Eduardo Cunha tem carros de luxo registrados em nome de Jesus.com, revela inquérito

54

Dados do pedido de instauração de inquérito contra o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) mostraram que o presidente da Câmara dos Deputados tem carros de luxo registrados no nome de sua empresa, chamada Jesus.com.

A informação inusitada foi noticiada pelo jornal O Estado de S. Paulo na noite da última sexta-feira, 16 de outubro.

Dentre os oito veículos da frota particular de Eduardo Cunha, estão um Porsche Cayenne, avaliado em R$ 429.478,00 mil; um Ford Edge V6, de R$ 120.165,00 mil; e um Ford Fusion NA WD GTDI, que hoje vale R$ 92.693,00. Todos os veículos são 2013.

O pedido de instauração de inquérito foi feito pelo procurador-geral da República interino, Eugênio José Guilherme Aragão, e deverá ser aberto após aprovação do Supremo Tribunal Federal (STF)


“Segundo informações de fontes abertas, a frota de carros que Eduardo Cunha se utilizaria no Rio de Janeiro seria composta de diversos veículos, incluindo uma Porsche Cayenne, Touareg, Corolla, Edge, Tucson, Pajero Sport. Este Porsche Cayenne é conduzido pela esposa de Eduardo Cunha, Cláudia Cordeiro Cruz”, disse o procurador Aragão.

“Em consulta às bases de dados do INFOSEG, verifica-se que realmente há diversos veículos registrados em nome de Cláudia Cruz e, em especial, em nome das empresas do casal”, acrescentou.

De acordo com a matéria do jornal, outra parte da frota está em nome da empresa C3 Produções, também de propriedade de Cunha. Os veículos seriam uma Pajero Sport Flex, 2010; um Hyundai Tucson, 2009; um I/LR Freelander 2 SEI, 2008; e uma BMW 325i, 1993.

O parlamentar, que é integrante da bancada evangélica, foi denunciado pelo Ministério Público Federal por corrupção e lavagem de dinheiro. Pesa sobre Cunha a suspeita de que ele tenha recebido propinas sobre contratos da Petrobrás, mas ele nega as acusações.


54 COMENTÁRIOS

  1. O amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de mal. Não sei se o Cunha é culpado de algo, mas certamente os dois maiores problemas atuais são: o amor ao dinheiro e o amor a si próprio exagerado, acima até dos mandamentos de DEUS!

    • NÃO SABE SE O CUNHA É CULPADO ???

      COMO ASSIM ??

      Vc deve ser muito mal informado, até o passaporte dele já foi encontrado no meio da investigação. Não tem por onde ele ser inocente.
      Deixe de ser um crente burro e aceite que seus líderes são todos uns ladrões imundos.
      E depois o problema são os outros . . . .

      HIPOCRISIA GOSPEL

      • Dennis,não chame ninguém de burro se o julgamento que você esta fazendo, você não pode provar que, você esta certo,fazendo desta forma que você faz, o burro fica sendo você,aguarde as comprovações,outro dia você,falou de julgamento você se lembra o que lhe falei.
        Vamos aguardar o desfecho que provavelmente é,mais uma forma de tentar livrar a Dilma do impeachment, é somente isto, este filme o Fernando Henrique conhece muito bem,e o Brasil soube da verdade,seja prudente,e não um Maria vai com as outras,evite o falso julgamento. Êxodo 23:1- 8 – Não admitirás falso boato, e não porás a tua mão com o ímpio, para seres testemunha falsa.
        Não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa demanda falarás, tomando parte com a maioria para torcer o direito.
        Nem ao pobre favorecerás na sua demanda.
        Se encontrares o boi do teu inimigo, ou o seu jumento, desgarrado, sem falta lho reconduzirás.
        Se vires o jumento, daquele que te odeia, caído debaixo da sua carga, deixarás pois de ajudá-lo? Certamente o ajudarás a levantá-lo.
        Não perverterás o direito do teu pobre na sua demanda.
        De palavras de falsidade te afastarás, e não matarás o inocente e o justo; porque não justificarei o ímpio.
        Também suborno não tomarás; porque o suborno cega os que têm vista, e perverte as palavras dos justos.
        Você esta agindo assim conforme a palavra?

        Fernando Henrique Cardoso
        15 de dezembro de 2011 ·
        O texto integral na nota divulgada por Fernando Henrique Cardoso:
        Infâmia
        A infâmia, infelizmente, tem sido parte da política partidária. Eu mesmo, junto com eminentes homens públicos do PSDB, fomos vítimas em mais de uma ocasião, a mais notória das quais foi o “Dossiê Cayman”, uma papelada forjada por falsários em Miami para dizer que possuíamos uma conta de centenas de milhões de dólares na referida ilha. Foi preciso que o FBI pusesse na cadeia os malandros que produziram a papelada para que as vozes interessadas em nos desmoralizar se calassem. Ainda nesta semana a imprensa mostrou quem fez a papelada e quem comprou o falso dossiê Cayman para usá-lo em campanhas eleitorais contra os tucanos. Esse foi o primeiro. Quem não se lembra, também, do “Dossiê dos Aloprados” e do “Dossiê de Furnas”, desmascarado nestes dias?
        Na mesma tecla da infâmia, um jornalista indiciado pela Polícia Federal por haver armado outro dossiê contra o candidato do PSDB na campanha de 2010, fabrica agora “acusações”, especialmente, mas não só, contra José Serra. Na audácia de quem já tem experiência em fabricar “documentos” não se peja em atacar familiares, como o genro e a filha do alvo principal, que, sem ter culpa nenhuma no cartório, acabam por sofrer as conseqüências da calúnia organizada, inclusive na sua vida profissional.
        Por estas razões, quero deixar registrado meu protesto e minha solidariedade às vítimas da infâmia e pedir à direção do PSDB, seus líderes, militantes e simpatizantes que reajam com indignação. Chega de assassinatos morais de inocentes. Se dúvidas houver, e nós não temos, que se apele à Justiça, nunca à infâmia.
        São Paulo, 15 de dezembro de 2011
        Fernando Henrique Cardoso
        1,1 mil curtidas257 comentários337 compartilhamentos
        Curtir Comentar

        pesquisar…
        Home Sala dos Escândalos Dossiê Cayman
        postheadericon Dossiê Cayman
        AddThis Social Bookmark Button
        Marcio Fernandes/Arquivo AEUma das maiores fraudes já ocorridas no país em 1998 foi o chamado Dossiê Cayman, um conjunto de documentos falsos envolvendo políticos do PSDB. O caso unia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), o ex-governador Mário Covas (morto em março de 2001), e os ex-ministros de FHC, José Serra (Saúde) e Sérgio Motta(Casa Civil, morto em abril de 1998), a uma empresa com depósito de US$ 368 milhões em uma conta bancária em um paraíso fiscal do Caribe. A empresa – CHJ AIT – teria sede nas Bahamas e, segundo o dossiê, pertencia aos políticos do PSDB. Cópias desse suposto dossiê foram espalhadas e vendidas a candidatos da oposição durante as eleições de 1998.

        Entre eles, estaria Paulo Maluf (PP), ex-prefeito de São Paulo (1993-1996), o ex-presidente Fernando Collor de Mello (1990-1992) que, junto com seu irmão Leopoldo, foi acusado de comprar o dossiê por US$ 2,2 milhão.

        A documentação teria sido oferecida também a Luiz Inácio Lula da Silva, que disputava a Presidência com FHC em 1998, mas teria sido recusada, por orientação do hoje ministro Márcio Thomaz Bastos (Justiça). Segundo as investigações da Polícia Federal, o Dossiê Cayman nasceu da união de uma máquina de datilografia com o corretor líquido ”branquinho”, adesivos, scanner, cópias de extratos de bancos, carimbos e documentos de uma empresa de aluguel no Caribe. O personagem central da trama é Honor Rodrigues da Silva, que ficou preso no México por nove meses, mas o governo daquele país negou extradição e ele acabou solto em 2003.

        Honor pagou US$ 3,5 mil pelos papéis da CH, J & T Inc., nome retirado de uma lista com 18 empresas offshores.

        Para inventar a documentação, o nome foi escolhido a dedo por ele, já que lembrava as iniciais de alguns tucanos, que deixaria o tucanato em suspense por vários meses e ainda iria prejudicar os envolvidos nas eleições. Honor recebeu ajuda da mulher, a jornalista Cláudia Rivieri, que levantou documentos na internet para embasar a falsificação.

        São apontados como responsáveis pela elaboração do dossiê, além de Honor Rodrigues da Silva, João Roberto Barusco, Ney Lemos dos Santos, Luiz Cláudio Ferraz, o pastor Caio Fábio (apontado como principal divulgador do dossiê), José Maria Ferraz, Oscar de Barros, Vicente Cheloti, Paulo Sérgio Rosa, Cláudia Maria Rivieri e Raymundo Nonato (suposto testa-de-ferro da família Collor). O escândalo, que surgiu em 1998, só terminou em julho de 2003, depois de finalizadas as investigações do relatório final da Polícia Federal.

        O jornal O Globo publicou, em 11/3/01, a reportagem “A história de uma farsa que se mostrou bem lucrativa”, com a confissão de um dos falsificadores, Oscar de Barros; e depois em 2003, o maior jornal do país noticia no dia 1º de abril a seguinte manchete: “Extrato bancário do dossiê Caribe é falso”.

        LINKS RELACIONADOS

        Collor acusa Collor
        Os bobos do papelório
        DOSSIÊ CAYMAN
        PF indicia Collor por lavagem de dinheiro
        Processo sobre dossiê Cayman será julgado pela Justiça Federal de São Paulo

        Se precisar mais posso lhe informar os resultados.

      • Dennis,mais uma vez,o seu moderador,segurou a sua resposta mas procure o resultado do dossiê Caymam,contra o Fernando Henrique,e compare com a situação do Cunha.

