , e sim com as atitudes de fé de abraão.
      pois os da fé é que são filhos de abraão.

      1. STARDUST disse:

        abraão se circuncidou a mando de Deus (Gênesis 17:24)

        Temos que fazer a circuncisão tb?

        1. vai arrebentar disse:

          A circuncisão foi uma ordem de DEUS,
          e não uma atitude de fé de abraão.
          A CIRCUNCISÃO PARTIU DE DEUS PARA ABRAÃO E NÃO DE ABRAÃO PARA DEUS.

          JA o dizimo partiu de ABRAÃO PARA DEUS. COMO ATITUDE DE FÉ…

          Quando algo parte de DEUS para a pessoa , É LEI E MANDAMENTO.
          Quando a atitude parte da pessoa para DEUS é fé.

          1. STARDUST disse:

            logo, se é voluntário, não é obrigatório e nem significa que não dando se rouba a Deus.

            Vc está somente confirmando o que dizemos… que dízimo não tem nada a ver com salvação.

      2. Edson Souza disse:

        caiu em contradição de novo, en vai se arrebentar.

        Abraão não estava sob as leis de Moises.
        E se ele supostamente dava dízimos(fruto da terra) dava voluntariosamente. Ok?
        Então, eu tb não obrigado a da dízimos pq Abraão dava por livre e espontânea vontade e tb sou livre e daria quando eu quiser.
        E se vc for querer usar a lei de Moises ou Malaquias(lei já foram revogadas pelo Sumo-Sacerdote, Jesus Cristo)
        Ofertas volutarias da era do Cristianismo, SIM!
        DIZIMO OBRIGATÓRIO da leis de Moises, NÃO!

        Entendeu agora ou quer que eu desenhe?

        1. vai arrebentar disse:

          MAIS QUEM ESTA TE OBRIGANDO A DEVOLVER?
          ninguém esta lhe obrigando, tanto é que vc não devolve, e permanece com uma vida amarrada e derrotada…
          MEU CARO O DINHEIRO É SEU FAÇA DELE O QUE VC QUISER.
          PORÉM O dizimo sempre será de DEUS.
          Isso nunca mudou e nem vai mudar.
          BASTA VER O RESULTADO DA SUA VIDA FRACASSADA FRUSTRADA,
          E VIVE COM MEDO .
          E se vc tivesse tanta certeza que esta certo não ficaria tentando se auto convencer…
          A SUA VIDA DERROTADA É PROVA DE QUE SUAS ATITUDES SÃO ERRADAS.

          1. Edson Souza disse:

            Vai arrebentar o dizimo que vc dar não é de Deus e sim do Macedo, sustentando com a imundice a rede record.
            Profanando o santo nome do Senhor.

            Muda seu nick para CEGO DOS INFERNOS!! hauahuhau

          2. vai arrebentar disse:

            Olha vc diz que é do bispo.
            olha o bispo nem me conhece.

            E EU DEVOLVO DIZIMO HA 15 ANOS NA IURD.
            E a minha vida mudou de uma forma extraordinária.

            EU SEI DE UMA COISA,,, vc não serve nem para jardineiro meu.

            E AI? SERA QUE VALE A PENA ROUBAR A DEUS, E viver a vida destruída que vc vive?
            NEM DINHEIRO PARA LEVAR SUA FAMILIA EM UM LUGAR DIGNO VC TEM RAPAZ.
            VC É DAQUELES QUE CHEGA EM UM RESTAURANTE FULEIRA, E AINDA ESCOLHE O QUE VAI comer olhando do lado direito do cardápio.
            KKKKKK Essa é a vida do pobre miserável, come o que pode e não o que quer..

  50. Edson Souza disse:

    SEJA OFERTA, SEJA DIZIMO, SEJA LOUVOR, SEJA PERDÃO SEJA QUAL FOR A ATITUDE COM RESPEITO A DEUS, ESSAS TEM QUE SER MOVIDAS PELA FÉ VOLUNTARIA.
    Vai sonhando disse:

    VÊ SE VC ENTENDE DE VEZ. DIZIMO ASSIM COMO OFERTA E UMA QUESTÃO DE FÉ, ELE NÃO É OBRIGATÓRIO.
    Porém isso não inseta de ser roubo.quando não é devolvido.”

    Não obrigatório mais tá roubando a Deus. HAUHAUUAUHAUHAUHUHAUH

    To me rachando de rir aqui como pode ser tão herege.

    NÃO OBRIGATÓRIO,MAS TÁ ROUBANDO A DEUS?

