Dados da Receita Federal apontam que igrejas arrecadaram mais de R$ 60 milhões por dia em 2012

202

O valor arrecadado pelas igrejas evangélicas e Católica em 2012 foi de R$ 21,5 bilhões, quantia 4,3% superior a 2011. Nem o cenário de pouco crescimento econômico freou o aumento da arrecadação pelas denominações.

Os dízimos e ofertas são responsáveis por 72% desse valor, sendo que os 28% restantes são obtidos através de venda de produtos ligados à fé, segundo o jornal Estado de Minas.

O estudo feito a partir dos dados da Receita Federal mostra que as igrejas cristãs do Brasil arrecadam aproximadamente R$ 60 milhões por dia. Este dado tem extrema importância para compreender a força dos cristãos na sociedade brasileira.

Como igrejas não pagam impostos, muitas delas investem no mercado financeiro como forma de potencializar as receitas obtidas a partir das doações dos fiéis. Entretanto, o lucro gerado a partir dessas operações é usado como forma de garantir que os projetos das denominações sejam concretizados.


“Não há uma relação de lucro nem de acumular, mas de investir naquilo que ela [a igreja] acredita, que é a fé”, argumenta o vigário Flávio Campos, da Igreja de São José, de Belo Horizonte.

No entanto, o professor Eduardo Gusmão, do Núcleo de Estudos Avançados em Religião e Globalização da PUC de Goiás, pondera que ao final das contas, essas incursões no mercado financeiro não deixam de gerar ganhos: “O lucro pode não ser a finalidade última, mas se toda instituição religiosa quer crescer de alguma forma, ela precisa ganhar mais do que gasta, e isso não deixa de ser lucro”, resume.

Poucas denominações prestam conta publicamente de suas arrecadações e destinação dos valores recebidos dos fiéis. Esse fato é corroborado por um operador do sistema financeiro que foi entrevistado pelo jornal e preferiu permanecer anônimo: “Com uma captação garantida e, de certa maneira, fácil, a preocupação maior das igrejas é proteger recursos. Elas movimentam uma quantia monstruosa, mas não têm interesse algum em aparecer. O objetivo é pulverizar investimentos e chamar o mínimo de atenção”.

Confira um infográfico do jornal Estado de Minas sobre a arrecadação das igrejas no Brasil:

infografico arrecadacao igrejas 2012

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

202 COMENTÁRIOS

    • Esta infomaçaão não procede, pois as igrejas são instituicões filantrópicas. Dado o fato das mesmas serem inxentas de pagar tributos; como é que a Receita tem estes dados.
      Esta é mais umas história para “boi dormir”.

      • As igrejas sim, mas a sua Seita nao, aquilo e’ uma organizacao criminosa, uma Mafia com verniz religioso que AINDA nao foi desmantelada por causa da incompetencia da “justica” brasileira, enquanto isso os otarios iludidos vao enchendo o rabo do Macedo de dinheiro.

          • ho ho ho ho .
            193 paises a onde a justiça e falha ho ho ho.

            inclusive o bispo chegou essa semana, do estados unidos , a onde a justiça também é falha ho ho ho ho.

          • Pronto, a orgia esta’ completa, chegou a matraca com essa estoria de 193 paises hahaha A maconaria esta’ em mais de 200 e dai’?

            A Seita mafiosa do Macedo sabe como se comportar nos paises em que a lei funciona. Eles sabem que os EUA nao sao Brasil nem Africa, aqui eles ficam pianinho nem parece que e’ a Iurd que a gente conhece. Vc nao ve a Universal aqui extorquir a fe’ publica para comprar emissora comercial para colocar no nome da famia Macedo. Toda vez que adquirem propriedades precisam da assinatura de todos os membros aprovando a aquisicao. A Universal inclusive forjou assinaturas no passado e a secretaria xa seita que fraudou o documento foi condenada e so’ nao esta’ presa por ser re’ primaria, mas ficou impedida de deixar o pais.

            Aqui nos EUA a Iurd nao se mete em politica nem tenta burlar as leis eleitorais transformando o altar em palanque e os cultos em comicios, e seria impossivel edir macedo fazer conluio pra indicar um fantoche dele para integrar o cabinete do presidente Obama. como ve, a Universal aqui e nos paises civilizados sabe muito bem o seu lugar e como uma seita deve se comportar.

          • O ultimo pastor dono de seita que quis fazer aqui o que Macedo faz no Brasil amargou varios anos na cadeia. O nome dele e’ Jim Bakker, procura no google..

    • É muito pouco perto do que deveria ser. Pois se os que se dizem cristãos fossem realmente fieis a DEUS, se realmente tivessem entregado suas vidas a JESUS.
      elas teriam o prazer de todos os meses devolverem fielmente seus dízimos e ainda dariam boas ofertas.
      E COM TODA CERTEZA O EVANGELHO IRIA CRESCER DE MANEIRA ASSUSTADORA.
      Os que se dizem cristãos iriam ser muito mais abençoados…
      graças a DEUS, e que esses numeros venham se multiplicar, pois é melhor aumentar a arrecadação das igrejas, do que DAS BOCAS DE FUMO, OU DOS BUTECOS, OU DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO…

      Somente os filhos do diabo odeiam quando ficam sabendo que as igrejas estão arrecadando muito…

      • E a meta das igrejas é arrecadar por acaso? Não é ganhar almas? mas eu sei que na sua cada pastor é medido pelo quanto arrecada…

        No novo testamento os apóstolos recebiam doações, mas imediatamente os necessitados recebiam essa doação… é só ler atos 4:34-37… e vemos isso nas igrejas-empresas hj?

        • e por isso que vc queria cesta basica não é?
          deixa de ser estúpida.

          O PRÓPRIO APOSTOLO PAULO DISSE: NENHUM SOLDADO VAI A GUERRA POR SUA PRÓPRIA CUSTA….
          so os filhos do diabo como vc, deseja que os filhos de DEUS viva na miséria,
          E PRINCIPALMENTE SE ELE FOR PASTOR, Ai é que vc se alegra mesmo.

          MAS GRAÇAS A DEUS QUE ELE LEVANTOU HOMENS, CAPAZES DE ENSINAR E LEVAR O POVO A PROSPERIDADE PROMETIDA POR DEUS….

          Só um site satanico mesmo como esse para ficar expondo as coisas da igreja . filhos do diabo como vc jussara stardust.

          • O pastor tem direito sim de ser sustentado pela congregação, isso é bíblico… mas ficar rico às custas dela isso não tem base bíblica.

            Não há na bíblia promessa de riquezas neste mundo para os seguidores de Jesus, isso é uma mentira da teologia da prosperidade… não há um relato sequer de seguidor de Cristo que tenha ficado rico após sua conversão ao Senhor… e nenhum relato de algum ministro do evangelho que tenha ficado rico às custas da congregação… Judas queria lucrar, e sabemos o que aconteceu…

            “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.” (I Timóteo 6:9)

  1. Bem aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor!

    Outrora, este dinheiro estava sendo gasto no cigarro, na bebida, nas drogas e prostituições. Agora são revertidos em benção para toda Nação brasileira!

    Deus abençoa o que dá de coração.

  2. Poxa vou abrir uma empresa dessa para mim já até escolhi o nome dessa empresa disfarçada de igreja será Ministério ( L.C Fonte De Benção Deus Provera )

  3. Jó Gomes, as igrejas sérias que existem,sim,podem praticar a filantropia.Já as seitas praticam a PILANTROPIA.A igreja católica,por exemplo,tem uma fortuna de 7 trilhões segundo a revista veja . O PIB do Brasil é menor.Só que essa fortuna é em prol dos pobres da
    África e de outros Países miseráveis.A católica nãoi ajuda uma vez e chama a televisão
    para mostrar que é boazinha, votos nas eleições a aplausos dos homens.Ela sempre fez,faz,fará e ponto. É a igreja modelo de paz,amor e convivência harmoniosa com a
    sociedade em todo o mundo.Ela tem credibilidade.Mas também tem padre falso,que apronta.

  4. Quem dera se, em cada esquina, no lugar de cada buteco principalmente os copos sujos, em cada cabare em cada prostibulo em cada casa de shou, em cada cinema, em cada campo de futebol, em cada boite em cada centro espirita em cada centro de macunba em igrejola fulera, em cada ponto de droga em cada boca de fumo , em cada big brodder em cada programa fulero na televisão em cada bar de sinuca em cada praia em cada meio de quarteirão em cada rua em suma ter uma igreja verdadeiramente crente evangelica comprometida verdadeiramente com o Santo Evangelho asim acabaria drasticamente as drogas a violencia contra a mulher e com certeza muitos e muitos seris liberto de tantas praticas nefastas e satanicas malignas e devassas, e se todos fossem disimistas verdadeiramente fieis e menos suvina para com a obra evangelistica e missionaria muito muito melhoraria este caus vigente nos nossos dias, mas enfelismente as coisas são do jeito que tem que ser ate porque tudo tudo foi profetisado e tem que cumprir a risca pois da Santa Palavra de Deus não se tira um til ENTENDEU SEUS SEUS INCREDULOS O TEMPO DIRA ESPEREM E VERA a Santa Palavra se cumpre a cada segundo minuto hora dia semana mes e ano e não existe escapatoria doa a quem doer não adinata vir com rem rem rem não não adianta xiar gritar xingar rosnar berrar relinchar balir latir cacarejar siscar cantar grunhir pois muitos seres humanos asim comportam porque animais irracionais tem mais bom senço que os mesmos, e achou ruim eu escrever asim? ora então come mais pouco pra não ingordar seja como eu magrelo pois a saude esta na magresa ande de bicicleta fassa corrida sobe montanha fisica fisica e a noite vai pra igreja anda logo ta esperando o que ta esperando o tempo passar pela sua vida seu seu tambor

    • Hoje penso assim tambem Tour,fui muito tempo contra igreja,hoje vou na Madureira,não ha melhor lugar pra se estar ,claro sempre comparando o que é falado com o que está na biblia ,mas faço minhas suas palavras

