Governador do RJ ataca “pastores de R$ 1,99 de rede de televisão” e compra briga com Record, diz jornalista

30

As eleições municipais do Rio de Janeiro voltaram a ter, no centro das discussões, citações a lideranças evangélicas. O governador do estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), afirmou, na última segunda-feira, 23 de novembro, que não teme “picaretas e pastores de R$ 1,99”.

O contexto da declaração envolve uma reportagem da TV Record veiculada no dia anterior detalhando as acusações feitas contra o pré-candidato do PMDB à prefeitura do Rio de Janeiro, Pedro Paulo Carvalho.

Pedro Paulo, como é conhecido na cidade, é acusado de agredir a ex-esposa a socos e pontapés durante discussões em 2008 e 2010. A emissora, assim, aproveitou a revelação do caso para expor o político.

Segundo informações do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Pezão “não deu nome aos bois” quando bradou que iria para o confronto, mas referia-se à Record.


“Pedro, você pode ter certeza, essas fofocas cada vez vêm de um jeito. Agora nossos adversários estão colocando a cara para fora mais cedo. Não temos medo de picareta, de pastor de R$ 1,99 de rede de televisão. Se tiver que ir para o pau, a gente vai para o pau”, disse Pezão.

A emissora, de propriedade do bispo Edir Macedo, está veiculando, nesta semana, uma série de reportagens intitulada “O Rio de lama”, em que detalha escândalos de corrupção e acusações contra a administração do PMDB no estado e na cidade.

Como Edir Macedo, dono da Record e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, é tio do senador e bispo Marcelo Crivella (PRB), é provável que a troca de farpas tenha relação com a provável candidatura de Crivella à prefeitura do Rio de Janeiro em 2016.

Pezão e Crivella se enfrentaram na disputa pelo governo do estado em 2014, e durante o segundo turno, a temperatura da campanha esquentou entre ambos, com troca de acusações e disputa pela quantidade de líderes evangélicos que cada um conseguia atrair.

O impacto da declaração de Pezão sobre os “pastores de R$ 1,99” entre os líderes evangélicos ainda não pôde ser mensurado.

30 COMENTÁRIOS

  1. Para provar que eu não sigo Malafaia cegamente, na época das eleições, o Silas apoiou para governador do Rio, o Pezão, e eu não votei nele nem ferrando, não gosto dele, como não gostava do Sergio Cabral. Eu não sei como é que esse cara ganhou, pois nas pesquisas ele estava atrás de todos. Na verdade, eu preferia o Crivella como governador, pois assim teríamos a oportunidade de tentar mudar um pouco as coisas!

  2. É claro que essas reportagens da record visam minar a candidatura de um candidato concorrente de marcelo crivella, sobrinho de edir macedo e que apoiou a cpmf recentemente, traindo o povo carioca que votou nele e fazendo a vontade do governo petista. Tudo isso por causa de um cargo de ministro ao PRB, o já conhecido partido da universal.

    Em nome de Jesus, Crivella vai perder de novo no RJ, e assim como em SP, quando russomano perdeu as eleições de 2012 ao ter seu envolvimento com a universal revelado, os jornais vão dar de novo a mesma manchete: Edir macedo, o maior derrotado das eleições.

    E que fique claro que a igreja record do reino de Deus não tem nada a ver com a rede universal de televisão.

    • assim como a novela os dez mandamentos arrebentou a rede esgoto……

      UE stardustio você tinha dito que a novela seria um fracasso?
      O que aconteceu?
      e ai você sai do cativeiro?

      • cesarr7

        Fico feliz que a melhor resposta que vc achou para tentar contradizer o meu comentário, que vc sabe que é real, é falar da novela 10 mandamentos… o que comprova a sua falta de melhor argumento.

        • Pois é estardustio eu não toquei no assunto que você escreveu porque 1º so quis lembrar você que suas previsões erraram mais uma vez.
          e com respeito as eleições.
          NÃO SE PREOCUPE,
          Cedo ou tarde o crivela vai ser prefeito ou governador do rio…
          não tem como impedir isso…

          Agora você falar que o bispo macedo e derrotado nas eleições isso mostra que você voltou mais doido ainda.
          Pois o bispo macedo nunca foi candidato a nada nas eleições.
          como ele poderia perder algo que nunca disputou?

          estardustio volta para o seu cativeiro, porque só assim para você passar menos vergonha.

          • cesarr7

            Crivella nunca será prefeito ou governador do RJ porque seus adversários sempre lembrarão ao povo incauto que ele é sobrinho do macedo, e “bispo” da iurd, fora explorarem as mancadas de crivella tais como apoiar a CPMF indo contra o anseio do povo, jogando a favor do governo que aí está.

            E quando o povo descobre que crivella é ligado a iurd, naturalmente vão recusar votar nele. Por isso que todos os candidatos da iurd escondem do povo que tem essa organização por trás deles. O povo repudia a iurd, e vc sabe disso. Os próprios “bispos” dizem que a iurd sofre de “preconceito”, mas isso é fruto das mascaras da cupula iurdiana terem caido naquele famoso video do “ou dá ou desce”, um clássico do youtube.

            E sobre “edir macedo maior derrotado das eleições” é uma referencia a uma manchete de um jornal de SP no dia seguinte a eleição onde russomano o candidato da iurd foi derrotado. De primeiro nas pesquisas, viu sua candidatura ruir a cada vez mais que o povo descobria que ele era apoiado pela iurd e não foi sequer pro segundo turno. O povo não quer saber de iurd governando o país.

          • e quando o povo descobriu agora que romario esta ligado a varias falcatruas? e quando descobre que os futuro, pre candidato sucessor do atual prefeito esta no mesmo rolo???

            as pessoas ja estão cansadas dessas falcatruas, e os que votaram no pesudo ja estão colhendo o resultado e se arrependeram..
            Não tem jeito o crivela vai ganhar mesmo…

            como sempre você é sempre envergonhado.

          • Cesarr7

            O assunto não é romario, pezão ou qualquer outro candidato. O assunto é crivella será novamente derrotado, para honra e glória do Senhor Jesus. Até o silas malafaia é contra a candidatura do testa de ferro de macedo nas eleições do RJ. Veja:

            https://youtu.be/sJ2eKlshP3c

  3. Não devemos esperar muito desses políticos corruptos e esse Governador que mais parece que saiu do Inferno de tão assombroso que é só se pode esperar coisas ruim. O melhor é termos que acabar com os Salários dos dois Poderes, o Executivo e Legislativo, porque Política não é emprego e sim um cargo que dever ser exercido civicamente, tendo apenas uma ajuda de custas de um a dois mínimos.

  4. no rio de janeiro tem um esquema forte que e dificil tirar essa turma do poder , inclusive a morte de um pastor deputado da IURD ( VALDECIR DE JESUS ) na época do ex-bispo Rodrigues . com certeza foi morto porque sabia de mais !
    tem milicia,trafico,politicos,comando vermelho,empresários por trás de interesses !

DEIXE UMA RESPOSTA