        • Não compare, canalha. Fernando Henrique não é evangélico, mas Cunha, além de evangélico, é bastião da moral e dos bons costumes e defende valores familiares. Só se esquece de que a honestidade também compõe estes valores.
          .

          • Guardião da família de da moral.,kkkkkkk

            Cabra safado respeita a família tradicional brasileira honesta do Brasil.,

            O peste safado ladrão do cunha representa a escória e a roubalheira da podre politicagem de Brasília .,representa a podridão e a vergonha dos que sem escrúpulos desvia verbas deste Brasil sofrido., onde não temos saúde., segurança e educação.,

            Ele pode representar tipinhos asqueroso como vc é diz leis., para trás coiteiro de pilantras .,

          • Marcelo,se você tivesse entendimento do que você lê, teria visto a diferença, algo que qualquer pessoa, não precisa muito, somente ser alfabetizada,que em maior parte das vezes,tem dificuldades em juntar as letras b+a ba saberia,que não falei em crença,nem de um nem de outro,e que citei algo muito idêntico que aconteceu com o Fernando Henrique quando Presidente,e que o dossiê Cayman era somente uma farsa.

      • Dennis,

        esses lacaios dos vendilhões do Evangelho não têm discernimento, daí não enxergarem o que todos os documentos provam e o Brasil inteiro sabe. Eles têm prazer em defender a iniquidade de seus guias insensatos e corruptos.

        • Criatura abominável e Horrenda vulgo(Sandro),porque um gay tido por Jean,tem aparecido na mídia,por suas mentiras,e vergonha da nação,quase todos os gays,estão usando falsas denuncias para que aparecer também inclusive esta coisa horrenda vulgo (Sandro),distorcem as verdades dando enfase nas mentiras,como aqui ele diz:
          Sandro disse: 17 de outubro de 2015 ás 10:03 pm
          Dennis,

          esses lacaios dos vendilhões do Evangelho não têm discernimento, daí não enxergarem o que todos os documentos provam e o Brasil inteiro sabe. Eles têm prazer em defender a iniquidade de seus guias insensatos e corruptos.

          Os documentos contra o Fernando Henrique,jurista e outros mais afirmaram,a autenticidade dos documentos,e todos não passaram de uma farsa,da para se ver a tamanha credibilidade dos acusadores sem provas reais,até então não passam de suposições,culpar sem finalizar,é ser um falso e mentiroso,tentando induzir as pessoas ao erro,para o seu próprio favorecimento,com relação os gays,tudo porque ele não apoia os gays,então já é culpado! Se alguém não mim apoia já esta errado,ou eu devo provar que ele esta errado!

    • Eu de fato não sou juiz da causa, não sei se ele é culpado mesmo…mas se tu diz com tanta firmeza, por mim isso não faz diferença nenhuma, ele que responda a Deus, não faço acepção de pessoas, se ele roubou merece a mesma punição dos petistas, é justo.

  2. ENTENDO QUE FOI ISSO QUE JESUS CRISTO FALOU MEU REINO NÃO E DESE MUNDO ELE SABIA QUE O AMOR AO PODER LEVA O HOMEM A SE CORROMPER,QUE PENA QUE MUITOS LIDERES ESTÃO JÁ ENROLADO ATE O PESCOÇO…

  3. O pastoreco cunha é tão safado bandido que tem coragem de colocar o santo nome de nosso senhor Jesus Cristo., no meio das suas safadezas gospel.,,.

    Só podia ser um protestante porco de lutero.,

      • Realmente ele é muito inteligente mais parece que usou essa mesma inteligência para outros fins,assim como malafaia apoiava ele mais tudo leva a crê que o homem ta mais sujo que pal de galinheiro.

      • SANDRO

        Lula Molusco é que é um gênio, não sai da garrafa…

        E ele um dia recebeu um título do governo britânico, aquele que permite acrescentar o famoso “Sir” a seu nome, mas apenas se você for cidadão britânico, como “Sir” Isaac Newton e “Sir” Winston Churchill”.

        Lula recebeu o título de PRÍNCIPE DE GOLES.

        E ele é chegado a uns bons goles, especialmente o Conhaque PRESIDENTE…

        • Lula pagou a gigantesca divida junto ao FMI e o fez credor de nosso pais, tirou 60 milhões de brasileiros da linha da pobreza e elevou para a classe média, tornou o Brasil pleno de empregos em verdadeira revolução que raramente se fez neste mundo, sendo preciso ser muito cego ou desonesto intelectual para negar que ele foi, ao lado de Getulio Vargas, o maior presidente da historia do Brasil. Os dados não mentem, e eles comprovam o que acabei de escrever.

          • SANDRO

            E as pilantragens ocorridas nos 2 des-governos dele?
            Cadê o Fome Zero?
            Pelo que sei, cada vez menos se fala em Fome Zero e olha que quando o molusco assumiu o 1º mandato, ele falou com estardalhaço, gritou para quem queria ouvir, que acabaria com a fome…
            A fome ainda está aí.