    Existi isso?
    Tem algum advogado em nosso meio pra ensinar pra esse burrito que isso não existe?
    Se não é obrigatório então não estamos infringindo nenhuma lei vai se arrebentar.
    Então, não estamos roubando a Deus.

    Entendeu agora seu jumento?

    1. vai arrebentar disse:

      POR VENTURA VC É OBRIGADO A ACEITAR JESUS?
      Alguém disse que vc é obrigado a aceitar JESUS?
      POIS é vc não é obrigado porém se não aceitar vai para o inferno..

      SE VC VAI A UM MEDICO E ELE LHE DA UM DIAGNOSTICO E LHE DIZ PARA TOMAR UM REMEDIO, POIS SE NÃO TOMAR IRA MORRER..
      VC É OBRIGADO a tomar? por ventura o medico pode lhe obrigar a tomar o tal remédio?.
      porém se não tomar ira morrer…

      POR VENTURA ALGUÉM É OBRIGADO A ACEITAR JESUS?
      Porem quem não aceitar ira morrer e ir para o inferno.
      VC SABE O QUE SIGNIFICA.
      SE o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres.

      isso significa que quando uma pessoa e liberta por JESUS ela não fica obrigada a segui-lo.
      ela realmente é livre para escolher , segui-lo ou não…

      O DIZIMO É DE DEUS, POIS ALEM DE DEUS SER DONO DE TODA ALMA ELE TAMBÉM É DONO DE TODO OURO E DE TODA A PRATA…

      SE ELE É DONO E VC NÃO DEVOLVE VC O ESTA ROUBANDO…
      POR ISSO SUA VIDA É UMA DERROTA.

      1. Edson Souza disse:

        Mais vc acabou de dizer que NÃO É OBRIGADO DAR O DIZIMO?
        Como algo que não é obrigatório vai me gerar condenação, vai arrebentar?

        Quem vale mais o sacrifício de Jesus na cruz ou o dizimo?
        Pq quem vai me salvar é Jesus e não dízimos

        Acorda vai arrebentar dízimos é da lei de moises e a lei foi revogada por Cristo na cruz.
        Ofertas volutarias ou até mesmo tudo que tens se o Espírito Santos estiver nesse negocio.
        Mas esse ato de vender os bens,não é pra enriquecer ninguém com esse ato(pra ficar rico) e sim para ajuda OS PORES(nosso semelhante)

        Fio vc tá todo perdidinho em seus argumentos.

        1. vai arrebentar disse:

          Quer dizer então que o sacrifício de JESUS vai fazer aqueles que continuam roubando a DEUS entrarem no céu?
          KKKKKKKK O próprio JESUS expulsou o ladrão do céu.
          vc acha que ele vai levar outro?

          NÃO ADIANTA O EDSON VC ESTA ROUBANDO A DEUS.
          E o seu grande problema em querer se convencer de que não ha problema algum em continuar roubando a DEUS.
          E QUE SEU PAI MORREU ROUBANDO A DEUS.
          E ai vc quer se convencer de que não tem nenhum problema…
          ESTA ESCRITO: EU ODEIO A INIQUIDADE DO ROUBO.

  51. Paulo disse:

    Aqui o vai se arrebentar partindo pro extremo para defender a Record hahahaha

    http://youtu.be/sU5I4crsbyw

    1. Edson Souza disse:

      Deve ser o vai arrebentar.hauhauhau

      1. Edson Souza disse:

        Ele disse que derrama o sangue pra record se precisar.

        Um sacrifício para o deus mamom kkkkkk

    2. STARDUST disse:

      kkkkkkkkkk….

      1. Bereano Radical disse:

        kkkkkkkk.. depois do clamando cantando na igreja me acham o vai arrebentar rs..

        http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=sU5I4crsbyw

  52. maria jose disse:

    fui crítica como vocês no passado, mas quando tive problemas sérios na família ..quem me ajudou foram os dizimistas e ofertantes…graças a Deus por vocês. hoje está tudo bem! vocês não imaginam quantas famílias o dízimo e a oferta ajudam, famílias inteiras vivendo na miséria das drogas foram salvas materialmente e espiritualmente. eu não ligo que falem..um dia assim como eu vão bater lá naquela igreja que você criticou tanto ..vão ser os únicos que vão estender a mão.
    é evidente que não somos ingênuos de acreditar que não temos problemas..é evidente que temos picaretas em nosso meio..mas dura coisa é cair nas mãos do Deus vivo. não podemos parar a obra de Deus por causa de filhos do mal.