      • Quero te parabenizar sabes porque porque escolheste a melhor parte, nada e tão bom quanto estar debaixo da Graça Redentora e misericordiosa do Senhor e Salvador Jesus Cristo, eu me converte no dia 13 de fevereiro de 1999 em um sabado de carnaval, carnaval este em que eu participava cheirava lança perfume ou lolo que nos mesmo fabricava-mos e pulava igual cabrito no ispraiado, afora quando não entrava na maconha e glicose nas veias e bebidas muitas bebidas isso a noite inteira, ate que um dia um dia o Senhor Jesus me alcançou o o dia foi este dia 13 de fevereiro de 99 um sabado de carnaval, em uma igreja assembleia de Deus ministerio de Madureira eu dobrei meus joelhos e reconhece ao Senhor como meu unico e suficiente Salvador e Senhor foi o passo mais importante da minha vida hoje sou liberto de todas estas podridão mas sabe porque porque obedece au chamado escutei a vos que me dizia vem porque eu sou o Senhor teu Deus venha porque eu te Amo venha porque tu es precioso m para mim venha porque eu dei minha vida pela sua venha porque eu morre para te dar vida venha porque somente em mim tu teras a chanse de ser Salvo venha porque não existe outro caminho, tudo isto eu ja tinha escutado o Espirito Santo do Deus Vivo falar para mim atraves da boca de seus servos crentes ate que eu tomei coragem e asim o fiz e hoje sou feliz com Jesus Cristo porque tudo o que ele me falou atraves de seus Servos os crentes era e e sempre sera A MAIS ABSOLUTA VERDADE, ETA GLORIAS GLORIAS GLORIAS ALELUIASSSSSSSSSSSSSSS eu te dezejo um imenso amor de cristo em sua vida eu desejo do mais profundo de minha alma sejas feiz em Jesus Cristo porque com certeza absoluta ele te Ama demais ele te ama muito muito muito voce pode ter certeza voce es uma preciosidade para Deusssssssssss QUE O AMOR DE DEUS PAI A GRAÇA DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO E AS CONSOLAÇOES DO ESPIRITO SANTO DO DEUS VIVO ESTEJA DENTRO DE SUA ALMA E DE SEU ESPIRITO ASIM TAMBEM ESTENDO EM O NOME PODEROSO DO SENHOR JESUS RICAS BENÇAOS AOS TEUS FAILIARES TAMBEM EM UM POR UM, QUERO TE DIZER QUE JESUS CRISTO TE AMA MAIS DO QUE VOCE POSSA IMAGINAR E EU COMO UM SERVO DO SENHOR TAMBEM TE AMO EM CRISTO, UM FORTE ABRAÇO SEJA FELIZ EM CRISTO FIQUE FIRME FIRME NA PALAVRA QUE ELA A SANTA PALAVRA E O SEU CAJADO E EU DIGO AMEM E ALELUIAS TAMBEM

    • Por essas e outras que tenho pena dos fiéis. Não sou contra ninguém ter sua fé em Deus, pois eu também tenho. Sou contra esses marginais estelionatários que enganam o povo e tiram o que podem dos mais miseráveis que sejam. Quem tem o mínimo de psicologia percebe o quanto são falsos esses pastores que falam na TV que chega a ser ridículo. Além de serem péssimos comunicadores, são ótimos pedidores de dinheiro e ofertantes de mercadorias. FALTA DE VERGONHA!

      • Sou contra a teologia da prosperidade,Clóvis,então sua pena não serviu pra mim,nem tira ninguem das garras dessa teologia,mas se vc falasse do assunto com mais respeito provavelmente sim

        • Se não serviu para você, não devia se preocupar em perder tempo em me responder. Interessante pedir respeito com quem não tem o mínimo de respeito com os mais miserável que seja. Tiram tudo que podem, móveis, imóveis, salário, cartão com senha, dinheiro…etc. Tenho tantos exemplos que presenciei que não tenho que respeitar marginais estelionatários. Respeito quem merece, não os filhos do demônio. Falando duro não adianta nada e sendo mole é pior ainda, não vão dar a menor importância para que dissermos, tenho consciência disso. O que importa para eles é DINHEIRO $$$$;

      • Clóvis da mesma forma que vc deveria ter poupado seu tempo sentindo peninha,quanto a respeito ,leia novamente,quiz dizer da forma como vc escreveu”tenho pena dos fiéis”pena pq? Sou contra a teologia da prosperidade,mas ninguem da dinheiro debaixo de chicotada,nao escrevi pra vc respeitar pastor,ainda assim vc respeita quem vc acha que deve respeitar.

        • Tenho pena dos fiéis por darem dinheiro e acharem que estão no caminho correto que leva ao sonhado mundo de Deus. Puro engano! Dê algo mais para seu filho ao invés de dar luxo a pilantra. Quando souberem da verdade como funciona, vai ser de dar pena. Ninguém dá dinheiro embaixo de chicotada, mas dá embaixo de coisas piores, através de muitas mentiras e embaixo de muitos golpes. Sinto pena de tanta ingenuidade e ignorância. Porém, não sofro com isso não. Cada um tem o que merece. QUE DEUS TENHA PIEDADE DE TODOS! Fazem da igreja um comércio, onde Cristo se revoltou dizendo que A CASA DE DEUS NÃO É COMÉRCIO. Isso os pilantras não seguem na Bíblia. Mas segue o dízimo que é abolido e na verdade nunca existiu. SÃO UM FESTIVAL DE HIPOCRISIA!

  5. São empresas multinacionais mortas espiritualmente,pois muitas delas operavam curas,milagres
    e outros prodígios como faziam os apóstolos na época de JESUS.Mas,devido aos escândalos e
    escândalos,simplesmente perderam a unção de DEUS.Pedem e clamam dia e noite,de agosto a agosto,com muito desgosto e nada acontece.Curas e milagres é de DEUS.O diabo veio para
    matar,roubar e destruir.O falso profeta às vezes opera milagres através de satanás,mas dá
    para saber que não é de DEUS pelo caráter que muda conforme os interesses.Sou
    cristão da igreja católica.Eu só sei de crente o que está na bíblia.

  6. São empresas multinacionais mortas espiritualmente,pois muitas delas operavam curas,milagres
    e outros prodígios como faziam os apóstolos na época de JESUS.Mas,devido aos escândalos e
    escândalos,simplesmente perderam a unção de DEUS.Pedem e clamam dia e noite,de agosto a agosto,com muito desgosto e nada acontece.Curas e milagres é de DEUS.O diabo veio para
    matar,roubar e destruir.O falso profeta às vezes opera milagres através de satanás,mas dá
    para saber que não é de DEUS pelo caráter que muda conforme os interesses.Sou
    cristão da igreja católica.Eu só sei de crente o que está na bíblia.

  7. Igrejas sérias precisam de dinheiro,sim.As boas novas de JESUS CRISTO precisam ser pregadas em todo o mundo.O problema é que as seitas espalhadas pelas esquinas do
    Brasil aproveitam do estado laico e da democracia para praticarem toda sorte de pilantragem.E
    a pilantragem fica completa quando mistura lixo de política com coisas de DEUS.

  8. Samuel josé,é melhor gastar o dinheiro com cigarro e bebidas,que são pecados do corpo,do
    que gastar com heresias de seitas fundamentalistas que só sabem disseminar veneno
    espiritual como o ódio e toda sorte de preconceitos e orações vingativas contra os diferentes
    qoe os criticam e os rejeitam.Esses pecados sujam a alma para sempre porque não são
    pecados carnais,mas espirituais.Tolo,falso…

  9. SAMUEL JOSÉ,eu não fumo e não bebo,antes que você me acuse e me jujgue de beberrão.Sei
    o tipo de seita que você frequenta….Seu deus pastor vai ser presedente no dia em que a galinha
    criar dentes,no dia de são nunca.Os15 minutos de fama dela já passaram e nunca mais.Se
    insistir terá o mesmo destino de balaão….

  10. Esse valor ainda e pouquissimo frente a necessidade de uma total transformacao na sociedade brasileira, a igreja precisa de muito mais dinheiro que isso para continuar a fazer creches, azilos, casa de recuperacao para drogados, envio de missionarios para levar o evangelho a outras nacoes e etc…etc..Oremos para que esse valor identificado pela receita federal seja no minimo dez vezes mais frente ao enorme desafio que as igrejas evangelicas tem pela frente.

    • Você acha que todo mundo é BURRO TAPADO. Usam uma mínima parte em ação social para enganar os trouxas. Como você mesmo diz, “falta muito mais para atender o povo carente”, porém, falta tanto que sobra para investir. Prestar conta que é bom “NECA”. Coitados dos fiéis, gastando seu dinheirinho para ajudar o crime organizado e achando que está investindo para entrar no céu. ‘VAI QUE COLA!”

    • Mais que isso???então o povo terá que trabalhar de sol a sol somente pra sustentar os donos das seitas!ja não bastam os impostos que são altissimo?ta na hora desse bando de desocupados chamados de pastores e padres começar pegar no pesado!

    • Anexo:Lista dos pastores evangélicos mais ricos do Brasil (Forbes)
      Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
      O ranking feito pela revista Forbes, que lista os seis pastores evangélicos mais ricos do Brasil.Na primeira posição, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, segundo a revista.1 2
      Nº Pastor Fortuna Igreja
      1ª Edir Macedo R$ 2 bilhões Igreja Universal do Reino de Deus
      2ª Valdemiro Santiago R$ 400 milhões Igreja Mundial do Poder de Deus
      3ª Silas Malafaia R$ 300 milhões Assembléia de Deus Vitória em Cristo
      4ª R. R. Soares R$ 250 milhões Igreja Internacional da Graça de Deus
      5ª Estevam Hernandes e Sônia Hernandes¹ R$ 120 milhões Igreja Renascer
      6ª Estevam Hernandes e Sônia Hernandes¹ R$ 120 milhões Igreja Renascer
      Obs:¹ Os fundadores da Igreja Renascer, ocupam o 5ª e a 6ª posição, com uma fortuna avaliada em R$ 120 milhões.

  11. hahahahah!!! chupa esta manga capeta e capetinhas….

    se somos 40 milhoes e a arrecadacao chegou aos 22 bilhoes imagina daqui a 10 anos que seremos 90 milhoes vai ter muito mais bilhoes ai sai da frente capeta que a fila esta andando.
    e o trem da alegria que esta passando!

    • Veja a que ponto chega a atitude de alguns evangélicos… comemorar arrecadação de 22 bilhões… até parece que o objetivo do evangelho é arrecadar dinheiro…

      E quanto às almas???

      “Não podeis servir a Deus e às riquezas.” (Lucas 16:13b)

    • Samuel José,muito bom mesmo,mas temos que incentivar nossos pastores a usar a maior parte para ajudar nosso próximo ,enquanto arrecardam tanto dinheiro tem pessoas dentro da igreja muitas vezes passando necessidade,vamos ajudar nossos pastores a enxergar isso,falando com eles,dando idéias orando

      • ana clara creia se voce dividir este dinheiro pelo numero de congregações vera que é relativamente pequeno, e ainda assim, a igreja faz um excelente serviço social

          • Tadinha da Ana Clara, essa merece ir pro ceu e ficar la’ vestida numa bata branca, uma aureola na cabeca e tocando harpa pela eternidade afora, ne’ nao Ana Clara?

          • clamando diz: “a igreja faz um excelente serviço social”

            Aonde? é raro vermos a religião evangélica fazendo serviço social… e quando faz, é apenas uma miséria perto do quanto arrecadam.

            Eu converso com pessoas que lidam com essa gente… estive conversando com um homem que praticamente sozinho toca uma organização que oferece alimento a baixo custo para os necessitados ( ele cobra pq não tem muita ajuda, nem do município ) e esse homem me disse que nem a denominação dele ajuda o projeto… que aliás, foi criado pela denominação dele no inicio, mas depois, abandonou tudo na mão dele ( não me admira as recentes denuncias aqui no g+ de missionários enviados pelas igrejas evangélicas e depois abandonados )

            Ele me disse que muitas igrejas evangélicas torcem o nariz para o projeto social, e diz que recebe muita ajuda com alimentos da igreja católica, que reconhece o valor daquele projeto.