            Ele falou, num dos debates, que criaria 10 milhões de empregos, depois tentou disfarçar dizendo que nunca falou isso, mas que “o país PRECISAVA de 10 milhões de empregos”.
            Ele falou sim, eu vi pela TV o debate.
            Seu “deus” o molusco é um mentiroso e um hipócrita, segue direitinho a cartilha do Pai da Mentira.

            Acha que a vida melhorou depois que saiu FHC e entrou ele?
            Melhorou para a família e amigos do molusco.
            E o caso do filho do molusco?
            Li que o cara recebeu milhões para sua empresa fundo de quintal de jogos.

            No governo de FHC, o molusco falou mal do Bolsa Família, disse que era um “criadouro de vagabundos”.
            O molusco assumiu e nada fez contra a esmola oficial, pelo contrário, multiplicou o número de beneficiários, especialmente no Nordeste, lugar onde mais tem gente inculta, analfabeta, pobre e miserável no país.

            Pode ver que nas duas eleições vencidas pelo molusco, foi o Nordeste que decidiu o pleito, por serem pessoas mais fáceis de enganar.
            Teve um dia em que surgiu um boato do fim do Bolsa Família, isso bastou para que milhares de desesperados fossem para a frente das agências bancárias, com medo de perder o din din fácil, sem precisar trabalhar.

            No governo de FHC, o molusco falou mal da CPMF, depois quando assumiu passou a achar a CPMF uma maravilha, afinal qual o prefeito, governador ou presidente não gosta de din din fácil nos cofres públicos?
            A CPMF foi criada para destinar recursos para a Saúde, mas o dinheiro foi usado para outros fins, a Saúde continuou a mesma, ou seja, na merd…

            Um dia pagou um micão ao dizer que sem a CPMF o país ficaria ingovernável, mas ela acabou e nada aconteceu ao país.
            Era tudo mentira, mas agora a anta quer ressuscitar a CPMF do molusco e com a mesma justificativa, arrecadar mais para a Saúde.
            Pensa que a gente é palhaço, Sr. Sandro?

            Quem não vê que a anta DILMArionete não passa de um bonequinho onde o molusco é quem manipula as cordinhas?
            Ele é o verdadeiro presidente, ela não é nada, é o governo por procuração.
            Na época o molusco tinha tanta popularidade que elegeria qualquer um que ele pegasse passando pela frente do Planalto naquele momento.
            Como não conseguiu o terceiro mandato (ele tentou, mas…), ele tirou um candidato da cartola, como o mágico faz no circo.

            Hoje quem governa é o molusco e a turma de incomPTentes.
            Devia a agremiação mudar o nome para Partido dos Traidores, pois foi isso o que fizeram, traíram o povo, o PT amigo do povo é só até a eleição, depois é amigo do polvo.
            E quem defende traidores do povo, traidor é, não importa com quem faz sexo.
            Como consegue falar essas coisas dos traidores do povo?
            Esqueceu do mensalão?
            Esqueceu da maldita CPMF?

            Esqueceu da diabólica “Reforma” da Previdência, que só foi reforma na cabeça dele e nos discursos, mas na verdade só tirou benefícios e achatou aposentadorias?
            Esqueceu que pediu para o STF declarar constitucional a cobrança de contribuição para a Previdência, só que foi DOS APOSENTADOS?

            O coitado contribui para o INSS durante décadas e depois de aposentado ainda tem de continuar sofrendo o desconto?
            E o molusco, antes de “reformar” a previdência, já era aposentado, já tinha o dele garantido, depois é fácil pescar nos bolsos dos outros…assim, até eu…

            Sabe por que o molusco/anta falam tanto do DEFICIT da previdência?
            Porque eles “confundem” Previdência Social com Assistência Social, vulgo Bolsa Família e que é melhor dar esse din din porque rende votos e depois da eleição, o eleitor pobre enganado que se f0da.
            Eles pegam $$$ da previdência, que deveria ser usado pelo INSS para pagar aposentadorias e pensões, e injetam no assistencialismo populista barato.
            Aquele que o molusco chamou de CRIADOURO DE VAGABUNDOS!!!

            Esqueceu do petrolão?
            Esqueceu das falsas promessas do molusco, que ele seria muito melhor que FHC, e na verdade foi MUITO pior?
            O molusco foi peão de fábrica comedor de marmita com zoiúdo, depois que entrou lá, esqueceu do povo.
            Olha, desculpa eu falar, mas você está totalmente errado.
            Defender o molusco e sua anta-marionete é dar um tapa da cara de milhões de pessoas.
            Brasil, o maior circo do mundo, com milhões de palhaços.

  4. Jesus ordenou a seus discípulos para que não acumulaem tesouros na terra, mas é justamente isso o que pseudos seguidores de jesus como Eduardo Cunha, Malafaia, RR Soares, Edir Macedo, Waldomiro Santiago, entre outros estão fazendo todos os dias.

    • Pois é caro Sandro o pior é que estes mercenarios acumuladores ., tem inúmeros seguidores,
      São tão hipócritas que criam seitas e incansavelmente citam malaquias desesperadamente para assim surrupiar o mísero salário do povo., e após criarem seus impérios , fazendo os otarios acreditarem estar no caminho de Jesus .,

      Por isso nosso senhor e Salvador Jesus já tinha nos alertado que nos últimos dias dirá aos merçenarios midiáticos protestantes da fé., ….