    1. Anny disse:

      Onde isso??tem familias inteiras morando nas ruas,crianças pedindo nos faróis,crianças nas ruas,pessoas que vão pras ruas por não poder pagar aluguel,as ruas cheias de mendigo!!onde esta essa ajuda??que cidade é essa que vc mora??que tem esse tipo de ajuda ??eu sinceramente nunca vi nada disso!

    2. clamando disse:

      é porque são liberais acostumados a semear a semente que o semeador deu a eles, quando mais fazem mais colhem, simples e elementar, quem semeia muito colhe muito, lei da semeadura, agora ladrões acostumados a desviar, sempre acharam argumentos, veja reportagem do gospel mais, mil cristãos de mil igrejas, foram sabatinados, por pesquisa de orgão serio americano, e veja as respostas, quem dízima, tem casa e carro próprio, não tem divida no cartão, e sente muito feliz….QUEM NÃO DA DIZ QUE QUEM DA É PORQUE SOBRA, NÃO POSSUEM CASA PRÓPRIA, MORAM DE FAVOR OU ALUGUEL, NÃO POSSUEM CARRO PRÓPRIO OU SE TEM DEVEM QUASE TODO OU É UM FUSCA VELHO, CLARO NÃO É QUE FUSCA NÃO SEJA CARRO HEHEHEHEH, DEVEM NO CARTÃO, E SÃO INFELIZES, EIS A DIFERENÇA, OS QUE DÃO, DÃO E FAZEM QUESTÃO DE DAR, O MISERAVEIS QUE NÃO DÃO NÃO O DÃO E CRITICAM QUEM DA….SIMPLES, PREFIRO DAR E SER FELIZ, A ROUBAR E VIVER NNA MISÉRIA FINANCEIRA E ESPIRITUAL

  53. vai arrebentar disse:

    OLHA SÓ como a falta de discernimento espiritual, impede da pessoa entender as coisas de DEUS, e ainda a deixa cega…

    O stardoid.
    Quando Eles cobraram imposto de JESUS ele logo ensina algo muito importante para pedro, mostrando para ele e logico para seus discípulos futuros como seria o sustento de sua obra…
    1º JESUS e cobrado pelo imposto.
    ASSIM COMO A IGREJA HOJE É COBRADA PELA energia que usa, pelo agua que usa, pelo espaço que utiliza, alugueis etc.
    COMO RESOLVER ISSO? Pra que a igreja não viva endividada e escandalizada?
    JESUS ENSINOU PARA PEDRO. VÁ AO MAR( a bíblia quando se refere ao mar se refere também as nações e povos do mundo) Lança o ANZOL e o primeiro peixe que pescar abre lhe a boca e tira o estáter e de por mim e por ti.

    VEJA SÓ QUE quando a biblia se refere a peixes esta se referindo a almas,
    tanto é que JESUS disse a pedro que faria dele pescador de homens.

    ele deveria retirar de dentro do peixe um estáter, e primeiro da por JESUS( por mim) e depois por pedro ( por ti) E assim seria resolvido o problema financeiro deles…

    QUANDO se pesca uma alma(peixe) do mundo(mar) a primeira coisa que deve ensinar a ela é o dizimo( a moeda na boca do peixe é o dizimo da alma que vem do mundo) e com essa primícia que JESUS disse que 1º deve ser usado para pagar o imposto referente a ele ou a obra. nos dias de hoje= agua luz aluguel etc o dizimo deve ser ensinado para que se pague primeiro todas as despesas da obra.
    E DEPOIS POR TI.
    Quer dizer somente depois de primeiro devolver o que é para as despesas da obra que se vai usar por ela mesmo…

    JESUS NA VERDADE NÃO MANDOU DEVOLVER O DIZIMO DO ESTÁTER PARA OS SACERDOTES, MAS MANDOU DAR PRIMEIRO( Significando as primícias ) POR ELE .
    MOSTRANDO QUE OS DÍZIMOS DEVERIA SER USADO PARA SUSTENTO DA OBRA DELE..

    Ou vc acha que os dízimos são para ficar guardado em bancos?
    NÃO, SEGUNDO O ENSINAMENTO DE JESUS NESSA PASSAGEM PRIMEIRO DEVE SE PAGAR AS DESPESAS DA OBRA.