            Ele mesmo disse que não dá pra esperar das igrejas evangélicas, muita falta de amor por parte delas… e vem o clamando dizer que as igrejas evangélicas fazem serviço social???

            A religião evangélica é mesmo uma hipocrisia…

          • paulete, vc imagina o Michael Jackson assim né, tocando harpa no céu né?

            antigamente Deus enviava os seus profetas para criticar a corrupção do sistema religioso? também, mas principalmente com o objetivo de chamar Israel ao arrependimento dos seus maus caminhos. Deus tentava ajuntar os de Israel como uma galinha faz com seus filhotes. ele enchia os profetas de Espírito Santo, e esses viravam Oráculos do Senhor, da sua boca Deus pronunciava seus julgamentos.

            agora vejam, a jussara stardust, paulo, e demais legião que serve ao demônio stardust. eles apenas debocham e criticam, devem se achar profetas, q estão fazendo um serviço a Deus, mas só estão demonstrando falta de respeito e deboche com as igrejas e pastores, q também tem pecados e erram muito como todos nós. mas eles estão a frente, expostos. vcs não ajudam eles a carregarem seus fardos e criticam. não querem chamar à conversão, mas demonstram estar dominados por um espírito de deboche.

            “Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel, quando estava disputando com o diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer acusação injuriosa contra ele, mas disse: “O Senhor o repreenda! ”
            Todavia, esses tais difamam tudo o que não entendem; e as coisas que entendem por instinto, como animais irracionais, nessas mesmas coisas se corrompem”.

            Judas 1:9-10

          • aulete, vc imagina o Michael Jackson assim né, tocando harpa no céu né?

            antigamente Deus enviava os seus profetas para criticar a corrupção do sistema religioso? também, mas principalmente com o objetivo de chamar Israel ao arrependimento dos seus maus caminhos. Deus tentava ajuntar os de Israel como uma galinha faz com seus filhotes. ele enchia os profetas de Espírito Santo, e esses viravam Oráculos do Senhor, da sua boca Deus pronunciava seus julgamentos.

            agora vejam, a jussara stardust, paulo, e demais legião que serve ao demônio stardust. eles apenas debocham e criticam, devem se achar profetas, q estão fazendo um serviço a Deus, mas só estão demonstrando falta de respeito e deboche com as igrejas e pastores, q também tem pecados e erram muito como todos nós. não querem chamar à conversão, mas demonstram estar dominados por um espírito de deboche.

          • edy mancebo diz: “mas demonstram estar dominados por um espírito de deboche.”

            é edy mancebo… com esse nick que vc usa, vc tem muita autoridade pra nos acusar de sermos debochados…

          • Da mesma forma, estes sonhadores contaminam seus próprios corpos, rejeitam as autoridades e difamam os seres celestiais.
            Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel, quando estava disputando com o diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer acusação injuriosa contra ele, mas disse: “O Senhor o repreenda! ”
            Todavia, esses tais difamam tudo o que não entendem; e as coisas que entendem por instinto, como animais irracionais, nessas mesmas coisas se corrompem.

            Judas 1:8-10

          • Edy Mancebo disse tudo,ainda que as igrejas façam pouco ,tem gente que não faz nada e fica criticando,é a conhecida santa hipocrisia

          • clamando disse: 30 de janeiro de 2014 ás 10:06 am
            STARDUST disse: 30 de janeiro de 2014 ás 7:06 am
            clamando diz: “a igreja faz um excelente serviço social”
            digo e provo, todos os meses são centenas, de pessoas que com suas vidas destruidas, no fundo do poço chegam, as igrejas de portas abertas, as recebem, libertam de legiões de demonios, sabe os nicks do stardust,
            ladrões
            assassinos
            assaltantes
            gays
            travestis
            aleijados cegos surdos mudos
            pessoas que estavam no crack
            pessoas na maconha
            pessoas na cocaina
            pessoas na bebida
            drogado de todos os tipo
            casamentos destruidos, por obras de pomba giras
            adulteros e adulteras
            prostitutas pessoas com todos os tipos de devio de condutas
            doenças de todos os tipos
            familias que tem filhos abandonados nos semafaros
            nos abrigos sociais
            nos orfanatos
            mulheres sob proteção de justiça
            muito mais muito dinheiro mesmo, para clinicas de recuperação
            internamento em hospitais,
            muito mais muito dinheiro mesmo com as cadeias , que não ressocializam ninguém
            dinheiro para guardas
            comida
            sem falar nos 1 salario minimo e meio dado a presos por terem filhos, e este obrigam a gastar com os presos, nunca sobra para as crianças
            dinheiro para abrigos de crianças e de mulheres
            conselhos tutelares e toda sua infra estrutura
            comiida para todas estas pessoas, se somar tudo que é gasto com estas pessoas, que a igreja tira deste mundo, vai ver que na verdade o estado é que deveria pagar impostos para nós
            sem falar nos inumeros mendigos aliados a todos estes que em cima citei, que ao serem libertos, não só deixam de dar despesas para o governo
            BEM COMO COMEÇAM A GERAR TRIBUTOS, ENTÃO A IGREJA TEM UM PAPEL SOCIAL ENORME NA COMUNIDADE, QUE POUPAM BILHÕES AOS COFRES PUBLICOS,
            MAS SEI QUE ISTO NÃO TE AGRADA POIS É INIMIGO DA IGREJA DE DEUS E DE SUA PALAVRA, É APENAS UM ATEU A SERVIÇO DO ANTI- CRISTO PARADO POR AQUI

          • CARTA PUBLICADA NO SITE CAIOFABIO NET

            “Precisei de uma cadeira de rodas porque não tinha como locomovê-lo; ele não se levantava mais para nada; onde eu poderia buscar socorro?

            Na Igreja; e para minha surpresa as respostas foram…
            Na Igreja que eu congregava: “Não podemos sacrificar a Igreja, nossos povo já coopera muito pra manter esse lugar de portas abertas…”

            Mais ou menos uma semana depois a Igreja foi assaltada e levaram toda aparelhagem de som e instrumentos; ele, o pastor, levantou uma oferta e em 2 dias comprou tudo novamente a vista!

            Na Igreja do Pastor Silas Malafaia: “Não fazemos este tipo de doação.”

            Na Igreja Batista aqui do Rio próxima à minha casa: “Não temos nenhuma disponível; e se levantarmos alguma oferta para comprar uma vai demorar muito…”

            Na Apascentar de Nova Iguaçu- RJ: “Só ajudamos os membros de nossa Igreja..”

            Fiquei muito desacreditada das Igrejas, e minha mãe também… choramos muito e sem saber o que fazer entregamos a Deus; não tínhamos mais opção; a “Igreja” nos deu as costas!

            Não demorou muito e colocaram um papel em nossa caixa de correio com um endereço e telefone de um Centro Espírita; no desespero minha mãe ligou pra lá e qual foi a resposta?

            “Não temos no momento, mas passe aqui depois das 17:00 hs e teremos a cadeira disponível.”

            Eles compraram a cadeira!

            Falei com meu Pr. que um centro Espírita havia doado a cadeira e ele me exortou e ainda fez isso de púlpito!

            Porque que a Igreja critica mais não faz?

            Com este episódio Deus me mostrou que a “Igreja” está mais preocupada com as quatro paredes do que com o próximo!

            Hoje Deus nos ajudou, meu pai foi operado, fui efetivada a gerente da loja que trabalho, e meu marido recebeu aumento de salário”.

    • Edy realmente visto o dinheiro que pegam algumas igrejas poderiam fazer bem mais,bem mais mesmo,mas vejo em compensação igrejas pequenas,pastores honestos juntamente com os menbros fazendo de tudo pra ajudar quem necessite e quando não é suficiente,pelo tamanho e quantidade de membros, saem até de porta em porta pedindo ajuda ,sabe uma arvore sendo derrubada faz mais barulho que uma floresta inteira crescendo ou seja observam o que de errado acontece lá,mas não observam,não dão enfase pras obras boas que lá se pratica,eu queria ver se pessoas que atraves das igrejas conheceram a Jesus,criaram um vinculo de amizade com os irmãos,sairam das drogas,bebidas,depressão,do mundo,lessem tantas criticas ,muitas sem fundamento algum,saissem da igreja se algum desses que entram no site só pra criticar,aparecer irião evangeliza los,a resposta vc sabe né Edy qual é

      • é verdade. acho que a religião tem muito a ver com gratidão, pois não deveríamos pedir nada a Deus, mas sermos gratos pela vida, pelo sacrifício de Cristo, pela Graça, pelo ar que respiramos. encontramos um mundo perfeitamente projetado para a nossa vida, a massa de cada átomo, sequenciada, a distância entre a Terra e o Sol, ele projetou tudo com carinho, até a batida do nosso coração, a respiração enquanto dormimos. não podemos nem comer um alimento e dizer para onde vão as proteínas, a gordura, nem mesmo dar a ordem para nossas células começarem a morrer. desde que estamos no útero, nada precisamos fazer, tudo foi projetado para nos alimentarmos, nos desenvolver, vir ao mundo. com tanto carinho. existir é uma explosão de milagres. por isso creio q a gratidão é o começo da religião verdadeira. um homem que nunca ouviu falar de Deus, olhar para tudo, e dizer: seja quem foi, obrigado. é desejar conhecer esse que preparou tudo isso para vc. aí começa seu relacionamento com a religião verdadeira.

        poxa, a igreja pode estar cheia de erros, mas um dia em que precisei, e estava viajando, foi um pastor que ajudou meu filho, ainda bebê, que estava doente. me livrei da escravidão do mundo. como posso não ser grato?

        se sua irmã, seu pai, sua mãe, estão procedendo errado, vc não sai de casa. vai tentando exortá-los com amor, paciência. às vezes critica severamente, perde a paciência, grita etc.. mas depois estão almoçando juntos, mesmo q emburrados uns com os outros. e assim vamos, aos trancos e barrancos.

        um dia perguntaram para um casal de velhinhos, qual o segredo para estarem casados há tanto tempo. eles disseram: pq no nosso tempo, quando uma televisão quebrava, mandávamos consertar.

        e é verdade, hoje nós jogamos fora o celular, a TV, o cônjugue, a igreja, e arrumamos outro.

        só alguém q só fica lendo a Bíblia em casa como a stardust, aposto q nunca sentiu a alegria de ver um filho retornando aos pais, um marido deixando o alcoolismo e voltando para a sua família, um filho deixando as drogas e voltando para os seus pais. essa alegria não tem preço, e se uma igreja mesmo aos trancos e barrancos puder fazer isso por uma vida sequer, já valeu a pena.

        eu sou novato na fé, em termos de tempo e conhecimento, mas já diz muito, sou mais de agir. e confesso q diversas vezes me revoltei com o sistema religioso, e confesso q refleti muito nos estudos da stardus, realmente são coerentes e inteligentes. mas pensei, q se eu saio de onde estou, estou acreditando q Deus não pode estar aqui. mas Deus está em todos os lugares. e ele me colocou aqui por algum propósito, e eu vou ser luz onde estou, fazer algum bem que me for possível.

        tem coisas, q devemos discernir espiritualmente. quando levaram a adúltera para Jesus julgar. pela Lei (instituída por Deus), ela deveria ser apedrejada. mas Jesus sabiamente procedeu de forma a não desobedecer a Lei, e salvou a vida daquela mulher.

        se fosse esse pessoal legalista e fundamentalista como a stardust, diria:

        é bíblico, está escrito na Lei, deve ser apedrejada. se não, me prova então biblicamente o contrário, Jesus fugindo em 3..2..1…

        • Edy mancebo

          Vc me acusar de apenas criticar, mas o que vc tem feito contra mim? não é me criticar? medite nisso:

          “tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas?” (Romanos 2:21)

          Vc reclama que eu critico… mas vc ao fazer isso não está me criticando da mesma forma que me acusa? é por essas e outras que eu digo ( e provo ) que a religião evangélica é uma hipocrisia só.