      Afaste se mim falsos profetas., para o lago do fogo de enxofre ., onde haverá choro e ranger de dentes.,.,

    • ”Não a junta tesouro não terra…” E se a pessoa estiver muitos, ajudem os pobres, aqueles que realmente necessitas. É isso que vi na bíblia. Mas os cabeções não esta nem ai. Estes seguem a visão do capitalismo selvagem, lucros e mais lucros, e nenhum centavo será perdido e desperdiçado.

    • Enquanto sonhamos com paraíso que demora pra chegar, eles estão comprando helicóptero, jatinho, fazenda, mansão, cobertura. O paraíso deles estão concretizado e é aqui na terra, e nós ficamos mergulhando no mundo imaginário.

    • SANDRO

      Saudações do reino de Arendelle!
      Jesus também disse: “Buscai primeiro o Reino de Deus e todas as outras coisas lhes serão acrescentadas”
      E também: “Não vos afadigueis pela posse do ouro, que o ladrão rouba…mas ajuntai um tesouro no Céu e assim realmente sereis felizes”.

      Essa gente se diz evangélica, mas na verdade não acreditam em Deus, acham que vão cometer as piores perversidades e pecados e nada lhes acontecerá.
      É o comportamento de gente que procura aproveitar a vida ao máximo, pois acham que além dela não existe nada, então se escaparem da justiça dos homens estarão livres, dizem.

      Esquecem-se da muito mais terrível justiça de Deus, da qual ninguém foge.
      E nada adianta o dinheiro roubado e nem o famoso “sabe com quem está falando?”.
      E aí Jesus lhe responde “e VOCÊ, sabe com quem fala?”.
      É deles, esses políticos ladrões, que o livro de Apocalipse fala assim: “Apartai-vos de mim, ó malditos, ide agora para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus seguidores!”.

      Repare que nada falei sobre sexualidade…rs

      • Olha só que interessante, eu acabara de ler um texto que fala justamente sobre coisas que você disse em seu comentário extremamente lúcido:

        “Alguém acredita que Eduardo Cunha acredita em Deus?

        Por Paulo Nogueira

        Num romance de John Updike, um pastor se dá conta no meio de um sermão, em frente à plateia de crentes, que perdera a fé em Deus.

        Que fazer não apenas naquele momento, mas pelo resto da vida?

        Não sei por que pensei neste pastor de Updike. Ou talvez saiba.

        É que eu tenho uma pergunta a respeito da fé.

        Alguém acredita que Eduardo Cunha acredita em Deus?

        Não acredito.

        Tenho para mim que é mais um daqueles desprezíveis mercadores de fé que exploram o limitado dinheiro de pobres ingênuos.

        Cunha levou essa exploração a outro nível: extraiu dela também votos.

        Quem acredita em Deus não faz o que ele fez. Ponto, exclamação.

        Não mente. Não trapaceia. Não rouba. Não ameaça. Não achaca.

        E também não comete blasfêmias como dar o nome de Jesus a uma empresa feita para esconder coisas como um Porsche de quase meio mihão de reais.

        Cunha é, sob todos os aspectos, o anti-Jesus.

        Nada, rigorosamente nada, das lições de Cristo você vai encontrar nele.

        Compare com o cristão mais notável dos dias de hoje, o Papa Francisco.

        Ou mesmo um ateu como Mujica.

        Mujica sim poderia ser associado a Cristo, pela simplicidade, frugalidade, tolerância, compaixão.

        E pelo amor aos pobres.

        A melhor comparação entre ambos é o Porsche de Cunha, aliás um entre vários carrões comprados com dinheiro sujo, e o Fusca de Mujica.

        Um Brasil reinventado, porque é isso que se deseja, vai ter um olhar severo para mercadores da fé como Cunha, Malafaia, Edir Macedo, Feliciano, Everaldo e tantos outros.

        Por que você não os encontra na Escandinávia?

        Porque o sistema igualitário nórdico propicia à sociedade educação para perceber os charlatões antes que eles se instalem e batam carteiras.

        A desigualdade social explica a proliferação de Cunhas e Malafaias. São os excluídos, os humilhados e os ofendidos, que lotam as igrejas em que pastores os instam a doar o dinheirinho que têm.

        Quanto menos desigual uma sociedade menos espaço para este tipo de roubo legalizado.

        Todos conhecemos histórias.

        Utilizei motoristas evangélicos em algumas viagens de Caraguatatuba a São Paulo e ouvi coisas que jamais esquecerei, e não ditas em tom condenatório.

        É impossível acreditar na fé de que quem intima, coage os fieis a doar até o dinheiro guardado para o aluguel.

        Assim como é impossível acreditar que Eduardo Cunha acredite em qualquer coisa que não seja dinheiro.

        Para mim o argumento definitivo é este: se acreditasse em Deus, Cunha saberia que iria para o inferno.”

