Ateus pedem que capelão de universidade seja demitido por sucesso em evangelismo de estudantes

13

Um capelão cristão de uma universidade se tornou alvo de perseguição de um grupo de ativistas ateus após seu trabalho ganhar enorme repercussão entre os estudantes e atletas do time de futebol americano.

Chette Williams, o capelão da Auburn University, no estado de Alabama (EUA), tem atuado na função desde 1999, e de acordo com informações do Charisma News, desde que assumiu o cargo a universidade tem visto um “tremendo reavivamento espiritual”.

Parte do trabalho de Williams, que inclui aconselhamento e evangelismo, tem levado jogadores a se converterem, serem batizados e expor sua fé através do uso, em público, de suas bíblias e colares com crucifixos.

Segundo levantamento informal, aproximadamente 50 jogadores do time da universidade, Tigers, teriam sido batizados ao longo dos anos, incluindo o jogador Sammie Coates, que hoje atua na National Football League (NFL) pelo Pittsburgh Steelers.


Seu trabalho se baseia em motivar os atletas a levar uma vida de oração, com o desafio de observarem o impacto dessa rotina em suas atividades de campo. “Eu nunca tinha percebido o impacto dos momentos privados de oração dos jogadores no campo, até que um calouro se levantou na frente da equipe na sala de oração, em 2006, e disse: ‘Você foi meus heróis na escola. Eu assisti todas as partidas, todas as semanas, e os meus companheiros, e eu os imitei no campo, orando antes e depois, e agradecendo quando marcava um touchdown”, disse o capelão.

“Ele tinha visto a resposta do público a um tempo privado e poderoso de oração que começou quando um jogador disse: ‘Isto é o que temos que fazer'”, acrescentou o capelão, concluindo a história do então calouro.

O sucesso do trabalho do capelão enfureceu a Freedom From Religion Foundation, que considera errado uma universidade pública manter um capelão cristão, acusando Williams de coagir os jogadores para se converterem ao cristianismo, forçando-os a “orar para jogar”.

“Nenhum atleta estudante deve ser batizado como parte de um programa de esportes da universidade pública, ou ser colocado na posição de sentimento que eles têm que orar para jogar”, disse Annie Laurie Gaylor, co-presidente da entidade ateísta.

Em silêncio sobre a queixa dos ateus, Williams vem recebendo manifestações de apoio dos jogadores em seu perfil no Twitter.


13 COMENTÁRIOS

  1. Se os jogadores ESCOLHERAM, problema algum, mas fica conveniente para o lado ateísta usar termos que se asssemelhem a “controle”,

    Ignoram o lado pessoal e privado dos jogadores, isso é invasivo. Depois reclamam dos constrangimentos com religiosos…

  2. Todos os ateus só conhecem parte do todo, aí quando tomam ciência, quando estudam, logo mudam.

    Trata-se de questão apenas de ignorância ou então de birra, mesmo.

  3. Que atitude infantil, nossa como tem gente infantil nesse mundo, que que tem o técnico EM UM PAÍS CRISTÃO como os EUA fazer o que ele fez?

    Esses ativistas em geral (ateus, gays, feministas, etc) são tudo massa de manobra de gente sem escrúpulos, Iluminati, ONU, George Soros.

    Quem duvida do que digo ou não concorda estude um pouco sobre a escola de FRANKFURT, até mesmo Stálin rejeitou aquelas ideias, então eles se instalaram no ocidente com o claro objetivo de desvirtuar a sociedade alimentando todo tipo de desordem…duvidam? Estudem, assim talvez algumas pessoas que estão nesse site aqui se acordem e se convertam (a Cristo, pois a igreja instituição também está tomada dessas ideias, triste).

  4. Esses ativistas de qualquer ordem são uns tolos mesmo…eles tratam a religião como uma criação sociológica, ou seja, uma determinada cultura criou sua religião, e se foi criada pela cultura então pode ser “descriada” da mesma forma…e que quem está enfiado em qualquer tipo de crença é atrasado e limitado.
    TOLOS
    A religião é quem cria a cultura, não há povo sobre a terra que não tenha sido modelado pela religião, ela é o principal agente da ordem social…EUA só é o que é porque é Cristão, fundou-se sobre os princípios Cristãos e foi fundado por um povo Cristão, dae advém as demais facetas da sociedade.
    .
    POREM
    Houve teóricos que nos últimos 200 anos (Marx, Engels, Gramsci, na maioria esquerditas, ou esquerdiopatas, nem sei mais) puseram em cheque tudo isso, tentando criar sociedades em laboratório…resultado: URRS, China, Camboja, Cuba, Coreia do Norte, etc…milhões e milhoes de mortes estúpidas, fome, miséria, ditadura de esquerda (que é a pior).
    .
    HAAAAA mas a religião matou muita gente também, não a religião, mas a tentativa mais uma vez de se estatizar a religião. Um verdadeiro cristão jamais fará coisas horrendas, exemplo? Os santos católicos e muitos outros.
    .
    Nós seres humanos somos muito complexos e contradizentes entre nossos discursos e nossas atitudes, e isso só reforça o que está escrito: e pecou Adão contra Deus…somos fruto disso.