          Jesus sim, religião não!

          • jussara stardust, eu não tenho essa trave no meu olho, de criticar igrejas e pastores, portanto, posso te repreender a fim de te levar ao arrependimento. eu não ensino a vc o que não pratico, eu deixo q Jesus separe o joio do trigo, e não critico pastores e igrejas, portanto, posso te ensinar isso.

          • edy mancebo

            mais uma prova de sua hipocrisia, a sua reside não em criticar pastores, e sim em me criticar… vc age da mesma forma que condena. simples assim!

          • jussara, eu não estou criticando, mas debatendo com vc, nós estamos debatendo idéias, doutrinas e atitudes, e estou falando diretamente pra vc, e não caluniando alguém que não está presente para se defender, como vc faz dos pastores e demais lideranças evangélicas.

        • Verdade Edy,eu estou congregando em uma igreja e trabalho em frente uma outra igreja,Edy tem coisas que não concordo claro,mas se vc ver a quantidade de pessoas que vão na igreja e conhecem a Jesus e mudam suas vidas,igreja não ensina nada de ruim,olha o mundo como está,como é bom ver jovens em vez de estarem num sabado a noite na balada ,estarem louvando na igreja,crianças aprendendo a crescre no caminho do bem..(entao ta vamos todos sair da igreja ,são esses criticos ,que muitas vezes mentem dizendo falar pelo E.Santo,que falam de pastor cobrar dizimo,mas só ficam no site preocupado com dinheiro dos outros que vai nos evangelizar?)Edy ,eu mesma jaf assim,me preocupava mais em criticar,do que até mesmo com minha vida espiritual,hoje vejo como errei,se o pastor erra,o menbro erra,cada um que preste contas a Deus,pelo menos a Palavra ta sendo pregada,vidas transformadas…

  12. Anexo:Lista dos pastores evangélicos mais ricos do Brasil (Forbes)
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    O ranking feito pela revista Forbes, que lista os seis pastores evangélicos mais ricos do Brasil.Na primeira posição, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, segundo a revista.1 2
    Nº Pastor Fortuna Igreja
    1ª Edir Macedo R$ 2 bilhões Igreja Universal do Reino de Deus
    2ª Valdemiro Santiago R$ 400 milhões Igreja Mundial do Poder de Deus
    3ª Silas Malafaia R$ 300 milhões Assembléia de Deus Vitória em Cristo
    4ª R. R. Soares R$ 250 milhões Igreja Internacional da Graça de Deus
    5ª Estevam Hernandes e Sônia Hernandes¹ R$ 120 milhões Igreja Renascer
    6ª Estevam Hernandes e Sônia Hernandes¹ R$ 120 milhões Igreja Renascer
    Obs:¹ Os fundadores da Igreja Renascer, ocupam o 5ª e a 6ª posição, com uma fortuna avaliada em R$ 120 milhões.

  13. Congresso precisa se mobilizar para criar lei a fim de que as igrejas paguem impostos. Mas o dinheiro vindo dos inpostos pagos pelas igrejas deve ser utilizado apenas em obras sociais: asilos, criar casas de recuperação para dependentes químicos, albergues, etc.

    • Há tá? Pra o José Genuino,etc, etc, etc… Me poupe, tanta corrupção no nariz de todos e vão implicar com as igrejas agora, que é a responsável por tirar muitos e muitos drogados das ruas, falo por experiência própria, tenho casos na família, nunca precisei do governo nesses casos, pois tenho posses, graças a Deus, mais meu dinheiro ñ adiantou , alias só piorou, quem libertou foi Jesus , atravéz da igreja de Cristo.

  14. A receita federal não deveria divulgar esses dados. Eles tem que se preoculpar é com o dinheiro pulblico roubado pelos políticos ladrões e que não são devolvido aos cofre pulblicos.

  15. Não é para menos que vários líderes estão ficando milionários as custas de seus fieis, fazendas, imóveis de luxo, carros importados, aviões etc etc, uma verdadeira farra com o dinheirinho dos fieis, não é muito diferente de alguns políticos que mete a mão no dinheiro público, como dizia um velho amigo: enquanto existir trouxas, os espertos enriquece.

  16. ESTUDO BÍBLICO:

    “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

    Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

    1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

    Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

    2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

    O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

    Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

    No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

    3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

    Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

    Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

    Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

    Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

    Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

    Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

    4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

    O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

    Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

    Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

    5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

    Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

    Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

    6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
    Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

    “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

    e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

    “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

    Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

    “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

    Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

    O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

    O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

    O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

    “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

    Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

    Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

    Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

    Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

    7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

    Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

    A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

    Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

    1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

    2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

    3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

    4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

    Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

    Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

    Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

    Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

    Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

    8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

    Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

    Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

    “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

    Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

    9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

    O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

    Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

    Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

    Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

    Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

    10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

    O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

    A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

    Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

    Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

    Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

    A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

    Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

    Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

    Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

    Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

    Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

    Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

    Considerações finais:

    Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

    Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

    Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

    Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

    Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

    Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

    No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

    O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

    Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

    Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

    Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

    Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

    Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

    Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

    Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

    “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

        • STARDUST, parabéns por afirmar esta grande verdade. De fato, ainda existem pastores comprometidos com a verdade.
          Aleluia mesmo. Eu reitero a sua afirmação. Pois aqui na nossa IURD, há muitos pastores comprometidos com o verdadeiro evangélio.
          Que DEUS abençoe a todos.

          • Jó gomes diz: “Pois aqui na nossa IURD, há muitos pastores comprometidos com o verdadeiro evangélio.”

            bom, eu só conheço o evangelho, e não o seu “evangélio”, o que mostra que não são comprometidos com a verdade, senão não estariam ensinando a farsa do dízimo obrigatório para cristãos.

          • Essa é uma das perguntas das quais os pastores que querem de qualquer jeito receber dízimos não conseguem responder…

            O dízimo era uma espécie de imposto para todo o israelita, porém não eram todos os israelitas que tinham a obrigação de pagar dízimo… somente os que tinham colheitas ou animais procriando (leviticos 27:30-32)… se o israelita não se enquadrava nessas duas categorias, estava isento.

            Jesus nunca foi agricultor, nem cuidava de animais, portanto estava isento de ter de dar dízimo, pois antes de seu ministério Ele fora carpinteiro (Marcos 6:3)… dizer que todos em israel deveriam dar dízimo é a mesma coisa que dizer que todo brasileiro deve pagar ipva… claro que não… somente os que possuem veículos tem essa obrigação e da mesma forma era o dízimo… somente os que tinham colheitas e animais procriando tinham a obrigação perante a lei de moisés de dizimarem de suas colheitas e animais. Por isso Jesus nunca precisou pagar dízimo.

            Mas alguns alegam que Jesus era o Senhor e por isso não era obrigado a pagar dízimo, e sim a recebe-los… bem…. não há um relato bíblico de que o Senhor Jesus tenha recebido dízimos (muito menos em dinheiro) e tal fato é facilmente compreendido quando o Senhor Jesus relata que veio para cumprir a lei de moisés (mateus 5:17-18)… somente os levitas perante a lei de moisés tinham autorização para recolher dízimos dos israelitas (hebreus 7:5) mas Jesus não era levita e sim da tribo de judá (hebreus 7:14), portanto, se tomasse dízimos não estaria cumprindo a lei de moisés e consequentemente estaria invalidando o que Ele mesmo afirmou ao dizer que teria de cumprir a lei de moisés até que ela fosse consumada ( o que aconteceu com o sacrifício Dele na cruz).

            portanto, Jesus nunca pagou dízimo, nem sequer recolheu dízimos… e pq tem gente dizendo que o dízimo deve ser dado em nome de Jesus?

            Bem como dizem as escrituras, “movidos pela ganancia farão comércio de vós… ” (2pedro 2:3a)

      • QUANTA INGENUIDADE!! Esse é um dos mais milionários do Brasil e dos pastores. COMO CONSEGUIU ISSO?? TRABALHANDO?? Claro que não! Explorando, usando de estelionato religioso e da boa fé do povo humilde e miserável. PEDINDO DINHEIRO, VENDENDO MERCADORIAS e outras criações rendosas financeiramente, como é do conhecimento de todos. Cristo perdeu a paciência assim como eu (onde Cristo disse que a Casa de Deus não é lugar de comércio). Agora, seus hipócritas, de nada vale essas palavras de CRISTO, conforme o “LIVRO SAGRADO”, que tanto vocês se amparam. Se existir o inferno que tanto vocês pregam, DEUS TENHA PIEDADE DE SUAS ALMAS.

  17. Eu não me preoculpo com noticias como esta, na verdade me regojizo! É uma Clara demonstração do poder de Deus nas vidas dos crentes evangélicos.

    Este é um testemunho que mesmo todo o planeta em recessão o nosso Deus não faliu quem é o dono do Ouro e da Prata tem café no bulê!

  18. STARDUST disse: 30 de janeiro de 2014 ás 7:06 am
    clamando diz: “a igreja faz um excelente serviço social”
    digo e provo, todos os meses são centenas, de pessoas que com suas vidas destruidas, no fundo do poço chegam, as igrejas de portas abertas, as recebem, libertam de legiões de demonios, sabe os nicks do stardust,
    ladrões
    assassinos
    assaltantes
    gays
    travestis
    aleijados cegos surdos mudos
    pessoas que estavam no crack
    pessoas na maconha
    pessoas na cocaina
    pessoas na bebida
    drogado de todos os tipo
    casamentos destruidos, por obras de pomba giras
    adulteros e adulteras
    prostitutas pessoas com todos os tipos de devio de condutas
    doenças de todos os tipos
    familias que tem filhos abandonados nos semafaros
    nos abrigos sociais
    nos orfanatos
    mulheres sob proteção de justiça
    muito mais muito dinheiro mesmo, para clinicas de recuperação
    internamento em hospitais,
    muito mais muito dinheiro mesmo com as cadeias , que não ressocializam ninguém
    dinheiro para guardas
    comida
    sem falar nos 1 salario minimo e meio dado a presos por terem filhos, e este obrigam a gastar com os presos, nunca sobra para as crianças
    dinheiro para abrigos de crianças e de mulheres
    conselhos tutelares e toda sua infra estrutura
    comiida para todas estas pessoas, se somar tudo que é gasto com estas pessoas, que a igreja tira deste mundo, vai ver que na verdade o estado é que deveria pagar impostos para nós
    sem falar nos inumeros mendigos aliados a todos estes que em cima citei, que ao serem libertos, não só deixam de dar despesas para o governo
    BEM COMO COMEÇAM A GERAR TRIBUTOS, ENTÃO A IGREJA TEM UM PAPEL SOCIAL ENORME NA COMUNIDADE, QUE POUPAM BILHÕES AOS COFRES PUBLICOS,
    MAS SEI QUE ISTO NÃO TE AGRADA POIS É INIMIGO DA IGREJA DE DEUS E DE SUA PALAVRA, É APENAS UM ATEU A SERVIÇO DO ANTI- CRISTO PARADO POR AQUI

      • falou a verdade Ana Clara. Os profetas, João Batista, Estevão, e outros que criticaram os religiosos hipócritas da sua época, não faziam de sua própria vontade, mas foram usados como oráculos do Deus Todo-Poderoso, para levá-los a se arrependerem, a voltar o mal caminho, não falavam da própria boca, era Deus usando suas bocas como canal de comunicação. estavam dispostos a morrer para cumprir o propósito de Deus.

        esses que criticam fazem da sua própria carne. eles tiram um alimento vencido da mão do faminto, e não dão outro alimento para o faminto. não estão nem aí com o q acontece com vc, depois q largar a sua igreja (congregação). vão te mandar ir estudar a Bíblia em casa, sem se importar com suas limitações, com sua necessidade afetiva, com o calor humano que vc tinha na congregação.

        que família não tem problemas? que casamento não tem problemas? a solução é abandonar a família, fugir de casa, divorciar, ou tentar consertar as coisas?

        o espírito da stardust é o espírito da modernidade, onde nada se conserta, tudo é descartável.