    TODA ALMA QUE É TRAZIDA DO MUNDO ELA TRÁS CONSIGO UM ESTATER EM SUA BOCA, PARA PAGAR AS DESPESAS DA OBRA PARA QUE A IGREJA NÃO FIQUE ESCANDALIZADA COM DIVIDAS…

  54. clamando disse:

    quem sera os ganhadores deste debate, onde muitos postam que dar dízimo e ofertas é roubo, é falcatrua, ou daqueles que dizem que pela fé e amor a igreja o fazem, seguindo o exemplo de JESUS que também pagou o dízimo, e impostos da sua época difícil dizer.
    mas se olharmos com atenção as obras de cada um, talvez possamos ver a realidade , a verdade.
    sim existem muitos que recebem dízimos e ofertas e que enriquecem junto com ele, macedo rr valdemiro silas feliciano terra nova e mais alguns sem muita expressão , mas também tem aqueles que recebem e aplicam no reino de DEUS e não enriquecem junto com ele, mas ambos de alguma maneira devolvem algo para DEUS tanto o que enriquece como aquele que não enriquece, vemos missões esplhadas p-elo mundo , por lugares inatingíveis pelo evangelho, por causa de muitas circunstancias desfavoraveis , em países mulçumanos, na africa na india, na russia que até bem poucos anos atras mandava missionarios pregadores para morrer na sibéria,e hoje evangelizada, foi o unico pais totalmente contra o casamento gay, por causa de sua fé, vemos ajuda humanitária, por lugares impossíveis de entrar de outros países, e estas igrejas fazem, isto, aqui mesmo, saem muitas noticias de muçulmanos, que iriam se matar ou matavam outras pessoas, e agora convertidos pelos missionários enviados por estas igrejas que recebem dízimos e ofertas, …quanto valeria ou qual o valor de uma alma para que se possa pagar? quem poderá falar contra a salvação, ou quem, poderá reclamar do dinheiro dado nestas igrejas? será que quem da o dízimo reclama? wsera que quem da o dízimo vem para os sites reclamar, de como é gasto seu dízimo? sera que quem da o dízimo nestas igrejas está preocupado como vive seu pastor ou lider? esta é minha resposta, mas creio que muitos outros vão postar, não não conheço ninguém que de o dízimo e venha reclamar
    em contra partida, temos a turma que diz que não se deve dar dízimo por varios motivos, mas o principal é que é lei e esta não existe para os cristão nos dias de hoje, escrevem textos longos em defesa desta tese, debatem apresentam enormes listas, e não vemos quase ninguém apoia-los, a não ser ateus gays e afins, também qiuando indagados sobre suas obras em favor do reino de DEUS, se postam claramente contra a igrejas templos, dizendo não serem necessários, que podem se reunir em casa mesmo, se postam contra missões dizem que não precisa, sim pois para fazer missões é necessário dinheiro, e eles nunca apresentam projeto para tal acontecer, não apresentam solução para o problema financeiro,l são contra pastores dizendo só existir um pastor e este JESUS , mas o próprio diz que deixou uns para evangelista e outros para pastores, perguntado sobre as almas que ganharam, postam com grande orgulho alguns , bem poucos que desviaram da igreja tradicional, e conseguiram tirar para não darem dízimos…..se olharmos com atenção…e não precisa muito, fica facil dizer onde o senhor está e onde ele passa longe
    Agora falando do estado de direito democrático perguntar sobre o mal empregado nosso impostos em politicos evang. e impios e de todas as seitas, que nos roubam descaradamente recebendo salarios para não fazer nada em troca, onde só no primeiro semestre foram gastos mais de 2 bilhões e 800 milhões com eles, onde eles estão quando financiamos mais de 1300 ongs estrangeiras só dentro da amazonia, estão roubando tecnologia brasileira educando os indios para serem armas de guerra contra nossa nação, sim pois nas deles foram dízimados, sem falar nas ongs que todos os dias roubam a nação, dinheiro para financiar grupos gays contra a própria igreja, sim é muito dinheiro quando somado junto, mas dividam, entre milhares de igrejas, e veram que é pouco, e em contra partida, nós os cristãos recuperamos vidas drogados do alcool do grac da maconha da cocaina pesoas que estavam perdidas no fundo do poço, sem esperança um peso para o governo que deixa milhares morrer todos os dias, dinheiro gasto com internações com remédios com hospitais, e ainda com dinheiro pago pela previdencia, para encostar, sim recebem beneficio, seus filhos jogados na rua, problema social enorme , precisa de agentes do conselo tutelar indas e vindas de orfanatos de casas de recuperação, agora tirados da rua não dão mais despesas para o governo,.
    por fim transformados agora não só se tornam cidadãos exemplares bem como começam a produzir e pagar impostos a este mesmop governo que fala das igrejas…então aq2ui ateus governo gays são contra os dízimos…e a favor a igreja que trabalha e apresenta frutos……POR ISTO EU DIGO CONTINUEM A ATIRAR PEDRAS….SEU DESTINO ESTÁ SELADO, SIM POIS QUEM DÁ NÃO COMETE PECADO, POIS FAZ POR FÉ E AMOR, MAS QUEM NÃO DA E NÃO FAZ NADA, NÃO DA FRUTOS, E A ESTES CRISTO É BEM CLARO LANÇAI A ESTES LA FORA ONDE A CHORO E RANGER DE DENTES….
    Mateus 23:23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; DEVEIS, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.O que Cristo falou para os fariseus e escribas é que eles deviam FAZER ESTAS COISAS
    ( dizimar) mas não omitir O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ.a unica coisa que vejo é Cristo mandando dar o dízimo, me mostre onde ele diz para não dar, uma vez que aparece ele mandando dar, e não fale em lei judaica, pois o dízimo é anterior a lei, é por fé de abraão e de jacó, citado também por paulo em hebreus,,, mostre-me onde ele manda não dar mais o dízimo

