Ativistas gays promovem “beijaço” contra Marco Feliciano durante culto e o pastor responde: “Estão ajudando minha candidatura à presidência”

18

Um protesto organizado por ativistas gays contra o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na última quinta-feira, 30 de janeiro, em Jaboatão dos Guararapes (PE), não conseguiu reunir o número pretendido pelos organizadores e terminou com o ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) dizendo que está fortalecido para as eleições.

Organizado pelo Facebook, à moda dos rolezinhos em São Paulo, o “beijaço” contava com a confirmação de presença de 281 pessoas, porém, de acordo com informações do blog do jornalista Jamildo Melo, apenas 20 pessoas compareceram. “Dessas, só dois casais promoveram o ‘beijaço’. Mas, apesar de poucos, o grupo chamou a atenção do político”, relatou Melo.

O pastor, que foi convidado para pregar na cidade da região metropolitana do Recife pelos irmãos André Ferreira (vereador pelo PMDB) e Anderson Ferreira (deputado federal pelo mesmo partido), respondeu aos manifestantes durante sua fala. “Vocês estão me fazendo um bem tremendo, e eu fiquei ainda mais forte depois disso. Esse povo ajuda na minha candidatura à presidência da República”, afirmou.

Para corroborar seu argumento, o pastor compartilhou uma situação vivida por ele em Brasília: “Certa vez, um representante do movimento LGBT foi ao Congresso e se disse impressionado em como as críticas contra mim só me deixaram mais forte”, disse Feliciano.


Com tom de voz elevado, o pastor pediu aos fiéis presentes no evento que homenageassem os ativistas gays: “Vamos bater palmas para eles. Só peço que respeitem os que vieram aqui para orar”.

Os representantes do grupo de ativistas gays disseram que o protesto era um gesto simbólico contra as propostas do pastor: “Nosso beijaço é um ato de repúdio às ideias fundamentalistas do pastor Marco Feliciano. Estamos aqui para mostrar que o País é livre e laico, que a homossexualidade é natural”, afirmou Cristiano Vasconcelos, integrante da Juventude Popular Socialista.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

18 COMENTÁRIOS

  1. Quanta idiotice, achar que ir para um lugar onde esta celebrando um culto, seja ela de que segmento religioso for e ficar se beijando vai mudar alguma coisa, pelo contrário só aumenta a intolerância de ambas as partes e atrasa a transição social. Já imaginou um bando de crentes armados de carro de som, instrumentos musicais invadirem o gala gay ou um local com evento para homossexual e começar a pregar Romanos 1 ??? não seria uma afronta??? A sensação de quem fica de fora observando, é que muitos homossexuais ( não todos ) desejam mesmo é afrontar, atingir, ofender e sabemos que toda ação tem uma reação. Respeito é uma via de mão dupla, respeito conquistado é melhor do que o respeito imposto, este pertence apenas ao ditadores, o respeito conquistado é perpetuo, o respeito imposto sempre vai esta ameaçado por rebelião.

  2. candidatura à presidencia? ora… ele não estava pensando entre ser deputado ou senador ? agora quer ser presidente? pastor querendo ser presidente???

    “Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja.” (I Timóteo 3:1)

    Mas os religiosos querem mesmo é o poder desse mundo…

  3. “ONDE é VEDADO pastor ser político?”

    Na bíblia:

    ” Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.” (II Timóteo 2:4 )

    A política desde os tempos antigos é palco de desvirtuamentos, desconfianças e corrupção. em nossa própria política temos visto, pastores bispos etc, envolvidos com escândalos de corrupção. É só pesquisar na internet sobre escandalo do mensalão e sanguessugas e encontrarás vários “pastores” envolvidos… afinal que tipo de chamado ele respondeu ? para cuidar de ovelhas ou enganá-las ? dizem que o ” dinheiro é o deus do mundo “… e a Bíblia diz: ” não se pode servir a dois senhores…” ” por que coxeais entre dois pensamentos ? ”

    A Palavra de Deus é muito clara, muitos são chamados e poucos os escolhidos. Se Deus chamou alguém para a grande obra de pastorear a igreja ele não vai mudar o seu chamado para lhe colocar na política. A palavra de Deus diz claramente que “Deus não é de confusão”… Se não foi Deus quem lhe deu este chamado à pessoa e sim o homem, infelizmente há muitos pastores sem chamado pastoreando igrejas e muitos até acabando com as almas.

  4. pastor marcos feliciano denuncie sim essa pratica que e contraria a palavra de deus com toda a certeza e creio ni no santo evangelho que diz que homossexualismo e abominacao de deus.

  5. falta de respeito, depois que que as pessoa não critica fala que é preconceito. todos tem o direito de manifesta mais tem tem que saber local certo . reunião religiosa seja qual for a religião tem que ser respeitada .

  6. e o deputado esta coberto de razão, pois quanto mais eles atiçam mais ele se fortalece, são um bando de tolos achar que isto vai frenar nossas atitudes e conceitos e pensamentos em relação aos seus atos ante biblicos, mas não vai mesmo pois um crente fundamentado na Rocha que e Jesus Cristo jamais voi aderir conpactuar ou concordar com suas atitudes e comportamentos, modos que quem cada vez mais se fortifica e como sem duvidas o PASTOR E DEPUTADO FEDERAL DA REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL UAI SO NUM E QUI E MEMO SO,

  7. Gays do Brasil,não briguem,se amem .Amar não é pecado,nunca foi e nunca será.O beijo entre
    Nico e Félix foi lindo….Os falsos crentes do falso moralismo manifestaram suas doenças de
    homofobias.Aqui em casa até as crianças, que gostavam do casal gay adoraram.

  8. Pois esse “beijaco”não e só contra o pastor Feliciano mas contra Deus ,pois eles vão a casa de oração cometer esta afronta,não e contra o pastor por isso ele está tranquilo mas é contra o próprio Espírito Santo,coitados desses ,que o próprio Deus tenha misericórdia deles!,porque como crianças colocaram mais que suas mãos mas suas almas no fogo pois de Deus ninguém zomba! E depois de ver tanta perseguição a Feliciano eu não só votarei em Feliciano mas serei com grande honra um cabo eleitoral dele, nunca cogitei votar nele mas agora depois das perseguições serei mais que uma simples eleitora.

  9. No Brasil todo mundo é criticado; pastor, padre, político, bancário, jogador de futebol, HETEROsexual, etc. Agora, criticou gay, daí é o fim do mundo!!
    Toda e qualquer ESCOLHA, quer trabalho, fé, profissão, orientação sexual é passível de crítica. Por que gay não pode ser criticado?

    E bem comentado anteriormente, não existe “casal” gay, e sim uma “dupla” ou “par” ou “parceria”.
    Para ser casal deve haver a possibilidade de acasalamento, o que é impossível nessa situação.

  10. o diabo está usando muito essas pessoas, quem me dera se pudessem se arrepender ainda cedo, veriam o quamto estao perdidos e pobres de Espírito Santo. que DEUS os perdoem pork nao sabem o k fazem.

DEIXE UMA RESPOSTA