Sem pernas, famosa ginasta diz que Deus a transformou em “guerreira espiritual”

Mulher que nasceu sem as pernas e conseguiu se tornar uma ginasta famosa, testemunha como Deus lhe deu forças para se tornar uma "guerreira espiritual"

0

Jen Bricker é mais um caso de superação, apesar de todas as dificuldades da vida. Nascida sem pernas e abandonada pelos pais biológicos, Jean encontrou pais cristãos que lhe adoraram ainda bebê e ensinaram como Deus pode lhe dar forças para ser uma verdadeira “guerreira espiritual”, mas também na vida, realizando o sonho de ser uma ginasta.

Uma lição que Jean Bricker nunca esqueceu foi a dos seus pais, quanto lhe ensinaram a nunca dizer “não pode”, mas invés disso, acreditaram no potencial dela, incentivando seus desejos de superação:

“Eles me criaram com esse tipo de força, é uma força guerreira. Então, quando vim para eles e disse: ‘Eu quero jogar softball, basquete, poder cair, quero fazer patinação.’ Em vez deles me tratarem com negatividade, questionando as razões pelas quais eu não poderia, eles disseram, ‘Ok! Eu sei que você vai descobrir isso, então vamos colocar os patins em suas mãos.'”, disse ela em uma matéria na CBN.

Mas a força e aprendizado que os pais de Jean ensinaram a ela veio de algo muito maior do que eles. Veio da fé em Deus. Ela conta que ao aprender a confiar em Deus, lendo a Bíblia, isso mudou a sua vida; “Eu li a Palavra todas as manhãs, eu oro, e quando comecei a fazer disso uma parte diária da minha vida, isso mudou toda a minha vida. Tudo deriva disso.”, lembra ela.


Seus pais biológicos eram imigrantes pobres da Romênia, já tinham um filho e por isso Jean acredita que tiveram receio de não conseguir cuidar de Jean, por ter nascido sem as pernas, achando que não teriam condições de arcar com gastos médicos, algo que já foi superado por Jean ao ponto de atualmente manter contato com a mãe biológica (o pai faleceu antes de conhecê-la). Ela também encontrou uma irmã biológica através de um programa de TV, que também é uma famosa ginasta e medalhista olímpica, chamada Dominique Moceanu.

Uma lição de fé e determinação

Jean conta que uma das coisas mais importantes para seguir buscando os seus sonhos, foi conseguir amar a si mesma, mais do que as opiniões negativas e preconceituosas a respeito de sua deficiência; “Não importava se todo mundo inteiro me dissesse que eu era bonita, sabe? Não era esse o ponto. O ponto era como o que estava acontecendo na minha própria cabeça.”, disse ela.

Sabendo que Deus a ama como filha e que sua vida e capacidade são maiores do que qualquer limitação física, Jean viaja pelo mundo testemunhando sua trajetória de sucesso e devoção, através de palestras motivacionais e uma autobiografia. Para Jean, Deus lhe transformou numa guerreira:

“Deus me protegeu de tantas coisas para me dar essa força que eu preciso hoje. E isso não é algo que você pensa quando diz ‘guerreira’. Mas isso é absolutamente uma característica de ser guerreira. Só um guerreiro espiritual permite que Deus brilhe através de você com alegria e amor”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA