Destaque

Usuários do Twitter se unem para contar a morte e ressurreição de Jesus de uma forma diferente

Comments (6)
  1. Carlos Roberto disse:

    DIFERENTE!!!

    Conversa entre duas crianças

    No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês. O primeiro pergunta ao outro:

    – Você acredita na vida após o nascimento?

    – Certamente. Algo tem de haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

    – Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?

    – Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

    – Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: A vida após o nascimento está excluída – o cordão umbilical é muito curto.

    – Na verdade, certamente há algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

    – Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

    – Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

    – Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?

    – Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria.

    – Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.

    – Bem, mas às vezes quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando, ou sente, como ela afaga nosso mundo. Saiba, eu penso que só então a vida real nos espera e agora apenas estamos nos preparando para ela…

    As maravilhas de Deus, o seu amor, a sua capacidade em cuidar de nós só serão entendidas e acitas por quem se render aos pés de Cristo, reconhecendo-o como Senhor e provedor da vida. Nascer de novo é algo fantástico, mas precisamos estar preparados para as novidades de um novo ambiente.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  2. GABRIELA disse:

    OI CARLOS ME EXPLICA ISSO Q VC ESCREVEU …EU NAO ENTENDI NADA!!!

  3. monika disse:

    só para variar….

  4. cristina disse:

    Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.
    Galatas 2 .20

    PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.
    Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
    Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
    Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.
    Colossenses 3. 1 ao 4.
    DEVEMOS VIVER UMA VIDA COM CRISTO, NÃO APENAS DE PALAVRAS MAS TAMBÉM NO PROCEDER. SER TOTALMENTE DEPENDENTE DE DEUS. TER UMA POSTURA CONTRARIA DESTE MUNDO. SEGUIR O MAIOR EXEMPLO QUE É JESUS, NÓS NÃO SOMOS CHAMADOS DE CRITÃOS ATOA( PEQUENOS CRISTOS).
    SOMOS EMBAIXADORES DE DEUS AQUI NA TERRA.
    COMO ESTAMOS REPRESENTANDO DEUS AQUI?
    SERÁ QUE REALMENTE AS PESSOAS ESTÃO VENDO CRISTO EM MIM?
    QUE TIPO DE TESTEMUNHO ESTOU DANDO PARA AS PESSOAS QUE NÃO CONHECEM A DEUS?SERÁ QUE ESTOU CONQUISTANDO ALMAS PARA DEUS OU ESTOU AFASTANDO-AS CADA VEZ MAIS?
    pense nessas pergutas.

    O evangelho que as pessoas mais lêem não é Mateus, Marcos, Lucas e João e sim o evangelho de sua vida.

  5. Daniela disse:

    Interessante a historia que voce contou Carlos Roberto.
    é bem assim mesmo, tem outra tb bem legal falando sobre Deus:

    Não Acredito em barbeiros

    Um homem foi ao barbeiro. E enquanto tinha seus cabelos cortados conversava com ele. Falava da vida e de Deus. Dai a pouco, o barbeiro incrédulo não aguentou e falou:

    – Deixa disso, meu caro, Deus não existe!
    – Por quê?

    – Ora, se Deus existisse não haveria tantos miseráveis, passando fome! Olhe em volta e veja quanta tristeza. É só andar pelas ruas e enxergar!

    – Bem, esta é a sua maneira de pensar, não é?

    – Sim, claro!

    O freguês pagou o corte e foi saindo, quando avistou um maltrapilho imundo, com longos e feios cabelos, barba desgrenhada, suja, abaixo do pescoço. Não aguentou, deu meia volta e interpelou o barbeiro:

    -Sabe de uma coisa? Não acredito em barbeiros!
    – Como?
    – Não acredito. Pois se existissem barbeiros, não haveria pessoas de cabelos e barbas compridas!

    – Ora, eles estão assim porque querem. Se desejassem mudar, viriam até mim!

    Ao que o homem respondeu:

    – Entendeu agora?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *