Templo religioso é apedrejado e mago responsável acusa evangélicos de realizarem ataque

34

Um novo ato de intolerância religiosa foi registrado na última quinta-feira, 18 de junho, no Rio de Janeiro (RJ). O templo de magia Casa do Mago, na zona sul da cidade, foi apedrejado por homens que supostamente estariam com exemplares da Bíblia Sagrada nas mãos.

O responsável pelo local, Ubirajara Pinheiro, afirmou que as câmeras de segurança não puderam registrar o momento do ataque, e que as pedradas atingiram uma estrela, as imagens da Senhora Aparecida e de budas, mas nenhuma delas sofreu danos, assim como as janelas do templo ficaram intactas.

Ubirajara Pinheiro afirmou ao telejornal RJTV que percebeu o apedrejamento quando realizava uma consulta e ouviu os barulhos das pedras: “Tenho certeza que eram evangélicos, volta e meia eles estão aqui. Esses ataques religiosos já aconteceram outras vezes. Às segundas-feiras oferecemos consultas gratuitas e estas pessoas ficam lá fora tentando converter quem está na fila esperando para ser atendido”, afirmou o mago.

Esse é o segundo caso de intolerância religiosa registrado essa semana no Rio de Janeiro e atribuído a evangélicos. No último domingo, uma menina de 11 anos de idade, praticante de candomblé, foi apedrejada quando saiu de uma reunião em um terreiro.


A avó da menina afirmou que os homens que fizeram o ataque estavam com Bíblias nas mãos e, antes de jogar pedras no grupo de candomblecistas, haviam feitos xingamentos. A criança foi atingida na cabeça, mas foi socorrida e medicada, mas passa bem.

Líderes evangélicos se manifestaram sobre o caso e repudiaram o ataque, dizendo que, caso fique comprovado que eram evangélicos, essa não é uma prática comum e/ou incentivada pelas igrejas.

O pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para dizer que os responsáveis pelo ataque à menina devem ser identificados, processados e presos.


34 COMENTÁRIOS

  1. Tão usando bíblias na mão para enganar, como seja, os que querem desfazer dos evangélicos se passando por evangélicos.

    Quem gosta de debater e enfrentar os evangélicos são os que ora nos acusam.

  2. Isso e razoavel e solitario que e uma baita MENTIRA, e evidente e razoavel solitario que são pessoas transvertidas e com uma biblia na mão para colocar culpa nos Crentes, isso e com certeza com de cum força, em devemos dar credito a isto, pois quem são nossos inimigos, inimigos declarados, ora os gays os catulicos os ateus os espiritas, principalmente aquele borboleta saltitante la do congresso, vai saber o cara montou uma gangue paga pra fazer estas proesas, ou outro grupo os quais são varios,, Á Verdade sempre aparece e ora dessas eles serão pegos e ai a verdade vira a tona, e veremos quem esta realmente por traz de tudo isso, sem mais fui,

  3. O tirano romano nero tentou difamar os cristãos colocando fogo em roma e saiu um tiro pela culatra,os cristãos só aumentaram em número.
    agora se acusou tem que provar e se não provar tem que ser processado por injúria e difamação.

  4. Quem deve estar gostando disso tudo e a seita do PapaSim pq antes ela matava os crentes na fogueiras, agora ela copia,finge que os ama.Como essa intolerancia religiosa que supostamente inventaram que sao os evangelicos que promovem ela deve estar se divertindo,pq ela nao precisa se mexer em nada.A imprensa deve saber que os crentes nunca mataram ninguem em nome de Deus.Isso estar registrado nos anais da historia e so ler.

  5. Vamos lá, ateus e críticos da internet. Se o cristianismo e as igrejas evangélicas são o grande da nação e do mundo, como vocês tratarão a respeito?. Vão proibir cultos, fechar igrejas, queimar bíblias, prender pastores e fiéis? Isso seria uma atitude de pessoas distas intolerantes, inteligentes, evoluídas. Esse discurso generalista e preconceituoso pode levar a outras atitudes violentas, é só lembras as cruzadas, os judeus na Alemanha nazista, o Estado Islâmico.

  6. Só para lembrar, segundo dados oficias da ONU, o grupo mais perseguido do mundo são cristãos. Não são homossexuais, negros, islâmicos, hinduístas, ateus, etc.. (o que não justifica violência cometidas a esses grupos).

  7. Há pessoas que criticam a todo custo os cristãos e especialmente os evangélicos (o que é um direito de cada um). Se julgam evoluídos, tolerantes, mas vivem de deboche, chamando-nos de trouxas, alienados, evanjegues, etc.
    Tudo bem que os ateus ou outros críticos sigam a sua vida de acordo com a sua verdade, porém agir atos de violentas cometidas por alguns imbecis evangélicos com insultos, preconceito e mais violência não adianta, se torna um ciclo vicioso.
    Mas como cada vive a sua verdade, a verdade alheia que se dane.

  8. Há um pessoal que se comove em caso de violência contra umbandistas, muçulmanos, ateus ,etc (e eu também, repudio qualquer violência).Porém quando são os cristãos os perseguidos, como vemos no Oriente Médio e partes da Ásia e África e até mesmo no Brasil (como era em vários lugares nos anos 50, 60, 70), os mesmos calam-se ou ainda se tornam indiferentes e até com mais críticas aos cristãos, citando exemplos de perseguição cristã ao longo da história.

  9. Concordo que tem que investigar e punir pois tenho çerteza que tem pessoas fazendo transvertido de evangélico e para quem e travestido isso é fichinha e o mais engraçado é que tem câmera mas não gravo e p/que serve então dentro das igrejas e pregado o amor ao próximo a muito membros que hoje evangélico mas que ontem eram do candomblé, umbanda ,espíritas, católicos em 5 anos de evangélica nunca vi nenhum incentivo a tal prática.

  10. Umm ta tudo muito estranho,sempre é visto homens com Biblias e que logo somem.
    isso tudo começou depois da escandalosa parada gay em que evangélicos condenaram o ato da crucificação veementemente.

    • São os stardustianos renovados travestidos de evangelicos, na realidade são eles para prejudicar a todos nos que Somos Crentes, e evidente e claro que são gays ateus e espiritas macunbolicos, que se borram de raiva por sermos contra suas mais que pecaminosas praticas,

  11. A onda de indignação continua crescendo contra ações de ódio e intolerância de evangélicos fundamentalistas dominionistas. Desta vez foi Ricardo Boechat que deu duras respostas ao Silas Malafaia depois que este último o provocou no twitter em razão da análise que Boechat havia feito sobre a conexão entre a violência contra a menina umbandista e ações de ódio e intolerância de fanáticos religiosos.

    O interessante é que Boechat repetiu a denúncia que muitos vêm fazendo sobre vendilhões do Evangelho e intolerantes evangélicos fundamentalistas:



    Assine o Canal
  12. Como é que se dá a incitação à violência por parte dos evangélicos? Vamos responder a essa pergunta, de modo breve, a partir de falas de Marco Feliciano, conforme segue:

    “Eu profetizo a falência do reino das trevas. Profetizo o SEPULTAMENTO dos pais de santo. Profetizo o fechamento dos terreiros de macumba. Profetizo a glória do Senhor na Terra”

    “A podridão dos sentimentos dos homoafetivos leva ao ÓDIO, ao CRIME, à rejeição”

    Ocorre que psicopatas fanatizados ouvindo ou lendo afirmações de ódio como essas, eles são como que incitados a praticar a violência, não precisando, portanto, de uma ordem direta para a violência, do tipo: “vai lá e mata um pai de santo”, “vai lá e mata um homossexual”, porque para o indivíduo desequilibrado, basta uma insinuação, partindo de alguém com influência, para ele receber isso até mesmo como um mandado divino.