        • Edy mancebo, olhe para suas atitudes, e veja se vc não tem feito tudo aquilo de que tem acusado as pessoas.

          Sua hipocrisia é a prova que realmente vc é evangélico.

          • Sim, assumo ser evangélico e cristão, mas reconheço que sou pecador como qualquer outro, exatamente como a bíblia nos afirma.

            Infelizmente o hipócrita não procede da mesma forma, esses são aqueles que criticam alguém e não procede da forma correta. Típico do fariseu da parábola em Lucas 18:9-14.

            “E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.” Lucas 18:9-14

          • puxa jeann… ainda bem que essa parábola do fariseu não serve pra mim… afinal nós cristãos não precisamos jejuar 2 vezes por semana nem dar o dízimo de tudo o que ganhamos… isso é coisa dos evangélicos mesmo…

        • jussara stardust, eu não estou criticando pastores, nem denominações que estão por aí aos trancos e barrancos, estou criticando essa entidade que está em vc, esse espírito q te leva a se levantar contra a igreja. primeiro tira a trave do olho. pois é, eu estou te exortando a parar de se levantar contra pastores e denominações, e deixar q Jesus separe o joio do trigo, e julgue o escravo q está cuidando das suas ovelhas. eu não critico pastores e denominações, não tenho essa trave no meu olho, portanto, posso te repreender a fim de te levar ao arrependimento.

          • edy mancebo

            mais uma prova de sua hipocrisia, a sua reside não em criticar pastores, e sim em me criticar… vc age da mesma forma que condena. simples assim!

          • jussara, não sou hipócrita, pq nós estamos em debates aqui, eu estou falando diretamente a vc, e não falando de alguém q não está presente, caluniando, como vc faz dos pastores e das lideranças evangélicas.

          • edy mancebo

            então pra vc isso aqui é um apenas um debate? pois para mim é uma oportunidade de alerta aos incautos, o que importa é a mensagem.

            quer ver debates? espere até as eleições… já que vc gosta de pastor politico mesmo…

          • claro q é um debate. quando vc apresenta uma opinião acerca da bíblia, e o jeann ou outro apresenta outra, começamos a debater, vc debate aqui o tempo todo, deixe de ser hipócrita. e não tem nada de errado em debates, se forem saudáveis, respeitosos, eles esclarecem.

            o q não é saudável é vc ficar criticando e falando mal de alguém q não está presente para se defender, como vc passa o tempo todo falando mal de lideranças evangélicas.

            os fariseus colocavam fardos pesados nas pessoas, q eles não moviam com um dedo. vc critica os pastores, com o objetivo de “abrir os olhos das pessoas” e saírem das “igrejas-empresas”, mas não move um dedo para acolher essas ovelhas.

          • edy mancebo

            pode ser debate para vc, mas pra mim é uma oportunidade de esclarecer aos incautos. Se quer debate, espere até as eleições já lhe disse.

            Esqueça esse negócio de debate… isso é bobagem:

            “Evita discussões insensatas, genealogias, contendas e DEBATES sobre a lei; porque não têm utilidade e são fúteis.” (tito 3:9)

          • jussara, vc está falando algo q não pratica. vc vive em debates aqui, com todo mundo: vai arrebentar, clamadno, jeann, ana clara. ora, se é para evitar debates, então não responda a eles.

            e vc ainda faz pior, critica e calunia pastores e lideranças pelas costas, fala mal dos outros pelas costas, pq eles não estão aqui para se defender.

            não se faça de santinha.

          • jussara stardust, não se faça de santinha. vc apenas se defende das acusações?

            pois se vc se acha no direito de se defender, deveria pensar com mais amor antes de criticar e caluniar pastores e lideranças q não estão aqui para se defender como vc. só fala mal pelas costas, escondida nesse nick.

            portanto, o q não deseja q façam a vc, não faça também aos outros.

            deixa de posar de santinha.

        • felipe perguntou ao eunuco que estudava a palavra, entes tu o que les, e ele disse de quem este fala de si mesmo ou de outro, então felipe subiu na liteira e passou a anunciar a jesus, como vemos como pregaram se não tem quem ensine

    • E isso ai Clamando por essas e outras que eu gosto de tuis falou e falou mesmo nua e crua verdade e quem fala a verdade a verdade esta nele, continui assim firme na verdade e firme na Santa e Gloriosa Palavra de DEUSSSSSSS, O RESTO E RESTO DE RESTO E RESTOI e e o que mais vemos aqui neste site infestado de satanistas diabolicos e gayzistas ateuzados que comandados pelo seus deuses nada, por uns deuses de d minusculos ficam sempre na espreita com suas criticas mirabolantes vazias tentando tapar o sol com peneira malha cafe as quais não tapão suas mentes enraizada e cauterizada pela avareza e torpedicas palavras, concordo plenamente com teu comentar em um bilhão de por cento e se não der vou pra um trilhão de por cento, comigo e de um milhão pra cima, ha ia me esquecendo e tenho dito

    • CARTA PUBLICADA NO SITE CAIOFABIO NET

      “Precisei de uma cadeira de rodas porque não tinha como locomovê-lo; ele não se levantava mais para nada; onde eu poderia buscar socorro?

      Na Igreja; e para minha surpresa as respostas foram…
      Na Igreja que eu congregava: “Não podemos sacrificar a Igreja, nossos povo já coopera muito pra manter esse lugar de portas abertas…”

      Mais ou menos uma semana depois a Igreja foi assaltada e levaram toda aparelhagem de som e instrumentos; ele, o pastor, levantou uma oferta e em 2 dias comprou tudo novamente a vista!

      Na Igreja do Pastor Silas Malafaia: “Não fazemos este tipo de doação.”

      Na Igreja Batista aqui do Rio próxima à minha casa: “Não temos nenhuma disponível; e se levantarmos alguma oferta para comprar uma vai demorar muito…”

      Na Apascentar de Nova Iguaçu- RJ: “Só ajudamos os membros de nossa Igreja..”

      Fiquei muito desacreditada das Igrejas, e minha mãe também… choramos muito e sem saber o que fazer entregamos a Deus; não tínhamos mais opção; a “Igreja” nos deu as costas!

      Não demorou muito e colocaram um papel em nossa caixa de correio com um endereço e telefone de um Centro Espírita; no desespero minha mãe ligou pra lá e qual foi a resposta?

      “Não temos no momento, mas passe aqui depois das 17:00 hs e teremos a cadeira disponível.”

      Eles compraram a cadeira!

      Falei com meu Pr. que um centro Espírita havia doado a cadeira e ele me exortou e ainda fez isso de púlpito!

      Porque que a Igreja critica mais não faz?

      Com este episódio Deus me mostrou que a “Igreja” está mais preocupada com as quatro paredes do que com o próximo!

      Hoje Deus nos ajudou, meu pai foi operado, fui efetivada a gerente da loja que trabalho, e meu marido recebeu aumento de salário”.

      • Somente ha um pequeno grande detalhe e que QUANDO DEUS MANDA ATE O DIABO OBEDECE, UMA FAMILIA ESTAVA EM UMA GRANDE DIFICULDADE A FAMILIA ERA DE CRENTES O MARIDO DESEMPREGADO E PASSAVAM POR GRANDE AGRURAS E A ESPOSA DE JOELHOS DOBRADOS ORA SENHOR SOMOS TEUS SERVOS TENHA POIS MISERICORDIA DE MIM E DE MEU MARIDO, UM PAI DE SANTO DO CENTRO ESPIRITA PARA TEST-LOS MANDOU UMA CESTA BASICA PRA NINGUEM BUTAR DEFEITO, PENSANDO O PAI DE SANTO QUERO VER SE AQUELES CRENTES SÃO CRENTES MESMO E MANDOU O ENTREGADOR FALAR PARA A CRENTE QUE QUEM MANDOU A CESTA BASICA FOI O PAI DE SANTO DO CENTRO ESPIRITA, LA CHEGANDO ENTREGOU A CESTA E TAMBEM O RECADO, A CRENTE AGRADECEU E DISSE PARA O MANDALETE, HO GLORIA DEUS QUANDO ORDENA ATE O DIABO OBEDECE E E ISTO MESMO MAIS UMA VEZ AFIRMO [ DEUS QUANDO ORDENA ATE O DIABO OBEDECE] E TENHO DITO

  19. Por isto defendo o sistema “Congressional” de administração eclesiástica: aqui a congregação é independente, alto administrada, a assembleia de membros é o órgão máximo, e escolhe entre si, uma diretoria, que deverá cumprir as decisões da assembleia e a ela prestar contas. Neste sistema, a critério da congregação (mensal, bimensal…) haverá um reunião para relatórios, inclusive o financeiro. O tesoureiro, eleito pela congregação, deverá receber os valores (ofertas, dízimos…) contabilizá-los em livro próprio (caixa), fazer pagamentos autorizados, guardar em conta bancária, que será movimentada com duas ou mais assinaturas; toda movimentação será amplamente documentada (recibos, notas fiscais…) e ficará à disposição dos membros para exame. Todos, desde o mais simples até o mais laureado dos membros, têm iguais direitos e deveres, poder para votar e ser votado, instituir e destituir membros. A participação da igreja em organizações paraeclesiásticas será decidido pela assembleia, e respeitará princípios da igreja local. Este é o sistema mais honesto, mais transparente, mais ético, e mais bíblico; e é adotado por algumas igrejas: batistas, congregacionais… Ainda existem igrejas sérias! Por isso, fuja das igrejas empresas, dirigidas por “empresários” da fé!

