Senadores evangélicos se omitiram na votação que aprovou o casamento gay na Comissão de Direitos Humanos

20

Na última quinta feira (24) foi aprovada na Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado o Projeto de Lei 612/2011, que altera o Código Civil brasileiro e reconhece a legalidade da união estável entre homossexuais. No dia da votação que aprovou esse projeto, os dois senadores evangélicos que integram a comissão não compareceram.

O projeto, de autoria da senadora Marta Suplicy (PT/SP), altera os artigos 1.723 e 1.726 do Código Civil, de forma a permitir que casais homossexuais que vivem em união estável poderão solicitar o registro civil de casamento, e não apenas de união civil entre homossexuais.

A CDH tem entre seus integrantes os senadores evangélicos Magno Malta (PR/ES) e Eduardo Lopes (PRB/RJ), que é substituto do senador Crivella que se afastou para assumir o Ministério da Pesca. Porém os senadores não compareceram e votação e, segundo o holofote.net, também não informaram a seus eleitores sobre a possibilidade de aprovação da lei na comissão.

Diante da aprovação da lei o Deputado Marco Feliciano se manifestou no Twitter afirmando que iria divulgar os nomes dos parlamentares que votaram a favor do projeto, para que a população pudesse se manifestar.


Fonte: Gospel+

O Gospel+ havia noticiado anteriormente de forma equivocada que o Senador Eduardo Amorim havia votado a favor da proposta PL 612/2011, porém pelo contrário tanto o Senador, quanto seu partido, o PSC, se posicionaram contra a proposta. Desta forma o Gospel+ pede desculpas pela inconveniente junto ao Senador Eduardo Amorim e ao PSC. A notícia já foi corrigida com a informação correta.

20 COMENTÁRIOS

  1. Para vocês isto são apenas fábulas. Será?
    E se eu fizer um desafio, hoje, a todos os sodomitas, bruxos, tocadores de atabaques, babalorixás, exus, erês, macumbeiros, guias, Igreja 666, ateus, agnósticos, vale do Amanhecer, do Escurecer, e quantos mais, para se reunirem em um grande estádio, ou mesmo na Esplanada dos Ministérios, com todos presentes, televisão, mídia em geral, e pedir que incorporem seus demônios, guias, santos e tudo quanto mais quiserem. Será que aceitariam este desafio? Eu vou sozinho, acompanhado do Deus que eu sirvo. Me coloquem num palco central, bancado pela Federação Espírita do Luis Surianni, tragam Luis Mott, o homossexual e pedófilo, Toni Reis, Jean Wyllys, e quantos mais Wyllys, quiserem. Deixem eu cantar apenas três louvores e clamar ao meu Deus. Verão o que é poder de Deus. A manifestação do poder que seus guias dizem que tem, certamente será, na visão de vocês, maior que o poder manifestado por apenas um mortal. Correto? Faço este desafio. Digo aqui que quem esta em Cristo, nenhum poder das trevas é contra ele. Sugiro ainda a data 21/12/2012. Sabem que dia é este? Expulsar Demônios e Curar Enfermos, é uma de nossas atribuições como Servos do Deus Altíssimo. Só temo o castigo divino. O Resto é, apenas resto. É o que vocês são, apenas Restolho, pois negam a Cristo, quando procuram ao invés dele, contatos com Espíritos Imundos, escravizadores, assassinos, idólatras, adivinhadores, cartomantes, curandeiros (João de Deus de Abadiânia, pode vir também), pombas giras, exus, caboclos e guias. É tanta sujeira. Só não vê quem é cego. Em nome de Jesus, seja revelada
    agora toda a cegueira espiritual de quem acaba de Ler este desafio. Juntem todos. Deus é comigo. Eu sou dele. A minha vida pertence a ele. Ele me livra de todo o laço do inimigo. Da peste perniciosa, do laço do passarinheiro e do vale da sombra da morte.

    Abraão intercede por Sodoma (episódio bíblico)
    Todas as passagens da Bíblia sobre o episódio "Abraão intercede por Sodoma".
    Gênesis 18
    17 E disse o Senhor: Ocultarei eu a Abraão o que faço,

    18 visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e por meio dele serão benditas todas as nações da terra?

    19 Porque eu o tenho escolhido, a fim de que ele ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, para que guardem o caminho do Senhor, para praticarem retidão e justiça; a fim de que o Senhor faça vir sobre Abraão o que a respeito dele tem falado.

    20 Disse mais o Senhor: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito,

    21 descerei agora, e verei se em tudo têm praticado segundo o seu clamor, que a mim tem chegado; e se não, sabê-lo-ei.

    22 Então os homens, virando os seus rostos dali, foram-se em direção a Sodoma; mas Abraão ficou ainda em pé diante do Senhor.

    23 E chegando-se Abraão, disse: Destruirás também o justo com o ímpio?

    24 Se porventura houver cinqüenta justos na cidade, destruirás e não pouparás o lugar por causa dos cinqüenta justos que ali estão?

    25 Longe de ti que faças tal coisa, que mates o justo com o ímpio, de modo que o justo seja como o ímpio; esteja isto longe de ti. Não fará justiça o juiz de toda a terra?

    26 Então disse o Senhor: Se eu achar em Sodoma cinqüenta justos dentro da cidade, pouparei o lugar todo por causa deles.

    27 Tornou-lhe Abraão, dizendo: Eis que agora me atrevi a falar ao Senhor, ainda que sou pó e cinza.

    28 Se porventura de cinqüenta justos faltarem cinco, destruirás toda a cidade por causa dos cinco? Respondeu ele: Não a destruirei, se eu achar ali quarenta e cinco.

    29 Continuou Abraão ainda a falar-lhe, e disse: Se porventura se acharem ali quarenta? Mais uma vez assentiu: Por causa dos quarenta não o farei.

    30 Disse Abraão: Ora, não se ire o Senhor, se eu ainda falar. Se porventura se acharem ali trinta? De novo assentiu: Não o farei, se achar ali trinta.

    31 Tornou Abraão: Eis que outra vez me a atrevi a falar ao Senhor. Se porventura se acharem ali vinte? Respondeu-lhe: Por causa dos vinte não a destruirei.

    32 Disse ainda Abraão: Ora, não se ire o Senhor, pois só mais esta vez falarei. Se porventura se acharem ali dez? Ainda assentiu o Senhor: Por causa dos dez não a destruirei.

    33 E foi-se o Senhor, logo que acabou de falar com Abraão; e Abraão voltou para o seu lugar.

    • Se disse algo de errado, aceito qualquer punição da parte de Deus. Se eu estiver vivo amanhã, é porque é a pura verdade de Deus, o que até aqui relatei da parte de Deus. Toquem seus atabaques se quiserem. Invoquem seus demônios, se quiserem. E quem puder ore por mim. Eu aceito. Maranata, ora vem Senhor Jesus. Louvado seja o nome do Senhor, para todo o sempre. Amém. Até amanhã, se Deus quiser.

    • Se disse algo de errado, aceito qualquer punição da parte de Deus. Se eu estiver vivo amanhã, é porque é a pura verdade de Deus, o que até aqui relatei da parte de Deus. Toquem seus atabaques se quiserem. Invoquem seus demônios, se quiserem. E quem puder ore por mim. Eu aceito. Maranata, ora vem Senhor Jesus. Louvado seja o nome do Senhor, para todo o sempre. Amém. Até amanhã, se Deus quiser.

DEIXE UMA RESPOSTA