        Fonte: site diáriodocentrodomundo

  5. “Cunha quer sigilo para ocultar patrimônio de R$ 61 milhões. Só o que já se sabe

    Por Fernando Brito 16/10/2015

    A foto aí [aparece a foto do interior de um carro, com vista para o painel] é do interior de um Porsche Cayenne, ano 2013, um dos oito veículos, segundo a Procuradoria Geral da República, que servem Eduardo Cunha e Cláudia Cruz, registrados em nome da Jesus.com e C3 Produções, empresas do casal.

    É só um dos escabrosos detalhes da fortuna de ambos, avaliada pelo Banco Merrill Lynch em US$ 16 milhões – R$ 61 milhões – numa análise do patrimônio – apenas o conhecido – do d e p u t a d o que quer ladrãozinho de 16 anos na cadeia por anos e anos, se furtar um cordão de ouro.

    Para ele, não.

    Quer sigilo de Justiça, como pediu ao STF, porque “está muito preocupado com a família, paranoico com o fato de a mulher e a filha não terem imunidade” , segundo informa um de seus correligionários no Valor.

    Aliás, o levantamento do Merrill Lynch foi feito porque nele, nos Estados Unidos, mantém essa bolada em investimentos. Em tese, “limpos”, embora não declarados nem ao Fisco, nem à Justiça Eleitoral e nem à Câmara dos D e p u t a d o s.

    Crime, portanto.

    Não se imagina que Cunha possa ser protegido pelo sigilo de Justiça enquanto continua detendo o poder de Presidente da Câmara e, com ele, podendo pressionar, chantagear, coagir toda a República.

    Cunha é mais uma das vítimas da “maldição dos pobres”, da qual Brizola não cansava de falar, lembrando Mateus 23:23-28

    “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas têm negligenciado os preceitos mais importantes da lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Vocês devem praticar estas coisas, sem omitir aquelas.

    Guias cegos! Vocês coam um mosquito e engolem um camelo.

    “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e cobiça.

    Fariseu cego! Limpe primeiro o interior do copo e do prato, para que o exterior também fique limpo.

    “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície.

    Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade.”

    Fonte: site tijolaço.

  6. Com todas as letras eu digo que:
    O Eduardo Cunha e sua familia desfrute bem dos bens adquiridos ao longo dos anos,os carrões as casas os apartamentos,os milhões,enfim de tudo! Só nos faça um favor! ACOLHE O IMPEACHMENT Da Dona Dilmentira! Faxina no palácio do Planalto agora!
    Fora Dilama!
    Fora PT!

  7. Lopes, você é tão burro que não entendeu meu comentário. Volte pra escola, cristão emburrecido pelo fanatismo religioso. Não sou evangélico, aliás, nem religião eu tenho.

  8. fico abismado como a midia se dar ao luxo de gastar tempo e espaço publicitario com ladroes
    isto È caso de policia grotescamente falando, esse canalha usava de forma estrategica e maquiavelica os espaço da radio melodia ” radio gospel ” para arquitetar seus planos de robalheiras e mentira usando um bordao: o nosso povo merece respeito.
    era sò uma questao de tempo pra este gatuno colocar suas garras de fora….
    sou temente a Deus mas na minha opniao todo safado que usa o nome de jesus para seus propios fins e intersses tinha que ser deportado de preferencia para Indonesia. isso è valido tambem
    para todos os porcos que que compoe as quadrilhas de facçôes mais temidas do brasil
    o cv , o pcc , a.d.a , e o PT.
    Ou ficar a pàtria livre ou morrer pelo brasil, como? morrer pelo brasil ???
    que morram eles, antes que nos matem de: pobreza, de vergonha e de outras coisas mais…

  9. “Alguém acredita que Eduardo Cunha acredita em Deus?

    Por Paulo Nogueira

    Num romance de John Updike, um pastor se dá conta no meio de um sermão, em frente à plateia de crentes, que perdera a fé em Deus.

    Que fazer não apenas naquele momento, mas pelo resto da vida?

    Não sei por que pensei neste pastor de Updike. Ou talvez saiba.

    É que eu tenho uma pergunta a respeito da fé.

    Alguém acredita que Eduardo Cunha acredita em Deus?

    Não acredito.

    Tenho para mim que é mais um daqueles desprezíveis mercadores de fé que exploram o limitado dinheiro de pobres ingênuos.

    Cunha levou essa exploração a outro nível: extraiu dela também votos.

    Quem acredita em Deus não faz o que ele fez. Ponto, exclamação.

    Não mente. Não trapaceia. Não rouba. Não ameaça. Não achaca.

    E também não comete blasfêmias como dar o nome de Jesus a uma empresa feita para esconder coisas como um Porsche de quase meio mihão de reais.

    Cunha é, sob todos os aspectos, o anti-Jesus.

    Nada, rigorosamente nada, das lições de Cristo você vai encontrar nele.

    Compare com o cristão mais notável dos dias de hoje, o Papa Francisco.

    Ou mesmo um ateu como Mujica.