    • Concordo plenamente. É preciso transparência no processo. No entanto, como podemos ver nos comentários, as pessoas estão muito interessadas em defender um modelo obscuro de igreja-empresa. A maior parte dos paroquianos no Brasil não sabe o que é participar da administração da sua igreja. Doam, mas não sabem como os recursos serão aplicados. São meros pagantes, mas não possuem nenhuma possibilidade de questionar a aplicação do recurso.

      E o pior, ao defender um modelo em que não há prestação de contas a Receita Federal (nem estou falando em pagamento de impostos), criamos brechas para que bandidos criem legalmente igrejas, mesmo que sem fieis, para lavar dinheiro ilegal. Mas como não queremos discutir a questão, permitimos esses desvios graves.

    • quer dizer é os postes mixando nos cachorros, se não tem pastor de confiança e este com o cajado , um anjo da igreja que escute e execute ordens de DEUS, realmente, viraram empresa

    • não merece explicação piois é um judas que vendeu seus companheiros
      clamando disse: 30 de janeiro de 2014 ás 10:06 am
      STARDUST disse: 30 de janeiro de 2014 ás 7:06 am
      clamando diz: “a igreja faz um excelente serviço social”
      digo e provo, todos os meses são centenas, de pessoas que com suas vidas destruidas, no fundo do poço chegam, as igrejas de portas abertas, as recebem, libertam de legiões de demonios, sabe os nicks do stardust,
      ladrões
      assassinos
      assaltantes
      gays
      travestis
      aleijados cegos surdos mudos
      pessoas que estavam no crack
      pessoas na maconha
      pessoas na cocaina
      pessoas na bebida
      drogado de todos os tipo
      casamentos destruidos, por obras de pomba giras
      adulteros e adulteras
      prostitutas pessoas com todos os tipos de devio de condutas
      doenças de todos os tipos
      familias que tem filhos abandonados nos semafaros
      nos abrigos sociais
      nos orfanatos
      mulheres sob proteção de justiça
      muito mais muito dinheiro mesmo, para clinicas de recuperação
      internamento em hospitais,
      muito mais muito dinheiro mesmo com as cadeias , que não ressocializam ninguém
      dinheiro para guardas
      comida
      sem falar nos 1 salario minimo e meio dado a presos por terem filhos, e este obrigam a gastar com os presos, nunca sobra para as crianças
      dinheiro para abrigos de crianças e de mulheres
      conselhos tutelares e toda sua infra estrutura
      comiida para todas estas pessoas, se somar tudo que é gasto com estas pessoas, que a igreja tira deste mundo, vai ver que na verdade o estado é que deveria pagar impostos para nós
      sem falar nos inumeros mendigos aliados a todos estes que em cima citei, que ao serem libertos, não só deixam de dar despesas para o governo
      BEM COMO COMEÇAM A GERAR TRIBUTOS, ENTÃO A IGREJA TEM UM PAPEL SOCIAL ENORME NA COMUNIDADE, QUE POUPAM BILHÕES AOS COFRES PUBLICOS,
      MAS SEI QUE ISTO NÃO TE AGRADA POIS É INIMIGO DA IGREJA DE DEUS E DE SUA PALAVRA, É APENAS UM ATEU A SERVIÇO DO ANTI- CRISTO PARADO POR AQUI
      Responder Comentar

  20. São os falsos profetas, vendedores da “Palavra de Deus” (Mat.7:15; 1Tim. 6:5-11) A Bíblia diz que quando Jesus Cristo passou pela terra, “não tinha nem onde dormir” (Mat. 8:19-22) Hipócritas!

    • SAMUEL JOSÉ

      cabo eleitoral de feliciano disfarçado de evangélico, quem verificar as respostas, verá que quem fugiu foi o jeann… assim como vc sempre faz quando intimado a provar na bíblia as heresias que defende aqui só para angariar votos.

      que vc ganha com isso? um cargo comissionado?

      Cada traidor do evangelho tem seu preço… o de Judas foram 30 moedas… qual é o seu preço?

      • stardust,
        Pra mim o evangelho não é nenhum tipo de competição pra ter que “fugir” de alguma coisa. “Quem quiser ouvir ouça, e quem não quiser não ouça”, simples.

        • jEANN

          suas atitudes em querer “corrigir” meus textos causa a reação… preciso fazer as retificações necessárias amparadas na bíblia. Até agora vc não provou que pastores podem largar seus ministérios ou deixá-los em segundo plano para serem politicos.

          O samuel josé, que não passa de um cabo eleitoral de feliciano usou o seu nome para me atacar, pois ele sabe que vc tem a péssima atitude de fazer as suas considerações sem base biblica debaixo do que escrevo, agora vc viu para que vc serve, para ser usado pelos que querem o poder desse mundo.

          Se vc quer comentar ok, mas não queira fazer isso em baixo dos meus comentários, pois vc vai ser desmascarado e vai fugir como sempre. Vc já percebeu que Não tenho problemas em confrontar as heresias que vc fala, com o que diz a bíblia.

          fica o aviso, e deixe de ser massa de manobra de gente que não quer saber do evangelho.

          • stardust,

            Eu corrijo quando não está de acordo com as escrituras, se eu tivesse dito algo que estivesse errado acredito que vc teria feito o mesmo. Por mim não tem problema, não sou perfeito assim como vc também não é, vc pode errar assim como eu também posso.

            Referente a política novamente, a bíblia não condena esse ou aquele trabalho, é um trabalho como qualquer outro, carteira assinada, salário, direitos trabalhistas, férias, etc.

            Logo se a bíblia não condena e Paulo nos mostra que um evangelista ou pastor pode trabalhar para seu sustento, quem somos nós pra discordar dele ?

            stardust diz: “Se vc quer comentar ok, mas não queira fazer isso em baixo dos meus comentários”

            Isto aqui é um site público, sugiro que vc crie um site só pra vc comentar então.

          • O assunto dízimo realmente deixa os “pró-dízimos” desesperados… e sempre caem em contradição, vejamos a contradição do Jeann:

            JEANN DIZ: “Nenhum cristão PRECISA ou é OBRIGADO dar dízimo nem tampouco PRECISA ou é OBRIGADO a dar ofertas, a bíblia é clara a respeito disso.”

            MAS LOGO EM SEGUIDA DIZ: “dízimo não deve ser dado em nome de Jesus, mas deve ser dado A ELE.”

            Repare que Jeann diz que dízimo não é obrigatório nem necessário ao cristão, mas logo depois diz que o dízimo deve ser dado à Jesus… contraditório, não?

            É sempre assim… é só apertar um pouquinho com a bíblia que os defensores de dízimo caem em contradição…

          • pra jussara o cristão só pode ser fazedor de tendas, como Paulo.

            onde está na bíblia que cristão pode ser soldado?

            onde está escrito que cristão pode ser segurança?

            onde está escrito q cristão pode ser comerciante?

            me mostra um exemplo de cristão empresário.

            jussara stardust não tem nenhum discernimento espiritual, vê a Bíblia como um livro de gramática ou de matemática, pq ela ignora a instrução (e puxão de orelha) do Espírito Santo.

            kkk.. a jussara é tão legalista, q se estivesse na cena da adúltera diria (e ela, sendo judia, antes de Jesus ter abolido a Lei na Cruz, teria que seguir a Lei):

            Está nas Escrituras, é bíblico, a adúltera deve ser apedrejada. Se não, me prove biblicamente o contrário. Jesus fugindo em 3..2..1

          • o evangélico edy mancebo diz: “Jesus fugindo em 3..2..1″

            O cristão stardust diz: ” diabo fugindo em 3..2…1…”

            que diferença sutil, não é?

            ah, e Jesus permitiu sim que a mulher adultera fosse apedrejada… leia a bíblia! Jesus não foi contra o que dizia a lei de moisés, em que adulteros fossem apedrejados… só advertiu que aquele que não tivesse pecados, fosse o primeiro a jogar pedra contra ela.

            Tá precisando ler bíblia edy mancebo!

          • corrigindo jussara, cristão empresário tinha, talvez Pedro antes de abandonar tudo para seguir Jesus.

            mas mostre um exemplo de cristão escrivão. ou de um cristão advogado. ou de um cristão cozinheiro. ou de um cristão alfaiate, etc.. etc.. etc..

          • edy mancebo

            Se pedro era empresário, após conhecer Jesus DEIXOU TUDO ( ou seja não era mais empresário)

            Isso o próprio pedro confirma:

            “Então, Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos e te seguimos.” (Marcos 10:28)

            Tá precisando ler bíblia, edy mancebo!

          • pois é jussara stardust, se Pedro deixou de ser empresário, então pela sua teoria cristão não pode ser empresário.

            nem segurança. nem açougueiro. nem marceneiro. nem mecânico. onde está na bíblia um cristão marceneiro? entendeu a ironia o sra. inteligência?

          • edy mancebo

            pedro e os demais deixaram tudo por ter uma chamada do próprio Cristo para o ministério… o cristão ( comum, simples membro) pode ser qualquer coisa, inclusive empresário… até politico, mas os que tem chamada ministerial tem um chamado superior, e nada a ver com a politica deste mundo.

            Tá precisando ler bíblia edy mancebo!

          • “corrigindo jussara, cristão empresário tinha, talvez Pedro antes de ABANDONAR tudo para seguir Jesus”.

            eu mesmo disse q ele era empresário ANTES de abandonar tudo.

            pra vc jussara, cristão só pode ser fazedor de tendas, como Paulo. afinal, se não tem exemplo de cristão político, também não tem de marceneiro, bibliotecário, comerciante etc..

          • eu sei disso jussara. eu só fui irônico. não finja q não entendeu pra fugir da questão.

            quero um exemplo de cristão segurança. de cristão marceneiro. de cristão alfaiate. de cristão açougueiro etc..

            então, cristão só pode ser fazedor de tendas?

            caiu por terra sua teoria contra cristãos políticos jussara. político não é governante (rei), estamos em uma democracia. o político é representante do povo, é pago para fazer isso, um emprego como qualquer outro, com benefícios, direitos e deveres, e não fica no cargo para sempre.

            nós não vivemos em um império como Roma. vivemos em uma democracia.

            deixe de ser legalista jussara.

            Jussara na cena da adúltera:

            “Está nas Escrituras, é bíblico, a mulher deve ser apedrejada segundo a Lei, que foi dada por Deus. Acima de tudo está a vontade de Deus. Me mostre biblicamente o contrário. Jesus fugindo em 3..2…1”

          • edy mancebo

            a politica não é restrita aos cristãos, simples membros… a politica é vedada aos que possuem um ministério pastoral.

            Se um membro de uma denominação quiser ser politico não há restrições para isso, mas no caso de pastores, bispos etc existe sim essa restrição.

            Satanás ofereceu os reinos deste mundo à Jesus… Ele recusou… mas o que Cristo recusou, os que se dizem “agir segundo a vontade Dele” estão aceitando… e ainda dizendo: ” eu recebo em nome de Jesus!!!”

            tá precisando ler bíblia edy mancebo!!!

          • jussara, vou acabar de vez com a sua teoria.