    1. Anny disse:

      O que é berrante é que alguns membros se acostumaram a ouvir e a reproduzir tudo o que lhes chegam aos ouvidos, como que fossem a sã doutrina de Cristo, sem confrontar o que estão ouvidos com os textos sagrados, são como filhotes de passarinho que só ficam de bico aberto esperando que alguém coloque comida sem discernir entre a estragado ou a saudável, assim a sua fé enfraquece, e a Igreja de Jesus fica exposta as doutrinas judaizantes, e aos movimentos espúrios das teologias deturpadas e falsas de homens que se dizem ser de Deus.

      1. STARDUST disse:

        Anny

        a própria palavra de Deus fala sobre isso:

        “os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam de mãos dadas com eles; e é o que deseja o meu povo.” (jeremias 5:31a)

  55. STARDUST disse:

    Na nova aliança que temos em Jesus, sacrifícios não são necessários… muito menos esses falsos sacrifícios onde vc tem de tirar todo dinheiro das suas economias, vender carro, casa e dar na mão de “pastores”.

    Jesus dá o que precisamos pela fé, sem necessidade de se pagar pela benção:

    “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32)

    E outra, Desde o velho testamento, Deus já estava indicando que preferia o perdão de nossa parte, do que qualquer tipo de sacrifício:

    “Pois misericórdia quero, e não sacrifício…” (oséias 6:6a)

    Fato que o Senhor Jesus também confirma:

    ” Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não sacrifícios…” (Mateus 9:13a)

    Portanto, essa conversa de que vc tem que vender tudo o que tem e dar numa denominação para que Deus venha a ver a sua fé, não se comprova!

    Mas esses enganos já estão profetizados:

    ” também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.” (II Pedro 2:3 )

    Deus abençoe a todos!

  56. STARDUST disse:

    ATENÇÃO: DEVIDO A REPERCUSSÃO DO ESTUDO QUE DESMASCARA A FARSA DOS DÍZIMOS TER CAUSADO POLÊMICA E ATAQUES FEROZES DOS QUE SE RECUSAM A ACEITAR A VERDADE BÍBLICA SOBRE ESSA DOUTRINA MERCANTILISTA, VAMOS FAZER UM DESAFIO AOS “PRÓ-DÍZIMOS”…

    A falsa doutrina dos dízimos nos dias de hoje, ensina basicamente isso: Que todo cristão tem o mandamento bíblico de separar 10% de sua renda ( salários e ganhos diversos ) e entregar numa denominação evangélica aos cuidados de um suposto homem de Deus (notadamente, um pastor ou similar). A não entrega desse valor, chamado por eles de dízimo, pode acarretar, segundo essa doutrina, a sujeição do cristão aos ataques de um demônio chamado “devorador”, ser espiritual este, segundo ainda esta doutrina o mesmo mencionado em malaquias 3:11. O que não se sujeita a entregar os dízimos conforme especificado acima, também estaria pondo sua própria salvação em risco, pois ainda segundo essa doutrina, quem não dá dízimo é ladrão.

    Agora, porém, em confronto com essa doutrina de dízimos ainda perdurar e segundo eles ser obrigatória aos cristãos, estaremos fazendo 10 perguntas que os pastores que insistem em receber dizimos não conseguem responder:

    1 – Dízimo na bíblia sempre foi alimento (Levíticos 27:30,32 ; Deuteronômio 12:17)… aonde na bíblia ele se tornou dinheiro?

    2 – Dízimo era mandamento do velho testamento somente para os israelitas ( Levíticos 27:30-34) … aonde no novo testamento da bíblia, foi confirmado esse mesmo mandamento aos cristãos?