    Mujica sim poderia ser associado a Cristo, pela simplicidade, frugalidade, tolerância, compaixão.

    E pelo amor aos pobres.

    A melhor comparação entre ambos é o Porsche de Cunha, aliás um entre vários carrões comprados com dinheiro sujo, e o Fusca de Mujica.

    Um Brasil reinventado, porque é isso que se deseja, vai ter um olhar severo para mercadores da fé como Cunha, Malafaia, Edir Macedo, Feliciano, Everaldo e tantos outros.

    Por que você não os encontra na Escandinávia?

    Porque o sistema igualitário nórdico propicia à sociedade educação para perceber os charlatões antes que eles se instalem e batam carteiras.

    A desigualdade social explica a proliferação de Cunhas e Malafaias. São os excluídos, os humilhados e os ofendidos, que lotam as igrejas em que pastores os instam a doar o dinheirinho que têm.

    Quanto menos desigual uma sociedade menos espaço para este tipo de roubo legalizado.

    Todos conhecemos histórias.

    Utilizei motoristas evangélicos em algumas viagens de Caraguatatuba a São Paulo e ouvi coisas que jamais esquecerei, e não ditas em tom condenatório.

    É impossível acreditar na fé de que quem intima, coage os fieis a doar até o dinheiro guardado para o aluguel.

    Assim como é impossível acreditar que Eduardo Cunha acredite em qualquer coisa que não seja dinheiro.

    Para mim o argumento definitivo é este: se acreditasse em Deus, Cunha saberia que iria para o inferno.”

    Fonte: site diáriodocentrodomundo

  10. Alguém poderia ler o verso abaixo para Cunha, Malafaia, RR, Macedo, Valdemiro, etc., etc.?

    “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.” (I Tm 6:6)

    • No caso do Cunha, apenas precisamos tomar cuidado com o que lemos, pois está nas mãos dele o processo de impeachment da presidente. Logo, há muita pressão e talvez muitas calúnias devem acontecer. Não o estou defendendo, se errou que pague, estou dizendo que o PT é muito sujo e adora destruir as vidas e a moral dos seus opositores.

      • Será que voce sabe o que é um passaporte diplomático ?
        Pois é, foi o que encontraram no meio das contas do Cunha.
        Não tem por onde alguem ( mesmo os idiotas completos, como vocÊ) ainda ter alguma dúvida sobre as roubalheiras de Eduardo Cunha .

        • Então que o prendam, que que eu tenho a ver com isso? Achas que isso contradiz minha fé ou o que o Senhor Jesus fez ou disse?

          Sabe o que significa o fato de o Cunha ter roubado? Significa apenas que o cunha roubou!

          Não significa que a igreja é corrupta;
          Não significa que somos um povo ladrão;
          Não significa que o cristianismo é falso;
          Não significa que o Malafaia também é corrupto;
          Não significa qualquer outra coisa que sua mente criativa criar.

      • O que pesa sobre o Cunha são as PROVAS aprenstadas pela JUSTICA da Suíça e do Brasil, nada tendo a ver com o Partido dos Trabalhadores. Cunha erra feio ao atribuir qualquer culpa ao PT, pois se o PT tivesse o poder de corromper as autoridades do Brasil e da Suíça, nenhum dos grandes quadros do partido estaria hoje na cadeia.

        • Criatura Abominável e Horrenda,leia e pesquise mais na internet,e veja se você pode condenar o Eduardo Cunha,agora sem comprovação,se não tivessem investigado o Fernando Henrique,ficaria no prejuízo,toda documentação era aparentemente legal,vamos aguardar,o resultado,provavelmente vai ser uma grande surpresa para muita gente.

          Dossiê Cayman
          AddThis Social Bookmark Button
          Marcio Fernandes/Arquivo AEUma das maiores fraudes já ocorridas no país em 1998 foi o chamado Dossiê Cayman, um conjunto de documentos falsos envolvendo políticos do PSDB. O caso unia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), o ex-governador Mário Covas (morto em março de 2001), e os ex-ministros de FHC, José Serra (Saúde) e Sérgio Motta(Casa Civil, morto em abril de 1998), a uma empresa com depósito de US$ 368 milhões em uma conta bancária em um paraíso fiscal do Caribe. A empresa – CHJ AIT – teria sede nas Bahamas e, segundo o dossiê, pertencia aos políticos do PSDB. Cópias desse suposto dossiê foram espalhadas e vendidas a candidatos da oposição durante as eleições de 1998.

          Entre eles, estaria Paulo Maluf (PP), ex-prefeito de São Paulo (1993-1996), o ex-presidente Fernando Collor de Mello (1990-1992) que, junto com seu irmão Leopoldo, foi acusado de comprar o dossiê por US$ 2,2 milhão.