    • Santos catolicos? Só? O seu termo “muitos” é duvidoso, mas vale ressaltar alguns episodios que usaram da religiao como disfarce de desfechos politicos .
      A protagonista da guerra dos 100 anos -joanna. D`arc -, cabonizada e santa na mesma epoca… como assim? A igreja a condena e a proclama santa? Ela fora queimada pelos seus, simplesmente por motivaçao politica.
      Tipica francesa em defesa de sua futura terra, aos 18 conduzindo exercitos por varias batalhas e, segundo relatos, recebia mensagem de um anjo afinal (faz sentido, imagine um Sun Tzu ocidental e com aproximados 18 anos!
      Ingleses catolicos -inimigos politicos dos futuros franceses catolicos- encontravam uma “justificativa” para queima-la… parece ironico, nao? Porque queimar quem ouve “chamado” de Deus?
      Onde há opressao entre povos de religioes diferentes? O problema era interno, até a santa enviou uma carta ao papa para que nao a queimassem, e infelizmente, devido à demora do transporte da mesma carta (diferente dos modenros correios de hoje) o papa leu tardiamente, pois o julgamento fora apressado … estranho catolicos querendo acobertar coisas do seu lider, nao? Politica!

      A briga pela republica e pela monarquia encheu de sangue e cinzas humanas na inglaterra… voce acha que anglicanos e catolicos queimavam uns aos outro por causa da questao das imagens e santos?
      Nada a ver, era pura politicagem!
      Monarquia era apoiada pelos catolicos e a republica pelos anglicanos… eles se identificavam assim, e, como relembravel, ocorrera o episodio da noite de sao bartolomeu, com morte de muitos republicanos -anglicanos-. Por ironia da revoluao gloriosa, os anglicanos estabilizaram a monarquia, só que parlamentar.

      Aah, criticam o silenciamento dos padres comunistas pelo papa… Gente, comunismo! São pessoas infliltradas! O proprio padre betto disse que nao tinha medo do inferno e se declarava ateu… conveniente atacar uma instituiçao que se fez de barreira anti-socialista no sec. XX… e os bobos relaxados ainda pensam que que a icar é uma so… há uma divisao ideologica la dentro!

      Concordo muito com o Cristao, e devemos combater e ficar com pé atras, em relaçao a “movimentos sociais” que sao massa de manobra!

  5. Ateus bai, o que posso afirmar? UM os tais tem os miolos na bunda, e miolo de pote na pionhenta solamiente isto, per favore aos normais peço desculpa pela palavra bunda, um sei não fui

  6. Ora, se Deus não existe então porque essa paranoia dos ateus? Agora todo mundo deve ser ateu? O ateísmo está virando uma nova religião? Os estudantes não possuem liberdade religiosa?Quanta histeria desses grupos.

  7. Cade os argumentos dos ateus? Quem tem convicção de seus pensamentos não tem dificuldades para convencer alguém .
    Se vocês tem certeza no que acreditam , então não deviam temer.

  8. Acho que o medo dos ateus é deles também acabarem convertidos .
    Só que eles não entendem que isso não seria nenhuma vergonha , pelo contrário , seria motivo de orgulho conhecer a verdade , que é JESUS CRISTO.

    • eu acho que eles tem BESTEIRA, CEGUEIRA, BEBEDEIRA, SATANEIRA E TREMEDEIRA POR MEDO DE SE CONVERTER AO CRISTIANISMO mas um dia eles vem em nome de Jesus o Cristo Rei.

  9. O técnico obriga os jogadores a orar. “Ou ora ou fica no banco”.
    Imagine se fosse um técnico ateu obrigando os jogadores a falarem que Deus não existe, certamente incontáveis grupos protestantes condenariam a atitude do técnico.

DEIXE UMA RESPOSTA