Saeed Abedini permanece firme, recusando-se a negar a Cristo na prisão, diz esposa do pastor

7

O pastor Saeed Abedini, que continua preso e sofrendo com seu estado de saúde fragilizado e as más condições do presídio no Irã, se mantém firme no propósito de que seu testemunho inspire outros seguidores de Cristo, e continua recusando a proposta das autoridades de negar sua fé.

A informação foi repassada por sua esposa, Naghmeh Abedini, que novamente se manifestou pedindo a liberdade de seu marido. Segundo informações do site Christian Today, ela foi convidada a participar de uma audiência do Congresso dos Estados Unidos.

Na ocasião, Naghmeh disse que a prisão de seu marido no Irã causou feridas em sua família: “Minha mensagem é mostrar um vislumbre da dor que passamos como uma família dilacerada. Minhas crianças perderam tanto seu pai para uma prisão no Irã, e também a sua mãe, pois eu viajo para advogar em nome do meu marido. É difícil voltar para casa sem respostas sólidas, espero que este seja o momento em que poderemos trazer Saeed para casa”, afirmou.

A esposa do pastor disse que Saeed Abedini recusa-se a negar a Cristo, mas sofre diariamente por sua fé: “Ele foi torturado, especialmente os primeiros meses ele foi espancado, quando hemorragia interna começou. Ele se recusa a negar sua fé cristã… eles estão colocando-o dentro e fora da solitária para quebrá-lo [psicologicamente]. Eu não estou preocupada apenas sobre sua dor física, mas o seu psicológico. Eles querem, quando eles liberarem Saeed, libertar uma pessoa muito doente. O tempo é a essência”, comentou a esposa do pastor.


Esforços

Em janeiro deste ano, o presidente Barack Obama recebeu a família do pastor Saeed Abedini em Idaho e prometeu fazer todos os esforços possíveis para libertá-lo da prisão.

As relações entre os governos dos dois países são extremamente complexas e limitadas, devido aos interesses conflitantes de ambos na política internacional e na questão das energia nuclear.

“Estou extremamente grata ao presidente, que separou um tempo para se encontrar com a nossa família e nos garantiu que a libertação de meu marido é uma prioridade”, afirmou Naghmeh após o encontro.

7 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo como no seculo XXI ainda fatos como esses em plena era da internet mais posso enviar minha sugestão para esses monstros do Irá que acham que estão fazendo algum para Deus e estão fazendo para Lúcifer, isso está escrito na palavra de Deus e não entendo como temos políticos como Deputado Federal e Senador e não bombardeiam esse País que tem autoridade com uma visão tão distorcidas das coisas de Deus, temos também os Estados Unidos a Inglaterra e o Brasil que são Países com muitos Cristãos e não fazem nada.

  2. JÁ PENSOU SE ACEITASSEM QUE NÓS PUDESSEMOS MANDAR OS STARDUSTIANOS PARA LÁ, NÃO ERA NEM PRECISO PEDIR LOGO LOGO NEGAVAM A CRISTO, FAZEM ISTO TODOS OS DIAS AQUI.
    CLARO IRIAM MORRER IGUAL POIS NEGAR A CRISTO É FÁCIL, MAS NEGAR A SER GAY É BEM MAIS DIFÍCIL , CERTAMENTE MMORRERIAM…

    • “Sei que não há nada nem ninguém, que consiga separar o cristão de Deus e de uma vida mais além, no céu onde os temores vão cessar, é intransponível esse amor, que Jesus tem pelos seus dando livramento em plena luta em plena dor, Jesus é o nosso grande intercessor”. Amém!

  3. Exemplo de amor a Deus!Oremos pela sua libertação,mas também pela renovação diaria de sua fé…Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me(2Tm 4.17a)

  4. Rm 13.1-7, Paulo se referia ao governo civil com suas leis para que se mantenha um mínimo de ordem em qualquer nação e não a fé cristã em Jesus como Filho de Deus.Porém,respondendo Pedro e os apóstolos,disseram:Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.(em resposta as autoridades judaicas quando estas queria dissuadir os apótolos de sua fé) seriam Paulo,Pedro e os demais apóstatas?Não,verdadeiramente não! Deus nosso refúgio e fortaleza em tempos de angústia(Sl 46.1)

  5. A Paz do Sr Jesus a todos
    Não sou especialista , mas nunca na Biblia encontraríamos uma passagem que anulasse a outra afinal, se Jesus destruiu as barracas do templo , condenou os ricos( de coração no dinheiro), os fariseus, condenou a todos os que não seguissem seu caminho e ensinamentos, nos deu o livro de apocalipse condenando as pessoas pelo seus atos etc etc etc, acredito que em Romanos se refere a uma autoridade , e leis, etc que sejam no mínimo a favor do que a Bíblia ensina. Se não em um pais que aceita aborto, deveriamos nos posicionar a favor, noutro que legaliza a prostituição , nos paises comunistas não mandariamos missionarios, afinal temos que respeitar o seu ateismo e a divinação dos seus lideres…..e segue mais exemplos é só pensar. Tem os

  6. A lei de um pais devem ser obedecidas até onde não fira a Magna Constituição do crente, que são as Escrituras: Atos 4.19, 20: “Mas Pedro e João lhes responderam: julgai se é justo diante de deus ouvir-vos antes a vós outros do quê a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.” e Atos 5.29: “Antes importa obedecer a Deus do que a homens.”

DEIXE UMA RESPOSTA