          A documentação teria sido oferecida também a Luiz Inácio Lula da Silva, que disputava a Presidência com FHC em 1998, mas teria sido recusada, por orientação do hoje ministro Márcio Thomaz Bastos (Justiça). Segundo as investigações da Polícia Federal, o Dossiê Cayman nasceu da união de uma máquina de datilografia com o corretor líquido ”branquinho”, adesivos, scanner, cópias de extratos de bancos, carimbos e documentos de uma empresa de aluguel no Caribe. O personagem central da trama é Honor Rodrigues da Silva, que ficou preso no México por nove meses, mas o governo daquele país negou extradição e ele acabou solto em 2003.

          Honor pagou US$ 3,5 mil pelos papéis da CH, J & T Inc., nome retirado de uma lista com 18 empresas offshores.

          Para inventar a documentação, o nome foi escolhido a dedo por ele, já que lembrava as iniciais de alguns tucanos, que deixaria o tucanato em suspense por vários meses e ainda iria prejudicar os envolvidos nas eleições. Honor recebeu ajuda da mulher, a jornalista Cláudia Rivieri, que levantou documentos na internet para embasar a falsificação.

          São apontados como responsáveis pela elaboração do dossiê, além de Honor Rodrigues da Silva, João Roberto Barusco, Ney Lemos dos Santos, Luiz Cláudio Ferraz, o pastor Caio Fábio (apontado como principal divulgador do dossiê), José Maria Ferraz, Oscar de Barros, Vicente Cheloti, Paulo Sérgio Rosa, Cláudia Maria Rivieri e Raymundo Nonato (suposto testa-de-ferro da família Collor). O escândalo, que surgiu em 1998, só terminou em julho de 2003, depois de finalizadas as investigações do relatório final da Polícia Federal.

          O jornal O Globo publicou, em 11/3/01, a reportagem “A história de uma farsa que se mostrou bem lucrativa”, com a confissão de um dos falsificadores, Oscar de Barros; e depois em 2003, o maior jornal do país noticia no dia 1º de abril a seguinte manchete: “Extrato bancário do dossiê Caribe é falso”.

        • Criatura Abominável e Horrenda, a sua resposta o líder e moderador reteve mas pesquise,na internet,Dossiê Cayman,e nos diga qual foi o desfecho,muitos já havia condenado o Fernando Henrique,dossiê,para todas as necessidades,só preencher com nome e cpf, já sai com contas bancarias,propriedades em qualquer parte do mundo, extrato bancário,e qualquer coisa que você quiser o pessoal providencia imediato,pergunte ao Fernando Henrique,ou pesquise na internet,e verá se tem alguma dificuldade deles fazerem,um dossiê,com inúmeras provas falsas,não só da Suíça,mas de qualquer parte do mundo,quando for descobrir a verdade o outro já foi prejudicado e ficou por isto mesmo.

  11. Esse negócio de “cristão pra lá, cristão prá cá” é muito burro. Dá a falsa impressão de “cristão” somente evangélicos!!! Quem faz besteira todos os dias ´são os evangélicos pentecostais e neopentecostais!!! Protestante é distante dos pentecostais! PROTESTANTE do ramo da Reforma Luterana, Os pentecostais vieram dos EUA e começaram por lá nos finais do século 19 por Charles Fox Parham.

  12. O que me deixa mais indignado com tudo é que, muita gente, reportagens e sites, ataca muitos homens e mulheres que verdadeiramente tem compromisso com Deus e sua Palavra, colocando em comparação com aqueles que se DIZEM Cristão ou Evangélicos. Hoje ser Cristão e Evangélico é moda, (…) até mesmo demônios crêem…. (Tiago 2:19), mas, desobedece a Palavra.
    O que se deve levar em consideração não é o que elas dizem ser, mas, o que demonstram ser…pois é pelo fruto que se conhece uma boa árvore.
    Penso que, quem deve, tem de pagar, ou seja, devemos dar nomes aos envolvidos e não generalizar a situação à toda uma categoria ou grupo de pessoas, porque, nem todos que são de Israel são Israelitas, porque então atribuir a todos atitudes de alguns…pois se assim fizermos, então todos nós seriamos, ladrões, assassinos, adúlteros, caloteiros, mal caráter e assim por diante, pois vivemos em uma sociedade onde encontramos esse tipo de pessoas em nosso meio. Por isso, deixo claro que, nas igrejas também existe pessoas assim que se dizem de Deus, entretanto negam o Poder de Deus com suas escolhas, mas, por outro lado, também existem pessoas que amam e serve a Deus com carinho e dedicação.

    Por favor respeitem, não atribua a pessoas ou a um grupo, por causa de alguns que infelizmente cometem tais ações.

  13. A verdade é que temos de limpar a sociedade dos maus elementos e isto independe de agremiações, credos e congeneres.

    No caso de Eduardo Cunha, sou um dos que querem a cabeça dele, mas não antes da queda da Dilma e do Temer. Na verdade, penso, que o presidente do senado é ainda mais nocivo do que o Cunha, mas temos que ter critérios e a ordem da cadeira é essa. Ou seja, prefiro que caiam na ordem da sucessão até chegar no que supostamente ninguém tem nada contra – o Deputado Federal Tiririca – que por incrível que possa parecer “pior que tá não fica”.

DEIXE UMA RESPOSTA