Satanista pede que motorista do Uber desligue música gospel e é expulsa do veículo; Entenda

145

Uma passageira que não queria ouvir música gospel foi obrigada pelo motorista a desembarcar do veículo cadastrado no Uber após dizer que era satanista.

O caso mobilizou as redes sociais, porque a passageira publicou um vídeo no Facebook para reclamar do motorista. Na descrição do vídeo, ela relatou o que havia acontecido.

Eliza Schinner, contrabaixista, solicitou uma viagem pelo aplicativo Uber na madrugada da última quinta-feira, 14 de julho. O motorista que atendeu ao chamado ouvia música gospel no rádio do veículo.

A musicista insistiu que o motorista trocasse a música ou desligasse o rádio, e argumentou que não queria ouvir gospel por ser satanista. Nesse momento, o associado do Uber perdeu a paciência.


“O quê? Tá maluca, garota? Sai do meu carro agora!”, teria dito o motorista, segundo o relato de Eliza. Ela argumentou dizendo que não sairia pois estava pagando e não era obrigada a ouvir música religiosa.

“Sai do meu carro agora! Você falou o nome de Satanás dentro do meu carro. Não admito isso. Vai sair é agora!”, teria afirmado o condutor, que parou o veículo em um posto do bairro de Rio Comprido, na zona norte do Rio de Janeiro (RJ).

“Gente! Este motorista de Uber de Jesus saiu freando o carro, cantando pneu que nem um louco. Fui obrigada a sair do carro no meio do Rio Comprido, bairro onde nenhum ser humano do Rio anda sozinho às 2h da manhã, do nada! O motorista chegou a fingir que ia pegar uma arma quando saiu do carro. Gritou que nem um louco”, acusou Eliza.

De acordo com informações do jornal O Dia, a passageira reclamou com o Uber, e a empresa a procurou, com um pedido de desculpas e informando que as providências seriam tomadas para que o comportamento do motorista não se repetisse.

Eliza usou as redes sociais para dizer que, independente do ocorrido, continuará utilizando Uber e que maus profissionais existem tanto nele quanto em táxis: “Não sou ‘baba-ovo’ de Uber, nem ‘hater’ de taxistas. Sou uma usuária de ambos os serviços, mesmo considerando o Uber infinitamente melhor no tocante ‘preço’ […] Assim como já levei um tapa na cara de um taxista homofóbico, desta vez fui expulsa de um Uber por um motorista ditador religioso. Gente ignorante, intolerante e doida existe em qualquer lugar, e a frente de qualquer volante”, escreveu.

Nos comentários, uma enxurrada de críticas foi feita à passageira: “Pelo amor de satã, gente! Desrespeito é me obrigar a escutar música gospel. Eu respiro música, estudei música desde criança, e não sou obrigada a enfiar lixo na minha orelha”, respondeu.

O Uber divulgou uma nota dizendo que esse não é o padrão defendido pela empresa: “Definitivamente esta não é a experiência que a Uber deseja oferecer a seus usuários. Este tipo de comportamento não é tolerado”.

Veja o vídeo do momento que o motorista pede que a passageira desembarque:


145 COMENTÁRIOS

  1. Essa senhora, além de ser satanista ainda é reincidente em confusão com taxistas.
    Por acaso alguém já ouviu a versão do motorista ?, afinal….., ela mesma se declara filha do pai da mentira.

  2. Elisandro Carlos Nascimento , chora mais e l2p; Tu tá prestando um serviço. Tu é obrigado SIM a fazer, ou então não aceita esse emprego. Escolha tua.

    Engraçado quando os "cristãos" são mais filhos da puta do que os "satanistas"…

  3. Dannyel Santtos , não estão não. Conheço infinitamente mais bandido crente (inclusive esse taxista/uberista) do que de qualquer outra religião, inclusive o satanismo…eu acho muito curioso de ver que geralmente os satanistas são gente mais de bem do que muito cristão…chega a ser cômico…bom, fazer o que né…seguidores de um deus que gosta de apagar cidades, matar pessoas sem motivo…

  4. Quando, um cristão tiver ouvindo música Gospel e um servo do capeta se incomodar que é comum claro como Deus vai agradar satanás, eu posso falar pois eu sei de onde eu saí, um deve respeitar o outro seja lá quem for, ele deveria ter sido sábio abaixado o som, falando que ouve pq sente uma paz muito grande, isso muda transforma, e ela só pq tá pagando já se acha a poderosa, eu trabalho com clientes de poder aquisitivo alto, e todas me tratam bem me respeitam, só porque ta pagando tem que humilhar, tá errado tbem.. os dois foram errados.

  5. BOA NOITE,´´ O MOTORISTA SO AGIU ERRADO EM UMA OPORTUNIDADE DE NAO PREGAR PARA ELA´´. EU COMO CRISTÃO, DESLIGAVA O RADIO APOS A MOÇA PRONUCIAR QUE E SERVA DO METIROSO DESDE DO PRINCIPIO. E PREGAVA PARA ELA CONHECER A VERDADEIRA LUZ MUNDO E DO UNIVERSO. COITADA ELA TA NAS TREVAS E PRECISA DE LUZ.

  6. Lembrei de alguns comércios que tocam música gospel bem alta…As pessoas precisam aprender a separar religião de negócios públicos. Isso sim é uma ditadura evangélica, querer enfiar guela abaixo das pessoas as crenças individuais. Grande falta de respeito e empatia.

  7. Toda história tem duas vias,aí só está da satanista, mais só pra deixar bem claro tudo deve ser colocado na mão de Deus pra ele julgar e não nós ficarmos criticando,pois muitas coisas piores vão vim para tentar abalar o nome do Pai e a Sua Palavra.Amém fiquem com O Grande Criador de tudo o Arquiteto do nosso Universo. Deus.*.

  8. Sou da época em que o cristão se alegrava com perseguição e orava pelo que o perseguia. Ficou fora de moda virar a outra face e vencer o mal com o bem. Isso a Bíblia defende, agora maltratar uma pessoa como o motorista evangélico fez não me parece muito cristão não. Os cristãos é que devem dar o exemplo, ser diferente do mundo, o cara agiu exatamente como a garota. Uma vergonha, uma caricatura do que é a igreja evangélica dos nossos dias. Me pergunto se algum crente se dispôs a orar por ela como a Bíblia instrui.

  9. Ele deveria era repreender essa maldição na vida dela em nome de Jesus…Ser satanista é trazer maldição para o mundo…Já sabem pra onde irão se não se converterem…

DEIXE UMA RESPOSTA