            Paulo tinha chamado ministerial (era apóstolo). no entanto, trabalhava como fazedor de tendas (não abandonou tudo, ainda trabalhava), para não ser fardo para os irmãos. e aí?

            era o trabalho dele, o q ele sabia fazer.

            então, um cristão q seja ministro do evangelho, não pode ser político, para não ser um fardo para os irmãos, como Paulo fez?

            outra, Jesus não foi contra a Lei de Moisés (senão ele teria pecado), mas soube agir com sabedoria, sem infringir a Lei, para salvar aquela mulher. mas vc é tão legalista, q só olha para a Bíblia literalmente. ou seja, tem q cumprir e acabou. entendeu?

            pq Paulo circuncidou Timóteo? por causa dos judeus. ele foi flexível, com o q ele mesmo havia dito sobre a circuncisão. mas vc não tem nenhuma flexibilidade jussara, é puro legalismo.

          • edy mancebo

            sua falta de conhecimento das escrituras lhe faz dizer bobagens…se alguém quiser se circuncidar, não é pecado… se quiser guardar sabado, não é pecado… cristãos só não estão obrigados a fazer estas coisas, tal qual a lei de moisés ordenava.

            tá precisando ler bíblia edy mancebo!!!

          • e se cristão quiser dar o dízimo, não é pecado. e se cristão, mesmo ministro, como Paulo, quiser ter um trabalho secundário, como fazedor de tendas ou político, não é pecado.

            pronto, esclarecido, só queria chegar nesse ponto.

          • edy mancebo

            aonde eu disse que dar dízimo é pecado? o ensino é que isso NÃO É OBRIGATÓRIO!!!

            E pastor pode trabalhar sim caso sua congregação seja muito humilde e não puder lhe oferecer sustento ( apesar de pastor ser sustentado pela congregação ser bíblico) mas politico ele nunca pode ser.

            politico não é profissão. é vocação. Pergunte a qualquer politico se ele se considera a politica um trabalho ou uma vocação… eles sempre respondem que é vocação.

            Tal qual pastor não é trabalho e sim uma vocação. Porque o pastor vai deixar uma vocação por outra?

            fica a pergunta…

          • “E pastor pode trabalhar sim caso sua congregação seja muito humilde e não puder lhe oferecer sustento ( apesar de pastor ser sustentado pela congregação ser bíblico) mas politico ele nunca pode ser”.

            stardust apelando para seus “achismos”.

            1 – de que bíblia vc tirou isso?

            2 – vocação é relativo. eu posso dizer q tenho vocação para dentista. ou q tenho vocação para matemática, q desde criança era bom em cálculos. posso dizer q tenho vocação para fazedor de tendas.

            acabou jussara.

          • EDY MANCEBO DIZ: “E pastor pode trabalhar sim caso sua congregação seja muito humilde e não puder lhe oferecer sustento ( apesar de pastor ser sustentado pela congregação ser bíblico) mas politico ele nunca pode ser”.

            stardust apelando para seus “achismos”.

            1 – de que bíblia vc tirou isso?

            STARDUST RESPONDE: da bíblia sagrada, aquela que vc se recusa a ler

          • o pastor pode optar por ser sustentado pela congregação (é bíblico). mas pode optar por ter uma forma de sustento própria (como Paulo).

          • de que bíblia? me mostra na Bíblia onde está escrito:

            “E pastor pode trabalhar sim CASO sua congregação seja muito humilde e não puder lhe oferecer sustento”.

            onde está escrito esse mandamento? esse caso q vc coloca?

            Paulo trabalhou pq ELE não quis ser um fardo para a congregação. além disso, é acréscimo na bíblia da stardust.

            portanto, pastor pode sim ter uma forma de renda própria (como fazedor de tendas ou político).

          • “Mas não de ser politico. Paulo era fabricante de tendas, e não um politico”.

            outro acréscimo da stardust na bíblia. onde está escrito q cristão não pode ser político? cristão só pode ser fazedor de tendas?

            então cristão não pode ser marceneiro? não pode ser engraxate? não pode ser costureiro? não pode ser açougueiro?

            iiih jussara, o negócio tá feio pra vc heim?

          • pois é, mas eu que não leio a bíblia, segundo vc, acabei de mostrar q não há mal em um pastor optar por ser político, ou marceneiro, ou carpinteiro, ou costureira, ou fazedor de tendas etc..

          • pastor pode exercer profissões, mas ser politico é vedado. Tanto que vc é incapaz de mostrar um pastor politico na bíblia.

            CASO ENCERRADO!

          • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….
            essa é de morrer de rir.

            “pastor pode exercer profissões, mas ser politico é VEDADO. Tanto que vc é incapaz de mostrar um pastor politico na bíblia”.

            mais um acréscimo da stardust na bíblia.

            jussara diz: “pastor pode exercer profissões”

            ótimo, já é um avanço vc reconhecer isso né.

            jussara diz: “mas ser politico é VEDADO”.

            ONDE é VEDADO pastor ser político? só na lei q a jussara stardust quer impor na bíblia. mas vamos continuar.

            jussara diz: “Tanto que vc é incapaz de mostrar um pastor politico na bíblia”.

            assim como vc é incapaz de mostrar um pastor marceneiro na bíblia, ou um pastor açougueiro, ou um pastor engraxate, ou um pastor comerciante, ou um pastor marceneiro etc..

            isso significa que pastor só pode ser fazedor de tenda?

            “Queiramos ou não, gostemos ou não, política é uma profissão, exige tempo integral, dedicação exclusiva; não é para amadores, curiosos, diletantes”. (Maiores detalhes consulte Schumpeter, CAPITALISMO, SOCIALISMO E DEMOCRACIA, parte IV, capítulo 22. Ou Max Weber, CIÊNCIA E POLÍTICA COMO VOCAÇÃO.)

          • “ONDE é VEDADO pastor ser político?”

            Na bíblia:

            ” Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.” (II Timóteo 2:4)

            Edy mancebo, eu já lhe disse… leia a bíblia… no seu desespero vc citou até “Schumpeter, CAPITALISMO, SOCIALISMO E DEMOCRACIA, parte IV, capítulo 22. Ou Max Weber, CIÊNCIA E POLÍTICA COMO VOCAÇÃO”

            Para os cristãos, somente a bíblia serve de “tira-teima” para questões do cotidiano dos seguidores de Cristo… mas vcs evangélicos e católicos gostam de leituras alternativas, não é mesmo???

          • “Todavia, chegando alguns homens a ele, creram; entre os quais foi Dionísio, areopagita, uma mulher por nome Dâmaris, e com eles outros”. – Atos 17:34.

            “O areópago constituía-se de um conselho de membros da aristocracia ateniense, cujas atribuições, enquanto instância dos diferentes tipos de governo pelos quais Atenas passou, sofreram alterações ao longo do tempo. Entre seus membros, invariavelmente, eram escolhidos alguns que receberiam o título de arconte (uma espécie de “rei” ou “GOVERNANTE”), cada um responsável por um aspecto diferente do governo de Atenas.”

          • “Todavia, chegando alguns homens a ele, creram; entre os quais foi Dionísio, AREOPAGITA, uma mulher por nome Dâmaris, e com eles outros”. – Atos 17:34.

            Significado de Areopagita – s.m. Membro do areópago.

            “O areópago constituía-se de um conselho de membros da aristocracia ateniense, cujas atribuições, enquanto instância dos diferentes tipos de governo pelos quais Atenas passou, sofreram alterações ao longo do tempo. Entre seus membros, invariavelmente, eram escolhidos alguns que receberiam o título de arconte (uma espécie de “rei” ou “GOVERNANTE”), cada um responsável por um aspecto diferente do governo de Atenas.”

          • “pastor pode exercer profissões, mas ser politico é vedado. Tanto que vc é incapaz de mostrar um pastor politico na bíblia”.
            CASO ENCERRADO!

            é VEDADO na lei da stardust, pq na bíblia não tem essa vedação.

            assim como não se pode mostrar na bíblia um pastor marceneiro, açougueiro, engraxate, carpinteiro.

            resumindo a teoria da jussara: pastor só pode ser fazedor de tendas.

            kkkkk…

          • “ONDE é VEDADO pastor ser político?”

            Na bíblia:

            ” Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.” (II Timóteo 2:4)

            Edy mancebo, eu já lhe disse… leia a bíblia… no seu desespero vc citou até “Schumpeter, CAPITALISMO, SOCIALISMO E DEMOCRACIA, parte IV, capítulo 22. Ou Max Weber, CIÊNCIA E POLÍTICA COMO VOCAÇÃO”

            Para os cristãos, somente a bíblia serve de “tira-teima” para questões do cotidiano dos seguidores de Cristo… mas vcs evangélicos e católicos gostam de leituras alternativas, não é mesmo???

          • E “negócios desta vida”, segundo stardust é só política, fazer tendas, ser empresário ou qualquer outro trabalho não é negócios desta vida.

            Hum…

          • Jeann

            é determinado a todo ser humano que trabalhe, seja em tendas, ou qualquer outra função:

            “Porque, quando ainda convosco, vos ordenamos isto: se alguém não quer trabalhar, também não coma.” (II Tessalonicenses 3:10)

            Agora, quer coisa mais desta vida do que a política?

          • fazer tenda, ser empresário ou lidar com vendas é um trabalho… para gerar renda e para que a pessoa se sustente. Isso é biblico. Não apenas para cristãos como para toda a humanidade.

            Mas politica é coisa deste mundo, na bíblia vemos ministros do evangelho trabalhando, mas nunca sendo politicos.

        • Edy Mancebo que surra vc está dando nela kkkkkkkkkk olha na minha opiniao cristão não deve se meter em politica,muita sujeira,e ver a sujeira e nao fazer nada ,vc estará somente fazendo parte dela ..nunca li na biblia que a politica é vedada pra quem tem ministério pastoral kkkkkkk continua aí Edy

          • ana clara, eu também concordo com vc. se perguntasse a minha opinião pessoal, se eu acho que um cristão deveria se envolver com política, eu diria que não recomendo, pelo que vc falou, a sujeira, o ambiente, o poder corrompe o homem com facilidade. mas também não posso condenar um político biblicamente por isso, não posso ir além do que está escrito.

          • não pode ir além do que está escrito???

            E como defende o dízimo obrigatório para cristãos e em dinheiro?

            hipocrisia evangélica detectada!!!

          • “ONDE é VEDADO pastor ser político?”

            Na bíblia:

            ” Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.” (II Timóteo 2:4 )

            A política desde os tempos antigos é palco de desvirtuamentos, desconfianças e corrupção. em nossa própria política temos visto, pastores bispos etc, envolvidos com escândalos de corrupção. É só pesquisar na internet sobre escandalo do mensalão e sanguessugas e encontrarás vários “pastores” envolvidos… afinal que tipo de chamado ele respondeu ? para cuidar de ovelhas ou enganá-las ? dizem que o ” dinheiro é o deus do mundo “… e a Bíblia diz: ” não se pode servir a dois senhores…” ” por que coxeais entre dois pensamentos ? ”

            A Palavra de Deus é muito clara, muitos são chamados e poucos os escolhidos. Se Deus chamou alguém para a grande obra de pastorear a igreja ele não vai mudar o seu chamado para lhe colocar na política. A palavra de Deus diz claramente que “Deus não é de confusão”… Se não foi Deus quem lhe deu este chamado à pessoa e sim o homem, infelizmente há muitos pastores sem chamado pastoreando igrejas e muitos até acabando com as almas.