    Foi assim que Hitler levou multidões a perseguirem judeus e outras vítimas do monstro nazista. Sempre tenho dito e continuo repetindo: o Brasil caminha para um futuro muito ruim, terrível mesmo, a continuar a ascensão do movimento dominionista evangélico.

    Hoje já temos uma pequena prévia do que é religião amalgamada com política quando percebemos a gestão de Cunha, que começa a incomodar a sociedade por seu estilo por muitos considerado como autoritário e demagogo (vide recente Editorial da Folha).

    E aqueles que hoje gozam da frágil paz e liberdade que o país oferece, principalmente muitos líderes religiosos frouxos da igreja católica e protestante, bem como líderanças políticas que estão vendo a escalada dominionista e fundamentalista e nada fazem no sentido de esclarecer o povo e dar combate – dentro do estado democrático de direito – aos dominionistas evangélicos, poderão em breve futuro derramar lágrimas de sangue, pois o povo, revoltado com o dominionismo e suas mazelas, sairá às ruas e forçará o até o Exército a agir. Se isso ocorrer, veremos dias de muita angústia, ódio e violência.

    • Sandro,

      O problema do nosso país é maior do que os interesses de grupos específicos, o atendimento precário nos hospitais afeta a maioria da população; independente de cor, sexo e religião; assim como a falta de segurança que vem dizimando muitas famílias, o nosso vergonhoso e antiquado sistema de educação que não prepara ninguém, a justiça que “premia” o condenado, tudo isso é pior do que o cenário conspiratório que você “pinta”.

      O seu discurso de “terror” não difere em nada aos dos “felicianos” e “malafaias”, porque é igualmente odioso, e a cada réplica esse ódio só faz aumentar, tornando-se num fardo pesado para uma vida em si.

      Então, se por acaso, você almeja o bem comum da nossa sociedade, com certeza não será por esse caminho de ira; falo isto por experiência própria, pois mesmo com meu posicionamento cristão, não tenho e não tive nenhum problema de convívio com colegas de trabalho ou até mesmo parentes declarados homoafetivos, porque ao invés de um comportamento proselitista, havia o respeito ao “SER” , e esse respeito nos fez rir e indignar-mos pelas mesmas coisas.

      Com isso reafirmo que, apesar de objetivos diferentes, estais procedendo da mesma maneira com que acusa, aí eu pergunto: Teria isso algum mérito?

      • Antonio, sua resposta é digna de um acéfalo que rendeu sua inteligência à defesa dos vendilhões do Evangelho. Você estupidamente chama meu ALERTA fundamentado na realidade dos fatos de “discurso do terror”, quando discurso de terror é o que fazem fundamentalistas fanáticos e imbecilizados pela religião. Você é mais um pelego de gente sem caráter que enriquece vendendo o Evangelho e espalhando o ódio e a desagregação na sociedade. Você é digno de pena.

        • Sandro,

          A minha mente é bem sã, porque eu não me permito ser dominado e obcecado pela ira, pois o meu desejo para que os homens vivam em paz é infinitamente maior.

          O discurso de ódio que você chama de “ALERTA” também recebe o mesmo nome por aqueles que você acusa, porque todas as falas deles são precedidas de frases do tipo “Atenção igreja ! Quero fazer um alerta pra vocês.”

          Meu caro, como você quer acusar alguém de fomentar o ódio, quando tu usa do mesmo expediente?

          Outra coisa! Não tenho interesse em defender nenhuma das partes, porque para mim,ambas são agentes da discórdia; é o sujo falando do mal-lavado. O que me preocupa é essa sua irresponsabilidade na generalização; é isso que não está correto, pois em todos os meios, sem exceção, existem os ruins, mas também os bons; sendo assim não há nenhuma justiça quando optamos por generalizar.

          Enfim, que o Senhor lhe proporcione a paz.

    • Então de acordo com seu raciocínio, um desequilibrado poderia então utilizar a frase dita no congresso LGBT :” Se necessário pegaremos em armas” e fazer o maior estrago, para um desequilibrado até uma palavra amorosa pode ser mal interpretada; O Feliciano já explicou diversas vezes mas as pessoas tem má vontade ou fingem não ter escutado que esse vídeo é de 25 anos atrás, ele confessa que ainda era inexperiente e se excedeu, mas pelo jeito ele não tem o direito de errar; outra coisa não confunda o mundo espiritual com o mundo físico, tirando o sepultamento dos pais de santo, no restante ele não disse nada de mais pois é permitido sim, no âmbito espiritual , o resto como você mesmo costuma dizer são teorias conspiratórias.

      • Dias, o que o Reverendo Marcio Retamero disse é justamente o que eu falei, ou seja, que em caso do estabelecimento de um estado teocrático – observe que você não citou a frase completa do Reverendo – o povo pegaria em armas para defender a democracia. Tenha em mente, portanto, que o Reverendo não falou em pegar em armas contra os evangélicos, mas contra revolucionários teocráticos. Quanto à sua patética tentativa de livrar Marco Feliciano das frases que ele pronunciou, de tão ridículas e falaciosas que são que não precisam sequer serem refutadas porque ninguém aqui é otário e sabemos muito bem que tudo o que ele disse é o que pensam os fanáticos.

        • Eu acho que você não prestou atenção, fiz referência a um encontro ou uma audiência pública LGBT em que um dos presentes, homossexual, afirmou que ‘Se necessário pegaremos em armas’, engraçado, um desequilibrado é motivo de preocupação apenas quando ouve a fala de um cristão; e não é tentativa patética é a realidade, o problema que o ódio que vocês tem do Feliciano não permite enxergar além, ficam presos a uma visão limitrofe, não são falaciosas ele estava falando no sentido espiritual não adianta inventar chifre na cabeça de cavalo.

  13. Teocracia na Africa – “Vídeo documentário (…) denunciando como os evangélicos americanos financiam movimentos contra os gays na África, chegando aos extremos de incentivarem assassinatos e leis de perseguição e pena de morte à gays (Nova Inquisição).” DESPERTA, BRASIL! DESPERTA ENQUANTO É TEMPO! DESPERTA ANTES DA GUERRA CIVIL QUE SE SEGUIRÁ AO AVANÇO DOS FUNDAMENTALISTAS NO BRASIL!



    Assine o Canal
    • A loucura dos cristãos não tem limites e é contagiosa. Eu não consigo entender como essa raça que foi massacrada pelos brancos cristãos hoje se unem aos seus algozes para atacar uma minoria homossexual. Será que anos de chicote no lombo e suplício no tronco não foi suficiente para aprender a lição deixada pelo preconceito e a discriminação, discriminação esta que dura até hoje?
      .

  14. É preciso provas de que estas pessoas sejam evangélicas. Não estou defendo os agressores, é que se esta situação continuar, pode se transformar em algo grande. E se estas pessoas estiverem apenas sendo usadas, para que o povo de outras fé, se voltem contra os evangélicos? Se isto for estratégia de grupos opositores as discussões que o evangélico não concorda?

    POR OUTRO LADO, SE VC QUE ANDA FAZENDO ESTAS COISAS ESTA USANDO O NOME DE DEUS, VC ESTA MUITO ENGANADO, OS EVANGELHOS RELATAM QUE NÓS SEREMOS PERSEGUIDOS, não por sermos agressivos, MAS UNICAMENTE POR AMOR A CRISTO, e isto que andam fazendo, nem remotamente esta de acordo com os evangelhos. A palavra de Deus diz ainda : que a nossa LUTA NÃO É CONTRA CARNE OU SANGUE …… diz também que as NOSSAS ARMAS NÃO SÃO CARNAIS, mas ESPIRITUAIS, portanto quem anda fazendo isto, ESTA LONGE DE SER um verdadeiro evangélico.

DEIXE UMA RESPOSTA