    3 – Dízimo deveria ser entregue somente aos sacerdotes levitas (Números 18:26, hebreus 7:5)… aonde na bíblia, os pastores de hoje substituiram esses sacerdotes levitas para poderem tomar dízimos?

    4 – Dízimo era destinado ao sustento dos levitas, dos órfãos, estrangeiros e viúvas (Deuteronômio 26:12)… aonde na bíblia ele se tornou exclusivo dos pastores e bispos das denominações evangélicas?

    5 – Se o mandamento do dízimo é anterior a lei de moisés, e abraão é exemplo de “dizimista fiel” antes da lei, então porque Abraão entregou dízimo somente dos despojos da guerra que ele venceu ( genesis 14:20; hebreus 7:4 ), e não de toda a sua riqueza já acumulada? (genesis 13:2 )

    6 – Se ” a césar o que é de césar e a Deus o que é de Deus “, é uma citação de Jesus sendo favorável ao pagamento de impostos desse mundo e da mesma forma pagamento de dízimos à Deus, então porque Jesus mencionou o pagamento do imposto de césar antes do “imposto de Deus”, visto que o dízimo deveria ser a primeira coisa a ser separada? Jesus disse ” a césar o que é de césar” e Jesus deu exemplo disso, ao pagar o imposto de césar (Mateus 17:24-27), para dar o exemplo que se deve pagar o imposto de césar ( impostos desse mundo ) mas se “a Deus o que é de Deus” se refere à dízimo, aonde Jesus devolveu dízimo, para nos esse exemplo, da mesma forma que fez ao pagar o imposto de césar?

    7 – Se devemos dizimar porque Jesus não falou nada contra o dízimo, então devemos nos circuncidar também? visto que Jesus também não falou contra a circuncisão aos israelitas e a circuncisão também é mencionada antes da lei de moisés (genesis 17:10).

    8 – Se quem é dizimista será salvo, então porque o Senhor Jesus precisou vir aqui na terra, cumprir a lei de moisés e morrer pelos nossos pecados? os israelitas já tinham o mandamento de dizimar (levíticos 27:30-32)… não bastava eles somente continuarem dizimando para serem salvos? quem nos dá a salvação? Quem salva é Jesus ou o dízimo ?

    9 – Aonde vemos Jesus e/ou os apóstolos, recebendo dízimos dos cristãos para que a obra de Deus fosse feita? aonde vemos no novo testamento que o dízimo é obrigatório para manutenção de um templo físico ?

    10 – No velho testamento vemos claramente os israelitas recebendo o mandamento de dizimarem e entregando o dízimo ( Levítico 27:30-32; II Crônicas 31:6; Neemias 13:12 ), Mas aonde no novo testamento vemos os cristãos recebendo a ordem de dizimar e um seguidor de Jesus, ou seja, um cristão dizimando?

    CONCLUSÃO: Eu já fiz estas 10 perguntas à vários pastores que insistem no erro de ensinar que dízimos são obrigatórios para os cristãos, mas nunca obtive uma resposta. O que comprova que realmente, essa doutrina mercantilista dos dízimos não passa de doutrina criada por homens, sem embasamento bíblico.

    O Senhor Jesus já advertiu sobre esse tipo de erro: “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Marcos 7:7)

    Mas graças a Deus, cada vez mais as pessoas estão conhecendo a verdade sobre a mentira que é a doutrina do dízimo, e deixando de dizimar por obrigação conforme malaquias 3:10, que era uma advertência que dizia a respeito somente ao povo de israel e passando a ofertar por amor e liberalidade conforme 2 corintios 9:7.

  57. Edson Souza disse:

    Vai arrebentar disse:

    E AI? SERA QUE VALE A PENA ROUBAR A DEUS, E viver a vida destruída que vc vive?
    NEM DINHEIRO PARA LEVAR SUA FAMILIA EM UM LUGAR DIGNO VC TEM RAPAZ.
    VC É DAQUELES QUE CHEGA EM UM RESTAURANTE FULEIRA, E AINDA ESCOLHE O QUE VAI comer olhando do lado direito do cardápio.
    KKKKKK Essa é a vida do pobre miserável, come o que pode e não o que quer..”

    Vai se arrebentar, vc é um otário fanático.

    Se dizimo fosse sinônimo de prosperidade na vida de alguém, os meus vizinhos aqui viviam na miséria. São uns verdadeiro idolatras tem ídolos de casa 1 metro da santanás e eles prosperam.
    Pq prosperam? Pq trabalham.