  21. AONDE VEMOS NA BÍBLIA JESUS DANDO DÍZIMO OU RECEBENDO DÍZIMO ?

    Essa é uma das perguntas das quais os pastores que querem de qualquer jeito receber dízimos não conseguem responder…

    O dízimo era uma espécie de imposto para todo o israelita, porém não eram todos os israelitas que tinham a obrigação de pagar dízimo… somente os que tinham colheitas ou animais procriando (leviticos 27:30-32)… se o israelita não se enquadrava nessas duas categorias, estava isento.

    Jesus nunca foi agricultor, nem cuidava de animais, portanto estava isento de ter de dar dízimo, pois antes de seu ministério Ele fora carpinteiro (Marcos 6:3)… dizer que todos em israel deveriam dar dízimo é a mesma coisa que dizer que todo brasileiro deve pagar ipva… claro que não… somente os que possuem veículos tem essa obrigação e da mesma forma era o dízimo… somente os que tinham colheitas e animais procriando tinham a obrigação perante a lei de moisés de dizimarem de suas colheitas e animais. Por isso Jesus nunca precisou pagar dízimo.

    Mas alguns alegam que Jesus era o Senhor e por isso não era obrigado a pagar dízimo, e sim a recebe-los… bem…. não há um relato bíblico de que o Senhor Jesus tenha recebido dízimos (muito menos em dinheiro) e tal fato é facilmente compreendido quando o Senhor Jesus relata que veio para cumprir a lei de moisés (mateus 5:17-18)… somente os levitas perante a lei de moisés tinham autorização para recolher dízimos dos israelitas (hebreus 7:5) mas Jesus não era levita e sim da tribo de judá (hebreus 7:14), portanto, se tomasse dízimos não estaria cumprindo a lei de moisés e consequentemente estaria invalidando o que Ele mesmo afirmou ao dizer que teria de cumprir a lei de moisés até que ela fosse consumada ( o que aconteceu com o sacrifício Dele na cruz).

    portanto, Jesus nunca pagou dízimo, nem sequer recolheu dízimos… e pq tem gente dizendo que o dízimo deve ser dado em nome de Jesus?

    Bem como dizem as escrituras, “movidos pela ganancia farão comércio de vós… ” (2pedro 2:3a)

    • stardust,

      Nenhum cristão PRECISA ou é OBRIGADO dar dízimo nem tampouco PRECISA ou é OBRIGADO a dar ofertas, a bíblia é clara a respeito disso.

      “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por NECESSIDADE; porque Deus ama ao que dá com alegria” 2 Coríntios 9:7

      Não é por necessidade (porque PRECISA ou é OBRIGADO) ou porque algum mandamento de Deus nos diz pra fazer, mas é conforme cada um propôs em seu coração.

      Dízimo não era uma espécie de imposto, era um ato de justiça e misericórdia com o próximo, e também não era exclusivamente destinado aos levitas, vejamos:

      “Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem” Deuteronômio 26:12

      Aqui nos mostra que no terceiro ano o dízimo deveria ser dado aos levitas, aos estrangeiros e aos órfãos e viúvas, claramente não é unicamente aos levitas. É um ato de justiça e misericórdia apenas.

      Em resposta a sua última pergunta, dízimo não deve ser dado em nome de Jesus, mas deve ser dado A ELE. Jacó por exemplo, fez o voto de dar o dízimo de TUDO a Deus, como ele faria isso ? A bíblia responde:

      “Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes” Mateus 25:40
      “Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim” Mateus 25:45

      Fazendo o bem ao nosso próximo, fazemos a Deus, e deixamos de fazer ao próximo deixamos de fazer a Deus.

      “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado” Tiago 4:17

      • O assunto dízimo realmente deixa os “pró-dízimos” desesperados… e sempre caem em contradição, vejamos a contradição do Jeann:

        JEANN DIZ: “Nenhum cristão PRECISA ou é OBRIGADO dar dízimo nem tampouco PRECISA ou é OBRIGADO a dar ofertas, a bíblia é clara a respeito disso.”

        MAS LOGO EM SEGUIDA DIZ: “dízimo não deve ser dado em nome de Jesus, mas deve ser dado A ELE.”

        Repare que Jeann diz que dízimo não é obrigatório nem necessário ao cristão, mas logo depois diz que o dízimo deve ser dado à Jesus… contraditório, não?

        É sempre assim… é só apertar um pouquinho com a bíblia que os defensores de dízimo caem em contradição…

        • jussara, vc é tão burra q não entendeu o q o jeann falou, ou está se fazendo de desentendida e agindo com falsidade?

          ele disse q nem dízimo e ofertas são obrigatórios, mas se vc quiser dar, por exemplo o dízimo, ele deve ser dado a Jesus, e como jeann explicou q se dá a Jesus?

          “Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes” Mateus 25:40.

          estou certo na minha interpretação jeann?

          • Edy mancebo

            Jesus nunca mandou dar dízimo à Ele, ou aos pobres… Jesus realmente ordenou que não esquecessemos dos necessitados, mas isso não quer dizer que obrigatoriamente tem que ser com 10% de nossa renda…

            A ajuda aos necessitados pode ser com agasalhos, comida, dinheiro, encaminhamento para serviços sociais, evangelismo, etc…

        • stardust,
          Acho que faltasse na aula de interpretação de texto.
          Vejamos se vc entende agora…

          QUANDO um cristão der VOLUNTARIAMENTE segundo propôs em seu coração, DEVE-SE dar principalmente com o intuito de agradar a Deus.

          stardust diz: “O assunto dízimo realmente deixa os “pró-dízimos” desesperados”
          De forma alguma, nós damos com liberalidade, não com tristeza ou necessidade, mas segundo nosso coração.

  22. Stardust, poeira de estrela a do oriente que caiu… Pela força do Arcanjo Miguel!

    JEANN, já provou que voçê não é páreo pra ele agora, poê o rabinho entre as pernas e se bata em retirada!

    Adeus também foi feito pra se dizer… Bye bye, so long, farewell…

    Ipso factor.

  23. Caramba, qui brigaiada por causa do dizimo, não intereça a opinião dos contras nos os assembleianos somos dizimistas e dai, somos dizimistas porque temos o Amor de Deus em nossas vidas, e o minimo que podemos fazer para o Santo evangelho do Senhor Jesus, quem nos libertou das infamias e nefastas armadilhas mundanas do inimigo foi o Senhor Jesus Atraves de seu Santo Evangelho, ate a folha seca de uma arvore não cai sem que o Altissimo Poderoso Deus Permita pois tudo lhe pertence, inclusive a vida humana daqueles que lho aceita, ele fez e faz tudo por nos e porque não devolver dizimo com amor em proou do Santo Evangelho? porque não ofertar com amor em proou do Santo Evangelho? muitos preferem dividir com [ bebidas prostituição, mulherada shous carros novos e usados e inportados mansões Iates viagens drogas todo tipo de vicios remedios farmacias hospitais na velhece] mas nos tendo sido libertados destas coisas do mundo porventuras seria-mos ingrato para com o libertador? e evidente que Deus quer nos ver felizes e prosperos, uns tem mais condições e alcança melhores condições financeiras que os outros mas Deus tanto abençoa um como o outro, desde que ambos prefessem a mesma fe o mesmo credo, eu ja disse e vou repetir, O ATO DE DIZIMAR E UM DOM DE DEUS E E ANTES DE TUDO UM ATO DE AMOR PARA COM DEUS E SUA OBRA REDENTORA E SALVADORA, quem não entende isso e diz ser crente e um grandissimo mentiroso e quem e o pai da mentira? então voce mentiroso esta a adorar o inimigo de DEUS e dos homens, e não adianta vir com descupas esfarrapadas que as tais não cola para um verdadeiro crente pois o verdadeiro crente e grato a Deus por sua infinita misericordia a qual manifestou em sua vida asim como manifestou na minha, e FIM

    • Verdade Tour,mas apesar de tudo vejo simplicidade ,verdade no Jean..ele parece ser uma pessoa cheia do E.Santo,mas ta caindo nas ciladas dela,nao vale a pena discutir ou tentar mostrar algo pra quem acha que tem a verdade absoluta , e usa a má fé quando pego em mentira

      • Ana Clara, obrigado pelos elogios :)

        Sobre discutir, eu acho que “discutir” no sentido de “debater” sobre um assunto teológico acho perfeitamente saudável, sempre nos leva a conhecer e ler mais a respeito da palavra de Deus. E claro, abre nossos olhos e de outros leitores e nos livra de muitas mentiras.

        O problema é quando se leva para o lado pessoal e se transforma numa “discussão” no sentido de briga. Nesse sentido realmente acho que tenho que cuidar mais, não vale a pena.

        Valeu pela dica, abração a vcs, Ana Clara e Tour Natrak

      • O que torna este ato de devolver o dízimo tão especial, é o fato do mesmo não ser um mandamento, uma ver que: DEUS o instituiu antes mesmo da Lei.
        Por este e outros tantos motivos, é o que me dá um prazer em ser um dizimista.
        Que DEUS abençoe a todos os que creem.

    • A questão irmã, é que muitos pastores compram bens em seu nome com dinheiro da igreja e ninguém fala nada, e eles não pagam imposto de renda sobre a prebenda que recebem, enquanto um irmão devolve o dízimo, dá oferta e ainda paga imposto de renda , é justo isso?
      as comissões de conta da maioria das igrejas existem só no papel, e ai se um deles pedir as notas para fazerem a auditoria, são até excluidos por não confiarem no pastor e no tesoureiro, na maioria das igrejas o pastor coloca quem ele quer na diretoria e comissão de contas ok.

  24. Excelente explicação, só para acrescentar, o dízimo era dado em forma de produtos da terra ou do rebanho, animais e colheitas, dentro da regra estabelecida do formato do dízimo descrito em levitico. Quem pensa que não havia dinheiro como dízimo esta errado, pois se o cidadão morava longe do centro religioso (templo de jerusalém), este poderia converter a oferta em dinheiro. Os dízimos atendiam a 4 (quatro) finalidades: sustento ao orfã, a viúva, ao estrangeiro e ao sacerdócio levítico (tribo de leví, a qual não recebeu terras). Mas tudo isto ficou no passado Jesus bradou na cruz: Esta consumado.
    Porém pessoas necessitadas sempre existiram e existem, sendo assim o evangelho já nos move também na ajuda filantrópica; em relação a “igreja”, segue o conselho do apóstolo Paulo: “cada um contribua segundo propôs no seu coração, não por tristeza ou necessidade, porque Deus ama (a todos) quem da com alegria”. II COR. 9.7

  25. O Dizimo faz sentido em um mundo capitalista principalmente o dos dias atuais ,desde que seja aplicado na obra do Senhor Jesus Cristo para ajudar os carentes e que para cressa o Santo evangelho .Agora quanto aos charlatões e aproveitadores , Mateus 24.11,12 e 13 explica.
    Paz de Cristo Jesus a todos, vigiai pôs não sabeis o dia da volta de Cristo.

DEIXE UMA RESPOSTA