    O engraçado que os dízimos nos dias de hoje fosse verdade, que receberia de Deus benção sem medidas, não precisaria tanta campanha,tanta petição de dinheiro, fogueira santa e outras heresias que vc pregam para enganar os fieis dá dinheiro.

    Somente os dízimos seria suficiente para abençoar um fiel,mas não.Vcs são tão exploradores que não se satisfazem somente com 10%, querem tudo que o fiel tem, até não sobrar nada.

  58. clamando disse:

    será que o discipulo de satã a apregoar heresias ainda acha que juntara incautos aqui, só ateus e gays concordam com ele porque será quem sera os ganhadores deste debate, onde muitos postam que dar dízimo e ofertas é roubo, é falcatrua, ou daqueles que dizem que pela fé e amor a igreja o fazem, seguindo o exemplo de JESUS que também pagou o dízimo, e impostos da sua época difícil dizer.
    mas se olharmos com atenção as obras de cada um, talvez possamos ver a realidade , a verdade.
    sim existem muitos que recebem dízimos e ofertas e que enriquecem junto com ele, macedo rr valdemiro silas feliciano terra nova e mais alguns sem muita expressão , mas também tem aqueles que recebem e aplicam no reino de DEUS e não enriquecem junto com ele, mas ambos de alguma maneira devolvem algo para DEUS tanto o que enriquece como aquele que não enriquece, vemos missões esplhadas p-elo mundo , por lugares inatingíveis pelo evangelho, por causa de muitas circunstancias desfavoraveis , em países mulçumanos, na africa na india, na russia que até bem poucos anos atras mandava missionarios pregadores para morrer na sibéria,e hoje evangelizada, foi o unico pais totalmente contra o casamento gay, por causa de sua fé, vemos ajuda humanitária, por lugares impossíveis de entrar de outros países, e estas igrejas fazem, isto, aqui mesmo, saem muitas noticias de muçulmanos, que iriam se matar ou matavam outras pessoas, e agora convertidos pelos missionários enviados por estas igrejas que recebem dízimos e ofertas, …quanto valeria ou qual o valor de uma alma para que se possa pagar? quem poderá falar contra a salvação, ou quem, poderá reclamar do dinheiro dado nestas igrejas? será que quem da o dízimo reclama? wsera que quem da o dízimo vem para os sites reclamar, de como é gasto seu dízimo? sera que quem da o dízimo nestas igrejas está preocupado como vive seu pastor ou lider? esta é minha resposta, mas creio que muitos outros vão postar, não não conheço ninguém que de o dízimo e venha reclamar
    em contra partida, temos a turma que diz que não se deve dar dízimo por varios motivos, mas o principal é que é lei e esta não existe para os cristão nos dias de hoje, escrevem textos longos em defesa desta tese, debatem apresentam enormes listas, e não vemos quase ninguém apoia-los, a não ser ateus gays e afins, também qiuando indagados sobre suas obras em favor do reino de DEUS, se postam claramente contra a igrejas templos, dizendo não serem necessários, que podem se reunir em casa mesmo, se postam contra missões dizem que não precisa, sim pois para fazer missões é necessário dinheiro, e eles nunca apresentam projeto para tal acontecer, não apresentam solução para o problema financeiro,l são contra pastores dizendo só existir um pastor e este JESUS , mas o próprio diz que deixou uns para evangelista e outros para pastores, perguntado sobre as almas que ganharam, postam com grande orgulho alguns , bem poucos que desviaram da igreja tradicional, e conseguiram tirar para não darem dízimos…..se olharmos com atenção…e não precisa muito, fica facil dizer onde o senhor está e onde ele passa longe
    Agora falando do estado de direito democrático perguntar sobre o mal empregado nosso impostos em politicos evang. e impios e de todas as seitas, que nos roubam descaradamente recebendo salarios para não fazer nada em troca, onde só no primeiro semestre foram gastos mais de 2 bilhões e 800 milhões com eles, onde eles estão quando financiamos mais de 1300 ongs estrangeiras só dentro da amazonia, estão roubando tecnologia brasileira educando os indios para serem armas de guerra contra nossa nação, sim pois nas deles foram dízimados, sem falar nas ongs que todos os dias roubam a nação, dinheiro para financiar grupos gays contra a própria igreja, sim é muito dinheiro quando somado junto, mas dividam, entre milhares de igrejas, e veram que é pouco, e em contra partida, nós os cristãos recuperamos vidas drogados do alcool do grac da maconha da cocaina pesoas que estavam perdidas no fundo do poço, sem esperança um peso para o governo que deixa milhares morrer todos os dias, dinheiro gasto com internações com remédios com hospitais, e ainda com dinheiro pago pela previdencia, para encostar, sim recebem beneficio, seus filhos jogados na rua, problema social enorme , precisa de agentes do conselo tutelar indas e vindas de orfanatos de casas de recuperação, agora tirados da rua não dão mais despesas para o governo,.
    por fim transformados agora não só se tornam cidadãos exemplares bem como começam a produzir e pagar impostos a este mesmop governo que fala das igrejas…então aq2ui ateus governo gays são contra os dízimos…e a favor a igreja que trabalha e apresenta frutos……POR ISTO EU DIGO CONTINUEM A ATIRAR PEDRAS….SEU DESTINO ESTÁ SELADO, SIM POIS QUEM DÁ NÃO COMETE PECADO, POIS FAZ POR FÉ E AMOR, MAS QUEM NÃO DA E NÃO FAZ NADA, NÃO DA FRUTOS, E A ESTES CRISTO É BEM CLARO LANÇAI A ESTES LA FORA ONDE A CHORO E RANGER DE DENTES….
    Mateus 23:23 – Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; DEVEIS, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.O que Cristo falou para os fariseus e escribas é que eles deviam FAZER ESTAS COISAS
    ( dizimar) mas não omitir O JUIZO, A MISERICORDIA E A FÉ.a unica coisa que vejo é Cristo mandando dar o dízimo, me mostre onde ele diz para não dar, uma vez que aparece ele mandando dar, e não fale em lei judaica, pois o dízimo é anterior a lei, é por fé de abraão e de jacó, citado também por paulo em hebreus,,, mostre-me onde ele manda não dar mais o dízimo

    1. STARDUST disse:

      A lei de moisés ao instituir os dízimos AOS ISRAELITAS ( e não aos cristãos) especifica do que era retirado o dízimo…

      “Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do SENHOR; santas são ao SENHOR.” (leviticos 27:30)

      “No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao SENHOR.” (leviticos 27:32)

      portanto dízimo era a décima parte do resultado das colheitas, e dos animais.

      Dízimo era alimento. biblicamente sempre foi. Vejamos uma prova disso:

      “Dos dízimos NÃO COMI no meu luto…” (Deuteronômio 26:14a)

      Portanto, se a lei de moisés que exigia dízimos somente dos israelitas, diz que dízimo era alimento, porque pensar que pode ser outra coisa como dinheiro? pois a própria lei de moisés afirma:

      “Tudo o que eu te ordeno, observarás para fazer; nada lhe acrescentarás nem diminuirás.” (Deuteronômio 12:32)

      então se a própria lei de moisés afirma que dízimo é alimento, porque vc quer aumentar o que Deus disse???

  59. STARDUST disse:

    ” Com o alcance da sua programação prejudicado em função dos problemas com o Grupo Band, o apóstolo Valdemiro Santiago disparou uma mensagem aos seus fiéis, meio que para dar uma tranquilizada.

    “A partir do dia 1º de Dezembro estaremos de volta na TV Parabólica em todo o Brasil”, diz o seu comunicado ”

    FONTE: COLUNA FLÁVIO RICCO – UOL

  60. STARDUST disse:

    ” Com o alcance da sua programação prejudicado em função dos problemas com o Grupo Band, o apóstolo Valdemiro Santiago disparou uma mensagem aos seus fiéis, meio que para dar uma tranquilizada.

    “A partir do dia 1º de Dezembro estaremos de volta na TV Parabólica em todo o Brasil”, diz o seu comunicado ”

    FONTE: COLUNA FLÁVIO RICCO – UOL

  61. besinhalinda disse:

    Muitos dizem que as igreja evángelicas são imunizadas com a conta de luz,agua telefone etc….. nem todas as maiorias se sustentam sozinhas ,e no caso das grandes igrejas ela tem siim ajuda,escândalos mais ,a igreja católica também tem Deus ele quer que ofertamos nossa casa para que realmente ele ve se nós realmente temos fé nele lembra de jó ele também era corrupto safado
    claro que não ele era muito rico de a bíblia diz então satánas o ,tentou o retirou tudo não foii e ele quase desistiu,e continuou fazendo sacríficios não foi então e no final ele não recebeu sua benção então todos somos testados outro exeplo; poucos vão enteder essa equação 2+7+5×3+2 quanto da muitos vâo achar que e 25 mais na realidade e 21 pois a equação a multiplicação x e maior que a + adição do mesmo modo são os dizimos poucos intendem………..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *